Dilma chama Kassab ao Planalto para discutir apoio do PSD ao PT em São Paulo

* Clipping do portal G1
A presidente Dilma Rousseff recebeu no final da tarde desta quarta (15), no Palácio do Planalto, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD. A reunião, que durou cerca de 40 minutos, não constava das agendas oficiais de Dilma e de Kassab. Por volta das 18h, o Planalto atualizou a agenda do dia da presidente, incluindo o encontro com o prefeito, que se iniciou às 17h30.
Kassab negocia a participação do PSD na chapa do ex-ministro Fernando Haddad, pré-candidato do PT à Prefeitura de São Paulo. 
Na última sexta-feira, o prefeito esteve em Brasília, como convidado no evento que comemorou os 32 anos do PT. A presidente Dilma e 17 ministros compareceram. Lideranças petistas defenderam uma aliança com o PSD em São Paulo. O público presente à festa vaiou Kassab.
Serra
Quanto a uma possível entrada do tucano José Serra na disputa pela Prefeitura de São Paulo, Kassab disse preferir aguardar. “Qualquer que seja nossa decisão, que sejamos respeitados. [...] O processo sucessório em São Paulo está se iniciando. Então, todos sabem a relação que existe entre o PSD e o PT e da nossa condição como prefeito. O que nós queremos em São Paulo é abraçar o melhor projeto para a cidade e não para o partido”, afirmou.

DEM, PP, PSDB e PPS encorpam posição pró Ibsen para Prefeito de Porto Alegre

No dia 27, na casa do Deputado Onyx Lorenzoni, DEM, PP, PSDB e PPS dirão ao PMDB que querem candidato único em Porto Alegre.

. O caso ficará nas mãos do PMDB.

. O nome preferido é o do ex-Deputado Ibsen Pinheiro.

. Ibsen nada fala, porque o caso depende do diretório metropolitano, mas ao desistir da reeleição na presidência do diretório estadual, ele já deu a senha sobre o que quer.

- É majoritária a posição das bancadas estadual e federal do PMDB por candidaturas próprias em Porto Alegre e Caxias.

Alba quer inventariar projetos na Comissão de Constituição e Justiça

Apenas 24 horas depois de debutar no cargo de Presidente da poderosa Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia do RS, o Deputado Marco Alba, PMDB, mandou fazer um inventário de todos os projetos que existem na Casa.

Dilma visita a Festa da Uva

Dilma virá ao RS neste final de semana. Ela visitará a Festa da Uva em Caxias do Sul.

Afinal de contas, quem manda no município de Gramado?

O editor não consegue entender por que razão o Prefeito Nestor Tissot, PPde Gramado, não entrega o cargo para o Ministério Público Estadual.

. E também não compreende por que os Partidos indicaram candidatos para as eleições municipais de outubro.

. Quem parece governar Gramado é o MPE.

. É que depois de intervir, fazer e acontecer no Natal Luz, o Ministério Público resolveu ir mais longe.

. É que na semana passada, firmou TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), obrigando o prefeito "a contratar profissionais especializados para inventariar, classificar e organizar, bem como racionalizar espaço e conservação de documentos e capacitação de servidores para manutenção dos trabalhos".

. Mais ainda: o MPE quer que o Prefeito contrate as profissionais Marilia Daros e Maria Ragagnin Osmari para o trabalho, pagando-lhes R$ 45 mil.

. A tudo o Prefeito Nestor Tissot disse amém.

Ministro de Dilma acovarda-se e pede perdão à bancada evangélica do Congresso

- Depois de ter sido chamado de "safado" e "mentiroso" da tribuna do Senado pelo Senador Magno Malta, o Secretário Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, encontrou-se com a bancada evangélica no Congresso, e com o próprio Malta, para pedir desculpas. Foi um espetáculo inédito, covarde e constangedor. A nota a seguir é do site www.veja.com.br  de hoje:

Cobrado por suas declarações recentes sobre as igrejas evangélicas, o Secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, pediu desculpas à bancada evangélica nesta quarta-feira, em reunião na Câmara dos Deputados. Como era de se esperar, ele acusou a imprensa de distorcer suas palavras. Os parlamentares, entretanto, queriam mais: por iniciativa do Deputado Anthony Garotinho (PSC-RJ), propuseram que o ministro assinasse um documento confirmando por escrito o desmentido. O petista não aceitou.

Depois do encontro, os dois lados garantiram que a paz foi selada: “Ele se retratou de forma sincera e honesta”, disse o Deputado João Campos (PSDB-GO), Presidente da Frente Parlamentar Evangélica. 

O Ministro afirmou que suas desculpas não significam uma retratação sobre o que ele declarou no Fórum Social Mundial, quando pregou o confronto com os evangélicos. “O pedido de desculpas que eu fiz não foi pelas minhas palavras, mas sim pelos sentimentos que elas provocaram”, afirmou. "Como ele disse que não falou, eu entreguei um DVD com a fala dele, para ele ver em casa", disse o Senador Magno Malta (PR-ES), ironizando o recuo do Ministro.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

BIER MARKT - A 26ª entre as 114 razões para amar a cidade
Veja informa que  Bier Markt é a melhor carta de cervejas da cidade. São 110 rótulos de nove Países. Em 2010, Bier Markt levou o primeiro prêmio como melhor carta de chopes. Suas doze torneiras não usam serpentinas, mas apenas injeções de oxigênio e nitrogênio reguados.Tudo harmonizado com petiscos inspirados na gastronomia alemã. Para cada chope ou cerveja, o copo também customizado. Castro Alves 442, Porto Alegre/RS, 30132300. WWW.biermarkt.com.br 
Em instalação Bier Markt II, na Barão de Santo Ângelo.

Artigo, Dora Kramer - Incoerente da Silva

- A jornalista Dora Krammer intitulou seu artigo deste domingo no Estadão da seguinte forma: "Incoerência da Silva". Trata-se de uma análise sobre as esquizofrenias de Lula e do PT, que teimam em não assumir as próprias circunstâncias. O caso analisado é o das privatizações dos aeroportos. Leia o que ela escreveu:

Surpreendente é o partido reagir ao ser apontado como incoerente. A privatização dos aeroportos é só um pilar no monumento à incoerência que o PT vem construindo há quase dez anos, ao adotar como sua a agenda que combateu durante a vida toda.

CLIQUE AQUI para ler todo artigo.

Calçados: exportações de janeiro caem 17,2% e importações crescem 24,6%

No mês de janeiro, as exportações brasileiras de calçados voltaram a cair, desta vez 17,2%, totalizando R$ 99,9 milhões. Em número de pares, a queda foi de 8,2%. Foram exportados 11,2 milhões de pares.

. O editor buscou saber como é que se comportaram as importações de calçados e verificou com a Abicalçados que elas prosseguem em forte alta:
- Em janeiro, as importações somaram R$ 46,6 milhões, um avanço de 24,6%. Como não houve avanço no número de pares (a variação foi de zero por cento), isto significa que o Brasil está importando sapatos mais caros.

- Os números estão sempre comparados com o mesmo mês do ano anterior.

CLIQUE AQUI para examinar detalhadamente o quadro sobre exportações.

CLIQUE AQUI para examinar detalhadamente o quadro sobre importações.

Lerner já entregou a Fortunati o projeto de revitalização da orla do Guaíba. Conheça as mudanças.

Completamente diferente do projeto Cais Mauá, que será uma espécie de Puerto Madero de Porto Alegre, a revitalização de parte da orla (entre a usina do Gasômetro e o Museu Iberê Camargo) poderá ser tocada exclusivamente pela Prefeitura.

. O projeto foi apresentado pelo arquiteto e urbanista Jaime Lerner nesta quarta-feira.

. O Prefeito José Fortunati, que esteve com Jaime Lerner em Curitiba no dia 30, já conhecia os detalhes.

. Mexer na orla do Guaíba sempre foi um abelheiro para os administradores públicos da cidade. Em 1988, o então Prefeito Alceu Collares foi alvejado selvagemente por xiitas fundamentalistas ambientalistas quando tentou fazer o que quer agora Fortunati. Na época, líderes oportunistas do PT usaram o caso eleitoralmente.

- Quem visitou Florianópolis neste verão, deve ter percebido de que forma ocorreu a revitalização da orla da avenida da Baía Norte, realizada pelo prefeito Dario Berger. Em Porto Alegre ocorrerá algo parecido.

CLIQUE AQUI para ver o infográfico que foi postado pelo site WWW.zerohora.com.br nesta quarta a tarde.

Oficiais protestam contra projeto que prevê aparelhamento partidário da Brigada Militar

Nesta quarta-feira, a Associação dos Oficiais da Brigada Militar, a AssOfBM, protestou formalmente por não ser recebida pelo Comandante Sérgio Abreu. A AssOfBM quer que o comandante retire o projeto 448/2011, protocolado em regime de urgência na Assembleia, que permitirá o aparelhamento partidário da PM do RS.

- O Presidente da associação, tenente-Coronel José Riccardi, concitou a oficialidade a se mobilizar para impedir a aprovação do projeto. 

CLIQUE AQUI para examinar o projeto.

Artigo de Carlos Brickmann - Dilma não sabe nem como estão as próprias obras que manda fazer

- Neste artigo de hoje, o jornalista Carlos Brickmann comenta: "A Presidente Dilma Rousseff foi visitar as obras de transposição das águas do rio São Francisco. Já houve sabe-se lá quantos aditamentos, quantos adiamentos, quantas elevações de preços. E a obra está atrasada. Dilma ficou brava, não vai admitir, etc., etc., etc. Mas como é que as coisas chegaram a este ponto? Imaginemos a estatal chinesa que construiu recentemente aquela ponte enorme. Alguém é capaz de acreditar que os comandantes da empresa não sabiam, a cada instante, a situação da obra, os problemas que enfrentava, o estágio do projeto". Leia tudo a seguir:

Cadê a carne?
Alex Periscinotto, um dos grandes publicitários brasileiros, usa muito esta frase quando quer saber o que há de real nos temas que lhe submetem: "where’s the beef?" Certo: cadê a carne? As ervilhinhas, as cenourinhas, as microbatatinhas estão lá, mas onde está a sustança, o prato propriamente dito?

Pois é: a presidente Dilma Rousseff foi visitar as obras de transposição das águas do rio São Francisco. Já houve sabe-se lá quantos aditamentos, quantos adiamentos, quantas elevações de preços. E a obra está atrasada. Dilma ficou brava, não vai admitir, etc., etc., etc.
Mas como é que as coisas chegaram a este ponto? Imaginemos a estatal chinesa que construiu recentemente aquela ponte enorme. Alguém é capaz de acreditar que os comandantes da empresa não sabiam, a cada instante, a situação da obra, os problemas que enfrentava, o estágio do projeto? Imaginemos o Brasil: alguém acha que o presidente de um grande banco precisa visitar cada cidade em que será aberta uma agência para ver se as obras estão andando no prazo?

Obras como a do São Francisco têm responsáveis, claro. Há um ministro com o escritório entupido de assessores para cuidar do setor. E a presidente precisa ir pessoalmente ao canteiro de obras para descobrir que está tudo atrasado e custando muito mais caro? Então, qual a função de tantos ministros e assessores?

A imprensa até que se comporta melhor do que o Governo: faz uma ou outra reportagem sobre os atrasos, os problemas causados pelos sucessivos adiamentos da entrega, a alta dos custos. Mas o balanço geral, o acompanhamento do serviço, isso não faz. É caro, exige treinamento, exige repórteres com disposição para ficar por um longo tempo longe das cidades. Mas deve dar matérias magníficas.

Escândalo de fraude à licitação e peculato abala Prefeitura do PT em Erechim

- Dono de gráfica é irmão do Prefeito de Erechim, Renato Bernardi. Ambos são do PT. Acontece que o irmão do Prefeito, Claudionor Bernardi, acaba de ser acusado por fraude a licitação, favorecido pelo Secretário de Administração, acusado por peculato por causa do mesmo negócio. O caso foi parar na Justiça por iniciativa do Ministério Público, que pediu o afastamento do Secretário e o bloqueio dos bens de todos os acusados. A cautelar foi aceita de imediato pelo juiz do caso.

O Ministério Público de Erechim ofereceu denúncia por fraude à licitação, peculato e lavagem de dinheiro contra dois empresários e, por peculato, contra o Secretário Municipal de Administração e três servidores comissionados do Município, obtendo na Justiça a medida cautelar de afastamento dos seus cargos e o bloqueio de bens.

De acordo com o promotor de Justiça Luciano Vaccaro, em agosto do ano passado, após notícia crime encaminhada por um Vereador da cidade, foi instaurado um procedimento investigatório criminal para apurar fraude à licitação e eventuais outros delitos em processo licitatório realizado no início de 2011 pelo Município. O certame tinha por objeto a confecção de 35 mil informativos sobre as ações do Poder Executivo no ano de 2010 e foi vencido, pelo valor de R$ 77,7 mil, pela empresa Cartass Indústria de Embalagens e Gráfica Ltda, administrada por Claudionor José Bernardi, então Presidente do Partido dos Trabalhadores de Erechim – mesmo partido do Prefeito – e seu irmão Renato Bernardi.

CLIQUE AQUI para saber mais.

PT poderá recriar Loteria Estadual que o PT acabou

Os Deputados gaúchos Frederico Antunes, PP, e Miki Breier, PSB, vão propor a reabertura da Loteria do RS.

. O Governador Olívio Dutra, PT, alarmado com as malfeitorias incontroláveis, foi quem decidiu acabar com a Lotergs.

BIER MARKT - A 26ª entre as 114 razões para amar a cidade
Veja informa que  Bier Markt é a melhor carta de cervejas da cidade. São 110 rótulos de nove Países. Em 2010, Bier Markt levou o primeiro prêmio como melhor carta de chopes. Suas doze torneiras não usam serpentinas, mas apenas injeções de oxigênio e nitrogênio reguados.Tudo harmonizado com petiscos inspirados na gastronomia alemã. Para cada chope ou cerveja, o copo também customizado. 
Castro Alves 442, Porto Alegre/RS, 30132300. WWW.biermarkt.com.br 
Em instalação Bier Markt II, na Barão de Santo Ângelo.

CGTEE virou cabide de emprego para ativistas do PT do RS

Até esta quarta-feira a CGTEE, 700 empregados no RS, não explicou por que razão não nomeou o jornalista que ocuparia a vaga aberta na assessoria de comunicação e para a qual fez concurso.

. É que apesar do concurso, a estatal federal que administra as geradoras de energia movidas a carvão, tipo Candiota, mantém nomeados três jornalistas do PT:

- Guaracy Cunha, amigo e indicado do ex-Prefeito, ex-Governador e ex-Ministro, Olívio Dutra, de quem foi Secretário de Comunicação;

- Jandira Klassmann, irmã do falecido Vereador Marcos Klassmann;

- Raquel Kothe, apadrinhada do antigo Presidente Júlio Quadros;

- A CGTEE não atende diretamente nem um único consumidor de energia elétrica. Sua assessoria de imprensa é maior do que a da CEEE, RGE ou AES Sul. Com 700 empregados, a estatal federal abriga 60 CCs ligados ao PT.

Os 10 Trabalhos de Hércules (Ana Amélia Lemos, Senadora da República pelo RS)

1 -Convencer o ex-Deputado Darci Pozza a concorrer em Bento Gonçalves. O Partido quer, a cidade quer, mas ele não.
2- Convencer o ex-Prefeito Vicinni, de Santa Rosa, a concorrer. O Partido quer, mas ele está em dúvida.
3- Convencer o ex-Secretário de Agricultura do Governo Yeda, João Carlos Machado, a concorrer em Camaquã . O PP de Camaquão sonha acordado e  quer,e ele quer ser convencido.
4- Convencer o PP de Ijuí a desistir de lançar o Chefe de Gabinete dela, Marco Aurélio, a concorrer a Prefeito. O partido quer, mas a Senadora não quer.
5- Convencer o o ex-Chefe da Casa Civil, Ottomar Vivian, a concorrer em Caçapva do Sul. O PP quer, ele parece que quer.
6- Convencer que dois dos três candidatos do PP em Vacaria desistam (ex-Deputado Appio, o ex-Prefeito Pegoraro e a Vereadora  Jane Andreolla). Todos querem. O PP esta dividido entre os três.
7- Convencer Elói Zanella a concorrer em Erechim. A cidade quer, o PP quer e ele espera para ver se vai querer.
8- Convencer o Prefeito de Pelotas a lancar Eduardo Macluf como seu sucessor. Macluf quer, Fetter não quer sombra.....
9- Convencer Helena Hermany a ser vice do Deputado Heitor Schuch em Santa Cruz do Sul. Helena até quer, mas o PP local não quer.
10- Tentar colocar o PP em uma candidatura majoritária em Caxias do Sul. Tem nome para vice.

- Se conseguir estas façanhas, somando as candidaturas em Santo Ângelo,Cruz Alta,Montenegro, Lajeado,Uruguaiana, São Borja e Cachoeira, todas já confirmadas, além  das 150 Prefeituras que o PP já possui, a Senadora estará com o caminho pronto para 2014.

Cais Mauá: a arte de criar dificuldade para vender facilidade

Ninguém acha que o governo gaúcho do PT segura o empreendimento do Cais Mauá com a ótica de que é preciso criar dificuldade para vender facilidade.

Gorgen vai a Gleise para pedir ajuda do governo contra tendência da Anvisa de proibir a fumicultura no Brasil

Dentro de 30 dias a Anivsa prometeu tomar a decisão de acabar ou manter a atividade produtiva da fumicultura no Brasil.
 
. O RS é o maior produtor de fumo e o mais importante fabricante de cigarros do País, com 50% de todo o bolo.

. Nesta quarta-feira a tarde, o deputado Jerônimo Gorgen, PP, foi conversar com a ministra da Casa Civil, Gleise Hofmann, para pedir a intervenção do governo. Gleise Hofmann é do Paraná, o segundo maior produtor brasileiro.

- A Anvisa poderá acabar com a lavoura de tabaco e a industrialização do fumo numa só penada, através de uma simples resolução.

Governo gaúcho omite-se na discussão sobre a atividade socioeconômica do fumo

O governo estadual gaúcho está totalmente omisso no caso das audiências públicas realizadas pela Anvisa, que dentro de 30 dias poderá acabar com a lavoura e com a industrialização do fumo.

. 100 mil famílias trabalham na lavoura do fumo.

Saiba como nova mistura do biodiesel favorecerá produção gaúcha

Sairá em março o marco regulatório sobre a produção, industrialização e comercialização do biodiesel.

. Nesta quinta, no Rio, o CNP fará audiência pública para discutir a qualidade do biodiesel.

- A partir de março, a mistura do biodiesel no diesel aumentará de 5% para 7%. Isto poderá favorecer o RS, maior produtor do Brasil, propiciando aumento de 40% na produção atual do Estado.

PT gaúcho pagou R$ 3 mil pelo uso dos armazéns públicos do cais do porto

O PT do RS pagou R$ 3 mil pelo aluguel do armazém do Cais do Porto de Porto Alegre, que usou na segunda-feira para comemorar seus 32 anos.

. A área é pública, porque até o momento o governo estadual não a entregou para a empresa Cais Mauá Brasil.

- O ok final para o uso da área foi dado pela Casa Civil do governo do PT.


BIER MARKT - A 26ª entre as 114 razões para amar a cidade
Veja informa que  Bier Markt é a melhor carta de cervejas da cidade. São 110 rótulos de nove Países. Em 2010, Bier Markt levou o primeiro prêmio como melhor carta de chopes. Suas doze torneiras não usam serpentinas, mas apenas injeções de oxigênio e nitrogênio reguados.Tudo harmonizado com petiscos inspirados na gastronomia alemã. Para cada chope ou cerveja, o copo também customizado.
Castro Alves 442, Porto Alegre/RS, 30132300. WWW.biermarkt.com.br
Em instalação Bier Markt II, na Barão de Santo Ângelo.

Governo estadual segura área e já atrasa Cais Mauá em três meses

- O empreendimento corre risco, porque Munné e Bertin ameaçam levantar acampamento e ir embora, já que atribuem a demora à má vontade do governo estadual. 

Passados três meses da cerimônia pública que ele mesmo promoveu, o governo gaúcho do PT ainda não publicou no Diário Oficial o ato de imissão de posse da área e dos 26 armazéns do porto de Porto Alegre, onde o grupo espanhol de José Munné e o grupo brasileiro Bertin investirão R$ 550 milhões.

. O governo estadual não explica o que acontece.

. Num trecho de 3,7 kms que vai da usina do Gasômetro até a Rodoviária, sairão shopping center, hotel 5 estrelas, marinas, casas noturnas, restaurantes, equipamentos culturais e lojas de utilidades.

. O chamado muro da Mauá, que separa a zona central da cidade do rio Guaíba, permanecerá no local, mas sumirá sob uma perene cachoeira artificial.

. Há 20 anos, desde o governo Britto, governo estadual e Prefeitura tentavam tocar o projeto Cais Mauá, mas manifestações devastadoras protagonizadas com o apoio do PT impediram o empreendimento. 

. Até o momento, 13 dos 26 armazéns do porto foram totalmente desocupados, mas a Cais Mauá Brasil não consegue sequer instalar seus escritórios, o que esperava ter feito em dezembro.

- O início imediato das obras renderia um trunfo eleitoral para o Prefeito José Fortunatti e aparentemente o governo estadual, que é do PT e tem outro candidato

Planalto avisa que vai ficar longe das eleições

A presidente Dilma passou dois recados à base aliada durante a primeira reunião do Conselho Político em 2012. O primeiro é que não quer saber de ministros políticos utilizando as estruturas dos ministérios para beneficiar candidatos nas eleições municipais.

. O segundo, de que não vai participar diretamente do pleito, nem subir em palanques onde houver mais de um candidato da base aliada do governo. Ela já tinha dado esse recado durante viagem ao Rio Grande do Sul no fim do ano passado. Mas o encontro de ontem no Palácio do Planalto tinha um público mais seleto: os líderes e presidentes de todos os partidos que compõem a base de sustentação do governo.

Marcos Valério pega nove anos de cadeia e é o primeiro condenado do mensalão

O lobista Marcos Valério, operador do mensalão, foi condenado a nove anos e oito meses de prisão pela Justiça em Minas por sonegação fiscal e falsificação de documentos públicos. Ele e ex-sócios na SMP&B foram acusados de sonegar impostos federais em 2003 e 2004, omitindo receitas e prestando declarações falsas a Receita Federal.

. É a primeira condenação de Valério pelas investigações do mensalão petista e a segunda em função de crimes cometidos por ele para favorecer grupos políticos. Ele recorre em liberdade. A nova condenação ocorreu por causa da movimentação bancária da SMP&B junto a bancos e sem o devido registro contábil na Receita. Segundo o Ministério Público Federal, a maior parte dos valores omitidos foi lançada a título de empréstimos para o PT, que posteriormente distribuiu os recursos a integrantes da base aliada do governo Lula.

. O julgamento dos 38 réus do mensalão no Supremo Tribunal Federal está previsto para maio. Na lista, estão Marcos Valério, os petistas José Dirceu, José Genoino, Delúbio Soares, dirigentes do Banco Rural e parlamentares da base do então governo Lula.

Lobby tenta impedir aplicação do Código Florestal nas cidades


Organizações da indústria têm feito lobby para excluir do Código Florestal dispositivos que preveem a proteção de vegetação em áreas urbanas. O movimento conta com apoio até de setores do PT. 

. O código está em sua fase final de tramitação no Congresso. Ele voltou à Câmara após ter sido aprovado no plenário daquela Casa e depois alterado pelo Senado. Sua segunda votação no plenário está marcada para o próximo dia 6. Da Câmara o texto segue para sanção da presidente Dilma.

. Representantes da CNI (Confederação Nacional da Indústria) pediram ao relator, deputado Paulo Piau (PMDB-MG), que suprima dois pontos do substitutivo do Senado. A CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção), principal entidade da construção civil, quer modificar um terceiro ponto.