Promotor acusa no julgamento dos matadores de Celso Daniel: "Quadrilha que desviava dinheiro para o PT foi quem matou Celso Daniel"

* Clipping Guilherme Balza, no UOL

O júri de cinco acusados pela morte de Celso Daniel, um dos crimes mais misteriosos da história recente do país, será realizado nesta quinta-feira (10), no Fórum de Itapecerica da Serra (Grande São Paulo). Até agora, o único condenado pela morte do ex-prefeito de Santo André  foi Marcos Bispo dos Santos, que pegou 18 anos de prisão após condenação do júri em novembro de 2010.

Agora, serão julgados Elcyd Oliveira Brito, Itamar Messias da Silva Santos, Ivan Rodrigues da Silva, José Edison da Silva e Rodolfo Rodrigo dos Santos Oliveira. Todos faziam parte de uma quadrilha da favela Pantanal, na divisa da capital com Diadema. Eles são acusados de homicídio duplamente qualificado e podem ser condenados de 12 a 30 anos de prisão.

O inquérito policial que levou os acusados ao banco dos réus concluiu que a morte do ex-prefeito de Santo André (SP), em 18 de janeiro de 2002, no município de Juquitiba (também na Grande SP) foi um crime comum, resultado de um sequestro mal executado pela quadrilha.

O promotor de Justiça Roberto Wider Filho, que investigou a morte de Daniel, contesta a versão da polícia e afirma que o assassinato do ex-prefeito foi encomendado por uma quadrilha responsável por um esquema de corrupção na Prefeitura de Santo André, cujo objetivo era levantar recursos para financiar campanhas eleitorais do PT (Partido dos Trabalhadores). Para ele, a investigação policial foi “incompleta” e deixou de apurar as “verdadeiras razões da morte”.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Você se interessa pelo mercado financeiro?
Aprenda a investir com quem tem experiência na Bolsa de Valores: Leandro & Stormer, mais de 10 anos de tradição no mercado. Aproveite as oportunidades que a bolsa te oferece e acessehttp://tinyurl.com/caqrmuh

Fedrizzi não acompanhou Tarso a Londres

Depois que o dono da Escala Propaganda, de Porto Alegre,  foi flagrado em companhia do governador Tarso Genro nas ruas de Madrid, os fotógrafos não viram mais sinal de Alfredo Fedrizzi na Europa.

. A Escala tem a parte do leão na verba publicitária anual de R$ 100 milhões do Banrisul. Ela fez a campanha eleitoral de Tarso Genro.

PTB vacila no apoio a Fortunati

O PTB está vacilando no apoio à reeleição do prefeito José Fortunatti em Porto Alegre. O Partido entrou no jogo do “quem dá mais”.

Delegacia Fazendária volta a ouvir no caso da Operação Cosa Nostra

Nesta quinta-feira o ex-secretário de Desenvolvimento Econômico do prefeito Ary Vanazzi, São Leopoldo, RS, virá a Porto Alegre para depor na Delegacia Fazendária (Polícia Civil), que avocou da 3ª Delegacia de Polícia o inquérito da Operação Cosa Nostra.

. O ex-secretário Marco Antonio Pinheiro produziu um dossiê de 2 mil páginas para denunciar malfeitorias na prefeitura do PT. A Polícia Civil e o MPE desfecharam a Operação Cosa Nostra para investigar tudo, mas desde que cumpriram mandatos de busca e apreeensão na prefeitura, nada mais informam.

- O silêncio da Polícia, do MPE do juiz do caso, fizeram dois ex-membros da prefeitura de Vanazzi recorrerem ao Conselho Nacional de Justiça e á corregedoria do Ministério Público.

Entrevista - Troca de dívidas com universidades comunitárias gerará 300 mil novas bolsas

Jerônimo Gorgen, deputado do PP do RS

O senhor acaba de falar com a ministra Ideli Salvati sobre um dos pontos que mais o preocupa na Medida provisória 556, da qual o senhor é o relator.
Sim. O que posso dizer é que ela me disse que o governo concordou com gestões que venho fazendo para transformar as dívidas fiscais das universidades comunitárias em bolsas de estudo.

Isto constará da MP?
O governo anunciará isto com muita pompa e circunstância, claro. Afinal, serão 300mil novas bolsas de estudo. Só a Urcamp, por exemplo, que deve R$ 147 milhões, concederá 14 mil bolsas ao longo de 20 anos.

O senhor me disse que são dois os pontos que mais o preocupam na MP. Qual é o outro?
É o da isenção do IRF sobre a participação nos lucros por parte dos trabalhadores. Queremos isenção até R$ 12 mil. O governo já aceitou até R$ 6 mil. Se conseguirmos sucesso, os trabalhadores ficarão com mais R$ 2 bilhões no bolso.

Este caso de Cachoeira na Lotergs foi de caixa 2 do PT no governo Olívio

Ninguém sabia que a Bet Capital, uma das empresas de Carlinhos Cachoeira, estava acionando o governo gaúcho na Justiça, cobrando R$ 22,8 milhões porque o governo Rigotto tirou-lhe a concessão da Lotergs. Foi um furo do jornal Zero Hora desta quarta-feira. O editor já vinha tratando dos negócios sujos do bicheiro na Loters, ao tempo do governo Olívio Dutra.

. O presidente da Lotergs na época, José Vicente Brizola, denunciou com todas as letras que o governo do PT do RS fez negócios com Cachoeira. Ele disse isto com todas as letras: “O bicheiro ganhou a licitação, eu denunciei isto, o governo do PT anulou, mas Cachoeira venceu em juízo, em primeira instância, e o governo não quis recorrer, assinando o contrato”.  Olívio Dutra manteve o combinado, mas Rigotto, que não sabia do acerto, cancelou tudo.

.  Vale a pena ler de novo a reportagem a seguir, que foi resgatada dos jornais do dia 20 de julho de 2005. A matéria conta como agiu o filho de Brizola, José Vicente, que o governador Olívio Dutra e o PT levaram do Rio para o RS para fazer um agravo ao caudilho do PDT, já que pai e filho estavam rompidos. Ele narrou na CPI do Bingo que foi usado pelo governo do PT no jogo de interesses que uniu o PT do RS com Carlinhos Cachoeira. "Por denúncia minha sobre a safadeza, o governo anulou o edital, mas Cachoeira venceu demanda na Justiça, em primeiro grau, e o governo do PT não quis recorrer, levando-me a assinar o contrato no apagar das luzes", confessou José Vicente Brizola. Depois disto, o filho de Brizola foi demitido.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

CLIQUE nas fotos para ampliar. Foi Olívio Dutra quem assinou o contrato com a empresa de Cachoeira. 

79% dos eleitores aprovam desempenho da administração municipal

Ao avaliar o desempenho do prefeito José Fortunati, a pesquisa Vox Populi/VOTO encontrou 5% de ótimo, 42% de bom e 32% de regular positivo, o que soma 79% que podem ser considerados como índice de aprovação.

. Na contramão estão: regular negativo, 7%, seguido de ruim, 78%, e péssimo, apenas 4%.

Pesquisa Vox Populi/VOTO desta tarde: Fortunati, 38%; Manuela, 30%; Adão, 8%.

Pesquisa Vox Populi para a revista VOTO, conforme publicação desta quarta-feira, 15h

José Fortunati, PDT – 38%
Manuela D’Ávila,PCdoB – 30%
Adão Villaverde, PT – 8%
Paulo Borges, DEM – 3%
Roberto Robaina, PSOL – 1%

. Os demais candidatos não registraram votos. 21% dos eleitores ainda não escolheram os candidatos.

. Em relação a rejeição, Manuela lidera com 16%, seguida de Villaverde com 11% e Paulo Borges com 9%, Robaiana com 9% e o prefeito com 8%.

CLIQUE AQUI para examinar a pesquisa completa, tal como registrada na Justiça Eleitoral.

Você se interessa pelo mercado financeiro?
Aprenda a investir com quem tem experiência na Bolsa de Valores: Leandro & Stormer, mais de 10 anos de tradição no mercado. Aproveite as oportunidades que a bolsa te oferece e acessehttp://tinyurl.com/caqrmuh

Ministério Público investiga “manejo” de verbas no jogo interno das agências que atendem o Banrisul

O Ministério Público Estadual investiga de que modo o Banrisul decidiu entregar para quem quiser o grosso das suas verbas de publicidade.

. Para quem quiser, significa para uma das três agências que venceram a licitação, no caso Escala, Competence e Martins +Andrade.

Tarso e Dilma entram no jogo pelo apoio dos nanicos a Adão Villaverde

Este final de negociações de apoios nas eleições de Porto Alegre virou cenário de política rastaqüera.

. Desesperado, o PT está fazendo qualquer negócio.

. O caso do PV, que surpreendeu o prefeito José Fogaça pelo inedetismo da rasteira que levou, é apenas parte do dramalhão que protagonizam os líderes do PT. O PV foi cooptado por uma secretaria Adjunta. No caso do PR, que oscila como biruta de aeroporto, examinando o jogo de quem dá mais, até a presidente Dilma Roussef entrou na dança e poderá abrir algum espaço para o Partido em troca do apoio a Adão Villaverde.

. O PTB entendeu as agruras (e os cargos a oferecer) de José Fortunati e de Adão Villaverde e começou a fazer o que aprendeu a fazer de melhor desde que Sérgio Zambiasi passou a engordá-lo no RS. O caso do PP é completamente diferente, porque trata politicamente suas conversações com Manuela e Fortunati.

PTB surpreendeu Fortunati ao entrar no jogo do "quem dá mais"

Foi dura, surpreendente e constrangedora a manifestação da principal eminência parda do PTB do RS, Claudio Manfrói, terça-feira ao meio dia, quando recebeu com a direção do Partido a comitiva do PMDB.

. Ele não respeitou sequer a presença do presidente do diretório metropolitano, Eloy Guimarães, partindo para irritadas cobranças por novos espaços na próxima administração do prefeito José Fortunati. Além das posições que já tem – secretarias da Saúde e Educação, mais Procempa – Claudio Manfrói também exigiu o cargo de vice-prefeito, a secretaria de Gestão e o gabinete de Programação Orçamentária.

. O PMDB, que tinha programado a visita para simplesmente bater o martelo da aliança e fechar a posição de vice para o Partido, ficou sem saber o que fazer.

Inflação do IPCA de abril é tres vezes maior do que a de março

O IPCA, que mede a inflação oficial do país usada como base para as metas do governo, acelerou de 0,21% em março  para 0,64% em abril, segundo informou hoje o IBGE.

. Este foi o maior índice mensal desde abril de 2011, quando o indicador havia ficado em 0,77%. No ano, o IPCA acumula alta de 1,87% e, em 12 meses, de 5,10%.

Acionistas minoritários da Azaléia poderão embargar venda de ações da Vulcabrás Azaléia para Pátria

Os acionistas minoritários da Azaléia poderão embargar a venda das ações da Vulcabrás Azaléia para o fundo de private equity Pátria Investimentos, porque reclamam em juízo a justa compensação pelas ações que possuíam quando a companhia foi vendida para a Vulcabrás.

. O processo corre contra Diva de Paula, viúva do fundador,  e os demais acionistas que venderam e compraram a Azaléia. Está tudo na 1ª. Vara Cível, processo 019/1.10.0010240-5 (CNJ:.0102401-15.2010.8.21.0019).

. O leitor poderá examinar a íntegra dos termos das audiências, clicando aqui.

Governo passa Marketing do Banrisul para líder da fração neotrotskista DS, do PT

Até o meio da tarde desta quarta-feira,  a diretoria do Banrisul não tinha confirmado oficialmente a notícia de que mudou o comando da sua área de Marketing, o que inclui propaganda, embora todo o mercado já saiba o que ocorreu:

Diretor de Marketing – Guilherme Cassel, atual diretor de Crédito, ex-ministro do Desenvolvimento Agrário, militante da fração neotrotskista do PT, DS.
Superintendente de Marketing – Ana Paim.

. Até agora, a área de Marketing estava sob os cuidados de profissionais do próprio banco, Marinês Bilhar à frente. A partir de agora, a cinco meses das eleições, o governo preferiu jogar com políticos na área. 

- A informação original sobre o assunto foi publicada no blog WWW.previdi.com.br 

Vulcabrás Azaléia busca sociedade com a Pátria Investimentos para superar crise financeira

A Vulcabrás Azaléia decidiu vender boa parte das suas ações para o fundo de private equity Pátria Investimentos, visando fortalecer seus músculos financeiros.

. O memorando de intenções foi assinado no início da semana em São Paulo.

. Os contratos finais serão assinados depois de deligências que já começaram.

- Os problemas financeiros da Vulcabrás Azaléia tornaram-se públicos depois que a companhia reportou prejuízo líquido de R$ 316 milhões no seu balanço de 2011, sem contar queda bruta de 20% na receita bruta. A empresa passa por duro processo de reestruturação, inclusive com o fechamento de fábricas, o que incluiu a unidade de Parobé, RS, cidade natal da Azaléia, além de seis fábricas na Bahia. Este movimento veiojunto com a expansão do setor produtivo no exterior. Em abril do ano passado, a Vulcabrás comprou uma fábrica na India. 


Você se interessa pelo mercado financeiro?
Aprenda a investir com quem tem experiência na Bolsa de Valores: Leandro & Stormer, mais de 10 anos de tradição no mercado. Aproveite as oportunidades que a bolsa te oferece e acessehttp://tinyurl.com/caqrmuh

PTB vacila no apoio a Fortunati. O Partido entrou no mesmo jogo do PV e ameaça ficar com quem der mais.

O PTB está vacilando no apoio à reeleição do prefeito José Fortunatti em Porto Alegre. O Partido entrou no jogo do “quem dá mais”. 

Saiba como foi um fiasco a reunião da missão gaúcha com investidores de Londres

Terminou nesta quarta-feira a inútil viagem de 10 dias que o governador Tarso Genro fez a Portugal, Espanha e Inglaterra, liderando o que ele mesmo chamou de “missão de empresários e homens de governo”. Os contribuintes gaúchos pagaram caro pela viagem, pontuada por devaneios ideológicos do governador junto  a grupos outsiders ddesconsiderados e à atrasada mídia portuguesa e espanhola, sempre buscando entrevistados de localidades exóticas.

. A jornada do primeiro dos dois dias de programação em Londres, terça-feira, foi melancólica, porque ninguém quis ouvir o que tinha a dizer o governo gaúcho no transcurso do seminário “Fazendo Negócios com o Rio Grande do Sul”. O jornal Zero Hora, o único diário gaúcho que mandou um repórter para cobrir a viagem, informou que apenas 19 pessoas participaram do evento realizado num hotel de Londres. O repórter Daniel Scola conseguiu identificar apenas dois investidores, porque eram os únicos com fone de ouvido. Os outros participantes eram brasileiros.

. É possível que a casa lotasse completamente, caso o governo tivesse organizado melhor o seminário e caso ele fosse levado a sério.

. Afinal de contas, nem mesmo os membros do governo que ficaram em Porto Alegre, mas muito menos os deputados do PT e da base aliada, jamais souberam que o governo apresentaria em Londres o mais ambicioso programa de privatização jamais desenhado por qualquer governador até os dias de hoje. O pacote de concessões e PPPs foi calculado em US$ 6,4 bilhões, incluindo:
- Túnel São José do Norte-Rio Grande: US$ 1 bilhão
- Aeroporto de Caxias: US$ 500milhões
- Novo aeroporto metropolitano: US$ 1,2 bilhão
- Novo porto em Rio Grande (porto do Terrapleno): US$ 2 bilhões
- Duplicações da RSC-470 e ERS-324: US$ 650 milhões

. Tudo isto – o seminário e o pacote de concessões e PPPs – foi uma enorme irresponsabilidade, porque nunca se soube que o governo estivesse disposto a entregar as obras e a exploração dos empreendimentos, inclusive novos pedágios, para grupos privados estrangeiros. O governo não discutiu o pacote sequer com seus aliados. A própria apresentação feita em Londres foi inconsistente e feita por um secretário, Beto Albuquerque, que mal pronuncia “the book is on the table” com correção. Aliás, sua colega do Turismo, Abigail Costa, também preferiu não se arriscar e falou em português.

.  A história pregressa do PT no RS nem de longe admite que projetos desse tipo possam ser encarados seriamente por qualquer investidor, seja ele brasileiro ou estrangeiro.

- Nesta quarta-feira, último dia da visita, a agenda incluiu uma reunião de trabalho com o pessoal da City, o centro financeiro de Londres. A maior parte da banca local destacou seus sub dos sub dos sub para o convescote.

CLIQUE na imagem ao lado para ver melhor. Marco Aurélio, em Zero Hora desta terça-feira, mostra o governador tentando entrar no fuso horário de Londres. 

Porto Alegre é a sexta cidade mais atrativa para investimentos na AL

Quatro cidades brasileiras aparecem na lista das dez mais atrativas para investimentos na América Latina, segundo um estudo de analistas colombianos e chilenos divulgado nesta terça-feira em Bogotá, na Colômbia. São Paulo é a primeira da lista, seguida de Santiago e Cidade do México.

. Outras três cidades brasileiras aparecem entre as dez primeiras colocadas. Porto Alegre teve destaque, ficando à frente de Rio de Janeiro (7º), que caiu três posições, e Belo Horizonte (10º).

. O diretor do Cepet, Saúl Pineda, e o diretor-executivo da IDN, Rodrigo Díaz, ressaltaram o "alto predomínio" de cidades brasileiras e mexicanas entre os dez primeiros lugares do Inai de 2012. Segundo eles, é uma presença que se explica pela "importância do cenário nacional e o tamanho do mercado no momento de tomada de decisões por parte dos investidores que buscam alternativas de localização".

Ministro Joaquim Barbosa rejeita nova tentativa de desmembramento do mensalão

O ministro Joaquim Barbosa, relator do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou mais uma vez a tentativa de desmembrar o processo em duas partes. O pedido foi apresentado pelo advogado Márcio Thomaz Bastos, que defende o ex-diretor do Banco Rural, José Roberto Salgado. A decisão é do dia 2 de maio, mas foi divulgada apenas nesta terça-feira.

. A ação penal do mensalão tramita no STF desde 2007. Em tese, crimes com penas menores, como formação de quadrilha, prescreveram no ano passado devido à demora no julgamento. Ainda não há data para que o caso vá a plenário: o agendamento depende da liberação do voto do relator Barbosa e do revisor Ricardo Lewandowski.

. Só para lembrar, Márcio Thomaz Bastos também é advogado de Carlinhos Cachoeira.

Regularização eleitoral termina nesta quarta-feira

As unidades de atendimento da Justiça Eleitoral concluem nesta quarta-feira o processo de alistamento, transferência de domicílio, revisão de dados cadastrais e pedidos de segunda via de título.

. O interessado em tirar o título pela primeira vez deve procurar o cartório eleitoral responsável por sua região, levando carteira de identidade, certificado de quitação com o serviço militar - no caso de homem maior de 18 anos - e comprovante de residência.

. Em Porto Alegre, a central de atendimento está localizada na avenida Padre Cacique, 96.

Fracassa 1ª reunião da comitiva de Tarso com investidores em Londres

Clipping - Jornal Zero Hora - 9/05/2012

Sobraram cadeiras vazias na primeira reunião promovida pelo Piratini em Londres para atrair investidores estrangeiros interessados em obras e concessões no Estado. No seminário "Fazendo Negócios com o Rio Grande do Sul" o interesse de empreendedores foi tímido e a sala escolhida para sediar o evento, num hotel no centro de Londres, contava com 19 pessoas — a maioria da comitiva gaúcha.

O governo fez, nesta terça-feira, a oferta de sete obras de grande porte avaliadas em US$ 6,4 bilhões, no que poderia ser o maior programa de concessão já realizado pelo poder público gaúcho. Durante 25 minutos, o secretário de Infraestrutura e Logística, Beto Albuquerque, fez uma apresentação, em português, do programa do governo. Apenas duas pessoas na platéia ouviam a explicação com fones e tradução simultânea.

Foram apontadas duas possibilidades de ingresso de investidores: uma pelas Parceria-Público-Privadas (PPPs) e outra por meio de concessões diretas ao empreendedor, de até 30 anos. As PPPs exigiriam o desembolso de dinheiro público. O próprio governo reconhece a falta de dinheiro, por isso deixou claro o interesse maior pelas concessões.

Ao final, no espaço para perguntas de eventuais interessados apenas duas pessoas fizeram questionamentos - só uma delas, representante de investidores. "Achei as propostas interessantes, principalmente porque o governo entra apenas como facilitador e não como parceiro da obra. Isso (a PPP), em geral, sempre atrasa", disse Adriano Amaral, presidente da Altran, um consórcio de fundos nacionais e estrangeiros responsável por obras na América Latina e na Ásia. O outro empreendedor presente foi consultado por Zero Hora sobre o interesse no evento, mas preferiu se manifestar recorrendo ao "sigilo empresarial".

Na quarta-feira, em Londres, representantes do Estado se reúnem com um grupo de 25 executivos da City of London, o centro financeiro da capital inglesa. (Foto: Caco Argemi/Palácio Piratini) 

Oposição critica programa "Brasil Carinhoso" de Dilma

A oposição classificou ontem de “eleitoreiro” o incremento no programa Bolsa Família que será anunciado pelo Palácio do Planalto no próximo fim de semana, a cinco meses das eleições municipais de outubro. O grupo criticou também o ritmo lento no cumprimento de promessas de campanha feitas pela presidente Dilma.

. “Isso tem caráter eleitoreiro. Se fosse eleitoreiro, mas bom para a população, estaria bem. O problema é que o governo usa a mentira como método e não cumpre o que promete”, dispara o líder da minoria na Câmara, deputado Mendes Thame (PSDB-SP).

. “Somos totalmente favoráveis à ação, que procura dar melhores condições para que as mães cuidem apropriadamente de seus filhos. No entanto, o governo deveria também melhorar o atendimento na saúde e tirar do papel a promessa das creches. Durante a campanha, a então candidata Dilma prometeu construir quase 6,5 mil creches durante os quatro anos de mandato, o que daria uma média de 1,5 mil por ano — e que até agora não saíram do papel”, acrescentou o líder do PSDB na Câmara, Bruno Araújo (PE).

Você se interessa pelo mercado financeiro?
Aprenda a investir com quem tem experiência na Bolsa de Valores: Leandro & Stormer, mais de 10 anos de tradição no mercado. Aproveite as oportunidades que a bolsa te oferece e acesse http://tinyurl.com/caqrmuh

Delegado diz que Roberto Gurgel não apurou Operação Vegas

O depoimento do delegado da Polícia Federal Raul Alexandre Marques de Souza, responsável pela investigação da Operação Vegas, prestado na tarde de ontem na CPI do Cachoeira, complicou de vez a situação do procurador-geral da República, Roberto Gurgel.

. Nas entrelinhas, o investigador deu um recado claro: a Vegas foi interrompida e engavetada, em setembro de 2009, pela Procuradoria-Geral da República (PGR), no momento em que se constatou a participação do senador Demóstenes Torres (sem partido) e dos deputados federais Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO) e Sandes Júnior (PP-GO) na organização criminosa.

. Após o depoimento, que terminou às 22h40, até mesmo parlamentares que desde o início do escândalo se posicionaram contra a convocação de Gurgel, agora, acreditam que é impossível a comissão não chamá-lo para depor.

Venda da Delta para grupo JBS deve ser anunciada hoje

A venda da construtora Delta para a J&F holding, grupo que controla o frigorifico JBS, está prevista para ser anunciada hoje. Apesar da negociação avançada, o jornal Folha de S.Paulo informa que o governo Dilma está disposto a declarar a empreiteira Delta inidônea, o que esvaziaria ainda mais o atrativo comercial da construtora.

. Um ex-diretor da Delta na região Centro-Oeste é apontado por investigações da Polícia Federal como participante do esquema do empresário Carlos Cachoeira. A PF também indica que dinheiro da construtora foi colocado em empresas fantasmas de Cachoeira. A empreiteira nega envolvimento.

. Segundo pessoas envolvidas na negociação, já está montada a arquitetura da venda da construtora. O ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles é um dos cotados para assumir o conselho de administração da empresa.

Senado abre processo contra Demóstenes

Por unanimidade, o Conselho de Ética do Senado aprovou ontem a abertura de processo disciplinar para investigar Demóstenes Torres (ex-DEM-GO), suspeito de usar o mandato para favorecer Carlinhos Cachoeira.

. A votação abre caminho para que o senador tenha seu mandato cassado por quebra de decoro parlamentar. É a primeira vez que o conselho submete a seu plenário a decisão de abrir o processo. A regra anterior, que valeu até 2008, dava ao presidente do colegiado a capacidade de decidir sozinho sobre o tema.

. Os 16 integrantes do órgão aprovaram o relatório do senador Humberto Costa (PT-PE), que defendeu a abertura do processo disciplinar.