Até CUT vaia o populismo eleitoreiro do governo do PT

O ex-ministro bem que tentou, mas foi sufocado pelas vaias e não falou.
]


O editorial a seguir é do jornal O Globo deste sábado. Ele tem  o seguinte título: "O populismo eleitoreiro". Leia tudo:

Este foi um 1º de Maio de dissabores para o PT, algo impensável não muito tempo atrás. Nunca se poderia profetizar, em sã consciência, que, em um comício da CUT, braço sindical do partido, no Dia do Trabalho, lideranças petistas seriam vaiadas e impedidas de falar. O veto, digamos, popular atingiu o ministro da Secretaria Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, setorista de “movimentos sociais”, o novo ministro de Relações Institucionais, Ricardo Berzoini, o próprio prefeito Fernando Haddad e o pré-candidato ao Palácio dos Bandeirantes Alexandre Padilha.
O fato, ocorrido no Vale do Anhangabaú, na capital paulista, faz recordar algumas manifestações, em junho do ano passado, que mantiveram militantes de partidos à distância, entre eles os do PT, até então os “donos das ruas”.
Sinal de que há mesmo um clima de mau humor generalizado. 

CLIQUE AQUI para ler.

Na noite deste sábado, campeã
de Veja na sua categoria,
cinco anos seguidos.

PIB em alta: Paraguai quer trocar "sacoleiro" por executivo

- Paraguai obteve o terceiro maior crescimento percentual do PIB no mundo em 2013. A capital do país, Assunção, é uma das principais apostas nesse processo de mudança
  
O Paraguai quer acabar com o estigma de ser visto como um país para compras. A mudança de imagem contará com investimento entre US$  1 milhão e US$ 1,5 milhão em publicidade no Brasil, para mostrar o que o país vizinho pode oferecer além das típicas compras em Cidade do Leste. As campanhas midiáticas devem ser veiculadas no segundo semestre deste ano, principalmente nos Estados que fazem fronteira – Paraná e Mato Grosso do Sul – e regiões próximas ao Paraguai. Autoridades do país acreditam que as ofertas de turismo ficam encobertas pela fama de ser um destino de “sacoleiros” em busca de produtos mais baratos.

. A capital do país, Assunção, é uma das principais apostas nesse processo de mudança. Pela sua localização – entre 1h30 e 3h30 das principais cidades da América do Sul, como São Paulo, Buenos Aires, Montevidéu, La Paz e Santiago -, o governo vê a oportunidade de promover o turismo de negócios em sua capital. “O Paraguai tem a chance de ser um local para turismo de nicho corporativo”, disse o ministro da Indústria e Comércio do país, Gustavo Leite. “A capacidade de leitos na cidade dobrou nos últimos três anos e o objetivo é tornar Assunção o grande centro de conferência da região sul-americana.” Segundo o ministro, a capital pode se beneficiar do momento econômico do país, que cresceu 13,7% no ano passado – terceiro maior crescimento do mundo em 2013. E o Brasil tem grande parte neste salto, respondendo por algo entre 19% e 30% no Produto Interno Bruto (PIB) paraguaio, de cerca de US$ 30 bilhões. 

. Assunção também passa por um momento de verticalização da cidade. Um exemplo é que, em até três anos, a capital deve ganhar quatro torres de 20 andares do complexo World Trade Center. O projeto deve custar US$ 50 milhões e incluirá um hotel de 120 quartos. Para o governo, investimentos em turismo devem impulsionar ainda mais o crescimento, já que o setor ocupa a sétima posição entre as principais atividades econômicas do país, que tem sua força no agronegócio. 

. Além do nicho corporativo, as campanhas a serem veiculadas no Brasil devem focar outras regiões do país que proporcionem atividades como turismo fluvial e de pesca, visitas às hidrelétricas de Itaipu e Yacyretá, povoados jesuíticos, calendários de festas populares e casinos, que são proibidos no Brasil. De acordo com a ministra do Turismo do Paraguai, Marcela Bacigalupo, o número de visitantes estrangeiros que pernoitaram ao menos três noites no país no ano passado foi de 609 mil - desse total, 45% dos turistas eram brasileiros. A meta é chegar a 1 milhão de turistas até 2018. “Vamos participar de feiras de turismo no Brasil e realizar workshops em cidades estratégicas para promover o Paraguai”, disse Marcela.

. Porta de entrada dos brasileiros que cruzam a Ponte da Amizade a partir de Foz do Iguaçu e principal responsável pela imagem do país, a Cidade do Leste não deve perder sua vocação comercial nas propagandas paraguaias. A cidade convive com problemas de infraestrutura e economia informal. Para mudar esse cenário, membros da sociedade civil elaboraram uma espécie de plano diretor da cidade, que deve ser apresentado à prefeitura em julho. 

. O plano de diretrizes da Asociación Plan de Desarrollo del Este (Associação Plano de Desenvolvimento do Leste, em tradução livre) prevê expandir a rede de esgoto, criar vias de circulação interna, aumentar a capacidade hoteleira e formalizar a atividade comercial – são 4.700 empresas estabelecidas na Cidade do Leste, que movimentaram US$ 8 bilhões em 2013, segundo a Câmara de Comércio do município.“A cidade não deve perder a sua vocação, de comércio de pronta entrega, e as iniciativas devem torná-la mais atrativa para o turista, em vez de apenas ser vista como um centro de compras”, afirma Natalia Chan, presidente da associação. Segundo ela, a iniciativa já conta com apoio dos governos federal, estadual e municipal.


O jornalista do site Terra., que produziu a reportagem acima, viajou a convite da TAM e da Secretaria Nacional de Turismo do Paraguai

PT sob vaias - Dilma é vaiada neste sábado em Minas

Depois das vaias que tomaram o ministro Gilberto Carvalho, o ex-ministro Alexandre Padilha e o prefeito Fernando Haddad, dia 1º de maio, na festa da CUT, braço sindical do próprio PT, nestre sábado foi a vez da presidente Dilma Rousseff ser vaiada em três momentos na abertura oficial da Expozebu, que reúne empresários da agropecuária no Triângulo Mineiro. No evento, ela prometeu que o plano agrícola pecuário 2014-2015 terá mais recursos e mais facilidades na obtenção de crédito. Na versão anterior, a verba para financiamento foi de 136 bilhões de reais. O anúncio não foi suficiente para conter a plateia.

. As vaias, segundo os repórteres de Veja que estavam em Minas,  começaram assim que a presidente recebeu a medalha alusiva aos 80 anos da Expozebu. Voltaram no início e no fim de seu discurso. Visivelmente tensa, Dilma não fez nenhum comentário sobre as manifestações.

. Dilma anunciou que na segunda-feira o Diário Oficial da União publicará um decreto do Ministério do Meio Ambiente formalizando a entrada em vigor do Cadastro Ambiental Rural, o CAR, ferramenta de dados para controle de desmatamentos com base em informações das propriedades rurais. O CAR foi criado com o Código Florestal. Ele é um dos requisitos para a obtenção de financiamento público.


. A presidente afirmou ainda que o governo está aberto a sugestões para a elaboração do plano agrícola que deverá ser anunciado ainda este mês. 

PT, com Lula presente, oficializa candidatura de Dilma

O encontro nacional do Partido dos Trabalhadores, realizado sábado a noite em São Paulo, teve como objetivo acabar com a campanha interna do "volta, Lula". 

. Rui Falcão, presidentge do PT, pediu que Dilma fosse sagrada candidata.

. Ao falar, Lula exaltou o governo Dilma e também mencionou José Dirceu, José Genoino, João Paulo Cunha e Delúbio Soares; "enquanto nossos companheiros estão presos, o mensalão tucano nem é citado pela imprensa". 

. O PT oficializou a candidatura de Dilma para não ter que recuar.

Aberto hoje, sábado.
5o ano, o melhor na sua categoria

segundo Veja ("Comes e Bebes"

Datafolha toca nova pesquisa presidencial, mas pergunta se no PT o candidato deve ser Dilma ou Lula

A nova pesquisa Datafolha, que acaba de ser registrada no Tribunal Superior Eleitoral e será divulgada na próxima semana, coloca uma questão intrigante, a de número 17: "Na eleição presidencial deste ano, quem deveria ser o candidato do PT a presidente: a presidente Dilma Rousseff ou o ex-presidente Lula?".


. O Datafolha não questiona, por exemplo, se o PSB deve lançar Eduardo Campos ou Marina Silva ou se o PSDB deve ir de Aécio Neves ou José Serra. Alimenta a divisão apenas no campo petista, podendo trazer um resultado capaz de reacender a chama do "volta, Lula", caso seus entrevistados prefiram o ex-presidente à sua sucessora.

Yeda mandou os originais de suas memórias para o editor

A governadora Yeda Crusius  mandou ontem para seu editor o seu livro de memórias.

Sartori, hoje em Canela. PMDB começa a desenhar substituto para Simon e Rigotto.

O PMDB está reunido desde as 10h em Canela, RS, para acertar os ponteiros em torno da candidatura de José Ivo Sartori ao governo do Estado.

. O Partido continua costurando a pacificação interna para definir seus candidatos a presidente, vice-governador e senador.

. A vaga de vice está aberta para coligações, mas a posição de candidato ao senado deverá ficar mesmo com o PMDB. Com a saída de Simon e Rigotto, a vez é do ex-prefeito José Fogaça. O PSB, que reclama a vaga para o deputado Beto Albuquerque, deverá contentar-se com o apoio do PMDB  ao governador Eduardo Campos, com o que a seção gaúcha do Partido abrirá pesada consistência com a direção nacional, que apóia Dilma.

Aberto hoje, sábado.
5o ano, o melhor na sua categoria

segundo Veja ("Comes e Bebes"

A polícia gaúcha não sabe quem arrombou e roubou no Palácio da Polícia

O governador Tarso Genro já não governa o governo, preferindo salvar o planeta, conforme seu slogan de campanha e suas conferências internacionais. 



Agora até o próprio Palácio da Polícia é arrombado e assaltado no RS. É que ele teve uma das portas laterais arrombadas, uma estátua danificada e um ventilador furtado ontem a noite. 

. Depois da porta arrombada, a segurança já foi reforçada no local — admitiu o chefe da Polícia Civil, delegado Guilherme Wondracek.

. A insegurança pública virou epidemia social no RS.

. O governo estadual perdeu o controle da situação (veja denúncia, abaixo, do PSDB).

. Um leitor desta página enviou mensagem ao editor, esta manhã, nos seguintes termos:

- É o caos editor. 

. O ponto do ocorrido — uma porta lateral na Avenida João Pessoa, próxima à Ipiranga, não tem câmeras de monitoramento. Está em tramitação o processo de instalação dos equipamentos, mas há esperança de melhora:

— O plano já estava em andamento e, agora, será reforçado — afirmou Wondracek.


- Por volta das 23h de ontem, uma porta de ferro teve o miolo da fechadura violado e foi aberta, dando acesso à secretaria do palácio. Na sala, estava a estátua do patrono da Polícia Civil, Plínio Brasil Milano. 

Nem tudo é crise no Pólo Naval do RS

Com um investimento de R$ 20 milhões, a irlandesa Suretank instalou sua primeira fábrica na América, em Caxias do Sul. A fabricante de contêineres e tanques para a indústria de petróleo, que até então tinha apenas um escritório comercial no estado do Espírito Santo, entra para a cadeia de fornecedores do Polo Naval de Rio Grande. É uma boa notícia para o a indústria naval do sul, que nos últimos meses vem amargando dificuldades, em um cenário marcado por demissões e incertezas 

especialmente no incipiente polo naval de Charqueadas, município próximo de Porto Alegre.

CLIQUE AQUI para ler tudo. O material é da CQ7 Comunicação, www.cq7.com.br

Aberto hoje, sábado.
5o ano, o melhor na sua categoria

segundo Veja ("Comes e Bebes"

Anac autoriza operação da venezuelana Conviasa no Brasil

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou, nesta sexta-feira, o Consorcio Venezolano de Industrias Aeronáuticas y Servicios Aéreos (Conviasa) a funcionar no Brasil.

. Segundo comunicado publicado no "Diário Oficial da União", a empresa estatal venezuelana pretende "operar serviço de transporte aéreo internacional regular de passageiro, carga e mala postal no território nacional".

. A empresa é ligada ao Ministério do Poder Popular para Transporte Aquático e Aéreo da Venezuela, segundo o site da companhia na internet

Pesquisa Sensus aponta para segundo turno: Dilma, 35%; Aécio, 23,7%; Campos, 11%

Não se confirmaram as piores notícias que se esperavam para a presidente Dilma Roussef - ainda. É que a revista Istoé deste fim de semana traz  pesquisa do Instituto Sensus, que não aponta 31% para Dlma e 27% para Aécio, como se esperava, tudo baseado em fortes boatos desta sexta. De qualquer modo, a pesquisa é a primeira a apontar segundo turno nas eleições presidenciais de 2014.

Dilma Rousseff (PT)           35,0%
Aécio Neves (PSDB)           23,7%
Eduardo Campos (PSB)     11,0%
Indecisos/brancos/nulos  30,4%

. A pesquisa demonstra que enquanto o governo teria 35%, a oposição conseguiria 34,7%, o que configuraria um empate técnico.

. O segundo cenário inclui os candidatos de partidos nanicos. Eis os números:

Dilma Rousseff (PT)            34,0%
Aécio Neves (PSDB)            19,9%
Eduardo Campos (PSB)        8,3%
Pastor Everaldo (PSC)          2,3%
Randolfe Rodrigues (Psol)  1,0%
Eymael (PDC)                        0,4%
Mauro Iasi (PCB)                  0,3%
Levy Fidelix (PRTB)              0,1%
Indecisos/brancos/nulos   33,9%

. A percentagem de brancos e nulos representa um quarto de tudo, o que significa que muita coisa ainda pode mudar, e não propriamente em favor de Dilma. Ou seja: no cenário B, o governo teria 34%, contra 32,4% dos adversários, uma diferença de 1,6 ponto. Como a margem de erro é de 2,2 pontos, também estaria aberta a possibilidade de segundo turno.

. Responsável pela pesquisa, o cientista político Ricardo Guedes aponta um quadro delicado para Dilma e o PT. "Está difícil para a presidente", diz ele. Uma das razões seria a queda da identificação entre os eleitores e o PT. Embora o partido ainda seja o preferido dos eleitores, a identificação caiu de 18% para cerca de 9%.