Mortes de taxistas - Secretário da Segurança de Tarso avisa que matador pode ser um psicopata

O secretário Airton Michels  falou sobre o trabalho da polícia após a morte de três taxistas em Porto Alegre

O secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Airton Michels, detalhou em entrevista coletiva na tarde deste domingo as investigações sobre a morte de três taxistas em Porto Alegre na madrugada de sábado. Ao reforçar que os projéteis foram disparados pela mesma arma, calibre 22, Michels disse que o assassino pode se tratar de um psicopata. 

. "Isso pode ser indicativo de uma psicopatia. Existem várias nuances do que pode ter ocorrido", afirmou ao citar também as mortes de outros três taxistas ocorridas na última semana na cidade de Santana do Livramento, na fronteira com o Uruguai. Segundo ele, os crimes num curto espaço de tempo evidenciam um "fato inédito" na crônica policial do Rio Grande do Sul e do Brasil.

Mortes de taxistas: Secretário da Segurança de Tarso nunca viu nada igual na vida


 * Clipping www.zerohora.com.br, 
by Aline.custodio@diariogaucho.com.br

Em entrevista coletiva na tarde deste domingo, no QG da Brigada Militar na Rua dos Andradas, no Centro de Porto Alegre, a cúpula da segurança pública do Estado apresentou dados sobre a investigação dos assassinatos de taxistas ocorridos na madrugada de sexta-feira para sábado em Porto Alegre e na última quinta-feira em Santana do Livramento.

O secretário da Segurança, Airton Michels, destacou a gravidade do caso.
— Na crônica policial gaúcha, jamais foi visto algo parecido — afirmou.

O chefe de Polícia, delegado Ranolfo Vieira, informou que todos os motoristas mortos em Porto Alegre e em Santana do Livramento na última quinta-feira foram atingidos por tiros de arma do mesmo calibre: 22. Em Porto Alegre, a perícia revela que os disparos partiram da mesma arma, mas ainda não foi comprovado se há relação com os crimes de Livramento.

No caso dos homicídios de Porto Alegre, também chamou a atenção da polícia que todas as vítimas foram atingidas por dois tiros na cabeça. A perícia comprovou que as mortes não foram simultâneas, diz Vieira, o que reforça a tese de que houve um único assassino.

O chefe de Polícia diz que a investigação ainda não tem um suspeito e que não foi esclarecido se as vítimas se conheciam. A polícia está trabalhando para obter imagens de câmeras de segurança nas proximidades dos locais dos assassinatos.

Rosane Oliveira aprimorou-se nos patéticos elogios a Tarso Genro

A jornalista Rosane Oliveira, RBS (foto ao lado), deve ter feito um esforço tremendo para não comparar a visita de taxistas à casa do governador Tarso Genro na madrugada de sábado, com a "visita" de celerados delinquentes políticos à casa da ex-governadora Yeda Crusius no dia 15 de julho de 2009. Claro que em benefício de Tarso. Acontece que a comparação foi feita por inúmeros frequentadores das redes sociais, todas elas da lavra de lambe-botas do fundamentalismo xiita guasca do PT. A única comparação possível é que Tarso recebeu um grupo de profissionais que trabalham, ganham a vida com o suor do rosto e agiram civilizadamente, ao contrário dos grupelhos para-militares que cercaram Yeda, sua filha e netos dentro de casa, esmurraram grades, agrediram as crianças e estavam dispostos a invadir a casa e saqueá-la. A nota de Rosane vai abaixo. Ela fugiu da comparação. A nota demonstra de que modo o jornalismo local dobrou a espinha em relação ao Piratini. Esta nota é perturbadoramente patética.

No gesto de levantar de madrugada, trocar o pijama por uma roupa esporte e receber os taxistas que protestavam em frente a sua casa contra os assassinatos de colegas, o governador Tarso Genro passou três mensagens positivas:

1. que respeita a dor e a preocupação dos motoristas de táxi com o agravamento da violência;

2. que respeita o direito dos vizinhos de não serem perturbados por sua opção de morar numa rua residencial, e não no Palácio Piratini;

3. que o cargo de governador é exercido 24 horas por dia, sem direito a feriadão.

A par dessa manifestação respeitosa e do reconhecimento de que os taxistas têm razão, Tarso precisa agir. Ex-ministro da Justiça, ele sabe que a segurança é o calcanhar de Aquiles do seu governo. Os números mostram que a criminalidade aumentou e a sensação de insegurança também.

As ações espetaculares da polícia têm rendido destaque na mídia, mas os resultados das ações de combate ao crime deixam muito desejar.

Aliás - A promessa de retirar policiais militares dos gabinetes para aumentar a presença da Brigada na rua ainda não se materializou.

Azenha fecha seu blog, denuncia pressões e ataca Rede Globo por apoio a Serra

O material a seguir replica o que boa parte dos jornalistas alinhados com o PT, seus satélites e aparelhos ongueiros e sindicais publicam há mais de uma semana. Vale a pena ler, porque dá para entender melhor as contradições dessa gente. Este é o objetivo da publicação.

* Clipping do blog de Renato Rovai

Azenha anunciou que vai fechar o Viomundo depois de perder ação na justiça movida pela Globo. É uma notícia-bomba. Uma derrota parcial da luta pela democratização no país. E quando alguém perde, outro alguém ganha. Os vencedores são os grandes grupos econômicos de comunicação, mas também uma boa parte do governo que anda mais preocupada com negócios do que em construir políticas públicas que modifiquem a imensa concentração deste segmento.

(...)

Azenha não está anunciando o fechamento do seu blogue por causa da Secom e do Paulo Bernardo. Mas também não está fazendo isso só por causa da Globo. Se a gente tivesse nesta luta pela democratização da mídia, mas não se sentisse sendo usado, talvez ele não tivesse tomado esta atitude.

Espero que ela ainda reflita e que um movimento cidadão o anime a seguir em frente. 

Azenha nunca teve um centavo de recurso público no seu blogue. E desde que o conheço nunca se mostrou interessado neste tipo de financiamento.    

Mas ele sonhou junto com muitos de nós que teríamos condição de melhorar a correlação de forças da comunicação no Brasil. Imaginou que tínhamos aliados. E ouviu, como eu, discursos de muitos se comprometendo com a causa.

E com o tempo passando, foi percebendo que só estávamos sendo usados. É este o exato sentimento: usados. E talvez essa sua decisão seja um sinal para um movimento que pode se tornar bastante importante. O Azenha não pode ficar sozinho nisso. É hora de refletir!

Essa gente detesta Poertro Alegre

* Clipping blog Porto Imagem, by Gilberto Simon

Eu classifico todas as pessoas que falam (e agem) no sentido de irem contra os projetos que embelezam e modernizam a cidade, em especial a orla e o Cais Mauá, de PESSOAS CONTRA A CIDADE DE PORTO ALEGRE. 

Independente de leis, e de regras diversas, a orla da cidade de Porto Alegre agoniza em termos urbanísticos.
E existe um grupo que se define como protetor das leis (a quem beneficiam estas leis?) e  que, de qualquer maneira, quer ver o fracasso destes projetos. Quem perde? Quem ganha ? Um partido ?

Com o projeto de revitalização do Cais Mauá, Porto Alegre vai entrar numa nova era em termos de turismo (finalmente!) que, consequentemente, trará mais divisas e mais empregos para a cidade.

Sydney - Australia - Cidades no mundo inteiro deixam suas orlas em condições de serem usufruídas pela população e pelo turismo
De que adianta termos leis se estas leis não beneficiam a cidade e sua população? Fazem ela permanecer estagnada, parada no tempo, em comparação com todas as outras cidades do mundo que querem ser conhecidas turisticamente, e querem ter desenvolvimento econômico através desta atividade que só cresce em todo o lugar. Por que Porto Alegre tem que ser diferente do resto do mundo ? Técnicos e arquitetos do mundo inteiro observam a orla de Porto Alegre e ficam estupefatos perante tamanha INUTILIZAÇÃO, ABANDONO, DESCASO ! Só nós não enxergamos ?

São Salvador - até esta pequena cidade da Ilha da Madeira tem a orla urbanizada voltada para seus habitantes e turistas
Sim, os arquitetos de Barcelona, de Miami, de Buenos Aires, os da Ilha da Madeira, os de Paris, os de Porto Rico, os de Los Angeles, os de Manaus, os de Belém, etc, ESTÃO TODOS ERRADOS.
NÓS estamos certos, e nos orgulhamos de sermos diferentes. Nós queremos barro, nós queremos um bar flutuante medíocre na orla, nós queremos todas as marinas fechadas, nós queremos as torres da cidade fechadas a visitação.

Mas afinal, por que estas pessoas se prestam ir CONTRA A CIDADE ? Sim, eu repito quantas vezes for necessário, eles vão CONTRA A CIDADE E SUA POPULAÇÃO!

Quem de sã consciência deseja ver sua cidade estagnada urbanisticamente e turisticamente? Quem de sã consciência não sabe que o turismo é uma atividade que gera MUITO DINHEIRO E MUITOS EMPREGOS, de forma limpa. Sim, eu digo isso, por que quem se mostra contra a urbanização do Cais Mauá e de qualquer outro ponto da orla, não tem idéia do que representa o turismo no mundo. E faz questão de deixar a cidade à margem deste tipo de desenvolvimento. Porto Alegre turística ? Imagina, quero que minha cidade continue provinciana, sem atrações internacionais, sem nada para os outros visitarem. Usina do Gasômetro é uma grande atração, não precisamos de mais nada. Isso eles deve.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Danuza Leão reclama da nova lei das domésticas.

* Clipping Folha, domingo, bvy Danuza Leão.
Título original:> Assim é essa PEC; imperfeita, e dando pânico de contratar uma nova funcionária

Quem sempre teve uma relação correta com sua empregada está tranquilo. Afinal, férias, 13º, INSS, são coisas que nem precisariam de lei para existir, e além de serem justas, fazem com que as relações entre empregada/empregador sejam amenas e pacíficas, o que torna a vida melhor para todos.Mas nenhuma lei é perfeita, vide a proibição de dirigir depois de beber; se é possível se recusar a fazer o teste, que lei é essa?

Uma das coisas mal resolvidas é a carga horária. A ideia é que sejam até 44 horas semanais, praticamente nove horas de trabalho de segunda a sexta, o que é demais para qualquer mortal, já que esse trabalho é, na maior parte das vezes, físico, e descansar uma hora, no meio do expediente, como, onde? Na sala, vendo TV?

Por outro lado, não há quem precise de uma doméstica tantas horas seguidas, a não ser uma família com pai, mãe e quatro filhos, em que ninguém arruma sua cama, as roupas são largadas pelo chão, cada um almoça e janta na hora que quer, e aí nem as nove horas diárias vão ser suficientes. Já pensou, explicar aos adolescentes -e seus amigos, já que eles só andam em turma- que não dá para pedir vários lanchinhos várias vezes por dia?

Por tudo isso e mais alguma coisa, acho que esqueceram de falar, nessa nova lei, da remuneração por hora de trabalho.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Mantega anuncia prorrogação do IPI mais baixo para automóveis

O governo decidiu prorrogar o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) mais baixo até o final deste ano. O imposto, que iria subir na próxima segunda-feira, será mantido entre 2% e 8%, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, em entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo, na noite deste sábado. Esta é a quarta vez que o governo prorroga a redução do imposto para o setor.

. A medida tem por objetivo "não haver risco de que houvesse uma queda nas vendas ao longo do ano", de acordo com Mantega. "A indústria automobilística é muito importante para a economia brasileira. Ela representa 25% da produção industrial. Então, para manter a produção industrial crescendo, é importante que a indústria automobilística continue crescendo", afirmou o ministro.O ministro informou que o imposto fica como está para todas as faixas de veículos que tiveram o IPI reduzido: carros, utilitários e caminhões. No final do ano, segundo ele, o governo decidirá se o tributo permanecerá no mesmo patamar ou irá subir. O governo informou ainda que busca estimular não somente o setor automotivo com a decisão, mas "toda a cadeia automobilística, como as indústrias de autopeças, de estofamento e de acessórios".

Aprenda, copie para consultas e saiba mais sobre os novos direitos das empregadas domésticas


A revista Veja desta semana mostra de que forma 20 milhões de empregadas domésticas perderão
o emprego, resultado dos novos direitos trabalhistas. Ao lado, a capa da edição deste final de semana. Mire-se. 


* Título original: Novos direitos dos Domésticos: o que o empregador deve Fazer
by Sérgio Schwartsma, do site do jornalista Carlos Brickmann
www.brickmann.com.br

... O empregado pode trabalhar quatro horas em qualquer dia e oito no sábado. Ou dividir as 44 horas semanais em cinco dias e folgar também no sábado, desde que não se ultrapasse o limite de dez horas de trabalho em um só dia. Mas, para isso é indispensável o chamado Acordo de Compensação de Horas..

Com a aprovação da PEC dos Domésticos e a concessão de vários direitos ao empregado doméstico, novas obrigações foram criadas para o empregador doméstico, que precisará se precaver.

Doméstico é todo aquele que trabalha na residência, sem fins lucrativos, ou seja, a doméstica propriamente dita, o mordomo, a governanta, o piscineiro, o jardineiro, o motorista, o cuidador de idosos, etc. Mas se o empregador, por exemplo, tem escritório de trabalho em sua própria casa, a secretaria do escritório não é doméstica - embora, com a equiparação das normas, a distinção não faça mais sentido.

Registro em Carteira - Muito se tem dito.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

ABERTOS HOJE, SÁBADO A NOITE. VÁ COM SEUS AMIGOS.
WWW.BIERMARKT.COM.BRBier Markt,  sábado, a partir das 18h30min
Vá conhecer na Barão do Santo Ângelo 497, ao lado do Leopoldina.
Agora, 24 torneiras de chope artesanal de várias partes do mundo, com barris alojados em câmera fria, servidos diretamente nos copos, sem serpentina. Cardápio diferenciado.
- Vá também na Castro Alves 452, três vezes seguidas
"A Melhor Carta de Cervejas", segundo Veja (2010, 2011 e 2012).

Governo gaúcho vai ao STF para garantir novos ganhos dos royalties do petróleo

* Clipping O Globo, by Merval Pedreira
Título original - Guerra Federativa

 Além do recurso interposto pela Mesa do Senado Federal contra a liminar concedida pela ministra Cármen Lúcia na Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) da Lei dos Royalties, três estados da Federação peticionaram requerendo a participação no feito como amicus curiae (amigos da Corte em latim), isto é, partes interessadas na causa. Dois deles, Paraíba e Alagoas, não trazem argumentos novos, mas a manifestação do Rio Grande do Sul, no entanto, introduz uma questão interessante, ainda que superficialmente, que pode ser um dado novo na discussão no Supremo.

Os gaúchos alegam que, em razão do recente julgamento pelo Supremo Tribunal Federal declarando inconstitucionais diversos dispositivos da PEC 62/2009 (a famigerada PEC do Calote), a situação do seu caixa estaria seriamente prejudicada. Por isso, não seria possível abrir mão dos recursos advindos das novas regras de repartição dos royalties do petróleo.

O STF considerou inconstitucionais dispositivos da PEC do Calote que permitiam parcelamento dos débitos em até 15 anos, realização de leilões de precatórios, correção dos títulos por índices que não recompõem a inflação do período e compensações em caso de dívida do credor com o poder público. Ou seja, indiretamente o estado do Rio Grande do Sul culpa o próprio Supremo por sua situação deficitária, na tentativa de sensibilizar os ministros quanto à questão dos royalties.

O estoque bilionário de precatórios do Rio Grande do Sul hoje perfaz a dívida de R$ 6,3 bilhões de reais. Na sua petição, o Rio Grande do Sul alega que o equilíbrio federativo ficará afetado se o Supremo, ao decidir sobre a nova divisão "mais justa" dos royalties, não levar em conta a situação financeira dos estados envolvidos.

"A relevância da matéria debatida é insofismável.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Assassínios de motoristas levam taxistas a protesto diante da casa do governador Tarso Genro

Pressionado em casa pelos taxistas, Tarso Genro prometeu melhorar o seu incapaz
setor de segurança pública. A foto é do ClicRBS.

- O assassínio de um taxista em Porto Alegre resultou em manifestações de rua e até numa inesperada visita à casa do governador Tarso Genro. O clima de insegurança em todo o RS é cada vez mais visível, aterrorizando a população gaúcha, que não conta mais com segurança pública efetiva. Nesta noite, além do taxista, quatro pessoas foram assassinadas na Capital. Na Fronteira Oeste, tres taxistas foram mortos. Leia o que publica o site www.zerohora.com.br deste domingo:

Depois da confirmação da morte de pelo menos um taxista nesta madrugada em Porto Alegre, um grupo de 50 profissionais bloqueou a Avenida Ipiranga nos dois sentidos nas proximidades do Palácio da Polícia. Eles protestam contra a falta de segurança.Segundo o taxista Luciano Soares, os trabalhadores ficaram sabendo da ocorrência pelo rádio e se mobilizaram para fazer a manifestação.

— Quando chegamos ao local, o corpo estava caído perto do carro, provavelmente foi latrocínio— especulou.

Uma das principais reclamações do grupo era que, em blitze e barreiras policiais, apenas os motoristas são revistados.

— Às vezes os passageiros estão bem vestidos e a gente não sabe se são de má índole ou não. Nessas ações, não pedem nem a identidade do cliente — desabafou Brum de Oliveira.

O motorista Leandro Souza sugere que as barreiras sejam ampliadas.

— Uma em cada canto não adianta, tem que ter na entrada dos bairros e vilas — completou.

Por volta das 5h45min, o grupo que chegou a contar com mais de cem integrantes iniciou uma carreata em direção a casa do governador Tarso Genro, no bairro Rio Branco, fechando a rua. O capitão Fontoura, da Brigada Militar (BM), conversou com os manifestantes no local e ressaltou a preocupação da polícia com as reivindicações da classe.

— Nossa ideia é trabalhar em conjunto, não é normal que as pessoas morram durante a jornada de trabalho— afirmou.

Pouco depois das 6h, o governador Tarso Genro recebeu seis representantes da categoria para ouvir as reclamações da categoria. Em declaração realizada em frente a sua casa, Tarso afirmou que terá diálogo direto com os manifestantes.

Morreu Mauro Borges, ex-governador de Goiás, aos 93 anos

Aos 93 anos, morreu e está sendo velado no Palácio das Esmeraldas o ex-governador Mauro Borges. Ele foi deposto pelos militares no dia 26 de novembro de 1964, mas estava marcado desde a eclosão da revolução de março devido a suas ligações com o governo deposto.

Mino Carta ataca com dureza ministro Paulo Cabral. Ele não quis ser o ministro da Carta Capital.

* Título original: Paulo Bernardo recebe chumbo grosso da Carta Capital
www.;brasil247.com.br

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, é o personagem de capa da edição deste fim de semana da revista Carta Capital. Nela, é retratado como o ministro do "plim-plim" e do "trim-trim", como se estivesse favorecendo a Globo e também operadoras de telefonia, especialmente a Oi, controlada pelos empresários Carlos Jereissati e Sérgio Andrade. Bernardo entrou na mira do PT desde que, numa entrevista ao jornal Estado de S. Paulo, descartou a discussão, pelo governo, de uma Lei de Meios, semelhante à que foi implantada na Argentina para coibir a excessiva concentração nos meios de comunicação – proposta que tem apoio do diretório nacional do partido.

Na edição de Carta Capital, o editor Mino Carta também critica a repartição de verbas publicitárias governamentais e aponta suposto favorecimento às Organizações Globo, que estaria a receber uma "enchente" de recursos. "Situação contraditória. Ou não? A mídia ataca noite e dia, se for o caso inventa, omite e mente, e nem por isso tem êxito junto à maioria dos brasileiros. Haja vista os tais índices de popularidade. Se eleições fossem convocadas hoje, Dilma levaria no primeiro turno. É de estranhar, portanto, que o malogrado apar to comunicador fascine graúdos alvejados e goze de mesuras, afagos e contribuições em matéria. Polpudas. Aconselho aos interessados a leitura da reportagem de capa desta edição, sem se esquecer de passar os olhos sobre os números da publicidade governista garantida aos maiorais da mídia nativa. À Globo, uma enxurrada de grana. Uma enchente", diz ele.
Sobre Paulo Bernardo, ele é carimbado como "o ministro dos meios de comunicação".

Confira, abaixo, um trecho da reportagem:
Quem alimentava esperanças de assistir no Brasil a uma discussão séria e fundamentada sobre a atualização das leis de comunicação pode desistir. O último projeto elaborado pelo governo, obra do ex-secretário Franklin Martins ainda no governo Lula, foi enterrado oficialmente pelo atual ministro das Comunicações, Paulo Bernardo. Em entrevista recente aO Estado de S. Paulo, Bernardo não deixou dúvidas: o governo Dilma não está disposto a bancar a regulamentação da mídia nem a considera necessária. “Temos de discutir menos apaixonadamente essa questão da mídia. Entendo que a democracia brasileira pressupõe mídia livre e liberdade de expressão. Não queremos mudar isso”, afirmou o ministro, numa platitude bem ao gosto dos donos dos meios de comunicação, embora desprovida de qualquer conteúdo. O ministro não é bobo e deveria saber: quem normalmente alerta para os efeitos deletérios do oligopólio midiático existente no País deseja mais e não menos liberdade. E não somente liberdade concentrada nas mãos de uns poucos.
O sistema de regulação no Brasil, cuja principal regra, a lei de radiodifusão, foi criada nos anos 1960, estimula a lei da selva, em que prevalece a vontade dos mais fortes. Contém vícios do passado e não resolve impasses do presente.

LEIA tudo nas edição desta semana da revista.

Coréia aponta mísseis atômicos para alvos dos EUA. EUA ameaçam destruir a Coréia em caso de ataque.

* Os norte-coreanos anunciaram que colocaram sob mira atômica alvos dos EUA, Coréia do Sul e Japão. Os EUA avisaram que estão levando muito a sério as ameaças e amearam com destruição em massa em caso de ataque.

Dezenas de milhares de militares e civis norte-coreanos marcharam no centro de Pyongyang nesta sexta-feira em uma demonstração de apoio a um eventual ataque militar contra os Estados Unidos, afirmou a imprensa estatal. A magnitude da manifestação não pode ser confirmada por meios independentes, já que a censura no país é generalizada. O ato teria sido realizado na praça Kim Il-sung, e o ditador Kim Jong-un não estava presente.

. Segundo a TV nacional, a manifestação foi organizada em apoio à decisão do Exército norte-coreano, tomada na terça-feira e ratificada por Kim Jong-un nesta sexta-feira, de ordenar o posicionamento de mísseis estratégicos para atacar o continente americano e as bases dos EUA no Pacífico. A medida é uma resposta aos treinamento de bombardeiros B-2 americanos sobre a Coreia do Sul no dia anterior.
Sob as imagens gigantes do pai de Kim Jong-un, Kim Jong-il, e de seu avô, Kim Il-sung, civis e soldados juraram obediência ao presidente. "A declaração foi um ultimato do Exército coreano contra os imperialistas americanos", declarou um porta-voz no início da manifestação. "Vamos pegar em armas e bombas por nosso respeitado líder Kim Jong-un."

. Desde o início de março, quando a ONU adotou sanções contra a Coreia do Norte, o país vem aumentando sua retórica belicista. Embora especialistas duvidem que o país tenha capacidade para atingir a área continental dos EUA, afirmam que bases no Japão e na ilha americana de Guam estão no alcance das armas convencionais de Pyongyang. Washington, por sua vez, afirma que tem total condição de proteger seu território e o de seus aliados.
(Com agência France-Presse)]


ABERTOS NESTA SEXTA A NOITE. VÁ COM SEUS AMIGOS.
Bier Markt,  sexta e sábado, a partir das 18h30min
Vá conhecer na Barão do Santo Ângelo 497, ao lado do Leopoldina.
Agora, 24 torneiras de chope artesanal de várias partes do mundo, com barris alojados em câmera fria, servidos diretamente nos copos, sem serpentina. Cardápio diferenciado.
- Vá também na Castro Alves 452, três vezes seguidas
"A Melhor Carta de Cervejas", segundo Veja (2010, 2011 e 2012).

Depois do desastre da Eletrobrás e do sinal vermelho na CEEE, chegou a hora da Chesf anunciar prejuízo de R$ 5,3 bi. Tudo em função da MP da Dilma.

* Clipping www.brasil247.com.br

Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) teve um prejuízo de R$ 5,3 bilhões em 2012 em decorrência de ajustes contábeis por conta da renovação das concessões com vencimento em 2015; isso porque o Governo Federal criou no ano passado Medida Provisória n° 579, segundo a qual tem de haver a reposição dos ativos das concessões que não foram amortizados

29 DE MARÇO DE 2013 ÀS 08:34

PE247 - A Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) teve um prejuízo de R$ 5,3 bilhões em 2012 em decorrência de ajustes contábeis por conta da renovação das concessões com vencimento em 2015. Isso porque o Governo Federal criou no ano passado Medida Provisória n° 579, segundo a qual tem de haver a reposição dos ativos das concessões que não foram amortizados.
“A diferença resultante entre o valor da indenização, calculado com base no critério estabelecido pela referida MP, e o valor registrado contabilmente, foram baixados como perda no resultado da companhia”, disse a Chesf, empresa do grupo Eletrobrás. O lançamento da redução prevista pela MP ocasionou um resultado negativo de R$ 8,2 bilhões, valor que foi aliviado em parte pelo bom resultado operacional registrado pela estatal.

A gerência operacional da caixa medida pelo Ebitda - que diz respeito ao lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização - em paralelo aos ajustes da MP 579 implicou em um crescimento de 25% em 2012, atingindo os R$ 3,35 bilhões.

Curiosamente, mesmo com um prejuízo de R$ 5,3 bilhões, a receita operacional da Chesf, fechou 2012 com R$ 7,68 bilhões, sendo a maior de história da companhia.

Dilma autoriza a fvenda de empresas da Petrobrás pela metade do preço para um amigão de Christina Kirschner


Muy amigas.

* Clipping revista Época
Título original: Feirão da Petrobrás.


Uma reportagem da revista Época deste fim de semana promete realimentar os ataques que vêm sendo feitos à estatal pela oposição. No texto "O feirão da Petrobras", cinco jornalistas da publicação semanal da Editora Globo acusam a empresa, comandada por Graça Foster, de gerir mal seus negócios no exterior. Na Argentina, ativos valiosos estariam sendo entregues, a preço vil, a um grupo aliado de Cristina Kirchner. Na Nigéria, poços com grandes reservas de petróleo estariam sendo transferidos ao banqueiro André Esteves, do BTG Pactual, que mantém perigosa proximidade com o governo federal. Leia abaixo:
(este texto de introdução é do site www.brasil247.com.br)

O feirão da Petrobras

Documentos da estatal revelam os bastidores da venda de patrimônio no exterior – como a sociedade secreta na Argentina com um amigo da presidente Cristina Kirchner

DIEGO ESCOSTEGUY, COM MURILO RAMOS, LEANDRO LOYOLA, MARCELO ROCHA E FLÁVIA TAVARES

Na quarta-feira, dia 27 de março, o executivo Carlos Fabián, do grupo argentino Indalo, esteve no 22o andar da sede da Petrobras, no Rio de Janeiro, para fechar o negócio de sua vida. É lá que funciona a Gerência de Novos Negócios da Petrobras, a unidade que promove o maior feirão da história da estatal – e talvez do país. Sem dinheiro em caixa, a Petrobras resolveu vender grande parte de seu patrimônio no exterior, que inclui de tudo: refinarias, poços de petróleo, equipamentos, participações em empresas, postos de combustível. Com o feirão, chamado no jargão da empresa de “plano de desinvestimentos”, a Petrobras espera arrecadar cerca de US$ 10 bilhões. De tão estratégica, a Gerência de Novos Negócios reporta-se diretamente à presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster. Ela acompanha detidamente cada oferta do feirão. Nenhuma causou tanta polêmica dentro da Petrobras quanto a que o executivo Fabián viria a fechar em sua visita sigilosa ao Rio: a venda de metade do que a estatal tem na Petrobras Argentina, a Pesa. ÉPOCA teve acesso, com exclusividade, ao acordo confidencial fechado entre as duas partes, há um mês. iApesar do nome, a Petrobras não é a única dona da Pesa: 33% das ações dela são públicas, negociadas nas Bolsas deBuenos Aires e de Nova York. A Indalo se tornará dona de 33% da Pesa, será sócia da Petrobras no negócio e, segundo o acordo, ainda comprará, por US$ 238 milhões, todas as refinarias, distribuidoras e unidades de petroquímica operadas pela estatal brasileira – em resumo, tudo o que a Petrobras tem de mais valioso na Argentina.

O negócio provocou rebuliço dentro da Petrobras por três motivos: o valor e o momento da venda, a identidade do novo sócio e, sobretudo, o tortuoso modo como ele entrou na jogada. Não se trata de uma preocupação irrelevante – a Petrobras investiu muito na Argentina nos últimos dez anos. Metade do petróleo produzido pela Petrobras no exterior vem de lá. Em 2002, a estatal brasileira gastou US$ 1,1 bilhão e assumiu uma dívida estimada em US$ 2 bilhões, para comprar 58% da Perez Companc, então a maior empresa privada de petróleo da Argentina, que já tinha ações negociadas na Bolsa. Após sucessivos investimentos, a Perez Companc passou a se chamar Pesa, e a Petrobras tornou-se dona de 67% da empresa. Nos anos seguintes, a Petrobras continuou investindo maciçamente na Pesa: ao menos US$ 2,1 bilhões até 2009. Valeu a pena. A Pesa atua na exploração, no refino, na distribuição de petróleo e gás e também na área petroquímica. Tem refinarias, gasodutos, centenas de postos de combustível. Em maio de 2011, a Argentina anunciou ter descoberto a terceira maior reserva mundial de xisto – fonte de energia em forma de óleo e gás –, estimada em 23 bilhões de barris, equivalentes à metade do petróleo do pré-sal brasileiro. A Pesa tem 17% das área.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Artigo, Folha - Atropelos de Dilma (a má fala sobre a inflação)

Presidente constrange BC com declaração desajeitada sobre combate à inflação, que segue em alta, e depois ainda diz que foi mal interpretada

Foram lesivas à credibilidade da política econômica da presidente Dilma Rousseff suas declarações sobre inflação na cúpula dos Brics em Durban, na África do Sul. Reforçaram a percepção de que o governo federal não tem estratégia definida para lidar com os desafios da economia e do regime de metas inflacionárias.

Ontem, um dia depois das declarações de Dilma, o BC publicou seu relatório do primeiro trimestre com novas projeções de inflação, sensivelmente piores que as do final do ano passado. O BC espera que o IPCA suba 5,7% neste ano, bem acima dos 4,9% prognosticados em dezembro. Para 2014, a expectativa subiu de 4,8% para 5,3%.

O tropeço retórico presidencial começou por atribuir ao Ministério da Fazenda, e não ao Banco Central, o papel de discorrer sobre inflação. Parece uma questão semântica, mas não é.

O mandato de controlar a inflação pertence ao BC.

CLIQUE AQUI para ler tudo.


Presidente da Câmara submete-se a cirurgia em São Paulo.

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, passou por uma cirurgia na manhã desta quinta-feira em São Paulo. Ele permanece internado no hospital Sírio Libanês e deve receber alta somente na sexta-feira. Por recomendação médica, o deputado cancelou uma viagem que faria ao México na próxima semana.

. No último check up feito por ele foi verificada a existência de uma hérnia abdominal que exigia a realização de uma cirurgia. Para se adequar à agenda do parlamentar, a operação foi marcada para coincidir com o feriado da Páscoa.

Fortunati quer punição para os delinquentes políticos do PSOL, PSTU e PT que atacaram pela violência servidores e a prefeitura de Porto Alegre

Fortunati entrega a queixa-crime ao chefe do Ministério Público do RS, Lima Veiga.


O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, é um homem de esquerda, ex-sindicalista e líder de um Partido historicamente ligado às lutas populares, o PDT. Os ataques sucessivos que lhe movem lideranças do PSOL, PSTU e PT, aos quais ele acaba de impor derrota humilhante nas urnas, demonstram a inconformidade diante dos resultados das urnas e visam reduzir-lhe a importância política, já de olho em 2014. A nota a seguir é do site www.zerohora.com.br

Na manhã desta terça, em entrevista coletiva, o prefeito José Fortunati anunciou que encaminhou uma notícia crime ao Ministério Público para investigar as agressões físicas sofridas pelo secretário de Coordenação Política e Governança Local César Busatto e também os danos ao patrimônio público e histórico.

— Estamos muito indignados com o que ocorreu e atos como este não podem ser tolerados — afirmou Fortunati.

O prefeito classificou a manifestação como um atentado ao Estado Democrático de Direito.

— Não foi uma manifestação pacífica, as pessoas vieram para o confronto. Ninguém vem dialogar com taquaras de mais de dois metros, pedras, tinta e bolas de vidro.

Indignado, Fortunati fez um apelo a população:

— Convoco os cidadãos de bem a se indignar com esse ato, pois hoje eles estão agredindo pessoas e a prefeitura, mas amanhã eles podem estar incendiando os ônibus e isso não terá mais fim.

Saiba quem estava por trás da violência dos delinquentes políticos que atacaram a prefeitura de Porto Alegre

O protesto, que culminou na depredação do prédio da prefeitura e de viaturas da Guarda Municipal, foi convocado via Facebook por estudantes e jovens ligados aos seguintes Partidos, conforme o leitor poderá verificar CLICANDO AQUI:

- PSOL,
- PT,
- PSTU
Com eles, estiveram mais os seguintes grupos:
- DCE da Ufrgs
- DCE da PUC
- Radicais anarquistas.
- Alas de funcionários das concessionárias do transporte público
- Agregados, eles formaram o Bloco de Luta pelo Transporte Público.

No Facebook, um dos mentores do levante foi Lucas Maróstica, integrante do coletivo Juntos e funcionário do gabinete da vereadora Fernanda Melchionna (PSOL). A parlamentar, que participou de outro protesto, este na Câmara de Vereadores, foi vista em frente à prefeitura. 

Se você CLICAR AQUI, perceberá a gravidade das ações da minoria agressiva que depredou e tentou invadir a prefeitura, agredindo fisicamente servidores públicos municipais, jornalistas e guardas. As imagens mostram muito pouca gente. Antes da prefeitura, os delinquentes políticos tentaram invadir e depredar a RBS. A resposta a esse tipo de violência da delinquência política de Partidos minoritários inconformados com a pouca expressão que possuem, deve ser dada através do uso duro da lei, enfiando os bandidos na cadeia. Sem isto, qualquer minoria inconformada imporá a sua vontade pela violência física. 

Mais uma vez o Ministério Público Estadual do RS promoveu investigações e para ajudá-lo mobilizou a Brigada Militar.

Não cabe a Brigada esse papel, que é privativo da Polícia Civil, que sequer sabia o que estava acontecendo quando o promotor Ricardo Herbstrith desvendou malfeitorias nas prefeituras de Tramandaí, Sapucaia, Campo Bom, Rolante e Novo Hamburgo.

. Alguém no MPE e na BM não costuma ler o que consta do artigo 144 da Constituição Federal.

- Em Novo Hamburgo, o mais reluzente dos municípios onde o MPF flagrou fraudes em licitações, o ex-prefeito Tarcisio Zimmerman, PT, disse que não sabia de nada. Zimmerman não pode ser candidato na eleição suplementar de março, apoiou o deputado Luís Lauermann, mas a revelação feita nesta quarta pelo promotor Herbstrith, caso tivesse vazado durante a campanha, o resultado seria desastroso para o PT. 

Presidenciável Eduardo Campos falará dia 9 na Federasul

No dia 9 de abril, 12h, a Federasul receberá no seu Tá na Mesa o governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

. O neto de Miguel Arraes virá ao RS como presidenciável do PSB. Sua agenda já é extensa.

Presidente da Eletrobrás reconhece que MP das Tarifas de Dilma quase quebra a Eletrobrás

CLIQUE AQUI para examinar a análise da atual diretoria sobre as medidas voluntaristas tomadas por Dilma. O documento, exclusivo, mostra o que fará a CEEE para tentar escapar da falência.

Na edição de ontem, o editor já tinha postado material exclusivo com uma análise devastadora da atual diretoria da CEEE, que apontou os prejuízos bilionários causados à companhia pela ação voluntarista de Dilma Roussef ao forçar as elétricas a um acerto maluco sobre suas concessões, com o intuito de reduzir tarifas elétricas de qualquer modo. Agora, quem fala é a Eletrobrás, cujo balanço (leia abaixo) registra o maior prejuízo enfrentado pela estatal em toda a sua história. O material a seguir foi editado pelo site www.brasil247.com.br, com reportagem da Agência Brasil. 

Segundo José da Costa, o saldo da empresa foi "severamente impactado" pelos lançamentos decorrentes da nova lei do setor, que prevê prorrogação das concessões elétricas; para reverter o prejuízo, ele defendeu a redução dos gastos, a reestruturação dos processos empresarias e a otimização dos esforços entre as empresas

Luciene Cruz
Repórter da Agência Brasil
Brasília - O presidente da Eletrobras, José da Costa, culpou a Lei 12.783/13 pelo resultado negativo da empresa em 2012, que teve prejuízo de R$ 6,8 bilhões. Segundo ele, o saldo foi "severamente impactado" pelos lançamentos decorrentes da nova lei, que prevê prorrogação das concessões elétricas.
Para reverter o prejuízo, ele defendeu a redução dos gastos, a reestruturação dos processos empresarias e a otimização dos esforços entre as empresas. "Nossa história está aí para mostrar que os desafios são também uma importante fonte de energia. E os [desafios] que enfrentamos agora nos servirão, certamente, para acelerar as melhorias que já vínhamos perseguindo, na construção de uma empresa cada vez mais eficiente e de um Brasil cada vez mais sustentável", assegurou.
Segundo os cálculos da estatal, sem os efeitos da lei, o resultado consolidado seria positivo em R$ 3,2 bilhões, no ano passado. Além disso, caso não fossem computados alguns fatores não recorrentes, como a usina de Jirau, que teve atrasos nas obras e não entrou em operação, o lucro seria R$ 5,9 bilhões em 2012. "Na operação normal do ano, a perfomance foi relativamente boa. Se não [fosse] a nova lei, teríamos tido lucro", disse o presidente da estatal.
Mesmo com o resultado negativo, Costa acredita que devido as desafios enfrentados no ano passado, a companhia deve primar pela eficiência e "procurar, dentro do espaço legal, reverter todas as provisões regulatórias".
O presidente destacou que em 2012, foram investidos R$ 9,9 bilhões, dos quais R$ 5,3 bilhões em geração, R$ 3 bilhões em transmissão, R$ 1 bilhão em distribuição e R$ 600 milhões em pesquisa, infraestrutura e qualidade ambiental. Segundo dados apresentados pela Eletrobras, a estatal agregou 712 megawatts em geração de energia e 900 quilômetros de linhas de transmissão

André Esteves, Pactual, falará dia 18 no Sheraton, Porto Alegre

O presidente e fundador do BTG Pactual André Esteves está confirmado como palestrante do Seminário Brasil de Amanhã, que ocorre no dia 18 de abril, em Porto Alegre. Realizado pela Revista AMANHÃ, o evento propõe uma discussão sobre o que esperar da economia do país e do mundo. Após a palestra, ainda haverá um painel de debates, que já tem o primeiro painelista confirmado: José A. F. Martins, Vice-Presidente de Relações Institucionais da Marcopolo S/A.

. 250 pessoas são esperadas no Hotel Sheraton

ABERTOS DURANTE TODA A PÁSCOA. VÁ COM SEUS AMIGOS.
Bier Markt, quinta, sexta e sábado, a partir das 18h30min
Vá conhecer na Barão do Santo Ângelo 497, ao lado do Leopoldina.
Agora, 24 torneiras de chope artesanal de várias partes do mundo, com barris alojados em câmera fria, servidos diretamente nos copos, sem serpentina. Cardápio diferenciado.
- Vá também na Castro Alves 452, três vezes seguidas
"A Melhor Carta de Cervejas", segundo Veja (2010, 2011 e 2012).

BRDE deixa de ser banco de desenvolvimento e vira banco agropecuário

Foi raquítico o balanço de 2012 apresentado nesta quinta-feira pelo BRDE. O lucro líquido chegou a R$ 83,4 milhões, bem inferior aos R$ 92,1 milhões do ano anterior.

. O resultado é desastroso para qualquer banco.

. Talvez isto explique o fato de que a diretoria do BRDE não quis fazer pajelança alguma com os jornalistas para divulgar os números.

. As receitas com a intermediação financeira até cresceram um pouco, mas passaram de R$ 768 milhões para R$ 801,5 milhões apenas.

. O mais curioso no caso do balanço é que o BRDE, criado por Brizola, Celso Ramos e Ney Braga para alavancar o desenvolvimento industrial, parece ter se tornado um banco do setor agropecuário. Este foi o setor que mais recebeu financiamentos no ano passado: R$ 1,1 bilhão. A indústria, que deveria ser o carro chefe do banco, recebeu R$ 959,2 milhões.

- O BRDE possui ativos de R$ 9,4 bilhões. 

Grupo suiço Ammann anunciará quarta-feira o início das operações da sua fábrica de Gravataí, RS

Será quarta-feira, 14h30min, o encontro com a imprensa que fará o Grupo AMMANN, lider mundial na fabricação de usinas de asfalto e um dos tres maiores fabricantes de rolos compactadores em todo o mundo, para anunciar o inicio das operações de sua fábrica no municipio de Gravataí (RS).

. O presidente do Grupo AMMANN , Hans-Christian Schneider ; os Vice-Presidentes Executivos, Elmar Egli e Christian Stryffeler, acompanhados do Presidente da AMMANN Latino America , Gilvan Medeiros Pereira , estarão na coletiva. A nova unidade instalada no municipio gaúcho é a primeira do grupo suiço na America Latina e recebeu investimentos de €9 milhões. 


PÁSCOA EM GRAMADO, RS.
Varanda das Bromélias. Boutique hotel no meio de um bosque na zona mais central.
Pacote casal para duas noites: R$ 1.254,00 +10%
Boas Vindas de Páscoa – Café tipo brunch até meio dia – Chá da tarde no apartamento – Jornal no aposento – Check out mais largo.
Reservas@varandadasbromelias.com.br Rua Alarisch Schultz 198
RESERVE AGORA

Nenê Zimmermann, agora, diariamente na Coletiva

Focado em notícias do mercado publicitário, o colunista gaúcho Nenê Zimmerman encerrou sua atividade solo e a partir de segunda-feira publicará a Coluna do Nenê no site da Coletiva (www.coletiva.net), cuja expertise é a área da comunicação social.

Unimed Porto Alegre elevou receita para R$ 1,4 bi depois que comprou a Carlos Chagas

Depois que absorveu a Central Médica Carlos Chagas no ano passado (800 empresas, 16 mil novos clientes), a Unimed de Porto Alegre elevou sua receita de R$ 1,2 bilhão para R$ 1,4 bilhão.

. Em 2012, a cooperativa distribuiu R$ 54,3 milhões suplementares entre seus médicos associados,1,5 mais do que o valor médico pago mensalmente a cada um – o maior da história.

- Os números, assinados pelo reeleito presidente, Mário Pizzato, estão todos no balanço publicado nesta quinta-feira.

Saiba por que em poucas horas Maiojama vende 100% da Trend24 (R$ 250milhões)

Controlada pela Família Sirotsky, a mesma que controla a RBS, a Maiojama tem dado tacadas certeiras nos seus últimos lançamentos imobiliários de Porto Alegre.

. Depois da velocidade com que vendeu o Trend Nova Carlos Gomes, antes mesmo do início das obras, a surpresa veio com a venda em poucas horas do Trend24. A família botou R$ 250 milhões no bolso.

. A Maiojama reservou duas páginas a cores no jornal da família, quinta, para anunciar que Foxter, Ducati e Lopes, comercializaram 100% das três torres da Rua 24 de Outubro com Nova Iorque.

- Os cases da Maiojama não se devem apenas ao interesse dos investidores, porque a força da família leva muitos compradores a simplesmente apostarem na reserva de valor, assinando qualquer cheque em branco.

CLIQUE AQUI para ver tudo sobre o Trend24. O material está no YouTube

Banco Central prevê IPCA de 6% para este ano


O governo Dilma Rousseff fechará todos os anos de seu mandato com inflação acima da marca de 5% e, portanto, além do centro da meta de 4,5%. Isso ocorrerá se as novas projeções para o IPCA, que o Banco Central divulgou nesta quinta-feira, 28, por meio do Relatório Trimestral de Inflação (RTI), forem confirmadas.

. As projeções do BC para a inflação em 2013, tanto no cenário de referência como no de mercado, foram elevadas e estão próximas de 6%

Eletrobrás fechou o ano passado com prejuízo estratosférico de R$ 10,5 bilhões

O texto a seguir foi distribuído pela agência Reuters e já rola na Internet. O prejuízo sofrido pela Eletrobrás é assustador. Em qualquer empresa privada, o resultado significaria um desastre de proporções oceânicas. O rombo de 2012 terá que ser coberto pelo acionista majoritário, no caso o governo, ou seja, os contribuintes - nós todos. 

A Eletrobras sofreu prejuízo líquido de 10,5 bilhões de reais no quarto trimestre, encerrando 2012 com resultado negativo de 6,9 bilhões de reais, pressionada por uma série de perdas bilionárias que incluíram a renovação das concessões de energia decidida pelo governo no ano passado.

A companhia, que anunciou ainda plano de investimento de 52,4 bilhões de reais entre 2013 e 2017, registrou no quarto trimestre perdas de 10 bilhões de reais relacionadas à antecipação da renovação das concessões no plano do governo para reduzir as tarifas de energia.

Segundo o balanço da estatal, as perdas em geração relacionadas à renovação somaram 7,34 bilhões de reais, enquanto na transmissão houve perda de 3,1 bilhões e a distribuição registrou ganho de 359 milhões. A companhia também apurou, entre os eventos não recorrentes do quarto trimestre, perda de 1,6 bilhão de reais relacionada a contrato oneroso de Jirau.Com isso, a Eletrobras teve uma geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) negativa em 12 bilhões de reais no quarto trimestre, com margem também negativa de 124 por cento. Um ano antes, o Ebitda havia sido de 1,2 bilhão de reais, com margem de 14 por cento.No ano, o Ebitda foi negativo em 6,17 bilhões de reais. Segundo a Eletrobras, não fossem os efeitos "atípicos", o Ebitda de 2012 teria sido de 5,5 bilhões de reais, queda de 8,4 por cento sobre 2011, pressionado por queda na receita de repasse da usina de Itaipu e aumento de provisões.

A Eletrobras apurou receita líquida de 9,68 bilhões de reais no quarto trimestre, aumento de 10,6 por cento sobre o mesmo período de 2011.

A dívida líquida somou 23,57 bilhões de reais ao final do ano passado, ante 11,43 bilhões em 2011.

Governo Tarso Genro esconde o tamanho do rombo do caixa único

Ultrapassado o terceiro mês do ano, até agora não se pode saber  a movimentação patrimonial do Estado. É uma conta que trata do ativo, passivo, existência de recursos financeiros, dívidas de curto e longo prazo, restos a pagar e  dívidas do exercício. A lista é apenas exemplificativa.

. Sem conhecer a movimentação patrimonial, não há como saber os saques do caixa único.

. O governo alega que está “arrumando o plano de contas”, mas parece disposto, isto sim, a sonegar do distinto público o valor real do rombo que já produziu no caixa único.

. O governo Yeda Crusius nunca sacou do caixa único, que  recebeu arrombado, porque perseguiu e conquistou o déficit zero, mas o governo Tarso Genro inverteu a mão.

. Leia o recado disponível há três meses no site da secretaria da Fazenda:

BALANCETE NÃO DISPONÍVEL EM JANEIRO E FEVEREIRO/2013 EM FUNÇÃO DE MUDANÇA DE PLANO DE CONTAS.

Atual governo do PT voltou a quebrar o Rio Grande

O atual governo do RS voltou a quebrar o Rio Grande do Sul. Além da desordem em que lançou as contas públicas, o sr. Tarso Genro assumiu dívidas e despesas que governo algum conseguirá pagar – nem o dele.

. E não se trata apenas dos inviáveis aumentos salariais futuros nas áreas do magistério e da segurança pública.


PÁSCOA EM GRAMADO, RS.
Varanda das Bromélias. Boutique hotel no meio de um bosque na zona mais central.
Pacote casal para duas noites: R$ 1.254,00 +10%
Boas Vindas de Páscoa – Café tipo brunch até meio dia – Chá da tarde no apartamento – Jornal no aposento – Check out mais largo.
Reservas@varandadasbromelias.com.br Rua Alarisch Schultz 198
RESERVE AGORA

Apesar de lotada, saiba por que Gramado é a melhor pedida da Páscoa

Gramado é a melhor opção para quem quer sair da sua cidade nesta Páscoa. Além da 18ª. Edição da Chocofest, será imperdível a Procissão dos Passos, sexta-feira a noite, diante da igreja católica.

. O editor consultou os representantes da hotelaria de Gramado e constatou que praticamente não há vagas para este fim de semana. Nesta quinta a tarde, o hotel Varanda das Bromélias possuía somente dois apartamentos em oferta.

. A programação dos dias de Páscoa está toda no site www.chocofest.com.br Consulte também o site oficial da prefeitura: www.gramado.gov.br

Entrevista - Nova lei com marco regulatório das drogas irá a votação semana que vem

Osmar Terra, deputado Federal do PMDB do RS

Quando vai a voto o projeto 7663/2010 que estabelece novo marco legal contra as drogas no Brasil?
Combinei com o presidente da Câmara que o projeto será votado na semana que vem. Isto é definitivo. Depois irá para o Senado.

O senhor pode destacar um dos pontos que considera mais emblemáticos da nova lei?
Além da internação involuntária, destaco penas maiores para traficantes, redução de atenuantes, incentivos fiscais às empresas que abrirem postos de trabalho para dependentes em tratamento, divisão de responsabilidades entre município, estado e União, apoio às comunidades terapêuticas e a internação involuntária.

Percebo que setores do próprio governo federal não querem controle mais rígido das drogas. É isto? Que setores?
Gente do segundo escalão. Usam discurso oco para defender o uso de drogas. Eles não possuem base científica alguma.

O que diz a ciência?
Sou médico, fui secretário da Saúde do Rio Grande do Sul por oito anos, tenho mestrado com estudo do comportamento violento, vivi de perto o surgimento da epidemia do crack no meu estado. Eu conheço o assunto. Tenho recebido milhares de apoios e a maioria diz que só é a favor da liberação quem não tem um parente dependente químico.

E se liberar?
Liberar o uso é liberar o tráfico, aumentar a rede de dependentes e agravar um problema de saúde pública – adverte Terra.

PMDB convoca imprensa para fazer “crítica técnica” ao governo Tarso

Terça-feira, meio dia, a bancada do PMDB na Assembléia do RS reunirá a imprensa para fustigar o governo Tarso Genro. A idéia é apresentar um relatório técnico sobre os dois primeiros anos do PT no Piratini.

. Será no restaurante Copacabana.

Cassiá vai para a rua pedir apoio para o Partido de Marina

O deputado Cassiá Carpes, PTB, está com mais do que um pé no Partido que forma a ex-senadora Marina Silva, o Rede Sustentável.

. Na quarta-feira ao meio dia, em apenas uma hora, ele foi para a Esquina Democrática com militantes gaúchos do Rede e colheu 700 assinaturas de apoio ao novo Partido.

Maria Helena fica “surpresa” com falta de palavra do PT

Foi ingênua a nota que a líder do PMDB na Assembléia do RS, Maria Helena Sartori, resolveu soltar para manifestar surpresa diante da posição da bancada do PT, que não honrou o compromisso que horas antes tomou com ela mesma, comprometendo-se a votar pela extinção dos 14º e 15º salários dos deputados.

. A deputada passa a impressão de que não sabe com quem está lidando.

Porto Alegre tem a menor taxa de desemprego do Brasil em fevereiro

A taxa de desemprego em Porto Alegre, para o mês de fevereiro, é a mais baixa entre as seis capitais pesquisadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O levantamento, divulgado na manhã desta quarta, mostra que o índice de desocupação na Capital está em 3,9%, um pouco acima dos 3,5% verificados em janeiro, mas é a menor já registrada para um mês de fevereiro e está bem abaixo da média nacional, que foi de 5,6%.

. Em nível nacional, a taxa também é a mais baixa para o mês desde o início da série histórica da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), que começou em março de 2002, segundo o IBGE. Em janeiro, a taxa de desemprego estava em 5,4% e, em fevereiro do ano passado, havia sido de 5,7%. No caso específico de Porto Alegre, o nível de desemprego mais baixo da série histórica foi de 3%, apurado em dezembro do ano passado.

Juiz condena autor de Privataria Tucana que caluniou Serra

A jornalista Mônica Bérgamo, Folha, informou nesta sexta-feira que o ex-governador José Serra conseguiu impor uma condenação por danos morais pelo "oportunismo eleitoral", ao jornalista Amaury Ribeiro Júnior, autor do livro Privataria Tucana. O juiz do caso disse na sentença que o objetivo do autor foi atingir a imagem de Serra.  Leia as notas de Bérgamo:

Indenização simbólica
José Serra ganhou indenização de R$ 1.000 por danos morais pelo "oportunismo eleitoral" do livro "A Privataria Tucana", de Amaury Ribeiro Júnior. O autor e a editora Geração Editorial foram condenados pelo juiz André Pasquale Scavone, da 10ª Vara Cível, em sentença publicada em 1º de março.
INDENIZAÇÃO 2
Na decisão, o juiz declara que "não é este o juízo que vai dizer se os fatos narrados são ou não verdadeiros". Diz, no entanto, que é "inequívoca a intenção dos réus de atingir a imagem de Serra". Scavone considera "curioso" o caráter indenizatório da ação. "Se o interesse era preservar a imagem, o pedido deveria ser de impedir a venda do material ofensivo."
INDENIZAÇÃO 3
Ao fixar a indenização, o juiz afirma ser o valor "simbólico (para fins de paraísos fiscais)", uma referência às denúncias do livro, lançado às vésperas das eleições de 2010, contra o candidato tucano à Presidência.
INDENIZAÇÃO 4
Serra e os réus devem recorrer da decisão. "O livro foi considerado ofensivo, mas entramos com recurso para ampliar a condenação", afirma Ricardo Penteado, advogado do tucano. "Também vamos recorrer. Para nós, R$ 1.000 é muito", diz o editor Luiz Fernando Emediato.


PÁSCOA EM GRAMADO, RS.
Varanda das Bromélias. Boutique hotel no meio de um bosque na zona mais central.
Pacote casal para duas noites: R$ 1.254,00 +10%
Boas Vindas de Páscoa – Café tipo brunch até meio dia – Chá da tarde no apartamento – Jornal no aposento – Check out mais largo.
Reservas@varandadasbromelias.com.br Rua Alarisch Schultz 198
RESERVE AGORA

Estapar, depois de dominar a Área Azul de Porto Alegre, foi vendida para o Banco Pactual

Anos depois que os prefeitos petistas de Porto Alegre privatizaram a Área Azul, a empresa beneficiada, a Estapar, foi vendida para o Banco Pactual.

. Um dos controladores do braço gaúcho, Fernando Stein, criou depois a Moving.

Depois de 12 anos como réu, Tarso finalmente defende-se na ação popular contra a privatização das áreas azuis de Porto Alegre

Prefeitos do PT criaram a área azul em Porto Alegre, privatizaram o serviço e ilegalmente deram até poder de polícia para a Estapar. 

Falta muito pouco para a sentença que o juiz Hilbert Maximiliano Akihito Obara, 5ª. Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, emitirá no âmbito do processo que tem como réu principal o atual governador do RS, Tarso Genro. Depois de 12 anos sem se defender, o governador finalmente foi citado e se defendeu através do advogado João Mattos. A defesa tem enxutas 12 laudas. Dos 5 pontos requeridos ao final da defesa, somente um entra no mérito da causa, porque todos os demais contemplam tecnicalidades processuais. O autor da ação popular, Fernando Dani, fulminou a defesa numa contestação de apenas cinco páginas.

. O ex-prefeito Raul Pont também é réu, mas é revel. A lista de réus inclui Mauri Cruz, ex-presidente da EPTC (ele foi diretor Geral do Detran, onde tomou outro processo em andamento).

. A última movimentação da ação popular  001/1.05.0326873-2, ajuizada no dia 13 de outubro de 2003, cujas 1.089 páginas, estão com o editor, é de 31 de janeiro, é assinada pelo promotor Luiz Geyer. O promotor estranha no caso a condição de revel do co-réu Raul Pont, que não se defende, o que complica a sua condição de réu.

- O caso diz respeito à privatização da Área Azul para a empresa Estapar. O então prefeito Raul Pont assinou o primeiro decreto de outorga da concessão da exploração do estacionamento pago, concedendo ilegalmente até o poder de polícia para a empresa privada, conforme o ddcreto 13.183 de 2001. A ação popular foi movida em 2003 por um grupo de advogados gaúchos, entre os quais Fernando Dani e Cristiane Vearick. Ambos estão atentos aos autos, mas não falam para jornalistas. Fracassaram todas as tentativas da prefeitura, EPTC, Estapar, Tarso Genro, Raul Pont e Mauri Cruz, no sentido de trancar o processo. Durante seis anos, agravos e apelações de todo o gênero baterasm sem sucesso às portas da 5ª. Vara, do Tribunal de Justiça e do STJ, sem sucesso.

Lula diz que viagens ao exterior servem para "vender" o Brasil

O ex-presidente Lula (PT) declarou que as viagens que fez à América Latina e à África, bancadas por empresas privadas, servem para “vender” os produtos brasileiros.

. Na semana passada, o jornal Folha de São Paulo revelou que 13 de suas 30 viagens ao exterior depois de sair do cargo foram bancadas por empreiteiras com interesses nos países visitados.

PSDB traz estrategista de Obama para ajudar Aécio

O PSDB vai trazer um dos estrategistas da campanha do presidente dos EUA, Barack Obama, para ajudar a construir a candidatura do senador Aécio Neves à Presidência da República em 2014.

. A costura para trazer David Axelrod, um ex-alto funcionário da Casa Branca e conselheiro político das campanhas presidenciais de Obama, foi feita pelo novo marqueteiro do tucano, Renato Pereira, com ajuda do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso -que tem proximidade com o ex-presidente norte-americano Bill Clinton.

Frase de Dilma sobre inflação afeta mercados financeiros

Depois de afirmar ontem que não sacrificará o crescimento econômico para conter a inflação e ver a reação do mercado, refletida em queda dos juros futuros, a presidente Dilma Rousseff disse que teve suas declarações “manipuladas” por “agentes de mercado”.

. No encerramento da V Cúpula dos Brics (grupo que reúne Brasil, Rússia, China, Índia e África do Sul), em Durban, na África do Sul, Dilma afirmou pela manhã que “as vozes de sempre” pediam medidas de controle da inflação que implicavam a redução do crescimento econômico, mas que esse era “um receituário que quer matar o doente em vez de curar a doença”.

. Mas, à tarde, após uma queda dos juros no mercado financeiro, ela pediu que sua assessoria reunisse os repórteres para dizer que suas declarações haviam sido manipuladas.

Ex-prefeito Tarcisio Zimmermann nega fraudes em licitações em Novo Hamburgo

Tarcisio Zimmermann é o do centro À esquerda, o .Toco- Elivir Desiam -  que continua a frente da Fenac em Novo Hamburgo mesmo denunciado pelo MP. Se for condenado poderá devolver até dois milhões de reais aos públicos de Estância Velha

- A nota a seguir é do jornal Correio do Povo de hoje. Ela revela fraudes constatadas na prefeitura de Novo  Hamburgo. Curiosamente, as denúncias só vieram a público duas semanas depois das eleições municipais, que resultaram na vitória do candidato do prefeito agora denunciado publicamente pelo Ministério Público. Leia tudo:

Município teria concentrado fraudes de 30 empresas que podem ter lesado cofres públicos em R$ 8 milhões.

Depois de o Ministério Público apontar Novo Hamburgo como o município com o maior número de licitações fraudadas em um esquema de cartel no setor da construção civil, o ex-prefeito Tarcísio Zimmermann negou nesta quarta-feira ter conhecimento de conluio entre empresários e servidores públicos. Pelo menos seis casos de fraude em obras públicas foram comprovados na cidade do Vale dos Sinos.

O cartel, que segundo o Ministério Público envolve 30 empresas, manipulou os contratos para a reforma de uma ala do Hospital Municipal, a restauração do Lar Casa das Meninas e a construção de casas populares. Zimmermann disse que todos os processos são submetidos a uma comissão isenta da prefeitura. “Temos inúmeras empresas que concorrem para realizar obras públicas, mas temos um critério muito claro. Nós temos um setor de engenharia responsável pelo orçamento da obra e nenhuma é contratada com valor acima do proposto”, sustentou.

O Ministério Público garante haver servidores públicos e parlamentares envolvidos no esquema, que fraudou pelo menos R$ 40 milhões em contratos em seis prefeituras da Região Metropolitana e do Litoral Norte. O órgão vai convocar servidores para prestar depoimento sobre o caso. “Muitos serão convocados a partir da próxima semana. Muita gente não vai dormir hoje”, afirmou o promotor criminal Ricardo Herbstritch. A estimativa é de que os desvios tenham chegado a R$ 8 milhões. 

FHC oficializa candidatura a imortal. Esta, Lula vai ter que engolir.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é candidato a ocupar a cadeira de número 36 da Academia Brasileira de Letras, que ficou vaga em virtude da morte do jornalista João de Scantimburgo, na última sexta-feira. A formalização da candidatura foi feita na tarde desta quarta-feira, após a sessão da saudade em homenagem a Scantimburgo, que se encerrou por volta das 17 horas.

. O acadêmico Celso Lafer levou de São Paulo a carta formalizando a candidatura de FHC. O convite foi do ex-presidente Sarney, aliado "histórico" do PT e de Lula.


PÁSCOA EM GRAMADO, RS.
Varanda das Bromélias. Boutique hotel no meio de um bosque na zona mais central.
Pacote casal para duas noites: R$ 1.254,00 +10%
Boas Vindas de Páscoa – Café tipo brunch até meio dia – Chá da tarde no apartamento – Jornal no aposento – Check out mais largo.
Reservas@varandadasbromelias.com.br Rua Alarisch Schultz 198
RESERVE AGORA

Líder do deputado-pastor ironiza PT, da tribuna da Câmara: "E o PT,que indicou dois condenados no Mensalão para a Comissão de Justiça ?"

* Clipping www.veja.com.br

Após mais um dia de tumulto na Comissão de Direitos Humanos, o líder do PSC na Câmara, André Moura (SE), reafirmou nesta quarta-feira na tribuna da Casa que o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) será mantido no comando do colegiado. Moura, que até agora havia evitado o confronto com os críticos do colega de bancada, aproveitou para atacar diretamente o PT.

. “A posição do PSC é em caráter irrevogável. O Marco Feliciano vai cumprir o seu mandato”, disse o líder, que ironizou a postura dos petistas: “Será que julgar a indicação do PSC do deputado pastor Marco Feliciano é correto para um partido como o PT, que indicou dois mensaleiros condenados pela mais alta corte do país para a Comissão de Constituição de Justiça?”. Ele fazia menção a José Genoino (PT-SP) e João Paulo Cunha (PT-SP).

. Com o apoio incondicional do PSC, a situação não deve mudar. Feliciano não cogita renunciar ao posto e os partidos contrários à permanência do deputado à frente da comissão não têm alternativa regimental para destitui-lo.
(Gabriel Castro, de Brasília)

400 ativistas de esquerda promovem quebra-quebra na prefeitura de Porto Alegre

Ao lado, Cesar Busatto, atingido pelos ativistas, classificados pelo secretário como "população", quando se sabe que se trata de uma minoria agressiva, instrumentalizada pelo PSOL, PSTU, PCdoB e PT para desestabilizar politicamente o prefeito do PDT. A foto é de Ricardo Duarte, da RBS. 

Um protesto contra o aumento de passagens gerou tumulto na noite desta quarta-feira (27), em Porto Alegre. Centenas de manifestantes ocuparam o largo em frente à prefeitura com cartazes e entoando palavras de ordem contra o aumento da tarifa para R$ 3,05.

. Servidores da Guarda Municipal tentaram proteger a entrada do prédio, mas o movimento fugiu ao controle. Duas motos e um carro da Guarda Civil foram depredados, vidros da prefeitura quebrados e a fachada do prédio pichada.

 A Brigada Militar foi chamada. Houve corre-corre e o lançamento, por parte da polícia, de bombas de efeito moral. Segundo relatos de testemunhas, um jornalista foi agredido pelos manifestantes. Dentro da prefeitura ficaram isolados vice-prefeito e secretários municipais.

Conforme os manifestantes, eram cerca de 3.000 estudantes. A polícia fala em 400.

* Clipping www.uol.com.br

Dilma fala dilmês sobre inflação, mercado se ouriça e ela se explica


A presidente falou dilmês na África, criou um problemão no mercado financeiro brasileiro e teve que se explicar no meio da tarde. Leia o material a seguir de Bruno Peres, do jornal Valor:

BRASÍLIA - A presidente Dilma Rousseff contestou por meio de sua assessoria de imprensa o que classificou como “interpretações equivocadas” de seus comentários sobre a inflação feitos nesta quarta-feira durante a 5ª Cúpula dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), realizada em Durban, na África do Sul.“Foi uma manipulação inadmissível de minha fala. O combate à inflação é um valor em si mesmo e permanente do meu governo”, afirmou a presidente ao Blog do Planalto, um dos canais de comunicação da assessoria de imprensa da Presidência.

Segundo a nota do Planalto, a declaração de Dilma foi feita após a presidente tomar conhecimento de que agentes do mercado financeiro estavam interpretando erroneamente seus comentários como expressão de leniência em relação à inflação. “A presidenta solicitou ao presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, que também desse esclarecimentos sobre o assunto”, diz a nota.

Mais cedo, em Durban, Dilma disse que não acreditava em política de combate à inflação que reduza o crescimento. E atribuiu as recentes pressões inflacionárias à alta internacional das commodities. “O governo está vigilante”, afirmou.

No mercado futuro de juros, as taxas ampliaram o movimento de queda após a declaração de Dilma. A interpretação do mercado foi de que o governo protelaria ao máximo um novo ciclo de aperto monetário.

CLIQUE AQUI para ler mais. 


Ricardo Boechat recusa sigilo e revela no ar estar sendo processado pelo governador do CE

Ao lado, o jornalista Boechat.

Na manhã desta quarta-feira (27/3), o jornalista Ricardo Boechat, âncora do “Jornal da Band” e apresentador das manhãs da Band News FM, usou o início de sua entrada na rádio às 7h30, para revelar que está sendo processado por Cid Gomes, governador do Ceará.

. De acordo com Boechat, o motivo do processo são as críticas feitas em razão de o governo de Gomes ter contratado um show de Ivete Sangalo, no valor de R$ 650 mil, para a festa de inauguração de um hospital em Sobral (CE). “A festa era para a inauguração de um hospital que foi inaugurado de mentira, já que até hoje ele não está funcionamento”. A festa aconteceu em 18/01 deste ano.

. Ao receber a intimação do processo, via Oficial de Justiça, o jornalista tomou conhecimento de que a advogada de Gomes solicitava “sigilo”. “Ser processado por alguma crítica ou opinião é do jogo. Mas o sigilo, eu não concordo e por isso resolvi contar sobre o processo no ar. Somos duas figuras públicas. Por que pedir o sigilo? É medo de que se revele alguma coisa errada? Com isso não concordo e não vou guardar sigilo”, afirmou.

* Clipping www.portalimprensa.com.br

Deputado-pastor é acusado criminosamente e prende manifestante em flagrante

Corajosos para atacar o padre-pastor, mas sem ação para pedir a prisão de Lula, Zé Dirceu e os demais mensaleiros, os manifestantes da foto passaram dos limites e um deles foi preso em flagrante.

Manifestante que protesta contra o deputado-pastor e não protesta contra os mensaleiros, faz acusações criminosas e é preso em flagrante. O material a seguir é do site www.congressoemfoco.com.br


Um manifestante identificado como Marcelo Pereira foi detido pela Polícia Legislativa na tarde desta quarta-feira (27) a pedido do deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP). De acordo com o deputado do PSC, que preside uma audiência pública, Marcelo entrou na reunião da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDH) da Câmara e chamou o de racista. O integrante do movimento “Não me representa” foi levado por seguranças até a sede da Polícia Legislativa da Casa.
“Ele me chamou de racista e racismo é crime. Ele vai sair preso daqui”, afirmou o deputado durante a sessão. Em seguida, Marcelo foi detido e levado para ser interrogado. O manifestante saiu da sala dizendo que estava sendo preso por ser negro. Colegas tentaram segura-lo e impedir a detenção, mas, mesmo assim, os seguranças da Casa o retiraram do local. Além de Marcelo, outros manifestantes gritavam palavras de ordem, como “Feliciano não me representa”.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Tarso desrespeita prefeito, passa por cima de todo mundo e aluga “hotel” para implantar presídio de 160 vagas

A foto ao lado é de Zero Hora e apanhou a manifestação da manhã desta quarta-feira. O prefeito do PMDB denunciou o governo Tarso pela desrespeitosa decisão: "Eles agiram de má fé". O prefeito impediu o ingresso de representantes do governo estadual no prédio da Câmara. 

Sem dar a mínima atenção ao prefeito de Campo Bom, RS, Faisal Karam, PMDB, o governo estadual de Tarso Genro, PT, resolveu alugar um imóvel no Distrito Industrial e dentro de 15 dias implantar ali um presídio para 160 criminosos. PT e PMDB são adversários ferrenhos em Campo Bom.

. Pior ainda:
- O dono do prédio pediu alvará para a prefeitura, alegando que no prédio sairia um hotel.

. O caso deixou o prefeito Karam e a população em polvorosa. O prefeito decidiu cassar o alvará e impedir o negócio.

- Campo Bom, 51 mil habitantes, fica a 50 kms de Porto Alegre. 

Famurs cala e consente diante dos ataques do governo estadual contra os prefeitos

Omissa, cúmplice, a Famurs não muge e nem pia diante dos sucessivos confrontos do governo estadual com prefeitos do RS.

. É que o piloto da Famurs é o falcão petista Ary Vannazi.


PÁSCOA EM GRAMADO, RS.
Varanda das Bromélias. Boutique hotel no meio de um bosque na zona mais central.
Pacote casal para duas noites: R$ 1.254,00 +10%
Boas Vindas de Páscoa – Café tipo brunch até meio dia – Chá da tarde no apartamento – Jornal no aposento – Check out mais largo.
Reservas@varandadasbromelias.com.br Rua Alarisch Schultz 198
RESERVE AGORA