ENTREVISTA - Obras do metrô precisam vir acompanhadas de medidas mitigatórias

Fábio Irigoite, diretor do Lindóia Shopping, Porto Alegre

Vocês parecem particularmente preocupados com as obras do metrô que vem aí.
Sim,  porque isto afetará vitalmente o comércio da zona Norte, que é disparado o mais pujante e importante da Capital.

Qual é a demanda?
Queremos saber qual é a tecnologia que será usada, porque se for a céu aberto isso será um desastre para todos nós. Além disto: as obras começarão a médio prazo, algo como dentro de dois anos?

Se acontecer o pior, o que você espera?
Eu não espero, mas sei que toda esta imensa região exige medidas mitigatórias, o que não aconteceu quando obras muito menos devastadoras, como foram os corredores de ônibus, produziram prejuízos irreparáveis e duradouros. 

É boa hora de discutir isto?
Sim, porque o projeto não está concluso e porque os candidatos querem o voto da zona Norte. Eles terão que assumir compromissos com os moradores da região. 

Zona Norte quer medidas mitigatórias e compensatórias para obras do metrô

O diretor do Lindóia Shopping, que fica na zona Norte de Porto Alegre, a mais importante da Capital, acha que as obras do metrô precisarão vir acompanhadas de medidas mitigatórias e compensatórias para o comércio da região.

. Fábio Irigoite, o diretor do shopping, reivindica maiores discussões com os interessados.

LEIA entrevista completa a seguir. 

Governo Dilma anunciará pela enésima vez as obras de duplicação da BR-116

Se não passar de mais um factóide, neste domingo chegará a Porto Alegre o ministro dos Transportes.

. A agenda de segunda-feira  do ministro Paulo Passos inclui o anúncio do início das obras de duplicação da BR-116, trecho Eldorado-Pelotas

. Este será o enésimo anúncio do mesmo gênero.

Faça seu happy hour, a partir das 18h00m, no Bier Markt Vom Fass, Porto Alegre. Esta noite - só hoje - a cada chope de 300 miligramas da Eisenbahn, você terá direito a outro de graça. Você toma dois e paga um. Só hoje. Barão de Santo Ângelo. www.biermarkt.com.br 
CLIQUE AQUI para saber mais sobre a Vom Fass.

Yeda no interior do RS

A ex-governadora Yeda Crusius vai começar a cumprir agenda para campanhas eleitorais no interior.

Simoni fez 20 vezes mais votos do que Azeredo no Litoral Norte do RS

O editor resolveu pesquisar os municípios onde fizeram mais votos os deputados estaduais Paulo Azeredo e Ciro Simoni, este atual secretário da Saúde do governo Tarso Genro. Os dois são do PDT.

. Na nota a seguir, estão mais detalhes sobre as denúncias da RBS TV contra Azeredo, que tem dois CCs fantasmas no município de Maquiné, Litoral Norte, embora ele seja de Montenegro, Vale do Caí, onde está sua base eleitoral. É estranho que o deputado tenha produzido esta concentração de CCs fantasmas num só, pequeno e eleitoralmente inexpressivo município.  O repórter que foi atrás e filmou os dois, não tentou saber para quem ambos trabalharam nas eleições. O fato de estarem lotados no gabinete do deputado de Montenegro pode não dizer muito, porque ele é suplente de Ciro Simoni, que é do Litoral Norte.

. No Litoral Norte, Azeredo fez 1.103 votos e Simoni fez 21.809. Em Maquiné, Azeredo fez 697 votos e Simoni fez 1.141 votos.

GM confirma início da fabricação do Onyx em Gravataí

A GM confirmou nesta quarta-feira que iniciará em setembro a produção do Onyx em Gravataí. Trata-se de um carro de porte intermediário. Todas as versões terão air bag e freios ABS.

. Este é um de quatro modelos que a montadora decidiu fabricar no Brasil.

. Em seguida ao Onyx, virá o utilitário compacto Trax.

Telium inaugurará novo data Center gaúcho no dia 29

Será dia 29 a inauguração do novo data center da Telium no RS. Em Porto Alegre, a Telium absorveu a Datadrome.

. O site WWW.polibiobraga.com.br está hospedado no data center da Telium.

Lopes intermediou vendas de R$ 3,9 bilhões no segundo trimestre do ano

Maior empresa de consultoria de imóveis, a LPS Brasil (Bovespa: LPSB3; Reuters: LPSB3.SA; Bloomberg: LPSB3.BZ), detentora das marcas Lopes, Pronto, CrediPronto e Habitcasa, encerrou o segundo trimestre deste ano com volume de vendas intermediadas de R$ 4,9 bilhões, sendo R$ 3,7 bilhões no mercado primário e recorde histórico com volume de R$ 1,2 bilhão no mercado secundário.

. O Lucro líquido atribuível aos acionistas da controladora foi de R$ 38,4 milhões, 50% superior ao 2T11 ao ajustarmos o Earn Out não recorrente recebido do Itaú naquele período.

 - O diretor Financeiro e de Relações com Investidores, Marcello Leone, mandou dizer ao editor que o trabalho de expansão do segmento de prontos está intimamente ligado ao projeto de aquisições de empresas. Desde de julho de 2010, a empresa já acumula 20 operações adquiridas, sendo 8 em 2011 e 4 em 2012.  Em março de 2012, foram compradas as LPS Foco em São José dos Campos, a LPS Piccoloto e a LPS Cappucci, ambas em Campinas. A quarta aquisição do ano, LPS Raul Fulgêncio localizada na cidade de Londrina, foi realizada em julho do ano passado  e representa a aquisição mais relevante feita pela companhia desde a Patrimóvel. A LPS Raul Fulgêncio tem expectativa de vendas intermediadas de R$ 500 milhões em 2012. 

Servidores não querem controle externo sobre as contas da Cãmara de Porto Alegre

É abusivo o protesto do Sindicato dos Servidores da Câmara de Porto Alegre, que não querem ver dentro do Legislativo a Controladoria Geral do Município.

. Na Assembleia, a presença da Cage, equivalente estadual da CGM, só fez bem para todos.

Leandro & Stormer – a maior comunidade de Traders do Brasil!
Especialista em educação para o mercado financeiro, a Leandro&Stormer oferece diversos cursos, presenciais e via internet, para que você se prepare e comece a ter rendimentos superiores aos da renda fixa. Acesse http://www.leandrostormer.com.br/ e confira!

Se você é candidato, não perca este livro sobre “Marketing para um Vereador Vitorioso”

Já está na Livraria Cultura, Bourbon Country, Porto Alegre, o livro “Marketing para um Vereador Vitorioso”, do consultor gaúcho em gestão estratégica, mestre e doutor,  Saul Sastre. São 176 páginas, R$ 30,00.

. É a terceira edição.

Saiba o que há por trás das reportagens investigativas da RBS contra o PDT e o deputado Paulo Azeredo

Conforme o editor tinha adiantado nesta segunda-feira, o repórter investigativo Giovani Grizotti voltou a atacar e nesta terça-feira produziu a reportagem que você poderá examinar na íntegra, a seguir, deixando muito mal o PDT, sobretudo o deputado Paulo Azeredo e o Diretório Estadual,  mas também os deputados Onyx Lorenzoni e Emídio Perondi, estes do DEM e do PMDB.

. A carga é muito mais pesada em cima do PDT.

. Os dois casos de CCs fantasmas do deputado Paulo Azeredo, um em Maquiné, Sarajane Dalipiaz, e outro em Morro Alto, José Goldani, ambos do Litoral Norte, podem revelar alguma coisa a mais sobre o que está por trás da reportagem. É que o deputado é suplente do atual secretário da Saúde do governador Tarso Genro, Ciro Simoni, que é de Osório e tem base eleitoral na região, ao contrário de Paulo Azeredo, que é do Vale do Caí. O repórter da RBS foi advertido para ir mais longe, mas não quis fazer isto, aparentemente porque "prejudicaria" o governo estadual do PT.

. O CC José Goldani foi do PMDB e em 2008 acabou atraído para o PDT por Ciro Simoni. A partir daí, virou seu cabo eleitoral. 

. Como admitiu o próprio presidente da Assembleia, Alexandre Postal, todos os Partidos sempre usaram e usam funcionários pagos pela Assembléia, mas o ataque concentrou-se no PDT. A reportagem nem de longe lembrou o caso de Paulo Salazar, que lotado nos gabinetes dos deputados Raul Pont e Bohn Gass, prestava serviços a uma fração do PT, a DS, conforme provou em juízo. Na época, Giovani Grizotti, a RBS TV e o procurador Da Camino ignoraram o caso.

- Na Assembleia, a boataria é de que por trás da reportagem estaria o interesse de atingir a candidatura de José Fortunati, do PDT. 

Paim e Simon fizeram campanha juntos nesta segunda, em Eldorado do Sul

Os senadores Pedro Simon e Paulo Paim, embora de Partidos diferentes, participaram do mesmo ato de campanha nesta segunda-feira, em Eldorado do Sul. Eles apoiaram o candidato da coligação PMDB-PT.

. A partir desta quinta-feira, o senador Paulo Paim, PT,  fará duro roteiro eleitoral pelo Litoral Norte do RS:  Quintão, Palmares, Pinhal, Cidreira, Tramandaí, Imbé, Capão da Canoa, Maquiné, Terra de Areia. O último ato será em Torres, no sábado.

. O senador já visitou mais de 30 municípios e gravou centenas de depoimentos para candidatos gaúchos e de outros Estados. Na segunda-feira , Paulo Paim encontrou Pedro Simon. Os dois participaram de ato em Eldorado do Sul (Coligação PMDB/PT).

Simon, 85 anos, quer novo mandato de senador, mas vaga também é disputada por mais cinco peemedebistas

Apesar da idade, 85 anos, o senador Pedro Simon, PMDB, não descarta convites para apoiar candidatos do Partido no interior.

. Simon quer ser candidato de novo em 2014. Se for eleito, cumprirá o mandato quanto tiver 93 anos.

- No PMDB, querem também a vaga – única em 2014 – os deputados Osmar Terra e Eliseu Padilha, além do ex-governador Germano Rigotto e o ex-prefeito José Fogaça, sem contar o presidente Ibsen Pinheiro.

Vitória de Barbosa Velho cacifará Sartori para disputa à sucessão de Tarso no RS

Caso vença seu candidato, Alceu Barbosa Velho, deputado do PDT, o prefeito de Caxias do Sul, RS, José Ivo Sartori, será candidato indiscutível do PMDB à sucessão do governador Tarso Genro.

Rita Sanco, ex-prefeita de Gravataí, do PT, vende gato por lebre, mas está cassada e proibida de disputar eleições no RS

Fazendo jus ao seu legítimo jus sperniandi, a ex-prefeita de Gravataí, RS, Rita Sanco, tenta vender gato por lebre ao dar a entender que o benefício do Ministério Público em casos pontuais das dezenas de denúncias contra ela, serão capazes de inverter a sua cassação pela Câmara de Vereadores.

. Sanco está bem cassada, sem direitos políticos e é apenas um pato manso na política do Vale do Gravataí.

. Mesmo que a mídia amiga também faça confusão no zoo.

CLIQUE AQUI para ler com atenção a manchete oblíqua e o texto direto sobre o caso.

Martins e Buchabqui tentarão impedir reeleição de Lamacchia em novembro

Os advogados Luís Cunha Martins e Jorge Buchabqui disputarão contra Claudio Lamacchia a presidência da OAB do RS em novembro.

Faça seu happy hour, a partir das 18h00m, no Bier Markt Vom Fass, Porto Alegre. Esta noite - só hoje - a cada chope de 300 miligramas da Eisenbahn, você terá direito a outro de graça. Você toma dois e paga um. Só hoje. Barão de Santo Ângelo. www.biermarkt.com.br 
CLIQUE AQUI para saber mais sobre a Vom Fass.

Governo Dilma Rousseff anunciou, esta manhã, insuficiente programa de privatizações de rodovias e ferrovias.

O governo federal anunciou, nesta quarta-feira, um plano privatização, que ele resolveu chamar de concessão de rodovias e ferrovias em todo o País. Nos próximos 25 anos, a concessão dessa malha para a iniciativa privada vai render aos cofres públicos a cifra de R$ 133 bilhões, segundo informou hoje o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos. Somente nos primeiros cinco anos do programa, o governo estima arrecadar R$ 79,5 bilhões. O dinheiro seria todo investido nas vias privatizadas, segundo informações ainda pouco claras. O governo recuou dos seus planos iniciais, porque pensou inicialmente em 50 mil kms de rodovias e 15 mil kms de ferrovias. Os anúncios sobre privatizações de portos e aeroportos, bem como a respeito da diminuição dos custos da Folha, ainda serão realizados.

. Serão privatizados, ao todo, 7,5 mil kms de rodovias e 10 mil kms de ferrovias. As informações iniciais era de que seriam 50 mil kms de rodovias e 15 mil kms de ferrovias. 

. O presidente da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib), Paulo Godoy, embora tenha saudado o programa, avaliou que ele ainda é insuficiente. "O Brasil precisa de 1,5% do PIB em logística, hoje é de cerca de 0,74%", disse Godoy, acrescentando que as concessões não serão suficientes para chegar ao patamar necessário. Para Eike Batista, em dinheiro, seriam necessários US$ 300 bilhões em investimentos em infraestrutura. 

. O ministro disse que  haverá condições "rígidas" para os consórcios ou empresas que vencerem os leilões de concessão dos trechos rodoviários e ferroviários. A seleção do vencedor será pela menor tarifa de pedágio, sem cobrança de ágio; não será cobrada tarifa na área urbana e os concessionários que se responsabilizarem poderão somente começar a cobrar pedágio quando tiverem, pelo menos, 10% das obras de concessão em suas respectivas áreas concluídas.

. A ampliação de melhoria da rede de logística no Brasil é "condição imperativa" para reduzir os custos de produção no País. "Uma ampla rede de infraestrutura logística eficiente e prática, com tarifas módicas, custos de operação em transportes baratos, custos eficientes e competitivos. Esse plano significa, por um lado, restabelecer uma capacidade de planejamento do sistema de transporte brasileiro para conseguirmos integrar rodovias, ferrovias, hidrovias, portos e aeroportos", disse.

.  As empresas que vencerem as licitações poderão contrair empréstimos pela Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), a mesma usada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para financiamentos. Atualmente, a TJLP é de 5,5% ao ano e, neste caso, poderá ser acrescida de até 1,5% - ou seja, a taxa de juros será de, no máximo, 7%. As concessionárias vencedoras da licitação terão carência de até três anos para começarem a pagar os empréstimos, que podem ser contraídos em até 20 anos. O financiamento vai variar entre 65% e 80% do valor total da obra.

EPL
Para dar seguimento ao plano de concessão das rodovias e ferrovias, o governo vai criar a Empresa de Planejamento e Logística (EPL), com a função de estudar e gerenciar investimentos nesses setores. O presidente da empresa será o atual gestor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Bernardo Figueiredo.

CLIQUE AQUI para ler um material mais amplo e completo da revista Veja no seu site de hoje.

Giovani Grizotti, RBS TV, flagra uma dezena de CCs da Assembléia a serviço de Paulo Azeredo e do PDT

A força das imagens é devastadora, porque a reportagem apresenta uma funcionária paga pela Assembléia em plena fuga pela janela, na sede do PDT, além de uma CC do deputado Paulo Azeredo, Sarajane Dalpiaz, dona de um mercado de Maquiné, que nunca pisou na Assembléia. O deputado do PDT, que é candidato a prefeito em Montenegro, já teve que se explicar no caso de outra CC do seu gabinete, Lídia Shons, R$ 24,3 mil por mês, que foi flagrada pelos fógrafos de Zero Hora dando voltinhas com seu cachorro de estimação, em pleno horário de trabalho (Lídia ganhava sem trabalhar e passava os dias em casa ou passeando). Paulo Azeredo, conhecido também como Paulo Melancia, infernizou o governo Yeda Crusius, trabalhando em cima de acusações ferozes no âmbito de improbidades administrativas que nunca comprovou.

. No Diretório Estadual do PDT, a RBS TV flagrou oito funcionários pagos pela Assembléia e que prestam serviço ao Partido.

- O caso do Diretório Estadual do PDT, denunciado por Grizotti, como confessou francamente o presidente da Assembléia, Alexandre Postal, é recorrente em todos os Partidos. É uma prática que dura décadas. Dirigentes partidários que nunca trabalharam dentro da Assembléia, recebendo por ela na sua atividade partidária, chegaram a se aposentar com polpudos salários.

CLIQUE AQUI para examinar toda a reportagem da TVCom. O material é do repórter Giovani Grizotti.

Debate entre Villa, Manuela e Fortunati terá transmissão de TV, on line, pelo site www.redefortunati.com

Será ao meio dia, na Federasul, na programação do Tá na Mesa, o debate entre os três principais candidatos a prefeito de Porto Alegre, no caso José Fortunati, PDT; Manuela D'Ávila, PCdoB, e Adão Villaverde, PT.

. Os demais candidatos não foram convidados.

. Quem quiser acompanhar o debate, poderá fazer isto através do site www.redefortunati.com Isto significa que Manuela e Villa poderão defender as suas candidaturas através de transmissão on line de TV propiciada pelo principal adversário, o prefeito José Fortunati.