Terrorista gaúcha Sininho está na lista dos 23 black blocs encarcerados a mando do Tribunal de Justiça do Rio

Armamento e artefatos usados pelos terroristas para violar o estado democrático de direito e instalar a ditadura no Brasil. 



O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro recebeu denúncia do Ministério Público e decretou a prisão preventiva de 23 terroristas da organização criominosa black blocs, acusados de formação de quadrilha armada. A decisão é desta sexta-feira, mesmo dia em que a própria Justiça do Rio concedeu habeas corpus aos últimos cinco ativistas que continuavam presos desde o fim de semana.

A denúncia oferecida pelo MP inclui 21 das 26 pessoas que tiveram mandados de prisão expedido em decorrência da Operação Firewall, da Polícia Civil — 19 foram detidas no sábado passado. Uma delas é Elisa Quadros Pinto Sanzi, a Sininho, apontada como uma das líderes da Frente Independente Popular (FIP), grupo que unificou diferentes movimentos que organizam manifestações.

Conforme o juiz Flávio Itabaiana de Oliveira Nicolau, o decreto das prisões se deve à periculosidade dos acusados.
— Em liberdade, certamente encontrarão os mesmos estímulos para a prática de atos da mesma natureza. Assim, como a periculosidade dos acusados põe em risco a ordem pública, deve-se proteger, por conseguinte, o meio social — justifica o magistrado.
]
Entre os 23 denunciados pelo Ministério Público está a gaúcha Elisa De Quadros Pinto Sanzi (Sininho)

Aécio provoca Dilma: "Não sei se ela tem condições de andar sozinha nas ruas"

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, disse nesta sexta-feira que a presidente Dilma Rousseff (PT) não tem condições de andar na rua e ter contato direto com o eleitor:

-  Está se iniciando uma nova etapa da campanha eleitoral, que é esse contato físico, olho no olho. O candidato tem de transmitir confiança para o eleitor. Não sei se a presidente da República tem hoje condição de andar o Brasil e olhar nos olhos daqueles que nela confiaram e se decepcionaram.

. Aécio fez a manifestação durante caminhada na Baixada Fluminense. 

Pesquisa Sensus dá empate rigoroso entre Dilma (36,3%) e Aécio (36,2%)

A nova pesquisa IstoÉ/Sensus também dá empate técnico entre Dilma e Aécio no caso de um segundo turno, mas neste caso o empate por muito pouco não se coloca totalmente fora de qualquer variação:

Dilma, PT, 36,2%
Aécio, PSDB, 36,2¨%

. Os números foram revelados ainda há pouco no Jornal da Band.

. No primeiro turno, estes são os novos números (entre parênteses, os índices de junho):

Dilma, 31,6% (32,2%)
Aécio, 21,1 (21,2%)
Campos, 7,2% (7,5%)
Pastor Everaldo, 2,6% (2,6%)
Outros, 3% (3%)

Desgraça de Dilma anima Bolsa, que sobe 2,5% nesta sexta

Bovespa sobe 2,5% e passa dos 57 mil pontos pela 1ª vez em mais de 16 meses2

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou em alta de 2,47% nesta sexta-feira (18), a 57.012,9 pontos. É a primeira vez que a Bolsa passa dos 57 mil pontos desde 14 de março do ano passado, quando encerrou a sessão a 57.281,02 pontos. É também a maior alta percentual diária desde 6 de junho deste ano, quando a Bolsa subiu 3,04%.


. Com isso, a Bovespa encerra a semana com alta de 4,06%. No mês, acumula valorização de 7,23%, e no ano, ganhos de 10,69%.

Tarso Genro abriu oficialmente o Rural Show, Nova Petrópolis

O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, participou na tarde desta sexta-feira, dia 18 de julho, da abertura oficial da sétima edição do Rural Show, que está acontecendo em Nova Petrópolis.

Exportação gaúcha despejnca 20,5% no 1º semestre

A jornalista Patrícia Comunello assina reportagem preocupante na edição de hoje do Jornal do Comércio, Porto Alegre, na qual informa que o Estado registrou este ano o pior desempenho das exportações no primeiro semestre desde a crise financeira internacional de 2008. A queda da receita chegou a 20,5% de janeiro a junho, provocada pela ausência de plataformas de petróleo e recuo na maioria parte dos setores da indústria de transformação. O esgotamento da política econômica seguida teimosamente por Dilma desindustrializa a economia do Brasil. O setor alcançou redução de 25,8% no período e intensificou a perda de espaço (caindo de 74% de janeiro a junho de 2013 para 69% no total exportado pelo Estado). O desempenho geral foi o mais negativo entre os estados líderes no comércio externo brasileiro, todos com queda. A maior taxa negativa em sete anos havia sido registrada em 2009, na ressaca da crise internacional. 

. Leia toda a reportagem: 

A receita somou US$ 8,9 bilhões, US$ 2,3 bilhões a menos que os seis primeiros meses de 2013, que totalizou US$ 11,1 bilhões. A diferença na fatura equivale à receita total com vendas para a China no primeiro semestre. A segunda maior economia mundial respondeu por 25% das divisas externas do Estado. São Paulo, que lidera a geração de divisas com 22% do faturamento, teve recuo de 6,6% entre janeiro e junho. Na segunda posição, Minas Gerais perdeu 6,5% da divisa, e Rio de Janeiro, na terceira posição, recuou 5,3%. O Rio Grande do Sul manteve a quarta colocação. 

Analistas da Fundação de Economia e Estatística (FEE) ressaltaram, nessa quinta-feira, que os números apontam dificuldades da indústria nas maiores economias nacionais e que são associadas à dependência a alguns mercados (Estados Unidos e Argentina) e a limitações de competitividade e custos para diversificar destinos.  “Pelo menos, o Estado não perdeu posições”, lembrou o estatístico e responsável pela análise dos dados na FEE, Guilherme Risco. 


O Brasil teve redução média de 3,4% nos seis meses, comparando com 2013. O impasse com a Argentina em segmentos como automóveis acabou se prolongando e afetou mais setores de equipamentos e até químicos, avaliou Risco.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Governo acha que pesquisa Datafolha foi manipulada contra Dilma

Chegou a hora do espanto para o PT.



A mídia de internet viculada ao governo petista e ao PT informou esta tarde que a esquisa divulgada nessa quinta foi recebida "com espanto e até com indignação" pela área de Comunicação do governo da presidente Dilma Rousseff.

. A afirmação mais dura foi doblogueiro Eduardo Guimarães.

. O Planalto aponta, segundo ele, que não houve oscilações da petista no primeiro turno em pesquisas internas encomendadas pelo governo ao instituto Vox Populi, que mostrou a presidente sempre em torno dos 40%.  No Datafolha, a candidata aparece com 37% em maio, 34% em junho, 38% no início de julho e 36% na pesquisa de ontem.

. Outra observação é de que não teria lógica o candidato do PSDB, Aécio Neves, ficar estacionado no primeiro turno e ganhar 20 pontos percentuais no segundo enquanto Dilma só ganha 8 pontos.

Começou o calvário para a campanha eleitoral de Dilma.

Os altíssimos índices de rejeição (35%) e os baixíssimos índices de ótimo/bom para seu governo (32%), são os piores dos mundos para a presidente Dilma Roussef.

. Os números, que são da pesquisa Datafolha de hoje, acenderam o sinal vermelho na campanha eleitoral do PT.

. Não se trata mais de sinal amarelo.

. E a campanha mal começou, por o início ocorreu nesta segunda-feira.

. O viés de dilma é de baixa claríssimo, ao contrário do que acontece com Aécio.

. A seguir, análise do editor sobre a pesquisa, com ênfase para o significado da queda das aprovações ao governo. O título do comentário é o seguinte: Começou o calvário para a campanha eleitoral de Dilma.

Ministério Público ajuiza ação de improbidade administrativa contra o prefeito petista Jairo Jorge, Canoas

Jairo Jorge, prefeito do PT de Canoas, réu em ação de improbidade administrativa. 

Em casos ocorridos no próprio município de Canoas, quando era prefeito Marco Ronchetti, PSDB, a Polícia Federal, MP junto ao TCE e MPF, e não a Polícia Civil e o MPE, trataram de abrir investigações e denúncias públicas (Operação Solidária), mobilizando todos os veículos da RBS, mas agora todos estão fora do caso, muito embora os recursos utilizados para a compra milionária de uniformes escolares tenhan sido mobilizados com a ajuda de repasses de verbas do governo Federal,originadas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Quando é contra prefeitos adversários do PT, PF, MPF e MP junto ao TCE agem com destemor incomum, mobilizando a RBS, mas o mesmo não acontece agora com o prefeito Jairo Jorge, do PT.

O promotor José Nilton Costa de Souza acaba de protocolar na 5a. Vara Cível do município de Canoas, RS, o terceiro mais populoso do Estado, ação de improbidade administrativa contra o prefeito Jairo Jorge, PT.

. Na ação, o Ministério Público Estadual pede a indisponibilidade dos bens do prefeito e dos demais réus, até o valor de R$ 3,5 milhões, que é o valor do prejuízo calculado para a compra de uniformes escolares junto à empresa Nayr Confecções, com sede em Mundo Novo, Mato Grosso do Sul.

. "São valores superfaturados, calculada a conta total de R$ 6,4 milhões", denuncia a petição inicial, cujo teor vai no link a seguir.

. O inquérito civil 172/2011  apurou que não existe justificativa para a escolha de uma empresa do Mato Grosso do Sul. Além disto, pareceu suspeita ao MPE que Nayr Confecções tenha sido doadora da campanha a deputado do líder local do PT, Nelson Luiz da Silva, mesmo Partido do prefeito Jairo Jorge. As investigações também verificaram incongruências em datas e descrições das notas fiscais apresentadas para pagamento.

. Caso a ação seja acolhida pelo magistrado do caso, o prefeito Jairo Jorge e os demais réus terão que devolver a diferença considerada superfaturada, R$ 3,4 milhões, e terão seus direitos políticos suspensos por quatro anos.

CLIQUE AQUI para ler a denúncia do Ministério Público Estadual. 

Darcy F.C. dos Santos diz que governo Tarso Genro esconde a realidade sobre as contas públicas do RS

No artigo que assina hoje no jornal Zero Hora, o economista Darcy Francisco Carvalho dos Santos denuncia que a realidade sobre as contas públicas gaúchas está sendo escondida pelo atual governador Tarso Genro.

. Diz ele:

- Embora constando dos relatórios da Secretaria da Fazenda, essas evidências não aparecem no discurso oficial.

. Ao abordar o cenário desolador já existente, o economista informa que decisões políticas do atual governo estão transformando em insustentável a situação financeira do Estado. Eis as razões:

- O resultado primário, que é a poupança para pagar a dívida, depois de alcançar, em valores atuais, R$ 2,8 bilhões em 2008, caiu para R$ 623 milhões em 2013, devendo se transformar num déficit próximo a R$ 1 bilhão no ano corrente, segundo dados oficiais do próprio governo.

. Este cenário remete a perspectiva atrozes para o próximo governador, seja o próprio Tarso Genro ou algum dos seus adversários, porque o gasto com pessoal deverá ultrapassar 70% da receita líquida no próximo período governamental, tendo como causa a concessão de reajustes salariais a categorias representativas de servidores, muitos até novembro de 2018, em percentuais bem superiores ao do crescimento provável da receita. 

.Tudo isso, sem pagar o piso do magistério, formando, em decorrência, grande passivo trabalhista.

. O déficit de caixa médio anual previsto para o próximo governo será bem superior a R$ 4 bilhões e o cheque especial, chamado “caixa único”, estará raspado até o final do ano. Só dos depósitos judiciais que nem pertencem ao Estado foram sacados pelo atual governo R$ 5,1 bilhões.

CLIQUE AQUI para ler o artigo.

Artigo, Luiz Carlos da Cunha - Imigrações suspeitas

Ganenses em Criciúma.



A primeira responsabilidade de um governo é garantir os direitos e deveres de seus cidadãos. Quando é incapaz de garanti-los a seus compatriotas, com está acontecendo no Brasil em saúde, transporte, emprego, segurança, como entender a abertura de suas fronteiras a emigrantes aqui chegados com passagens aéreas sem volta de pessoas bem vestidas e bem nutridas, vindas do Gana, um país com índices superiores aos nossos em qualidade de vida ? Nenhum outro país civilizado permite o desembarque de passageiro desapercebido da passagem de retorno. É embarcado de volta na hora! Os “turistas” mentiram na entrada e, suspeitamente, nossos fiscais da migração aceitaram. Os ganenses passaram pela autoridade aduaneira apenas declarando-se turistas. Sendo de conhecimento geral que os casos de AIDS aumentaram e 10% no Brasil, e que a doença graça em índices alarmantes na África, não seria de todo recomendável que fosse exigido atestado de saúde dos “turistas “ africanos quando se pretende conceder-lhes o direito de permanecer em território nacional por um ano ?? Nosso desemprego computado por estatística criativa em 6,5% é o dobro do Gana  ! Entenda: lá o desemprego de 3,6% é aceitável com inexistente. Só isto recomendaria proteger nossos desempregados. Hoje apreciei na avenida Getúlio Vargas às 10 horas uma fila de duzentas pessoas esperando a Sopa do Pobre, oferecida por entidade Espírita. No Rio e São Paulo crescem as filas diante do INSS para requerer o bônus de desemprego. O índice de crescimento desse país africano é cinco vezes maior que o nosso! Alguns deles trazem o Alcorão na bagagem. Não seria prudente impedi-los de entrar no Brasil quando o islamismo tem cometido crimes de lesa humanidade em diversos países africanos. Como admitir que o governo federal eximindo-se de suas obrigações para com a população brasileira, empurre aos municípios de São Paulo, Criciúma e Caxias o ônus de receber e sustentar estrangeiros entrados em território nacional à procura de emprego, casa e comida? Na capital paulista se agiganta o MTST – movimento dos trabalhadores sem teto. São milhares. Não se pode esquecer do episódio anterior de emigração do Haiti. Eles chegaram ao Acre em viagem longa e difícil custeada não se sabe por quem. E o governador daquele estado patrocinou o despacho dos haitianos para São Paulo como carga descartável na conta do contribuinte acreano.

. Parece que há uma coerência entre as autoridades governamentais em promover às escâncaras as fronteiras brasileiras a emigração de pessoas necessárias em sua pátria de origem e dispensáveis ou até inconvenientes aos interesses do povo brasileiro.

Álvaro Dias cobra explicações do governo sobre uso de residência oficial para despachos do ditador Raul Castro

O sanguinários ditadores de Cuba e da Venezuela com a presidente Dilma.



O senador Álvaro Dias, PSDB do Paraná, voltou a insistir, hoje, com pedido de explicações oficiais do governo sobre a estada em Brasília do ditador de Cuba, Raúl Castro. Há 50 anos no Poder com seu irmão Fidel, ele  aproveitou para transformar a Granja do Torto em gabinete de encontros oficiais. Castro recebeu na Granja o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, que chegou em carro blindado e acompanhado de batedores da Polícia Rodoviária Federal. 

. Segundo apurou o Broadcast, da Agência Estado, Raúl Castro é o único dos chefes de Estado a receber a deferência de se hospedar na casa de campo da Presidência brasileira. O fato está sendo tratado como segredo de Estado pelo governo brasileiro.

. Dilma justificou-se, dizendo que autoridades brasileiras são hospedadas em casas do governo de Cuba, o que não quer dizer nada porque todas as casas de Cuba são do governo. 

Contente com queda de Dilma, Bolsa subia mais de 2,8% por volta do meio dia

O empate técnico entre a candidata a reeleição Dilma Rousseff (PT) e o senador Aécio Neves (PSDB) em um eventual segundo turno das eleições presidenciais, apontado pelo instituto Datafolha nesta quinta-feira, impulsiona os negócios na Bovespa nesta sexta. Logo após a abertura da sessão, às 10h15, o Ibovespa já saltava 2,75%, aos 57.167,09 pontos. Por volta de 12h15, o principal índice da bolsa paulista continuava neste patamar, subindo 2,88% (aos 57.237 pontos). 

. As ações da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) dispararam quase 9% nesta manhã, ao preço de 11,64 reais cada, após o Conselho de Administração da empresa aprovar a abertura de novo programa de recompra de ações, de até 64,2 milhões de papéis, entre 18 de julho e 18 de agosto deste ano. Prova de que as expectativas sobre o pleito eleitoral estão interferindo nas decisões de investidores é o fato de os papéis da BM&F Bovespa estarem entre os que mais sobem no dia - alta de 6,3%, ao valor de 12,98 reais cada. As ações ordinárias da estatal Petrobras também se destacam, com alta de quase 4,7% (19,03 reais).

Tarso abrirá o Rural Show, esta tarde, na Cooperativa Piá

​O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, fará a abertura oficial do Rural Show 2014, hoje, às 14h, em Nova Petrópolis.

. O Rural Show é organizado pela Cooperativa Piá, em parceria com Emater / RS – ASCAR e a Prefeitura Municipal de Nova Petrópolis. O evento vai até o dia 20 de julho, em Nova Petrópolis.

Novo Facebook do editor já admite adesões. Saiba como fazer isto.

O mais novo Facebook pessoal do editor está desde ontem na Web e pode ser acessado por quem compartilha dos dois faróis que inspiram a rota de trabalho desta página:

- O estado democrático de direito
- A economia de mercado com isonomia social

. São apanágios insculpidos com total clareza na Constituição de 88 do Brasil.

. O acesso de inimigos do capitalismo e da democracia - comunistas, fascistas e os inocentes úteis que os apoiam -  não será tolerado no Face pessoal, embora todos eles possam continuar postando suas opiniões neste site, como qualquer leitor pode constatar.

. As adesões ao novo Face, que leva o apelido do editor quando criança (veja foto ao lado, do Face)  podem ser feitas através do link a seguir:

CLIQUE AQUI para aderir e interagir pessoalmente com o editor.

Com 32% de ótimo/bom, Dilma caminha para o desastre eleitoral

Ao lado, gráfico da Folha, ontem, registrando avaliações do governo Dilma desde 2011. Segundo o Instituto Análise, a avaliação de 103 eleições para governador (1994-2010) todos que tiveram menos de 34% de ótimo/bom perderam o pleito. Dilma está com 32%, portanto com futuro negríssimo.

A análise a seguir é de Alberto Carlos Almeida:

O Instituto Análise fez um levantamento de 104 eleições para governador ocorridas no Brasil entre 1994 e 2010. A partir de 1998 passou a haver reeleição. De lá para cá, 46 governadores eleitos quatro anos antes disputaram a sua reeleição. A primeira descoberta importante é que todos os governadores que disputaram a reeleição com a soma de ótimo e bom igual ou maior do que 46% foram reeleitos.

. Sérgio Cabral está nesse grupo. Ele foi reeleito em 2010, quando sua avaliação positiva estava em torno de 60% no fim de setembro. Aécio Neves, em 2006, estava com mais de 65% de ótimo e bom; Eduardo Campos tinha em 2010, às vésperas da eleição, mais do que 70% de ótimo e bom. Aqueles que ficaram mais próximos do limite de 46% foram Joaquim Roriz em 2002; Cássio Cunha Lima, que tinha 47% em 2006; Roseana Sarney, com 48% em 2010; e Jarbas Vasconcelos, com 50% de avaliação positiva em 2002.

. Igualmente importante é a conclusão desse mesmo estudo: todos que tiveram menos de 34% de ótimo e bom foram derrotados em seu objetivo de ser reeleitos – Miguel Arraes, em 1998; Yeda Crusius, no Rio Grande do Sul, em 2010; José Bianco, em Rondônia, em 2002; e Valdir Raupp, no mesmo Estado, quatro anos depois; Ana Júlia, no Pará, em 2006; Germano Rigotto, no Rio Grande do Sul, no mesmo ano; e Paulo Afonso, em Santa Catarina, em 1998. Esses sete governadores não conseguiram ser reeleitos porque sua avaliação estava abaixo de 34% de ótimo e bom. Trata-se de uma avaliação muito ruim – quando isso acontece, o desejo de mudança é mais disseminado do que o desejo de continuidade. O eleitorado foi claro nessas sete eleições: queremos trocar de governo.

(...)

. Atualmente, o governo Dilma tem 36% de ótimo e bom. Se ela estivesse disputando uma eleição para um governo estadual, não estaria na faixa cuja vitória é certa, acima de 46% de ótimo e bom, nem na faixa na qual a derrota é certa, abaixo de 34% de ótimo e bom. O atual patamar de avaliação do governo Dilma, entre 35 e 45% de ótimo e bom, a põe na faixa na qual 42% dos governadores que disputaram a reeleição foram vitoriosos, ao passo que 58% foram derrotados. Dilma é candidata à reeleição, mas não para um governo estadual. Ela é candidata a presidente. Assim, alguns poderiam argumentar que as eleições de governador são um parâmetro ruim para analisar uma eleição presidencial. Pode ser que sim, pode ser que não.

. Nas duas reeleições ocorridas no Brasil, Fernando Henrique em 1998 e Lula em 2006, os candidatos foram vitoriosos com uma avaliação muito próxima dos 46% de ótimo e bom dos governadores reeleitos: Fernando Henrique tinha 43% às vésperas da eleição e Lula, 47%. Considerando-se as margens de erro das pesquisas, é possível que Fernando Henrique tivesse uma avaliação um pouco melhor, talvez 44 ou 45% de ótimo e bom. O fato é que a diferença entre os 43% de FHC e os 46% acima do qual todos os governadores foram reeleitos é irrisória. Os dois candidatos a presidente que disputaram a reeleição se encaixam na regra dos governadores.

. O estudo de 104 eleições para governador e 2 para presidente serve de alerta para o governo Dilma. A avaliação do governo Dilma está no limbo. Considerando-se o estudo das eleições para governador, caso a avaliação caia de três a cinco pontos percentuais, a oposição tende a se tornar favorita para vencer. Caso a avaliação melhore de três a cinco pontos percentuais, vá para perto de 40% de ótimo e bom, e caso ocorra com Dilma o mesmo que ocorreu com Fernando Henrique e Lula – que melhoraram sua avaliação depois de agosto do ano eleitoral -, ela se torna favorita para vencer. Limbo vem do latim “limbus”, que significa beira. O governo Dilma está entre duas beiras, na beira do inferno e na beira do céu. Já Cesar Maia não tem eira nem beira.

Alberto Carlos Almeida, sociólogo, é diretor do Instituto Análise e autor de “A Cabeça do Brasileiro”. Contato: alberto.almeida@institutoanalise.com; www.twitter.com/albertocalmeida.

Entidade projeta vendas do varejo até 8,5% maiores em julho no RS

O mês de julho deverá apresentar aumento de 5% a 8,5% nas vendas do comércio varejista em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo projeções da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul.

. O frio intenso e as liquidações antecipadas estimulam as vendas. 

. De acordo com a entidade, se a temperatura permanecer mais amena, o crescimento no comércio de vestuário ficará em 5%. No caso de alguma provável onda de frio mais intensa, as vendas podem subir até 8,5%, em relação às vendas em julho de 2013.
 .
As peças mais vendidas nesta época do ano são àquelas que afastam o frio: casacos, blusas de lã e de malha, luvas, cachecóis, boinas e meias. Os calçados também são muito procurados no inverno. Botas e tênis são os líderes em vendas para espantar as baixas temperaturas do inverno.

Eliane Cantanhêde diz que míssil obscurece ganhos de Dilma na reunião dos Brics no Brasil

Dilma tentou explicar como opera esse missil russo Buk, mas o máximo que conseguiu dizer foi que ele tem que ser disparado de terra, uma obviedade sem fronteiras. CLIQUE AQUI para saber que míssil é este.

Neste artigo, "Um avião no caminho", a colunista da Folha diz que caiu um Boeing-777, com 298 pessoas a bordo, sobre a semana internacional estrelada por Dilma Rousseff em Brasília. Dilma parece ter percebido as perdas, porque ontem a noite ocupou redes de TV, em seguidas entrevistas, para fornecer explicações estapafúrdias sobre o que aconteceu na Ucrânia. Insegura, incapaz, reticente, tudo por não saber sequer o que falava, Dilma tentou defender Putin de toda a responsabilidade pelo ocorrido, quando até as pedras das ruas sabem que  o míssil usado pelos separatistas pró-russos da Ucrânica são armados pelo czar de Moscou, o mais novo aliado de carteirinha de Dilma. Leia tudo.

A única certeza era que não foi um acidente e sim um ataque. De quem? É improvável, não impossível, que os rebeldes ucranianos tenham armamento capaz de atingir um avião a 10 km de altitude. Mas as primeiras suspeitas recaíram sobre governos regulares ou, mais precisamente, os da Rússia e da Ucrânia. Apontar um dos três não é simples, até porque a Ucrânia integrou a antiga União Soviética e seu armamento, ao menos a base da sua tecnologia de defesa, é de origem russa. Ou seja, os dois países e os separatistas têm equipamentos similares.

. Um dado considerado relevante por analistas de Brasília é que nem os rebeldes, nem a Rússia, que acaba de sofrer novas sanções dos EUA e da UE, nem a Ucrânia, que já perdeu a Crimeia e enfrenta forças separatistas, teriam interesse numa ação temerária como derrubar o avião de um terceiro país, cheio de civis de diferentes nacionalidades.

. Logo, o ataque não foi, obrigatoriamente, intencional. Parece inacreditável, mas erros acontecem e, de qualquer forma, o episódio aumenta a tensão entre Rússia e Ucrânia e a desconfiança sobre Vladimir Putin.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Datafolha, segundo turno em São Paulo: Aécio, 50%; Dilma, 31%

A virtual vitória acachapante do governador Geraldo Alckmin em São Paulo (54%), que reduz a pó as chances do mais novo poste de Lula, o ex-ministro Padilha (4%), começou a inflar a candidatura do presidenciável tucano Aécio Neves: em junho, só 24% dos eleitores do governador também escolhiam o senador mineiro; agora, 33% fazem o voto casado.

. Nas simulações de segundo turno no Estado, a presidente Dilma Rousseff perde para seus dois principais adversários: 

Aécio, 50% 
Dilma, 31%

Eduardo Campos (PSB), 48% 
Dilma, 32%

Dilma irá à posse de Heitor Muller, esta noite, na Fiergs

A presidente Dilma Roussef prestigiará a posse do industrial Heitor Muller para um novo mandato na presidência da Fiergs. Será esta noite, 20h.

. Muller é o mais poderoso aliado dos governos do PT no meio empresarial do RS.


. As 11h, o presidente reeleito dará coletiva de imprensa. 

Andrade Gutierrez começará a salvar Pólo Naval de Jacuí a partir desta tarde

A empreiteira Andrade Gutierrez iniciará, esta tarde, negociações para assumir o controle dos negócios da Iesa no Pólo Naval do Jacuí, Charqueadas. A Iesa toca, ali, contratos para fornecimentos de estruturas para a montagem de seis plataformas oceânicas de exploração de petróleo no pré-sal, mas a produção não sai do lugar porque a empresa está sem dinheiro.

. O contrato vale  US$ 800 milhões.

. Do jeito que vai, a Petrobrás, que é a patrocinadora da encomenda, romperá o contrato e o Pólo desaparecerá.


. Governos estadual e federal, de olho nas eleições, acompanharão os entendimentos.

Prefeito diz que ficará com Dilma porque Caxias recebeu R$ 500 milhões

Foi curiosíssima a declaração feita ontem em Caxias do Sul pelo prefeito Barbosa Velho, PDT, que depois de cobrar do seu candidato ao Senado, Lasier Martins, explicações sobre o que ele disse a uma jornalista do Correio do Povo, explicou candidamente por que razão votará em Dilma Roussef:

- Não votarei por gratidão. É reconhecimento. O governo federal investiu mais de R$ 500 milhões em Caxias.

. Era o que tinha dito Lasier Martins ao Correio do Povo, mas abjurada ontem por ele:

- O prefeito ficou com Dilma por causa de algumas coisinhas que recebeu do governo federal.

. Não foram bem coisinhas, mas coisonas.

. O prefeito Barbosa Velho aceitou as explicações, almoçou e jantou com Lasier, acompanhando-o e ao candidato ao governo, Vieira da Cunha, em todas as visitas.

Busatto é a quarta baixa no secretariado de Fortunati em apenas um mês

Acaba de se afastar do cargo o quarto secretário do prefeito José Fortunati, desta vez o secretário de Governança, Cesar Busatto. Busatto ficará quatro meses para se tratar de câncer na próstata. Ele teve a doença há dez anos, fez quimioterapia, melhorou, mas tudo voltou ao estágio inicial.

. O mais provável é que o secretário não volte ao cargo por vontade própria.

. O prefeito José Fortunati também não conta mais com a colaboração dos seus secretários da Comunicação, Fazenda e Orçamento, que pediram para sair.