Balança comercial fecha no pior resultado em 13 anos.

Om dólar fechou em alta, hoje, cotado para venda em R$ 2.39.

A balança comercial brasileira fechou 2013 com superávit de US$ 2,561 bilhões — queda de 86,9% em relação ao ano anterior — em 2012, as exportações superaram as importações em US$ 19,396 bilhões. O resultado comercial do ano passado foi o pior desde 2001, quando o saldo da balança foi positivo em US$ 2,684 bilhões. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, 2, pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic), segundo notícia deste final de tarde do jornal Valor, conforme seu site WWW.valor.com.br Leia tudo:

. Essa é a segunda queda consecutiva no resultado comercial brasileiro, já que, em 2012, houve uma retração de 34,8% em relação a 2011, quando a balança comercial apresentou superávit de US$ 29,793 bilhões.

. No ano passado, as vendas de bens para o exterior somaram US$ 242,178 bilhões em 2013, ante US$ 242,577 bilhões em 2012, o que representa queda de 1%. Já as importações alcançaram US$ 239,617 bilhões no ano passado, 6,5% acima do valor registrado no ano anterior, que foi de US$ 223,149 bilhões.
Recorde

. O resultado das importações brasileiras em 2013 foi recorde, considerando a série histórica do Mdic, iniciada em 1993. Enquanto que o valor das exportações no ano passado foi o terceiro maior da série, superado apenas pelos valores de 2011 — US$ 256,03 bilhões — e de 2012.

. No caso das importações, o recorde foi fortemente influenciado pela conta-petróleo. As compras internacionais de combustíveis e lubrificantes cresceram 13,8%. Em seguida vieram os desembarques de matérias-primas e intermediários, que cresceram 5,8%, bens de capitais, com alta de 5,4%, e bens de consumo, com avanço de 3,2%.


. O recorde de 2013 também engloba cerca de US$ 4,5 bilhões de importações de petróleo realizadas em 2012, mas contabilizadas na balança comercial de 2013. Mas mesmo sem essa contabilização, o valor continuaria sendo o maior desde 1993. 

CLIQUE AQUI para conhecer mais detalhes. 

Tarso já viajou o equivalente a cinco voltas em torno da terra

O governador Tarso Genro já deu o equivalente a cinco voltas em torno da terra, porque nas 16 viagens internacionais que realizou, percorreu 232.721 quilômetros.

. Até o final do seu mandato, ele poderá completar pelo menos mais uma volta, porque ficou com crédito para isto.

. Foram três meses de afastamento do governo e do Brasil.

. O editor não somou as viagens internas.

Abrirá nesta sexta o primeiro McDonald's (drive-thru) de Viamão

O McDonald’s abrirá nesta sexta-feira  as portas do primeiro restaurante em Viamão (RS) e o quinto Drive-Thru fora da capital gaúcha. Essa será a 44ª unidade da rede no Rio Grande do Sul. O novo restaurante é responsável pela criação de 60 novos postos de trabalho e funcionará durante 24 horas, diariamente. Instalada em 320 metros quadrados do ViaShopping e com 80 lugares internos e 20 externos, a unidade está localizada junto à ERS040, no quilômetro 10, acesso ao centro de Viamão, que liga Porto Alegre ao Litoral Norte e com grande fluxo de veículos durante a estação de veraneio.

. A cidade de Viamão tem  230 mil habitantes e um PIB per capita superior a R$ 6,5 mil.

Entenda como o PT transforma jornalistas em seus cães de guerra

Este começo de ano foi pautado pela discussão iniciada pela presidente Dilma Roussef em relação “à guerra psicológica” que estaria sofrendo por parte da mídia, no que foi imediatamente contestada pelos grandes jornais brasileiros, capitaneados pelo Estadão, Folha e O Globo.

. Em novo discurso eleitoreiro pela TV, o oitavo de 2013, Dilma Roussef fez a reclamação ao afirmar que a economia brasileira só vive o pior dos mundos na visão malévola de boa parte da imprensa.

. Não é de agora que dignitários do PT reclamam da mídia, muito embora seus governos – federal, estaduais e municipais – tenham aparelhado a mídia como nunca, o que fazem através da injeção de gordas verbas publicitárias e pagamento direto a blogs afinados, como também via pressões invencíveis que costumam exercer sobre jornais, rádios e TVs mais dóceis, como é o caso da mídia de Estados como o do RS.

. No seu livro “Assassinato de Reputações”, o delegado Tuma Júnior conta o que viu e ouviu sobre isto quando ocupou a secretaria nacional de Justiça – 2007 a 2010 – nomeado para o cargo pelo ministro da Justiça, Tarso Genro, por exigência de Lula. Lula tinha sido alcaguete do pai de Tuminha, o Tumão, que durante a ditadura ocupou a estratégica posição de diretor Geral do Dops de São Paulo.

. No caso que conta a partir da página 210 do seu livro, ele abre o assunto com este aviso:

- A mais fundamental (instância de poder) é a questão das comunicações: consistia na parte das verbas publicitárias, pelas quais você amarra, principalmente, os meios de comunicação medianos, que são os ditos blogs progressistas, blogueiros sujos e demais sites e revistas patrocinados massivamente pela Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil.

. O editor convida o leitor a percorrer os sites de que fala Tuma Júnior, ou revistas como Carta Capital, de Mino Carta, para verificar de que modo a Caixa e o BB despejam milhões e milhões de reais para mantê-los domesticados e usá-los como cães de guerra contra os adversários. Além do dinheiro, entram no jogo as disputas ideológicas movida pela esquerda, as intimidações judiciais, a patrulha midiática, o controle sindical da área e até o uso da Polícia Política. 

Conheça a rota seguida por Tarso e pelo governo Lula para garrotear a imprensa do Brasil

Tarso, Lula - o PT, nunca desistiram de impor o garrote vil à imprensa brasileira, usando a lei arbitrária, a intimidação e as burras repletas de dinheiro da Caixa Federal, Banco do Brasil ou Banrisul. 



Logo depois de vetado como delegado do governo à Conferência da Comunicação, cargo a que
Teria direito como secretário nacional da Justiça, já que é ali que o assunto é oficialmente tratado, o delegado Romeu Tuma Júnior manteve este seguinte diálogo com o ministro da Justiça, Tarso Genro:

Tuma Júnior – Que história é esta ?
Tarso – Sabe o que é ? [E que tem alguns posicionamentos do governo nessa coisa da comunicação. Se você quiser, você vai ser suplente.

. O leitor encontra a história na página 211 do livro “Assassinato de Reputações”, no capítulo intitulado “A luta pela Lei de Meios”.

. O que ocorre é que a conferência serviria de ignição para a nova Lei de Imprensa no modelo latino-americano do “cala-te”.  Tuma Júnior explica:

- Eles usaram a Conferência Nacional de Comunicação para tentar criar uma lei de meios, como essa lei absurda que se vê na Argentina. Queriam amordaçar a mídia que fazia oposição ao PT.

. Dali sairiam as leis de criação do Conselho de Controle dos Meios de Comunicação e do Conselho Federal de Jornalismo.

. O livro conta, então, como foi a odisseia do secretário nacional de Justiça para evitar o assalto ao seu Departamento de Classificação Indicativa e como ele expurgou dali o militante do PT, José Elias Romão, o gauleiter encarregado pelo Partido para tocar a mordaça. Ao sair dali, Romão foi acolhido na CGU.

- Ele era o cara para fulminar a mídia. Era um infiltrado do Partido. A classficakiçação indicativa para as empresas e comunicação era para chibatar a mídia em geral. Seria usada em troca de um noticiário mais ameno. Ali estava infiltrado a Politburo que queria fulminar ao osso a liberdade de expressão no Brasil.

. A idéia era fazer extorção, chantagem indireta, obrigando os donos de veículos a pedir ajuda ao presidente e ao ministro,

. No livro, Tuma Júnior conta que depois que saiu, a diretoria do Departamento voltou a ser política. Mas ele adverte na página 215:

- Essa (a mídia) é a única coisa que o PT não conseguiu Ainda. 

SOBRE a experiência do PT no garrote vil a jornalistas do RS, leia o livro "Cabo de Guerra", do editor, 499 páginas, R$ 39 na versão e-book: www.albuka.com.br

Saiba como os governos do PT compram jornalistas, blogs e jornais

Os blogs, sites, jornais, rádios e revistas que querem dinheiro do governo precisam passar por um noviciado de um ano adulando o PT.

. “Ato contínuo, passam a receber anúncios de autarquias da União, da Caixa, do BB”, denuncia Tuma Júnior no seu livro “Assassinato de Reputações”, página 216.

. Eis a anatomia da adulação e dos prêmios:

- O passo seguinte é a assinatura de contrato na TV Brasil para, sob “notória especialização”, o que dispensa licitação, ganhar milhões para programas jornalísticos. Passada esta fase, o acólito entra na pauta do governo: recebe semanalmente as listas dos nomes, organizações e partidos a serem fulminados. Todos os que fazem isso atuam no que a Abin chama de “fator basquete”: odos servem a todos, todos atacam em grupo, e em grupo se defendem.

. O PT industrializou a sua “inteligência social”, aquilo que Noam Chomsky  batizou de “fabricação de consensos”: os desavisados leem aquela cauda longa de comentários falsos, ao pé das  reportagens das penas de aluguel, e confundem aquilo com opinião pública de verdade.

. É a falsificação da opinião pública. 

Pepe Vargas é o campeão de viagens pagas pela FAB ao RS

Charge de Lauro Carlos, disponibilizada no Google.



O balanço do ano feito pela FAB indicou que entre os ministros gaúchos o campeão de voos para o Estado foi Pepe Vargas, ex-prefeito de Caxias, que veio 26 vezes ao RS em 2013, 10 das quais para Caxias do Sul, sua base eleitoral.

. Maria do Rosário foimais modesta, porque fez apenas três para o RS. Ela prefere voltar pela FAB. Foram 10 vôos deste tipo. 

Vendas de carros de 2013 registrou primeira queda em dez anos

O ano fechou com vendas de 3.576.111 carros e comerciais leves, o que representa uma queda de 1,6% em relação a 2012. Em 2013 a história mudou e o mercado registrou a primeira queda em dez anos.
A retração do mercado foi maior do que o previsto pelos dirigentes do setor (Anfavea e Fenabrave) que esperavam uma queda de no máximo 1%.


. No período de dez anos a indústria deu um salto nas vendas de 1,4 milhão em 2003 para 2,35 milhões em 2007, primeiro ano com mais de 2 milhões de carros vendidos no País. Já em 2009 as vendas ultrapassaram 3 milhões de unidades e o recorde de vendas foi atingindo em 2012 com 3,63 milhões.

Tarso já viajou ao exterior mais do que Rigotto e Yeda somados - e o governo nem acabou.

A viagem que o governador Tarso Genro agendou para este início de janeiro para o Uruguai (é a quinta viagem ao Uruguai em três anos) para onde viaja oficialmente em “férias” de 11 dias, não será sua única excursão internacional do mês, porque no dia 15 irá a Venezuela e no final do mês acompanhará Dilma numa nova visita a Cuba, a terceira do seu atual mandato.

. Ao final deste mês, contabilizados os 17 dias em que permanecerá no exterior, Tarso Genro terá acumulado 90 dias de viagens internacionais, mais do que o total do que viajaram os dois governadores antgeriores, Rigotto (59 dias) e Yeda (16 dias).

Das 16 viagens que fez em três anos, o governador tem dado clara preferência por Países atrasados. Ele viajou 5 vezes ao Uruguai, 5 vezes a Portugal, duas vezes a Cuba e uma à Palestina, paisecos que nada significam na nossa pauta de exportações e de investimentos. As viagens se justificam por preferências ideológicas atrasadas do governador. 

. Tarso Genro viajará ainda mais este ano.

. O Palácio Piratini não informa quanto o Tesouro gastou nessas viagens e se nega a revelar o total de diárias pagas.

2011
06 a 07/02 - Uruguai
26/05 a 11/06 - Coreia do Sul, Espanha e Portugal
21/09 - Argentina

2012
02 a 13/01 - Cuba
19/02 - Uruguai
04 a 06/03 - Alemanha
29/04 a 10/05 - Portugal, Espanha e Inglaterra
29 a 31/05 - Uruguai
01 a 11/11 - Cuba, França e Portugal
09 a 11/12 - França

2013
25/04 a 04/05 - Israel, Palestina e Portugal
08 a 10/07 - Portugal
09 a 11/10 - Chile
16/10 - Argentina
05 a 07/11 - Uruguai
28/11 a 09/12 - China

COMPRE E LEVE PARA CASA. DESFRUTE.
HOJE, QUINTA-FEIRA, DIA 2 DE JANEIRO: aberto até as 20h
Cervejas artesanais. 200 rótulos de várias partes do mundo
Bier Mark Spirito Santo
No mezanino da loja da Spirito Santo, Rua 24 de Outubro 513, 10h as 20h, inclusive sábado
Vá lá, faça sua encomenda e aproveite o ambiente para tomar um chop ou beber a cerveja da sua preferência.
Fone 3208.2300
É a primeira loja shop in shop do Bier Markt em Porto Alegre
www.biermarkt.com.br

Novos investimentos industriais ignoram o RS, que precisa melhorar sua infraestrutura

Chega a ser risível o entusiasmo do jornal Zero Hora neste primeiro dia útil do ano, ao fazer um balanço apressado do total de investimentos previstos por indústrias que desembarcam ou ampliam suas operações no RS, algo como R$ 2,3 bilhões.

. O valor é pouco maior do que o de uma única plataforma de petróleo encomendada ao Pólo Naval de Rio Grande.

. Aliás, o jornal da RBS ignora as encomendas da Petrobrás nas suas avaliações de hoje. 

. Zero Hora repercute sem críticas o balanço entusiástico que o governo fez sobre conquistas que nem são suas.

. O caso ganha alguma luz diante da entrevista realista feita com o  diretor-executivo da Agenda 2020, Ronald Krummenauer, que lembra que o valor é apenas uma fração do PIB gaúcho, de R$ 296 bilhões, com impacto limitado na geração de negócios.

. Em entrevista de uma hora ao editor no programa semanal “Cenários”, o Estado recebeu apenas 3% dos investimentos privados do Brasil nos últimos 10 anos, metade da participação no PIB nacional, de 6,7%.

. Qual é o problema do RS ?

. Os gaúchos que neste momento padecem por falta de energia e água, que suportam estradas estreitas e ruins, sabem que os problemas do RS, neste momento, são sobretudo os baixos investimentos em infraestrutura e uma política industrial que dê ao Estado um diferencial competitivo, se agravaram nos últimos anos. Esta avaliação consta de todos os balanços das entidades empresariais. Há um fator que também pesa muito, mas é evitado: a insegurança jurídica e o ambiente hostil produzidos pelo governo do PT, que tem demonstrado por atos de desapreço pelos empreendimentos privados. Os casos do Imposto de Fronteira, das Lojas Renner e da Ford, são apenas exemplos disto, mas não são os únicos. 

. Ao jornal Zero Hora, o economista do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e professor da PUCRS, Celso Pudwell analisa que uma política industrial mais focada, com incentivos ousados para cinco ou seis segmentos, poderia conduzir o Estado à formação de polos tecnológicos. Hoje, a política industrial do Estado contempla 22 setores. Pudwell considera importante que segmentos que já sejam fortes no Estado estejam sendo valorizados com crédito e isenções tributárias:

- A valorização de setores tradicionais é tão importante quanto de novos segmentos. Mas é preciso ser mais ousado para criar polos, buscando linhas de crédito federais e atraindo capital de risco.

CLIQUE AQUI para examinar a entrevista completa de Krummenauer ao editor. O programa é "Cenários" e teve também a participação dos analistas financeiros Leandro Rushel e Stormer. 

Dólar dispara no primeiro dia útil do ano

O dólar opera em alta firme nesta manhã, sob efeito do comportamento do mercado internacional. Dados mais fracos vindos da China e da França impulsionam ganhos do dólar em relação às principais moedas. Aqui, o volume de negócios reduzido acaba potencializando a reação da moeda americana. Segundo operadores, não há notícias de fluxo negativo de recursos.

. Às 9h41, o dólar comercial avançava 2,30% para R$ 2,3970, enquanto o dólar futuro para fevereiro ganhava 1,89%, para R$ 2,4215.


. Perto do meio dia, a cotação subiu ultrapassou a barreira dos R$ 2,40, com a cotação chegando a R$ 2,4003.

Taxa de desemprego de dezembro, 4,4%, foi asmai baixas da história

Informações que o editor recebeu ainda há pouco da Fipe, revelam que a Taxa de Desemprego Antecipada para o mês de dezembro de 2013, calculada pela Fipe com os dados imediatamente disponíveis na Internet e na base de dados da Catho, foi estimada em 4,4%. Se confirmado, este resultado será menor taxa de desemprego já apurada pelo IBGE desde a introdução da atual metodologia, iniciada em 2002. Além disso, confirmará a permanência da tendência de queda no desemprego, já que no último mês de 2012 a taxa registrada foi 0,2 ponto percentual maior (4,6%), segundo o IBGE.

. O bom momento do mercado de trabalho também pode ser percebido pelo aumento real (acima da inflação) dos salários anunciados: o Índice Catho-Fipe de Salários Ofertados aponta para aumento de 11,2% nos últimos 12 meses. Essa variação é superior à registrada em novembro, de 7,2%, sendo também o quarto mês consecutivo de aumento na variação anual.

- Os Indicadores do Mercado de Trabalho Catho-Fipe, desenvolvidos e calculados pela Fipe em parceria com a Catho, utilizam informações do banco de dados da Catho e de outras fontes da Internet. A metodologia completa está disponível em www.fipe.org.br. 

A dolce vita internacional do governador Tarso Genro

O governador Tarso Genro agendou viagem para o Uruguai neste dia 2 de janeiro. Vai ficar lá até o dia 11 com a família. Ele avisou que entrou em férias. No ano passado, nesta mesma época, o governador foi para Cuba. Seu regresso está marcado para o dia 13, mas no dia seguinte embarcará para a Venezuela, onde ficará dois dias. Mais adiante, no final do mês, viajará de novo, desta vez para Cuba, na companhia da presidente Dilma Roussef, que inaugurará melhorias feitas pela Odebrecht no porto de Mariel, tudo por conta do BNDES.

CLIQUE a seguir para ouvir o comentário do editor:

Tarso embarca para férias no Uruguai e no regresso viajará para a Venezuela e depois Cuba.

Inflação do IPCA foi a 5,6% em 2013

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) fechou o ano de 2013 com alta de 5,63% o que indica ligeira redução no ritmo de aumento de preços em comparação a 2012 quando a taxaatingiu 5,74%. O levantamento foi feito pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV).

COMPRE E LEVE PARA CASA. DESFRUTE.
HOJE, QUINTA-FEIRA, DIA 2 DE JANEIRO: aberto até as 20h
Cervejas artesanais. 200 rótulos de várias partes do mundo
Bier Mark Spirito Santo
No mezanino da loja da Spirito Santo, Rua 24 de Outubro 513, 10h as 20h, inclusive sábado
Vá lá, faça sua encomenda e aproveite o ambiente para tomar um chop ou beber a cerveja da sua preferência.
Fone 3208.2300
É a primeira loja shop in shop do Bier Markt em Porto Alegre
www.biermarkt.com.br

Darcy Carvalho dos Santos denuncia que o governo constrói déficit em cima de déficit no RS

O artigo a seguir é do economista Darcy Francisco Carvalho dos Santos, sob o título "Mais e mais déficits". A edição é do Jornal do Comércio de hoje.

Na última quinta-feira, no atropelo de final de ano, a Assembleia Legislativa, num apagão legislativo, aprovou uma série de projetos do Executivo, colocando mais um pouco de lenha na fogueira da ingovernabilidade estadual. Nesse dia, foram aprovados projetos justos, do ponto de vista dos servidores (se não causarem frustações), mas incompatíveis com a capacidade financeira do Estado no próximo período governamental, quando seus efeitos serão maiores e quando estarão esgotados os recursos extras, com que o Estado vem se financiando. O mais grave, no entanto, foi a aprovação do projeto através do qual o Estado assume os denominados ex-autárquicos da CEEE, mediante o pagamento pela empresa de R$ 1,3 bilhão. O Estado recebe esse dinheiro, gasta todo em despesas correntes do momento e fica com sua já alta despesa previdenciária acrescida de R$ 150 milhões por alguns anos. Essa medida tem duas finalidades: ajudar a cobrir os rombos financeiros e aumentar o superávit primário, o que possibilita a obtenção de novos empréstimos, aumentando ainda mais a dívida estadual. A CEEE, por sua vez, fica livre de uma despesa que lhe traz alguns inconvenientes, mas retira de seu caixa uma preciosa quantia, que poderia ser aplicada em investimentos para reduzir a incidência dos contínuos apagões. Como o Estado formará déficits superiores a R$ 4 bilhões anuais a partir de 2015, para cujo enfrentamento terá que lançar mão da venda de ativos ou de aumento de impostos, a medida em causa já deve estar preparando o terreno para a privatização da empresa ou sua venda ao governo federal. A emenda legislativa, que vincula o R$ 1,3 bilhão para o pagamento dos servidores em causa, será vetada, porque o governo estadual precisa desse dinheiro para cobrir os déficits que serão apurados neste e no próximo ano, da mesma forma que os R$ 5 bilhões sacados dos depósitos judiciais.

PV quer candidatos próprios aos governos estaduais

O PV vai defender o lançamento de Eduardo Jorge como candidato da sigla à Presidência em seu programa partidário de televisão, que vai ao ar amanhã. A legenda vai defender ainda a formação de chapas próprias nos Estados.

Opinião, Jornal Valor - Desenvolvimentistas, liberais e o baixo crescimento

Brasil está de volta a taxas de crescimento insatisfatórias. Tudo indica que nos quatro anos do governo Dilma elas serão semelhantes às dos governo FHC e, portanto, inferiores às do governo Lula. Em consequência, os economistas liberais, que até há dois anos estavam calados, voltaram a fazer suas críticas à política que está sendo adotada. A crítica maior refere-se à política industrial, que no governo Dilma foi fortemente ampliada por meio da desoneração de impostos. Outras críticas foram relativas à diminuição do superávit primário e ao ligeiro aumento da inflação. E agora, diante dos resultados medíocres em matéria de crescimento, são os economistas desenvolvimentistas que estão calados.

CLIQUE AQUI para ler todo o texto.

Conheça os ambiciosos planos de expansão da Accor para sua griffe Ibis, inclusive no RS

Principal marca do grupo francês Accor e primeira grande bandeira de categoria econômica a chegar no Brasil, em 1999, a rede Ibis ampliará seus endereços no mercado local em 2014, é o que informa hoje o jornal Brasil Econômico. O jornal revela que com o aquecimento do setor hoteleiro no país, impulsionado pela chegada de concorrentes como Super 8 e Travelodge, rótulos pertencentes à americana Wyndham, os franceses prometem inaugurar 30 novas unidades do hotel por aqui, reforçando a presença nas capitais e grandes cidades e ampliando a marca para destinos inéditos.Leia tudo:

. Num ciclo de dez anos, fala-se em centenas de unidades, com foco em áreas periféricas de cidades de médio porte. O contra-golpe francês, no entanto, já está desenhado. E começa pelo reforço de posicionamento em cidades-sede da Copa do Mundo, antes do início do evento, já nesta primeira metade de 2014. Pelo menos um novo empreendimento deve ser inaugurado em capitais como Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte e Natal. Em movimento simultâneo, o Ibis também desembarca nas regiões centrais de cidades de médio porte.


. “O projeto de expansão na América Latina contempla 83 novos hotéis até 2017, sendo 67 no Brasil. Agora vamos buscar as segundas, terceiras ou quartas maiores cidades de cada Estado”, acres centa Provost, que em dezembro já abriu hotéis em Andradina (SP), Vitória da Conquista (BA), Uberaba (MG) e Montenegro (RS).

- O secretário de Turismo de Porto Alegre, Luiz Fernando Morais, confirmou que a prefeitura receberá r$ 60 milhões do governo federal para seu Centro de Eventos, que custará R$ 300 milhões. A prefeitura pulou na frente do governo estadual, que chegou a anunciar projeto idêntico. 

PIB cresceu mais no governo Yeda Crusius

A jornalista Taline Oppitz, editora de Política do Correio do Povo, reverbera na edição de hoje do jornal, o que também publicou com destaque a RBS no final do ano, ou seja, as declarações ufanistas do governo Tarso Genro, segundo as quais “os resultados positivos na economia gaúcha, devem-se a equipe de governo da Secretaria da Fazenda e a sua política tributária". O próprio Tarso tem sido mais específico sobre isto, atribuindo tudo à genial política de desenvolvimento econômico do Piratini. 

. Nem há razão para tanto otimismo, porque durante o governo Tarso a economia cresceu a média de 3% ao ano, contra 4% no governo Yeda, que herdou uma economia e um governo combalidos, ao contrário de Tarso. 

. O governador afirmou recorrentemente que jamais antes, neste Estado, graças ao seu governo, a economia cresceu tanto.

. Até meso qualquer vestibulando de cursos de ciências econômicas, sabe muito bem que um governo só não faz verão.

. No caso do RS, mesmo com acertos oceânicos, o que não é o caso do governo do PT, a economia só registrará altos índices se a agropecuária avançar forte.

. De qualquer modo, os números do PIB estadual do governo Tarsoi Genro serão inferiores aos do período Yeda Crusius.

. Examine (os índices de 2013 e 2014 são projeções da Farsul):

RIGOTTO
— 2003: 1,6
— 2004: 3,3
— 2005: -2,8
— 2006: 4,7

YEDA
— 2007: 6,5
— 2008: 2,7
— 2009: -0,8
— 2010: 7,8

TARSO
- 2011 – 5,7
-2012 - -1,80
- 2013 – 6,.37
- 2014 – 1,95

CLIQUE AQUI para examinar a boa análise de Maria Isabel Hammes, colunista de economia de ZeroHora, que aborda o impasse econômico gaúcho.

Skaf abusa de dinheiro do Senai e Sesi para fazer propaganda antecipada ao governo de SP

Na sequência, Skaf, Marco Aurélio e Duda Mendonça.

O colunista Claudio Humberto, do Diário do Poder, cobra da Justiça Eleitoral providências contra os abusos de poder econômico cometidos pelo presidente da Fiesp, Paulo Skaf. O jornalista afirma que o pré-candidato ao governo paulista já gastou R$ 16 milhões com propaganda antecipada e com o marqueteiro Duda Mendonça, usando recursos do Sistema S, que estão sob a fiscalização do TCU.


. O presidente do TSE, Marco Aurélio Mello, já passou sinais de que Skaf poderá ser punido, o que o impediria de ser candidato pelo PMDB ao governo de São Paulo.

IPTU com 12% de desconto termina hoje em Porto Alegre

Hoje é último dia para pagamento do IPTU de Porto Alegre com desconto de 12%.

Caixa liberfa R$ 400 milhões e prefeitura poderá retomar obras da Copa

Finalmente o BNDES repassou para a Caixa Federal, que por sua vez comunicou à prefeitura de Porto Alegre que liberará os R$ 400 milhões destinados á retomada das chamadas obras da Copa.

. A prefeitura chegou a adiantar R$ 70 milhões em recursos próprios, mas em dezembro as empreiteiras pararam tudo porque não conseguiam mais receber suas faturas. Neste momento, 2 de janeiro, obras como os dos BRTs, viadutos, novas avenidas, estão totalmente paralisadas.

. Nem todos os empreendimentos ficarão prontos até a Copa, mas a prefeitura listou aquelas que serão entregues antes de julho:

- Xis da Rodoviária.
- Entorno da Beira Rio e viaduto Pinhediro Borda.
- Viadduto da Terceira Perimetral com Bento Gonçalves.


. Nem mesmo os BRTs serão entregues. Obrfas vitais como os cruzamentos da Cristóvão, trincheira dda Anita, rebaixamento da Ceará e nova avenida Tronco, ficarão para mais adiante, mas não existe data no calendário da prefeitura. 

Professor Garcia assumirá, hoje, presidência da Câmara de Porto Alegre

Será hoje a posse do novo presidente da Câmara de Porto Alegre, o professor Garcia, PMDB.

Morreu Carlos Batista da Silva

Morreu ontem Carlos Batista da Silva, fundador da CBS, indústria de alimentos de Canoas, RS. Ele foi dirigente da Fiergs.