PT muda nome do ex-prefeito Ficha Suja em cima da hora. Juiz confirma legalidade da candidatura adversária de Paulo Kopschina.

No final da tarde de sábado, o juiz eleitoral Geraldo Brandeburski Júnior negou o registro do então candidato petista e confirmou a documentação de Paulo Kopschina (PMDB). 

Numa coletiva de imprensa realizada na tarde deste domingo, a coligação liderada pelo PT anunciou oficialmente os nomes de Luiz Lauermann (PT) e Roque Serpa (PTB) como candidatos à prefeitura no pleito suplementar do dia 3 de março. A mudança foi decidida em uma reunião iniciada na noite de sábado e encerrada na madrugada de domingo. 

. O juiz eleitoral local, cassou pela segunda vez a candidatura do ex-prefeito Tarcisio Zimmerman, que em outubro já tinha sido incluído na Lei da Ficha Suja. Desta vez, ele foi acusado de ter violado novamente a lei e com isto ocasionado a anulação do pleito anterior.

. O adversário, Paulo Kopschina (PMDB), afirma que já esperava este desfecho. "Não foi uma surpresa e não vai mudar em nada nossa campanha que sempre foi propositiva. Vamos nos dedicar mais e mais no corpo-a-corpo para conquistar os votos de indecisos."

Blogueira cubana Yoani falará esta noite na TV Folha e TV Cultura, 19h30min


O "TV Folha de hoje traz entrevista com a blogueira cubana Yoani Sánchez, que causou polêmica por escrever sobre a situação de seu país. http://folha.com/no1228964 Após 20 tentativas frustradas, ela enfim viajará ao exterior - sua primeira parada será no Brasil. O "TV Folha" vai ao ar na TV Cultura às 19h30, com reprise à meia-noite.




















O programa "TV Folha" deste domingo -que vai ao ar na TV Cultura às 19h30, com reprise à meia-noite- traz uma entrevista com o carnavalesco Paulo Barros, da escola de samba carioca Unidos da Tijuca.Campeão do grupo especial do Rio em 2010 e 2012, e vice-campeão em 2011, Barros é considerado o introdutor de uma nova estética nos desfiles e um dos mais ousados carnavalescos do país.

. Os colunistas da Folha Ruy Castro e Danuza Leão analisam como o carnaval promovido pelas escolas de samba está sendo afetado pelo merchandising e de que forma a folia está migrando para os blocos de rua, cada vez mais populares em todo o país.

. O "TV Folha" falou ainda com a blogueira cubana Yoani Sánchez que, após 20 tentativas frustradas, conseguirá por fim viajar graças à reforma migratória que entrou em vigor em 14 de janeiro.Famosa por conta do blog "Generación Y", Yoani sairá de Cuba no dia 17 de fevereiro -e sua primeira parada internacional será no Brasil. Ela passará pelos Estados da Bahia e de São Paulo.

. O programa deste domingo entrevistou ainda o escritor Marcelo Rubens Paiva. Documentos divulgados recentemente sobre a morte de seu pai, o ex-deputado Rubens Paiva, desmontam a versão da fuga e indicam que ele morreu no prédio do DOI-Codi do Rio de Janeiro.

. Paiva sumiu em 1971 após ser preso por agentes da ditadura militar (1964-1985).

* Na foto, Yoani com seu novo passaporte, concedido depois de anos e anos de espera. Ela também está com o visto brasileiro. A bloogueira virá a Porto Alegre para o Fórum da Liberdade.

Tarso aumenta em 193% suas verbas de propaganda em ano pré-eleitoral

Pelo menos metade dos Estados pretende aumentar os gastos com publicidade em 2013. Segundo levantamento feito pelo jornal O Estado de São Paulo com 23 dos 26 governos estaduais, além do Distrito Federal, 12 têm planos de incrementar a verba com propaganda institucional e de utilidade pública neste ano. O Rio Grande do Sul está nesta relação.Nas propostas orçamentárias enviadas para as Assembleias Legislativas em dezembro do ano passado, cerca de R$ 750 milhões são para propaganda. O que daria algo em torno de R$ 7,6 por habitante. Este valor também representa um aumento, em média, de 38,35% no segmento.

. O Rio Grande do Sul, junto com o Amapá e o Maranhão, é o Estado que teve uma das maiores ampliações de gastos em propaganda, levando em consideração o primeiro ano de gestão dos governadores atuais, com 193% de aumento em verba publicitária. Amapá e Maranhão tiveram 206% e 166%, respectivamente.

. Dos 12 Estados onde há previsão de aumento dos gastos com propaganda neste ano, sete têm governadores que são potenciais candidatos à reeleição: Tarso Genro (RS) e Tião Viana (AC), do PT, os tucanos Geraldo Alckmin (SP), Marconi Perillo (GO) e Simão Jatene (PA) e Camilo Capiberibe (AP), do PSB, e Raimundo Colombo (SC), do PSD.

* Clipping jornal VS, São Leopoldo, RS.

Na Alemanha, mentira sobre doutorado derruba ministra da Educação, mas no Brasil este tipo de mentira ajuda a eleger até presidente da República

A notícia que você lerá a seguir dá conta da renúncia da ministra alemã da Educação, Arnette Schavabn. Ela foi flagrada em plágio na sua tese de doutorado. A informação precisa ser comparada com o que aconteceu no Brasil em caso ainda mais grave, que foi protagonizado pela atual presidente Dilma Roussef. É que Dilma Roussef apresentou-se no próprio site oficial da presidência da república, quando era chefe da Casa Civil, como mestra e doutora pela Unicamp. O caso foi denunciado. Depois do escândalo, Dilma Roussef reconheceu que fez o curso de mestrado, mas não concluiu, o que significa que não é mestre, ou seja, que jamais poderia ter sido doutora. Ela alegou erro no site e mandou retirar as referências. ASobre o assunto, investigado na época pelo editor, existem histórias escabrosas que envolvem o caso com a FEE do RS, onde Dilma é funcionária. Como se vê, no Brasil, Arnettee Schavabn teria tudo para continuar ministra e até virar presidente da República, porque aqui não parece pecado, mas vira mérito, dizer que tem mestrado e doutorado, embora sem tê-los. Sobre plágios em teses, o próprio ministro da Educação do Brasil tem muito o que contar. Leia a seguir, reportagem da revista Piauí da época das acusações contra Dilma.

O site oficial da Casa Civil informa que a ministra é "mestre em teoria econômica pela Universidade de Campinas (Unicamp) e doutoranda em economia monetária e financeira pela mesma universidade". Na Plataforma Lattes, a base de dados de currículos e instituições das áreas de ciência e tecnologia, o currículo de Dilma Vana Rousseff registra um mestrado em ciência econômica, na Unicamp, em 1978-1979, com a dissertação "Modelo energético do estado do Rio Grande do Sul", sob a orientação do professor João Manoel Cardoso de Mello. Informa também que ela começou, em 1998, um doutorado em ciências sociais aplicadas - mas não dá o nome do orientador nem o da tese de doutorado.

"Dilma Vana Rousseff nunca se matriculou em nenhum curso de mestrado na Unicamp", informou o diretor de registro acadêmico Antônio Faggiani. Pedi que, além de consultar no sistema informatizado, ele verificasse também o arquivo morto, que abriga os documentos em papel da Unicamp. Isso feito, Faggiani confirmou a informação: "O que existe, oficialmente, é a matrícula no curso de doutorado, em 1998, abandonado em 2004, quando acabou o prazo para a integralização dos créditos."

Ao saber da posição oficial da universidade, a ministra me disse: "Fiz o curso de mestrado, mas não o concluí e não fiz dissertação. Foi por isso que voltei à universidade para fazer o doutorado. E aí eu virei ministra e não concluí o doutorado." Em resumo, o site da Casa Civil está errado: Dilma não é nem mestra nem doutoranda.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Ministra da Educação da Alemanha renuncia depois de comprovação de plágio em doutorado próprio

A ministra da Educação da Alemanha, Annette Schavan, confidente da chanceler Angela Merkel, pediu demissão nesta sexta-feira, após perder seu diploma de doutorado por acusações de plágio. Em pronunciamento, ao lado da amiga, ela voltou a negar as denúncias, mas disse que chegou a hora de deixar a liderança da pasta:

- Eu acho que hoje é o dia de deixar o meu posto ministerial e concentrar meus serviços como membro do Parlamento Eu não irei aceitar a decisão da universidade. Eu não copiei nada ou plagiei.  Primeiro a nação, depois o partido e então eu mesma.

Na terça-feira, a universidade Duesseldorf's Heinrich Heine anunciou que estava removendo o diploma de doutorado de Schavan, após uma revisão. A política, , de 57 anos, finalizou seus estudos há 33 anos, mas instituição de ensino entendeu que ela “sistematicamente e intencionalmente” copiou partes de textos para sua tese.

Alegações contra a ministra foram levantadas por caçadores de plágio na internet no ano passado e deflagraram uma apuração interna na universidade, a pedido da própria. Mas, num documento de 75 páginas, a comissão de investigadores, comandada pelo professor Stefan Rohrbacher, detectou no texto de 351 páginas as ausências das devidas referências bibliográfica em pelo menos 60 delas.

CLIQUE AQUI para ver a foto da ministra e o ler o restante da reportagem.

Juiz que condenou os bandidos do Mensalão virou herói do Carnaval

* Clipping O Globo
Juliana Castro

O processo do mensalão perdeu o juridiquês e ganhou um ar mais descontraído. Pelo menos durante este carnaval. De marchinhas a máscaras, o escândalo e seus personagens foram parar no rosto e na boca do povo durante os blocos. E, quando se fala no tema, não há figura mais homenageada do que o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e relator do processo na Corte, Joaquim Barbosa.
O rosto do ministro está moldado em máscaras e seu nome foi parar nas letras de sambas e marchinhas. Barbosa virou até boneco gigante, com direito a toga, no carnaval pernambucano, homenagem feita com sua autorização.
Tudo com a devida vênia — expressão que os ministros do Supremo e os advogados repetiam como um mantra no julgamento e que significa “com o devido respeito”.
 

Rafael Moraes / Agência O Globo

— Já vendemos 26 mil máscaras do Joaquim Barbosa e ainda hoje (sexta-feira) estamos acabando de pintar as últimas. A última vez que vendemos essa quantidade de um único personagem foi na primeira eleição do Lula. Eu não esperava vender isso tudo. Em setembro, tinha feito um cálculo de dez mil máscaras do Joaquim — disse Olga Valles, proprietária da fábrica fluminense que produz os itens.

Desordem em Santa Catarina - Terror prosseguiu no sábado. Colombo continua refém político dos bandidos.


Duas novas ocorrências registradas desde a noite de sábado deram fim à esperança de que a onda de ataques em Santa Catarina tivesse chegado ao fim. Foi isto que escreveu neste domingo o jornal Diário Catarinense, de Florianópolis, sem sublinhar em tons dramáticos o conteúdo de perplexidade, incredulidade e paralisia que emanam das informações oficiais. O governador  Raimundo Colombo continua refém político dos bandidos. É mais do que hora de botar o Exército nas ruas, restabelecendo a autoridade que o fraco governador não consegue repor. A notícia a seguir é do jornal:

Por volta das 21h50min, dois homens em uma motocicleta efetuaram 11 disparos contra a casa do pai de um agente do Deap, no bairro Aeroporto, em Tubarão, no Sul do Estado. Três disparos atingiram o interior da residência e o restante acertou o muro e a fachada da casa. Os autores do crime não foram identificados.

Algumas horas mais tarde, já na madrugada deste domingo, um ônibus foi incendiado dentro da garagem da empresa Reunidas, no município de Porto União. Por volta das 2h30min, o vigia de plantão escutou o alarme disparar, mas não notou nenhuma movimentação no local. Ele chegou a retornar para a guarita, e o alarme voltou a ser acionado. Desta vez, o vigilante viu um ônibus em chamas, e acionou o Corpo de Bombeiros da cidade.O veículo ficou quase completamente destruído. Quatro suspeitos foram detidos próximo ao local do crime. Todos tinham passagem pela polícia, e nenhum era menor de idade.

A Polícia Militar já confirmou que as duas ocorrências estão relacionadas à onda de atentados. O número de ataques sobe para 85, e o de cidades atingidas, para 27.

Artigo - Os companheiros arrombaram os cofres, privatizaram para si e podem ter quebrado a Petrobrás

* Clipping Folha de S. Paulo, Eliane Cantanhêde

O petróleo é nosso, a Petrobras é um dos maiores orgulhos nacionais e o pré-sal (junto com a magia da "autossuficiência") embotou o brilho dos biocombustíveis, encheu os olhos do mundo, atiçou a verve de Lula e recheou as urnas de Dilma Rousseff em 2010. Apesar de tudo isso, o lucro líquido da Petrobras caiu 36% em 2012 e suas ações despencam ano após ano. Ela vem recuando no ranking internacional de petroleiras e perdeu o mítico primeiro lugar entre as empresas nacionais para a Ambev, um grupo privado.

Nós, os leigos, não sabemos nada e temos má vontade ao analisar a grandiosidade das intenções e das ações dos governantes (que o digam Sarney, Collor, Itamar, Fernando Henrique, Lula e, agora, Dilma). Mas alguém poderia nos explicar? Na versão corrente, a culpa é das oscilações do dólar; do aumento das importações da gasolina e do diesel; e da defasagem entre os preços dos combustíveis praticados internamente e a cotação internacional.Mas como assim importação? Não se falava tanto na tal "autossuficiência"? E essa defasagem nos preços não foi um erro de cálculo, foi uma decisão política da Presidência da República imposta de cima para baixo a uma companhia que deve explicações a seus acionistas -e, principalmente, à sociedade brasileira.

A gestão política dos preços, aliás, tem tudo a ver com o aparelhamento insolente da maior, ops!, da ex-maior companhia brasileira. Os companheiros arrombaram a porta, sentaram, usaram e abusaram. Os incontáveis alertas feitos por técnicos e pela imprensa nos últimos dez anos foram sempre desqualificados como "coisa da elite", "estratégia tucana", "ataque dos conservadores".

Graça Foster, uma técnica que parece respeitar a verdade, veio para ajustar a bússola e evitar um Titanic. Ela deveria dar um troféu pelo desastre para o seu antecessor, José Sergio Gabrielli. Ou para Lula.

Justiça Eleitoral fulmina tentativa de estelionato eleitoral do PT em Novo Hamburgo. Kopschina continua na disputa.

Em sentença publicada neste final de semana  a Justiça Eleitoral  negou registro à candidatura do ex-prefeito Tarcisio Zimmermann, confirmando todas as decisões judiciais anteriores que o inabilitaram para a disputa extra de março em Novo Hamburgo.

. O candidato que continua na disputa, aprovado em todas as instâncias judiciais, é Paulo Kopschina, por ampla coligação liderada por PMDB e PDT. Ele foi o segundo colocado no pleito de outubro. 

. O líder petista não podia concorrer em outubro, sabia que sua candidatura seria impugnada porque ele já era Ficha Suja, e que o pleito seria anulado em caso de vitória, e que se isto acontecesse seria convocada nova eleição e ele não poderia concorrer por ter dado origem à anulação, mas apesar disto insistiu em aplicar estelionato eleitoral na cidade.

. As manobras infantis de Tarcisio e do PT não deram certo.

. A Justiça Eleitoral poderá obrigar Tarcisio ao pagamento das custas da nova eleição.

- Nos meios políticos de Novo Hamburgo já se especulam nomes de candidatos à vice-prefeito para Luis Lauermann, que assumiria a cabeça de chapa, provavelmente entre nomes do PTB (Paulo Ritzel, Ademir Schneider, Roque Serpa ou Patrícia Beck). Também há especulações sobre nomes do próprio PT (Nassem Luciano ou Fufa Azevedo). Por hora, não há outras informações seguras, mas em entrevista, o presidente do PT informou que no domingo será decidida a composição da nova chapa majoritária. O anúncio da nova chapa será as 16h30min e englobará líderes do PT, PTB, PCdoB, PTdoB, PRDB, PR, PRB, PSB, PSD, PTC, PSC e PSL