Secretário Juvir Costella sofre acidente de carro e vai parar no Pronto Socorro

Não é grave o estado de saúde do secretário estadual do Turismo, Juvir Costella, que sofreu hoje um acidente de carro na Avenida Loureiro da Silva (Centro de Porto Alegre), nesta quinta-feira (28) à tarde, mas já retorna ao trabalho nesta sexta-feira. Costella estava em um Fiat Linea oficial, acompanhado do motorista e de um assessor. Por volta de 15h, quando o veículo parou diante da sinaleira em frente ao prédio da Receita Federal, foi atingido pelo carro que estava logo atrás e foi batido por um terceiro. Nenhum dos ocupantes do Fiat se feriu. Mesmo assim, Costella foi levado ao Hospital de Pronto Socorro, porque sentiu dores musculares, mas foi liberado em seguida.

Justiça do Rio quebrou sigilo bancário e bloqueio dos bens do ex-presidente da Petrobrás, o petista Sérgio Gabrielli

O Jornal Nacional informou na noite desta quarta-feira que a Justiça do Rio determinou nesta quarta-feira (28) a quebra de sigilo bancário e fiscal e o bloqueio de bens em caráter liminar do ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli, do ex-diretor de Serviços da estatal Renato Duque, e de executivos e técnicos do Cenpes, o centro de pesquisa da Petrobras, em ação por improbidade administrativa.
Ao todo, oito pessoas, das quais seis ex-funcionários da estatal, tiveram seus sigilos quebrados pela Justiça, entre os períodos de 2005 a 2010.

A ação, que tramita na 5ª Vara de Fazenda Pública da Justiça do Rio, tem como base denúncia do Ministério Público do Rio, que apontou indícios de superfaturamento em contratos entre a estatal e a construtora Andrade Gutierrez para obras no Cenpes.

Nome de Antonio Ramos poderá sair nesta quinta para o comando da Procergs

Apesar de todo o hermetismo oficial, o editor pode assegurar que pode sair a qualquer momento o nome do novo presidente da Pocergs. O candidato mais forte é Antonio Ramos Gomes, PMDB, homem historicamente ligado à área da TI e que foi vice da estatal no governo Britto. Ele conversou segunda e quarta com o secretário Giovani Feltes, a quem está vinculada a empresa. Newton Braga Rosa, professor do Instituto de Informática, ex-secretário de Inovação de Porto Alegre, foi cogitado, mas ele já tinha compromisso anterior para defender tese de doutorado em universidade americana, onde permanecerá dois meses. O governo vai anunciar nesta quinta todos os nomes da diretoria.

Flávia do Canto aceita dirigir o Procon do RS

Flávia do Canto, Procon de Porto Alegre, irá para o Procon do RS. A área é subordinada à secretaria da Justiça e Direitos Humanos.

Prefeitos endurecem com Sartori. Famurs diz que quer o dinheiro da saúde.

A manutenção de partos e intervenções cirúrgicas em hospitais de pequeno porte está em risco no interior do RS. Apesar de a resolução que obrigava 88 hospitais a fecharem seus blocos cirúrgicos ter sido alterada em agosto de 2014, a pedido da Famurs, a contrapartida financeira do Estado não está sendo repassada aos municípios. Para viabilizar o pagamento destes recursos junto à Secretaria Estadual da Saúde (SES-RS), a Federação reuniu representantes de cerca de 30 municípios na sede da entidade, nesta quarta-feira. Deste encontro, surgiu uma comissão liderada pelo prefeito de Chiapetta, Osmar Kuhn, e mais cinco chefes do executivo municipal. Conforme o prefeito Osmar Kuhn, alguns prefeitos protocolaram a decisão de seguir com os blocos cirúrgicos funcionando e não obtiveram retorno do governo do Estado. “Precisamos saber qual será a política do governo estadual quanto aos pequenos hospitais, se vai haver investimentos e ampliações, ou se a saúde será tratada nos grandes centros”, afirmou o prefeito. Integram a comissão os prefeitos de Campo Novo, Victor Graeff, Progresso, Saldanho Marinho e Jaquari. O presidente da Famurs e prefeito de Tapejara, Seger Menegaz, disse que a entidade fará um levantamento dos atendimentos nos hospitais de pequeno porte. Segundo Menegaz, o fechamento dos blocos cirúrgicos faz com que os médicos, que já são difíceis de serem atraídos para o interior, acabem deixando os municípios. “Precisamos valorizar o atendimento que é prestado nos municípios e evitar a volta da ambulancioterapia”, finalizou o presidente.

Danilo Gentili perde as estribeiras com Dilma e ataca no Twitter: "Vá se f... Dilma"

O humorista e apresentador do programa The Noite, do SBT, Danilo Gentili, passou de todos os limites da agressividade nesta quarta-feira 28 ao responder, pelo Twitter, a uma mensagem da presidente Dilma Rousseff.
"Vai se fude", escreveu Gentili, em cima da seguinte publicação da presidente: "O nosso povo votou em nós porque acredita em nossa capacidade e em nossa honestidade de propósitos".
A mensagem de Dilma dizia respeito ao discurso feito ontem por ela na abertura da primeira reunião ministerial do segundo mandato.
Gentili é crítico constante do governo e da presidente Dilma. Um dia depois da posse, que ocorreu em 1º de janeiro, ele comparou a petista a porcos em um pequeno texto no Facebook.

"A posse da Dilma ontem foi uma posse de proporções bíblicas. Igual aquela vez que tomaram posse dos porcos e eles foram em direção ao desfiladeiro", escreveu.

Ações da Petrobras caem mais de 11% após divulgação de balanço

As ações preferenciais da Petrobras caíram 11,21% nesta quarta-feira, cotadas a R$ 9,03, e as ordinárias tiveram queda de 10,48%, a R$ 8,63%, após a divulgação do balanço do terceiro trimestre, que apontou o lucro líquido de mais de R$ 3 bilhões, mas sem as perdas decorrentes da corrupção na empresa.

Os papéis da estatal chegaram a cair quase 12% na sessão e influenciaram o desempenho da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que fechou em queda de 1,85%, aos 47.694 pontos.

Para o analista da Gradual Investimentos Paulo Cabral Bastos, o balanço, da forma como foi divulgado, não tem credibilidade. "É muito ruim para o mercado, uma vez que se esperava que compras superfaturadas e outras irregularidades fossem contabilizadas".

Quase 70% das indústrias gaúchas utilizam capital próprio para investir

A dificuldade de acesso ao crédito está entre os diversos fatores que compõem o quadro de entraves estruturais para a competitividade da economia gaúcha. De acordo com a Sondagem Especial Financiamento, realizada pela Fiergs - Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul, em 2014, as principais fontes de recursos das indústria no Rio Grande do Sul foram o capital próprio (69,8%) e a captação no sistema bancário (64,0%).

A pesquisa, divulgada nesta quarta-feira, com respostas de múltipla escolha e realizada com 176 indústrias de transformação, identificou a forma como as empresas financiaram suas operações, a percepção dos empresários a respeito do comportamento dos juros e dos prazos, os obstáculos existentes na busca por crédito e o grau de endividamento.

A sondagem revelou ainda que uma parte considerável das indústrias (29,9%) não conseguiu captar no mercado o valor suficiente para suas necessidades de investimentos. Ao mesmo tempo, uma grande parcela (18,6%) está no limite do endividamento ou acima dele.

Prazo para aderir ao Simples termina nesta sexta-feira

As micro e pequenas empresas em atividade que desejam alterar o regime atual de tributação e aderir ao Simples Nacional têm até a próxima sexta-feira para fazer a opção pelo sistema.

Caso o pedido de alteração seja aceito, a mudança retroagirá ao dia 1º de janeiro. Se perder o prazo, a migração só poderá ser feita no início de 2016.

A solicitação de opção pelo regime de tributação simplificado deve ser feita no Portal do Simples Nacional na internet ( http://www8.receita.fazenda.gov.br/SimplesNacional/ ), clicando em Simples Nacional Serviços.

Arrecadação federal cai 1,8% em 2014 para R$1,2 trilhão

A arrecadação de impostos e contribuições federais caiu em dezembro para R$ 114,748 bilhões e no ano para R$ 1,188 trilhão, informou a Receita Federal nesta quarta-feira.

A queda real de 1,79% em 2014 foi o primeiro recuo anual da arrecadação desde 2009.

A arrecadação de dezembro caiu 8,89% ante o mesmo mês de 2013. Pesquisa Reuters feita com analistas mostrou que, pela mediana das expectativas, a arrecadação somaria R$ 126 bilhões em dezembro.

Brasil aumenta 4,7% da área de cultivo de transgênicos

O Brasil cultivou, em 2014, 42,2 milhões de hectares com as culturas transgênicas. De acordo com levantamento divulgado nesta quarta-feira (28) pelo Serviço Internacional para a Aquisição de Aplicações em Agrobiotecnologia (ISAAA), houve um crescimento de 4,7% da área cultivada com transgênico em relação ao no passado.

O País fica atrás apenas dos Estados Unidos (73,1 milhões de hectares) no ranking mundial de adoção de biotecnologia e responde por 23% do total de culturas geneticamente modificadas no mundo. De acordo com dados do ISAAA, o Brasil ocupa a segunda posição desde 2008.

Em todo o mundo, 28 países plantaram 181,5 milhões de hectares com sementes transgênicas, um aumento de mais de seis milhões de hectares em relação a 2013. Após o Brasil, a Argentina (24,3 mi/ha) aparece em terceiro lugar no ranking, seguida da Índia (11,6 mi/ha), Canadá (11,6 mi/ha) e China (3,9 mi/ha).

Nova licitação para revitalização da orla do Guaíba

A Prefeitura de Porto Alegre anunciou que a nova licitação da obra de revitalização da orla do Guaíba será lançada na próxima sexta-feira. Empresas estrangeiras também poderão se candidatar a executar o projeto, de autoria do arquiteto paranaense Jaime Lerner.

O aviso de licitação, publicado nesta terça-feira no Diário Oficial do município, informou que os interessados deverão apresentar as propostas no dia 3 de março.

O edital deve manter os mesmos critérios do primeiro documento, que previa revitalização de um trecho de 1,3 quilômetro, entre a Usina do Gasômetro e a Rótula das Cuias. O projeto contempla a colocação de quiosques, bares, quadras poliesportivas e ciclovia.

Gol supera a TAM em participação de mercado em dezembro de 2014

A Gol superou a TAM em participação de mercado e respondeu em dezembro por 38,1% do segmento doméstico, considerando a demanda (RPK-passageiro-quilômetro transportado), enquanto sua principal concorrente ficou com 36,7%, conforme dados divulgados nesta quarta-feira, pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Os dados da associação setorial, a Abear, confirmam a liderança, embora divirjam ligeiramente. Pela entidade, Gol ficou com 38,51% e TAM com 37,05%. Até agora, os dois levantamentos apontavam para a liderança da TAM, ainda que com participações decrescentes.

Kirchner será chamada a testemunhar no caso do promotor morto

Maximiliano Rusconi, advogado de Diego Lagomarsino, o único indiciado na investigação da morte do promotor Alberto Nisman, informou nesta quarta-feira que pedirá que a presidente Cristina Kirchner seja chamada para testemunhar. "Eu vou sugerir que Cristina Fernandez (Kirchner) e Aníbal Fernández (secretário-geral da presidência), já que os dois têm tantas informações, a se apresentarem como testemunhas", disse Rusconi à rádio Mitre.

A presidente e o secretário divulgaram nos últimos dias informações relacionadas a Lagomarsino, o colaborador de Nisman que forneceu a ele a pistola calibre 22 de onde partiu o tiro que o matou no domingo, dia 18.

O caso tem sido tratado como "morte suspeita" e não estão descartadas as possibilidades de suicídio, suicídio induzido ou assassinato, de acordo com a procuradora Viviana Fein.

Ex-deputado do Mensalão é flagrado em bar e perde regime de prisão no semiaberto

A Justiça de Minas Gerais suspendeu benefícios do ex-deputado federal Romeu Queiroz (PTB), condenado no julgamento do mensalão, e pode determinar a regressão do regime de sua pena do atual semiaberto para o fechado. A decisão foi tomada pela juíza da Vara de Execuções Criminais de Ribeirão das Neves, Miriam Vaz Chagas, após Queiroz ser flagrado bebendo em um bar na capital mineira em uma das saídas da prisão a que teve direito.

O ex-parlamentar foi condenado em 2012 pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a seis anos e seis meses de prisão por envolvimento no esquema de corrupção.


Na última sexta-feira, porém, o jornal mineiro O Tempo divulgou imagens que mostram o ex-deputado bebendo com amigos em um bar da capital

Kercher vai dirigir a Cesa

O economista Carlos Vanderley Kercher foi confirmado, nesta quarta-feira, pelo governador José Ivo Sartori como o novo presidente da Companhia Estadual de Silos e Armazéns (Cesa),

Randon, Marcopolo e Agrale programam novas férias forçadas a partir do Carnaval. Em Caxias já ocorrem 150 pedidos de auxílio desemprego por dia.

O editor falou esta tarde com empresários do setor metal-mecânico e automotivo de Caxias do Sul, principal pólo das duas áreas no RS, e confirmou as piores perspectivas sobre o que as indústrias locais alimentam para este ano. As três principais empresas das áreas - Marcopolo, Randon e Agrale - voltaram a operar normalmente até o dia 19, quando terminaram as férias coletivas dos seus trabalhadores, mas elas já avisaram que apelarão novamente para o recurso a partir do Carnaval.
A queda nas vendas já afetou todo o setor automotivo brasileiro e nem as férias coletivasm, semanas curgtas, licenças remuneradas,  suspensões temporárias de contrato  e programas de demissões voluntárias conseguem evitar o acúmulo de estoques, que estão praticamente sem financiamento do BNDES. Em Caxias do Sul, aguardam-se levas de demissões para depois do Carnaval. O Ministério do Trabalho já contabiliza 150 pedidos de auxílio-desemprego por dia. O problema é ainda mais grave em São Paulo, mas é geral em todo o País.As montadoras encerraram 014 com queda de 15,3% na produção e o fechamento de 12,4 mil postos de traabalho. 

Conheça os perfis de todos os deputados estaduais gaúchos e seus suplentes

Está disponível para download e visualização no portal da Assembleia Legislativa a publicação Perfil Parlamentar da 54ª Legislatura. A publicação (CLIQUE AQUI para ver, copiar e imprimir) reúne, em 60 páginas, depoimentos e informações resumidas sobre os 55 deputados que foram eleitos para a legislatura que inicia em 1º de fevereiro. Ali está a lista completa dos parlamentares e seus suplentes. Os textos são baseados em entrevistas concedidas pelos deputados aos repórteres da TV e Agência de Notícias da Assembleia. Conteúdo estendido sobre cada parlamentar também pode ser acessado nas matérias individuais publicadas no Portal das Eleições. Ao final da publicação encontra-se a listagem dos deputados suplentes e lista de contatos de diversos setores da Assembleia Legislativa.O trabalho é primoroso e o editor recomenda vivamente. Foi produzido pela área de Comunicação da Assembléia. 


Cassiá Carpes, Solidariedade, é o novo presidente da Fundação de Esporte e Lazer, Fundergs

O deputado estadual Cassiá Carpes será o novo presidente da Fundação de Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul (Fundergs). Carpes foi candidato a vice-governador de Ana Amélia.

Briga é de foice para preencher cargos vagos no secretariado do prefeito José Fortunati

Enquanto até a luz é cortada por falta de pagamentos na prefeitura, o prefeito de Porto Alegre curte novas férias, longe do calor escaldante dos ônibus sem ar-condicionado, a luta pelos cargos vagos de secretário municipal se intensifica.O prefeito e a mulher voltarão antes de sábado, porque sábado será a posse de Regina Becker como deputada estadual. 

Dmae, a jóia da coroa - O cargo de diretor Geral já está vago. Flávio Presser, o diretor Gerasl, assumirá a presidência da Corsan nesta quinta-feira. O prefeito quer entregar o cargo para o PSB. Airto Ferronato, vereador, líder do governo, não pode assumir, já que não é engenheiro./
Secretaria de Licenciamento Urbano - Ana Pellini foi para o Estado onde é titular da Fepan, mas tenta emplacar seu sucessor. Seria Vinicius Freitas, com pouco trânsito na área política. Mas para a mesma vaga, o vice-prefeito Sebastião Melo prefere Cristine Cademartori, que é manda-chuva na Secretaria de Obras./
Secretaria de Urbanismo - O vereador Valter Nagelstein, presidente do PMDB, foi confirmado por Fortunati, mas ainda não assumiu./
Secrdetaria da Juventude - O secretário atual, Luizinho, brigado com a mulher do prefeito, pediu as contas, mas ainda não há nome natural para o cargo. 

Ninguém sabe para onde viajou o prefeito. Ele está em algum lugar incerto entre Formiguinha e Patagônia. 

Sem reconhecer perdas por conta da corrupção na estatal e sem aprovação da auditoria, balanço da Petrobrás derruba ações na Bolsa de SP

Sem listar as perdas da corrupção e tampouco aprovação dos auditores, o balanço da Petrobrás, lucro de  R$ 3,08 bilhões no terceiro trimestre do ano passado, derrubou as cotações das ações a níveis alarmantes, derrubando também o índice da Bolsa de São Paulo. A estatal parece ter aprendido com o governo, seu principal acionista, como ter um “superávit” desconsiderando todas as contas que lhe imporiam déficit. A Petrobras frustrou o mercado pela milésima vez, e apresentou dados operacionais não auditados e nenhuma baixa contábil relacionada ao esquema de corrupção. Nas entrelinhas do demonstrativo, no entanto, é possível verificar em notas explicativas, algumas contas iniciais, como a consideração dos 3% de propina que a delação premiada de Paulo Roberto Costa indicou.Ao citar isso, a companhia reconhece a existência de tal monta; que, por si só, geraria uma baixa de R$ 4 bilhões nos contratos que Petro considerou. Além disto, no próprio terceiro trimestre, Petrobras assumiu perdas de R$ 2,7 bilhões resultante da desistência dos projetos Premium I e II. A Petrobras está reavaliando os seus projetos. Com a nova realidade de preços do petróleo, há uma série de projetos na mira.Quando vierem ajustes relacionados a Comperj, Pasadena ou da refinaria Abreu e Lima, cujo orçamento passou de US$ 2,4 bilhões previstos para atuais US$ 18,8 bilhões, o caso terá números escandalosos. Segundo interlocutores da empresa afirmaram à Bloomberg, estimativa de baixas contábeis da reunião circulava em R$ 88 bilhões.
Uma baixa desse tamanho naturalmente teria um impacto tremendo sobre o valor patrimonial de uma empresa cujo valor de mercado atual é de R$ 128 bilhões.
Nos últimos dias, as famosas “fontes relacionadas” com a empresa ou com o governo falaram à imprensa sobre baixas de menos de R$ 10 bilhões, R$ 10 bilhões, US$ 20 bilhões, agora R$ 88 bilhões...
Dada a recorrência desses ruídos de falha de comunicação com o mercado, e enorme impacto sobre o preço das ações, haveria de se ter maior investigação dos órgãos reguladores.
Quem está ganhando com essas informações desencontradas?




Centrais sindicais protestam contra MPs na área trabalhista

Uma manifestação das centrais sindicais ocorre nesta quarta-feira em frente à Superintendência Regional de Trabalho e Emprego na avenida Mauá, Centro de Porto Alegre. O ato acontece no Dia Nacional de Luta em Defesa dos Empregos e dos Direitos.

Protestos simultâneos acontecem também em Curitiba, Florianópolis, Belém, Salvador, Manaus, Belo Horizonte, Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo.

O objetivo dos sindicalistas é entregar um documento com críticas às medidas do governo. Elas pedem a revogação das duas MPs editadas no final do ano passado pela presidente Dilma Rousseff, que, segundo os sindicalistas, diminuem direitos dos trabalhadores.

Rodoviários de Porto Alegre aprovam reajuste de 8%

Após votação, os rodoviários de Porto Alegre aprovaram na manhã desta quarta-feira o reajuste salarial de 8%. A decisão foi tomada após um plebiscito realizado entre os funcionários da categoria.

O reajuste do dissídio e a concessão dos benefícios deve impactar no valor da passagem, que hoje custa R$ 2,95.

RF divulga hoje 1º lote da malha fina

A Receita Federal divulga nesta quarta-feira a consulta ao primeiro lote de restituições liberadas da malha fina do IR (Imposto de Renda) Pessoa Física 2014. Também estarão no lote declarações liberadas da malha entre 2008 e 2013.

Segundo a Receita, o crédito bancário para 472.576 contribuintes será efetuado na próxima sexta-feira (30), totalizando o valor de R$ 941.872.389,78.

Lulinha vai processar Eduardo Jorge por tuíte sobre o Friboi

O empresário Fábio Luis Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, decidiu interpelar judicialmente o ex-candidato à Presidência da República pelo PV, Eduardo Jorge, por difamação. O motivo foi um post de Twitter que teria sido publicado no último dia 18. No tuíte, o ex-presidenciável teria afirmado que Silva é dono da Friboi, marca do frigorífico JBS.

Na mensagem, Jorge teria feito piada com a afirmação da presidente Dilma Rousseff (PT), feita durante a campanha eleitoral, de que não mexeria nos direitos trabalhistas "nem que a vaca tussa". "A vaca que tossiu não é do frigorífico do filho do Lula. Então pode comer à vontade", disse a mensagem, que posteriormente foi apagada.

Governo Dilma lança textos para regulamentar marco civil da internet

O Ministério da Justiça lançou, nesta quarta-feira, dois projetos para debate público: a regulamentação do marco civil da internet e um anteprojeto de lei sobre proteção de dados pessoais. O lançamento foi feito em conjunto pelos ministérios da Justiça, Comunicações, Cultura e Secretaria-Geral da Presidência da República.

Os dois projetos estarão disponíveis por 30 dias para consultas online. A discussão sobre a regulamentação do marco civil da internet, sancionado em abril de 2014, se dará por meio de apresentação de quatro eixos: "neutralidade da rede", "registros de acesso", "privacidade" e "outros temas'. Os tópicos estão disponíveis na internet pelo prazo de 30 dias, que poderá ser estendido. Após esse prazo, o Ministério consolidará as contribuições e o texto será enviado para a presidente Dilma Rousseff.

No caso do anteprojeto de lei de Proteção de Dados Pessoais, um texto-base foi disponibilizado em outro ambiente na internet.

Ações da Petrobras chegam a cair 10% após balanço

Às 12h, o Ibovespa caía 1,62%, a 47.802 pontos. Por volta do mesmo horário, as ações preferenciais da Petrobras perdiam 8,55%, e as ordinárias, 7,88%.

. Mais cedo, os ativos da estatal chegaram a perder 10,23%.

Dilma briga com o teleprompter ao falar para os ministros

Se você acha que o discurso de ontem da presidente Dilma Roussef foi resultado de oratória impecável ou pelo menos bem articulada, saiba que ela só não fala dilmês quando tem um teleprompter diante de si. No link a seguir, examine o video da fala de ontem, cortado justamente no momento em que ela começou a se confundir com o que lia, interrompe tudo com aquele aquela sua costumeira falta de elegância, para reclamar do operador, exigindo-lhe mais velocidade. Foi a primeira reunião ministerial do atual mandato, destinada a reforçar a posição do ministro da Fazenda, Joaquim Levy. No discurso, Dilma, que se esconde da imprensa há um mês, pediu que os ministros falem para a imprensa. CLIQUE AQUI para ver o video.

Artigo, Carlos Scheid - Diante do crime no RS, jamais ceder

Neste artigo publicado pelo jornal NH, Novo Hamburgo, RS, o advogado Carlos Scheid denuncia que a população gaúcha está acuada como se encontravam os ingleses na II Guerra, mas que por isto chegou a hora de dar um basta aos fascistas do crime e jamais ceder. Leia tudo - Em 10 de maio de 1940, Churchill chegou ao cargo de Primeiro Ministro, justamente quando a Alemanha direcionava seu enorme poder bélico para Londres. Então, em um momento crucial da história inglesa, o político foi incumbido de liderar pessoas atormentadas e confusas pela guerra.

Não obstante vozes que pleiteavam a rendição, ele chamou a si as ações, registrando que a Inglaterra lutaria pelas conquistas dos povos livres, por cada grão da sua terra, pelos seus antepassados mortos, pelos seus idosos, pelos seus homens e mulheres, pelas suas crianças e pelos que ainda estavam por vir. Energicamente, ordenou um só ato contra os nazistas: jamais ceder!

Hoje, observamos diversas mortes originárias da criminalidade que alcança todos os cidadãos e condena os vindouros a uma vida de insegurança, medo, infelicidade e aprisionamento. Respeitadas as devidas proporções, acredito que os gaúchos estão acuados como se encontravam os ingleses, já que o fim é o mesmo: a morte criminosa.


Já é tempo de o Estado compreender que a segurança pública se traduz em uma garantia constitucional e em um dever do Poder Público.

CLIQUE AQUI para ler o texto completo. 

Zoom Pós-NRF apresenta tendências que deverão ser incorporadas ao varejo do RS

Palestrantes abordarão os temas que mais se destacaram na 104ª edição do Retail Big Show, que ocorreu em Nova Iorque - Varejo digital, design mutante, marcas fluidas, curadoria do produto e da experiência, ecologia digital e telepatia permitida são alguns dos conceitos trazidos pela comitiva da CDL Porto Alegre direto da 104ª edição do Retail Big Show  – NRF, realizada em Nova Iorque (EUA). E, justamente, para divulgar o que cada uma dessas tendências pode representar de ganho ao varejo gaúcho, a entidade promove o Zoom Pós-NRF, na próxima quinta-feira (29), das 8h às 12h30min, no Teatro CIEE, em Porto Alegre. Confira a programação completa com Talk Show no final:
        
       8h – Recepção – Welcome Coffee/
       8h30min – Abertura/
       8h50min – Alejandro Souto Padron – líder para varejo da Consultoria da IBM Brasil – As tendências do varejo na visão da IBM/
       9h30min – Edmour Saiani – Ponto de Referência – Do Presente ao Futuro do Varejo: Questão de Coragem/
       10h – Intervalo/
       10h30min – Entrega Troféu Loja Sustentável/
       10h40min – Grasiela Tesser – NL – Beacon não é Bacon – Mas tá na boca do povo! O que vimos de mais legal sobre tecnologia na NRF/
       11h – José Resende – Shopping Brasil – O melhor do varejo de NY/
       11h30min – Talk Show com Gustavo Schifino (Trópico), Tiago Mello (Carlos Miele/M.Officer), Alberto Cimenti (Quero-Quero) e José Resende (Shopping Brasil)/

       12h - Encerramento

Urcamp fora do Prouni

A Urcamp está fora do Prouni.

Feltes quer anunciar diretoria da Procergs antes de viajar a Brasília

Entre hoje e amanhã o secretário da Fazenda, Giovani Feltes, quer deixar resolvida a questão da nova diretoria da Procergs. Feltes irá sexta para Brasília, onde assumirá o cargo de deputado Federal, retornando na semana que vem ao RS. Os boatos sobre nomes para a presidência da estatal são cada vez mais fortes. Os nomes mais fortes são os ligados ao PMDB e ao PP, mas o PSDB corre por fora.

Arko prvê vitória de Cunha no primeiro turno, mas apoio do PSDB e DEM poderá decidir tudo na primeira rodada

A consultoria Arko Advice, Murilo Aragão, prevê vitória apertada de Eduardo Cunha, PMDB, na eleição de domingo para a Câmara, o que significa que haverá segundo turno. Eis as previsões: Cunha, 161 votos; Eduardo Chinaglia, PT, 126; Júlio Delgado, PSB, 106. Chico Alencar, PSOL, 5. PSDB e DEM poderão abandonar Delgado e cravar os votos em Cunha, garantindo sua eleição no primeiro turno.

As 10h, governo federal começa debate sobre regulamentação do Marco Civil da Internet

Apesar de aprovado pelo Congresso, o Marco Civil da Internet ainda depende de dispositivos que precisam ser regulamentados pelo governo. É uma disucssão que o ministério da Justiça qyuer começar hoje, daqui a pouco, as 10h, através das redes sociais: twitter.com/marcocivil e facebook.com/marcocivildainternet.

Entrevista, Marco Antonio Floriano Bittencourt - Projeto prevê redução do passivo bilionário dos produtores rurais

ENTREVISTA - 
Marco Antônio Floriano Bittencourt, advogado - 

Qual o valor estimado da dívida ? Algo como R$ 100 bilhões/ Este projeto que o senhor elaborou para exame do Congresso Nacional propõe o reenquadramento das dívidas de crédito rural. Na sua essência, o que ele quer ? É o Projeto Replantar. Queremos a redução do passivo bilionário dos produtores, mediante a possibilidade da devolução dos recursos de crédito rural conforme determinam as regras originárias de liberação dos valores./ E a a questão dos outros encargos, já que o serviço da dívida não se restringe a juros ? O projeto também prevê dispositivos administrativos que permitirão expressiva redução as demandas judiciais, reduzindo despesas e custas para todas as partes e proporcionando ao produtor a devolução dos valores custeados dentro da regra aplicável caso a caso./ Algum parlamentar se interessou pelo caso ? A senadora Ana Amélia conhece o projeto. Ela se comprometeu a apresentar a proposta no Senado. Sugeri que o senador Blairo Maggi seja o relator porque ele já é conhecido das entidades rurais e tem apoio dos produtores da região Centro Oeste.
E-mail: marco@florianobittencourt.adv.br Site: http://florianobittencourt.adv.br/

Deputado gaúcho do PT reclama por mais cargos no governo Sartori, PMDB

É surpreendente o artigo que o deputado Jeferson Fernades, PT do RS, ) cravou no jornal Zero Hora desta segunda-feira (leika no link ao pé da nota), intitulado "Meu Partido é o Rio Grande ?", reclamando pela falta de espaço para cargos no Governo Sartori, a não ser para os do PMDB. O deputado parece não ter entendido que seu candidato, Tarso Genro, perdeu as eleições. O deputado nem deveria ser tão queixoso, porque apesar de situado na oposição mais radical a Sartori, no PT, emplacou no cargo o atual Chefe de Polícia e um dos principais cargos de primeiro escalão no chamado Palácio da Polícia, o de  Diretor de Inteligência e Assuntos Estratégicos, para onde foi  o delegado Nedson Ramos de Oliveira. Tanto o delegado Wondraceck quanto o diretor, delegado Nedson,  são muito próximos de Jeferson, pessoa que Nedson costumava visitar no seu gabinte da Assembléia, quando ainda que oficiosamente, coordenava a campanha de Alberto Koptike a vereador. O delegado era homem de confiança de Tarso, Michels e Anelli na gestão anterior, tanto que ocupava o importante cargo de diretor de Informações na secretasria da Segurança, ao lado de Michels e Juarez Oliveira. Seu cargo atual permite acesso a fartas e estratégicas informações de dentro da Polícia Civil. 

CLIQUE AQUI para ler o artigo do deputado do PT.

Luiz May devolve Medalha do Mérito Farroupilha

O médico Luiz May, presidente da Federação das Unimeds do RS, abriu as temporada de devoluções da Medalha do Mérito Farroupilha. Ele ficou incomodado com a entrega da honraria máxima da Assembléia a parentes da deputada Marisa Formolo, PT, informação divulgada em primeira mão pelo editor na quinta-feira da semana passada. Outro médico conhecido e respeitado no Estado, Ivo Nesralla, não demonstrou o mesmo constrangimento, porque ontem recebeu a Medalha do Mérito Farroupilha. Fez bem, May; fez mal, Nesralla. A Assembléia não deu ainda o sentido de urgência que pediu ao caso o deputado Vanderlan Vasconcellos, ignorando o escândalo. A Casa ignora outros nós éticos complicados.  Faz o mesmo, por exemplo, em relação ao seu próprio presidente, que responde a duríssimo processo por crime eleitoral e pode ser cassado a qualquer momento.

Financial Times avisa que crise na Petrobrás coloca em risco o Pólo Naval de Rio Grande

O site da revista Amanhã, Porto Alegre, replica reportagem de Infomoney, que por sua vez replica material do financial Times, intitulado "Crise na Petrobras afunda sonho de Dilma de transformar Brasil em titã naval". Leia tudo a seguir. Em matéria do último final de semana, o jornal britânico Financial Times (FT) destacou que o sonho da presidente Dilma Rousseff em transformar o "Brasil num titã da indústria naval foi por água abaixo" em meio aos problemas que a estatal enfrenta."Em 2012, a presidente do Brasil, Dilma Rousseff visitou o sul do estado do Rio Grande do Sul para visitar um projeto do coração da líder de esquerda - o renascimento da indústria de construção naval do país. No Estaleiro Rio Grande (foto), um dos cinco estaleiros contratados pela Sete Brasil, uma nova empresa de perfuração brasileira criada para produzir 29 navios, ela se dirigiu a 4 mil trabalhadores e falou que no Estado estava vendo o nascimento e crescimento de uma indústria naval", afirma o jornal. Contudo, menos de três anos depois, o plano de Dilma de transformar o país em uma força naval da indústria de petróleo e gás está em dúvida. A expectativa é de que a Petrobras divulgue seus resultados - que não foram auditados pela consultoria PwC - do terceiro trimestre nesta terça-feira (27), com meses de atraso em meio a uma grave crise, ressalta o FT. E um grupo que está atento a isso é a Sete Brasil. Fundada em 2010 como carro-chefe para o setor de petróleo e gás, dona de contratos de US$ 89 bilhões para construir, arrendar e operar 29 sondas de perfuração, a empresa enfrenta dificuldades financeiras. O FT ressalta ainda a fala de críticos. Eles destacam que, na verdade, a Sete Brasil ajudou a aumentar os custos da estatal - uma vez que era possível obter equipamentos mais baratos no exterior. Os acionistas da Sete incluem a própria Petrobras, dois dos maiores bancos do setor privado cotadas do país, BTG Pactual e Bradesco, e uma série de fundos de pensão e de investimento no Brasil. As companhia contratadas para operar os equipamentos, por sua vez, incluem unidades de alguns dos maiores grupos de construção do Brasil e ainda multinacionais como Seadrill e Odjfell.

CLIQUE AQUI para saber mais. 

Kátia Abreu confirma Caio Rocha na secretaria de Desenvolvimento Agropecuário

O gaúcho Caio Rocha, PMDB, que foi para o ministério da Agricultura com o ex-deputado Mendes Ribeiro Filho, foi confirmado por Kátia Abreu no cargo de secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo.

Centrais sindicais protestam em Porto Alegre contra arrocho do governo Dilma sobre trabalhadores

As grandes centrais sindicais agendaram para hoje o Dia Nacional de Luas em Defesa dos Direitos e do Empego. O protesto visa derrubar alterações como as que endureceram a concessão do seguro desemprego, aumentaram os impostos e restringiram valores de pensões e aposentadorias. A concentração final em Porto Alegre ocorrerá as 10h diante da Superintendência Regional do Trabalho.

Sartori pedirá apoio aos demais Poderes para pagar dívida com a União

É certo que o governo pedirá sacrifícios também aos demais Poderes do Estado.Uma das propostas já definidas é que cada um deles colabore com a sua quota-parte no pagamento da dívida com a União, que compromete 13% da receita mensal apenas do Executivo. O aperto financeiro não se limitará aos R$ 600 milhões da moratória imposta sobre dívidas atrasadas do ano passado, como informou ontem o editor. E irá além do apelo aos demais Poderes, conforme esta nota.

Promon, Techin, Andrade Gutierrez, Skanska, GDK e Setal são as novas investigadas da Lava Jato

Os dez novos inquéritos abertos pela Polícia Federal e derivados da Operação lava Jato, comprometem novamente a Petrobrás e seus fornecedores Promon, Techin, Andrade Gutierrez, Skanska, GDK e Setal.

Gustavo Grisa diz que RS deve tentar atrair indústrias de uso intensivo de água

Gustavo Grisa, economista com MBA pela Thunderbird School of Global Management (EUA), diretor da Agência Futuro – Inteligência & Cidades e autor do livro “RS – Sem medo do futuro”, disse ontem ao editor que o RS pode tirar proveito da crise hídrica nos três mais ricos Estados, Rio, Minas e São Paulo, porque poderá atrair com facilidade as indústrias que usam intensivamente a água: “O RS não tem este problema, sobretudo Porto Alegre”. São Paulo já começou a discutir rodízio no abastecimento e prevê até mesmo 5 dias sem água.