Sindicato diz possuiur dossiê com emendas do PT para a Delta e faz chantagem com governo Dilma

* Clipping Lauro Jardim, Radar on Line, www.veja.com.br

A investida do sindicato-chantagista (Aneinfra) para cima da secretária-adjunta do Planejamento, Marcela Tapajós, foi realmente pesada e misturou até uma grande personagem da CPI mista do Cachoeira.
Na voz do diretor do Aneinfra, Alexandre Ono, os sindicalistas disseram que divulgariam um dossiê com todas as emendas parlamentares e liberações de recursos do governo destinados à Delta Construções de Fernando Cavendish.
Os chantagistas ameaçaram ainda direcionar o dossiê a petistas graúdos. Por exemplo: atingir o fígado da ministra Miriam Belchior. O idealizador da chantagem é um sindicalista apelidado de Hélio Gambiarra, que estava na reunião, é suplente do senador Rodrigo Rollemberg e ex-dirigente do PT. Alguém, portanto, que tem condições de sobra de ferrar o partido.

Ministro do STF, Dias Toffoli, o queridinho do PT, ataca Ricardo Noblat: "Filho da puta. Canalha!"

* Clipping www.noblat.com.br

Acabo de sair de uma festa em Brasília. Na chegada e na saída cumprimentei José Antônio Dias Tóffoli, ministro do Supremo Tribunal Federal. Há pouco, quando passava pelo portão da casa para pegar meu carro e vir embora, senti-me atraído por palavrões ditos pelo ministro em voz alta, quase aos berros.

Voltei e fiquei num ponto do terraço da casa de onde dava para ouvir com clareza o que ele dizia.
Tóffoli referia-se a mim.

Reproduzo algumas coisas que ele disse (não necessariamente nessa ordem) e que guardei de memória:
- Esse rapaz é um canalha, um filho da puta.

Repetiu "filho da puta" pelo menos cinco vezes. E foi adiante:- Ele só fala mal de mim. Quero que ele se foda. Eu me preparei muito mais do que ele para chegar a ministro do Supremo.

Acrescentou:- Em Marília não é assim.

Foi em Marília, interior de São Paulo, que o ministro nasceu em novembro de 1967. Por mais de cinco minutos, alternou os insultos que me dirigiu sem saber que eu o escutava:
- Filho da puta, canalha.

Depois disse:- O Zé Dirceu escreve no blog dele. Pois outro dia, esse canalha o criticou. Não gostei de tê-lo encontrado aqui. Não gostei.

Arrematou:- Chupa! Minha pica é doce. Ele que chupe minha pica.

Goldsztein vende Paseo Zona sul e concentra negócios no mercado imobiliário residencial e corporativo

Por uma decisão estratégica de concentrar os negócios no mercado imobiliário residencial e corporativo, a Goldsztein Patrimonial anuncia sua saída do setor varejista com a venda do shopping Paseo Zona Sul, localizando na região sul da capital gaúcha, para um grupo de investidores gaúchos.

,. Concebido sob um projeto inédito na capital em 2010, o Paseo Zona Sul dsestacou-se no mercado pelo conceito diferenciado de um centro de compras pela atenção com o meio-ambiente e relação comunidade na qual está inserida. Telhados verdes ou os chamados ecotelhados, aproveitamento da água da chuva, pisos drenantes, shopping a céu aberto, separação de lixo, empréstimos de bicicletas e ações de interação entre as famílias da zona sul de Porto Alegre, são alguns dos pontos diferenciados do empreendimento, e que desde o inicio chamaram a atenção do mercado.

. Eis o que disse ao editor sobre o empreendimento, o diretor da Goldsztein Patrimonial, Eduardo goldsztein:

- Desde o primeiro ano de inauguração, o Paseo tem sido um empreendimento rentável, mas, antes disso, conseguimos mostrar um conceito inovador de shopping.Temos a certeza de que com o Paseo, criamos uma referência de mercado para shoppings de vizinhança, um empreendimento conectado diretamente com seus frequentadores e diferenciado, considerado como um lugar agradável de estar, de conviver e de realizar compras

- A partir de agora, a Goldsztein Patrimonial, que já construiu, até o momento 3 milhões de m², somando 10.000 unidades concebidas, dedica-se  ao mais novo lançamento da empresa, o Vitra,o maior e mais luxuoso empreendimento da incorporadora. Realizado pela Baldasso & Loeff Arquitetura I Design,  o Vitra é o arquitetônico mais importante do novo bairro Jardim Europa, criado justamente pela companhia do RS.