Os chineses do Construction Bank compraram nesta quinta o BIC

O BIC passou hoje ao controle do China Construction Bank.

Tarso empurra impostaço (mais 132,5%) sobre a água mineral, cujo preço subirá 25% nesta sexta-feira.

A charge ao lado está assinada e se encontra disponibilizada no Google.


CLIQUE AQUI para entender tudo sobre o impostaço, inclusive de que modo o governo do PT mudou os cálculos do ICMS. Você não lerá nada parecido noutro lugar. 



Aumento ocorrerá após decreto do governador Tarso Genro.

Entra em vigor nesta sexta-feira o decreto assinado pelo governador Tarso Genro que modifica a cobrança de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para a água mineral. A mudança pode resultar em um acréscimo de 20% a 25% no preço do produto para o consumidor final.

. O aumento muda o valor do preço médio para o cálculo da substituição tarifária. Segundo a Associação dos Fabricantes, o valor praticado até o momento é de R$ 3,50 para a bombona de 20 litros. O decreto prevê o valor de R$ 8,15, o que representa um reajuste de 132,85%. A medida vai na contramão do que os empresários desejam. Segundo eles, a Associação está lutando para que a água entre na cesta básica.

Governo Dilma Rousseff fecha setembro com bilionário rombo nas contas públicas

Influenciado pelo elevado rombo nas contas da Previdência Social, o governo central, formado pelo governo federal, Banco Central e Previdência Social, registrou déficit primário de 10,473 bilhões de reais no mês passado, o pior resultado para setembro em 17 anos, indicando risco ainda maior de descumprimento da meta para o ano. 

. A reportagem é do site www.veja.com.br Saiba mais:

Nos nove primeiros meses de 2013, a economia feita para o pagamento de juros acumula superávit de 27,943 bilhões de reais, informou o Tesouro Nacional nesta quinta-feira. O número é 49% menor do que o montante economizado em igual período do ano anterior.Com o péssimo resultado, o governo chega aos últimos meses de 2013 com risco iminente de descumprimento da meta ajustada de superávit primário, de 2,3% do Produto Interno Bruto (PIB).

. O principal dado ruim no mês veio da Previdência Social, que apresentou déficit de 11,763 bilhões de reais. O rombo foi provocado, entre outros fatores, pelo pagamento da segunda parcela do 13º salário aos aposentados e pensionistas do INSS.

CLIQUE AQUI para ver a tabela.

O agronegócio tem sido a salvação da lavoura para as exportações do Brasil

Neste comentário a seguir, o Estadão  demonstra de que modo as exportações agrícolas prosseguem em alta, o que demonstra o vigor do setor primário brasileiro, esteio da economia do RS, que tem lucrado muito com o aumento da produção e com os preços altos. No link, o editor também disponibiliza artigo do professor aposentado da Ufrgs, Porto Alegre, que é sociólogo, intitulado "Fadas, duendes e agricultura", no qual fala basicamente  sobre o amalucado Plano Nacional de Agroecologia.

. Leia tudo:

Ao contrário do que acontece com a indústria, que encontra dificuldades crescentes para manter o espaço que conquistou no mercado internacional, o agronegócio vem ampliando sua participação no comércio exterior e desempenhando um papel decisivo para evitar a deterioração ainda mais aguda das contas externas. Enquanto as exportações totais do País nos primeiros nove meses deste ano, de US$ 177,65 bilhões, registraram queda de 1,6% em relação às vendas externas do período janeiro-setembro de 2012, as exportações do agronegócio aumentaram 9,5%. De janeiro a setembro, o setor exportou US$ 78 bilhões, o que corresponde a 44% de tudo o que o País vendeu para o exterior no período.

Quanto às importações, embora elas tenham crescido neste ano também no agronegócio (total de US$ 12,67 bilhões nos primeiros nove meses), o aumento no setor, de 5,3% em relação a 2012, foi menor do que a expansão das importações totais, que alcançou 8,7%. Com esse desempenho, o agronegócio acumulou, no período, um saldo comercial positivo de US$ 65,33 bilhões. Mas, por causa do elevado déficit registrado por outros setores, a balança comercial acumulou um déficit de US$ 1,6 bilhão de janeiro a setembro (no ano passado, o resultado foi um superávit de US$ 15,7 bilhões).

As exportações do complexo soja (grão, farelo e óleo) alcançaram 40,6 milhões de toneladas, 28% mais do que em igual período do ano passado. Em média, o Brasil vem exportando cerca de 50% da safra de soja. As carnes (bovina, suína e de aves) ocupam a segunda posição entre os itens do agronegócio mais exportados pelo País.

Os agricultores e os pecuaristas continuam a apostar no aumento de sua produção e, claro, das exportações.

CLIQUE AQUI para ler o editorial do Estadão.

CLIQUE AQUI para examinar "Fadas, duentes e agricultura", de Zander Navarro. 

Safira, 10 unidades no RS, abriu loja-conceito no shopping Praia de Belas

Já abriu a primeira loja conceito da joalheria e ótica Safira do RS. O projeto montado no shopping Praia de Belas, Porto Alegre,  foi desenvolvido pelos arquitetos Mario Englert, Paulo Gustavo Menna Barreto e Mauricio Aurvalle. A Safira tem 10 lonas no Estado.

Missão de 18 ministros virou viagem de 2 ministras ao encontro desta sexta dos prefeitos do RS

Na semana passada, o governo de Dilma Roussef vazou para seus perdigueiros de Porto Alegre que mandaria 18 ministros ao RS nesta sexta-feira. Seria alguma coisa inédita na história deste País. Era tudo mentira.

As ministras Maria do Rosário (Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República) e Ideli Salvatti (Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República) vão a Porto Alegre (RS), nesta sexta-feira, para participar da cerimônia de abertura do Encontro Estadual com Prefeitos e Prefeitas do Rio Grande do Sul. O evento, que começa às 9 horas, acontece no Centro de Eventos Casa do Gaúcho, no Parque Maurício Sirotski Sobrinho. Às 11 horas, a ministra Maria do Rosário fará uma palestra sobre a temática da sua pasta.

CPI: imprecisões e ócio da mídia permitem ao PT vender seu peixe contra a Procempa

O depoimento de ontem do servidor de carreira da Procempa, a estatal municipal de TI de Porto Alegre,  José Mauro Macedo Correa,  foi impreciso, mas a mídia de Porto Alegre não percebeu isto. Poucos jornalistas acompanharam a sessão integral da CPI instalada na Câmara de Vereadores de Porto Alegre.

. O funcionário que prestou depoimento, José Mauro, lotado no departamento financeiro da empresa há 36 anos, por 28 vezes respondeu de forma evasiva ou negativa as perguntas dos parlamentares que o indagavam sobre a situação da companhia responsável pelo processamento de dados da Prefeitura de Porto Alegre. 

. Frases do tipo “eu não posso atestar isso”, “fica difícil provar certas coisas porque eu não teria como”, “são supostas irregularidades”, “são suposições, simplesmente suposições”, “conta a lenda” e “dizem que isso acontecia” marcaram o testemunho do economista. Também não sustentou o prejuízo de R$ 50 milhões, cuja autoria da estimativa foi atribuída a ele durante a sessão. Sem provas, limitou-se a afirmar que “em oito anos de desmando foram muitos milhões”. A sessão durou aproximadamente duas horas e ocorreu na manhã de quarta-feira.

. Sobre a Procempa ter sido usada para pagar despesas da prefeitura através de repasses extracota da Secretaria Municipal da Fazenda, conforme questionou o vereador petista Mauro Pinheiro, presidente da CPI, Correa respondeu: “Eu não vou fazer essa afirmativa, porque na verdade eu não participava dessa negociação. Eu tinha conhecimento porque estou dentro da área financeira e estou vendo que vinha dinheiro para a Procempa fazer pagamentos para empresas que não tinham relação, pelo menos aparente, com a atividade fim da Procempa. Mais do que isso eu não posso falar, nem poderia. Não poderia provar.”

CLIQUE AQUI para ler toda a análise do editor. 

Comércio gaúcho diz que Assembleia tem legitimidade para bloquear aumentos de impostos

A nota a seguir é do Movimento Chega de Mordida, integrado sobretudo por Federasul, Fecomércio, CDL de Porto Alegre e Associação Gaúcha do Varejo. A nota rebate reitera e das declarações do governo estadual, segundo as quais parlamentares não podem protocolar projetos que acabam por mexer na carga tributária e reduzir arrecadação. 
. Esta é uma velha discussão, mas vale a pena acompanhar os argumentos do Movimento. Leia a nota, que é desta quinta-feira:
- O Movimento Chega de Mordida, em razão de informações que têm sido divulgadas na imprensa, esclarece que o Projeto de Lei nº 190/2013, que tramita na Assembleia Legislativa e propõe a inclusão de um parágrafo na Lei Estadual 8820 impossibilitando novas cobranças adicionais às empresas do Simples, é plenamente de acordo com a Constituição da República. Embora alguns setores sustentem que somente por iniciativa do governador é possível propor um projeto que possa importar em diminuição de receitas, esclarecemos que tal posição não é juridicamente consistente.
Essa é uma discussão antiga e que mobiliza esforço dos juristas em buscar meios de barrar essas iniciativas. O Supremo Tribunal Federal, no entanto e já há bastante tempo, rechaça essa posição, afirmando a legitimidade do Parlamento para propor leis que instituam isenções fiscais.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Piada de Gentili provoca crise no Banco de Leite do Hospital Jesus Nazareno

Amuada com a piada de Gentili (à esquerda) ela parou de fornecer ao Hospital e MaternidadeJesus Nazareno. Michele respondia por 70% do estoque do banco de leite. 


Apresentador e humorista comparou a pernambucana Michele Rafaela Maximino, uma das maiores doadoras de leite materno do País, ao ator pornô Kid Bengala.

. O site www.brasil247.com.br de hoje informa que  Michele era responsável por mais de 70% do estoque do banco de leite do Hospital e Maternidade Jesus Nazareno e a brincadeira a levou a suspender as doações; déficit nos bancos de leite chega a 30% no Estado e o temor é que a “piada” amplie este índice; TV Bandeirantes é obrigada a retirar o material do ar.

- Danilo Gentili é o profissional televisivo que melhor responde atualmente pelo humor inteligente no Brasil. Ele tem sofrido forte patrulha por parte da vanguarda do atraso. 

Autonomia do Banco Central - Dilma ameaça romper com o PMDB. Você acredita nisto ?

PT x PMDB andam aos tapas e beijos, mais de beijos do que de tapas. 



A presidente Dilma Roussef avisa que iniciativa do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), de colocar em votação projeto que garante a autonomia formal do Banco Central, com mandatos fixos para a diretoria, seria encarada como rompimento com o Planalto. A cúpula do Partido reagiu atônita. O governo apontou ainda suposta retaliação pela não nomeação de Vital do Rego (PMDB-PB) como ministro da Integração Nacional;

. Em seu blog, José Dirceu, o chefe visível da organização criminosa do Mensalão, que deveria estar na cadeia e não escrevendo nos jornais e na Internet, também condenou autonomia do BC, fazendo coro com Dilma. 

. Resta saber se o PMDB se curvará de novo e, se não se curvar, o que ocorrerá, porque Dilma Roussef e o PT costumam fazer muita bravata e cumprir pouco do que prometem. 

Gustavo Franco, um dos pais do Real, para Lula: "Cala-te, Lula !"

José Roberto Castro, da Agência Estado, conta esta tarde que a passagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por Brasília e suas críticas ao governo Fernando Henrique Cardoso tiveram repercussão em setores da oposição. O chefe oculto do Mensalão tem disparado intrigas, maledicências e mentiras contra tudo e contra todos, valendo-se das semanas de trégua entre a retomada do julgamento do Mensalão e as investigações em curso contra sua amante, Rosemary Noronha. Quando embretado, Lula foge covardemente dos microfones. Leia tudo:

Ex-presidente do Banco Central de FHC, o economista Gustavo Franco rebateu o petista em sua conta no Facebook dizendo que a "estabilização não foi feita por Lula, mas apesar dele". "Por que não te calas?", escreveu Franco, parodiando o conselho do rei Juan Carlos da Espanha ao ex-presidente da Venezuela Hugo Chávez.
Segundo Franco, integrante da equipe que elaborou o Plano Real, a nova moeda foi "sabotada" por Lula e pelo PT. Sobre a estabilização da moeda e o tripé macroeconômico, o economista disse que Lula pratica "apropriação indébita". "O País se tranquilizou quanto à economia quando ele, Lula, adotou as políticas macroeconômicas de FHC, que sempre atacou. A partir daí fala da estabilização e do tripé como se tivesse sido ele o inventor", escreveu.
Em entrevista nessa quarta-feira, 30, após a cerimônia de comemoração dos dez anos do Bolsa Família, Lula disse que "o Brasil tem hoje mais estabilidade que quando nós entramos". O comentário foi feito em resposta a comentários da ex-ministra Marina Silva contra o governo federal. Segundo o petista, a política cambial do governo Fernando Henrique "quebrou o Brasil três vezes" em 1998. O principal fiador desta política cambial na época era o então presidente do BC, Gustavo Franco.
Franco chamou Lula de "falastrão" e rebateu a crítica à política fiscal dizendo que o País não quebrou, mas sim fez um acordo com o FMI. "Se isso é quebrar, ele Lula também esteve quebrado durante boa parte do seu governo", escreveu. "A política cambial de 1994-98, tão fundamental para o sucesso da estabilização, nada teve que ver com a crise, que vem de fora, como a de 2008", comentou.

CLIQUE AQUI para acompanhar Gustavo Franco no Face.

Trenzinho da alegria cria 750 CCs na Procuradoria Geral da República. País também pagará mais 660 cargos de Procuradores.

Esta informação sai em primeira mão nesta página.

Como quem não quer nada, assim, quase na surdina, para ninguém perceber, em uma sessão de quinta-feira pela manhã, normalmente destinada a projetos de menor importância, sem nenhuma discussão e com votação meramente simbólica, movido por um violento lobby da Procuradoria-Geral da República, o Plenário da Câmara dos Deputados votou hoje o Projeto de Lei n° 2202/2011, de autoria do Ministério Público da União, para criar cargos de membros e Cargos em Comissão no âmbito do Ministério Público Federal.

. Com a aprovação, serão criados 12 cargos de Subprocuradores-Gerais da República, 15 cargos de Procuradores Regionais da República e 660 cargos de Procuradores da República, preenchidos mediante concurso público, sabidamente um dos mais concorridos e rigorosos do Brasil.

. O editor verificou que o grande problema (e a grande novidade) é que no mesmo projeto são criados também 750 Cargos em Comissão, de livre nomeação, sem concurso público. Dentre as funções a serem desempenhadas pelos CC's estão as de Assessor do Procurador-Geral da República, Assessor da Câmara de Coordenação e Revisão, Assessor da Corregedoria, Assessor-Chefe do Vice-Procurador-Geral Eleitoral, e outros de igual relevância.

CLIQUE AQUI para saber mais. 

As 20h tem Rodrigo Constantino para autografar "Esquerda Caviar" no BarraShoppingSul, Porto Alegre

Ao lado, convite para a sessão de autógrafos desta noite. A Fnac fica no piso inferior do shopping. É a última loja à esquerda. 


Jornalista e escritor, Rodrigo Constantino lançará seu livro “Esquerda Caviar”, esta noite, 20h, na Fnac, BarraShoppingSul, Porto Alegre. Rodrigo Constantino tem se notabilizado por seu combate feroz contra as forças obscurantistas do PT e seus aliados da esquerda, sobretudo da esquerda festiva, que ele chama de esquerda caviar, tipo Zé Dirceu e seus comparsas da organização criminosa do Mensalão, Lula entre eles. Sobre a decisão de lançar o livro no RS, eis o que escreveu ele no seu blog de hoje:

- Porto Alegre tem sido um destino frequente para mim. Cidade politizada, até porque sofreu por longos 16 anos nas garras do PT (e o pior quadro do PT, que é o gaúcho), tem sido palco de embates interessantes.

NESTA QUINTA-FEIRA À NOITE
Bier Markt, Porto Alegre
Rua Castro Alves, 442 - Rio Branco. Telefone: 051 - 30132300 
São dezenas de rótulos e torneiras de chopes de cortes artesanais. Não há nada igual em Porto Alegre. Premiadíssima de Veja.

www.biermarkt.com.br

Morreu Laila, esposa do ex deputado Ibsen Pinheiro.

Morreu hoje a jornalista Laila Pinheiro, mulher do ex deputado Ibsen Pinheiro. Ela esta sendo velada na capela 8 do cemitério João XXIII.

Polêmica instrui votação do projeto que permite conclusão de imóveis aprovados antes do novo Plano Diretor de Porto Alegre

A votação do Projeto de Lei (PL) 38/2012, que institui o regime urbanístico especial para a conclusão de imóveis cujo projeto original tenha sido aprovado antes do Plano Diretor de Porto Alegre foi adiada. A informação é do Jornal do Comércio de hoje. Leia toda a reportagem:

 A lei que regula o planejamento da cidade foi aprovada em 1999, revisada em 2009 e sancionada em 2010. A retirada do quórum para a apreciação da matéria, na sessão de ontem, aconteceu após quatro horas de intenso debate na Câmara Municipal. A discussão será retomada na próxima segunda-feira, e os moradores contrários à proposta articulam o ingresso na Justiça.

. O projeto encaminhado pelo Executivo prevê que o regramento especial será válido somente para os imóveis localizados no Centro Histórico da cidade. Mas o vereador Bernardino Vendruscolo (Pros) apresentou um substitutivo, que estende o benefício para os demais bairros do município.

. A mudança não é bem vista pela prefeitura e tanto o líder do governo, Airto Ferronato (PSB), quanto o prefeito da Capital, José Fortunati (PDT), já explicitaram contrariedade à aprovação.

CLIQUE AQUI para saber tudo e entender a polêmica. 

Estes são os números de Delfim para o encerramento de 2013

Eis aí o resumo do artigo que o ex-ministro Delfim Neto assinou na Folha de S. Paulo desta quqarta-feira (Delfim tem permanecido alinhadíssimo com os governos Lula e Dilma, aos quais presta seguidas colaborações):

Estamos terminando 2013 com um importante grau de incerteza, mas com os seguintes resultados: 1) crescimento do PIB em torno de 2,7%; 2) taxa de inflação ligeiramente abaixo de 6%; 3) robusto déficit em contracorrente da ordem de 3,6% e uma relação dívida bruta/PIB parecida com 60% do PIB. Há, entretanto, desconforto com alguns controles de preços (inflação reprimida) e com a relação dívida/PIB, não só pelo seu tamanho, mas pelas perspectivas de seu crescimento, apesar de ela ser, basicamente, em reais.

CLIQUE AQUI para ler, também, na íntegra, o artigo "Beijo da Morte", Alexandre Schwartsman, na Folha desta quarta. O autor avisa que o déficit externo em cenário de menor fluxo de capital será o beijo da morte da nova matriz macroeconômica. 

Policiais federais promovem Dia das Bruxas. Eles denunciam perseguições do governo Dilma.

O editor recebeu comunicado da Federação dos Policiais Federais avisando que hoje, quinta-feira, Policiais Federais de todo o país vão paralisar as atividades e protestar naquilo que eles chamam de "Dia das Bruxas". É greve de um dia. 

. Panfletos distribuídos nos aeroportos explicam que o Governo Dilma tem promovido um boicote oficial aos Agentes Federais como castigo pelas operações anticorrupção. Pesquisa realizada recentemente com 1.732 policiais federais revelou que 94% dos policiais federais acredita que a atual falta de investimentos na Polícia Federal é um castigo pelas investigações sobre corrupção. Atualmente o Governo Dilma repassa as competências da Polícia Federal para o Exército, para a Força Nacional, e promove o sucateamento institucional do órgão, através do corte de investimentos, pelas terceirizações ilegais nos aeroportos, e principalmente pela desvalorização do investigador da PF em relação às demais carreiras públicas.

Terrorismo - Sobre possíveis atos terroristas durante a Copa do Mundo, clique aqui para saber mais. Vale a pena ler a denúncia a seguir dos policiais federais: "No último dia 19, no seminário “Terrorismo e os Grandes Eventos”, da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara dos Deputados e da Comissão Mista de Controle de Inteligência do Congresso Nacional, vários especialistas de diversas agências de segurança pública foram unânimes ao afirmar que o Brasil tem risco efetivo de atentados terroristas. Em 2010, houve 11.604 ataques terroristas em 72 países, o que resultou em 49.901 vítimas, segundo o relatório anual dos EUA contra o terrorismo. E em 2011, terroristas promoveram 10 mil atentados, em 70 países, matando 12.500 pessoas". CLIQUE AQUI para saber mais sobre isto.

Itamaraty impede colaboração nas investigações criminais argentinas sobre o caso de Jango

Tudo o que acontece no Brasil a respeito da exumação do cadáver do presidente João Goulart (leia mais, abaixo, para entender melhor) ocorre naquilo que os juristas chamam de “âmbito cível”, portanto nada acontece na órbita penal.

. A diferença é enorme entre um tratamento e outro, porque na cível as consequências de fato nem existem e fica tudo na conversa.

. Na Argentina, onde Jango morreu exilado, as denúncias de que houve crime (ele teria sido envenenado) são investigadadas de acordo com as leis penais do País, o que resultará em desdobramentos gravíssimos.

. O caso já está na Justiça.

. Curiosamente, o supremo interesse que o governo federal do PT demonstra para exumar o corpo de Jango e até mesmo realizar atos públicos de enorme repercussão nacional (honras fúnebres de chefe de Estado), inclusive com transmissões diretas de TV, não acontece quando se trata de colaborar com as autoridades judiciárias argentinas.

. O Itamaraty já avisou à chancelaria argentina que não é do seu interesse levar o caso adiante na Argentina, onde não terá o controle da situação, ao contrário do Brasil. 

Veja o comentário do Editor: Entenda melhor essa pantomima eleitoreira que Maria do Rosário promove em relação à exumação do cadáver de Jango

Partidos e até familiares acompanham com um pé atrás a movimentação do governo no caxo da exumação de Jango

Ainda está para ser contada a verdadeira história da atual disposição do governo federal para bancar a exumação do cadáver do ex-presidente João Goulart, sepultado (foto ao lado) em São Borja, RS. Ele morreu no exílio, na Argentina, de infarto, enquanto dormia ao lado da mulher, Maria Tereza. A exumação destina-se a apurar denúncias de que ele teria sido envenenado. Na mesma época, num período de 9 meses, morreram também Carlos Lacerda e JK. Os três tinham acabado de acertar um pacto, a Frente Ampla, para restabelecer a democracia no Brasil. 

. O pivô de toda a desvairada movimentação é a ministra gaúcha Maria do Rosário, que tem tomado à frente das ações, discursos e reuniões. O tom da campanha é pesadamente eleitoreiro. 

. Na semana passada, a ministra, que é candidata a candidata ao Senado pelo PT, foi longe demais ao reunir 10 Partidos políticos em Porto Alegre para pedir “pressão” dos diretórios municipais de todos eles, visando divulgar e acelerar tudo. Os Partidos entenderam a jogada política e eleitoral e foi por isto que mandaram apenas o segundo time para a reunião.

. O PDT é o único Partido que assume a herança política de Jango. 

. Além da desconfiança dos Partidos, como PMDB e PDT, o assunto não tem unanimidade nem mesmo dentro da família de Jango. Embora conte com o apoio do filho e de um dos netos de Jango, João Vicente e Cristopher, nem mesmo a matriarca da família, Maria Tereza, participa da movimentação.

. A ministra assumiu pessoalmente o comando das ações, deslocando até mesmo o que vinha fazendo o Ministério Público Federal no RS, que já tinha montado uma equipe multidisciplinar, inclusive de peritos reconhecidos internacionalmente. Agora está tudo nas mãos de Rosário e da Polícia Federal. O pedido para a intervenção do MPF foi feito pelo próprio João Vicente ao Procurador Geral da República. 

Triticultores gaúchos revoltam-se com isenção de impostos para importação de trigo do Mercosul

É de revolta o clima existente no agro gaúcho diante da decisão do governo federal de que resolveu editar isenção da Tarifa Externa Comum para a importação de trigo. É que o RS produz trigo para si mesmo e para venda ao restante do País. Nesta safra de inverno, a colheita rendeu 2,7 milhões de tonelada - e os preços estão bons.

. A TAC forçará os preços para baixo e desestimulará o plantio do inverno do ano que vem. O setor quer compensações e vai apelar ao governo por redução do ICMS na venda interestadual de trigo gaúcho. 

. A TAC de 10% vigia para o Mercosul, mas desde abril vinha sendo levantada para permitir importações e com isto regular o abastecimento de trigo no País. O Brasil consome 11 milhões de toneladas de grãos e produz apenas metade disto.

Shell comprou toda a rede gaúcha Latina

A gaúcha Latina confirmou nesta quarta-feira o anúncio de que fechou a venda da empresa para a ango-holandesa Shell. Além de 228 postos de combustíveis no Sul do Brasil, a Latina também detém o comando de bases de distribuição em Canoas, Ijuí, Rio Grande, Biguaçu, Itajaí e Araucária.

. A informação começou a vazar pelos postos de combustíveis.

. O valor do negócio não foi revelado.