Manuela renuncia à disputa eleitoral em Porto Alegre. PCdoB buscará aliança com PT ou Psol.

A deputada comunista Manuela D'Ávila anunciou hoje que não disputará as eleições de outubro em Porto Alegre. Ela ponteia todas as pesquisas de intenções de votos.

O PCdoB fica sem candidato natural, mas poderá buscar aliança pela vice nas chapas do PT ou do Psol. 

A renúncia de Manuela beneficia Luciana Genro, Psol, a segunda melhor situada nas pesquisas.

A líder comunista disse que vai cuidar da filha:

- Sei o quanto ela precisa de mim em seus primeiros mil dias, fundamentais para o desenvolvimento. Não adiantaria lutar pelo desenvolvimento de nossos bebês e não fazer valer a minha luta para minha própria filha

GVT entra em colapso depois de apagão esta noite em Porto Alegre

Com o novo apagão desta noite em áreas de Porto Alegre, também operadoras de telefonia e internet entraram em colapso.

No caso do editor, foi .mais uma vez a GVT.

Bandidos da Lava Jato terão que cumprir penas quando caso estiver julgado em segunda instância

Causou surpresa e reforçou posições como a do juiz Sérgio Moro, a votação por 7 votos a 4, no Supremo Tribunal Federal (STF) que admitiu hojea que um réu condenado na segunda instância da Justiça comece a cumprir pena de prisão, ainda que esteja recorrendo aos tribunais superiores.

Assim, bastará a sentença condenatória de um tribunal de Justiça estadual (TJ) ou de um tribunal regional federal (TRF) para a execução da pena. Até então, réus podiam recorrer em liberdade ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ao próprio Supremo Tribunal Federal (STF).

Desde 2009, o STF entendia que o condenado poderia continuar livre até que se esgotassem todos os recursos no Judiciário. Naquele ano, a Corte decidiu que a prisão só era definitiva após o chamado "trânsito em julgado" do processo, por respeito ao princípio da presunção de inocência.
saiba mais

O julgamento desta quarta representa uma mudança nesse entendimento. 

Votaram para permitir a prisão após a segunda instância os ministros Teori Zavascki (relator), Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Dias Toffoli, Cármen Lúcia e Gilmar Mendes. De forma contrária, votaram Rosa Weber, Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski.

Em nota, a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) saudou a mudança, semelhante a proposta apresentada pela entidade ao Congresso. "Esse é um dos principais pontos da nossa a agenda. A mudança na interpretação da lei emanada pelo plenário da Suprema Corte reforça a adequação e pertinência da nossa proposta", afirmou em nota o presidente da entidade, Antônio César Bochenek.

CEEE começa quarto apagão do mês

Novo apagão da CEEE em Porto Alegre, 20h23min É o quarto em 17 dias, dois apenas nesta semana.

Um mês depois de anunciar superavit, Fortunati avisa: "Salários podem atrasar na prefeitura"

Fortunati tem sido mais veloz e eficaz pegando galinhas do que administrando a cidade. 


O prefeito José Fortunati parece mesmo determinado a derrotar seu candidato nas eleições municipais deste ano, porque depois de tirar férias em plena temporada de temporais e levar em banho maria uma dezena de obras que há anos atravancam a cidade, ele agora ameaça atrasar os pagamentos de salários. A prefeitura não consegue nem limpar a cidade. Ruas e calçadas estão repletas de entulhos, passados quase 20 dias do temporal do dia 29. A prefeitura age com extrema lentidão. 

Jamais, antes, a prefeitura atrasou salários.

A informação é surpreendente, porque há apenas dois meses o prefeito comemorou a conquista de superavit. .Ele ainda acrescentou que mesmo com um orçamento de R$ 6,5 bilhões o superávit de 2015 foi inferior a R$ 200 milhões, tudo pago em salários.
Em entrevista à Rádio Guaíba nesta quarta-feira, o prefeito da Capital, José Fortunati, explicou que essa possibilidade é reflexo da situação econômica que o País atravessa. 

Fortunati foi claro:

- Isso (a crise econômica) coloca em risco todo e qualquer pagamento que a Prefeitura faça, inclusive dos servidores. Isso não é uma ameaça, mas é simplesmente uma constatação. 

Fortunati argumentou que as projeções são de que a economia encolha 3,5% em 2016. "Deve ser o segundo pior encolhimento da economia do mundo, só deveremos perder para a Venezuela", informou. Segundo o prefeito, isso significa, na prática, que cada vez mais o governo federal é obrigado a cortar orçamento. Em consequência, menos recursos têm sido repassados para os municípios. "Uma parte considerável dos recursos que os municípios recebem é uma repartição obrigatória dos recursos que vão a Brasília. Cada vez o retorno é menor", esclareceu. Os munícipios gaúchos estão reduzindo a jornada de trabalho, "pois não estão dando conta com o orçamento que tem nas mãos no ano de 2016", apontou o prefeito.

O mesmo ocorre em relação ao governo do Estado. 

CEO do Moinhos de Vento vai para direção do Hospital Sírio-Libanês

O atual CEO do Hospital Moinhos de Vento, Porto Alegre, Fernando Andreatta Torelly, que é economista, será o novo Diretor Executivo do Sirio-Libanês, São Paulo. Seu cargo irá para Mohammed Parrini, que já responde pela direção Financeira do Moinhos.

O editor recomenda aos leitores a atenta leitura de abundante material informativo sobre o caso, conforme reportagem do blog Setor Saúde. CLIQUE AQUI para ler. 

Standard & Poor's rebaixa ainda mais a nota do Brasil

A Standard & Poor's acaba de rebaixar mais uma vez a nota do Brasil, de BB+ para BB. A agenciaq valia que o País deve ter mais um ano de forte contração econômica. 

O anúncio ocorre cinco meses depois de o país ter pedido o selo de bom pagador. 

O que disse a Standard:

- Com o déficit do governo e a dívida líquida, respectivamente, em cerca de 7% e 60% do Produto Interno Bruto (PIB) durante o período entre 2016 e 2018 (...) acreditamos que não há mais flexibilidade política suficiente para distinguirmos entre os ratings em moeda local e estrangeira no Brasil.

As outras duas mais importantes agências, Tich e Moody's, também já rebaixaram a nota do Brasil. 

Dilma e PT reelegem Picciani no PMDB

O PT e a presidente Dilma Roussef venceram esta tarde a eleição para a escolha do líder do PMDB, reelegendo o carioca Leonardo Picciani, que obteve 37 votos.

Dilma chegou a liberar seu ministro da Saúde para votar.

O deputado Hugo Mota, Piauí, apoiado pelos cinco deputados gaúchos, conseguiu 30 votos.

Dois deputados votaram em branco.

Lasier apóia saída de Cristóvam do PDT e diz que culpa é de Lupi

O senador Cristóvão Buarque acaba de anunciar na tribuna do Senado a sua decisão de sair do PDT e ir para o PPS. Ele será candidato à sucessão de Dilma.

No plenário, o senador Lasier Martins, PDT do RS, aplaudiu a decisão do colega, atribuindo a crise ao presidente nacional do Partido, Carlos Lupi.

Maria do Rosário, Fontana, Bohn Gass, Pepe e Pimenta vão a SP com dinheiro público para dar apoio ao encurralado chefão do PT

As duas fotos das extremidades marcam manifestações chapas-brancas no Fórum da Barra Fundo, tudo regado com dinheiro público ou de entidades sindicais vinculadas à CUT, o que vem a dar no mesmo.

Na outra foto, que é para guardar e usar nas eleições deste ano, está um raquítico grupo de deputados do PT que viajaram com dinheiro público para dar apoio a Lula, investigado e na iminência de virar réu e acabar na cadeia como corrupto.

Os eleitores do RS podem distinguir facilmente as figuras dos deputados Maria do Rosário, Paulo Pimenta, Bohn Gass, Pepe Vargas e Henrique Fontana. "Todos somos Lula", dizem os petistas, repetindo um velho e surrado chavão da esquerda mundial, mesmo a que não é corrupta.

Eles não aprenderam nada e nem esqueceram nada.

São incorrigíveis.

Maçonaria promove ato na Câmara para pedir imediata renúncia de Dilma Roussef

Brasília, via WhatsApp
Foto por iPhone

CLIQUE AQUI para ver e ouvir video com a fala do líder dos manifestantes. Video por iPhone.


Há poucos minutos (14h13min) manifestantes ligados à maçonaria ocuparam espaço dentro do Congresso Nacional para exigir a renúncia imediata da presidente Dilma Roussef.

A Associação da Maçonaria do Brasil e o movimento maçom Avança Maçons BR promoveram o ato depois do meio dia, no qual pediram a renúncia da presidente Dilma Rousseff. Senadores, como o paranaense Álvaro Dias (PV), e deputados reforçaram o coro. O deputado tucano Izalci Lucas (DF), por exemplo, leu um manifesto na Câmara.


O líder do Avança Maçons BR, Nilton Caccaos, disse que o ato saiu porque a Maçonaria tem grande peso na história do Brasil. “Participamos de todos os grandes momentos históricos do país e do mundo. Agora não será diferente. Lembraremos a renúncia de Jânio Quadros, um maçom que atribuiu a forças ocultas a pressão para a sua saída da Presidência da República. A força oculta somos nós, a Maçonaria”, diz. “Queremos que Dilma renuncie porque, para o país, será menos traumático. Seria um bom ato.”

Zambelli denuncia uso de dinheiro do povo para armar lulopetistas em SP

Fórum da Barra Funda, SP, via WhatsApp

O editor disponibiliza desde o início da manhã uma série de videos enviados via WhatsApp, mostrando as agressões de representantes do lumpesinato lulopetista paulista, que foi em peso para o Fórum da Barra Funda, SP, com o objetivo de impedir o depoimento de Lula e Marisa ao Ministério Público Estadual.

Acontece que grupos ativistas adversários do lulopetismo também foram ao local, mas com o objetivo de prestigiar o MPE.

As manifestações acabaram em pancadaria.

Em maior número, apetrechados, os lulopetistas levaram vantagem no confronto.

CLIQUE AQUI para ver e ouvir a narrativa de Carla Zambelli sobre a confusão.

Lumpesinato lulopetista assalariado bate em manifestantes que foram recepcionar Lula-Marisa no Fórum da Barra Funda

Marcello Reis, líder do Revoltados On-line, ficou com o olho roxo e teve escoriações pelo corpo ao tentar proteger o boneco pixuleco durante protesto em frente ao Fórum Criminal da Barra Funda, na Zona Oeste de São Paulo.

Embora tenha ganho no tapetão o direito de não depor no MPE, o casal Lula e Marisa acabou no centro dos embates entre apoiadores e opositores que se encentraram diante do Fórum Criminal da Barra Funda, na Zona Oeste de São Paulo.

Em poucas horas, a frente do fórum se tornou uma verdadeira praça de guerra: houve espancamentos entre manifestantes e a PM interveio com bombas de gás, cacetetes e gás de pimenta. A situação seguia  tensa ao meio dia.

Os críticos de Lula foram ao local por geração espontânea, enquanto que os lulopetistas foram arrebanhados no interior e na capital pelo PT, MST e sobretudo CUT, todos conduzidos de ônibus para o local, bem equipados e com farto arsenal de sanduíches de mortadela. 

Um grupo de trinta pessoas ligadas ao PT, em maior número, foram para cima dos movimentos anti-PT para furar um boneco Pixuleco que eles tentavam inflar. Em maior número, os integrantes de movimentos ligados ao PT - como CUT, Juventude do PT e MST - arremessaram ovos no grupo opositor, que revidou com pedras. Em pouco tempo, os dois grupos se agrediam a pedradas. Também houve troca de xingamentos, empurra-empurra e agressões físicas. A Avenida Doutor Abraão Ribeiro está bloqueada. O Pixuleco acabou rasgado.

Artigo, Delfim Neto - Enfrentemos o problema da siderurgia

O editor leu e editou os trechos centrais do artigo, mas no link final é possível ler o texto completo., que se encontra em "Polibio Braga - Documentos". 

Que em Brasília, "nessum dorma"! Nas próximas semanas o setor precisa de um programa ágil e inteligente: 1) que lhe permita, no curto prazo, operar em torno de 85% da capacidade (uma demanda total da ordem de 40 milhões de toneladas) ao nível de preços internacionais sustentáveis no médio prazo; 2) que altere as tarifas efetivas para reduzir a quantidade de aço importado; e 3) que estimule fortemente as exportações com prazos e juros internacionais. O setor não precisa de subsídios, mas, apenas, da volta das condições isonômicas de competição que lhe tiramos! Não será fácil. Mas a relação custo/benefício é tão pequena, e a siderurgia tão importante, que vai excitar a responsabilidade ativa e o senso de urgência do governo.

O governo finge esquecer que nos últimos 20 anos estimulou a importação da China para controlar a inflação. Roubou-lhe, lentamente, as condições isonômicas de competição que tinha: tributação moderada, taxas de juros e de câmbio reais competitivas, desoneração completa dos impostos na exportação e razoável tarifa efetiva. 

(...)

Existem, ainda, "idiots savants" que creem que a China é uma economia de mercado que exporta ao custo marginal? Ou que seus preços de exportação vão continuar os mesmos quando destruir seus competidores? 

(...)

A siderurgia não é uma indústria qualquer. Uma nação com 200 milhões de habitantes e US$ 11 mil de renda per capita em paridade de poder de compra e mais de 100 mil empregos diretos na siderurgia (cerca de 3 milhões entre diretos e indiretos), não pode dar-se ao luxo de perdê-la, porque com ela se irão partes importantes da nossa autonomia alimentar, energética e militar. 

Não há como competir com a China, uma economia basicamente estatizada, num setor com incontáveis distorções de preços que nada têm a ver com os de mercado (...)  Certamente, não por conta da mítica eficiência dos seus burocratas, mas pelo efeito do subsídio adicional visível que só em 2015 foi da ordem de US$ 10 bilhões! 

CLIQUE AQUI para ler o texto integral. 

Juizes de Minas também apontaram caixa 2 na campanha de Dilma. Contas eleitorais do PT foram rejeitadas.

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais rejeitou as contas do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores de Minas Gerais e do Comitê Financeiro Único do PT relativas às eleições de 2014 e apontou indícios de "caixa dois" para a campanha da presidente Dilma Rousseff.

"Utilização de recursos sem trânsito pela conta bancária, cuja origem não se sabe, configurando o uso de "caixa dois", falha grave que compromete a regularidade e transparência das contas", afirma a auditoria técnica do TRE, que embasou a decisão.

"Dentre as irregularidades existentes nas contas do PT e seu Comitê Financeiro Único -- eleições 2014, foi apontada, em ambas, sonegação fiscal, conduta que, em tese, configura crime contra a ordem tributária", afirmou o procurador regional eleitoral, Patrick Salgado, em seu parecer.

Entre as irregularidades em sua prestação de contas, está a omissão da transferência de R$ 11.660.148,65 para a campanha da presidente Dilma Roussef, que, segundo o TRE, parte do montante não teria a origem comprovada.

Além da reprovação das contas, por quatro votos a um, a corte decidiu nesta terça-feira (16) que a legenda no Estado deverá pagar uma multa de R$ 1,6 milhão e será suspensa por seis meses do recebimento do Fundo Partidário.

PIB deve cair 4% em 2016, mas 'sensação térmica' é pior, prevê Itaú

O economista-chefe do banco disse esta manhã que a crise política e fiscal, maior motivo para queda do PIB em 2015, também é a principal responsável pela contração da economia este ano

Leia reportagem do UOL sobre isto:

O economista do Itaú, Felipe Salles, comentou que, desde o pico em março de 2014, em termos de nível o PIB já caiu 7,5% e deve recuar mais 2% este ano.

O economista-chefe do Itaú Unibanco, Ilan Goldfajn, afirmou nesta terça-feira que a projeção da instituição é de queda de 4% no Produto Interno Bruto (PIB) deste ano, mas que a "sensação térmica" é pior, já que este número leva em conta a contribuição do setor externo, que será positiva.
"O mercado doméstico tem uma queda maior de PIB do que esses 4%, a absorção doméstica está caindo mais. Se a contribuição do setor externo é positiva em 1%, podemos dizer que a 'sensação térmica' interna é de queda de cerca de 5%", comentou.

Esse é um dos fatores - juntamente com o ambiente global deflacionário - que levam o Itaú a estimar três cortes de 0,5 ponto porcentual na Selic no fim deste ano, mesmo com uma projeção de 7% de inflação em 2016. Questionado se esse afrouxamento na política monetária poderia ser antecipado, Goldfajn comentou que a sinalização atual do Banco Central é de manutenção dos juros, "então a nossa projeção de redução nos juros no segundo semestre está de bom tamanho".

CLIQUE AQUI para saber mais. 

Bolsas de Xangai e da Europa em alta nesta quarta-feira, Hong Kong e Tóquio fecharam em queda.

Londres, via WhatsApp

Embora a Bolsa de Xangai tenha encerrado seus negócios de hoje em alta de 1,08%, as suas congêneres de Hong Kong e Tóquio caíram respectivamente 1,08% e 1,03%.
A Bolsa de Londres opera em alta neste momento, + 1,31%. Frankfurt e Paris acompanham a alta.

neste final de semana, o Brasil sairá do horário de verão e com isto o fuso horário com Londres ficará com 3 horas de diferença, mas com o restante da Europa a diferença será de 4 horas.  Isto acontecerá até 27 de março, quando os relógios daqui serão adiantados em uma hora.

Irã fura acordo das Quatro Irmãs. Preço do petróleo volta a despencar em todo o mundo.

Londres, via WhatsApp

Esta quarta-feira amanheceu nublada em Londres, 5 graus, pleno inverno.
A notícia do dia diz respeito à decisão do Irã que anunciou que não entrará no acordo de congelamento do atual volume mundial de produção de petróleo, acertado pelas Quatro Grandes Irmãs (Rússia, Venezuela, Arábia Saudita e Qatar).
Em função disto a cotação do petróleo despencou:
Brent Mar do Norte, menos 34%
Cru americano, 2,1%
Má notícia para o Brasil.
Péssima.
Não existe, de fato, terreno propício para a elevação sustentável do preço do petróleo, o que agrava ainda mais o já delicadíssimo quadro da petrobrás. A gigante estatal brasileira  derrete junto à comunidade econômica e financeira internacional, agravada pelo seu passivo financeiro monstruoso, tudo em função de má gestão e roubalheira generalizada e até endêmica.

Blitzes serão desfechadas amanhã para recolher motos e carros em situação irregular

A partir de amanhã, sairão blitzes em todo o RS para parar e apreender carros e motos com documentação vencida e impostos atrasados.

A idéia é recolher 16 mil veículos.

E arrecadar.

Sartori vem aí com novo corte de R$ 1 bilhão

O governador Sartori deve anunciar corte de aproximadamente R$ 1 bilhão no orçamento.A medida servirá para reduzir a expectativa de déficit, hoje na casa dos R$ 4,4 bilhões.

O governo estadual constatou que os apertos, mudanças de focos de gestão e alíquotas maiores do ICMS, que fez até o momento, foram insuficientes. 

A arrecadação continua ainda (leia nota a seguir). 

Dia será de sol, céu azul, temperatura alta, mas também de chuva no RS

Esta quarta-feira abriu com céu aul e claro, sol aberto e temperatura em alta na Capital do RS, mas muitas nuvens atuam no Rio Grande do Sul neste momento, 8h30min. Pode chover nesta quarta na maioria das regiões no decorrer do dia.

Em alguns pontos já se espera que chova de manhã, mas na maioria dos locais a instabilidade virá da tarde para noite após horas de sol, nuvens, calor e abafamento. 

Em Porto Alegre, em um dia de sol e chuva, a temperatura máxima ultrapassará os 30°C. No Litoral Norte, as temperaturas devem chegar aos 28°C.

Análise da FEE diz que governo gaúcho calibrou mal suas previsões para 2016. ICMS despenca no Estado.

A FEE informou que a Lei de Diretrizes Orçamentárias fez a previsão levando em conta projeções de 1,3% do crescimento do PIB nacional, 5,6% de inflação e dólar cotado na casa dos R$ 3,30, previstas na LDO federal. Porém, segundo boletim do Banco Central do final de janeiro, a previsão é de retração do PIB de -3,01%, inflação de 7,26% e dólar a R$ 4,35 no final do período. Caso se confirme uma arrecadação de ICMS menor do que a esperada, a expectativa que é o déficit orçamentário de 2016 seja ainda maior do que o previsto. Segundo a Sefaz, o déficit projetado é de R$ 4,3 bilhões, considerando uma arrecadação de R$ 31,6 bilhões com o ICMS – em 2015, o Estado registrou déficit orçamentário da ordem de R$ 4,9 bilhões.

Carta de Conjuntura da Fundação de Economia e Estatística (FEE-RS), divulgada nesta terça-feira, revela que não teve efeito o aumento da alíquota do ICMS no RS, tudo porque a arrecadação prevista para 2016 com o tributo pode ficar aquém do esperado. 

Entre outros motivos, porque levaria a uma diminuição do consumo.

O ICMS é a principal fonte de receita do governo do Estado. No ano passado, a arrecadação com o tributo correspondeu a cerca de 63% das receitas correntes e 84% das receitas tributárias do Estado. Porém, a arrecadação total com o imposto em 2015 apresentou queda real (descontada a inflação) de 1,83% em relação a 2015, segundo a Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul (Sefaz-RS). O orçamento de 2015 previa uma arredação de R$ 29.172 bilhões com o imposto, mas coletou apenas R$ 27.125 bilhões.

Para 2016, a Sefaz prevê uma arrecadação de R$ 31.646 bilhões, já levando em conta o aumento da alíquota básica do ICMS de 17% para 18%, aprovada pela Assembleia Legislativa no ano passado – ainda há elevações mais expressivas para combustíveis, bebidas alcoólicas e refrigerantes.

A Carta de Conjuntura da FEE aponta três fatores que podem levar a arrecadação a ficar abaixo do esperado: 

- Possíveis erros de previsão dos parâmetros macroeconômicos utilizados na LDO de 2016; algumas externalidades geradas na competição tributária entre as diferentes unidades da Federação devido aos aumentos de impostos federais e estaduais em 2015 e 2016; e possíveis mudanças no comportamento do contribuinte diante da elevação dos custos e da contração da renda”.

Atos de protesto contra aumento das passagens de ônibus já começaram em Porto Alegre

Começaram as manifestações de rua contra o possível aumento das passagens de ônibus de Porto Alegre, que subiria para R$ 3,80.

O primeiro ato de protesto, antes mesmo do aumento, saiu ontem a tarde.

MPF abre inquérito civil para averiguar atos da UFSM contra professores e alunos de israel

O Ministério Público Federal resolveu finalmente abrir inquérito próprio para averiguar as denúncias sobre suposta prática de ato discriminatório contra alunos e professores de origem israelense no âmbito da Univesidade Federal de Santa Maria.

A denúncia foi feita pelo jornalista Luis Milman no ano passado. 

Acontece que a UFSM tinha iniciado a catalogação de nomes de professores e alunos, tudo a pedido de entidades ligadas aos movimentos insurgentes palestinos.

Depois das denúncias, a universidade recuou. 

A Procuradora da República, no caso o titular do 3º Ofício da Procuradoria da República no Município de Santa Maria/RS, Bruna Pfaffenzeller, acaba de assinar Portaria de Instauração nº 07/2016 que converteu o Procedimento Preparatório nº 1.29.008.000330/2015-46 em Inquérito Civil. (Objeto.  "Averiguação da suposta prática de ato discriminatório em face de alunos e professores de origem israelense, no âmbito da UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM").

Horário de verão acaba à 0h do domingo, 21 de fevereiro

Em dez estados e no DF, relógios deverão ser atrasados em uma hora.

O horário de verão acaba no dia 21 de fevereiro de 2016. À 0h (meia-noite) de sábado para domingo, os moradores de 10 estados, além do Distrito Federal, terão que atrasar os relógios em uma hora.
horário de verão 2016 acaba.

Segundo o ministério, nos últimos dez anos, o horário diferenciado em parte do país durante o verão tem possibilitado uma redução média de 4,6% na demanda por energia no horário de pico

O Ministério de Minas e Energia informou no final de 2015 que a versão 2015/2016 do horário de verão seguiria as regras estipuladas no decreto 6.558, de 2008, revisado em 2013, que fixa a duração de quatro meses, entre o terceiro domingo de outubro de cada ano e o terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte.


Pela legislação, o horário de verão vigora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, nos etados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal.

Em alguns Estados, a mudança de horário acontecerá em meio a programações de rua, como é o caso de SP. 

Ministro da Saúde ignora zika e se demite por um dia para apoiar candidato de Dilma na disputa pela liderança do PMDB

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, decidiu pedir exoneração do cargo para assumir o mandato de deputado federal e ajudar a reeleger o atual líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani (PMDB-RJ), cuja eleição ocorre nesta quarta-feira.

Em plena campanha contra a zika, o ministro atende ordem de Dilma, que interfere abertamente na eleião.

O ministro  deve retomar o cargo na quinta, após a votação.

Triplex do Guarujá - Deputado do PT consegue liminar para impedir depoimento de Lula e Marisa em São Paulo

Lula e Marisa fogem da Justiça. Manifestantes tinham programado atos contra e a favor para esta manhã.
CLIQUE AQUI para ler, também, "O mito derretendo", de Carlos Alberto di Franco.


O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) adiou o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de sua mulher, Marisa Letícia, no inquérito aberto pelo Ministério Público de São Paulo sobre suposta propriedade de familiares do petista de um tríplex no Guarujá, no litoral paulista. O depoimento estava previsto para esta quarta-feira, no Fórum Criminal da Barra Funda, na zona oeste da capital paulista. A liminar foi concedida no fim da noite dessa terça-feira, pelo conselheiro do CNMP Valter Shuenquener de Araújo. Ele atendeu a "pedido de providências", com pedido de medida liminar, protocolado pelo deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP), um dos parlamentares mais próximos de Lula.

Na decisão, o conselheiro suspendeu na prática de qualquer ato pelo Ministério Público de São Paulo no processo de investigação de Lula, até que o plenário do CNMP delibere sobre a alegação de que o promotor Conserino violou as regras de distribuição do processo.

Em nota divulgada, o Instituto Lula reafirmou que o ex-presidente "nunca ocultou patrimônio nem agiu fora da lei, antes, durante ou depois da Presidência da República". A defesa do ex-presidente não havia confirmado se ele e a ex-primeira dama iriam comparecer ao Fórum. Lula, Marisa, o empreiteiro José Adelmário Pinheiro, o Léo Pinheiro, da OAS, e Igor Pontes, engenheiro da construtora, foram intimados pelo Ministério Público paulista para depor como investigados.