OAB quer Delcídio Amaral fora do Senado

O presidente da OAB, Claudio Lamachia, disse que a entidade não faz juízo de valor quanto à culpabilidade do petista à medida que o processo que investiga o senador não está concluído, mas afirma que "ao se manter no cargo, o senador debocha dos cidadãos, inclusive com poder para interferir no andamento do processo".

O pedido de afastamento será encaminhado ao Senado nos próximos dias.

Claudio Lamachia já vinha dando sinais de que a volta de Delcídio Amaral ao cargo ultrapassou todos os limites do tolerável. 

Alckmin ironiza Lula: "Ele está sitiado"

O governador de SP, Geraldo Alckmin, resolveu ironizar as falas mais recentes de Lula, inclusive a de ontem na festa dos 36 anos do PT, quando disse que será candidato em 2018:

- Ele está sitiado.

Nem com tríplice salto mortal o líder lulopetista escapará das garras da lei e da ordem.

Agência estatal paga até R$ 39 mil a empregados na campanha de Dilma, denuncia O Globo

Ao lado, o petista gaúcho Teixeira por R$ 39,3 mil mensais. 


O Globo ressalta que militantes deixaram cargos no governo por funções na ABDI com salários equivalentes ao dobro do que recebiam

Um órgão quase oculto no sistema de transparência do governo federal abriu espaço para que um grupo que atuou na campanha à reeleição da presidente Dilma Rousseff, em 2014, ganhasse empregos com altos salários e pagamentos de diárias em viagens internacionais, segundo o jornal O Globo. 

Vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) passou a receber militantes que deixaram de lado cargos no governo por funções na agência com remunerações equivalentes ao dobro do que recebiam.

A publicação ressalta que despesas relacionadas a salários e resoluções internas da ABDI, por exemplo, são mantidas sob sigilo, o que não ocorre em ministérios e demais órgãos do Executivo, subordinados ao sistema de transparência. Militante do PT do Rio Grande do Sul, o presidente da ABDI, Alessandro Golombiewski Teixeira, foi nomeado por Dilma para o cargo em fevereiro de 2015, após coordenar o programa de governo na campanha à reeleição.


Conforme o jornal O Globo, ao assumir o posto na ABDI, com salário de R$ 39,3 mil, o petista abrigou no órgão mais três militantes, ocupantes de cargos de assessoramento especial da diretoria, cujas remunerações vão de R$ 19,4 mil a R$ 25,9 mil. Os valores correspondem a mais do que o dobro do que era pago a eles quando exerciam funções comissionadas no Palácio do Planalto ou no Ministério do Planejamento.

CLIQUE AQUI para ler reportagem de O Globo, replicada esta tarde pelo site de Zero Hora. 

Artigo, Demétrio Magnoli - Síndrome de Allende

A charge é de Ronaldo, in blog de José Pedriali


O socialista Salvador Allende governou o Chile, em meio a uma crise permanente, por menos de três anos, entre 1970 e 1973, até o golpe militar de Pinochet. Os intelectuais de esquerda chilenos dividiram-se, alguns optando pela crítica ao que interpretavam como excessiva moderação do presidente, outros reprimindo suas convicções para cerrar fileiras com o governo.

Sob o lema “este es un gobierno de mierda, pero es el mío”, os segundos alertavam que a crítica dos primeiros contribuiria para o triunfo final da direita golpista. No Brasil, há anos, a “síndrome de Allende” circula nas rodas dos intelectuais de esquerda como justificativa para a cega adesão ao lulopetismo. Nada – nem mesmo os desastres econômicos e éticos à vista de todos – provoca mais danos à esquerda brasileira que esse recuo dos intelectuais à trincheira da militância.

No Chile da época, os supostos pecados de Allende situavam-se na esfera das opções de política econômica e social. No Brasil do lulopetismo, outra coisa está em jogo: a captura do Estado pela aliança criminosa entre uma elite política corrompida e a parcela do alto empresariado que faz fortunas às custas de contratos com o poder público. O “gobierno de mierda”, isto é, o bloco político liderado pelo PT, patrocinou a santa aliança desvendada pela Lava Jato. Mesmo assim, praticamente não se ouve a crítica dos intelectuais de esquerda. A prisão de João Santana, acompanhada de novas evidências contundentes do assalto aos recursos públicos, não os comove. Há algo de trágico na paisagem seca.


Uma década atrás, na hora do “mensalão”, deputados petistas choraram em plenário enquanto Duda Mendonça fazia uma confissão parcial, mas devastadora. Naqueles dias, Tarso Genro falou numa “refundação” de seu partido e o próprio Lula, encurralado, esboçou um ambíguo pedido de desculpas.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

O STF foi atrás de uma mentira e ajudou Dilma no caso do impeachment, mas terá que voltar atrás.

A reprodução ao lado é da ata da sessão do Senado com a votação secreta de 1992, que determinou a cassação do presidente Collor de Melo. A revelação da ata saiu neste final de semana na coluna Radar, assinada por Vera Magalhães na Veja.

Ela põe por terra a decisão tomada no ano passado pelo STF, que determinou que as comissões que analisam o impeachment teriam de ser eleitas em voto aberto. Foi por isso que os ministros derrubaram o colegiado escolhido pela Câmara.

O ministro Luios Roberto Barroso justificou que em 1992, a votação do caso Collor foi averta e, para evitar "casuísmos indesejados", o critério valeria para Dilma Roussef.

Os registros das sessões da Câmara e do Senado no caso Collor mostram que houve votação secreta.

Barroso e o STF votaram para beneficiar Dilma e anular os procedimentos seguidos por Eduardo Cunha, que estava correto.

Até agora o STF não voltou atrás e também não disse como deve agir a Câmara, paralisando o processo de impeachment até aqui.

PT do Rio avisa: "Esto es un gobierno de mierda, pero es el mio"

Diante da decisão de Dilma Roussef permanecer no Chile para não ouvir críticas ao seu governo na festa dos 36 anos do PT, Rio, ontem a noite, líderes petistas que não se identificaram, resolveram repetir a consigna que os socialistas e comunistas entoavam pouco antes da queda de Allende, 1973:

- Este es un gobierno de mierda, pero es el mio. 

Por supuesto.

PIB da Grande Recessão de 2015 sairá na quinta-feira

Na quinta-feira o Ibge divulgará todos os dados sobre o desempenho do PIB noa no passado. O mercado aguarda um número parecido com 4% de recessão.

O pior índice em 1/4 de século.

Artigo, Ives Gandra Martins, O Globo - Os músicos do Titanic

…. Do poço em que o Brasil afunda ainda não se vê o fundo, mas todos nós estamos fadados a acompanhar o governo Dilma em seu dramático naufrágio, ao som da sereníssima orquestra do Titanic…

CLIQUE AQUI para ler, também, "Rumo ao beco sem saída", editorial do Estadão.

Ao ler e ouvir as manifestações da Presidente e de seu grupo ministerial, que não se dão conta de que, sob seu governo, o país está afundando num poço ainda sem fundo, fico com a impressão que foram invadidos pelo espírito dos músicos do Titanic, que continuaram tocando, enquanto o navio naufragava lentamente.

Não é possível que não tenham percebido o fracasso dantesco do Plano Dilma 1 e que o Plano Dilma 2, deste segundo mandato, conseguiu acrescentar uma notável “contribuição de pioria” ao já desastrado plano do primeiro mandato. A expressão aqui usada não representa um neologismo – como aquele utilizado pela presidente Dilma, ao dar sexo vernacular ao mosquito fêmea, chamando-o de “mosquita”-, mas ironia, há anos utilizada por tributaristas em contraposição ao tributo “contribuição de melhoria”, quando se trata de tributos de má qualidade.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Presídio de Canoas terá primeiro módulo de 328 vagas inaugurado nesta terça

O mais novo presídio gaúcho, o de Canoas, terá seu primeiro módulo inaugurado nesta terça-feira. Ele terá vagas para 328 presos.

Quando estiver a pleno, gerará 2,8 mil vagas.

Marca GVT sairá de cena no dia 15 de abril

A partir de 15 de abril a marca GVT sairá de cena. Ela será substituída pela marca Vivo, que é da Telefonica, nova dona da GVT.

Procurador diz que novo viés de erotização de crianças em escolas e creches aumentou os crimes sexuais praticados por adolescentes

Nesta intrevista, o procurador Guilherme Sheilb fala do aumento de crimes sexuais por adolescentes, a partir da erotização de crianças na escola e creches, promovida pelo ministério da Educação.

CLIQUE AQUI para ver e ouvir.

Troca-troca de Partidos já contabiliza 40 migrações na Câmara dos Deputados

Ao final da primeira semana da abertura da janela para troca de Partidos, já foram contabilizadas 40 migrações feitas ou em andamento na Câmara dos Deputados.

A mais conhecida delas é de Jair Bolsonaro, que sairá do PP e irá para o PSC.

No RS, nenhum deputado Federal trocou de Partido neste período.

Uma pessoa foi assassinada por hora na região metropolitana em apenas cinco horas

Pelo menos cinco pessoas foram assassinadas entre as 21h20min de sábado e 1h30min deste domingo, em Porto Alegre e Região Metropolitana.

A última vítima foi uma mulher, encontrada morta debaixo da passarela da rodoviária da Capital. Ela foi morta a facadas. Era uma passageira que tinha acabado de desembarcar. 

Domingo será de sol, nuvens claras e temperatura amena no RS

Em Porto Alegre, a manhã é de sol, poucas nuvens e brisa suave neste momento, mas existe chance de chuva no decorrer do dia.

Existe também possibilidade de chuva ou garoa no começo do dia em pontos do Norte e do Nordeste do território gaúcho. Nas no decorrer do dia o sol se faz presente.

Ar mais ameno ingressa no Estado e, por isso, o calorão com expressivo abafamento da última semana não se repete. A temperatura vai estar bastante agradável na parte da manhã e faz um pouco de calor no período da tarde. Refresca bem à noite e na próxima madrugada, antecedendo amanhecer de segunda-feira típico de março. A máxima deve ser de 31ºC em Uruguaiana. Em Porto Alegre, os termômetros devem variar entre 19ºC e 30ºC.  

Mônica Moura: elegante e sofisticada ou apenas vulgar e baranga ?

Sorrindo e mascando chiclete ao ir para a carceragem da Polícia Federal em Curitiba, Mônica Moura, a sétima mulher do publicitário João Santana, é descrita como "elegante e sofisticada" pela jornalista Vera Magalhães, nova titular da coluna Radar, de Veja.

Há controvérsia.

A jornalista Joice Hasselmann chamou-a de "vulgar e baranga", ao descrevê-la em comentário que fez nas redes sociais.

Mônica Moura é quem cuida dos problemas burocráticos da empresa do marido, que promete ser fiel a ela enquanto durar o amor.

Vera Magalhães acha que a mais nova prisioneira da Lava Jato é sofisticada porque ela adora viagens, bolsas caras, vinhos bons e toma dry martini, aslém de andar sempre com cabelo escovado.

O que acha a leitora ?

Lula admitiu que o sítio de R$ 4,5 milhões foi um "presente-surpresa". Bumlai desmente tudo.

CLIQUE AQUI para examinar reportagem de ontem do Jornal Nacional, na qual a defesa de José Carlos Bumlai desmente Lula e afirma que reforma no sítio de Atibaia foi pedida pela família do líder do PT e não foi presente nenhum.

Ontem a noite, o ex-presidente Lula da Silva resolveu edulcorar um pouco mais a complicada história sobre o sítio de Atibaia. No discurso que fez na festa dos 36 anos do PT, Rio, ele por pouco não admitiu que o sítio foi um "presente" de R$ 4,5 milhões, tudo a partir da iniciativa de um velho amigo sindicalista petista, Jacó Bittar.

O que disse Lula:

"Ele inventou de comprar uma chácara para que eu pudesse utilizar quando eu deixasse a Presidência. Fizeram uma surpresa para mim até o dia 15 de janeiro".

Para levantar os R$ 4,5 milhões que custou o sítio adquirido,reformado e montado, onde estão até presentes que Lula ganhou na presidência, além dos pedalinhos e um barco comprado por dona Marisa, foi preciso mobiliasr muita gente:

- R$ 1,5 milhão para comprar a propriedade, em nome do companheiro Jonas Suassuna e do companheiro Fernando Bittar.

- R$ 1,5 milhão para reconstruir o imóvel, uma surpresa paga pela Odebrecht, OAS e José Carlos Bumlai.

- R$ 1,5 milhão para instalar uma antena de celular, Otávio Azevedo, da Camargo Corrêa.