Depois de ser ameaçado dentro da própria carceragem, doleiro sente-se mal e vai para o hospital

Depois de denunciar "ameaças" para que se cale, feitas dentro da própria carceragem da PF do Paraná (leia nota abaixo), o agora notório doleiro Alberto Youssef foi liberado para deixar a sede da Polícia Federal no Paraná, onde está preso, e se submeter a um eletrocardiograma, hoje à tarde.
. A informação é do jornalista Lauro Jardim, www.veja.com.br desta noite. Leia mais:
Uma coisa chamou a atenção dos policiais que escoltavam Youssef: três advogados e um médico particular já o esperavam no Hospital Universitário Cajurú, próximo ao prédio da PF. Não adiantou nada.
Os exames não apontaram anormalidades, embora Youssef venha reclamando de dores no peito desde ontem. O doleiro já foi levado de volta à cela que ocupa na PF.

Marchezan Júnior denuncia: "Tarso quebra o Estado para garantir sua reeleição"

Post enviado ao editor pelo deputado Marchezan Júnior, falando sobre o novo trenzinho da alegria aprovado hoje pela Assembléia do RS (leia nota a seguir):

Acho que Tarso será candidato. Seria um fiasco para ele e principalmente para o PT se ele desistisse.
Esses projetos, ilegais, de aumento de remuneração de servidores encaminhados para a AL, que vergonhosamente deverá aprovou-os, deixam a sua candidatura, para mim, mais evidente. Custe o que custar... para a sociedade.

. Em todas a pesquisas que conheço, os índices de avaliação de governo indicam a sua não reeleição.
Os dados quanti e quali são muito bons para Ana Amelia. Sartori tem bom potencial de crescimento pelo seu ainda desconhecimento, e pelo histórico de nenhum candidato do PMDB ao governo ter feito menos que 22% em nenhuma eleição.

. Assim, acredito que temos dois bons candidatos que, se eleitos, devem ser bons governadores.
E Tarso, que agravou, muito, a situação de um Estado já falido.  E que não se reelegerá.


. O que me parece existir é uma grande desarticulação institucional. Muitas das ações de Tarso deveriam estar sendo impugnadas política e judicialmente, não apenas a bem do próximo governador, mas a bem do RS e do interesse público.

Assembléia aprova novo trenzinho da alegria. Este custará aos contribuintes R$ 1,4 bilhões a cada três anos

Os deputados gaúchos aprovaram, na tarde desta terça-feira, reajustes salariais e gratificações para nove categorias de servidores públicos estaduais, que vão custar pelo menos R$ 1,406 bilhões aos cofres públicos até 2017. Serão beneficiados servidores doTribunal de Contas, Ministério Público e Tribunal de Justiça com aumentos de 7,3% em duas parcelas ao longo de 2014. Já os servidores da Assembleia Legislativa terão aumento de 9,4% ainda este ano, também em duas vezes.
No Executivo, o salário de servidores da Polícia Civil e Brigada Militar terá incremento de 15,7% divido em seis parcelas até 2017. Além deles, servidores da Agergs também vão receber reajuste. O impacto financeiro das propostas só foi conhecido minutos antes da votação, quando a Casa Civil remeteu as informações e projeções elaboradas pela secretaria da Fazenda.
"Sempre ocorre desta forma, até porque as negociações com as categorias também foram fechadas em cima da hora. Mas todos os deputados tem as informações", justificou o líder do governo, deputado Valdeci Oliveira (PT).
Apesar das críticas da oposição, todos os reajustes foram aprovados por unanimidade.  Para o líder da bancada do PP, deputado Frederico Antunes, os órgãos de controle devem se posicionar sobre a concessão de reajustes salariais que serão pagos pelo próximo governador.
"Gostaríamos de saber se isso não fere a Lei de Responsabilidade Fiscal, já que há despesas criadas para os próximos governantes", ponderou.
As propostas serão sancionadas, ainda nesta terça, pelo governador Tarso Genro para uma publicação extra do Diário Oficial antes da meia-noite. A medida é necessária devido ao calendário eleitoral, que proíbe a concessão de aumentos ao funcionalismo no período de 180 dias antes da eleição, prazo que começa a contar a partir desta quarta-feira (09).
Veja o impacto financeiro dos aumentos:
Tribunal de Justiça - R$ 229 milhões (até 2016)
Tribunal de Contas - R$ 44 milhões (até 2016)
Ministério Público - R$ 49,4 milhões (até 2016)
Polícia Civil - R$ 241 milhões (até 2017)
Brigada Militar - R$ 837 milhões (até 2017) 
AGERGS - R$ 802 mil (até 2016)
Instituto-Geral de Perícia - R$ 3,4 milhões (até 2016)
Analistas de Planejamento - R$ 1,4 milhões (até 2016)
TOTAL: R$ 1,406 bilhões
Assembleia Legislativa e Susepe não informaram impacto dos reajustes.


Doleiro diz que foi ameaçado na carceragem da PF. Juiz limita acessos ao prisioneiro. Petista Vargas ameaça: "Se eu cair, levo gente de cima".

Youssef foi "assediado" na carceragem da PF, diz advogado do doleiro. Segundo Antonio Figueiredo Basto, seu cliente foi procurado por pessoas interessadas em saber se o doleiro vai colaborar ou não com as investigações. As informações são da revista Veja no seu site de hoje. Leia todo o texto:

O doleiro Alberto Youssef. 'Pedi restrição às visitas, porque precisamos dar tranquilidade a ele', diz seu defensor

Antonio Figueiredo Basto, advogado do doleiro Alberto Youssef, disse nesta terça-feira que seu cliente foi "assediado" na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, no Paraná, e que por isso solicitou à Justiça Federal que fosse limitado o acesso aos presos na operação Lava-Jato. Ele não apresentou nomes das pessoas que procuraram seu cliente, nem deu provas à Justiça de que tais contatos ocorreram. 

. Desde segunda-feira, por determinação judicial, apenas familiares ou advogados com procuração anexada ao processo podem ter acesso aos detentos. Entre os presos estão o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e outros doleiros investigados pela movimentação de cerca de 10 bilhões de reais em operações de lavagem de dinheiro.

A decisão do juiz Sergio Moro foi motivada pela revelação, em reportagem de VEJA desta semana, de que o deputado federal André Vargas (PT-PR) enviou um emissário à carceragem para negociar o silêncio do doleiro. 

. O recado de Vargas foi claro: 

- Se eu cair, levo gente de cima. 

CLIQUE AQUI para saber mais. 


Todos querem distância de Dilma Roussef.

A CPI da Petrobrás não interessa apenas a oposicionistas como Aécio Neves, PSDB, ou Eduardo
Campos, PSB, interessados em quebrar as pernas de Dilma Roussef e com isto avançar sobre seu eleitorado.

. É que no jogo estão também as forças cegas do mercado, interna e externamente, que não aguentam mais o voluntarismo esquerdopada do governo, que conduz uma política econômica fracassada.

. E quem mais ?

. Podem anotar: também os próprios petistas e aliados que tramam abertamente o “Volta Lula”.

. Todos querem distância de Dilma Roussef.

. Em Brasilia já se fala abertamente numa possível renúncia da presidente, que alegaria razões de saúde.

CLIQUE na imagem a seguir para acompanhar o comentário do editor:

Boataria diz que PF prepara 50 prisões e buscas em empreiteiras. Clima é de crise política grave em Brasília.

Os boatos nesta terça-feira cruzam os céus de Brasília a todo momento, estabelecendo um cenário de clara crise política.

. Fala-se até mesmo na renúncia da presidente Dilma Roussef, que assim encontraria uma saída honrosa para seu final de governo. Neste caso, Michel Temer concluiria o mandato e Lula seria o candidato do PT. Veja foto ao lado de Dilma e Temer, perdidos nos seus quadrantes. 

. O site www.brasil247.com.br, geralmente alinhado com o governo e o PT, informou esta tarde que rumores cercam os meios políticos no Congresso, todos por conta da Operação Lava Jato. 

.A Polícia Federal já teria plano para fazer cerca de 50 prisões, inclusive do deputado André Vargas. Além de tudo, seriam realizadas buscas em escritórios de empreiteiras em diversos pontos do Brasil, com ênfase na lista já publicada pela imprensa, o que inclui pesos-pesados como a Queiroz Galvão. A bancada do PT deve cobrar explicações do vice-presidente licenciado da Câmara André Vargas, que usou jatinho alugado por Beto, como o doleiro é conheido pelos políticos, para viajar aos Estados Unidos em férias; Youssef é visto como o banqueiro das campanhas; mais casas podem cair

. O pivô é o doleiro Alberto Youssef, já preso, e suas ligações como intermediário de políticos e financiadores de campanhas. Conhecido como Beto entre os parlamentares, ele teria movimentado R$ 90 milhões no período entre as duas últimas eleições.  

Artigo, Adão Paiani - Lula, o Jimmy Hoffa brasileiro

Cada vez mais, o ex-presidente Lula parece querer passar à história não como o líder operário que chegou à presidência da República do seu país, mas como uma figura infinitamente menor e maculada pelo que existe de pior na vida pública, do qual o melhor exemplo está na figura de James Riddle "Jimmy" Hoffa, sindicalista americano arrivista e corrupto, envolvido com a máfia, cujo sonho maior era chegar à Casa Branca.
Como ex-presidente do Sindicato Nacional dos Motoristas de Caminhão dos Estados Unidos, Jimmy Hoffa foi um dos mais poderosos e polêmicos líderes sindicais daquele país. Sua gestão no sindicato, que contava com cerca de dois milhões de integrantes, entre 1957 e 1971, foi marcada por denúncias de corrupção e práticas de intimidações. Em 1967 foi condenado a 13 anos de prisão sob acusação de suborno, estelionato e malversação de fundos de aposentadoria do sindicato.
Em 30 de julho de 1975, Hoffa desapareceu depois de almoçar com três pessoas ligadas à máfia, em um restaurante no subúrbio de Detroit. Seu corpo nunca foi encontrado, e em 1982 foi declarado legalmente morto.
Voltando à Lula; um ex-presidente se envolver abertamente em movimentos tentando impedir a investigação de um colossal esquema de corrupção, a exemplo do que já havia feito durante o mensalão, é se reduzir historicamente e se colocar no mesmo nível de um Jimmy Hoffa. Com a diferença que o povo brasileiro, aparentemente, não corre o menor risco de ver Lula desaparecer misteriosamente, a exemplo do sindicalista americano.
Curiosidade: James Riddle "Jimmy" Hoffa nasceu em 1913 em uma cidade chamada Brazil, no Estado americano de Indiana, e mudou-se aos sete anos, após a morte do pai, para Detroit, polo industrial e automobilístico americano, tendo abandonado a escola aos quatorze anos.
Luiz Inácio "Lula" da Silva nasceu em 1945, em Garanhuns, no Estado brasileiro de Pernambuco, e mudou-se aos sete anos, após o sumiço do pai, para São Paulo, polo industrial e automobilístico brasileiro, tendo abandonando a escola aos quatorze anos.

Qualquer semelhança pode ser mera coincidência. Ou não.


Ibope diz que em SC Colombo, ideli e Dilma vencem com folga eleições para governador, senador e presidente

O Ibope divulgou na última sexta-feira (04) a primeira pesquisa com intenções de votos ao governo de Santa Catarina. A pesquisa encomendada pelo Grupo RBS foi realizada entre os dias 28 e 31 de março de 2014.

. O Ibope ouviu 812 pessoas com margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos com nível de confiança de 95%. Foram desenhados seis cenários. O editor posta a seguir apenas os que considera mais prováveis:

Governador
- Raimundo Colombo, PSD: 45%
- Paulo Bauer, PSDB: 10%
- Cláudio Vignatti, PT: 7%
- Afrânio Boppré: 3%
- Brancos/nulos: 13%
- Não sabe/Não respondeu: 22%


Avaliação da administração Raimundo Colombo
- Ótima: 8%
- Boa: 41%
- Regular: 33%
- Ruim: 7%
- Péssima: 6%
- Não sabe/Não respondeu: 6%


Senado
- Ideli Salvatti: 25%
- Leonel Pavan: 12%
- Amauri Soares: 8%
- Paulo Bornhausen: 8%
- Mauro Mariani: 6%
- Joares Ponticelli: 1%
- Branco/Nulo: 11%
- Não sabe/Não respondeu: 29%


Presidente da República
- Dilma Rousseff: 39%
- Aécio Neves: 19%
- Eduardo Campos: 8%
- Pastor Everaldo: 3%
- Mauro Iase: 1%
- Randolfe Rodrigues: 1%
- Eymael: 0%
- Levy Fidélix: 0%
- Branco/Nulo: 11%
- Não sabe/Não respondeu: 18%

Entrevista, Jerônimo Goergen: "Os brasileiros estão cansados de ser tapeados pelo atual governo"

ENTREVISTA
Jerônimo Gorgen, PP do RS

O presidente da Infraero, Gustavo Vale, disse na segunda-feira que parte das obras do Aeroporto Internacional Tancredo Nves, Confins, Minas, não ficará pronta até a Copa e  que será preciso tapear o que faltar, escondendo o que faltar atrás de tapumes.
Estou indignado com as declarações.

Por que razão ?
Os brasileiros estão cansados de ser tapeados por este governo. A fala dele expõe a falência múltipla dos órgãos públicos. Eles tiveram sete anos para tocar as obras e não fizeram isto.

Mas a Copa sairá assim mesmo
Do ponto de vista de infraestrutura, teremos a pior Copa de todos os tempos. Morfrem operários nos canteiros de obras, estádios estão com construpções atrasadas, mobilidade urbana apresenta-se em cacos, contratos são superfaturados.

O que fazer: lamentar ?

Nem um milhão de minutos de silêncio serão suficiente para estacar tanto lamento. 


Ricardo Russoswki será reeleito neta quarta na Federasul

Ricardo Russowski será reeleito nesta quarta-feira para a presidência da Associação Comercial de Porto Alegre e Federasul. 

No Clube de Opinião, Sartori faz promessa que descumpre pouco depois

Ao falar para jornalistas reunidos em Porto Alegre no Clube de Opinião, o ex-prefeito José Ivo Sartori, PMDB (5% de intenções de votos, segundo o Ibope) fez uma promessa da qual não pretende abrir mão:

- Não vou tirar o bigode.

. Foi uma pequena provocação ao governador Tarso Genro, que há dois meses tirou o bigode.

. Pouco antes, o ex-prefeito fez outra promessa, que descumpriu ao falar sobre seu bigode:

- Não farei promessas.

. Enormes franjas do PMDB do RS acham que José Ivo Sartori está costurando demais internamente e muito pouco externamente, delegando quase nada para as demais lideranças que o apoiam. 


FMI joga para baixo projeção do PIB para este ano. Agora, número previsto é de baixíssimo 1,8%.

O Fundo Monetário Internacional havia projetado crescimento de 2,3% em 2014 no País, no início do ano; no relatório "Perspectiva Econômica Global", mas decidiu, agora, revisar para 1,8% a sua previsão.

. O organismo ainda revisou para baixo sua perspectiva sobre a atividade econômica brasileira para 2015, a 2,7%, ante 2,9% em janeiro

Produção industrial do RS 
patinou em fevereiro
O Rio Grande do Sul puxou para cima o crescimento da produção industrial no país em fevereiro. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a alta ficou em 0,5% no mês em relação a janeiro, enquanto a média nacional apontou avanço de 0,4%. O Estado foi um dos sete locais pesquisados, de um total de 14, a registrar desempenho superior ao do Brasil, no ranking liderado pelo Paraná (18,4%), seguido do Amazonas (4,7%), Rio de Janeiro (1%), Goiás (0,8%), São Paulo (0,7%) e Santa Catarina (0,5%). A indústria gaúcha se destaca também no acumulado dos últimos 12 meses. No período, o Estado lidera o crescimento no país, com alta de 7%, seguido do Paraná, com avanço de 6,9% e bem acima da média nacional, de 1,1%.

Entrevista, Alceu Moreira - É juridicamente perfeita a proposta de CPI exclusiva para a Petrobrás

ENTREVISTA
Alceu Moreira, deputado Federal do PMDB do RS

Lideranças dos partidos de oposição – PSDB, PPS, SDD, DEM e PSOL – e senadores rebeldes do PMDB e do PDT entregaram uma representação, nesta terça-feira, no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar assegurar a instalação no Senado de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) exclusiva da Petrobras. É uma tentativa de barrar na Justiça a ação do governo para ampliar o foco da CPI e tentar atingir adversários políticos – os alvos são o Porto de Suape, em Pernambuco, e denúncias de formação de cartel no sistema metroviário de São Paulo.

Era necessário o recurso ?
Foram cumpridos todos requisitos necessários para a instalação da CPI, como a coleta do número mínimo de assinaturas e a definição de um foco específico de investigação. Não há o que discutir. É direito da minoria. Ao presidente Renan Calheiros cabe apenas instalar a CPI.

Mas ele remeteu o caso à Comissão de Constituição e Justiça ?
É para ganhar tempo e comnfundir. Ele sabe que não tem o que fazer.

Na tarde de hoje, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado vai deliberar sobre questionamentos feitos pelo PT e pela própria oposição sobre os pedidos paralelos de abertura de CPI. O governo tentará usar sua maioria de cadeiras na comissão justamente para emplacar sua versão de CPI. O processo na comissão será relatado pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR), ex-líder do governo na Casa.
Instalar a CPI da Petrobras]  é um ato em defesa das prerrogativas do parlamento. Queremos que seja determinada a instalação da CPI que vai investigar as denúncias em relação à Petrobras. a decisão do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), de submeter o escopo da CPI a uma avaliação prévia da CCJ viola o direito que as minorias parlamentares têm de realizar investigações.

E se prevalecer a posição dele ?

Duvido que a CCJ decida alguma coisa hoje. Todo mundo vai esperar pelo que fará o STF. O Brasil quer saber o que aconteceu com a Petrobras e a que interesses ela serviu. Há uma teia de relações promíscuas na Petrobras, até com ex-diretores presos.


Incêndio no Na Brasa assusta clientes do shopping Praia de Belas, Porto Alegre

 Por volta 12h40min, hoje, a churrascaria Na Brasa, localiza no primeiro andar do shopping Praia de Belas, Porto Alegre, teve que ser fechada e cerca de 50 clientes tiveram que deixar o local em função do incêndio que atingiu o local.  As 13h30min ainda havia muita fumaça saindo do restaurante.

. É o segundo incêndio na churrascaria no último mês. 


. O restaurante foi fechado e isolado. Os funcionários da churrascaria não quiseram falar sobre o ocorrido.

Assembléia aprova "trenzão da alegria". TCE, TJ, MPE e Assembléia aproveitam a sessão de "loucura total"

Um novo e fantástico trenzão da alegria começou a ser votado esta tarde pela Assembléia Legislativa do RS. São 32 projetos. Na carona de propostas do governo destinadas a conceder aumentos escalonados para o funcionalismo, mas todos para serem pagos a partir do próximo governo, também Assembléia, Tribunal de Contas, Tribunal de Justiça e Ministério Público empurraram seus vagões aos trilhos que levam ao fundo do poço do Tesouro do Estado.

. Será tudo aprovado esta tarde.

. Só a Assembléia prevê pagamentos a partir deste ano, em duas prestações de 3%. Os demais empurram tudo para o próximo período de governo. Tarso chegou ao ponto de propor para brigadianos e policiais civis, aumentos de 1,6% a prestações, ao longo de 2015, 2016 e 2017, quando já estará bem longe do Piratini. 

. É o último dia para que isto seja feito, porque a Lei Eleitoral não admite mais aumentos salariais a partir de amanhã e até o dia da eleição.

Em Porto Alegre, Aécio diz que "em Brasília pode tudo, menos ser pego"

Aplaudido 16 vezes durante sua fala e ovacionado de pé ao final, o senador Aécio Neves levou o auditório do 19ª. Fórum da Liberdade ao delírio quando avisou com voz clara e firme:

- Em Brasília, o PT e seus aliados pensam que podem tudo, desde que não sejam pegos.

Gustavo Franco diz que Dilma fracassou

Ao falar nesta terça-feira ao meio dia para seis dezenas de tucanos e convidados que se reuniram  no restaurante principal da Federasul, o ex-presidente do Banco Central, Gustavo Franco, decretou o fracasso da atual política econômica do governo Dilma Roussef:

- Lula não entendia de economia e sabia que não entendia, mas Dilma não entende e acha que entende.

. Sobre os fundamentos do Plano Real, Gustavo Franco deixou claro que a presidente Dilma Roussef prefere adotar o modelo da irresponsabilidade fiscal, aquecida por forte dose de vetor ideológico gastador.

. E não há quem segure o governo, porque já não existem presidente do Banco Central e ministro da Fazenda com vontades próprias.

CLIQUE AQUI para ler entrevista com o economista Samuel Pessoa, intitulada "Deu errado o ensaio desenvolvimentista", Estadão, domingo. 

Dilma, Mantega e Gerdau na mira dos autores da ação de responsabilidade civil sobre o caso Pasadena

Na montagem, Mantega (ponto maior), Dilma, Gerdau, Fábio Barbosa (Abril) e Claudio Haddad, todos conselheiros da Petrobrás na época dos maus negócios com Pasadena. 



Dilma Rousseff (Presidenta da República) e de Guido Mantega (Ministro da Fazenda), Jorge Gerdau e demais membros da diretoria e do Conselho da Petrobrás na época dos fatos, terão dificuldades de se livrar de uma investigação rigorosa, com grandes chances de condenação, na ação coletiva de responsabilidade civil que pede a reparação de danos estimados em US$ 1,18 bilhão aos acionistas da Petrobras e à própria empresa, tudo em relação ao processo de compra da velha refinaria Pasadena (no Texas, EUA) – negócio armado entre 2006 e 2009. O material foi disponibilizado por vários sites e blogs, com base em ação patrocinada por investidores. O texto a seguir é do blog de Cleuber Carlos, Goiás:

. Fabricar uma impunidade para o escândalo será uma jogada quase impossível. Investidores que representam contra Dilma e Mantega listaram pelo menos nove atos ilícitos bem evidentes contra os presidentes e membros do Conselho de Administração da Petrobras. 

. Se o Supremo aceita uma ação contra Dilma, o impeachment é automático.

. Investidores apontaram, claramente, como a diretoria, os presidentes e membros do Conselho de Administração da Petrobras falharam no dever de cuidado e descumpriram o dever de diligência previsto para os gestores de companhias abertas no artigo 153 da Lei das Sociedades Anônimas (número 4.604, de 1976). Pela legislação, a diligência consiste em “atenção, cautela, perícia e legalidade de conduta”. Na filosofia escrita da lei, “o administrador da companhia deve empregar, no exercício de suas funções, o cuidado e diligência que todo homem ativo e probo costuma empregar na administração de seus próprios negócios”.

 Os nove atos falhos apontados pelos investidores...

CLIQUE AQUI para saber mais. 

Ainda dá tempo: vá ao Fórum da Liberdade, esta tarde, na PUC de Porto Alegre

Desde as 9h prosseguem na PUC de Porto Alegre os trabalhos do 19a. Fórum da Liberdade. O evento foi aberto ontem pelo governador Tarso Genro. Logo em seguida, o senador Aécio Neves participou de debate sobre "Competitividade".

. Esta manhã, ocorreram painéis sobre educação e saúde.

. Agora à tarde, 14h, Ives Gandra Martins e Luiz Felipe D'Ávila discutirão "Democracia e Estado de Direito". Em seguida, Jorge Gerdau será o palestrante especial. OP programa prosseguirá com painéis sobre Finanças Públicas e Livre Mercado, com a participação de especialistas brasileiros e estrageiros.

. O Fórum terminará hoje.


Site: www.forumdaliberdade.com.br

Danilo Ucha revela que cargas argentinas começam a sair pelo Tecom de Rio Grande

Na sua página de hoje do Jornal do Comércio, o jornalista Danilo Ucha faz uma revelação bastante desconhecida em todo o Brasil, relacionada com o volume de transbordo no Tecon Rio Grande, que  aumentou 275% em março deste ano, em relação ao mesmo período do ano anterior.

. O aumento é espetacular, mas as razões são ainda mais espetaculares, porque revelam uma mudança de mão surpreendente. Leia a nota:

Esse forte incremento se deu em função de cargas oriundas da Argentina, que chegaram ao terminal em embarcações menores, em fevereiro, e estão sendo transferidas para grandes navios, com destino a países da Europa e Extremo Oriente. As cargas, contendo frutas, totalizam 8 mil contêineres, que serão transbordados até  maio. Destes, mais de 2,5 mil já passaram pelo Tecon Rio Grande. Para dar suporte a essa demanda, o terminal ampliou sua estrutura para armazenamento de carga refrigerada. Os investimentos compreendem o aluguel de 14 geradores — olha o medo dos cortes de energia — e a adequação da área, no pátio do terminal, para receber este volume. O Tecon Rio Grande, que tem hoje um sistema com 2 mil tomadas elétricas, aumentou sua capacidade em mais 800 pontos, com monitoramento 24 horas por dia, garantindo as condições de temperatura ideais, qualidade, agilidade e segurança permanentes das cargas. 

. O jornalista Danilo Ucha também revela outra informação surpreendente:

- Este tipo de carga, os portos do Sul poderão perder, futuramente, se o Brasil financiar a construção de um porto em Rocha, no Uruguai.

Sartori fala esta manhã ao Clube de Opinião do RS

O Clube de Opinião do RS vai ouvir os principais candidatos ao governo do RS. E começará pelo ex-prefeito José Ivo Sartori, PMDB, hoje, dia 8, das 10h ao meio-dia, no Plaza São Rafael

Wikileaks: Casa Branca consultou Dilma antes de autorizar aquisição de refinaria por Petrobrás

 Jamil Chade, correspondente do Estadão na Europa, publica hoje esta informação surpreendente e relevante, porque até este momento nada circulou a respeito de possíveis entendimentos entre a Casa Branca e o Planalto a respeito da operação realizada com a refinaria Pasadena. A nota revela o nível de importância e profundidade, portanto atenção, que cercou o negócio, tratado agora como um acontecimento feito sem muito critério por parte da Petrobrás. Leia:

GENEBRA - O governo dos Estados Unidos buscou garantias da parte de Dilma Rousseff em 2006 quando ela ainda era presidente do Conselho da Petrobrás antes de dar o sinal verde para que a empresa brasileira comprasse uma refinaria em Pasadena. Telegramas confidenciais da diplomacia americana obtidas pelo grupo Wikileaks revelam reuniões e missões enviadas ao Brasil pela Casa Branca diante da possibilidade de que a estatal brasileira comprasse a refinaria americana. Outro consultado foi o ex-diretor internacional da Petrobrás, Nestor Cerveró, epicentro da crise. Um dos telegramas de 12 de junho de 2006 é explícito em relação ao assunto já em seu título: “A Aquisição da Petrobrás da Pasadena Refining Systems”. O documento foi enviado pela embaixada americana em Brasília ao Departamento de Estado norte-americano e relata os encontros de ministros e delegações de Washington com autoridades nacionais, entre elas Dilma Rousseff.

. Uma das preocupações se referia à atuação da Petrobrás concorrendo contra interesses americanos na América Latina e tirando proveito justamente do fato de que governos da região começavam em 2006 a nacionalizar investimentos americanos. O temor era de que esses governos, uma vez recuperado os ativos de empresas americanas, repassariam os investimentos para a Petrobrás.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Bloco de Lutas abre jornadas pacíficas para defender o transporte gratuito em Porto Alegre

Desta vez foi pacífica a manifestação pública realizada pelo Bloco de Lutas, ontem a noite, no largo Glênio Peres, Porto Alegre. Com melhor marketing e menos violência, os organizadores do evento reuniram boa quantidade de pessoas para protestar contra o aumento das passagens de ônibus e também para exigir a estatização do transporte de passageiros (transporte gratuito). 

. Na assembleia, ficou marcado um novo ato: será na quinta-feira, às 18h, em frente à prefeitura. Também ficou acertada uma vigília permanente para barrar o aumento da tarifa, composta por panfletagens e marchas, por exemplo.


. A última manifestação do Bloco de Luta ocorreu na quarta-feira passada e degenerou em violência.

Ciclone, chuva e granizo, hoje, na Fronteira Oeste e Sul do RS

Esta terça-feira deve ser marcada por temporais acompanhados de fortes ventos em boa parte do RS. Um ciclone extratropical formado no Uruguai e no norte da Argentina começou a se deslocar em direção ao Rio Grande do Sul já durante a madrugada, provocando chuva na Fronteira Oeste. Lá há previsão de chuva forte, ventos de até 100 km/h e granizo.O Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec-INPE) também alerta para chuva intensa na Fronteira Oeste e região Sul do RS.

. Ao longo do dia, o ciclone se desloca com menos força pelo Estado, provocando instabilidade e pancadas de chuva à tarde na região Leste. Em Porto Alegre, a máxima deve continuar elevada, chegando a 32ºC.


. A passagem desse sistema pelo Rio Grande do Sul deve ser rápida. Na quarta-feira, a chuva será menos intensa e concentrada na metade norte. Já na quinta-feira, outro ciclone vindo dos países vizinhos provoca novo alerta de temporais com ventos que podem superar os 100 km/h. A chuva deve se intensificar em todo o Estado com maiores acumulados nas regiões Central, Metropolitana e Noroeste.

Lula, Dilma e o PT transformaram o Brasil numa "esculhambação", diz Jabor

É duro o artigo de hoje de Arnaldo Jabor no Estadão, intitulado "A incompetência". Leia:

Nunca vi o Brasil tão esculhambado como hoje. Perdoem a palavra grosseira, mas não há outra para nos descrever. Já vi muito caos no País, desde o suicídio de Getúlio até o porre do Jânio Quadros largando o poder, vi a morte de Tancredo na hora de tomar posse, vi o País entregue ao Sarney, amante dos militares. Vi o fracasso do Plano Cruzado, vi o escândalo do governo Collor, como uma maquete suja de nossos erros tradicionais, já vi a inflação a 80% num só mês, vi coisas que sempre nos deram a sensação fatalista de que a vaca iria docemente para o brejo, de que o Brasil "sempre" seria um país do futuro. Eu já senti aquele vento mórbido do atraso, o miasma que nos acompanha desde a Colônia, mas nunca vi o país assim. Parece uma calamidade pública sem bombeiros, parece um terremoto ignorado. Por que será? É óbvio que não é apenas o maluco governo do PT, mas também as marolas que ele espalha, os nós frouxos de uma política inédita no País que nem atam nem desatam.


Agora, tudo vai muito além da tradicional incompetência que sempre tivemos: linear, a boa e velha incompetência pública de sempre. Dá até saudades. A incompetência de agora é ramificada, "risômica", em teia, destrutiva, uma constelação de erros óbvios que eu nunca tinha visto.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 


Saiba por que o deputado André Vargas, PT, vai acabar cassado e na cadeia

CLIQUE AQUI para ler também, reportagem de O Globo, "Amigos de Londa Data".

No artigo "O gesto e o fato", publicado na edição de hoje de O Globo, Merval Pereira defende abertamente a prisão do deputado André Vargas, PT. Leia tudo:

1- Depois de meses acompanhando o julgamento do mensalão, já é de conhecimento público que o crime de corrupção passiva, descrito no artigo 317 do Código Penal, é de mera conduta, sendo consumado com o simples ato de "aceitar promessa" de vantagem, sendo desnecessário o recebimento da propina

2- A série de telefonemas entre o deputado André Vargas e o doleiro está com a Polícia Federal e ele sabe que suas conversas, assim como as do ex-senador Demóstenes Torres com o bicheiro Carlinhos Cachoeira, desnudam sua relação com o doleiro, que já está caracterizada pela PF como muito mais que uma simples amizade

3- O gesto "revolucionário" de erguer o punho em sinal de resistência pode ser repetido mais adiante no mesmo cenário que seus companheiros petistas o fizeram, na entrada do presídio da Papuda, em Brasília

Depois de meses acompanhando o julgamento do mensalão, já é de conhecimento público que o crime de corrupção passiva, descrito no artigo 317 do Código Penal, é de mera conduta, sendo consumado com o simples ato de aceitar promessa de vantagem, sendo desnecessário o recebimento da propina. Desse ponto de vista, basta o diálogo entre o agora deputado federal petista licenciado André Vargas e o doleiro Alberto Youssef para caracterizar a corrupção.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Lula assume a co-presidência com Dilma Roussef

O ex-presidente Lula da Silva não tem mais pudores e assume de uma vez por todas a sua condição de tutor político da presidente Dilma Roussef, porque resolveu enquadrar sua delegada ao que ele quer, conforme estas determinações que passou ontem em novo encontro no Palácio do Planalto:

1 - Dilma é a candidata do PT
2 - Lula será o principal cabo eleitoral da presidente
3 - A CPI da Petrobrás terá que ser evitada de qualquer maneira, porque os prejuízos eleitorais seriam devastadores para Dilma e o PT
4 - Todo o poder  de negociação com congressistas e líderes partidários deve ser entregue ao novo ministro de Relações Institucionais, Ricardo Berzoini
5 - A economia precisa atenção redobrada, com ênfase para o controle da inflação

. Por último, e não na posição menos importante, está a ordem para que Dilma saia mais às ruas.

. Não existe caso semelhante de um presidente tutelar seu sucessor de maneira tão escancarada como a que resolveu praticar Lula, o que também revela o desespero do PT diante do viés de queda das intenções de votos para Dilma Roussef. 


Gerdau amplia globalização e compra francesa Ascometal por 42,5 milhões de euros

Pode sair a qualquer momento a compra da siderúrgica francesa Ascometal por parte do grupo Gerdau, Porto Alegre. O grupo gaúcho ofereceu 42,5 milhões de euros para assumir ocontrole da companhia. 

Gaúcha Get Net foi vendida por R$ 1,1 bilhão para o grupo Santander

A empresa gaúcha Get Net foi mesmo vendida por R$ 1,1 bilhão para o Santander, conforme admitiram hoje as duas empresas. A Get Net é do mitológico empreendedor Ernesto Correia, ex-dono da Ana Paula e dono da cadeia de hotéis Intercity, entre outros negócios que possui no Brasil, no Uruguai (frigorífico Pull) e na China (produção e exportação de calçados).

. A Get Net é uma das maiores empresas brasileiras de captura e processamento de cartões eletrônicos do Brasil.


Juiz federal dá prazo para nova defesa pontual dos réus investigados ilegalmente na Operação Rodin

 O juiz Loraci Flores, da 3ª Vara Federal Criminal, Santa Maria, que trabalha em cima da ação movida pelo Ministério Público Federal no âmbito do processo da Operação Rodin, voltou a surpreender os advogados dos réus nesta segunda-feira, porque suspendeu a ação criminal e abriu prazo para que a defesa apresente oposição aos indiciamentos contaminados  por conta das criminosas quebras de sigilos fiscais, já sancionados por decisão do STJ. 

. É curto o prazo, de apenas 5 dias, mas ele revela a atenção do julgador, que não poderá deixar de considerar o caráter ilegal que acabaram assumindo as ações movidas pelo MPF.

. Leia o despacho do juiz:


NO(S) PROCESSO(S) ABAIXO FOI PROFERIDO O DESPACHO/DECISÃO A SEGUIR TRANSCRITO: "Não obstante este juízo mantenha a convicção de que a discussão invocada pela defesa, reiterada nas petições das fls. 61.443/61.448 e 61.61.599, não é nova, é fato que alguns denunciados acabaram não se manifestando, in oportuno tempore, acerca de eventual contaminação, por derivação, de provas eventualmente decorrentes dos elementos de convicção que, agora, segundo a recente decisão do e. STJ, aportaram aos autos de maneira indevida. Por essa perspectiva, e também não olvidando a preocupação, sempre presente em matéria penal, acerca de possível nulidade por afronta ao princípio da ampla defesa, hei por bem acolher, em parte, os pedidos dos réus para conceder, no prazo comum de cinco dias, a oportunidade de indicarem ao juízo, na sua convicção, quais os elementos probatórios que entendem atingidos por conta da indigitada quebra do sigilo fiscal, viabilizando, em sentença, um melhor exame da matéria. Intimem-se."