Diego Casagrande entrevista ministra da Corte Suprema da Venezuela que falará quarta em Porto Alegre

A ex-ministra Blaca De León, aposentada a força da Corte Suprema da Venezuela, falará nesta quarta, 9h, no auditório do Tribunal de Contas, Porto Alegre.

. Nesta segunda, dra. Blanca falou para o jornalista Diego Casagrande, da Band.

. CLIQUE AQUI para examinar a entrevista completa.

Ministro Joaquim Barbosa horroriza-se com o desumano Presídio Central de Porto Alegre

O ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), chegou em Porto Alegre às 16h desta segunda-feira para uma visita ao Presídio Central, administrado pelo governo do RS O ministro deixou o aeroporto por volta das 16h15min e foi escoltado por 15 veículos até a penitenciária. Por causa das condições desumanas, o Brasil foi denunciado à Comissão de Direitos Humanos, ligada à Organização dos Estados Americanos (OEA), em janeiro do ano passado, mas as promessas de melhoria não foram cumpridas pelo governador Tarso Genro. 

. Joaquim Barbosa teve o interesse despertado pela situação do presídio após a leitura dos relatórios repassados por entidades gaúchas que narram as péssimas condições estruturais da cadeia e a superlotação — são 4,3 mil presos amontoados em espaços para 2 mil. 

. Quem acompanhou Joaquim Barbosa, percebeu que o ministro ficou horrorizado com o que viu. 

A visita faz parte de atividades do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), também presidido por Barbosa. 

Já temos campanha eleitoral no RS

A campanha eleitoral começou no RS, porque no sábado foram lançadas as candidaturas de José Ivo Sartori, PMDB, e Tarso Genro, PT. Sartori mal tem 10% das intenções de votos, contra mais de 30% de Tarso e perto de 50% de Ana Amélia, PP, mas Sartori, dos três, era o único que não se dizia candidato.

. O PMDB promoveu uma pré-convenção mobilizadíssima, sepultou as pretensões dilmistas do deputado Eliseu Padilha e escolheu o candidato mais competitivo que o Partido tinha à mão, enquanto que o PT, errando oceanicamente ao escolher a mesma data para a sua festa, saiu cambaleante pelo alambrado, já que nem sequer seu principal eleitor no PTB, Sérgio Zambiasi, aceitou fazer o discurso de saudação ao candidato Tarso Genro.

CLIQUE no vídeo para examinar a análise que o editor faz dos dois eventos, intitulada: Já temos campanha eleitoral no RS.

Artigo, Ferreira Gullar - Paga o justo pelo baderneiro

O poeta e escritor Ferreira Gullar escreve neste artigo:

Acho que já é hora de se perguntar a essas pessoas (os críticas da polícia) se já se deram conta de que o policial é gente como nós, tem mulher, filhos e não gosta de ser agredido com pedras, rojões e canos de ferro. E tampouco quer morrer.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Tarso perde todas no comando da CPI da CEEE

O governo sofreu uma derrota inesperada esta tarde na CPI da CEEE, porque além da presidência, Lucas Redecker, PSDB, a oposição também ficou com a vice-presidência, que foi para João Fischer, PP.

. O estratégico cargo de relator está com o deputado Catarina Paladini, PSB. O PSB tem mantido posição nominalmente independente, mas dois dos três deputados – Miki Breier e Catarina Paladini – costumam votar com a oposição.

. A rigor, o governo até poderia ter faturado a importante posição de relator, mas o governador Tarso Genro resolveu intervir, ignorou as advertências do seu próprio Partido, o PT, e bancou o deputado Marlon Santos, PDT. 


JBS é condenada no RS em inédita ação coletiva movida pelo INSS

A Doux Frangosul S/A Avícola Industrial (atual JBS Aves, de Montenegro) foi condenada em 1ª instância pela Justiça Federal de Porto Alegre a ressarcir as despesas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) com os auxílios-doença acidentários concedidos aos segurados prejudicados pelas condições da jornada de trabalho da empresa. Além da restituição dos valores pagos pelo INSS desde setembro de 2007, a empresa está obrigada a ressarcir todas as parcelas futuras dos benefícios, até que estes cessem. É a primeira ação coletiva do tipo proposta no País.

Sinduscon do RS denuncia atrasos nos pagamentos do programa "Minha Casa, Minha Vida"

O Sinduscon do RS denunciou esta tarde que  governo federal  está atrasando os pagamentos às empresas que constroem habitações destinadas às famílias de renda mais baixa inscritas no programa Minha Casa, Minha Vida – Faixa 1 no Estado. 

. O problema está ocorrendo em todo o país e no Rio Grande do Sul o Sinduscon/RS recebeu reclamações de pelo menos uma dezena de empresas devido aos atrasos. 

. O vice-presidente da entidade, Rafael Tregansin, mandou dizer ao editor que o preço pago pelo governo para esta faixa do PMCMV, que beneficia famílias com renda mensal de até R$ 1,6 mil (faixa 1) é reduzido, oferecendo margens mínimas de rentabilidade, e obrigando as empresas a trabalhar no limite entre o lucro (mínimo) e o prejuízo. Como atrativos às empresas e forma de viabilização destes empreendimentos, o governo reduziu carga tributária e os municípios aportam contrapartidas como doação de terrenos ou mesmo recursos. No final de 2013 verificou-se um grande número de reclamações por parte das empresas que trabalham nesta faixa do PMCMV. Muitas empresas relataram que se passaram até duas semanas para a liberação dos recursos, justamente num período crítico do ano em que há pagamentos de férias e 13º salário. 

. O problema vem se repetindo desde fevereiro último. Neste momento há empresas que estão com atrasos de recebimentos de mais de dez dias. Conforme Tregansin, a demora na liberação dos recursos é extremamente prejudicial às empresas. “As programações para pagamentos de trabalhadores e insumos seguem o cronograma de liberação de recursos e o não cumprimento deste cronograma descapitaliza as construtoras que precisam decidir entre não pagar suas contas ou buscar empréstimos”.

Focus revê PIB para 2014. Crescimento seria de 1,70% e não de 1,68% como estava previsto.

A previsão de crescimento da economia brasileira em 2014 subiu de 1,68% para 1,70% na pesquisa Focus do Banco Central. Para 2015, a estimativa de expansão se manteve em 2,00%. Há quatro semanas, as projeções eram, respectivamente, de 1,79% e 2,10%.

. A projeção para o crescimento do setor industrial em 2014, entretanto, caiu de 1,57% para 1,44%. Para 2015, economistas aumentaram a previsão de avanço industrial de 2,95% para 3,00%. Quatro semanas antes, a Focus apontava estimativa de expansão de 1,93% para 2014 e de 2,89% em 2015 para o setor.

Os analistas revisaram a previsão para o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB em 2014 de 34,70% para 34,60%. Há quatro semanas, estava em 34,80%. Para 2015, segue em 35,00% há 13 semanas.


Jornalista Martinelli defende-se com ironia da Operação Lava Jato: "Este assunto não é comigo. Não vendo e nem compro dólares. Não tenho conta no exterior. Não tenho segredos".

O jornalista Júlio Ribeiro (foto ao lado), presidente do Clube de Opinião do RS, disse ainda há pouco que põe a mão no fogo pelo jornalista Marcos Martinelli, ex-RBS, prestando serviços atualmente à Fundação Ulysses Guimarães, PMDB, investigado no âmbito da Operação Lava Jato, desfechada hoje pela Polícia Federal. Casa de Martinelli foi invadida pela PF, que levou de lá um notebook. Esta tarde, o jornalista postou a seguinte carta no seu Facebook:

Caros amigos,

Prá começar, não estou comprando nem vendendo dólares e, infelizmente, não tenho conta no exterior. Estou trabalhando em Roraima (contribuo para o INSS há 40 anos e preciso trabalhar para pagar contas)e a PF foi ao meu apartamento (único que tenho, vizinho do Daniel Scola) para executar um mandato de busca e apreensão. Pra começar, O MANDATO ESTAVA EM NOME DE OUTRA PESSOA, que não cito para não complicar também a vida dela que, certamente, também nada tem a ver com os bilhões que a tal operação se refere. Mas quem quiser checar é só procurar os autos.

Mas este "erro"é pra outro momento. Foco no que aconteceu em termos práticos: mesmo sem mandato em meu nome, minha esposa deixou a equipe de quatro policiais federais entrar.

Vasculharam tudo, reviraram e nada encontraram, claro, pois nada de errado tinha. Dentro do trabalho de praxe, levaram documentos e meu computador para verificação. Certamente nada encontrarão que me leve a fazer parte do tal complô bilionário.

Como consultor de marketing e gestão de crise para empresas e partidos, tenho contatos no Brasil inteiro. Sem eles, não consigo trabalhos. Um dos últimos trabalhos que ainda realizo é para a honrada Fundação Ulysses Guimarães, realizando palestras em todas as regiões do Brasil, a próxima no Rio e, na outra semana, em POA.

Até agora não recebi contato da polícia federal, que certamente tem meu telefone. Não me escondo de nada, nem de ninguém. Quem me conhece, sabe disto. Como jornalista há quatro décadas, sempre fui contra ações "espetacularizantes" que, certamente, poderiam apurar antes com maior eficiência e, divulgar, depois. Mas sabemos como as ações de mídia são importantes.

Assim que souber o que realmente está acontecendo informo meus amigos. Ainda estou surpreso com tudo isto. Imaginem-se no meu lugar. Mas não perco o humor e antecipo: não adianta pedir ou querer me vender dólares, não trabalho com este tipo de mercado... Ah, também - infelizmente - não tenho contas no exterior, só no velho Banrisul e no Itaú, devidamente registradas no meu imposto de renda, bem como os impostos que pago regularmente, em dia.

Volto ao trabalho, desejando que o dia de vocês seja menos tumultuado que o meu.

Abraços e obrigado pela solidariedade de quem me conhece, que é o que importa.

Política do governo prejudica Petrobras e etanol, diz analista

O governo Lula chegou a anunciar que o Brasil seria o maior produtor mundial de etanol, estimulou investimentos bilionários na área e agora a ambiciosa política que montou está em ruínas, com desinvestimentos, prejuízos e quebra de usinas. No RS, quem entrou na bravata do governo do PT acabou se dando muito mal. Leia tudo no material a seguir da Folha de ontem:

O controle do preço da gasolina é um dos responsáveis pelo retrocesso do setor de etanol no Brasil. Ao lado dos problemas climáticos e da crise de 2008, a política do governo na área energética, que também cria problemas para a Petrobras, desestimula os investimentos no setor.
Parece mais uma queixa dos usineiros, mas a análise é de um dos especialistas mais respeitados no setor de energia do mundo.
Segundo Antoine Halff, chefe da divisão de Mercados da Agência Internacional de Energia (AIE), apesar das dificuldades, o país será um grande fornecedor global de etanol e petróleo no futuro.

Folha - Apesar do potencial do Brasil em etanol, há desinvestimentos no setor. Qual é o principal entrave?

Antoine Halff - É uma combinação de fatores. Isso reflete problemas climáticos, que reduziram as safras recentes, o impacto da crise financeira na indústria --muitas quebraram-- e ainda há uma herança do alto endividamento do setor. Mas também há um fator político para essa desaceleração que tem a ver com a política de preços para a gasolina. Esse conjunto tornou mais difícil para o etanol competir com a gasolina;

CLIQUE AQUI para ler mais.


O Trensurb, controlado pelo PT do RS fecha-se em copas e não fala nada sobre compra de R$ 243,7 milhões do cartel Altson-CAF

Ao lado, Dilma firma sua própria assinatura no contrato sob suspeita do Trensurb. Tarso, sorridente, foi testemunha ocular. 



Os novos indícios vistos pelo Cade mostram que o PT adota como cartilha a velha tática de bater a carteiras e gritar "pega ladrão.

Respingou no Rio Grande do Sul a tentativa do do Cade, governo federal, de dividir com outros partidos e governos o desgaste das denúncias de cartel em licitações de metrô em São Paulo.

A Polícia Federal investigará a compra de 15 trens feita pela Trensurb, no valor de R$ 243,7 milhões, do consórcio formado pela Alstom e CAF — ambas citadas no caso paulista. As duas empresas também venderam 10 trens à Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) em Belo Horizonte. Nas duas licitações, não houve concorrência.

. O órgão pediu à CBTU e à Trensurb os documentos das compras realizadas em 2012, examinou tudo e viu indícios de malfeitorias.

. Trensurb e CBTU são ligadas e recebem dinheiro do Ministério das Cidades. É a tentativa de envolver o governo do PT e siglas aliadas no escândalo.

. Com base no material existem dúvidas sobre as compras dos trens no Rio Grande do Sul e em Minas Gerais. Nos dois casos, venceu a parceria formada por Alstom e CAF, única a apresentar proposta, sendo que as companhias revezaram o controle do consórcio. As licitações foram feitas pelo Regime Diferenciado de Contratações (RDC). 

Gilberto Simões Pires mostra que Tarso Genro usa sua Proposta Orçamentária para defender transição para o comunismo no RS

O título do artigo de hoje do economista e jornalista Gilberto Simões Pires, dono do blog Ponto Crítico, Porto Alegre, é "Vontade explícita". Ele examinou todo o calhamaço com a proposta orçamentária do governo gaúcho para denunciar que  é real a vontade firme do PT de fazer a TRANSIÇÃO PARA O SOCIALISMO, no molde proposto por Antonio Gramsci, na sua obra - CADERNOS DO CÁRCERE -, escolhida pelos membros do Foro se São Paulo. Leia tudo:

Basta ler a Mensagem do governador Tarso Genro que capeia a Proposta de Lei Orçamentária para 2014, enviada à Assembleia Legislativa do RS. Para que não paire qualquer dúvida sobre os reais objetivos do governo petista do RS, a leitura da Mensagem deve ser feita na íntegra. Ainda assim, prestem atenção no que está escrito na página 17 da Proposta Orçamentária enviada no dia 13/09/2013 (http://www.seplag.rs.gov.br/conteudo/3469/Proposta-Orcamentaria), onde consta, com total clareza, o seguinte:. O novo papel do Estado ou avançará no sentido de iniciar uma TRANSIÇÃO AO SOCIALISMO ou ficará restrito a uma reforma do capitalismo que fortaleça a autonomia de suas burguesias nacionais e promova sua ascensão à situação de competidoras no cenário mundial a partir da consolidação, com o apoio de seus governos, da condição de -campeões- empresariais regionais. Enquanto os leitores mais céticos permanecem resistentes, imaginando que este editor comete exageros, desde já insisto: pela minha régua de medição, as obras da TRANSIÇÃO PARA O SOCIALISMO BOLIVARIANO no Brasil já atingiram 82,5%. As vias estão prontas faltando só o entorno. O compromisso assumido e devidamente assinado pelo governador Tarso Genro, não fixou uma data para que a TRANSIÇÃO seja completada. Mas, pela Lei Orçamentária, o caminho já está aberto, definido e só precisa ser trilhado. Com as eventuais correções de rumo, sempre que for necessário. Como podem notar, a Mensagem, assim como a Proposta de Lei Orçamentária para 2014, foi enviada no dia 13 de setembro de 2013. Entretanto, a presidência da Assembleia ficou calada diante da clara vontade do governador Tarso, de transformar o Estado do RS numa mostra comunista, que acabará servindo de modelo para ser seguida por outros Estados.

FONTE  
Quem me fez o alerta, matando a cobra e mostrando o pau, foi Fábio Pesavento, Coordenador Núcleo de Economia Empresarial - ESPM-SUL. Faço questão de mencionar a fonte porque mostra o quanto alguns leitores se interessam em mostrar que estamos a caminho do fim. O fim da liberdade, que sempre foi muito precária no RS, infelizmente.

Mendes Filho faz discurso low profile e recebe apoio respeitoso de todo o PMDB

O deputado e ex-ministro da Agricultura, Mendes Filho, compareceu e falou na convenção estadual do PMDB. Embora apoiando claramente a candidatura de Paulo Ziukolski, ele preferiu fazer um discurso low profile e acabou recebendo manifestações respeitosas de todos os lados.

. Mendes Filho prossegue em tratamento fisioterápico e não reassumirá tão cedo sua cadeira na Câmara dos Deputados. 


Zambiasi fura agenda, não vai e não fala na festa de lançamento de Tarso Genro

Embora com seu nome constando da agenda e incluído na lista de oradores, o ex-senador Sérgio Zambiasi não compareceu e nem falou na festa de aniversário do governador Tarso Genro, quando ocorreu o lançamento da candidatura do PT ao governo do RS. 

. Quem falou pelo PTB foi o deputado Luís Lara, secretário do Trabalho.

Yeda rebate Tarso no Facebook: "Pibão foram os meus !".

Yeda, ao lado, mirando no governo Tarso.



Aproveitando a deixa do governador Tarso Genro, que atribui ao seu governo o bom resultado do PIB em 2013, a ex-governadora Yeda Crusius postou mensagem no seu Facebook, esta manhã, reivindicando a supremacia do seu governo sobre o do PT, mostrando os números.

Yeda examinou o gráfico com a evolução do PIB e constatou que em dois dos seus quatro anos de governo, a economia gaúcha registrou expansão superior a de qualquer dos anos do governo Tarso, inclusive 2013.

Leia o que ela acabou de postar no seu Facebook:

Não é para "me gabar", mas sim para repor a verdade das coisas. É porque fizemos o déficit zero, fazendo mais com menos por causa do nosso governo de gestão, gastando mais em tudo o que é importante - saúde, educação, infraestrutura, segurança, consulta popular, precatórios, atrasados em dia. Aguentem, turma do contra: é por isso que somos campeões em PIBÃO. Os números não mentem...

As 14h30min, Polícia Federal esclarecerá o que existe contra Antonini e Martinelli na Operação Lava Jato

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje, a Operação Lava Jato, para desarticular organizações criminosas que tinham como finalidade a lavagem de dinheiro em diversos estados da Federação. De acordo com as informações fornecidas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF/MF) e obtidas pela Polícia Federal, os grupos investigados registraram comunicações de operações financeiras atípicas num montante que supera os 10 bilhões de reais. No RS, mandados de busca e apreensão atingiram o engenheiro Antonini (Grêmio) e o jornalista Marcos Martinelli.

A operação contou com a participação de aproximadamente 400 policiais federais que deram cumprimento a 81 mandados de busca e apreensão, 18 mandados de prisão preventiva, 10 mandados de prisão temporária e 19 mandados de condução coercitiva, em 17 cidades dos seguintes estados: PR (Curitiba, São José dos Pinhais, Londrina e Foz do Iguaçu), SP(São Paulo, Mairiporã, Votuporanga, Vinhedo, Assis e Indaiatuba) DF(Brasília, Águas Claras e Taguatinga Norte), RS(Porto Alegre), SC (Balneário Camboriú), RJ (Rio de Janeiro), MT(Cuiabá). Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal no Estado do Paraná. São cumpridas também ordens de seqüestro de imóveis de alto padrão, além da apreensão de patrimônio adquirido por meio de práticas criminosas, e bloqueio de dezenas de contas e aplicações bancárias.

. O grupo investigado além de envolver alguns dos principais personagens do mercado clandestino de câmbio no Brasil é responsável pela movimentação financeira e lavagem de ativos de diversas pessoas físicas e jurídicas envolvidas com crimes como o tráfico internacional de drogas, corrupção de agentes públicos, sonegação fiscal, evasão de divisas, extração, contrabando de pedras preciosas, desvios de recursos públicos, dentre outros.

* A operação foi assim intitulada porque um dos grupos fazia uso de uma rede de lavanderias e postos de combustíveis para movimentar os valores oriundos de práticas criminosas.

- Será  concedida  entrevista  coletiva  às  14h30  no  auditório da Superintendência da Polícia Federal no Paraná, localizada na Rua Sandália Monzón, 210, bairro Santa Cândida, Curitiba/PR.



Escândalo de lavagem de R$ 10 bilhões atinge engenheiro e jornalista no RS

Entre os presos na Operação Lava Jato, deflagrada pela Polícia Federal nesta segunda-feira, está Enivaldo Quadrado, condenado na Ação Penal 470, o 'mensalão. Outro preso é Enivaldo Quadrado, também julgado no Mensalão (Bônus-Banval). A quadrilha do maior crime dos últimos tempos o mensalão volta a atacar e a bronca agora é de 10 bilhões, tem a cidade de Vinhedo no meio da lambança e lá moram Rui Falcão e Pedro Caroço. Os dois gaúchos teriam recebido valores de um dos principais suspeitos de lavagem de dinheiro, o doleiro paranaense Alberto Youssef, que foi preso em São Luis do Maranhão.

Os repórteres Adriana Irion, Juliana Bublitz e Pedro Teixeiras, todos da RBS, informaram perto do meio dia que os dois investigados da Operação Lava Jato em Porto Alegre, o engenheiro Eduardo Antonini e o jornalista Marcos Martinelli, teriam recebido valores de um dos principais suspeitos de lavagem de dinheiro, o doleiro paranaense Alberto Youssef, que foi preso em São Luis do Maranhão. As casas do engenheiro e do jornalista foram revistadas por policiais, que cumpriram mandato de busca e apreensão. Antoni foi um dos mentores da Arena do Grêmio, enquanto que Martinelli, ex-repórter da RBS TV, trabalha atualmente para o deputado Eliseu Padilha na Fundação Ulysses Guimarães e foi o marqueteiro da campanha vitoriosa de Fortunati, tendo ocupado até há pouco as funções de secretário de Comunicação do prefeito Jairo Jorge, Canoas. Antoni e Martinelli reconheceram a busca e apreensão, mas disseram aos jornalistas que não sabem do que são acusados. Leia tudo:

. Alberto Youssef já foi investigado pela Polícia Federal e, inclusive, já fez acordo de delação premiada. Conforme a apuração federal, Youssef teria remetido dinheiro com suposta origem ilícita para Antonini e Martinelli. Durante as buscas da Operação Lava, agentes federais apreenderam grande quantidade de dinheiro em endereços de Youssef em São Paulo. Dois hotéis de propriedade dele, em Londrina e em Porto Seguro, foram sequestrados por ordem judicial.

A Lava Jato investiga supostas organizações criminosas suspeitas de lavagem de dinheiro. O grupo investigado, além de envolver alguns dos principais personagens do mercado clandestino de câmbio no Brasil, é responsável pela movimentação financeira e lavagem de ativos de diversas pessoas físicas e jurídicas envolvidas com crimes como o tráfico internacional de drogas, corrupção de agentes públicos, sonegação fiscal, evasão de divisas, extração, contrabando de pedras preciosas, desvios de recursos públicos, dentre outros.

Sob clima de boicote, Dilma empossa seis ministros de fim de governo

Da coluna Radar, Veja, Lauro Jardim, ainda há pouco:
Se em tempos de bonança, Dilma Rousseff já não é afeita a sorrisos, imagine agora, após sua base aliada rebelar-se na Câmara. Concluído seu discurso da cerimônia de posse dos novos ministros, hoje, no Palácio do Planalto, Dilma seguiu o ritual: deixou o salão imediatamente rumo ao terceiro andar, sim, mas com semblante fechadíssimo, ainda mais do que o usual.

Num ato de baixo astral e claramente boicotado pelas principais lideranças da Câmara dos Deputados, começando pelo seu presidente, Henrique Eduardo Alves, a presidente Dilma Roussef empossou seis novos ministros, todos para ocupar cargos deixados por titulares que vão disputar eleições ou para ceder lugar a novos aliados.O clima politico no Planalto é constrangedor, porque o governo e o PT parecem ter perdido o eixo com a rebelião do baixo clero (Blocão) comandado pelo líder do PMDB, Eduardo Cunha.

- O Ministério do Desenvolvimento Agrário, atualmente ocupado por Pepe Vargas, será assumido pelo ex-presidente da Petrobras Biocombustível Miguel Rossetto, que já ocupou a pasta no governo Lula. 
- Na pasta das Cidades, o vice-presidente de Governo da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, substituirá o atual ministro Aguinaldo Ribeiro.
- Clelio Campolina Diniz, reitor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), será o novo titular da Ciência e Tecnologia no lugar de Marco Antonio Raupp. 
- Já o senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) ocupará o Ministério da Pesca e Agricultura, atualmente conduzido pelo senador Marcelo Crivella, também do PRB fluminense.

- Neri Geller, hoje secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, será o substituto de Antônio Andrade na pasta.
- Para o lugar de Gastão Vieira no Ministério do Turismo, a presidenta anunciou o gerente de assessoria internacional do Serviço Brasileiro às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Vinicius Nobre Lages.

CLIQUE AQUI para ler "Um novo Cid", de Carlos Heitor Cony, Folha de domingo. 

CEEE produz novo apagão em Porto Alegre

A CEEE produziu novo apagão em Porto Alegre esta manhã. A falta de luz começou as 9h e se estendeu até as 11h. Um dos bairros mais atingidos foi o Petrópolis.

. Chove desde ontem a noite na capital, mas não há vendaval.

. O problema é recorrente e se deve às precárias condições das redes de distribuição em Porto Alegre (redes, transformadores e subestações), o que decorre da falta de investimentos.


Para acabar com privilégios, deputado do Solidariedade quer transferir Zé Dirceu para presídio de segurança máxima

O deputado federal Fernando Francischini, líder do Solidariedade na Câmara, anunciou que vai apresentar um requerimento junto à Vara de Execuções Penais do Distrito Federal pedindo a imediata transferência dos condenados do Mensalão, especialmente José Dirceu, para presídios federais. A decisão foi tomada após reportagem da revista da Abril que publico a foto feita um presidiário. Numa clara violação de direitos humanos. 

. O processo cairá nas mãos do juiz Bruno Ribeiro, que tem sido o braço-direito do presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, ao exigir o estrito cumprimento do dever legal por parte dos carcereiros petistas dos mensaleiros de Brasília. 

- O governo do Distrito Federal, de Agnelo Queiroz, PT, em vez de investigar e coibir os privilégios, decidiu abrir sindicância para apurar como José Dirceu foi fotografado dentro da Papuda, numa imagem que foi estampada pela revista Veja. "Alguém cometeu um crime aí que precisa ser investigado", disse André Duda, petista que ocupa o cargo de secretário de Comunicação do DF.

CPI da CEEE escolherá relator esta tarde. PT, PDT e PMDB disputarão o cargo.

Será esta tarde a primeira reunião da CPI da CEEE na Assembléia do RS. O presidente da CPI, Lucas Redecker, PSDB, colocará em votação a escolha do relator e também de 79 requerimentos.

. A relatoria é disputada pelo PT, mas PDT e PMDB também querem o cargo, que é estratégico.

. Os 12 membros da CPi estão divididos meio a meio e o voto de Minerva poderá caber a Redecker. 

PTB avisa que Zambiasi não será vice de Tarso e que quer aliança também para deputados

Neta entrevista ao repórter, Alexandre Leboutte, Jornal do Comércio, o secretário do Trabalho de Tarso, Luiz Augusto Lara, que é vice-presidente do PTB no RS, diz que o Partido apoiará a tentativa de reeleição de Tarso, nega que Zambiasi vá ser vice e avisa que quer alianças na proporcional e na majoritária. A entrevista é esclarecedora e também coloca pontos importantíssimos sobre a salada de frutas existente entre os Partidos, como ele mesmo classifica. Leia tudo:

Convidado para indicar o candidato a vice na chapa do governador Tarso Genro (PT), na disputa à reeleição, o PTB entende que ainda não é o momento de discutir nomes para a vaga, apostando que o mais importante é investir na formação de uma boa nominata para deputado estadual e federal. 
Mais do que isso, o vice-presidente da sigla, Luís Augusto Lara, argumenta que é preciso reproduzir a aliança majoritária na disputa proporcional, como forma de fortalecer a coalizão que hoje governa o Estado, vislumbrando a possibilidade de um segundo mandato. A proposta já foi entregue, na semana passada, à coordenação de governo, composta pelos principais secretários do núcleo de gestão do Palácio Piratini.

Lara deixa o cargo de secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social do governo gaúcho no próximo dia 20, quando retoma o mandato na Assembleia Legislativa. Não está descartada, porém, a possibilidade de ser indicado para vice na chapa de Tarso. O PTB já entregou ao governador os nomes indicados para a substituição de Lara e dos secretários Luiz Carlos Busato (Secretaria de Obras Públicas) e Maurício Dziedricki (Secretaria de Economia Solidária e Apoio a Micro e pequena Empresa). 
CLIQUE AQUI para ler tudo.

Professores estaduais abriram a semana em greve no RS

A rede pública estadual do RS abriu a semana com os professores em greve geral. A paralisação durará três dias. O Cpers determinou o cancelamento das aulas para pressionar o governo a pagar o piso nacional do magistério, cuja lei foi promulgada com as assinaturas de Lula e de Tarso, mas que Tarso nega-se a cumprir.