Veja como os médicos cubanos nem começaram e já trabalham como cabos eleitorais do PT

A foto ao lado mostra, no palanque: Padilha, ministro e candidato a governador, recepciona os médicos cubanos: tudo filmadinho (fotografia de Rondon Vellozo/ASCOM. Min. Saúde). Os médicos-escravos não tiram os jalecos nem no palanque, tudo dentro do marketing brega dos Castro e Padilhas. 


Reportagem de VEJA desta semana mostra que, sem autorização para iniciar os atendimentos, tudo que os médicos fizeram até agora foi aparecer ao lado de políticos do partido para exaltar o programa Mais Médicos. A reportagem é de Alexandre Aragão e Kalleo Coura. Leia tudo:

Tupanatinga, no agreste de Pernambuco, tem 25 000 habitantes e menos de 1 000 carros. Para chegarem lá, as médicas cubanas Norka Imberd e Norma Elías sacolejaram na estrada por quatro horas e meia desde o Recife. Estão instaladas há quase uma semana em um dos dois únicos hotéis da cidade, mas ainda não tiraram o estetoscópio da bagagem. Como continuam sem autorização de trabalho no Brasil, aproveitaram o tempo livre para desfilar sorridentes ao lado do ainda mais sorridente prefeito Manoel Tomé (PT). “Queria saudar aqui duas pessoas importantíssimas que o município acaba de receber”, discursou ele. “Elas vieram lá de ‘Cubas’ numa missão para melhorar a saúde de nossa cidade.” O fato de o prefeito não conseguir acertar o nome do país das doutoras não significa que ele ignore a força política do programa do governo federal que as trouxe a Tupanatinga -- o Mais Médicos. Prova disso é que já mandou até pintar um dos postos de saúde da cidade de vermelho e branco, as cores do seu partido.

PT quer Dilma mais à esquerda, dizem candidatos à presidência do Partido em Porto Alegre

A foto ao lado é de Ramiro Furquim, Sul21

O repórter Samir Oliveira, do site www.sul21.com.br, geralmente alinhado com o PT, informou neste sábado que os seis candidatos à presidência nacional do PT expuseram suas ideias na noite desta sexta-feira (27) em Porto Alegre. Leia tudo:

O quinto debate do Processo de Eleições Diretas (PED) do partido ocorreu no plenário da Câmara de Vereadores e contou também com a presença de candidatos aos comandos estadual e municipal da legenda.O ato deixou evidentes as críticas da maioria dos candidatos ao governo federal e ao grupo que domina a direção nacional do partido, chamado de “Campo Majoritário”. O único que não fez recriminações contundentes às atitudes do PT nas últimas décadas foi o atual presidente e candidato à reeleição Rui Falcão, que também evitou bater de frente com o Palácio do Planalto.
. Com maior ou menor intensidade, todos os candidatos defenderam que o partido intensifique uma agenda política à esquerda, tanto em suas instâncias internas quanto no programa de governo a ser construído para a candidatura da presidente Dilma Rousseff à reeleição em 2014.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Juventude do PMDB do RS elege novo presidente neste sábado

A Juventude do PMDB do RS elege neste sábado sua nova direção. 

Rigotto desiste de qualquer disputa eleitoral em 2014

Numa reunião mantida esta semana na casa do ex-ministro Mendes Ribeiro Filho, o ex-governador Germano Rigotto avisou aos seus companheiros de PMDB que não disputará eleição para nenhum cargo em 2014. 

Aécio diz no Paraná que quem for para o segundo turno vai ganhar de Dilma

Uma pequena comitiva gaúcha foi a Curitiba para o encontro, sob a liderança do presidente, deputado Adilson Troca. O PSDB gaúcho passa por fase de reorganização interna. 

O presidente nacional do PSDB e principal nome do partido para a corrida presidencial do ano que vem, o senador Aécio Neves (MG) disse nesta sexta-feira, em Curitiba, que o único dado relevante das pesquisas eleitorais do momento, que o colocam em terceiro lugar  na disputa, é que mais de 60% da população brasileira não quer votar na presidente Dilma Rousseff (PT). Aécio foi a Curitiba para o lançamento, no sábado, da sede regional sul do PSDB, com foco na pré-campanha para 2014. Nem a retomada do crescimento das intenções de voto da petista após a brusca queda com osprotestos de junho preocupa o tucano.

Guilherme Fiúza diz que "ministros partidários" do STF beneficiaram os mensaleiros na mão grande

No seu artigo deste sábado no jornal O Globo, o colunista Guilherme Fiúza diz que o Supremo Tribunal Federal melou a prisão dos mensaleiros, na mão grande. Como se sabe, pela primeira vez na história a corte máxima tem juízes partidários, como Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli, obedientes aos seus senhores petistas. E os principais réus do mensalão, que por acaso mandam no Brasil, têm os melhores advogados de Brasília — pagos a peso de ouro com uma dinheirama que eles não precisam dizer de onde veio, mas pode-se supor. Foi com essa blitz política (disfarçada de jurídica), ou, em bom português anglo-saxão, com esse lobby, que o Brasil foi roubado de novo, à luz do dia.

E o que fizeram os brasileiros, que agora são revolucionários e esculhambam o trânsito a qualquer hora do dia para “mudar o Brasil”? Não fizeram nada.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Aécio quer Marina de vice. Hoje, em Porto Alegre, na Azenha, Rede organiza o Partido

O senador tucano Aécio Neves convidará a ex-senadora Marina Silva para ser sua vice, caso ela não consiga o registro do seu Partido, o Rede. Ela tem até o dia 5 para conseguir o que quer.

. FHC disse ontem que Marina é a "reserva moral" da Nação.


. Durante todo o dia de hoje os seguidores de Marina estarão reunidos no CTG Azenha, Porto Alegre, para tratar da organização do Rede, distribuir fichas de filiação e listar possíveis candidatos para o ano que vem. 

"Mais Médicos" - Hospital público cobra de paciente internado no RS

Em reportagem que divulgou nesta sexta a noite, o programa "SBT Brasil" revelou que ao receber alta no hospital público São João Evangelista, em Segredo, interior do Rio Grande do Sul, o empresário Marcelos Vagas foi cobrado pelo tempo que ficou internado no local. Leia o que sobre isto publica o site www.uol.com.br de hoje:

Chocado, ele gravou a conversa em que uma funcionária do local informava que ele precisava desembolsar R$ 30 pelo uso do quarto, R$ 80 pela duas consultas com o médico, além da medicação que foi utilizada. A denúncia foi exibida no jornal "SBT Brasil" desta sexta-feira (27). A funcionária afirmou a Vagas que ele não pagaria os custos se ficasse internado no local por três dias. A carteirinha do SUS também foi exigida do paciente. "O governo consulta os atendimentos para saber se não está dobrado, se não foi cobrado duas vezes e eles fazem isso pelo cartão do SUS", explica a funcionária.

. Um agricultor, que não quis se identificar, também passou pela mesma situação no hospital. "Fui até o posto apresentei a carteirinha e me encaminharam para o hospital. O médico costurou meu dedo e me cobraram R$ 200", afirmou à reportagem.

. A direção do hospital alega que não cobra por consultas e diz que a denúncia será investigada pelo Ministério Público. A Constituição Federal dá direito à saúde gratuitamente e qualquer cobrança extra é considerada crime. Se comprovado, os responsáveis podem pegar até oito anos de prisão.

CLIQUE AQUI para examinar a notícia e verificar os videos gravados pelo agricultor.


Impostos aumentarão preços de fogões, móveis e refrigeradores a partir de terça-feira.

A partir de terça-feira, os preços de fogões, tanquinhos e refrigeradores vão subir. No caso de refrigeradores, a alíquota subirá de 8,5% para 10% em outubro, originalmente era de 15%. O imposto dos tanquinhos passa de 4,5% para 5%, o inicial era de 10%. Já a alíquota de móveis e painéis de madeira sobe de 3% para 3,5%. O IPI dos fogões, que passará de 3% para 4%, volta à alíquota inicial, antes de a política de redução do imposto ser adotada para estimular o consumo e a economia.


. Somente a alíquota das máquinas de lavar foi mantida em 10%, como sinalizou o governo desde junho. Antes dos incentivos, o imposto sobre esse produto era de 20%.

Manifestantes são feridos nos protestos contra corpo mole no julgamento do Mensalão

Informações postadas no final da noite desta sexta-feira pela Folha de São Paulo no site www.uol.com.br, revelaram que nesta sexta-feira muitos manifestantes resultaram feridos durante um protesto contra a aceitação, por parte do STF (Supremo Tribunal Federal), dos embargos infringentes de condenados no julgamento do Mensalão. Foi em São Paulo.

. A manifestação, que começou por volta das 18h, na avenida Paulista, percorreu as principais ruas do centro da cidade e terminou em confronto com policiais na altura da Casa de Portugal (bairro da Liberdade), onde acontecia um evento do PT (Partido dos Trabalhadores) com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do ministro da Saúde, Alexandre Padilha. 

. Segundo a polícia, militantes petistas também se envolveram na confusão com manifestantes.

. Esta foi a primeira manifestação de grande porte organizada contra as manobras ocorridas no STF para jogar para mais adiante o julgamento da organização criminosa montada pelo PT para beneficiar Lula e o Partido. 

Tempo será instável e frio em todo o Sul do Brasil. Porto Alegre amanheceu com chuva.

A manhã começou chuvosa e fria em Porto Alegre. Na Capital, a temperatura máxima chegará aos 12 graus. Em todo o Sul do Brasil, segundo Clima Tempo, o tempo será muito instável, com chuvas frequentes.

CLIQUE AQUI para examinar vídeo com descrição completa sobre o tempo neste sábado, no Sul (RS, SC e Paraná).

Sai primeiro pedido de expulsão de Caleb. Ele trocou o PSB por um emprego de assessor de Tarso.

Foi protocolado nesta sexta-feira o primeiro pedido de expulsão do ex-presidente do PSB, o ex-secretário de Infraestrutura e Logística, Caleb Oliveira. O pedido foi do presidente do PSB de Caxias do Sul, Adriano Boff, que usou o seguinte argumento:

- Você não ocupa mais a secretaria, mas aceitou o rearranjo oferecido pelo governo.  Você nos envergonha.

. O ex-presidente do PSB saiu da secretaria depois que o Partido decidiu entregar seus cargos ao governador Tarso Genro, que ao arrepio dos socialistas resolveu cooptar Caleb Oliveira, oferecendo-lhe um cargo de assessor, em troca de R$ 15 mil por mês. Caleb Oliveira não apenas aceitou, mas além disto enviou no meio da semana uma carta aos companheiros, justificando-se e atacando o vice-governador Beto Grill, que não entregou todos os CCs que ocupa no governo.

. A expulsão do ex-presidente criará um problema para o deputado Beto Albuquerque, porquer a mulher de Caleb é sua chefe de gabinete em Porto Alegre.

Wambert migra do PSDB para o PSD de Kassab. O PSD é o mais novo integrante do governo federal do PT.

Depois de muito ruído, o ex-tucano Wambert Di Lorenzo, que foi candidato do PSDB à prefeitura de Porto Alegre, assinou ficha com o PSD do ex-prefeito Kassab. Como o PSD alinhou-se com o governo Dilma Roussef, Wambert, ferrenho anti-petista, é agora aliado do PT a nível federal.

. O ex-tucano será candidato a deputado estadual.


. Ele entra e sai do Partido o vereador Bernardino Vendrúsculo, de Porto Alegre.