Joaquim Barbosa manda mais três mensaleiros para a cadeia

O presidente do STF determina que José Borba, Emerson Palmieri e Enivaldo Quadrado comecem a cumprir as penas alternativas a que foram condenados

OAB desautoriza dirigente que criticou a prisão de Genoino. "É opinião dele", diz OAB.

Ao lado, Wadih Damous, que ainda não se demitiu.


O Conselho Federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) negou, em nota, endossar a crítica feita pelo presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos do órgão à prisão do ex-presidente petista José Genoino. A nota do dirigente causou mal-estar na OAB. Depois de dizer que "não possui posição" sobre a situação dos condenados no mensalão, a ordem afirma que o comunicado de Damous "representa a opinião dele".

Leia a íntegra da nota:
 A diretoria do CFOAB acompanha pela imprensa os fatos envolvendo os condenados na Ação Penal 470, contudo, não possui posição oficial sobre a situação dos condenados neste processo.
A nota subscrita pelo presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos representa opinião dele expressada na condição de conselheiro federal da Ordem.

Nota do editor
No dia 8 de julho, na sua coluna Radar, Veja, Lauro Jardim postou a nota a seguir:
Condenado por corrupção de outros crimes, José Dirceu foi homenageado num jantar na quinta-feira passada, no Rio de Janeiro, pelo presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos da OAB, Wadih Damous. Candidato a deputado federal pelo PT em 2014, Damous, quer o apoio de Dirceu – ainda que, se tudo correr conforme o previsto, Dirceu terá que ajudar Damous a ganhar votos a partir da prisão. O presidente da OAB-RJ, Felipe Santa Cruz, foi convidado para o jantar, mas não compareceu.

200 rótulos de cervejas artesanais de várias partes do mundo
BIER MARKT SHOP, mezanino da loja Espirito Santo, Porto Alegre. Também 4 torneiras de chope para degustar na hora.
Vá lá e se abasteça. 10h as 21h.
Rua 24 de Outubro 513. Fone 3208.2300.
www.biermarkt.com.br

Escândalo interrompe votação do desmembramento do Banrisul. Oposição quer contrato secreto assinado com Brasil Plural.

CLIQUE AQUI para saber quem é o Banco Brasil Plural.Rodolfo Riechert e Schwartz criaram a Plural como uma empresa de gestão de recursos de terceiros e consultoria em 2009 depois de deixar o BTG Pactual, banco de investimentos brasileiro dirigido pelo bilionário André Esteves.

Diante do escândalo formado no próprio plenário da Assembléia Legislativa do RS no momento em que foi revelado que existe um contrato secreto entre o Banrisul e a Brasil Plural para fazer um IPO (colocação de ações no mercado) que pode chegar a R$ 2 bilhões, dinheiro que iria para o caixa do controlador, no caso o próprio governo estadual. Até a base aliada do governo gaúcho do PT recuou na votação dos projetos:

PL 276 2013, que autoriza o Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. a criar subsidiária para atuar no ramo de distribuição de seguros, previdência aberta e capitalização;
• PL 279 2013, que autoriza a Banrisul Serviços S.A., empresa controlada pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A., a criar subsidiária para atuar no ramo de emissão, administração e processamento de cartões.

. Trata-se de uma privatização oblíqua de ativos do Banrisul. 

. Cada projeto possui apenas 2 artigos. O governo não quis abrir todas as informações e escamoteou dados vitais dos deputados. A Brasil Plural faturará um fee e mais uma gorda participação nas duas novas estatais. 

. O deputado Frederico Antunes disse há pouco ao editor que na conversa com o presidente do banco, ontem, no gabinete do presidente da Assembléia, em momento algum ele falou no contrato.

. Líderes de cinco bancadas assinaram requerimento dirigido ao presidente Pedro Wesphalen, exigindo que o governador Tarso Genro revele o contrato que mantém sob sigilo.

. Desde a semana passada, informações sobre o negócio com a Brasil Plural corriam no mercado. O editor chegou a falar no assunto, mas não conseguiu cópia do documento.

. A votação prevista para a tarde desta terça-feira foi cancelada.

A cada dois dias úteis Tarso manda um projeto para a Assembléia. Foram 537 até agora. 86% cumprem regime de urgência.

Com o último pacote que encaminhou para votação na Assembleia Legislativa ainda no mês de dezembro, o governador Tarso Genro (PT) chegou à marca história de 462 projetos em regime de urgência, o que obriga a votação em até 30 dias sem qualquer discussão até mesmo para ver se estão dentro da legalidade. Levantamento realizado pela Bancada do PMDB mostra que nos três primeiros anos do atual governo o volume de matérias nesta situação praticamente triplicou em relação a igual período da gestão anterior. “É o mesmo que governar através de Medidas Provisórias tamanha a banalização do regime de urgência, o que retira não apenas do Parlamento mas de toda a sociedade a chance de debater situações sobre o futuro do estado”, criticou a líder peemedebista, deputada Maria Helena Sartori.

. Até esta terça-feira, o atual governador encaminhou um total de 537 expedientes à Assembleia, 86% deles cumprem regime de urgência. Tarso (3 anos) já mandou mais projetos do que os governos Rigotto e Yeda somados (oito anos).

PROJETOS EM REGIME DE URGÊNCIA
Germano Rigotto: 167
Yeda Crussius: 116

Tarso Genro: 462

92% dos leitores acham que regime tem que ser de dureza para os bandidos do Mensalão

92% dos leitores acham que o correto no caso dos bandidos do Mensalão é serem tratados com a dureza administrada pelo ministro Joaquim Barbosa. Veja os resultados da enquete disponibilizada nesta página pelo editor:

O que merecem os bandidos presos do Mensalão?
A dureza com que são tratados pelo ministro Joaquim Barbosa, 92%
Mais urbanidade por parte de Joaquim Barbosa, 1%
Outra resposta, 5%

200 rótulos de cervejas artesanais de várias partes do mundo
BIER MARKT SHOP, mezanino da loja Espirito Santo, Porto Alegre. Também 4 torneiras de chope para degustar na hora.
Vá lá e se abasteça. 10h as 21h.
Rua 24 de Outubro 513. Fone 3208.2300.
www.biermarkt.com.br

PGR passa por cima do governo Dilma e pede ao STF a extradição de Pizzolato

CLIQUE AQUI para saber como Veja conta a história da fuga de Pizzolato.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) ignorou o governo Dilma, que é do mesmo Partido do foragido, e pediu ao Supremo Tribunal Federal que tome providências sobre a situação do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, que está foragido do país. Condenado a doze anos e sete meses de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro e peculato no processo do mensalão, Pizzolato fugiu para a Itália e está na lista dos procurados pela Interpol.

. O site da revista Veja diz que a petição, a vice-procuradora-geral da República, Ela Wiecko, apresentou três opções ao presidente do STF, Joaquim Barbosa: que seja realizado um pedido formal de extradição; que a Corte peça que ele cumpra as penas do processo do mensalão na Itália; ou que seja submetido a um novo julgamento na Itália, transferindo para o país europeu a remessa de provas e os indícios que constam na ação penal. De acordo com Wiecko, tais procedimentos respeitam o Tratado de Extradição entre Brasil e Itália e as demais convenções entre os países.

Ministro do Comércio Exterior de Cuba falará na Fiergs nesta quarta, 14h

CLIQUE AQUI para saber dados sobre Cuba, Brasil e RS, com ênfase para exportações e importações, inclusive lista de empresas exportadoras e produtos comprados e vendidos. As importações feitas pelo RS de Cuba somam algo como R$ 500 mil por ano, o que equivale ao salário de um mês do dr. Jorge Gerdau.

O governador Tarso Genro receberá o ministro de Comércio Exterior e Investimento Estrangeiro de Cuba, Rodrigo Malmierca Díaz, nesta quarta-feira. No encontro, serão aprofundados os projetos de cooperação bilateral entre o Rio Grande do Sul e o país caribenho. Após, o ministro participa de reunião de trabalho com representantes de secretarias e órgãos do Governo do Estado para dar continuidade a temas como aquisição de máquinas agrícolas e arroz e produção de medicamentos.

. Às 14h, o ministro cubano cumpre agenda na Fiergs, onde realizará a palestra "Oportunidades de negócios em Cuba".

Mesa diretora derrota governo Tarso ao meio dia: projeto que proíbe novos impostos para o Simples será votado esta semana.

O Projeto de Lei 190, de autoria do deputado Frederico Antunes, e que insere um parágrafo na Lei 8820 que impossibilita que este ou qualquer outro governo restabeleça, por decreto, a cobrança da diferença de alíquota (DIFA) para as empresas do Simples foi aprovado pela mesa diretoria da Assembleia Legislativa no final da manhã desta terça, dia 19, por 5 votos favoráveis e um contra.  “Em poucos dias estaremos no plenário do parlamento gaúcho lutando pela aprovação do PL. Mobilizados, os varejistas gaúchos já acabaram com o imposto de fronteira. Agora, vamos impedir que ele ressurja das profundezas”, afirma o presidente da CDL Porto Alegre, Gustavo Schifino.

. As entidades que compõem o Chega de Mordida reafirmam que a cobrança da DIFA não existe mais desde o dia 13 de setembro, data em que a Assembleia Legislativa derrubou o decreto que instituía a cobrança. O tributo que venceria neste dia 20 de novembro, portanto, não deve ser pago. A recomendação aos empresários que sentirem-se desconfortáveis com esta decisão é que façam o depósito em juízo.

A troika criminosa, Genoíno, Dirceu e Delúbio, ameaça: "Voltaremos !"

Numa patética carta escrita de próprio punho (veja ao lado), os três bandidos petistas do Mensalão (charge ao lado dos Irmãos Metralha) prosseguem esperneando, agradecem da prisão onde estão, no Complexo da Papuda, em Brasília, a solidariedade recebida de militantes do PT e apoiadores políticos, e ameaçam:

- Não aceitaremos a humilhação. 

. Genoíno, Zé Dirceu e Delúbio avisam que poderão fazer todas as patifarias novamente:Preferimos o risco e a dignidade da luta.

"O apoio de vocês nos sustenta, nos alimenta. Solidariedade, valor essencial da esquerda", registraram. Eles afirmam que não aceitarão serem humilhados, mas que esperam que a lei seja cumprida. Os três têm direito ao regime de prisão semiaberto.

. Qualquer outro prisioneiro que fizesse o mesmo, já teria sido recolhido à solitária. 

Eis a íntegra da carta:

"Companheiros e companheiras, a ação de vocês nos sustenta muito, nos alimenta. É a solidariedade política - valor essencial da esquerda.
O nosso agradecimento é a luta. Queremos o respeito a lei. Não aceitaremos a humilhação. Preferimos o risco e a dignidade da luta.
Muitos abraços e beijos.
Genoíno, Zé Dirceu, Delúbio Soares
BSB, 19.11.13

Veja o comentário do editor: Aqui estão as provas dos crimes cometidos pelos mensaleiros

São Leopoldo já devolveu mais de R$ 1 milhão em função de irregularidades em convênios na gestão de Ary Vanazzi

Ressarcimento ao governo federal deve aumentar até o final do ano, pois várias outras propostas, firmadas entre 2007 e 2012, estão sob análise de diversos ministérios

Desde o início de 2013, a Prefeitura de São Leopoldo já devolveu R$ 1,05 milhão para o governo federal, valor referente a nove convênios firmados entre 2007 e 2012, segundo soube nesta terça-feira a tarde o editor. Vários fatores provocaram o ressarcimento, entre eles o uso indevido (em outros fins que não o estabelecido em contrato), utilização depois que o prazo de vigência tinha expirado ou simplesmente porque o projeto, mesmo com o recurso depositado, não foi executado. 

. O montante de devolução deve aumentar ao longo deste ano, uma vez que outros 18 projetos, também do período citado acima, estão em análise nos respectivos ministérios.

. Ao se deparar com a situação caótica desde o começo do ano, a administração decidiu que era hora de organizar a casa e ter um controle e monitoramento de todos os convênios assinados em âmbito federal, estadual ou municipal. Assim, foi criada a Diretoria de Gestão Estratégica, ligada à secretaria de Gestão e Governo, que acompanha o andamento de todos os processos e, entre outras ações, é responsável pelo encaminhamento das respostas às solicitações de prestações de contas.

CLIQUE AQUI para conhecer detalhes do que apurou o editor em São Leopoldo. 

Metade do 13° salário deve ser pago até o dia 30

Até o dia 30 de novembro, os trabalhadores devem receber a primeira parcela do 13º salário, que corresponde à metade do salário recebido pelo empregado no mês. A segunda parcela deve, por lei, ser paga até o dia 20 de dezembro, porém as empresas podem, se desejarem, antecipar o pagamento. Este ano, estima-se que o 13º salário injete na economia brasileira cerca de R$143 bilhões, como apontam estudos do Departamento de Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE).

Rombo deixado por Ary Vannazi em São Leopoldo foi 150 vezes maior do que o déficit que construiu na Famurs

Este Palácio foi erguido por Vannazi. Ele plantou palmeiras imperiais ao lado do edifício, além de bustos de Jacobina, líder histérica dos Muckers, e João Carlos Haas, guerrilheiro capilé desaparecido na guerrilha da qual Zé Genoíno foi um dos líderes, cujo objetivo era implantar o comunismo no Brasil. CLIQUE AQUI para ler o Diário do Araguaia, do líder da guerrilha e do PCdoB na época, Maurício Grabois. O material foi publicado pela revista Carta Capital, alinhado com a esquerda. A leitura das memórias, um manuscrito deixado pelo próprio Grabois, explica as atitudes patéticas que adota neste momento o ex-presidente do PT, José Genoíno.

Ao sair da prefeitura de São Leopoldo, 260 mil habitantes, Grande Porto Alegre, o prefeito Ary Vannazi deixou um rombo também milionário, bem maior do que os R$ 957,3 mil herdados pelo prefeito Valdir Andress na Famurs (leia nota acima) calculado em R$ 300 milhões pelo atual prefeito, Aníbal Moacir. Vannazi não pagou sequer o 13o salário. 

. A gestão de Ary Vannazi na prefeitura foi marcada por sucessivos escândalos e está sob investigação da Polícia Civil, Ministério Público e TCE. O TCE já aplicou penalizações contra o ex-prefeito. No caso da Polícia e do MPE, ambos desfecharam a Operação Cosa Nostra em maio de 2012. Houve ampla investigação policial sobre contratos suspeitos realizados pelo Instituto de Aposentadoria, Hospital Centenário, secretaria de Obras e secretaria de Compras. 92 empresas que fornecem para a prefeitura também são investigada. Vannazi foi prefeito por duas gestões. Entre outras obras faraônicas, deixou para o sucessor um edifício luxuoso onde alojou a sede da prefeitura. Só a sala de reuniões possui 43 lugares. Ali, o prefeito do PT poderia abrigar o ministério completo de Dilma. 

. Ninguém consegue explicar por que razão a Operação Cosa Nostra não caminha, mas os adversários de Vannazi acham que isto se deve a uma decisão política do seu correligionário, o governador Tarso Genro. Todos os atos policiais e judiciais são mantidos sob segredo total, apesar da gravidade dos acontecimentos. Em casos semelhantes, o governador Tarso Genro usou de dureza incomum e promoveu ampla investigação. 

CLIQUE AQUI para examinar reportagem de 2012 da RBS TV, noticiando o encerramento da primeira página das investigações. Depois disto, o assunto sumiu do noticiário.
CLIQUE AQUI para examinar relatório do TCE sobre malfeitorias no Hospital Centenário durante o governo Vannazi. 

Prefeito Andress denuncia gastos milionários de Ary Vannazi na Famurs. Só com propaganda foram R$ 1,8 milhão em um ano.

Andress (à direita) denuncia Vannazi por gastos milionários com propaganda, o que ajudou a abrir rombo de R$ 957,3 mil na Famurs, em apenas um ano. 



Ao completar o balanço dos primeiros meses da sua gestão na presidência da Famurs, o prefeito de Santo Ângelo, Valdir Andress, PP, reuniu os membros do seu conselho para reclamar da desordem administrativa com que lhe entregou o cargo o ex-prefeito de São Leopoldo, Ary Vannazi, PT.

. A Famurs representa os prefeitos do RS.

. O rombo deixado por Vannazi foi de R$ 957,3 mil.

. A auditoria feita sobre a gestão do ex-prefeito do PT apontou gastos milionários com publicidade e pessoal, o que desequilibrou as contas da gestão 2012/2013.

. Apenas com publicidade a Famus gastou R$ 1,8 milhão em um ano. O valor é o que gasta a Assembléia durante período igual. Trata-se de um valor enorme para uma entidade que representa os prefeitos gaúchos e que a rigor nem tem por que anunciar.

Danilo Gentili, no Face: "Ao concordar com os crimes dos mensaleiros, PT virou instituição criminosa"

O humorista Danilo Gentili publicou na timeline de sua página no Facebook, severas críticas ao PT, gerando grande repercussão

As críticas de Gentili:

1) Quando ficou comprovado todo esquema de corrupção, o PT, diferente de outros partidos, não expulsou Genoíno, Zé Dirceu, Paulo Cunha, Delúbio e cia. Ao contrário. Abraçou-os ainda mais. Se esses caras são criminosos condenados pela Justiça e ainda são membros do PT, significa que o PT concorda com os crimes desses caras, admite criminosos entre seus membros e portanto é uma instituição criminosa. A juventude do PT fez um jantar para arrecadar fundos para os mensaleiros. Eles amam ou não esse caras que cometeram crimes contra você? Após a prisão, o próprio Lula ligou pros caras e disse: “Estamos Juntos”. Ele é ou não um comparsa? Você vai engolir isso?
2) O sentimento de vergonha alheia ao ver Dirceu com sorriso amarelo e Genoino quase se cagando tentando manter a dignidade (coisa que não conseguiu) ao fazer aquele gestinho comunista patético.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Servidores do Detran do RS decretam greve para o dia 2 de dezembro

Reunidos em assembléia ainda há pouco no Ritter Hotel, Porto Alegre, os servidores do Detran do RS acabam de decretar greve geral para o dia 2 de dezembro.

COMPRE E LEVE NA HORA
200 rótulos de cervejas artesanais de várias partes do mundo
BIER MARKT SHOP, mezanino da loja Espirito Santo, Porto Alegre. Também 4 torneiras de chope para degustar na hora.
Vá lá e se abasteça. 10h as 21h.
Rua 24 de Outubro 513. Fone 3208.2300.
www.biermarkt.com.br

Greenghalgh desmente governo Dilma: "Genoíno cuspiu sangue na prisão. Ele piora a olhos vistos"

Advogado Luiz Eduardo Greenhalgh, que defendeu presos políticos na ditadura e é filiado ao Partido dos Trabalhadores, contesta a nota oficial divulgada ontem a tarde pelo Ministério da Justiça sobre o estado de saúde de José Genoino, preso inicialmente em regime fechado na Papuda. "Não é verdadeira a nota oficial do MJ. José Genoino piora a olhos vistos. Hoje cuspiu sangue. Situação se agrava"; caso cria comoção entre os militantes do PT e tensiona a relação com o governo Dilma.

Ministro Marco Aurélio, STF, acha que chegou a vez de Lula

A ex-senadora Heloísa Helena já tinha chegado a conclusões terríveis sobre o papel que Lula jogou no Mensalão. Veja ao lado.



O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, disse acreditar que o ex-presidente sabia da existência do chamado mensalão, suposto esquema de compra de apoio parlamentar montado em sua gestão: "Eu não posso imaginar que alguém atilado como é o ex-presidente Lula, safo como eu disse, não tivesse conhecimento do que estava ocorrendo na República. Será que durante os oito anos [de mandato] ele delegou tanto a chefia do governo?"

. Nas redes sociais, desde sábado circulam milhares de posts, inclusive montagens com fotos do ex-presidente, cobrando investigações, ajuizamento de ação própria e prisão de Lula como o verdadeiro chefe do Mensalão.

OAB diz que projeto que reduz RPVs no RS é inconstitucional

O presidente da OAB/RS, Marcelo Bertoluci, reiterou na manhã desta terça-feira sua posição de que há  inconstitucionalidade no projeto de lei do governador Tarso Genro,  que propõe novas restrições ao pagamento de Requisições de Pequeno Valor (RPVs), reduzindo o limite de enquadramento de 40 para 10 salários mínimos. 

. Outro ponto criticado pela OAB-RS é o que visa possibilitar o depósito em folha de pagamento, por acordo entre as partes, sem a participação de advogado. 

Tarso faz comício para sindicalistas, critica empresários e anuncia aumento de 12,7% no piso salarial do RS

O governador Tarso Genro anunciou na manhã desta terça-feira o aumento de 12,7% no valor do salário mínimo regional. Com o reajuste, a primeira faixa salarial, que era de R$ 770, passa a ser de R$ 868. Além disso, foi anunciada a criação de uma quinta faixa salarial, para técnicos em nível médio – o valor do salário proposto para essa categoria é de R$ 1.100.

. Ao lado de Tarso Genro no Piratini, estavam apenas líderes sindicais, que pediam reajuste de 16,81%, com base na média de crescimento do país e do Estado nos anos de 2012 e 2013. Já as entidades empresarias pediam aumento de 5,83%, valor referente à inflação do ano.

. Subindo num palanque armado diante do Palácio pelos sindicalistas, Tarso Genro atacou os empresários:

- Eles criam problemas para meu governo, que apesar disto tem atendido suas demandas, mas são contra os impostos e contra os saques aos depósitos judiciais.

. Tarso Genro, ao contrário do que costuma fazer em assuntos de menor importância, não consultou o Conselhão, prestigiadíssimos por todas as entidades empresariais e por empresários de todos os segmentos da economia do RS.

. A proposta deve ser encaminhada para a Assembleia Legislativa ao meio-dia, onde precisa ser aprovada.
Confira como ficam os salários após o reajuste de 12,7%:

Faixa 1 - R$ 868,00
Faixa 2 - R$ 887,98 
Faixa 3 - R$ 908,12 
Faixa 4 - R$ 943,98 
Faixa 5 - R$ R$ 1.100 (faixa nova, para técnicos em nível médio)

Mesa poderá incluir projeto que proíbe novos Difa na votação de hoje da Assembléia do RS

Os comerciantes optantes do Simples no Estado devem ter hoje o que pode ser a última chance de ver a proposta para impedir a inserção da cobrança da chamada alíquota de fronteira na lei do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) votada este ano na Assembleia Legislativa. A mesa diretora da Casa decidirá na manhã de hoje se levará a plenário projeto baseado na proposta já aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), há duas semanas, que impede a retomada da cobrança. Em setembro, a AL aprovou decreto legislativo que tornou sem efeito um decreto do Executivo, de 2009, que previa a cobrança do diferencial de alíquota (Difa) para optantes do Simples, que implica 5% sobre os valores pagos por mercadorias adquiridas em outros estados ou do exterior. O decreto gera divergência. A Assembleia Legislativa garante a legalidade, mas a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) não reconhece a suspensão.

CDL de Porto Alegre avisa: "Não paguem a diferença do ICMS, o Difa"

Enquanto se arma mais um confronto, hoje, na Assembléia do RS, em torno da votação do projeto que impede novas leis sobre adicionais ao ICMS cobrado sobre produtos comprados fora do Estado, os lojistas vivem outro dilema. Apesar da orientação das entidades para que as empresas não paguem o imposto, dirigentes de diversas cidades apontaram que a posição da Sefaz de que a alíquota não perdeu a vigência gera temor sobre efeitos do não recolhimento, inclusive exclusão do Simples. 

.O presidente da CDL-POA, Gustavo Schifino, confirmou que a orientação é de não pagar ou quitar em juízo. Westphalen disse aos lojistas que o decreto tem sustentação jurídica. As entidades pediram ao Ministério Público que avalie medidas diante do que consideram desrespeito à decisão.

COMPRE E LEVE NA HORA
200 rótulos de cervejas artesanais de várias partes do mundo
BIER MARKT SHOP, mezanino da loja Espirito Santo, Porto Alegre. Também 4 torneiras de chope para degustar na hora.
Vá lá e se abasteça. 10h as 21h.
Rua 24 de Outubro 513. Fone 3208.2300.
www.biermarkt.com.br

Entrevista, Marcos Martinelli - É burro destruir alguém na televisão

Na entrevista que vai no link a seguir, o jornalista Marcos Martinelli conta em sete páginas da revista Press deste mês como é que migrou para a área de marketing político. Ele fez a campanha vitoriosa do prefeito José Fortunatti, mas antes disto já tinha participado da coordenação de campanhas no Brasil e na América Latina. Suas atividades como marqueteiro começaram em 89, na campanha de Mário Covas, primeiro turno, migrando para a campanha do PT no segundo turno, porque Covas não passou na prova. Em 1993 ele fez a caravana de Lula.

. Este ano, em função da campanha exitosa de José Fortunati, o jornalista gaúcho conquistou o chamado Oscar do Marketing Político, no caso o Prêmio Reed Awards Latino, em Miami, em agosto.

. Frustrações ? Apenas o senador Lindenbergh Farias, PT, que não pagou o que devia. “É um safado”, avisou.

. O editor recomenda vivamente a leitura das 7 páginas da Press, editada pelo jornalista gaúcho Júlio Ribeiro.

. A reportagem para link foi copiada pelo editor no slideshare. Para ver melhor, basta expandir, clicando no ícone da extrema direita do pé da página inicial.

CLIQUE AQUI para ler. 

Adesistas ameaçam com dissidência caso Vieira da Cunha saia candidato pelo PDT

Convencidos de que serão novamente derrotados na luta interna do PDT, as principais lideranças adesistas ao governo estadual do PT do RS continuam manobrando para a impedir a escolha do deputado Vieira da Cunha e do jornalista Lasier Martins, que disputarão o governo e a vaga do Senado.

. Os secretários que ocupam cargos no governo e seus aliados externos, como são os casos da deputada Juliana Brizola e do ex-deputado Carlos Araújo, desenvolvem três tipos diferentes de ações diferentes para favorecer a candidatura de Tarso Genro:
1) Adiar a pré-convenção do dia 7 de dezembro, manobra que esbarrou no gabinete do presidente do Partido, Romildo Bolza Júnior.
2) Lançamento de candidatura própria, que pode ser a do ex-deputado Aldo Pinto.
3) Criação de um caso de comoção interna, capaz de justificar uma dissidência.

. Os aliados do deputado Vieira da Cunha, que foram surpreendidos com proposta aprovada pela Executiva, no sentido de garantir voto secreto na pré-convenção, voltaram atrás e querem voto aberto. O voto fechado só favorece os interesses do governador Tarso Genro, uma vez que admite traições de toda ordem.

. A ala tarsista do PDT ameaçou abandonar a pré-convenção, caso o voto secreto seja derrubado.