Greve reacionária contra modernização dos portos sairá no dia 25


Alex Rodrigues e Pedro Peduzzi
Repórteres da Agência Brasil

Brasília – Representantes dos trabalhadores portuários aprovaram na noite desta quarta-feira (13) indicativo de greve da categoria para o dia 25. Inicialmente cogitada para o dia 19, a ameaça de paralisação foi adiada e pode atingir 37 mil trabalhadores, segundo o presidente da Federação Nacional dos Portuários (FNP), Eduardo Guterra.

. "Transferimos para o dia 25 em função do processo de negociação e da demonstração da comissão mista de continuar o diálogo com os trabalhadores, bem como a prorrogação da MP [Medida Provisória] dos Portos, já que o diálogo com o governo e o Congresso Nacional indica que alguns aspectos [da MP] serão mudados", disse Guterra à Agência Brasil.

. Para que a paralisação não ocorresse no dia 19, os trabalhadores haviam definido a data desta sexta-feira (15) como prazo para que as negociações com o governo avançassem. "Embora nada tenha sido concretizado, estamos vendo esse diálogo de forma positiva e esperamos avançar", acrescentou o presidente da FNP, entidade ligada à Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Novo aeroporto internacional gaúcho custará R$ 4 bilhões

Apesar dos pesados investimentos que faz a Infraero na ampliação do Aeroporto Salgado Filho, Porto Alegre, ele terá sua capacidade totalmente esgotada dentro de sete anos, 2020.

. Foi isto que motivou a criação do Comitê Pró-Aeroporto 20 de Setembro, quinta a noite, em Eldorado do Sul, onde sairá o novo complexo. Será um aeroporto internacional para atender a demanda de 16 milhões de passageiros por ano, 3 pistas, e investimento calculado em fantásticos R$ 4 bilhões.

. O reitor da Unisinos será o coordenador do Comitê. A ideia foi evitar disputas partidárias e midiáticas.

. Sem dinheiro para investir pesadamente, o 20 de Setembro inevitavelmente irá para mãos privadas.

LEIA mais sobre o assunto, em entrevista do deputado Giovani Feltes, coordenador da Frente Prlamentar Pró-Aeroporto 20 de Setembro. Nesta página.

EVENTOS EMPRESARIAIS EM GRAMADO
Varanda das Bromélias, o melhor boutique hotel da Serra Gaúcha

Grupos de até 85 pessoas. Duas salas de apoio.
Rua Alarisch Schulz 158, bairro Planalto, 5 minutos do centro, em meio a um bosque
Fone 054.3286.6653. E-mail: reservas@varandadasbromelias.com.br Site www.varandadasbromelias.com.br
CONSULTE AGORA MESMO

Unificação do ICMS não sairá

A unificação do ICMS interestadual em 4% não sairá. As alíquotas atuais vão de 7% a 12%.

. O governo do RS concorda com alíquota equalizada.

Kepler Weber aumenta receita em 0,5%, mas lucro líquido avançou muito mais, chegando a 10,7%

A Kepler Weber, Panambi, RS, anunciou em coletiva de imprensa, nesta quinta-feira,  que obteve lucro líquido de R$ 31,3 milhões no ano de 2012, resultado 10,7% maior em relação ao ano anterior.

. A receita líquida da Kepler Weber ficou estável em 2012 em relação ao ano anterior atingindo R$ 424,4 milhões (+0,5%).

. A Kepler Weber realizou o melhor resultado de sua historia impulsionado pelo agronegócio brasileiro que, de forma geral, obteve resultados positivos e pelos constantes aprimoramentos operacionais e transformacionais que a companhia vem conduzindo. Dentre os projetos mais significativos, a Kepler Weber inaugurou o Centro Tecnológico e de Pesquisas e Desenvolvimento - CETEK - e apresentou ao mercado o Khronos, um secador de grãos de nova geração que alinha o conceito de sustentabilidade com um sistema automatizado, otimizando o consumo de energia térmica no processo.

5 dos 6 deputados tucanos gaúchos querem eleger novo comando do PSDB

A bancada estadual do PSDB (5 dos seis deputados) começou a dialogar com lideranças de base do Partido no RS para a eleição do novo diretório em abril. Apenas o deputado Pedro Pereira apóia a reeleição do deputado Nelson Marchezan Júnior. O candidato da bancada é o também deputado Adilson Troca.

. A convenção estadual sairá depois da renovação dos diretórios municipais, cujo processo de escolha terminará dia 26 de março.

Justiça diz que prefeito de Gramado não pode comprar por R$ 5,9 milhões imóvel pertencente a familiares

A juíza Aline Ecker Rissato concedeu, segunda-feira,  liminar à ação de improbidade administrativa, protocolada pelo Ministério Público, que pede a suspensão da tramitação do projeto de lei que autorizava o município a comprar o centro comercial da Várzea Grande, por R$ 5,9 milhões, para posterior transformação em posto de saúde.

. O jornalista Miron Neto, que levantou o assunto em seu blog, disse que o  fato do imóvel que seria comprado pertencer a primos do prefeito Nestor Tissot (PP) foi destacado pela juíza Aline Ecker Rissato. Ela ressaltou que a Famti Representações e Comércio foi uma das maiores doadoras da campanha de Nestor, em 2012, e que estes dois fatos ferem "o princípio da impessoalidade e moralidade administrativa".

Artigo, Carlos José Marques - O risco Argentina

Ao lado, La Loca, como a presidente é conhecida por seus detratores argentinos. A charge circula na Web e está disponibilizada no Google.

O risco Argentina
Há uma crescente e justificável preocupação com os rumos da economia argentina.

Há uma crescente e justificável preocupação com os rumos da economia argentina. De uns tempos para cá, o medo de que o país entre novamente em moratória e promova calotes de toda ordem – a exemplo do que fez no passado – se intensificou. Nações parceiras e observadores internacionais já precificaram esse risco e iniciam agora um movimento nada discreto de retirada de suas apostas daquele mercado. O primeiro a adotar essa postura foi os EUA, que exigiram recentemente o pagamento à vista para aqueles credores que não aceitaram a reestruturação da dívida do país latino. Em 2002 a Argentina havia deixado de honrar com a dívida soberana devido à profunda crise (mais uma) que enfrentava na ocasião.É essa a conta vencida que está em questão e os americanos querem a quitação imediata dos títulos em default, temerosos de que novos compromissos sejam deixados em atraso por falta de recursos. Em ação paralela, dezenas de grifes internacionais estão fechando suas lojas e abandonando a terra de Cristina Kirchner por receio de prejuízo. Com as estatísticas e números oficiais deliberadamente maquiados por orientação da presidenta, a desconfiança sobre a saúde financeira interna ganha espaço. Cansadas das sucessivas quebras de contrato e mudanças oportunistas de regras no comércio bilateral, muitas empresas brasileiras também decidiram tomar o rumo de volta para casa. Estão revendo seus negócios naquela praça ou caindo fora.

. Quando não, congelam investimentos e planos de expansão para lá. O coquetel nefasto de defasagem cambial, limitações à remessa de lucros e operações-padrão nas fronteiras – atrasando e até comprometendo as exportações de mercadorias – têm levado essas companhias brasileiras ao limite da paciência com a Argentina. A ameaça em bola de neve provocada pelo esvaziamento de tantos projetos pode acelerar o processo de falência daquela economia. Uma possibilidade que não interessa a ninguém, muito menos aos brasileiros que poderiam sofrer, por tabela, graves consequências – inclusive de imagem diante dos investidores globais. O caminho de incentivo ao consumo, regras claras e cumprimento das obrigações deve ser rapidamente perseguido pela senhora Kirchner antes que lhe falte o oxigênio do capital e acabem as saídas

Entrevista, Giovani Feltes - União tem que ser de todos para que saia novo aeroporto internacional

Giovani Feltes, deputado estadual do PMDB do RS

Nesta quinta-feira a noite, será lançado um comitê para acelerar a obilização pelo segundo aeroporto internacional, desta vez em Nova Santa Rita.
O atual aeroporto, o Salgado Filho, esgotará sua capacidade entre 2016 e 2020. Nem segunda pista poderá ter. Não há mais espaço. Este novo aeroporto terá que estar pronto até lá ou estrangularemos o transporte aéreo de passageiros e cargas em menos de 10 anos.

Quanto custará o novo aeroporto?
O 20 de Setembro terá três pistas e não só uma, como o Salgado Filho. Ele suportará a demanda de 16 milhões de passageiros por ano.

E o custo?
R$ 4 bilhões.

Como se manifesta a Aeronáutica?
Eles aprovam a área existente entre os municípios de Nova Santa Rita, Portão e Canoas.

O que falta?
Tudo, mas para começar será preciso união de todos.

Luxemburgo empresta grife e faz sociedade com gaúcho para e-commerce de vinhos

O técnico do Grêmio, Vanderlei Luxemburgo, resolveu diversificar e uniu-se ao empresário Rafael Zardo para lançar em Porto Alegre a operação de e-commerce comprevinhos.com

. O lançamento foi agendado para 18 de março na Casa NTX, Porto Alegre.

- O site ainda está em construção, mas Rafael Zardo prometeu que ele estará funcionando no dia 18. A ideia é começar com 2 mil rótulos, armazenados no centro de distribuição de Bento Gonçalves.

EVENTOS EMPRESARIAIS EM GRAMADO
Varanda das Bromélias, o melhor boutique hotel da Serra Gaúcha

Grupos de até 85 pessoas. Duas salas de apoio.
Rua Alarisch Schulz 158, bairro Planalto, 5 minutos do centro, em meio a um bosque
Fone 054.3286.6653. E-mail: reservas@varandadasbromelias.com.br Site www.varandadasbromelias.com.br
CONSULTE AGORA MESMO

Tramontini desdobra operações em duas unidades de negócio para faturar 25% mais este ano

Há 30 anos produzindo para o mercado do agronegócio, a indústria Tramontini, Venâncio Aires, RS, abriu 2013 com nova estrutura organizacional, que agora conta com duas unidades de negócios:

Negócio Agricultura – Microtratores e tratores.
Negócio Industrial – Tratores, motores estacionários, reversores marítimos, geradores e empilhadeiras.

. Com a nova estrutura, a empresa gaúcha espera faturar 25% mais este ano, alcançando R$ 40 milhões. Foi o que mandou dizer ao editor.
www.tramontini.ind.br 

José Queiroz é o novo diretor de Marketing da ESPM

Já assumiu o novo diretor de Marketing da ESPM, José Francisco Queiroz. Ele se reportará diretamente ao presidente, J. Roberto Whitaker Penteado.

. A ESPM tem escolas em Porto Alegre, SP e Rio.

Ocorre esta tarde disputa pela presidência da Associação dos Vereadores do PMDB

Idenir Cecchin, de Porto Alegre, e Rafael Braga, de Cruz Alta, são os candidatos à presidência da Associação dos Vereadores do PMDB do RS. Os dois registraram suas chapas um pouco antes das 14h, fim do prazo legal, conforme prevê o estatuto do setor.

. Quem vencer substituirá Ivan Trevisan, de Pantano Grande, que atualmente é vice-prefeito de sua cidade. Interinamente, o órgão estava sendo comandado por Mauro Pereira, de Caxias do Sul. Hoje o PMDB do Rio Grande do Sul conta com 1.164 vereadores.

. O encerramento da votação e a proclamação do resultado está previsto para as 18h.

PSD não é assim tão chapa branca como se esperava

O PSD acabou surpreendendo todo mundo ao comunicar oficialmente que não quer os dois ministérios (Aviação Civil, além de Micro e Pequena Empresa) oferecidos por Dilma Roussef. O líder, Gilberto Kassab, jantou na quarta-feira a noite com a presidente.

. No RS, o PSD também não apóia o governador Tarso Genro e o prefeito José Fortunati.

. A posição do PSD em todos os casos é de independência e não de apoio ou oposição.

- A indagação que fica é sobre o que fará o PSD nas eleições do ano que vem.

Artigo, Paulo Brossard - Há algo de podre no reino do petróleo

Ao lado, José Gabrielli, ex-presidente da Petrobrás, autor do negócio que tanta estranheza causa ao ex-ministro Paulo Brossard.

- O artigo a seguir foi publicado 
originalmente no jornal Zero Hora

No início de 2005 a refinaria Pasadena Refining System, de Pasadena, no Texas, foi adquirida pela empresa belga Astra Oil Company, pela quantia de US$ 42,5 milhões; em setembro de 2006 a Astra alienou à Petrobras 50% da refinaria mediante o pagamento de US$ 360 milhões, ou seja, vendeu metade da refinaria por mais de oito vezes o que pagara pela refinaria inteira, um ano e meio antes. Não seria de estranhar, por conseguinte, que a Astra Oil Co. pretendesse vender os 50% que permaneciam no seu patrimônio. Ocorre que, por desentendimentos cuja natureza ignoro, a Astra ajuizou ação contra a Petrobras e nela a Petrobras teria sido condenada e, mercê de acordo extrajudicial, pagou à Astra US$ 820 milhões, pondo fim ao litígio.
Somadas as duas parcelas, US$ 360 milhões em setembro de 2006 e US$ 820 milhões em junho de 2009, a Astra Oil Co. embolsou da Petrobras US$ 1,180 bilhão por uma refinaria que em 2005 lhe custara US$ 42,5 milhões.

Este o resumo do caso, do começo ao fim, havido entre a Astra Oil Co. e a Petrobras. Inépcia? Leviandade? Gestão temerária? Prevaricação? Outras causas? Não sei, o que sei é que o insólito fenômeno rompe todos os critérios atinentes a qualquer negócio e particularmente em relação a uma empresa que, embora de natureza privada pertence à nação, sua maior acionista.

Ora, não é de supor-se que o representante de uma das maiores empresas do país, afeita a lidar com milhões e bilhões, pudesse ser um parvo, um bonifrate, um pateta.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

João Luiz lança panfleto e denuncia: "Tarso é um provinciano Rasputin"

Ao lado, Rasputin, o manipulador de corações e mentes da última família real russa. 

Ao jornal Folha de S. Paulo, que quis ouvi-lo sobre o lançamento do livro “Cabo de Guerra”, o governador Tarso Genro mandou dizer via sua assessoria: “O governador nunca ouviu falar nesse livro”. É possível. O livro trata o governador como protagonista principal do Eixo do Mal, a organização que emparedou o governo Yeda Crusius no RS. O que se pergunta é se Tarso Genro também nunca ouviu falar no recém lançado “Conspiração Rodin”, livro de 308 páginas assinado pelo ex-presidente da Assembléia e do TCE do RS, o advogado João Luiz Vargas. O autor foi envolvido na Operação Rodin por decisão do então ministro da Justiça, Tarso Genro, conforme ordens que passou para a Polícia Federal do RS. João Luiz usa um estratagema de marketing inusual para difundir seu livro, porque panfleteia as ruas de Porto Aelgre com o folheto que você poderá ler no link a seguir. É o Boletim Número 1, conforme o material assinala no alto da página. As duas chamadas do panfleto demonstram que as acusações que o ex-deputado lança contra o governador não são oblíquas:

- Como o petista Tarso Genro agiu para liquidar reputações e garantir sua eleição para o governo gaúcho.

. É artilharia pesada.

. Os adjetivos qualificativos aplicados no governador do RS são ainda piores do que os substantivos. Eis os mais incisivos: Rasputin, Policialesco, General Astray, Comunista.

. A pior ofensa é a comparação de Tarso Genro ao General Astray, que na defesa do ditador Francisco Franco, costumava gritar: “Viva a Morte”. No panfleto, escreve João Luiz Vargas: “Tarso Genro é Astray”.

. No panfleto e no livro, os nomes dos envolvidos no Eixo do Mal são descritos com todas as letras e o papel de cada um é explicado de maneira duríssima pelo ex-presidente da Assembléia do RS.

- O livro “Conspiração Rodin” está disponível através do e-mail conspiracaorodin@gmail.com
- CLIQUE AQUI para ler o panfleto

Nota do editor - Nas Opiniões do Leitor, link logo abaixo, há a seguinte pergunta cavilosa, oblíqua e recorrente em casos onde o autor se esquiva de mostrar a verdadeira cara: "E se o João Luiz for condenado, como fica o livro ? Ora, e se ele for absolvido, como ficam os procuradores e o governador Tarso Genro, que os denunciaram ? Por que razão uma pessoa que se julga injustamente investigada, indiciada e processada, não pode enfrentar a tentativa pública de assassinato de reputação e se defender no mesmo momento, usando para isto todos os meios de que dispuser ? Ora, senhores, menos mesquinharia.

Mendes Filho poderá mesmo trocar de posição no ministério de Dilma

Ao afirmar para os jornalistas que a sua agenda desta semana já estava definida e não inclui as mudanças no ministério, a presidente Dilma Roussef admitiu publicamente que virá mesmo uma dança de cadeiras.

. As maiores mexidas correrão por conta do PMDB.

. O RS perderá o comando do ministério da Agricultura para Minas.

. O ministro Mendes Filho irá para o lugar do ex-governador Moreira Franco na secretaria de Assuntos Estratégicos, que tem status de ministério. Moreira Franco será o novo ministro da Aviação Civil.

EVENTOS EMPRESARIAIS EM GRAMADO
Varanda das Bromélias, o melhor boutique hotel da Serra Gaúcha

Grupos de até 85 pessoas. Duas salas de apoio.
Rua Alarisch Schulz 158, bairro Planalto, 5 minutos do centro, em meio a um bosque
Fone 054.3286.6653. E-mail: reservas@varandadasbromelias.com.br Site www.varandadasbromelias.com.br
CONSULTE AGORA MESMO

Novo ministério de Mendes Filho será rito de passagem para o TCU

A respeito do ministro Mendes Filho, o que se sabe é que o governo está preocupado com o seu estado de saúde, quer prestigiá-lo mantendo-o no ministério e prepara-o para uma boa aposentadoria como ministro do Tribunal de Contas da União.

. A ida para a SAE seria apenas um rito de passagem.

Anilson Costa, ex-secretário de Fogaça, agora ajuda Lourdes Spengler na Câmara de Porto Alegre

O jornalista Anilson Costa, ex-secretário de Comunicação de Fogaça, foi ajudar a vereadora Lourdes Spengler, PMDB,  na Câmara de Vereadores de Porto Alegre.

50% dos leitores do site www.polibiobraga.com.br preferem Ana Amélia para o governo do RS

Ao lado, a senadora gaúcha
Ana Amélia Lemos, PP.



Ana Amélia Lemos, PP, liderou a lista dos candidatos a governador do RS em 2014, obtendo 50% dos votos dos leitores que responderam a enquete publicada pelo site www.polibiobraga.com.br

. Acompanhe os resultados:

Em quem você votaria, caso as eleições fossem hoje?
Vieira da Cunha, PDT  23 (5%)
Tarso Genro, PT  24 (6%)
José Ivo Sartori, PMDB  80 (20%)
Ana Amélia Lemos, PP  196 (50%)
Marchezan Júnior, PSDB  68 (17%)

- O site está com nova enquete na Web, desta vez sobre o Papa Francisco.

Stalinistas do PT querem “regular” a mídia e reforçar velha Telebrás

* Clipping www.veja.com.br

Ricardo Setti, VEJA

Será que essa gente quer também nos tomar os mais de 200 milhões de celulares em uso?
Amigas e amigos do blog, os estalinistas que controlam o PT querem, mesmo, ir adiante com seu projeto de calar a boca da imprensa.

O curto mas ameaçador comunicado emitido pelo Diretório Nacional do partido após sua reunião em Fortaleza não deixa a menor dúvida quanto a isso.

Já nos considerandos, o partido assinala que “o oligopólio que controla o sistema de mídia no Brasil é um dos mais fortes obstáculos, nos dias de hoje, à transformação da realidade do nosso país”.
Ou seja, os principais jornais, revistas, emissoras de rádio e TV e sites se internet SÃO O INIMIGO A ABATER!!!

Felizmente nota-se que o partido está em rota de colisão com o governo da presidente Dilma nesse aspecto, e em especial com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, cuja moderação no Ministério do Planejamento na fase final do lulalato já descontentava os radicais estalinistas. O ministro, para quem não se recorda, anunciou no dia 20 passado adiar a chamada “implantação de um novo marco regulatório” das comunicações, para fúria dos autoritários.

Dilma, por sua vez, desde o início de seu governo já disse que, em matéria de mídia e de controle, só acredita em controle remoto da televisão.

Jogo de empurra no caso do chefe do Mensalão. Procuradores de Minas não querem investigar Lula.


Ninguém quer investigar Lula, o chefe do Mensalão. O Procurador Geral da República tentou passar a batata quente para o Ministério Público de Minas, que já investiga outras patifarias dos mensaleiros, mas os mineiros devolveram tudo para Brasília. É jogo de empurra.

Procuradoria da República em Minas Gerais enviou para análise do Ministério Público Federal no Distrito Federal o depoimento do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza em que ele cita  o envolvimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Mensalão.

. A análise do depoimento de Valério estava a cargo do procurador Leonardo Augusto Santos Melo desde fevereiro. No entendimento de Melo, apurou o jornal Folha de São Paulo, o depoimento nada acrescentou às investigações que já existem em Minas, inclusive a respeito de Lula, sobre o caso e às ações em tramitação na Justiça Federal no Estado.

Dilma, PT, nos sertões das Alagoas: "Collor é o nosso querido senador". O que dizem disto o deputado Raul Pont e o PT do RS ?

Olhem bem os tipos faceiros da foto aí ao lado, tomada esta semana nos sertões de Alagoas, onde Dilma prometeu até bode e vaca para os eleitores. A aliança PT-Collor é a mais espúria, oportunista e aética da história do Partido dos Trabalhadores.

Depois que Lula foi até a casa de Paulo Maluf, ignorando que ele continua sendo procurado pela Interpol, que quer vê-lo preso por roubalheira de dinheiro público, a presidente Lula derramou-se em elogios a Collor. Os petistas, agora, são todos colloridos, a se julgar pelas declarações de Dilma Roussef nas Alagoas. É de se perguntar o que acham disto o deputado Raul Pont e o seu Partido no RS, o P - se é que acham. Leia o clipping do site Brasil247 de hoje.

Presidente reafirma parceria com o ex-presidente Fernando Collor e deixa a dúvida no ar: será que ela tentará costurar uma aliança e subirá no seu palanque caso ele decida concorrer ao governo de Alagoas, em 2014?

247 – Na semana em que visitou as obras do Canal do Sertão, em Alagoas, a presidente Dilma Rousseff concedeu entrevistas a rádios locais e defendeu a parceria com políticos locais, como Renan Calheiros (PMDB-AL), presidente do Senado, e o ex-presidente Fernando Collor (PTB-AL). “É fundamental quando a gente dirige um país do tamanho do Brasil, que a gente faça parcerias. Daí a importância da parceria que nós estabelecemos com o governador, com os parlamentares, o nosso senador Fernando Collor, o senador Renan Calheiros, o senador Benedito de Lira. Todas essas parcerias, também com os prefeitos, são cruciais. Isso explica porque nós temos tido muito interesse em atender pleitos dos senadores”, disse ela, às rádios.

. A reaproximação com Collor, que foi o adversário de Lula em 1989, ano da primeira eleição presidencial pós-redemocratização, pode criar uma situação curiosa em 2014, com ambos no mesmo palanque. No cenário mais provável, o deputado Renan Filho (PMDB-AL) concorreria ao governo do Estado e Collor buscaria a reeleição ao Senado. Mas há também a possibilidade de que o ex-presidente dispute o governo estadual e este seja o palanque de Dilma em Alagoas, contra candidatos ligados ao atual governador, Teotônio Vilella, do PSDB, ou ao socialista Eduardo Campos. Será que Lula também iria?