Nova tabela do IRPF já entrou em vigor. Assalariados perdem cada vez mais.

- Ao não corrigir sequer pela inflação, o governo impõe perdas enormes a todos os trabalhadores brasileiros. A defasagem já chega a 60%. Ganha com isto o governo, que arrecada cada vez mais dos salários das pessoas. 

A nova tabela de Imposto de Renda da Pessoa Física entra em vigor amanhã, dia 2. Será corrigida em 4,5% na última correção automática. A tabela vinha sendo corrigida em 4,5% desde 2007 e a previsão era acabar com o uso do percentual em 2010. Entretanto, no início de 2011, por meio da Medida Provisória 528, o governo resolveu aplicar o mesmo percentual até 2014. As informações são de hoje, da Agência Brasil. Leia mais:


As deduções do imposto serão feitas nos salários pagos em 2014, mas valem para a declaração de Imposto de Renda de 2015. Na declaração que será feita no próximo ano será usada a tabela de 2013.
De acordo com a tabela da Receita Federal, estará isento do imposto quem ganhar até R$ 1.787,77, por mês. A alíquota de 7,5% valerá para quem ganha entre R$ 1.787,78 e R$ 2.679,29. De R$ 2.679,30 a R$ 3.572,43, a alíquota é 15%. A alíquota de 22,5% vai incidir nos salários de R$ 3.572,44 até R$ 4.463,81. E a alíquota de 27,5% é para quem ganha acima de R$ 4.463,81 por mês.
O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal tem alertado sobre a defasagem entre a tabela do Imposto de Renda Pessoa Física e a inflação. A defasagem deve fechar o ano em 60%. Segundo o sindicato, várias pessoas que eram isentas, por causa da renda baixa, passaram a pagar o imposto.

Enquanto a correção da tabela é 4,5%, a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, este ano, deve ficar em 5,73%. Para 2014, a projeção é 5,98%, de acordo com pesquisa do Banco Central. A correção da tabela em 4,5% foi definida porque o governo estabeleceu o percentual como meta para a inflação anual.

Artigo, José Nêumanne Pinto - Dias de cão no jardim das ilusões de Dilma

No seu artigo de final de ano no jornal O Estado de S. Paulo, o editorialista José Nêumanne Pinto lembra que domingo, à noite, em horário nobre, com discurso dessemelhante ao de seu aliado Sarney pelo estilo, mas bastante similar pelo afastamento da realidade, a presidente Dilma Rousseff descreveu e deu números positivos sobre o que seu governo tem feito pela saúde de pobres mães e bebês como aqueles. Leia tudo:

Vieram médicos de Cuba e eles estão garantindo o atendimento nos ermos do sertão brasileiro.
Por falar em sertão, os telejornais também noticiaram a falta de água em Itapipoca, no interior do Ceará, porque uma adutora, que custou R$ 16 milhões ao contribuinte, se rompeu e a construtora que vencera a concorrência para construí-la faliu. Ninguém responde pela obra inconclusa: os falidos sumiram e os que retomaram a obra nada têm a dizer. O governador Cid Gomes - que rompeu com o chefão de seu partido (PSB), Eduardo Campos, governador de Pernambuco, para ficar no palanque da presidente petista - tentou resolver o problema mergulhando num tanque buscando fechar um registro e evitar que a água vazasse. Enquanto isso, a população da cidade não tem água para lavar, cozinhar ou matar a sede de nenhum vivente.

. Mas no Paraíso na Terra descrito por Dilma no domingo seguinte o País vive uma prosperidade não só inédita na própria História, como singular num planeta afundado em crise. E o único risco é provocado pela canalha oposicionista que maldiz a própria terra criando empecilhos para investimentos e prejudicando, assim, o pobre povo brasileiro. No discurso da presidente, de 15 minutos recheados de deselegantes gerúndios sem dês (estou fazeno, estou realizano, e por aí afora), os anjos dizem-lhe sempre amém, mas o diabo corre atrás para demolir sua fantástica obra de governo.

(...)


.Infelizmente, contudo, ninguém encontrou nos longos e tediosos votos presidenciais de boas-festas uma só referência à segurança do bem-aventurado cidadão do Brasil sob a égide do PT e do PMDB. A vida de seu súdito não é da conta dela, nunca foi, nunca será. Vade retro! E amém nós tudo.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Saiba como Lula, Gilberto Carvalho e Mabel armaram dossiê falso para fulminar Marconi Perillo

O ministro da Justiça ordena ao Dr. Tuma Júnior: “Faça um favor ao Lula e fulmine o senador Perillo”

O ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, substituiu Tarso Genro em 2010, quando o gaúcho viu minguarem suas chances de alijar Dilma como candidata do PT e decidiu disputar o governo do RS. O novo ministro tinha sido secretário executivo de Tarso.

. Luiz Paulo Barreto foi protagonista de um dos mais escandalosos pedidos para fulminar um adversário do PT. Logo que assumiu o cargo, ele chamou o secretário nacional de Justiça ao seu gabinete. Lívido, foi logo ordenando:

- Isso aqui veio de cima, lá do Planalto, do Gilberto Carvalho, secretário particular do presidente Lula. Ele quer que você atenda um pedido de Lula e mande para o CRCI investigar isso aqui.

. O DRCI é o Departamento de Recuperação de Créditos Internacionais, subordinado à SNJ.

. Feito isto, o ministro da Justiça entregou um envelope numa pastinha, com dossiê contra o senador Marconi Perillo, senador, hoje governador de Goiás. Ele queria denúncias sobre passaporte falso e contas no exterior que “existiriam”. O dossiê, segundo disse o ministro, foi montado pelo deputado Sandro Mabel e por Gilberto Carvalho.

. No seu livro “Assassinato de Reputações”, Tuma Júnior conta na página 160 que Lula , “sempre rancoroso e louco por vendetta”, queria fulminar o senador do PSDB, porque ele foi o primeiro a falar com ele sobre o Mensalão, o que aconteceu no dia 5 de março de 2004. É que o senador tinha sido procurado por Sandro Mabel para trocar o PSDB pelo PT, em troca de R$ 30 mil mensais e mais um bônus de R$ 1 milhão. Lula julgava que todo escândalo público surgido 15 meses depois, nasceu ali.

. Tuma Júnior alegou ao ministro que se tratava de “crime de responsabilidade” e exigiu a chancela oficial ao dossiê. Em seguida, avisou ao pai, o senador Romeu Tuma, na época, 2010, corregedor do Senado, que acabaria tendo que apurar as denúncias. Eis o diálogo dos dois:

- Cuidado, pai, que tem sacanagem.
- Esses caras são malucos.

. As conversas do secretário nacional de Justiça estavam sendo gravadas pela Polícia Federal, por ordem de Lula, que já pensava em defenestrá-lo do governo.

. O Senado e o próprio ministério da Justiça inocentaram Perillo (leia página 164 do livro, com os detalhes).

. O dossiê existe ?

. Ora, é só exigir na Justiça ou no Congresso a cópia dele. Quem possui cópia ? Romeu Tuma Júnior esclarece o caso na página 163 do seu livro:

- Trago ainda guardado o dossiê que o Planalto forjou contra o Perillo (veja fac simile, ao lado, acima, de uma das peças).

. Como não conseguiu alcançar Marconi Perillo através do dossiê falso, Lula deu sinal verde para a instalação da CPI do Cachoeira, que acabou atingindo o já então governador de Goiás.

CLIQUE AQUI para examinar comentário em video sobre o livro.

Veja, aqui, cenas ao vivo da sua praia de preferência - ou de Porto Alegre. Escolha a cidade que você quiser.

No site a seguir você poderá examinar cenas on line, portanto ao vivo, de localidades espalhadas por várias partes do globo. No RS e Santa Catarina, estão disponíveis imagens deste momento.

. Vale a pena bisbilhotar.


. O site mais usado pelo editor atende pelo endereço http://www.maaxcam.com.br/, mas existem muitos outros.

Estenda os braços para agarrar o futuro em 2014


Feliz 2014

A foto foi extraída no iPhone do editor na noite de Natal. Ela recebeu o seguinte título no Facebook: "Vovê estende os braços para agarrar o futuro".

É o que o editor deseja para todos os leitores em 2014: estendam os braços para agarrar o futuro. Isto depende de cada um de nós, mas é preciso saber o que vai agarrar e sobretudo entrar em movimento.

O editor

Prefeitura de Porto Alegre adia licitação para exploração de 388 linhas de ônibus

Ficou para este ano a licitação das 388 linhas de ônibus de empresas privadas que circulam em Porto Alegre. O prefeito José Fortunati havia prometido publicar a concorrência até dezembro, o que não ocorreu. A EPTC defende o prefeito, alegando que aguarda definição do Tribunal de Contas do Estado sobre o modelo tarifário que será utilizado.

- Outras licitações da Prefeitura de Porto Alegre que ficaram para 2014:

- Novos táxis = Até março, a EPTC deve lançar licitação para 105 novos prefixos;
- Revitalização da Orla do Guaíba = A Prefeitura de Porto Alegre aguarda a conclusão da revisão do Tribunal de Contas do Estado para poder publicar a licitação;
- Ciclovia da Sertório = O projeto executivo dos 12 quilômetros da ciclovia da avenida Sertório já foi finalizado. O edital depende da EPTC.


Artigo, Geraldo Torquato - Quem venceu o 'cabo de guerra'?

Imaginemos um cabo de guerra, puxado, de um lado, pelo Estado, com sua portentosa estrutura, e, de outro, pela população que habita seu espaço. Fixemos esse exercício de puxar a corda na paisagem brasileira para ver quem, ao fim de 2013, ganhou o jogo. O Estado ou a sociedade? Ou será que a disputa está empatada?

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Delúbio, bandido do Mensalão, tira mensagem de Natal por "um Brasil melhor"

Parece não ter limites a audácia dos ladrões - bandidos comuns - do PT, condenados pelos crimes cometidos na organização criminosa do  Mensaláo, presos na Papuda, porque a cada momento insistem com discursos próprios de militantes encarcerados como presos políticos por ditaduras cruéis. Eles não conseguem entender que foram investigados pela sua própria Polícia Federal, foram denunciados pelo Procurador Geral da República que eles mesmos nomearam e acabaram condenados numa Corte cuja maioria de membros, inclusive seu presidente, tiveram seus nomes indicados e homologados pelo presidente do governo ao qual pertencem. Seus crimes estão tipificados na legislação brasileira, toda ela construída dentro do estado democrático de direito.

. Delúbio, portanto, e seus companheiros de cela, Zé Dirceu e Genoíno entre eles, são bandidos comuns - ladrões, estelionatários, quadrilheiros, todos da pior espécie.

. É por isto que chega às raias da demência a curta mensagem enviada pelo ex-tesoureiro do PT, condenado no julgamento do Mensalão, Delúbio Soares, que cumpre em regime fechado pena de semiaberto, deseja "aos amigos da trincheira de luta pela liberdade que estão lutando por um Brasil melhor e solidário", que "2014 seja ano próspero e de liberdade para o povo brasileiro". Ele foi condenado a seis anos e oito meses, pena para semiaberto, e teve direito a recurso de parte das condenações graças aos embargos infringentes.

CABO DE GUERRA
Versão digital, e-book, R$ 39
O Eixo do Mal contra o Governo Yeda Crusius
499 páginas, 3 anos de pesquisas e entrevistas, revelações inéditas
Compre e faça download imediato no site
www.albuka.com.br

Pane em sistema do Itaú duplica compras feitas com cartão de débito

Os clientes do banco Itaú tiveram uma surpresa desagradável nesta véspera de Ano Novo. Um problema no sistema do banco fez com que as compras feitas com cartões de débito do Itaú fossem registradas em dobro nas contas dos correntistas.


. Uma cliente reclamou que descobriu nesta terça-feira que todos os seus débitos feitos desde 27 de dezembro foram duplicados.

CLIQUE AQUI para ler toda a reportagem, que é do jornal O Globo.

IPI sobre geladeiras, fogões e máquinas de lavar continuará reduzido em janeiro

O Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) incidente sobre os produtos da chamada "linha branca" (geladeiras, fogões, máquinas de lavar e tanquinhos) não será elevado no início de 2014, informou o Ministério da Fazenda nesta quinta-feira.

IPI mais alto para carros elevará os preços a partir de hoje

O Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) para carros sobe a partir desta quarta-feira (1º), mesmo dia em que entra em vigor a obrigatoriedade de freios ABS e airbags em 100% dos carros produzidos a partir deste ano. Essas duas medidas tendem a elevar os preços dos carros em 2014 e podem impulsionar a inflação. O IPI aumentou para carros fabricados a partir de hoje e não para os que já se encontram nas lojas ou estão estocados nas montadoras. 

. Segundo informou em dezembro o ministro da Fazenda, Guido Mantega, o preço dos carros populares deverá subir de 4% a 8% para a inclusão de airbag e ABS, o equivalente a uma alta de R$ 1 mil a R$ 1,5 mil por automóvel.

. A alta do IPI vai levar a um aumento da arrecadação de R$ 956 milhões entre janeiro e junho de 2014, segundo cálculos do Ministério da Fazenda.

O que mudou - 

Carros com motor entre 1.0 e 2.0 flex, a alíquota de IPI, que foi de 7% até o fim do ano passado, subiu para 9% nesta quarta. E pode retornar ao patamar de 11% em julho, dependendo da análise do governo.
veículos com mesmo motor, mas movidos apenas a gasolina, a alíquota subiu de 8% para 10% nesta quarta-feira e pode avançar para 13% em julho.
Veículos utilitários tiveram alta do IPI dos 2%, que vigoravam até o fim de 2013, para 3% em 1º de janeiro. A partir de julho, o imposto pode subir para 8%.
Para os utilitários usados para transporte de carga, a variação será a mesma agora. Em julho, porém, se houver alta, ela será para 4%.


- A produção de veículos em 2013 bateu, já em novembro, o recorde histórico, com 3,5 milhões de unidades produzidas, superando a então marca inédita de 2011. Os números fechados de vendas serão divulgados nos próximos dias.

Alexandre Schwartsman diz que 2014 já acabou

Em artigo para a Folha de hoje, o economista Alexandre Schwartsman diz que não parece provável que o governo se engaje em um esforço de austeridade às vésperas da eleição. Para ele, 2014 já acabou. Leia tudo:

Não que eu acredite muito nisto. Se aprendi algo ao longo dos anos, é que eventos inesperados têm o péssimo hábito de ocorrer justamente quando não se espera e cenários que parecem dados --como baixo crescimento e alta inflação em 2014-- podem tomar rumos surpreendentes. Isto dito, para ser sincero, creio mesmo que este ano não será muito diferente de 2013, mas o verdadeiro objeto do título não é exatamente o desempenho concreto da economia, mas sim a percepção de que, apesar dos problemas, são baixas as chances de mudança na política econômica, ao menos até 2015. Não há economista sério que não esteja, em algum grau, preocupado com os desenvolvimentos recentes. Mesmo os que, até há pouco, faziam da defesa da política econômica um estilo (quando não um meio) de vida já começaram, cautelosamente, a recuar de suas trincheiras.


. A expansão medíocre do produto, a inflação mal e mal contida a golpes de controles diretos de preços, o crescente deficit externo, somados ao desempenho pífio da produtividade, sugerem que o atual arranjo de política é insustentável.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Colapso da CEEE torna mais dramática tungada de R$ 1,3 bilhão reservados par investimentos

O editor apanhou relatos do repórter Cid Martins no Facebook, descrevendo falta de luz e água em Capão.

Em Porto Alegre ocorreram apagões de até uma hora no início da tarde do último dia do ano, mas em alguns pontos do litoral gaúcho, as últimas horas de 2013 foram às escuras, tudo pó conta dos maus serviços prestados pela CEEEE, a estatal estadual que foi tungada em R$ 1,3 bilhões que tinha reservado para investimentos. O dinheiro foi sacado pelo governo estadual, preocupado em chegar ao final do ano com uma aparência maquiada nas suas péssimas contas públicas, arrombadas por uma administração caótica e irresponsável.

. Os apagões repetidos na área de atuação da CEEE tornaram dramáticos o projeto do governo de meter a mão nos cofres da companhia, justo no momento em que ela mais precisa de recursos para investir na melhoria de transformadores, subestações, linhas de transmissão e distrigbuição, e até geração. A empresa está sendo sucateada propositadamente pelo Piratini. 

. Pior ainda é que o projeto só foi aprovado na Assembléia porque aos votos do PT, PCdoB, PRB e PTB, somaram-se um voto do PMDB e ausências de dois deputados do PMDB, dois do PP, um do PPS, um do DEM e um do Solidariedade. 

.  Em torno das 21h desta terça-feira, a assessoria da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) confirmou que praticamente toda a cidade de Torres e pontos em Atlântida ficaram sem luz. O restabelecimento do serviço começou pelas 23h. No começo da noite, não havia previsão para a volta da energia elétrica.. Houve relatos também sobre falta de água em Torres, Imbé e Capão da Canoa. O motivo seria a queda da energia elétrica.