No Petrolão, até empreiteira (Sanko() roubava de empreiteira (Camargo Corrêa) que roubada da Petrobrás (Abreu Lima).

A Petrobrás parece ter se transformado num polvo de tentáculos que abrigam corruptores de todo gênero. A Folha de S. Paulo deste domingo apresentou outro caso inédito de roubalheira, neste caso o de uma fornecedora, a Sanko, que corrompia diretores da Camargo Corrêa para ficar bem nas obras da refinaria Abreu e Lima, da Petrobrás, objeto de saques de toda ordem. É uma metástase que joga os governos Lula e Dilma, PT, num mar de lama sem fim.  Leia:

Dois executivos da Camargo Corrêa usaram as empresas de suas mulheres para receber comissões de uma fornecedora da empreiteira, segundo o dono da companhia Sanko, que fez os repasses dos valores. Os depósitos foram descobertos na Operação Lava Jato, que investiga o esquema de desvios na Petrobras.

As empresas das esposas do vice-presidente da empreiteira, Eduardo Leite, e do diretor de Óleo e Gás, Paulo Augusto Santos da Silva, receberam R$ 1 milhão cada uma da Sanko em 2013, segundo extratos bancários obtidos nas apurações da Polícia Federal e do Ministério Público.

A Sanko é fornecedora de tubos e fez negócios com o Consórcio Nacional Camargo Corrêa (CNCC) nas obras da refinaria Abreu e Lima da Petrobras, em Pernambuco.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Tarefa número 1 de Sartori será desaparelhar o Cpers

A diretoria do Cpers, o sindicato dos professores públicos estaduais do RS, quer forçar um encontro com o novo governador José Ivo Sartori, antes mesmo das eleições.

. Será um erro de Sartori, caso atenda a exigência.

. O Cpers trabalhou abertamente por Tarso, insultando e mentindo o tempo todo contra Sartori (veja ilustrações ao lado). Ele continua a serviço do PT e do que existe de pior no espectro ideológico brasileiro, porque defende abertamente a ditadura comunista, portanto a total supressão das liberdades pública e individual.

. Em governos anteriores que não foram do PT, o sindicato infernizou a vida dos governadores, inclusive suas famílias.

. Não há como amansar o Cpers fora do que manda a lei - o estrito cumprimento da lei.

. Se existe alguma tarefa urgente do novo governo estadual, esta é, sim, desaparelhar o Cpers, começando por defender imediata auditoria das suas milionárias contas, porque o sindicato arrecada R$ 60 milhões por ano e ninguém sabe onde enfia todo esse dinheiro.

. Ou sabe muito bem.

Comunistas repelem ato público gaúcho que prestou homenagem aos 25 anos da queda do muro de Berlim

É inaceitável a homenagem que legisladores e executivos de Porto Alegre resolveram prestar a um inimigo declarado da democracia e agente que batalhou a vida toda pela implantação da ditadura no Brasil. Até mesmo Jorge Amado, que foi seu liderado (deputado comunista em 1946), refugou no final da vida a biografia laudatório que fez de Prestes ("O Cavaleiro da Esperança") e a própria trilogia na qual romanceava a atividade dos comunistas brasileiros ("Subterrâneos da Liberdade"). Os títulos sumiram da sua bibliografia, por ordem sua. 

CLIQUE AQUI para ler entrevista de Anita Leocádio Preste (foto) filha de Prestes e Olga. Ela nasceu num campo de concentração nazista,Barnimstrasse,
para onde foi mandada por Getúlio. Sua mãe foi assassinada por Hitler.
Nesta entrevista, Anita reconhece que seu pai chegou a assinar e justificar sentenças de mortes contra inimigos internos e externos. 

Começou a repercutir nas redes sociais o protesto feito pelo presidente do Instituto Olga Benário Prestes,  que funciona no RS, que não viu e não gostou do ato público realizado neste sábado à tarde defronte o chamado Memorial Luiz Carlos Prestes, erguido e ainda não inaugurado na avenida Edvaldo Pereira Paiva, Porto Alegre.

. Um grupo de manifestantes gaúchos depositou no local uma coroa de flores, cruzes e cartazes em homenagem aos milhões de cidadãos que foram mortos pelos regimes comunistas da antiga URSS, Alemanha Oriental, Coréia do Norte, Cambodja e Cuba.

. O ato marcou a passagem dos 25 anos da queda do muro de Berlim, que marcou o fim da guerra fria e do comunismo na Europa. Os regimes comunistas caíram de podres. 

. O presidente do Instituto Olga Benário Prestes (Olga foi espiã alemã  mandada pelos soviéticos para ajudar a fazer a revolução comunista)  avisou que tomará medidas políticas e judiciais contra os manifestantes.

. O Memorial e o Instituto só sobrevivem no RS e no Brasil porque os homenageados, Luiz Carlos Prestes e sua então mulher, Olga Benário, não conseguiram implantar a ditadura e o comunismo por ocasião do golpe militar que iniciaram em 1937 para depor o presidente Getúlio Vargas. O golpe foi apoiado com dinheiro e apoio logístico soviético.  Prestes foi preso pela ditadura getulista, que mandou Olga, que era alemã, para as masmorras e câmeras de gás de Hitler, onde foi assassinada Mais tarde, depois de solto, o líder comunista acabou subindo ao palanque (1950) do seu opressor e mandante do assassínio de sua mulher, Getúlio. 

CLIQUE AQUI para saber como os comunistas tentaram matar Getúlio e derrubar o seu governo em 1935.

Gustavo Ioshpe diz que as escolas e seus mestres estão acabando com o País

Reunião de pais e mestres: é nela que temos de exigir uma escola sem doutrinação marxista para nossos filhos (Gilberto Tadday/VEJA)
CLIQUE AQUI para ver e ouvir, também, análise sobre a deliberada decisão do PT e dos seus governos para desmoralizar os valores sociais e facilitar o advento da ditadura. 

O artigo a seguir é de Gustavo Ioshpe. Está publicado na edição deste final de semana da revista Veja. Dê uma lida com atenção, porque seu filho também pode estar sofrendo forte lavagem cerebral em algum colégio público ou privado de Porto Alegre. Imponha-se. É você quem paga a conta e não pode permitir que professores anti-sociais façam a cabeça do seu filho contra você.

Há algumas semanas, dei uma palestra em um evento sobre educação, organizado por uma grande empresa e sediado em uma escola. Havia muitos educadores e alunos na plateia. Compartilhei alguns dos dados preocupantes sobre o fracasso do nosso sistema educacional. Expus minha oposição ao plano — agora consagrado em lei — de investirmos 10% do PIB em educação, notando que o único país que investe nesses patamares é Cuba. (Não porque aprecie sobremodo a educação, mas porque não tem PIB: qualquer meia dúzia de vinténs já dá 10% do PIB cubano...)

Depois da minha fala, vieram as perguntas do público. Sempre que há professores na plateia, estas perguntas se repetem: não é muito simplista/reducionista/alienado falar apenas em qualidade do ensino através do domínio dos conhecimentos de linguagem, matemática e ciências medidos por meio de exames como a Prova Brasil, o Enem e o Pisa? A função da educação não vai muito além disso? Não seria formar o cidadão crítico e consciente, engajado na construção de um país mais justo? Respondi o que sempre respondo nesses casos: a educação brasileira está tão mal — incapaz até mesmo de alfabetizar seus alunos ou ensinar-lhes as operações matemáticas básicas — que podemos gerar um consenso abarcando desde os stalinistas do PSTU até o neoliberal mais empedernido. Quer você deseje gerar o próximo Che Guevara, quer um operário preparado apenas para trabalhar numa linha de montagem, ambos precisam ser alfabetizados e dominar as operações matemáticas básicas. Então vamos primeiro focar a criação de um sistema educacional que garanta a 100% de seus alunos o direito de aprender pelo menos essas competências básicas, e deixemos as discussões ideológicas para outras áreas e outros momentos. Para mim, isso tudo é de uma obviedade mais do que ululante.

Qual não foi a minha surpresa quando, ao terminar, fui interpelado por uma meia dúzia de adolescentes, na faixa dos 15 anos, alunos daquela escola, dizendo-se indignados com meu desprezo por milênios de linguagem oral, meu menosprezo pelos analfabetos (“Então o senhor acha que é preciso ler para ter conhecimento?!”) e minhas críticas ao “grande” modelo cubano. Sim, sim, tem bastante gente ainda pensando assim em 2014, não estou brincando! Caiu o Muro de Berlim, e eles ainda estão sonhando em descer a Sierra Maestra. Você deve estar pensando que essa escola era da rede pública de alguma biboca do nosso interior profundo, administrada por uma prefeitura de partido socialista, certo? Pois é, eis a minha surpresa: essa escola, senhores e senhoras, está no Rio de Janeiro, na divisa entre a Barra da Tijuca e Jacarepaguá, e — esta é a melhor parte — pertence ao Sesc.

(...)

Talvez acredite que não importa o que seu filho ouve na escola: você corrige os desvios de caminho em casa. E pode ser até que tenha razão. Mas os 83% de alunos que estudam em escolas públicas têm pais cujo nível de instrução é muitas vezes insuficiente até para ajudar na alfabetização do filho. Certamente não conseguirão fazer o mesmo nem saberão que seu filho está sendo vitimado pela historiografia marxista, ou mesmo que há outras historiografias possíveis.

O resultado das últimas eleições mostra que não é possível construir um país nos três meses que antecedem a votação. Mostra que, sim, é ótimo que a nossa elite ganhe muito dinheiro, progrida e tenha condições de passar um tempo em Miami, Paris ou onde bem lhe aprouver, mas que só isso não basta: precisamos de uma elite empenhada em alterar a realidade do país, não em fugir dela. O Brasil está criando pessoas que desconfiam da democracia, dos valores republicanos, de sua própria capacidade empreendedora. Se as lideranças do país continuarem se abstendo da discussão que mais importa — a de valores, de identidade, de aspirações nacionais —, continuaremos colhendo atraso e frustração. Não se constrói um país desenvolvido sem elites. Esse debate é indelegável.


Já passou da hora de termos uma escola apolítica, sem doutrinação, que consiga fazer com que nossos alunos pensem e tenham os instrumentos para pôr de pé seus sonhos de vida. Não podemos nos furtar desse debate nem adiá-lo. Ele começa hoje, na sua sala de jantar, na escola de seus filhos. Aproveite essa liberdade enquanto a temos.

CLIQUE AQUI para ler a íntegra do artigo. 
CLIQUE AQUI para ler, também,
Rodrigo Constantino: "Chega de doutrinação marxista nas escolas".

Entenda o papel jogado pelo noticiário digital durante as eleições deste ano

Esta reportagem da Folha deste domingo foca o papel que as redes sociais jogaram no noticiário ocorrido durante o processo eleitoral. É material de primeira grandeza, inclusive gráficos.

. O editor recomenda.

CLIQUE AQUI para ler.

O padrão de justiça mudou para beneficiar Zé Dirceu

Ex-presidente nacional do PT, ex-ministro (colega de Tarso no ministério de Lula), Zé Dirceu, ao sair da Papuda para prisão domiciliar, privilegiado por decisão veloz de Barroso.


Neste artigo, intitulado "Padrões de Justiça", Luís Francisco Casrvalho Filho escreve que o mensaleiro petista José Dirceu obteve o direito de progredir para o regime aberto (prisão domiciliar) e a decisão do ministro Barroso, do STF, saiu apenas nove dias depois do pedido: o processo ainda tramitou pela Procuradoria da República, que rapidamente concordou com o benefício.

. Escreve Carvalho Filho no artigo:

 Não é o padrão de tempo da Justiça brasileira, nem mesmo do STF, espraiando-se um sentimento de impunidade e privilégio. Dirceu deveria ser tratado como são tratados os presos? Ou, ao contrário, os presos deveriam ser tratados como os réus do mensalão em matéria de execução penal?

. E adverte:


Que esse padrão de Justiça se irradie pelo país. Seria um bom começo.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Polícia Federal apura pagamentos a "operador do PMDB"

Análise da Polícia Federal cita o PMDB e Baiano.


Os jornalistas  Ricardo Brandt e Fausto Macedo, contam nesta reportagem do "Estadão!" que nos computadores aprendidos com o ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás Paulo Roberto Costa, delator da Operação Lava Jato, a Polícia Federal encontrou dois arquivos com registros de valores supostamente destinados a Fernando Soares, o Fernando Baiano, apontado como operador do PMDB no esquema de corrupção na estatal.

. Leia mais para saber o envolvimento do PMDB no escândalo do Petrolão:

. O computador do ex-diretor foi apreendido na empresa Costa Global, no Rio de Janeiro, aberta por Costa em 2012 após ele deixar a Petrobrás. A empresa de consultoria era usada para intermediações de negócios e recebimento das propinas, segundo investigação da Lava Jato.


. Costa e o doleiro Alberto Youssef afirmaram em delação premiada que Fernando Baiano era o operador do esquema comandado pelo PMDB na Diretoria Internacional da Petrobrás. Um inquérito específico sobre o operador do PMDB foi aberto pela PF na semana passada.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Procurador de SP ameaçado de morte. Ele investiga Transpetro. Nesta ação, PGR engaveta investigações contra Dilma e Lula.

Não foi só o doleiro Alberto Youssef quem denunciou Lula e Dilma no Escândalo da Petrobrás, o Petrolão, capa de Veja que escandaliou o País às vésperas das eleições,  porque em São Paulo, Araçatuba, o procurador federal Paulo Astolphi, protegido por policiais federais desde que recebeu ameaças de morte, pediu investigações sobre Lula e Dilma no âmbito da ação civil pública que protocolou contra o presidente da Transpetro, Sérgio machado, por fraude em licitação.

. O Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, rejeitou o pedido de Astolphi.

. O editor já tinha denunciado aqui que o procurador transformou-se no Engavetador Geral da República ao impedir o prosseguimento de investigações em Santa Cruz, dia 2 de outubro, quando 60 policiais federais estavam na iminência de cumprir mandatos de busca e apreensão no âmbito da Operação Colono.


. Agora ele repete a dose, desta vez em favor de Dilma e Lula.

Saiba quais são as lições em atraso que Dilma não entrega

Neste artigo que escreveu para o jornal "O Estado de S. Paulo", intitulado "As lições em atraso da presidente", Rolf Kuntz escreve que fazer mais do mesmo, como se estivesse completando quatro anos de sucesso, foi a grande promessa da presidente Dilma Rousseff na campanha eleitoral. Mas nesta semana ela se declarou disposta a cuidar do "dever de casa" para conter a inflação e ajeitar as contas públicas.

. Leia tudo:

 . Dilma não contou como vai fechar os buracos do Orçamento nem como planeja atacar os focos inflacionários. Também se dispensou de explicar por que deixou de fazer a lição até agora.

Nenhum dos grandes problemas da economia brasileira surgiu em 2014. Nos 12 meses até outubro os preços ao consumidor subiram 6,59%. Com algum vento a favor, a taxa anual poderá ser um pouco menor, mas ainda estará perto de 6%, onde tem estado, invariavelmente, desde 2010.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Beto Albuquerque quer a liderança nacional do PSB

O deputado Beto Albuquerque não quer integrar o secretariado de Sartori, mas deseja emplacar alguém ali.

. O socialista quer liderar nacionalmente o PSB.

Fortunati e o futuro com o PT

Os planos do prefeito José Fortunati incluem um ministério depois que sair da prefeitura em 2016, após o que pretende estar mais forte para disputar o governo estadual dois anos depois, na cabeça de uma chapa que encabeçará com o PT, cujo estoque de nomes acabou com Olívio e Tarso.

. Olívio terá sofrido derrotas demais e estará muito velho, enquanto Tarso pretende fruir uma boa aposentadoria no STF ou TCU por serviços prestados.