Datafolha diz que Lula ganharia as eleições

O Instituto Datafolha informou esta noite que a pesquisa de intenções de votos que fez em todo o País resultou na demonstração de que Lula venceria as eleições de 2018, caso elas ocorressem hoje.

Os números são completamente diferentes daqueles que o Instituto Paraná Pesquisas apresentou também hoje e que colocam Lula em terceiro lugar, bem distante de Aécio e Marina, pela ordem. 

A seguir, o resultado de hoje. Entre parênteses, o número da pesquisa anterior, 18 de março.

Lula, 21% (17%)
Marina, 19% (21%)
Aécio, 17% (19%)
Bolsonaro, 8% (6%)
Ciro, 7% (6%)

Os demais candidatos pontuaram menos de 2%.

Substituindo Serra por Alckmin, este levaria 11%. No caso de Serra, o senador ficaria com 9%.

Deputado Carlos Gomes, PRB, sai do muro e apoia impeachment de Dilma

O deputado gaúcho Carlos Gomes, PRB, que era um dos dois indecisos da bancada federal do RS, acaba de abrir o voto pelo impeachment de Dilma. Foi durante ato realizado na Câmara de Vereadores de Canoas. Agora, apenas o deputado Giovani Cherini está na lista dos indecisos.

Tirando os deputados do PT, no RS apenas os deputados Afonso Mota e Pompeo de Matos decidiram votar em Dilma. Ambos estão sendo fortemente pressionados por seus eleitores, conforme pode-se examinar pelas postagens existentes no Facebook de Pompeo.

CLIQUE AQUI para examinar as dezenas de manifestações para que Pompeo fique ao lado do povo gaúcho.

Faltam 56 votos para alcançar os 342 votos necessários para derrubar Dilma

CLIQUE AQUI para se manter atualizado.

Esta noite o placar do impeachment, on line, do Estadão, registrou pouca movimentação em relação a ontem. Entre parênteses, a posição de ontem:

A favor do impeachment
286 (284)

Indecisos
62 (63)

Não quiseram responder
51 (52)

Contra
114 (114)

Para aprovar, são necessários 342 votos.
Para rejeitar, bastam 171.

Schirmer já participa de Seminário do Governo Sartori. Ele assumiria a qualquer momento o lugar de Biolchi na Casa Civil.

A presença mais surpreendente no Seminário de Governo que Sartori promoveu ontem e hoje no Centro de Treinamento do Banrisul, Porto Alegre, foi a do prefeito de Santa Maria, Cezar Schirmer.
O que se especula dentro do PMDB é que Schirmer poderá afastar-se da prefeitura para assumir a Casa Civil, já que Márcio Biolchi quer assumir seu mandato na Câmara dos Deputados.

Schirmer conversou seguidamente com Sartori durante as reuniões.

A ida do prefeito para a Casa Civil também resolveria um nó sobre a vaga aberta no TCE, porque Schirmer estava disputando o posto com o deputado Alexandre Postal.

O PMDB não terá mais desgaste do que já tem em Santa Maria, porque o candidato que o Partido apoiaria, o vice de Schirmer, José Farret, PP, está impedido. O que mais se comenta na cidade é que o PMDB daria o vice do deputado Fabiano Pereira, ex-PT e atual PSB, tudo como forma de enfrentar o candidato favorito, no caso o deputado tucano Jorge Pozzobom.

ZH ouve o homem que produz para Dilma os relatórios diários sobre a movimentação nas redes sociais

O editor acabou de ler a edição de sábado e domingo do jornal Zero Hora e chama a atenção dos leitores para a entrevista de três páginas que as jornalistas Rosane Oliveira e Sabrina Passos fizeram com o paulistano Renato Dolci, que tem no currículo quatro cursos universitários e dois mestrados, um deles pela Paris I Pantheón-Sorbonne. Cientista político, filósofo, teólogo, estatístico e mestre em Economia, o jovem de apenas 27 anos é diretor de Inovação da Num.br, empresa responsável pelo monitoramento das redes sociais do governo federal. Todos os dias, Renato envia para a presidente Dilma Rousseff e sua equipe um relatório de 24 páginas, detalhando como o universo das redes se movimentou. Não sugere ações. Não indica estratégias.

Não é o caso de ter preconceito e é preciso ler com atenção o que diz Renato, porque ele trabalha com dados e estes são até mais importantes para quem combate do que para quem apóia o governo Dilma, Lula e o PT.

CLIQUE AQUI para ler tudo com atenção. 

Janot ataca posse de Lula e passa sinalização de que poderá abrir processo contra Dilma

O parecer em que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ataca a posse do ex-presidente Lula na Casa Civil toca numa questão polêmica, que terá que ser enfrentada pelo Supremo Tribunal Federal:

- Ao apontar "desvio de finalidade" na nomeação, sugerindo que poderá também denunciar a presidente Dilma Rousseff por obstrução da Justiça, ele valida o polêmico grampo realizado pelo juiz Sergio Moro contra Dilma e Lula, que é considerado ilegal pelo Palácio do Planalto e pelo Ministério da Justiça.

Em seu surpreendente parecer, bem diferente da posição inicial que ele externou, Janot também argumenta que deve ser impedida a posse de Lula, já que ele e Dilma estiveram empenhados em obstruir a Justiça. Neste ponto, o procurador concorda com o ministro Gilmar Mendes.

Correio do Povo mostra que o bispo Edir Macedo está do lado do Eixo do Mal

Ao lado vai a capa do jornal Correio do Povo de hoje. O diário é do Grupo Record, portanto da Igreja Universal, feudo do bispo Edir Macedo.

A escolha da manchete e o foco da foto demonstram bem de que lado colocam-se os jornais, rádios e TVs do bispo.

Só mesmo o Correio do Povo para dar importância à fala vazia e mentirosa do novo Advogado Geral da União, o ex-ministro José Eduardo Cardozo, defenestrado do ministério da Justiça por Lula, que o tratava como um "moleirão" incapaz de controlar a Polícia Federal.

Desde que foi para a AGU, José Eduardo não leva uma.

O Correio do Povo ignora de que lado está a maioria dos seus leitores.

OAB dá aviso prévio a Sartori sobre retomada de prisões em delegacias

Ao protocolar queixa contra a retomada da abominável prática de guardar presos em delegacias, a OAB do RS passou uma espécie de aviso prévio ao governador Ivo Sartori.

Se alguém morrer, o governador em pessoa será responsabilizado.

Ele não poderá alegar que não sabia de nada.

Léo Pinheiro, OAS, começou a delatar tudo sobre o triplex do Guarujá, do sítio de Atibaia e da longa amizade com Lula

CLIQUE AQUI para ler, também, "O que Otávio Azevedo falou é para a saída de qualquer presidente em qualquer democracia". É artigo de Ruth Aquino, Época.


O ex-diretor da OAS Léo Pinheiro deverá dar detalhes sobre imóveis ligados a Lula. Os detalhes sairão antes da votação do impeachment de Dilma pelo Senado, abalando de vez os alicerces da organização criminosa lulopetista. Como se sabe, foi a OAS quem comprou o Edifício Solaris da Bancoop, concluindo os apartamentos, inclusive o de Lula. A OAS também reformou o sitio de Atibaia. A nota a seguir é de Murilo Ramos, coluna Expresso da revista Época de hoje:


O ex-diretor da OAS, Léo Pinheiro está, finalmente, negociando sua delação premiada na Lava Jato. Diz que está pronto para dar detalhes sobre o tríplex de Guarujá, o sítio de Atibaia e a longa relação mantida por ele com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com líderes do PT. 

A delação está demorando porque os procuradores querem que Pinheiro forneça informações de contratos não relacionados à Petrobras.
Avulso

Léo Pinheiro, no entanto, está sozinho na iniciativa.O dono da OAS,César Mata Pires, que vinha protegendo Pinheiro, discorda da vontade do antigo funcionário. Mais que isso: diferentemente de outras empreiteiras envolvidas na Lava Jato, Mata Pires não quer que sua empresa acerte um acordo de leniência.

Manifestantes promovem atos hostis diante da casa do governador Sartori

O governador Ivo Sartori não pedirá que a Polícia Federal ou a Polícia Civil investiguem as hostilidades promovidas por 100 professores e alunos da escola estadual Padre Reus, ontem de manhã, diante da sua residência, na zona Sul de Porto Alegre.

PT, PCdoB e PSOL estão por trás das manifestações contra o governador.

Os protestos têm a ver com os atrasos nos pagamentos dos salários do magistério.

Istoé mostra diálogo de compra de votos na Câmara dos Deputados

A IstoÉ que já está circulando, registrou um diálogo entre os deputados André Abdon, PP, e Silvio Costa, PTdoB, que falava em nome do governo

Costa:

“Tudo certo?”

Abdon:

“Falta assinar”.

Costa:

“Então, está tudo resolvido”.

O deputado do PP vai votar com o governo na questão do impeachment. 

Sartori reúne governo em seminário convocado para discutir o que já deveria estar fazendo e não faz

O governo fala muito e faz pouco. Neste sábado, a cientista política Elis Radmann faz palestra sobre "A cabeça do gaúcho", e o especialista em liderança Márcio Mancio fala sobre "Ações que fazem diferença".

O governo continua sem apontar qual a agenda e qual o cronograma que seguirá daqui para a frente para sair da crise contínua em que se meteu. 

Começou ontem o Seminário de Governo do RS, no Centro de Treinamento do Banrisul, na Zona Sul de Porto Alegre. O encontro, que continua neste sábado, tem o objetivo de alinhar informações de gestão e fortalecer a integração entre as equipes de governo.

O governador José Ivo Sartori exagerou no discurso de ontem e avisou que  a aprovação dos projetos que levam a mudanças estruturais foi um avanço histórico, pois "em um ano se fez pela modernização do Estado o que não se fez em 50". Isto nem de longe é parecido com a verdade, porque os governos Britto e Yeda Crusius avançaram muito mais do que fez até agora Sartori, que sequer consegue pagar os salários em dia, aplica calotes em fornecedores e na dívida com a União, além de paralisar virtualmente os investimentos e também atividades na área da segurança pública. O governo continua vacilando nos ajustes fiscais, prossegue com suas contas totalmente desequilibradas e sequer implementa medidas simples como as PPPs para o setor rodoviário, o que driblaria sua paralisia na área. 

Ontem, a secretaria da Fazenda informou que apesar da acentuada desaceleração da economia nacional, da redução dos repasses federais e da grave crise financeira do Estado, o Executivo repassou para a Saúde, em 2015, R$ 3, 2 bilhões, que correspondem a 12,2% da receita, cumprindo o que determina a Constituição. A Educação recebeu R$ 8,8 bilhões, que representam 33,7% da receita. Este montante é o maior dos últimos dez anos e o mais próximo dos 35% constitucionais. Na Segurança, foram aplicados R$ 3 bilhões (11,45%).

A secretaria não informou que graças a aumentos extraordinários do ICMS, antecipações de cobranças de impostos e taxas como o IPVA e saques a descoberto no caixa único e sobre os depósitos judiciais, a receita cresceu muito em março, conforme revelou em primeira mão o editor. 

O secretário Búrigo, ontem, disse que em 2016, o governo seguirá avançando e aprimorando o modelo de gestão implantado no ano passado, sempre com ações transversais entre as secretarias. .


Deputado Missionário Volnei fica sem Partido e sem bancada na Assembléia do RS

Ao sair do PR em março e ingressar no PSC, o deputado gaúcho Missionário Volnei acabou tomando processo de infidelidade partidária, mas ganhou uma bancada.

Esta semana, surpreendentemente, Volnei saiu do PSC e ficou sem Partido.

E sem bancada.

Aécio e Marina empatam na disputa para presidente, diz Paraná Pesquisas

Pesquisa feita em 24 Estados e 162 municípios e publicada hoje pelo Correio do Povo, mostra que a candidata da Rede, Marina Silva, empata com Aécio Neves, o primeiro, na disputa para presidente, mas vence com folga Alckmin e Serra, caso estes sejam os candidatos do PSDB.

Cenário com Aécio

Aécio, 23,5%
Marina, 21%
Lula, 15,7%
Bolsonaro, 8,4%
Ciro Gomes, 6,4%
Álvaro Dias, 2,7%
Cristóvam Buarque, 1,9%
Michel Temer, 1,9%
Ronaldo Caiado, 1%
Não sabe,7,8%
Nenhum, 9,8%

Nos cenários seguintes:

Marina, 24,7%
Alckmin, 18,3%

Marina, 24,8%
Serra, 18%

Nora de Bumlai reclama dos Lula: "Isso é uma gentalha !". Ele faz delação e conta tudo sobre Lula e o PT.

Bumlai faz delação premiada e vai contar tudo sobre "essa gentalha", tipo Lula. Ao lado, foto quando a "gentalha" brindava com vinho importado.


Uma das conversas de Maurício Bumlai, um dos filhos do pecuarista José Carlos Bumlai, interceptadas pela Polícia Federal na Operação Lava Jato mostra o quão insólita é a versão apresentada pelo ex-presidente Lula de que o amigo Bumlai, homem que tinha acesso direto ao Palácio do Planalto, não tinha autorização para falar em seu nome e possivelmente se valeu da amizade com o petista para conseguir vantagens financeiras.

O pecuarista sempre foi considerado o melhor amigo de Lula, mas o ex-presidente desprezou-o depois da prisão dele.

Em diálogo com uma exasperada Cristiane Bumlai, esposa de Maurício, em um aplicativo de mensagens por celular em 16 de outubro de 2015, ela disparou contra Lula: 

- Viu que é cada um pra si né? Lula declarou que nunca autorizou JCB usar o nome dele. É pra acabar, viu. Gentalha.

Lula deu a explicação, via nota do Instituto Lula, no mesmo dia da conversa entre o casal. O ex-presidente buscava se desvencilhar de uma revelação feita pelo operador de propinas do petrolão e lobista Fernando Baiano em sua delação premiada.

MPF vai denunciar Jairo Jorge em Canoas

O prefeito de Canoas, o mais importante da Grande Porto Alegre, Jairo Jorge, PT, será denunciado na semana que vem pelo MPF, envolvido no caso dos uniformes escolares.

Ex-prefeito Ronchetti sai do PSDB e entra no PDT de Canoas, RS

O ex-prefeito Marcos Ronchetti, duas vezes prefeito pelo PSDB, entrou esta semana no PDT de Canoas, o maior município da Grande Porto Alegre.

Com isto foi para a base aliada do prefeito Jairo Jorge, PT, que durante 20 anos foi seu maior adversário na cidade.

Mulher de desembargador paulista pragueja contra Lula: "Você vai apodrecer na cadeia !"

Ao lado, o desembargador e o post da esposa indignada.

A esposa do desembargador Eduardo Nishi, do Tribunal de Justiça de São Paulo, Daniela Diniz, pediu a morte do ex-presidente Lula, nas redes sociais:

-  Como um vagabundo desses tem direito a continuar vivo ? Você vai apodrecer na cadeia com toda sua turma, e quem te defende não ficará diferente de você.

Os posts de Daniela Diniz viralizaram nas redes sociais.

Nos blogs oficiais, os protestos são fortes. 

Bolsa sobe forte e dólar cai diante de mudança de percepção do mercado sobre futuro do governo Dilma

As notícias sobre aversão de risco no exterior, mas sobretudo a percepção de que o governo Dilma Roussef cairá e dias melhores virão com o novo governo, derrubaram o dólar e fortaleceram a Bolsa nesta sexta-feira:

Dólar, -2,55%, R$ 3,60
Bolsa, +3,67%

Maioria pró-impeachment esmaga base governista na Comissão Especial. Sessão terminou as 4h35min

O deputado Onyx Lorenzoni, DEM do RS, produziu o melhor discurso da noite. CLIQUE AQUI para examinar video que reproduz trecho da fala do democrata gaúcho.

A base aliada do governo Dilma apresentou-se visivelmente desmotivada durante as mais de 12 horas de debate na Comissão Especial do Impeachment, que só terminou as 4h35min desta madrugada. Houve momentos em que apenas um deputado do governo permaneceu no plenário, o deputado Paulo Pimenta, PT do RS. 

 Apesar da sessão ter sido iniciada nessa sexta, por volta das 15h30min, a discussão começou por volta das 16h25min e foi finalizado às 4h43min deste sábado.

Ao todo 61 deputados discursam. A maioria, 39 deles, defenderam o parecer do relator Jovair Arantes (PTB-GO), que sugeriu o prosseguimento do processo de impeachment, praticamente o dobro dos que se posicionaram contrários (21) e um indeciso. Cada deputado membro da comissão teve 15 minutos para defender sua posição, enquanto os não membro falaram por dez minutos.

No total, havia 116 deputados inscritos para discursar. Os que não falaram desistiram ou foram embora antes de serem chamados pela presidência da Comissão.


Com mais de 11 horas de sessão, o presidente do colegiado, deputado Rogério Rosso (PSD-DF) tentou reduzir o tempo de fala já que o horário limite estabelecido inicialmente, 3h de sábado, já havia sido ultrapassado. A proposta, contudo, não foi bem aceita.

A votação na Comissão Especial será segunda-feira. 

Dia será nublado e com pouco sol no RS

Este sábado será nublado e com chuva na maioria das regiões do Rio Grande do Sul, mas em Porto Alegre o dia abriu com algum sol entre as nuvens. A MetSul informa que o ar quente e úmido irá persistir durante o dia, o que favorece a formação de áreas de instabilidade pelo Estado. 

A chuva atinge diversas cidades do Oeste e Sul ainda cedo e irá se espalhar ao decorrer do sábado pelo território gaúcho. Há o risco de temporal com trovoadas e altos volumes nestas áreas. Na região Norte, o sol aparece em alguns pontos, proporcionando um dia quente e abafado. 

Análise, Celso Ming - A indústria e o câmbio

As condições adversas da indústria são tais que apenas um câmbio fortemente desvalorizado seria capaz de lhe dar competitividade. Essa hipótese é de probabilidade insustentável, porque o País não pode ter um câmbio feito sob medida apenas para a indústria.

Ainda que tenda a atrair mais dólares, é a melhora dos fundamentos da economia a principal condição para fortificar a indústria. Contas públicas em ordem, contas externas equilibradas e inflação na meta são fatores que garantem previsibilidade para os negócios e confiança em alta. É canteiro propício para os investimentos no setor produtivo e aumento do emprego. Para isso, não basta o bom trabalho de bombeiro; é preciso garantir reformas estruturais: da Previdência, do sistema tributário, das leis trabalhistas, das regras da política... e por aí vai.

É um grave equívoco achar que a indústria tem de ser fortificada com aumento artificial do consumo interno, com desonerações improvisadas, com créditos subsidiados seletivos, como os oferecidos pelo BNDES, e pelas demais invenções proporcionadas pela Nova Matriz Macroeconômica inventada pelo então ministro da Fazenda Guido Mantega.

A melhor política industrial consiste em proporcionar crescimento econômico sustentável e uma política comercial ativa que garanta mercado externo para o produto brasileiro. Mas o governo Dilma não entende assim.


CLIQUE AQUI para ler tudo.