Oposição promete reunificar forças para derrotar projetos da base governista nesta quarta-feira

Através de duas manobras regimentais inesperadas, a fluída base governista na Assembléia do RS surpreendeu a oposição ao aprovar por escassa maioria (28 votos) a inversão de pauta, jogando os dois projetos do Banrisul para mais adiantem, e no final da tarde impondo o cancelamento da sessão plenária ao negar quorum. O PT voltou a comandar a fuga das bancadas governistas. Nem as mudanças no Plano Plurianual e a aprovação do Orçamento de 2014 foram votados até agora.

. Os projetos que trancam pauta neste momento foram enviados em regime de urgência, não permitiram exame algum prévio nas comissões permanentes, e alguns deles são caixas pretas inéditas, como os que criam a Banrisul Corretora de Seguros e a Banrisul Administradora de Cartões. Os projetos das duas novas estatais possuem apenas dois artigos que não explicam nada. O governo, além disto, não quer mostrar os contratos secretos que fechou com o banco Brasil Plural, que ganhará somas milionárias com a cobrança de taxas de sucesso por estruturar os negócios, inclusive colocação de ações no mercado, negociação que poderá render até R$ 4 bilhões. Tarso quer que os deputados passem este cheque em branco para seu governo, envolvido em rombos de caixa bilionários. 

. O governo até conseguiu êxito na votação de projetos de pouco impacto, mas não apenas foi obrigado a retirar de pauta algumas propostas polêmicas como a da redução das RPVs, como também zerou o quorum para não votar projetos como os do Banrisul, com receio de não contar com votos suficientes.

. Nesta quarta-feira, a queda de braço prosseguirá perigosa para governo e oposição, porque ninguém sabe ao certo o que acontecerá. O governo conta com 20 votos certos da sua base mais leal, sendo que a oposição já amealha 27 votos certos, mas um deputado do PSB e 7 do PDT, considerados independentes neste momento, não podem ser assumidos como favas contadas para nenhum dos dois lados.

. É possível que na manhã desta quarta-feira, na sessão extraordinária, nenhum deputado do PMDB e do PP falhe novamente. Se isto ocorrer, o embate do dia prometerá surpresas.

. Os deputados querem votar de manhã e de tarde, mas estão dispostos a virar a noite para esgotar a enorme pauta de votações. 

Deputados do PP e PMDB somem sistematicamente do plenário e favorecem manobras do governo Tarso

Toda terça-feira de votação de interesse do governo do PT, Michel Temer chama um deputado do PMDB a Brasília e reduz o quorum da oposição, facilitando a vida de Tarso Genro. Na foto ao lado, Capoani, nesta terça, em Brasília. 


Mais uma vez, pela terceira vez, deputados da oposição resolvem viajar ou simplesmente se afastar para não dar quorum e não votar a enxurrada de dezenas de projetos enviados apressadamente pelo Piratini, reduzindo drasticamente as enormes chances de formar maioria e impor as primeiras grandes derrotas ao governo Tarso Genro, PT.

. Nas últimas três terças-feiras, estes deputados sumiram do plenário sem conceder explicações aceitáveis:
- 1ª. Terça  26 de novembro  – Adolfo Brito, PP
- 2ª. Terça, 3 de dezembro – Márcio Biolchi e Álvaro Boesio, PMDB
- Hoje, terceira terça-feira – Gilberto Capoani, PMDB, e Mano Changes, PP

. PMDB e PP apresentam-se como Partidos de oposição, mas não conseguem manter no plenário todos os seus deputados, o que favorece as manobras da base aliada nas votações e formação de quoruns.

. A situação mais vexatória é do PMDB, porque as razões invocadas por Biolchi e Capoani para o sumiço são no mínimo rizíveis, senão vejamos:
Terça-feira, dia 3  - O deputado Márcio Biolchi ignorou as dramáticas votações do dia, quando sua presença garantiria maioria para a oposição, e foi a Brasília a chamado do vice-presidente Michel Temer.
Terça-feira, dia 10 – Gilberto Gapoani também viajou a Brasília e também a chamado de Michel Temer.

. O vice-presidente Michel Temer parece não ter mais o que fazer, a não ser colaborar com o governo Tarso Genro, chamando deputados ao seu gabinete para diminuir o número de deputados do PMDB nas votações de Porto Alegre. 

Artigo, João Pereira Coutinho - Esquerda, ida e volta

Ele até ameaça vir ao Fórum Social Mundial de Porto Alegre, ano que vem. O artigo foi publicado na Folha de S. Paulo de hoje e é do escritor João Pereira Coutinho, Correio da Manhã, Lisboa, Portugal. Leia:

Minha vizinha é linda. Minha vizinha é de esquerda. Um problema?
Não para mim, uma alma tolerante e pluralista e mentirosa. Para ela. Mas, como diria Jack, o Estripador, vamos por partes.
Aconteceu em setembro. Começou o ano acadêmico em Lisboa e uma espanhola mudou-se para o apartamento ao lado do meu. Encontrei-a na porta da rua, transportando as malas. Ofereci ajuda. Resposta dela: "Lá porque eu sou mulher você pensa que não consigo?".
Alarme. Feminista na área. Fugir, fugir, fugir --eis o sinal luminoso nos meus neurônios. Mas fugir daqueles olhos absurdamente azuis?
Não, claro que não, e depois falei de uma hérnia discal precisamente por excesso de peso. "É preciso ter cuidado." Ela comprou a primeira mentira. Se Deus me der tempo e saúde, outras se seguirão.

História da donzela: veio para Portugal apaixonada pela literatura dos lusos.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Justiça gaúcha faz mutirão para soltar 1.700 presos este ano, mas não faz mutirão para prender bandidos soltos

- Nenhum mutirão do gênero foi feito até agora para prender os criminosos que estão soltos no RS e prosseguem assassinando, roubando, furtando, estuprando e cometendo tropelias. 

Num serviço que durou sete meses, o Mutirão Carcerário da Justiça gaúcha concedeu liberdade para 1,7 mil presos. Soltos por meio de benefícios como indulto e prisão domiciliar, os detentos receberam direitos que estavam emperrados por causa da morosidade do sistema.


Em formulários, 28.541 presos (homens e mulheres) de 137 estabelecimentos prisionais do Estado indicaram os pedidos de benefícios aos quais acreditavam ter direito. Entre abril e novembro, juízes e servidores analisaram a situação dos detentos condenados e provisórios, alterando as condições de 10,6 mil pessoas. Do total da massa carcerária, 6% conseguiu liberdade.

ESTA NOITE, TERÇA-FEIRA
Só chopes e cervejas artesanais. 200 rótulos. Também petiscos. 

Bier Markt - Castro Alves 442. Fone 30132300
B ier Markt Vom Fass - Barão do Santo Ângelo 497. Fone 3274.0927
www.biermarkt.com.br

Fepam emperra licenciamento para produto gaúcho que é vendido em outros Estados e não pode ser vendido no RS

É esdrúxula a situação atual da empresa gaúcha Simbiose, que consegue produzir produtos com a tecnologia do BT Control para combater as pragas da Helicoverpa nos Estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Goiás e Minas, mas não pode fazer o mesmo para os produtores do RS, simplesmente porque aqui a Fepam não consegue concluir os procedimentos de liberação da droga.

. A lagarta Helicoverpa já produziu prejuízos bilionários nas lavouras de algodão, milho e soja. A praga alimenta-se de todas as fases da planta e é extremamente voraz.

. “Eu sinto um pouco de descaso”, mandou dizer ao editor o diretor da Simbiose, Marcelo Oliveira.

. A empresa espera uma resposta desde agosto. A Fepam não responde nem aos e-mails disparados pela Simbiose.

. O deputado Jerônimo Gorgen, com quem falou o editor, disse que a demora da Fepam abriu caminho para o uso de produtos químicos importados.

Oposição e governo iniciam votação dos obscuros projetos que criam duas estatais no Banrisul

Alcançou quorum total a sessão desta tarde da Assembléia do RS, que começará a votar dentro de instantes os dois projetos mais importantes que o governo Tarso Genro enviou em regime de urgência, no caso as propostas que criam a Banrisul Corretora de Seguros e a Banrisul Administradora de Cartões. O governo conseguiu inverter a pauta e jogou os dois projetos para mais tarde. 

. Os projetos não foram discutidos em nenhuma comissão permanente e possui apenas dois artigos que não dizem nada.

. Confrontado a explicar os termos dos contratos que o Banrisul assinou com a Brasil Plural, o governo não quis abrir nada, mas se sabe que o banco do Rio de Janeiro fará a estruturação das duas novas empresas, inclusive colocando suas ações no mercado. Estima-se que ele poderá levantar até R$ 4 bilhões no negócio. Tarso quer botar a mão no dinheiro para tapar os rombos de caixa do Tesouro.

. Os deputados parecem dispostos a dar o cheque em branco pedido pelo governo.

Neste momento (15h26min)
Total de deputados: 55
Governo – 20 deputados: 14 PT, 4 PTB, 1 PCdoB e 1 PRB
Oposição – 23 deputados: 6 PMDB, 5 PP, 6 PSDB , 2 PSB,  1 SDD e 1 PTB, 1 PPS e 1DEM

Sem definição clara – 1 PSB e 7 PDT

* Mais uma vez a oposição entrou fraturada em plenário. Desta vez, faltaram os deputados Gilberto Capoani, PMDB, e Mano Changes, PP. Na votação anterior, quando a oposição teria votos suficientes para vencer, faltaram Márcio Biolchi e Boessio, ambos do PMDB. 

ESTA NOITE, TERÇA-FEIRA
Só chopes e cervejas artesanais. 200 rótulos. Também petiscos. 

Bier Markt - Castro Alves 442. Fone 30132300
B ier Markt Vom Fass - Barão do Santo Ângelo 497. Fone 3274.0927
www.biermarkt.com.br

MPF perde uma atrás da outra ao insistir na injustiça de comprometer Carlos Crusius em Juízo

Crusius provou duas vezes seguidas que o MPF envolveu-o injustamente num caso em que nada teve qualquer participação. Além disto, ele levou às barras dos tribunais seus acusadores irresponsáveis, condenando-os em processos já transitados em julgado. Carlos não responde a qualquer processo judicial. Apesar disto, seu Partido, o PSDB, ainda não o desagravou publicamente. 



A decisão da juíza Simone Barbisan de excluir do processo de improbidade administrativa da Operação Rodin o ex-marido de Yeda Crusius, Carlos Crusius, foi uma decisão de mérito, ao contrário do que podem fazer parecer os procuradores do Ministério Público Federal que recorreram da sentença ao Tribunal Regional Federal e ali foram derrotados em votação unânime da Quarta Turma do Tribunal Federal de Recursos.

. Diante da ação movida pelo MPF, a juíza federal de Santa Maria escreveu o seguinte na sua decisão de 15 de agosto de 2011:

- Rejeito a ação, com base no art. 17, Parágrafo 8°, Lei 8.429/92, quanto a Carlos Augusto Crusius, Rubens Salvador Bordini e Valna Vilarins Menezes. Como os bens desses demandados não foram indisponibilizados, não há medidas liberatórias para cumprir.

. O MPF passou à imprensa a informação de que nãos e conformará com as duas derrotas e continuará insistindo com a causa perdida, o que tem gerado estupefação.

. Até agora o Conselho Nacional do Ministério Público não foi acionado para corrigir a insistência inexplicável dos procuradores do RS. Recentemente, ao se considerar atingido em sua honra pelo dirigente do PSOL, Pedro Ruas, o professor Carlos Crusius processou o caluniador, que foi condenado em ação já transitada em julgado. 

Bandidos petistas do Mensalão passarão Natal e Ano Novo na cadeia

Publicada no último dia 20, uma portaria da Vara de Execuções Penais (VEP) do Distrito Federal determinou que apenas detentos que já tenham autorização para trabalho externo ou que já tenham deixado a prisão nos últimos 12 meses possam usufruir do chamado "saidão" nas celebrações de final de ano. A informação é do site www.brasil247.com.br desta terça-feira. Leia tudo:

Se quiserem tentar a saída, os condenados do mensalão que estão na prisão, como José Dirceu, Valdemar Costa Neto e Delúbio Soares, terão de ir à Justiça e pedido seria analisado pelo juiz Bruno Ribeiro, nomeado por Joaquim Barbosa e filho de um político do PSDB.

ESTA NOITE, TERÇA-FEIRA
Só chopes e cervejas artesanais. 200 rótulos. Também petiscos. 

Bier Markt - Castro Alves 442. Fone 30132300
B ier Markt Vom Fass - Barão do Santo Ângelo 497. Fone 3274.0927
www.biermarkt.com.br

“Cenários” ouve Heitor Klein no seu programa semanal. Abicalçados prevê crescimento zero para calçadistas em 2013 e 2014.

O residente executivo da Abicalçados, Heitor Klein, falou durante uma hora para o editor e para o analista financeiro Leandro Rushel. Ele fez uma análise completa do ramo calçadista brasileiro, com ênfase par ao RS, o maior da área. O complexo coureiro-calçadista é de longe o maior empregador industrial do Rio Grande do Sul.

Por que essa insistência tão grande em vender calçados para a Argentina, que maltrata tanto os exportadores brasileiros?
É o nosso segundo maior comprador, com 12,4% em 2012, só perdendo para os Estados Unidos, cuja fatia é de 18,1%.

E o RS, como se coloca nesse conjunto?
O Rio Grande do Sul é o maior fabricante brasileiro de calçados, mas não é mais o principal exportador. Em 2012,ocupamos a terceira posição, atrás do Ceará e da Paraíba.

Sobre a exportação brasileira, qual é a nossa fatia?
35%, algo como 13,85% do bolo total.

Qual é a projeção de crescimento da indústria calçadista brasileira para este ano?
Zero.

E para o ano que vem?
Zero. 

CLIQUE a seguir para ouvir e ver a entrevista completa.

Rodrigo Constantino diz que a direita inunda as redações e alarma a esquerda dominante dos jornais

No seu artigo "Conviver com o contraditório", Rodrigo Constantino escreve hoje no site www.veja.com.br que as redações começam a ser inundadas por jornalistas da direita, o que alarma a esquerda dominante das redações brasileiras. Leia tudo:

Nunca conheci pessoas mais dogmáticas do que aquelas que falam em pluralidade o tempo todo, assim como nunca conheci pessoas mais intolerantes do que as que pregam tolerância o tempo todo. A esquerda caviar que o diga: seu discurso é só da boca pra fora. Pura retórica vazia.

. A imprensa brasileira tem claro viés de esquerda. Os jornalistas e colunistas “progressistas” estão em muito maior quantidade do que os assumidamente conservadores ou liberais. O mesmo ocorre na academia, com as universidades dominadas pelo marxismo. Eis um fato facilmente comprovado no dia a dia.

. De uns tempos para cá, porém, tem ocorrido uma tímida reação, e a direita tem conquistado algum espaço. Ainda é minoria, sem dúvida. Não obstante, essa presença tem sido suficiente para despertar o pânico nos esquerdistas, acostumados com sua confortável hegemonia.

. Basta ver a reação geral. Míriam Leitão chegou a escrever um artigo contra a tal “direita hidrófoba” que, segundo ela, empobrece o debate no país. Mas seu texto só tinha ofensas e rótulos, sem argumentos.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

ESTA NOITE, TERÇA-FEIRA
Só chopes e cervejas artesanais. 200 rótulos. Também petiscos. 

Bier Markt - Castro Alves 442. Fone 30132300
B ier Markt Vom Fass - Barão do Santo Ângelo 497. Fone 3274.0927
www.biermarkt.com.br

Direção que derrotou PSOL, PSTU, PCdoB, PT e PDT tomará posse nesta sexta no DCE da Ufrgs

Será nesta sexta-feira a posse da nova diretoria do DCE da Ufrgs, o mais importante do RS. O grupo eleito é composto em sua maioria por estudantes de Computação, Engenharias, Medicina, Agronomia e Veterinária. Ele derrotou todas as chapas apresentadas por militantes e dirigentes do PSOL, PCdoB, PSTU, PT e PDT.

. A chapa vencedora, única sem vinculação com partidos políticos, fez 2.461 votos (com 480 votos a mais de diferença em relação a chapa de situação que também estava na organização do chamado Bloco de Lutas). O processo eleitoral ocorreu no final do mês de novembro, mobilizando cerca de 6 mil estudantes da universidade.

Álvaro Dias convoca Tuma Júnior para depor no Senado da República

O senador Alvaro Dias (PSDB/PR) protocolou requerimento na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), para que o delegado e ex-secretário Nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, vá ao Senado apresentar documentos que comprovem a existência de uma “fábrica de dossiês” no Ministério da Justiça, conforme relatado no livro intitulado “Assassinato de Reputações – Um Crime de Estado

. Quer o senador que as revelações levem à instauração de procedimentos e à necessária responsabilização civil e criminal de pessoas envolvidas com eventuais crimes. 

ESTA NOITE, TERÇA-FEIRA
Só chopes e cervejas artesanais. 200 rótulos. Também petiscos. 

Bier Markt - Castro Alves 442. Fone 30132300
B ier Markt Vom Fass - Barão do Santo Ângelo 497. Fone 3274.0927
www.biermarkt.com.br

Entrevista, Rosnei da Silva - Está na hora do Mercosul construir pontes e não apenas muros

Rosnei da Silva, diretor de Calçados Bibi

 O senhor conversou esta manhã com o ministro Fernando Pimentel. O que disse a ele?
Disse ao Ministro que se tratando de Mercosul ( Bloco Econômico) esta na hora de construirmos pontes e não muros.

Por que isto?
A todo momento o governo argentino cria obstáculos ao ingresso de calçados brasileiros. Partidas enormes poderiam ter ingressado desde julho, visando as vendas de Natal, mas eles trancaram tudo. Já são 700 mil pares.

Eles trancam todas as importações de calçados?
Eu disse justamente isto para o ministro: os argentinos trancam o ingresso de calçados brasileiros, mas liberam os calçados chineses.

E?
A Argentina é o quarto maior mercado importador do Brasil. 

Missão gaúcha foi a Pimentel reclamar descumprimento do acordo sobre exportações de 700 mil pares de calçados para a Argentina

Durante uma hora e meia o ministro Fernando Pimentel e toda a sua equipe, inclusive da Apex, recebeu e conversou com uma enorme delegação de empresários e políticos gaúchos para discutir pela enésima vez os obstáculos impostos pelos argentinos para o ingresso de 700 mil pares de calçados adquiridos pelos lojistas locais, todos destinados às vendas de Natal.

. Há uma semana, o ministro esteve na Argentina em companhia do assessor presidencial Marco Garcias, quando recebeu a promessa de que as barreiras seriam levantadas.

. Não foram.

. Marco Kirst, da ACI de Novo Hamburgo, disse ao editor esta tarde que as autoridades alfandegárias argentinas poderiam dar apenas dois enter para abrir as fronteiras.


. O ministro Fernando Pimentel falará com Buenos Aires ainda hoje, pedindo que as liberações ocorram por ordem de antecedência. É que vendas feitas em julho ainda não conseguiram cruzar a fronteira. 

Atraso gaúcho - Comissão dos Municípios Sem Acesso Asfáltico elege nova diretoria no RS

Coisa de gaúcho atrasado

A Comissão dos Municípios Sem Acesso Asfáltico elege nesta quarta-feira a sua nova diretoria. Das 497 cidades do Rio Grande do Sul, 128 ainda só podem ser acessadas por estradas de chão.

. A cerimônia acontece a partir das 10h, na sede da Famurs (Rua Marcílio Dias, 574 - Porto Alegre, RS). 

Governo atropela Assembléia do RS com dezenas de projetos apresentados na calada da noite

Se maioria garantida, dependendo dos independentes (10 do PSB e PDT) e de traições na oposição, o governo tentará pela quarta semana seguida votar dezenas de projetos. Esta tarde, os mais polêmicos são os que criam duas estatais no Banrisul. O governo mandou projetos de apenas dois artigos, não explica nada e mantém sob sete chaves contratos que resultarão em captações bilionárias,  assinados com a Brasil Plural. 

Cinquenta e sete matérias deverão ser apreciadas em plenário nesta semana, incluindo 26 proposições do Executivo que trancam a pauta (20 na terça, quatro na quarta e duas na quinta-feira) e o projeto do Orçamento para 2014, todos enviados em regime de urgência e que portanto nem foram discutidos em comissões permanentes, exceto a proposta orçamentária. O presidente da Casa, Pedro Westphalen (PP), comunicou aos líderes reunidos nesta manhã de terça-feira que serão realizadas quatro sessões deliberativas esta semana: hoje e amanhã (11) à tarde, a partir das 14 horas, e duas extraordinárias, nas manhãs de quarta e quinta-feiras (12), a partir das 10 horas. As atividades das comissões nesses dois dias ficam canceladas.

. Se a Assembléia não concluir os trabalhos até o dia 19, haverá recesso, mas o governo poderá convocar um período de sessões extraordinárias.

. Na sessão desta tarde , há 20 matérias encaminhadas pelo governo em regime de urgência, conforme o artigo 62 da Constituição Estadual, e que já trancam a pauta de votações. Elas deverão ser apreciadas antes das demais proposições. Na quarta-feira, outras quatro propostas do Executivo passam a trancar a pauta e, na quinta-feira, há mais dos projetos que trancarão a pauta.

. Ainda pela manhã, o governo solicitou a retirada do regime de urgência do PL 286 2013, que cria o Conselho Estadual de Promoção dos Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais,  o  PLC 306 2013, que altera artigos do Estatuto do Servidor Público Estadual relativos ao abono permanência; o PL 365 2013, que modifica o procedimento para o pagamento das requisições de pequeno valor devidas pelo Estado do Rio Grande do Sul; e o PL 194 2011, que dispõe sobre a inspeção ambiental veicular.

Entrevista, Murilo Hidalgo - Ponto fraco de Dilma está na gestão

Murilo Hidalgo, diretor do Instituto Paraná Pesquisas

Dilma ganharia fácil contra qualquer adversário?
A oposição precisa de Barbosa ou de Marina para não enterrar de vez seu caixão.

Ela tem algum ponto fraco?
Eleitoralmente, a presidente está muito bem, mas nem todos os dados da pesquisa demonstram que o céu é azul para ela o tempo todo.

A que você se refere?
É que perguntamos aos eleitores se eles aprovam ou desaprovam o governo dela, assim mesmo, diretamente, sem dar margem a "regular" ou "talvez". Neste quesito, 56% aprovam e 46% desaprovam. Este número de desaprovação é muito alto e revela que o ponto fraco da candidata está na gestão.

Paraná Pesquisas mostra nova pesquisa com Dilma sendo eleita no primeiro turno.Joaquim Barbosa já tem 15,61%

Pesquisa eleitoral que o editor recebeu esta manhã do Instituto Paraná Pesquisas.

Cenário principal,embora não o mais provável
Dilma Roussef - 43,46%
Aécio Neves - 17,14%
Joaquim Barbosa - 15, 61%
Eduardo Campos - 6,93%

Cenário mais provável
Dilma Roussef - 47,15%
Aécio Neves - 20,51%
Eduardo Campos - 11,31%

. Também foram feitas simulações com Marina Silva, José Serra e o ex-presidente Lula. Marina pode provocar o segundo turno e Lula venceria de lavada, com 54% dos votos.

Economia gaúcha cresceu 3,6% no terceiro trimestre. No ano, acumulado chega a 6,6%.

A economia gaúcha continua crescendo a taxas bem superiores às taxas nacionais, segundo informações de hoje da Fundação de Economia e Estatística. Veja os números do PIB:

Terceiro trimestre
Mais 3,6%
Acumulado do ano
6,6%

- A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs) fez nesta terça-feira projeções para o ano que vem no Estado e no Brasil. Na perspectiva mais otimista, o crescimento da economia gaúcha em 2014 deve ser de 3,4%, enquanto a brasileira deve evoluir 3,6%.

Petrobrás terá que explicar, dia 17, por que pagou R$ 255 milhões por 50% da BSBios

Foi agendado para o dia 17 o depoimento do presidente da Petrobrás Bioenergia, Miguel Rosseto. Ele foi convocado a pedido do deputado gaúcho Luiz Carlos Heinze, PP, que quer que ele explique quais os critérios que usou para comprar 50% de participação em duas usinas do grupo BSBios, em Passo Fundo (RS) e Marialva (PR), pagando R$ 255 milhões, quando nem usinas novas custam tanto.

. O presidente da BSBios, maior produtora brasileira de biodiesel, Erasmo Battistela,  Passo Fundo, RS, ainda não foi chamado. Os outros sócios são todos da região de Passo Fundo, todos ligados às famílias Battistela, Wagner, Roso, Montagner e Palludo.

. Em março deste ano, o Banrisul emprestou R$ 55 milhões para a BSBios, cujos balanços apresentam números vermelhos. 

. Este ano, a BSBios começou a diversificar, comprando o frigorífico Frinal.