Na ausência de Cristina, milhares protestam em Buenos Aires contra escalada autoritária da Casa Rosada

- Convocados pelas redes sociais, milhares de manifestantes foram até a Plaza de Mayo, zona central de Buenos Aires, esta noite, para protestar contra a escalada autoritária do governo. A presidente Kirchner está no Peru, na reunião dos presidentes golpistas da Unasul, o que inclui o Brasil. A oposição, desta vez, uniu-se e saiu junto. A nota e a foto são do Clarin desta noite.

Creció la protesta contra el Gobierno: hay una multitud en Plaza de Mayo
Miles de manifestantes salieron a las calles y se movilizan a la Plaza. También hay otra muchedumbre en el Obelisco. La protesta, además, se realiza en distintos puntos de Capital, el Gran Buenos Aires y el interior. Esta vez, los principales referentes de la oposición adhirieron a la protesta.
En lo que es la tercera manifestación multitudinaria contra el Gobierno (tras el 13S y el 8N en 2012), pasadas las 18.30 grupos de manifestantes comenzaron a concentrarse en varios puntos neurálgicos porteños y de las principales ciudades del Interior, en una protesta que fue bautizada como 18A.

La nueva convocatoria fue creciendo en las redes sociales en Internet y sumó en los últimos días el apoyo de los principales dirigentes de la oposición, que esta vez decidieron hacerse presentes y marchar unidos.
Las imágenes de la movilización muestran amiles de personas movilizadas en el Obelisco, en el cruce de la avenidas Santa Fe y Callao, y en Acoyte y Rivadavia, con banderas y pancartas. En Capital Federal, la convocatoria era para las 20 pero los manifestantes ya colmaron las calles desde más temprano, y muchos de ellos decidieron marchar luego a Plaza de Mayo.

A lo largo y ancho del país el reclamo tiene su réplica. Al igual que en las otras oportunidades, hay grandes concentraciones en las capitales provinciales, en algunas ciudades del interior rural y frente a la Quinta Presidencial de Olivos, aunque Cristina Kirchner no está en el país, ya que viajó a Perú para una reunión de urgencia de la Unasur.

CLIQUE AQUI para ler mais. Os protestos ocorrem em todo o País. 

Rede de Observadores Internacionais acusa fraude nas eleições de domingo na Venezuela

CLIQUE AQUI para examinar video com cenas gravadas que são de estarrecer. Ela apanha grupos nazifascistas bolivarianos governistas, metendo fogo na sede do próprio Partido, visando culpar a oposição pelo incidente.

* Clipping El Universal
José Domingo Mujica, Red de Observación Electoral
Título original: "Hay bases suficientes para creer que el resultado del 14A pudo ser otro"

En el informe realizado con motivo del proceso electoral presidencial, Mujica sostuvo que el número de potenciales votantes afectados supera con creces la diferencia entre Nicolás Maduro y Henrique Capriles. "Se impone la más amplia revisión del proceso", indicó.

CLIQUE AQUI para examinar a entrevista completa, gravada pelos repórteres do jornal.

CONSPIRATA POLÍTICA NO RS
Últimos exemplares da primeira edição de 2 mil livros
O Eixo do Mal contra o governo Yeda Crusius - 2007-2010
Déficit Zero + IPO do Banrisul + Programas Estruturantes + Tarso monta quatro Operações da PF contra seus adversários do RS + A farsa da Operação Rodin + A RBS serve ao PT, Lula e Tarso + Assassinato em Brasília + Testemunha-chave contra Pont e Bohn Gass é executada em Canoas.
499 páginas, 39 capítulos, 70 fotos
Tudo o que você não sabe, com fatos, nomes, datas, locais e provas.

COMPRE AGORA mesmo: e-mail para polibio.braga@uol.com.br, R$ 75,00. Entrega em 48h em qualquer lugar do Brasil, via Sedex, sem custo adicional.

Governo se atrapalha ao contrabandear pergunta sobre a Zero Hora em pesquisa pela qual pagou R$ 450 mil

- Ao lado, Vera Spolidoro e seu enfant gâté, Tarso Genro.

Sobre a pesquisa de R$ 450 mil que o governo Tarso Genro encomendou ao instituto de pesquisas Foco, de Santa Catarina (leia amplo material logo abaixo), surgiram nesta quinta-feira duas informações cabulosas que comprometem a encomenda feita sem licitação e que vinha sendo mantida em sigilo, pelo menos até que a Rádio Gaúcha conseguiu quebrar o silêncio, usando a lei de transparência.

. O que ocorre é que os repórteres da Rádio Gaúcha receberam denúncias de que em Santa Catarina circulam informações sobre a existência de mais perguntas – que não foram abertas pelo Piratini. Uma delas, diz respeito ao caráter da cobertura dos jornais, rádios e TVs da RBS.

. Com o dinheiro do povo gaúcho, o governo do PT mandou a Foco fazer a seguinte pergunta:
- A cobertura do jornal Zero Hora sobre o governo é imparcial ou parcial?

. 60% dos entrevistados cravaram na resposta “imparcial”.

. Mais grave do que a sonegação da informação pelo Piratini foi a declaração da secretária de Comunicação de Tarso, gravada esta tarde, na qual ela afirma:
- Não sei desta pergunta e não tenho a resposta.

. A Foco declarou formalmente para a Rádio Gaúcha que a pergunta foi feita a pedido do governo e que ocorreu a resposta.

. A questão que se coloca é a seguinte:
- Outras perguntas exclusivas de interesse do governo e do seu Partido, o PT, também foram contrabandeadas na pesquisa de R$ 450 mil, realizada sem licitação?

Boa Vista Serviços confirma desempenho claudicante do varejo

Confirmando o que o editor colocou na sua edição de quarta-feira (“varejo anda de lado”), a Boa Vista Serviços informou nesta quinta-feira que as atividades do varejo cresceram apenas 0,1% em março sobre fevereiro, descontada a inflação. O editor analisou detidamente o material enviado pela Boa Vista Serviços.
Recapitule os números do comércio varejista:
Março sobre fevereiro -  0,1%
Março sobre março de 2012 – 3,6%
Trimestre contra trimestre 1,5%

. A Boa Vista Serviços também apurou os dados da área de supermercados, que acusou elevação de 0,3% sobre o mês anterior. Sobre o mesmo mês do ano passado, o avanço das vendas dos supermercados foi de expressivos 8,8%.

Expansão do Iguatemi terá 50 novas lojas e ficará pronta em outubro

Para a rede Iguatemi, a Somague MPH deu início em janeiro passado à obra de expansão do Shopping Praia de Belas, em Porto Alegre (RS), com acréscimo da ordem de 20 mil m² construídos ao projeto original do empreendimento. O centro de compras está convertendo um pavimento anteriormente reservado a estacionamento em espaço comercial que será ocupado por 50 novas lojas. O trabalho da construtora, por sinal, não interrompeu a abertura do shopping ao público. A conclusão da expansão acontecerá em outubro deste ano.

Crédit Suisse confirma Geraldo Corrêa, ex-RBS

O Crédit Suisse confirmou nesta quinta a contratação de Geraldo Corrêa para seu diretor no Sul.

. Corrêa fez carreira como diretor da RBS.Seu pai, Fernando Ernesto, é acionista minoritário do grupo de comunicação.

Milhares de dentistas gaúchos farão locaute nesta sexta-feira

Pelo menos a metade dos 17 mil dentistas gaúchos vão parar nesta sexta-feira, em apoio à reivindicação de melhoria dos pagamentos feitos pelos planos de odontologia. O presidente do sindicato da categoria, Andrew Lemos, disse ao editor que as diferenças são brutais:
- Um procedimento de restauração com resina, que custa R$ 115,00, só é remunerado por R$ 20,00.

. O mais importante plano da área é o Odontoprev, na verdade um cartel de nove planos diferentes um do outro.

. Leia entrevista de Andrew nesta página.

Marina e Serra poderão ir para o Partido de Roberto Freire, o MB

Embora não tenha aprovado a reforma política, a Câmara aprovou lei que proíbe que parlamentares levem tempo de TV e Fundo Partidário para novos Partidos.

. O governo patrocinou a proposta.

. O deputado Jerônimo Gorgen, PP do RS, que votou a favor, disse que fez isto por convicção, o que é verdade. Muitos oposicionistas também votaram a favor.

. A proibição atinge em cheio os Partidos que Marina Silva e Paulinho da Força querem criar, mas não o Mobilização Democrática, resultado da fusão entre PPS e PMN.

- Talvez a melhor saída de Marina Silva seja migrar para o MD, Partido para o qual também parece migrar o ex-governador José Serra. 

CONSPIRATA POLÍTICA NO RS
Últimos exemplares da primeira edição de 2 mil livros
O Eixo do Mal contra o governo Yeda Crusius - 2007-2010
Déficit Zero + IPO do Banrisul + Programas Estruturantes + Tarso monta quatro Operações da PF contra seus adversários do RS + A farsa da Operação Rodin + A RBS serve ao PT, Lula e Tarso + Assassinato em Brasília + Testemunha-chave contra Pont e Bohn Gass é executada em Canoas.
499 páginas, 39 capítulos, 70 fotos
Tudo o que você não sabe, com fatos, nomes, datas, locais e provas.

COMPRE AGORA mesmo: e-mail para polibio.braga@uol.com.br, R$ 75,00. Entrega em 48h em qualquer lugar do Brasil, via Sedex, sem custo adicional.

Em grampo da PF, lobista cita líder do governo Dilma em esquema de corrupção

* Clipping www.veja.com.br

Relatório da Operação Fratelli, desencadeada na semana passada pela Polícia Federal (PF) e pelo Ministério Público (MP) dentro de uma ação de combate à corrupção no país, mostra que o grupo acusado de fraudar licitações em prefeituras da região noroeste do interior paulista cita o uso de emendas do deputado e líder do governo Dilma Rousseff na Câmara, Arlindo Chinaglia (PT). Os documentos transcrevem telefonemas de Gilberto da Silva, o Formiga, apontado como "lobista do PT" na região de São José do Rio Preto. Frequentemente, ele faz menção a Chinaglia e declara o apoio que teria prestado a dois ex-assessores do parlamentar petista, candidatos em 2012 na eleição municipal de Ilha Solteira, cidade do interior.

Chinaglia rechaçou categoricamente vínculos com o lobista: “Ele vai ter que provar", desafiou, referindo-se às conversas de Formiga captadas pela PF. O deputado também negou conhecer Olívio Scamatti, dono da empreiteira Demop e apontado pela PF como chefe da quadrilha que se infiltrou na gestão de 78 prefeituras.

Um grampo de 1º de outubro, às 16h30, pegou Formiga contando a um aliado sobre suposto encontro com Chinaglia e Toninho do PT, ex-assessor do petista e eleito vereador de Ilha Solteira. No dia seguinte, às 9h46, Formiga caiu no grampo com "Roberto", de Mirassolândia. Ele diz que se reuniu com Toninho do PT. "Ele (Toninho) disse que dá para pôr um monte de recurso lá."

Leia também: Deputado estadual prometeu verba a 'lobista de esquema' 

O lobista afirma que no fim de semana "carregou o Arlindo para todo lugar na região". "O Arlindo vai ter cinquenta milhões de reais em emendas extraparlamentares prometidos pela presidente Dilma porque ele é líder dela na Câmara dos Deputados", diz Formiga. "Isso dá pra colocar num monte de cidade." Ele relata que o deputado lhe falou que "em cidade pequena pode ser colocada emenda de 130 000 reais ou até 140 000, e daí foge de licitação".

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, um dos trechos dos autos da operação, datado de 20 de setembro de 2012, assinala que Formiga presta serviços a Olívio Scamatti, “especialmente no que tange aproximação do empreiteiro a diversas administrações municipais, por meio de financiamento de campanhas eleitorais ou mesmo na intermediação de liberação de emendas parlamentares através de sua atuação como lobista do PT.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Entrevista - Saiba por que os dentistas pararão na sexta-feira

Andrew Lemos Pacheco, presidente do Sindicato dos Odontologistas do RS

Vocês vão parar na sexta-feira?
Clientes dos planos de saúde não serão atendidos.

Quantos são?
No RS, são 980 mil e no Brasil são 14 milhões.

Qual é a pedida?
Queremos que nos paguem pelo menos a metade do que indica o valor da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Odontológicos, da Fipe.

Dê um exemplo?
Recebemos entre R$ 15,00 a R$ 20,00 por um procedimento como restauração com resina, quando clientes privados pagam R$ 115,00 por isto.

Quantos pararão?
45% dos 17 mil odontólogos gaúchos. Os que atendem pelos planos.

www.soergs.org.br
presidente@soergs.org.br

Time diz que Joaquim Barbosa é um dos 100 mais influentes do mundo

- Montagem fotográfica do site Brasil247.


A revista americana Time incluiu o presidente do STF, Joaquim Barbosa na sua tradicional edição de 100 personalidades mais influentes do mundo. Ele está no grupo dos "Pioneiros". Outro brasileiro a figurar entre os 100 mais influentes é o chef Alex Atala, no rol de "Artistas".

. Para a Time, Barbosa é "um orgulho para os brasileiros". No perfil dele, lembra-se sua infância pobre. "Um dos oito filhos de um pedreiro, Barbosa trabalhou como faxineiro e tipógrafo no Senado para se sustentar durante a faculdade de direito." A Time mostra também que Barbosa foi nomeado pelo Luiz Inácio Lula da Silva em 2003 para STF e que, para a revista, é um juiz independente, pois participou da condenação de políticos próximos ao ex-presidente no ano passado, referindo-se a José Dirceu e outros petistas, réus no escândalo do mensalão.

Pobreza da agenda revela governo esvaziado no RS

O governador Tarso Genro viajou duas vezes para o interior nesta semana e talvez por isto sua agenda seja tão pobre. Ele esteve em Ijuí na quarta-feira e na quinta foi a Três Passos.

. Quem recebe a agenda do governador está impressionado com a má qualidade do que ele faz. São quatro compromissos por dia – no máximo. Eis as agendas mais relevantes, por dia, esta semana:

- Segunda-feira – Projeto do filme “Legalidade”
- Terça-feira – Reunião na Sala de Gestão
- Quarta-feira – Anúncio de obras na Escola Rui Barbosa, Ijuí.
- Quinta-feira  - Reunião com representantes do Movimento da Agricultura Camponesa.

. Trata-se de um governo que fala muito, mas não faz.

. E la nave va.

Governo estadual sumiu do interior gaúcho

Não se vê e não se ouve nada sobre obras do governo estadual no interior do RS.

. Na capital, muito menos.

Anúncio formal do apoio a Dilma é uma questão de tempo no PMDB do RS

Será um verdadeiro ato público a reunião que 135 prefeitos e deputados do PMDB do RS terão dia 8 de maio com o vice-presidente Michel Temer.

. O presidente do Partido, Edson Brum, foi a Brasília afivelar o apoio gaúcho ao governo e à reeleição de Dilma Roussef.

. O acordo só falta ser assinado, porque a adesão no interior (prefeitos e vereadores) é enorme.

. Selado o apoio, o PMDB do RS ampliará sua representação nos órgãos federais no Estado.

Em setembro, PP lançará Ana Amélia com pompa e circunstância

O PP lançará em setembro a candidatura da senadora Ana Amélia ao governo do RS.

. Com pompa e circunstância.

CONSPIRATA POLÍTICA NO RS
Últimos exemplares da primeira edição de 2 mil livros
O Eixo do Mal contra o governo Yeda Crusius - 2007-2010
Déficit Zero + IPO do Banrisul + Programas Estruturantes + Tarso monta quatro Operações da PF contra seus adversários do RS + A farsa da Operação Rodin + A RBS serve ao PT, Lula e Tarso + Assassinato em Brasília + Testemunha-chave contra Pont e Bohn Gass é executada em Canoas.
499 páginas, 39 capítulos, 70 fotos
Tudo o que você não sabe, com fatos, nomes, datas, locais e provas.

COMPRE AGORA mesmo: e-mail para polibio.braga@uol.com.br, R$ 75,00. Entrega em 48h em qualquer lugar do Brasil, via Sedex, sem custo adicional.

Análise - Entenda por que razão o País não cresce

* Clipping Valor. Título original: Por que o país não cresce?
 Autor(es): Pedro Ferreira e Renato Fragelli

 Grande parte da inspiração para as políticas econômicas atuais vêm de um livro publicado por Keynes, durante a grande depressão iniciada em 1929, intitulado "A Teoria Geral do Emprego, do Juro e da Moeda". Diante da grande capacidade ociosa da economia, para aumentar o produto, Keynes preconizava estímulos à demanda via promoção do consumo e ou investimento. Com o setor privado relutante em elevar seus gastos, cabia ao governo fazê-lo. Um dos aspectos inovadores daquela teoria era a possibilidade de um aumento do investimento - privado ou público - gerar a própria poupança para financiá-lo. Afinal, a capacidade produtiva necessária para atender à maior demanda por investimento já existia, mas não estava mobilizada.Esse fenômeno, entretanto, desaparece quando não há capacidade ociosa na economia, pois não se consegue aumentar a produção doméstica no curto prazo. Numa economia que ocupa plenamente sua capacidade produtiva, o aumento de demanda só poderá ser atendido por maiores importações - ou menores exportações - e, se não for possível atender no exterior o excesso de demanda doméstico, a inflação aumentará.

. Neste momento, os sinais de que a economia brasileira atingiu seu limite de produção são nítidos: taxa de desemprego historicamente baixa, deterioração do saldo comercial e em transações correntes, pressão inflacionária com alta difusão e vendas no varejo 42% acima dos níveis de cinco anos atrás. Este último número é duas vezes e meia maior que a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) no mesmo período.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Eleitora chavista desafia o governo: "Quero recontagem de votos. Por que temer o resultado ?"

Vale a pena ver e ouvir o vídeo a seguir. Trata-se do pronunciamento de uma mulher venezuelana, Elis Torres, que no abrigo do seu próprio lar, embora tenha votado no chavista Nicolás Maduro, acha inconcebível que o Conselho Nacional Eleitoral não autorize a recontagem dos votos. Na Venezuela, o eleitor usa urna eletrônica, como no Brasil, mas ao contrário daqui, além e apertar os botões, ele se apossa de um cupom com o registro do seu voto, deposita uma via noutra urna e fica com outra via. É esta recontagem manual que quer a oposição, para checar se os números da urna eletrônica e do papel batem. A oposição foi roubada na votação de domingo e o povo sabe disto, como sabem os governos que se apressaram a apoiar o novo governo discricionário e ilegal, entre eles o do Brasil. São pessoas de espírito altamente democrático, honestas, como Elis, que fazem a diferença dentro de uma sociedade civilizada. Leia a nota a seguir do jornal El Universal, e examine o vídeo:

El pasado 16 de abril, una mujer merideña llamada Elis Torres, quien se autodefine como chavista y asegura haber votado Nicolás Maduro, grabó un video que fue subido a Youtube pidiendo un recuento de los votos.

CLIQUE AQUI para examinar o video. 

Artigo, Percival Puggina - Tarso não fala com Tarso

- Ilustração disponibilizada no Google.


* Clipping Percival Puggina.
Título original: Tarso não fala com Tarso


O governador Tarso Genro, em recente reportagem publicada no jornal Zero Hora, manifestou-se alarmado com o déficit da Companhia Estadual de Energia Elétrica. Classificou as ações trabalhistas promovidas por servidores da companhia como "paiol de dinamite de reclamatórios" causadoras de um "passivo brutal". Esse passivo chega a R$ 407 milhões e há 9,4 mil ações pendentes. Enquanto isso, a rede de distribuição de energia está aos cacos e o fornecimento é interrompido faça vento, frio ou calor. Haja raio ou chuva. E, às vezes, sem qualquer motivo observável. Pus-me a pensar. Nosso governador, eleito em primeiro turno pelos gaúchos, depois de 27 meses de governo, anda impressionado com os números do passivo trabalhista da principal companhia energética do Estado? Só agora? Só agora, quando sua gestão está mais para o fim do que para o começo? Por outro lado, o titular do Piratini é advogado e foi por muito tempo advogado de sindicatos. É perfeitamente conhecedor dos caminhos que conduzem as reclamações trabalhistas até o Erário, pela via não tão expressa, mas bem trafegável, da sempre generosa Justiça do Trabalho.

. Poderíamos pensar que diante da amarga realidade da maior estatal gaúcha, o governador tenha aprendido a ser prudente em relação ao dispêndio público. Não. Nada disso. Durante a campanha eleitoral de 2010, Tarso Genro surfou na onda generosa de uma de suas iniciativas como ministro da Educação - o piso nacional do magistério público.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 


Processo contra nova presidente da Fepam não surpreende. É que o governador também é réu em Porto Alegre.

A surpresa da RBS diante da notícia de que a nova presidente da Fepam (Meio Ambiente) responde a processo por crime ambiental, não parece a mesma frente ao processo que responde como réu o próprio governador Tarso Genro e vários dos seus secretários e ex-secretários. Os casos mais alarmantes são os do secretário da Agricultura, e da Administração, Stela Farias. Farias voltou para a Assembléia, mas com os bens bloqueados, inclusive o carro. Uma secretária da Administração, processada por improbidade administrativa.

. A presidente da Fepam Gabriele Gottlieb, é processada por crime ambiental.

. O réu Tarso Fernando Genro responde a ação movida no âmbito da 5ª. Vara da Fazenda Pública em 2003, por ter privatizado a Área Azul para a Estapar quando foi prefeito de Porto Alegre. Ele se defendeu, mas os autores da ação popular repeliram tudo.
No mesmo processo (número 114723225), o deputado Raul Pont foi considerado revel pelo promotor Luiz Gyer, conforme sua petição do dia 31 de janeiro deste ano, porque apesar de citado, não quis se defender.A ação já tem 1.089 páginas. O editor possui cópia de todo o texto.

CLIQUE AQUI para conhecer melhor o processo. O link fala sobre a defesa de Tarso Genro.

Ciclo de alta do juro será gradual, dizem economistas

* Clipping Estadão

Para economistas, o comunicado após a reunião do Copom indica novas pequenas altas por período de tempo menor que o esperado pelo mercado
Francisco Carlos de Assis, Márcio Rodrigues e Flavio Leonel, da Agência Estado

SÃO PAULO - O tamanho do reajuste do juro e o uso da palavra "cautela" foram um sinal de que o Banco Central (BC) deverá adotar uma posição gradualista no atual ciclo de aperto monetário. Esta é a opinião de grande parte dos economistas consultados pelo Broadcast nesta quarta-feira, após o Comitê de Política Monetária (Copom) ter anunciado um aumento de 0,25 ponto porcentual - e não de 0,50 ponto como esperava a maioria do mercado - na taxa Selic. Essa decisão deve fazer, de acordo com os analistas, com que a curva de juros no mercado futuro entre em processo de ajuste nesta quinta-feira. Na opinião do diretor de Pesquisas Macroeconômicas do Bradesco, Octavio de Barros, a decisão do colegiado do BC foi bastante serena, indicando que a autoridade monetária não abandonou a "cautela" sobre a qual vinha falando há tempos. "Com isso, entendo que o mandato de altas de 0,50 ponto porcentual foi definitivamente sepultado", disse o economista. "É evidente que o BC continuará monitorando o cenário", disse o diretor do Bradesco.

Serra faz novo encontro secreto com Campos. Ele vai rachar o PSDB, migrar para o PPS e ali apoiar Campos.

- Serra, matador do PSDB.


- Na noite anterior, terça, 14 senadores (leia nota abaixo) de vários Partidos, estiveram com Eduardo Campos, na casa do senador Jarbas Vasconcellos. Serra parece disposto a rachar o PSDB e prejudicar severamente a candidatura de Aécio Campos. Leia material do site Brasil247 de hoje:

O ex-governador José Serra encontrou-se secretamente, por uma segunda vez, com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Foi na quarta-feira 16, em Brasília, quando ambos, ao lado do deputado Roberto Freire, presidente do PPS, acertaram detalhes da entrada do tucano no novo partido em formação, o MD - Mobilização Democrática. A legenda será resultado da fusão do PPS com o PMN, fortalecida por políticos saidos do PDT e até do PSOL. Serra obteve garantias de que poderá ser candidato a governador de São Paulo, em 2014, pelo novo partido. A missão nacional é a de coligar-se, para efeito de palanques e acréscimo de tempo de televisão, à candidatura presidencial de Campos, presidente do PSB. Além de todo o PPS, do PMN completo e dos dissidentes do PSDB que Serra poderá aglutinar, o MD deverá ter suas primeiras fichas de fundação assinadas por senadores como Cristóvam Buarque (PDT-DF), Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e Pedro Taques (PDT-MT). Buarque, que não sabe se seu atual partido irá para a oposição à presidente Dilma Rousseff, entrará para o MD com a intenção de ser candidato a vice de Campos.

. O governador Campos deixou o jantar mais do que satisfeito com os resultados das articulações que lhe foram apresentados pelo conterrâneo Roberto Freire. O ex-governador José Serra, que vem sendo defenestrado no PSDB, deverá igualmente ser um dos primeiros integrantes do novo partido. O baralho da sucessão presidencial acaba de ganhar uma nova carta e jogadores poderosos.

CONSPIRATA POLÍTICA NO RS
Últimos exemplares da primeira edição de 2 mil livros
O Eixo do Mal contra o governo Yeda Crusius - 2007-2010
Déficit Zero + IPO do Banrisul + Programas Estruturantes + Tarso monta quatro Operações da PF contra seus adversários do RS + A farsa da Operação Rodin + A RBS serve ao PT, Lula e Tarso + Assassinato em Brasília + Testemunha-chave contra Pont e Bohn Gass é executada em Canoas.
499 páginas, 39 capítulos, 70 fotos
Tudo o que você não sabe, com fatos, nomes, datas, locais e provas.

COMPRE AGORA mesmo: e-mail para polibio.braga@uol.com.br, R$ 75,00. Entrega em 48h em qualquer lugar do Brasil, via Sedex, sem custo adicional.

Quem não tem mais de 60 anos, não é criancinha ou presidiário, já paga até R$ 115,00 por uma vacina contra gripe em Porto Alegre

- Ela sorri porque sabe que nós pagaremos a conta.


A vacinação pública gratuita contra a gripe beneficia até presidiários, mas não beneficia trabalhadores e cidadãos comuns, que são obrigados a pagar preços cada vez mais altos em clínicas particulares. Nos últimos 30 dias, ocorreram aumentos de preços de até 149,71%.

Não é apenas o tomate que incomoda os consumidores com suas explosivas altas de preços, porque também os preços da vacina contra a gripe A  ultrapassaram a casa dos dois dígitos de aumento.

. Em Porto Alegre, o editor anotou esta evolução nos últimos 30 dias, tomando por base os preços da Clínica de Vacinação Imune, shopping Iguatemi:
18 de março – R$ 65,00
18 de abril – R$ 115,00

. Noutras cidades os aumentos de preços são até muito maiores e injustificáveis.

. Vejamos o exemplo de Parobé, segundo o editor checou nesta quinta-feira:
18 de março – R$ 34,00
18 de abril – R$ 84,91
- Um aumento de 149,71% em 30 dias.

Oi e Descarte Certo anunciam hoje fábrica no Vale dos Sinos

A Oi e a empresa Descarte Certo – do Grupo Ambipar – anunciam nesta quinta-feira, o lançamento de uma nova unidade de manufatura reversa na região do Vale dos Sinos. As duas empresas fecharam no final do ano passado parceria estratégica para a implantação de um parque industrial de manufatura reversa no Brasil.

. O anuncio será realizado hoje à tarde, na sede da Oi, em Porto Alegre, pelo
diretor de Tesouraria e Relações com Investidores da Oi, Bayard Gontijo e pelo diretor-presidente da Descarte Certo, Lucio Di Domenico.

. A Oi é a primeira operadora de telefonia e a primeira empresa da iniciativa privada a fechar uma parceria estratégica que viabiliza a cadeia completa de gestão de resíduos sólidos.