Partidos evitam votação da Lei da Copa para obrigar o governo a votar antes o Código Florestal

A jornalista Nathalia Passarinho, do portal G1, informou esta noite que a maioria dos partidos da base aliada se recusou a votar nesta quarta-feira a Lei Geral da Copa no plenário da Câmara, o que levou a uma nova derrota do governo no Congresso. A aprovação do texto sobre as regras do Mundial de 2014 é uma das prioridades para o governo federal na Câmara. Agora, a tentativa dos governistas será votar o projeto na próxima semana.

. Liderados pelo PMDB, segunda maior bancada da Câmara e maior aliado do governo, e pelo DEM, partido de oposição, PR, PDT, PSD, PT do B, PSC, PMN, além do PSDB e do PPS, disseram que não votarão a proposta da Lei Geral enquanto não for definida uma data para a votação do Código Florestal.

PMDB derrota Dilma na Câmara: presidente não pode mais demarcar terras qulombonas, indígenas e de preservação

O PMDB votou maciçamente contra o governo na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara e comandou a aprovação da proposta de emenda constitucional tirando poderes do presidente da República para demarcar terras indígenas, áreas de preservação ambiental e regiões de quilombolas.

Os votos do PMDB foram fundamentais para a aprovação do projeto. A resistência governista foi feita pelos deputados do PT, do PCdoB, do PSB, do PV e do PSOL. Em número menor, esses partidos tentavam, desde a semana passada, impedir a votação. Os demais partidos da base ficaram divididos e a oposição votou contra o governo.

"Comissão assassina. Assassinos", entoou um grupo de índios presente na sala da CCJ, assim que o presidente da comissão, Ricardo Berzoini (PT-SP), anunciou o resultado. Apesar do tumulto no final da reunião, a votação do projeto foi concluída com 38 votos a favor e 2 votos contrários. Os demais deputados que não queriam a aprovação da proposta entraram em obstrução, portanto não votaram, em uma última tentativa para derrubar a reunião.

Pelo projeto, o Executivo não poderá mais fazer demarcações das terras. Essa decisão ficará por conta dos parlamentares por meio de projeto de lei, aprovado por maioria simples. Depois da CCJ, a proposta de emenda constitucional seguirá para votação em comissão especial e no plenário.

* Clipping www.ig.com.br

ENTREVISTA - Porto Alegre é uma cidade de serviços e precisa investir mais neste setor

Newton Braga Rosa, secretário municipal de Inovação

Qual é o perfil econômico de Porto Alegre?
Serviços, claro. A capital tem fatia igual a 25% do bolo do Estado neste setor. É muito mais do que a sua participação no PIB estadual, que é de 17,5%.

Isto significa alguma coisa para o futuro?
Que a cidade precisa investir mais pesadamente em design, moda, gastronomia e tecnologia. Porto Alegre tem irresistível vocação para inovação de base tecnológica.

Por que razão?
São os vetores para o desenvolvimento econômico e social da cidade, mais de acordo com o mundo da civilização pós-industrial, que é a que decide a riqueza moderna.

Estas mudanças são recentes?
Nem tanto, porque ocorrem desde o início da década de 70.



coletiva do mpf de 5 de agosto:
estava em canela, de volta de uma viagem a são paulo de alguns dias, e de canela durante todo o dia dei entrevistas para que a população votasse na Consulta Popular, grande sucesso junto às comunidades e os prefeitos desde que o secr. celso bernardi e os conselhos regionais acertaram entre si e junto com os outros secretarios eu banquei pagar não apenas as centenas de projetos do passado, que mesmo votados não tinham sido honrados, uma parte cada ano, mas também uma parte com novos projetos decididos regionalmente e sempre honrados no ano seguinte, e volumes sugnificativamente crescentes.
foi sempre assim: a cada anúncio importante, a cada fato relevante, a cada agenda significativa do governo, sobrepunham com uma "coletiva" - e não foi diferente nesse dia. recebi um bilhete enquanto dava uma entrevista  sentada no escritório do palácio das hortênsias, dizento: "o mpf convocou uma coletiva para daqui a meia hora". novidade. surpresa. eu escrevi no bilhete "sobre o que" resposta "sobre o detran" e eu disse, "ah, tudo o que for sobre o detran é a meu favor." isso porque dali a algumas semanas entraria em vigor o "novo detran", saindo da fundae dos serviços prestados por tanto tempo, e entrando os novos funcionários públicos concursados e treinados na nova carreira que criamos, com diminuição significante no preço das carteiras.
(isso acabou acontecendo no dia 14 de outubro de 2009. "Coincidentemente" quando o tal de MPC, ou seja, o indivíduo Da Camino, praticamente anulou a notícia da grande transformação porque pediu NAQUELE DIA inspeção extraordinária do TCE para investigar compras na casa da governadora. saempre assim.)
bem, minutos depois chega outro bilhete durante outra entrevista "eles estão pedindo à juiza de Sta Maria que a sra. seja apeada do cargo, seus bens bloqueados, e uma AIA-ação de improbidade administrativa que, diziam, estava sendo protocolada naquele minuto em sta maria." não estava, se viu depois. tudo açodado.
cancelei as demais entrevistas e disse "imediatamente para porto alegre, avise os pilotos. do piratini não saio e dali ninguém me tira. é golpe". na minha cabeça veio o brizola e o movimento de 1961 pela legalidade. não, golpe não, de novo não. e a partir de uma instituição acreditada como o mpf!!! que golpe!!!
chegando a poa, direto ao piratini, reuni alguns secretários e disse "daqui por diante tenho que ter quem fale por mim, enquanto eu governo o estado". chamei então o advogado especializado em AIA, que tinha sido do MPE, Fabio Medina Osorio, e pedi que fosse meu advogado naquele caso para tudo o que precisasse, enquanto as instituições do governo faziam a sua parte institucional, como a PGE. tive um resumo do que foi a coletiva, convoquei outra imediatamente, frente a toda a imprensa denunciei que haviam passado de todos os limites, mas que estava constituindo comko cidadã advogado para o que fosse pertinente. há apenas alguns dias do criminoso ataque no portão da minha casa, o que era isso senão golpe... disse na coletiva que a população ficasse tranquila que havia governo e governadora, apresentei o dr. fabio medina, que respondeu a todos na coletiva, enquanto fui dar continuidade à reunião com secretários para avaliar o quadro. avisei a eles "aviso: em mim baixou o brizola, golpe não".
se eu tinha alguma dúvida sobre como deveria agir frente a tão violentos e contínuos ataques, aquela coletiva me tirou todas. tinha que resistir, em nome da democracia e honrando os votos que recebi para fazer o governo que estava fazendo.
quem sabe tenha sido o fato que mais no meu íntimo me fortaleceu, exatamente porque o método (coletivas e ataques como o do portão de casa, as campanhas por outdoors,) e o conteúdo (repetitivas acusações nunca comprovadas em nada) ficaram finalmente explícitos em toda a sua dimensão, a dimensão de golpe. não restava mais nenhuma dúvida. então pronto, era persisitr e resistir, com transparência em tudo.
com o amparo institucional de 6 procuradores do mpf, não havia como não acontecer o que era tentado desde o começo do ano: conseguir as assinaturas para mais uma cpi sobre o mesmo, e mais uma tentativa de processo de impeachment. só que agora a presidência da assembléia estava na mão de um deputado do pt. pensei "bem, agora é ver, pois eles irão se mostrar". não deu outra. novo capítulo da tentativa de golpe estava sendo escrita. mas para quem acredita na força da democracia, era um portentoso desafio. foi.
na assembléia, um tumulto. no palácio, visitas, algumas de olhos arregalados, e com os secretários decidimos como levar o dia seguinte. que seria uma quinta-feira, dia já tradicional de "entrega de convites" pela tarde, quando eu abria o palácio para receber uma a uma, no salão, as comitivas que vinham para fazer um convite especial, ou entregar os frutos do trabalho como cestas e livros escritos. seria mantido. e foi. mas pela manhã, percorri por entrevista as principais rádios para dizer o estado e ao país que a normalidade prevalecia, e que essa política de ataques e tentativa de desmoralização do governo teria que ter um basta. pelo bem do rio grande. denunciei sim a tentativa de golpe. busquei a opinião dos outros poderes. não permiti que o silêncio prevalecesse e, com ele, qualquer medo. afinal, as investigações continuariam seu curso, não havia nada de novo na AIA, nenhuma denúncia nova. e continuei a governar um governo com múltiplas iniciativas e realizações a cada dia. como o anúncio de grandes investimento como a duplicação da fábrica da GM em gravataí, apesar da gigantesca crise mundial.
dos outros, era esperar.

Bancos fazem projeções mais pessimistas sobre a economia brasileira

As projeções e expectativas da Febraban (Federação Brasileira de Bancos) para a economia brasileira pioraram bastante neste final de março, porque os indicadores tabulados pela equipe do economista-chefe Rubens Sardenberg apontam para um crescimento econômico (PIB) de apenas 3,3% para este ano, portanto ligeiramente inferior aos 3,4% previstos em janeiro, que foram de 3,4%.

. Se você examinar todas as tabelas que vão no link a seguir e que foram divulgadas nesta quarta-feira no Rio, será possível perceber que a projeção sobre o PIB baseiam-se em expectativas pessimistas para o desempenho da agropecuária (3,3%), mas sobretudo da produção industrial (2,6%). Apenas o setor de serviços puxará o PIB para cima (3,6%, contra 3,5% em ujaneiro).

. A inflação medida pelo IPCA poderá ficar ligeiramente abaixo dos índices de 2010 (5,9%) e 2011 (6,5%) situando-se na casa dos 5,3%.

. Os economistas da Febraban apostam em dólar a R$ 1,76 na média deste ano.

. O editor leu todo o trabalho e quer destacar a análise sobre os reflexos do cenário externo no interior da economia brasileira, conforme está ali descrito, ao replicar o tom do que avalia o Banco Central, que capturou este sentimento majoritário do mercado:
- É mantida a avaliação de que a melhoria no cenário europeu apenas afasta o risco de ruptura da zona do euro, mas não reverte a perspectiva negativa para o desempenho da economia mundial para o curto e médio prazos.

CLIQUE AQUI para examinar as tabelas.

Usina eólica de R$ 250 milhões será inaugurada dia 5 em Tramandaí

Será dia 5 de abril a inauguração da usina eólica de 70 MW que o grupo português construiu em Tramandaí, RS, no qual investiu R$ 250 milhões. Na área operam 31 aerogeradores.

. Dilma Rousseff foi convidada para a inauguração.

. Este é o maior parque eólico individual do Estado. O grupo espanhol Enerfin, de Osório, produz 150 MW, mas através de três parques eólicos.

Leandro & Stormer – a maior comunidade de Traders do Brasil!
Nos últimos 10 anos a Leandro& Stormer já preparou mais de 20.000 alunos em 40 cidades do Brasil para investir na Bolsa de Valores. São especialistas em educação para investidores e mantem hoje a maior comunidade de traders do País. O Programa de Formação de Investidores no Mercado de Ações da Leandro& Stormer prepara você para iniciar a sua atuação como investidor na Bolsa de Valores ou tornar-se um trader profissional. Acessehttp://www.leandrostormer.com.br/ e confira! 

Lara manda Dalton Pastore para falar no almoço da Abap

Luiz Lara não virá nesta quinta-feira a Porto Alegre e mandou em seu lugar o presidente do Conselho Superior da Abap e do ForCom (Fórum da Indústria de Comunicação). Dalton Pastore é quem falará no primeiro almoço do ano da Abap, no Plaza.

. A ideia é tocar uma conversa sobre o cenário deste momento da propaganda brasileira.

Índice de Desenvolvimento Socioeconômico no RS mostrou crescimento no Estado em 2009

O Estado do Rio Grande do Sul apresentou elevação do  Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese) dos municípios, dos Coredes, das microrregiões, das mesorregiões e do Estado do Rio Grande do Sul, referentes ao ano de 2009. Além disso, foram atualizados os dados de 2008. Em 2009, foi alcançada a marca de 0,776. Esse número está 0,5% acima daquele registrado em 2008 (0,772) e confirma um novo recorde histórico do Idese, que, desde 2000, apresenta melhoria contínua (incremento médio de 0,5% ao ano.). Os dados foram divulgados hoje (21)  pela Fundação de Economia e Estatística. A fundação também apresentou um levantamento dos 10 municípios que mais cresceram e dos dez que tiveram redução no crescimento do índice.

. O bloco Educação é o principal destaque do Idese de 2009, tendo registrado uma elevação de 2,1% (0,870 frente a 0,853 em 2008). Dentro desse bloco, o indicador que mais contribuiu positivamente foi a taxa de atendimento ao ensino médio, que se elevou em 15,8% entre 2008 e 2009. Taxa de abandono e taxa de analfabetismo também foram indicadores que apresentaram variação positiva: 0,3% e 0,4% respectivamente. Taxa de reprovação foi o único elemento com variação negativa (-0,4%).

. Outro índice positivo foi a  Saúde, que registrou crescimento de 0,5% entre 2008 e 2009 (0,846 e 0,850 respectivamente). O indicador que mais contribuiu foi o percentual de crianças com baixo peso ao nascer, que teve uma melhora de 1,1%. O indicador taxa de mortalidade de menores de cinco anos também melhorou (aumento de 0,4% no indicador). Já a expectativa de vida manteve-se estável no período.
.Com relação ao bloco Renda, houve uma retração de 0,8% (0,813 em 2009, quando, em 2008, o número era 0,819). Dentre as duas variáveis que compõem esse bloco, a geração de renda (PIB per capita paridade do poder de compra) apresentou ligeira elevação (0,2%), enquanto a apropriação de renda (VAB do comércio, alojamento e alimentação) registrou queda de 1,8%.

. Por fim, o bloco Saneamento e Domicílios, que apresentava um índice de 0,570 em 2008, fechou 2009 com 0,569 (variação de -0,2%). Essa retração deu-se em função de um aumento, ainda que pequeno, da média de moradores por domicílio. Cabe mencionar-se, no entanto, que esse movimento acabou por afetar pouco o resultado final do Idese para o Estado como um todo.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Empresa pioneira em cetificação Digital no RS terá nova sede em Porto Alegre

A Safeweb, pioneira em certificação digital no Rio Grande do Sul iniciou a construção de sua nova sede em Porto Alegre numa área total de 1.250m², no bairro Santana.

.A empresa, em 2005, tornou-se a primeira Autoridade de Registro credenciada pela ICP-Brasil para a emissão de certificados digitais no Estado. Hoje, conta com 95 postos de atendimento no RS e mais 11 estados brasileiros

. O prédio apresentará características sustentáveis, que priorizam a reutilização dos recursos naturais, como a captação da água da chuva para uso nos banheiros e da luz solar para a iluminação dos ambientes, que será transmitida através da fibra ótica.

Atividade industrial brasileira e criação empregos voltam a cair

A atividade da indústria brasileira mostrou contração pelo sexto mês consecutivo em fevereiro, de acordo com a pesquisa Sondagem Industrial, divulgada hoje pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Os empresários das regiões Sul e Sudeste são os menos otimistas. Enquanto o ICEI no Sul marcou 56,8 pontos, o do Sudeste foi de 56,4 pontos em março. Já os empresários nordestinos são os mais otimistas. O ICEI da região Nordeste atingiu 62,9 pontos em março ante 61,7 pontos em fevereiro. É seguido pelo índice da região Norte, que registrou 59,7 pontos, e do Centro-Oeste, que assinalou 59,1 pontos.

.O ICEI de fevereiro foi calculado com base em entrevistas com 2.304 empresas entre 1º e 14 de março, das quais 829 de pequeno porte, 880 médias e 595 de grande porte.

.A UCI efetiva-usual, conceito que leva em conta a comparação com a média do mesmo mês de anos anteriores, ficou em 42,9 pontos em fevereiro, mantendo-se abaixo da linha divisória de 50 pontos. Em janeiro, esse indicador registrou 41,7 pontos. Em fevereiro do ano passado, a taxa foi de 46,7 pontos.

.A pesquisa da entidade também revelou que o nível de emprego na indústria seguiu em contração em fevereiro. A leitura desse indicador passou para 48,3 em fevereiro, maior que os 47,1 em janeiro, mas ainda abaixo de 50. Números acima desse nível indicariam expansão do emprego.

Artigo - "O horário de verão terminou: valeu a pena?"

Donarte Nunes dos Santos Júnior 
(Publicado no Jornal do Brasil)

Embora a ideia de Horário de Verão (HV) tenha sido especulada por Benjamin Franklin (1706-1790), que propunha que as pessoas se levantassem mais cedo durante o verão, e, muito embora o astrônomo neozelandês George Hudson (1867-1946) tenha apresentado, em 1895, por escrito, uma proposta à Royal Society da Nova Zelândia, o verdadeiro pai da ideia foi o construtor inglês William Willett (1856-1915).

 Os argumentos utilizados por Willett eram os seguintes: (i) mais tempo para o lazer, (ii) menor criminalidade e (iii) redução no consumo de luz artificial. William não chegou a ver a sua ideia sendo posta em prática, e o primeiro país a efetivá-la foi a Alemanha, em 1916. Muitos países seguiram os germânicos, pois a economia de carvão, principal fonte de energia da época, era necessária em virtude da Primeira Guerra Mundial.

O Brasil adotou a então chamada “Hora de Economia de Luz no Verão” em 1931. Em 1963 ela viria a ser chamada de “Hora de Verão”, e, finalmente, de “Horário de Verão” em 1964, passando a ter caráter permanente após o decreto no 6.558 de 8 de setembro de 2008.

Tanto Hudson quanto Willett tinham razões geográficas para acreditar em suas ideias. Londres tem latitude norte de 51° 30? 28?, enquanto Wellington tem latitude sul de 43° 31' 48". Ambas as capitais, respectivamente, estão em latitudes superiores aos Trópicos de Câncer e Capricórnio (23º 27').

CLIQUE AQUI para ler o texto completo.

Fecomércio divulga amanhã resultados da Intenção de Consumo das Famílias gaúchas

A Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do RS (Fecomércio-RS) divulga nesta quinta-feira (22) os resultados da pesquisa de Intenção de Consumo das Famílias gaúchas (ICF-RS) referentes ao mês de março. A pesquisa é realizada pela Confederação Nacional do Comércio (CNC).

.O ICF-RS será disponibilizado pela manhã, a partir das 8h30min, na Agência de Notícias Fecomércio (www.agencia.fecomercio-rs.org.br ).

Porto Alegre sedia conferência sobre transferência de renda na América Latina

Acontece nesta quarta-feira, 21 de março, às 17h30min no auditório do prédio 50 do Campus da PUCRS de Porto Alegre, conferência sobre “Transferência de renda na América Latina : nova lógica de controle e manutenção da pobreza”.

.A atividade é promovida pelo Departamento de Economia da Faculdade de Administração, Contabilidade e Economia da Universidade (Face), com entrada é franca.

Empresa de automação investe em segurança no RS

A empresa DN Automação inaugurou uma divisão específica para segurança eletrônica em Porto Alegre, onde a meta é faturar R$ 3 milhões ainda este ano. A projeção da empresa e que o faturamento geral chegue a R$ 143 milhões, contra os R$ 130 milhões faturados em 2011.

 .Com a divisão de segurança, o plano é repetir no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, o sucesso da divisão mantida para o setor na filial do Rio de Janeiro, que atualmente gera receita anual em torno de R$ 10 milhões.

 . O público-alvo serão instaladores e empresas de segurança e vigilância, além de revendas de informática e automação que atuem nestas áreas.

. Com filiais próprias em São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Bahia e Minas Gerais, a DN oferece um leque de produtos que engloba desde coletores de dados a computadores touch screen, passando por placas fax/modem, displays, impressoras de cheques, código de barras e cupons fiscais e não fiscais, entre outros.

Orçamento Participativo de Porto Alegre ganha página no Facebook

A Prefeitura de Porto Alegre inova ao criar no Facebook uma página exclusiva para a promoção e discussão do Orçamento Participativo 2012.

. Com o crescimento vertiginoso dessa rede social, que já conta com mais de 31 milhões de usuários no Brasil, o OP ganha visibilidade e pode despertar o interesse dos jovens, normalmente alienados, mas que são a grande maioria dos usuários do Facebook.

. O endereço da página do OP é http://www.facebook.com/opportoalegre . É preciso estar conectado à rede para acessá-la.

Leandro & Stormer – a maior comunidade de Traders do Brasil!
Nos últimos 10 anos a Leandro& Stormer já preparou mais de 20.000 alunos em 40 cidades do Brasil para investir na Bolsa de Valores. São especialistas em educação para investidores e mantem hoje a maior comunidade de traders do País. O Programa de Formação de Investidores no Mercado de Ações da Leandro& Stormer prepara você para iniciar a sua atuação como investidor na Bolsa de Valores ou tornar-se um trader profissional. Acessehttp://www.leandrostormer.com.br/ e confira! 

Fronteira gaúcha receberá R$ 20 milhões para combate a crimes

O Diário Oficial da União informa na edição desta quarta-feira que o Rio Grande do Sul receberá R$ 20 milhões para serem investidos no combate a crimes em regiões de fronteira. O dinheiro virá do orçamento da Secretaria Nacional de Segurança Pública.

. A intenção é focar as ações no tráfico de pessoas, armas e drogas, lavagem de dinheiro e corrupção.

Projetos de lei da oposição foram todos rejeitados pela base aliada na votação desta terça

Ao retirar-se do plenário da Assembleia Legislativa antes da votação do reajuste do magistério, a oposição cometeu um erro: projetos de sua autoria que também integravam a pauta desta terça-feira, foram sistematicamente rejeitados pela base aliada.

. O mais indignado é o Deputado Frederico Antunes (PP). Ele propunha criar uma comissão parlamentar para acompanhar a evolução do projeto de lei que tramita na Câmara Federal, que permite a criação de free shops nas cidades de fronteira brasileiras. Sem a defesa da proposta, os aliados votaram “não”.

. Perdem Santana do Livramento, Uruguaiana e Chuí, que há muito pleiteiam o direito de terem free shops para atrair turistas uruguaios e argentinos. Mas perde também o PT, já que a lei, de 2009, é de autoria do hoje presidente da Câmara dos Deputados, o petista Marco Maia.

Deputado Miki Breyer diz que reajuste aprovado é problema e insiste em continuar o debate sobre o piso

As dificuldades que o PSB vem enfrentando em conquistar espaço no governo Tarso Genro, com a não nomeação de CCs indicados pelo Partido, começa a se refletir nas manifestações públicas de seus líderes.

. O deputado estadual Miki Breyer postou no Twitter: “O reajuste de 23,51% não pode ser considerado ruim. O problema é que está distante de atingir o valor do piso nacional. O debate deve continuar”.

Herdeira política da família Crusius faz cobrança de promessas eleitorais dos governos petistas

Tarsila, promessa de herdeira política do clã Crusius, compensou o silêncio de sua mãe, Yeda, nas redes sociais, sobre a votação do piso do magistério, e em seu Twitter fez um balanço das promessas não cumpridas pelo lulo-petismo.

. A linhas tantas, pergunta: “Os professores que protestaram na AL, realmente acreditaram no então candidato Tarso Genro quando ele prometeu que pagaria o piso? Alguém acreditou mesmo que o Tarso iria cumprir a lei do piso?

Casa da ex-governadora Yeda Crusius volta a ser notícia. Agora, nas páginas policiais

A casa da ex-governadora Yeda Crusius voltou aos noticiários. Desta vez, porém, o motivo são as seguidas e barulhentas festas promovidas pelo novo inquilino, o atacante colorado Jô, a quem Yeda alugou a residência, em 2010.

. Já são quatro ocorrências registradas pelo 11º Batalhão da Brigada Militar envolvendo o jogador. A última foi na madrugada desta terça-feira. O boletim lavrado pela BM utiliza expressões como “gritaria”, “algazarra” e “som alto”.

. Para os vizinhos da rua Araruama, era bem mais tranquilo na época em que era Yeda quem morava ali. O máximo de barulho que haviam eram de protestos do Cpers. E durante o dia.

Varejo vai a Tarso reclamar da obrigatoriedade de declaração da GIA-SN

Líderes da indústria e varejo, estarão reunidos com o Governador Tarso Genro, nesta quinta-feira (22) para manifestar sua insatisfação quanto a obrigatoriedade de entrega da Guia Mensal de Apuração do Diferencial de Alíquota e da Substituição Tributária de Contribuintes do Simples Nacional (GIA - SN). Presentes o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS) e SEBRAE-RS, Vitor Augusto Koch, Fecomércio, Zildo de Marchi, Fiergs, Heitor José Müller e Federasul, José Paulo Dornelles Cairoli.

. A nova lei, aprovada no final de 2011, obriga o empreendedor a realizar uma declaração de toda a movimentação de estoque, mensalmente. Esta declaração já existia, mas era efetuada anualmente. Passados três meses a partir da inovação, os beneficiados pelo Simples Nacional relatam um prejuízo de tempo e de dinheiro, pois a iniciativa representa uma grande mudança sistemática de trabalho da micro e pequena empresa e requer o aumento expressivo de recursos destinados às empresas contábeis.Eis o que diz Victor Koch:
- A lei do Simples Nacional deve entrar em pleno vigor no Rio Grande do Sul, em seu principio de simplificação do processo e facilitação da gestão da empresa, bem como da operação fiscal. O pequeno empresário não deve perder tempo em uma série de implicações que estão se criando, mas sim manter o foco no desenvolvimento da sua empresa. Precisamos que o Governo Estadual revogue esta medida.

.O Decreto 48.752, que determina a obrigação, alterou a Constituição do Estado em 29 de dezembro de 2011. A nova redação passou a valer a partir de 1º de janeiro de 2012, e se aplica.

Roberto Jefferson volta a atacar e revela tensões no casamento entre Paulo Bernardo e Gleise Hofmann.

- A nota a seguir é do blog de Roberto Jefferson, presidente do PTB. A mensagem parece cifrada, mas é óbvio que o casal a que se refere o ex-deputado é constituído pela dupla Paulo Bernardo-Gleise Hoffman. Este é um caso de amor ao contrário, bem diferente do devastador romance que protagonizaram dois ex-ministros de Collor.

Nitroglicerina pura 

Cresce na Esplanada dos Ministérios e na Praça dos Três Poderes o burburinho sobre a briga de um casal importante, que se encontra em pé de guerra depois que foi descoberto um caso tórrido mantido pelo marido, com direito a gravidez e tudo. Dizem as más línguas que a chefe maior de todo o staff palaciano teria exigido que o casal mantivesse as aparências, e que não se separasse por enquanto, evitando um escândalo justo no momento em que a base se encontra rebelada. Detalhe: a mulher do casal tem um jeitinho de Hillary Clinton.  Postado por Roberto Jefferson às 10:17  

CLIQUE AQUI para ler

Paraibanos participam de feira do calçado no Rio Grande do Sul

O Gira Calçados, um evento que agrupa showroom, rodadas de negócios e seminários, foi  lançado nesta quarta-feira em Novo Hamburgo. A intenção dos paraibanos é tentar entrar no mercado gaúcho e conhecer as potencialidades do nosso Estado, que é um dos principais polos calçadistas do Brasil.

. A Paraíba é o terceiro pólo coureiro calçadista do País, perdendo apenas para o Rio Grande do Sul (região de Novo Hamburgo) e para o Estado de São Paulo (região de Franca). Mas no ano passado, o Estado foi o segundo maior exportador de calçados do Brasil, com mais de 21 milhões de pares.

Leandro & Stormer – a maior comunidade de Traders do Brasil!
Nos últimos 10 anos a Leandro& Stormer já preparou mais de 20.000 alunos em 40 cidades do Brasil para investir na Bolsa de Valores. São especialistas em educação para investidores e mantem hoje a maior comunidade de traders do País. O Programa de Formação de Investidores no Mercado de Ações da Leandro& Stormer prepara você para iniciar a sua atuação como investidor na Bolsa de Valores ou tornar-se um trader profissional. Acesse http://www.leandrostormer.com.br/ e confira! 

Aprovação do projeto de reajuste de 23,51% ao magistério comprovou o que já se sabia: a palavra de Tarso não vale nada

Em setembro de 2010, o Cpers elaborou e distribuiu um folder intitulado “Carta-compromisso: resposta dos candidatos ao governo do Estado”, contendo as promessas de campanha de quatro dos pretendentes ao cargo daquele pleito: Tarso Genro (PT), Júlio Flores (PSTU), Pedro Ruas (PSOL) e Montserrat Martins (PV).

. Nele, o candidato petista explicitava suas pretensões: “Manteremos os atuais planos de carreira de professores e funcionários; reconhecemos o Piso Nacional Profissional do Magistério como vencimento básico da carreira e assumimos o compromisso de criarmos as condições financeiras necessárias para o pagamento do mesmo”.

. Uma vez eleito, com o apoio explícito do Cpers, Tarso teria a oportunidade de mostrar que sua palavra valia alguma coisa. Mas no dia de ontem, sua própria base de apoio confirmou que suas promessas eram falaciosas.

CLIQUE AQUI ou na imagem para ver o compromisso assumido por Tarso.

Organização multinacional revela que jovem da região Sul é mais empreendedor e mais preparado

Conforme uma pesquisa realizada por uma multinacional que promove empreendedorismo, os jovens do Sul estão entre os que buscam melhor preparação. Cerca de 29% dos potenciais empreendedores passaram por algum curso de preparação no País. No Sul, esse número sobe cinco pontos percentuais.  O percentual está um ponto acima da média nacional. Cerca de 52% dos estudantes da região responderam "sim" quando questionados “se pensavam em se tornar empreendedores”, maior do que os 48% dos estudantes de todo o país. 

.Mais de 58% dos jovens estudantes foram identificados como potenciais empreendedores nos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A média também está acima da nacional, que é de 57%.

.Os jovens do Sul, além disso, estão entre os que buscam melhor preparação. Cerca de 29% dos potenciais empreendedores passaram por algum curso de preparação no país e, no Sul, esse número sobe cinco pontos percentuais.

- O retrato do jovem empreendedor no Brasil foi mapeado pela Endeavor, organização multinacional sem fins lucrativos, presente em 11 países. A pesquisa realizada pela entidade demonstra que dois terços dos estudantes da região Sul já possuem negócio próprio ou gostariam de ter a sua própria empresa no futuro.

Porto Alegre muda seu perfil econômico

A cidade de Porto Alegre nasceu como um perfil comercial, bem diferente do resto do Estado, que era focado na produção de gado, charque e banha. Hoje começa a investir em design, moda, gastronomia e tecnologia. Conforme o secretário de Inovação de Porto Alegre, Newton Braga Rosa, novas áreas de investimentos transformam-se cada vez mais em vetores para o desenvolvimento econômico e social da cidade.

.O Secretário disse que Parques tecnológicos, que reúnem empresas com perfis de investimentos em mercados como o de biotecnologia e microeletrônica, são um exemplo disso.

. A Capital representa 25% da produção de serviços do Rio Grande do Sul, índice maior que a própria participação do município no Produto Interno Bruto (PIB) regional, que é de 17,5%.

 . A mudança de perfil aconteceu na década de 1960, quando  começou a se tornar uma cidade de comércio e serviços.

Golpe contra empresas via fax

O Procon Porto Alegre tem recebido dezenas de reclamações sobre contratos viabilizados por meio de fax referentes à publicidade em sites e listas telefônicas. O órgão alerta que isso é um golpe. Mais de 70 empresas já procuraram o órgão pedindo cancelamento do documento.

. O golpe consiste em um dos golpistas ligar para a empresa solicitando dados para atualização de cadastro em lista telefônica. Depois, enviam um fax para confirmação de dados e solicitam o nome do responsável e o número do CNPJ da empresa. Após, com as informações, chega novamente um fax, pedindo assinatura e devolução do documento. Dias depois, o empresário contatado recebe um boleto de cobrança bancária, referente a um contrato de prestação de serviços.

. Omar Ferri Júnior, diretor executivo do Procon, explica que tal contrato é inválido por vício de consentimento e é uma fraude, não devendo fazer qualquer pagamento.

Opinião do leitor - Ao contrário do que pensa ZH, só Tarso prometeu pagar o piso nacional para o magistério do RS

Zero Hora continua mistificando sobre o governo Yeda Crusius

A editora de Política do jornal Zero Hora, escreveu o seguinte na edição desta quarta-feira, analisando os entreveros da sessão de ontem da Assembleia e a votação do projeto que aumenta o salário dos professores, dando ênfase à questão do pagamento do piso nacional do magistério:

Como fazia o PT no passado, os oposicionistas de hoje não queriam saber de onde sairá o dinheiro para pagar a conta do piso. Diziam que, se Tarso prometeu e assinou a lei do piso, tem que cumprir. Que o governo não paga porque não quer e que está dando calote eleitoral. Mano Changes (PP) sugeriu que o piso seja pago com os royalties do pré-sal, como se esse dinheiro já existisse. Edson Brum (PMDB) indicou o dinheiro da CEEE, que é carimbado para obras estruturais.

Eu pergunto: houve algum "oposicionista" que tenha prometido piso para o magistério que nao fosse Tarso, que, aliás, assinou a lei junto com Lula, inclusive em relação ao uso do índice Fundeb ?

Eu só consigo lembrar de "oposicionistas" , como a Yeda, que SEMPRE disse que nao tinha como pagar o piso, ajuizou ADI no STF para pedir prazo e protocolou projeto na Assembléia para mudar o Plano de Carreira e com isto ajustar-se ao que mandou a lei. Além disto, só depois do acórdão do STF, agosto de 2011, a lei passou a valer com seu poder de império para o governo do RS.

Glauco Lessa Rodrigues, Porto Alegre, RS.