PR quer de volta o mandato do deputado Missionário Volnei. Preventivamente

O Partido da República (PR) protocolou ação no Tribunal Regional Eleitoral contra o deputado estadual Volnei da Silva Alves, o Missionário Volnei, sob a alegação de infidelidade partidária.

O partido avalia que a participação do parlamentar em eventos no diretório do Partido Social Cristão (PSC) é um indicativo de que Volnei estaria prestes a mudar de sigla.

A atual janela para a troca de partidos permite que, neste ano, apenas prefeitos, vices e vereadores o façam, mas há uma Proposta de Emenda à Constituição em análise pelo Senado que a estende também para deputados estaduais e federais. E sua outorga é esperada para acontecer na volta do recesso parlamentar.

Um comentário:

Anônimo disse...

Não nos esqueçamos que o Dep. Missionário Volnei foi um dos que votou para o aumento do ICMS no RS. Divulguem os demais:

DEPUTADOS ESTADUAIS
VOTARAM A FAVOR DO AUMENTO DO ICMS NO RS
(22/09/2015)
A FAVOR (27 DEPUTADOS)
Alexandre Postal (PMDB)
Álvaro Boessio (PMDB)
Gabriel Souza (PMDB)
Gilberto Capoani (PMDB)
Ibsen Pinheiro (PMDB)
Tiago Simon (PMDB)
Vilmar Zanchin (PMDB)
Ernani Polo (PP)
João Fischer (PP)
Pedro Westphalen (PP)
Ciro Simoni (PDT)
Dr. Basegio (PDT)
Eduardo Loureiro (PDT)
Enio Bacci (PDT)
Gilmar Sossella (PDT)
Juliana Brizola (PDT)
Marlon Santos (PDT)
Regina Becker Fortunati (PDT)
Adilson Troca (PSDB)
Pedro Pereira (PSDB)
Zilá Breitenbach (PSDB)
Catarina Paladini (PSB)
Elton Weber (PSB)
Liziane Bayer (PSB)
João Reinelli (PV)
Mario Jardel (PSD)
Missionário Volnei (PR)