Preços dos imóveis sobe pouco em Porto Alegre. Variação média de 2014 foi de apenas 4,35%.

Ao lado, a arte mostra onde estão os imóveis mais baratos e mais caros de Porto Alegre. O material é de www.zerohora.com.br de hoje, de quem é também a informação a seguir. 



O preço dos imóveis anunciados para venda em Porto Alegre desacelerou e fechou 2014 com alta média de 4,35%, segundo o Índice Fipezap. É abaixo da inflação registrada na Capital no período, que foi de 7,24%. As informações são do blog Acerto de Contas.

. Em dezembro, o preço médio caiu 0,9% em Porto Alegre. Foi o quarto mês do ano com queda de preço.

. O metro quadrado em Porto Alegre fechou o ano custando R$ 5.040. A pesquisa considera 20 cidades e o valor mais alto do País está no Rio de Janeiro, em R$ 10.893.

MEC reajusta piso salarial nacional do magistério para R$ 1.917,78, aumento de 13,01%. RS não pagava, não paga e não pagará o que deve.

O Ministério da Educação informou, há pouco, que o piso salarial do magistério terá aumento de 13,01%. Com o reajuste, o salário inicial passará para R$ 1.917,78 a partir deste mês. O cálculo está previsto na Lei do Piso (Lei 11.738/2008), que vincula o aumento ao percentual de crescimento do valor anual mínimo por aluno, referente aos anos iniciais do ensino fundamental urbano.

. O novo montante é relativo ao salário inicial dos professores de escola pública, com formação de nível médio e jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Crise no setor automotivo também faz Mercedes demitir. Foram 244 na virada do ano

Depois de a Volkswagen anunciar demissão de 800 funcionários, a Mercedes Benz parece confirmar início de crise no setor automobilístico brasileiro. A montadora alemã demitiu 244 funcionários no final do ano, conforme o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC paulista, que afirma também que os metalúrgicos estão em greve desde o início do dia, após o corte na Volks. 

. A Mercedes não confirmou o número, mas informou que 'uma pequena parte' dos 1,2 mil trabalhadores foram demitidos

Governo anuncia Presser para Corsan. Nuñez vai para o Daer e Kuhn para Emater.

O Piratini confirmou neste final de tarde os nomes de três novos titulares de estatais e autarquias do governo do RS;

Corsan, Flávio Presser
Daer, Ricrdo Nuñez
Emater, Clair Kuhn

Análise - A passagem de Jorge Gerdau pelos governos do PT terminou de modo melancólico, como se nunca tivesse existido.

Neste início de mandato da presidente Dilma Roussef, o industrial Jorge Gerdau nem parece mais o mesmo homem que na cerimônia de posse do primeiro mandato de Lula costeou o alambrado do Palácio do Planalto para implorar por um pouco de atenção e festejar a nova aurora do Brasil.

. É que ele não esteve no Congresso, não foi à recepção no Planalto e sequer esteve entre os convidados mais vistosos da cerimônia de posse do novo ministro da Fazenda.

. O desprestígio de Jorge Gerdau no governo federal é visível e decorre muito mais da parte podre das companhias que escolheu dentro do PT.

. Nos últimos meses, o presidente do Conselho de Administração do grupo Gerdau perdeu o cargo que tinha como conselheiro da Petrobrás, condição que o coloca como testemunha voluntária ou involuntária das malfeitorias levadas a efeito pela organização criminosa em que se transformou a estatal, bem sob seus atentos olhos e bem azeitados ouvidos. O resultado é que Gerdau é citado numa das ações já intentadas contra a Petrobrás, a de Providence, EUA. 

. Pior ainda foi o modo melancólico como deixou a presidência da Câmara de Políticas de Gestão, Desempenho e Produtividade, instalada com pompa e circunstância por Dilma, que contava ter ali algo semelhante aos sucessos que Jorge Gerdau conseguiu nos governos estaduais e municipais que aderiram aos princípios do Movimento Brasil Competitivo, iniciado em Porto Alegre com o Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade.

. A Câmara não sobreviveu a Gerdau, desmanchando-se no ar como se nunca tivesse existido.

. Só o dr. Jorge não sabia que gestão, desempenho e produtividade são palavrões no âmbito das reduzidas opções linguísticas usadas pela cartilha petista.

. A passagem do líder industrial gaúcho pelos governos Lula e Dilma foi melancólica e terminou de modo patético.

. Isto tudo serve de lição para os empresários que conciliam com os interesses dos delinquentes políticos que querem destruí-los, como já se viu antes em Cuba, na Rússia e na Venezuela, apenas para citar três exemplos mais recentes. 

82% dos leitores acham que governo Tarso foi péssimo para o RS

82% dos leitores cravaram na respota "péssimo", ao avaliar a gestão do ex-governador Tarso Genro, conforme enquete disponibilizada aí ao lado. Um número recorde de 2.100 leitores votaram.

. Os demais resultados:

Ótimo, 4%
Bom, 2%
Regular, 18%

. Outra enquete já está disponíbel. Ela pergunta qual a opinião do leitor sobre a primeir semana de trabalho do novo governador, José Sartori. Vá ali, ao lado, á esquerda, acima, e vote.

A cinematográfica fuga do estelionatário e larápio líder do PT, Henrique Pizzolato.

Este livro sobre a fuga do mensaleiro Henrique Pizzolato para a Itália é contado em detalhes pela jornalista Fernanda Odillas, repórter da Folha em Brasílias. Ela possui mestrado em Criminologia pela King’s College Londres. O livro de 320 páginas da editora Leya, faz uma reconstituição primorosa da vida do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil em Concórdia, SC, onde nasceu, depois sobre seus estudos na Unisinos, onde conheceu a mulher, a gaúcha Andréa Haas, e mais tarde a respeito da trajetória política e sindical em Toledo e no Rio, sem contar o papel que jogou no governo Lula, inclusive na Fundação Previ.

. O que mais chama a atenção é a descrição pormenorizada da fuga para a Itália.

. Henrique Pizzolato foi condenado a 12 anos, mas antes de ser preso, empreendeu uma viagem de carro até Buenos Aires e de lá para a Itália, sempre usando documentos falsos que confeccionou ao longo dos quatro anos anteriores, usando a identidade do irmão morto, Celso.

. Ele agiu e age com a frieza típica dos sanguinários líderes comunistas das ditaduras do tipo Castro, Stálin e Mao, onde qualquer meio se justifica pela causa, mesmo que esta seja em proveito do Partido. No Brasil, o PT introduziu a variante do "proveito próprio", típico dos ladrões da Pátria.

. O livro, R$ 31,20,  também narra o julgamento do pedido de extradição na Corte de Bolonha. Pizzolato não foi extraditado porque tem dupla nacionalidade.

. É sobre isto que trata o comentário do editor, intitulado

A cinematográfica fuga do estelionatário e larápio líder do PT, Henrique Pizzolato.

Dólar mais alto contém aços importados. Movimento melhora competitividade local. Gerdau aproveita e eleva preços em 8%.

As ações das siderúrgicas estão em alta forte no pregão desta terça-feira, reagindo à notícia, que começou a circular nas corretoras no final da manhã. Por volta de meio-dia, CSN subia 7%, e Gerdau e Usiminas, 6% cada.

A Gerdau está implementando um aumento de preço nos aços especiais de 10% a 12%. Outras siderúrgicas também estão aumentando preços: o aço longo, mais usado na construção civil, está subindo cerca de 8%, enquanto os aços planos, mais usados na indústria automobilística, estão subindo entre 6% e 8%. 

. Estes aumentos entram em vigor dia 15 de janeiro.

. Anos de sobrevalorização cambial abriram o mercado brasileiro para o aço importado, retirando o poder das siderúrgicas locais de ditar preço. As margens de empresas como Gerdau, CSN e Usiminas despencaram, e os analistas diziam que o mercado de aço estava passando por uma mudança estrutural. Agora, com o dólar a 2,70, os importados estão morrendo na praia e o pêndulo do poder de preço voltou para o lado dos fabricantes locais.

5 anos o melhor do gênero, segundo Veja.
Só cervejas e chopes artesanais, mais cardápio de petiscos.
Locais únicos em Porto Alegre.
Vá esta noite com seus amigos, colegas, conhecidos, namoradas.
Carta de bebidas, cardápio, serviços:
www.biermarkt.com.br

Tarso vai para as terras de Mujica e concede dez dias de trégua para Sartori

O ex-governador Tarso Genro promete encostar seu Twitter durante dez dias, o tempo que durará suas férias nas terras do presidente Mujica, Uruguai.

. Será uma pequena trégua que ele concederá ao sucessor, José Sartori, que não costuma ler as diatribes de 142 toques do despeitado e derrotado adversário.



5 anos o melhor do gênero, segundo Veja.
Só cervejas e chopes artesanais, mais cardápio de petiscos.
Locais únicos em Porto Alegre.
Vá esta noite com seus amigos, colegas, conhecidos, namoradas.
Carta de bebidas, cardápio, serviços:
www.biermarkt.com.br

Couromoda reunirá duas mil marcas de calçados na Expo Center, dia 11

Começará dia 11 e irá até o dia 14 a 42ª edição da Couromoda, feira que reunirá duas mil marcas de calçados, acessórios e artigos de moda no Expo Center Norte, em São Paulo/SP. A expectativa para a feira calçadista, alimentada por um Natal de incremento nas vendas – de 2% conforme a Associação Brasileira dos Lojistas de Artefatos e Calçados (Ablac) - e um câmbio favorável, é positiva. Para o presidente-executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Heitor Klein, as expectativas são melhores devido à gradual recuperação dos principais mercados para o calçado brasileiro, bem como a valorização do dólar, o que favorece a formação de preços mais competitivos. A Abicalçados e a ACI de Novo Hamburgo, que coordenará a presença dos gaúchos, esperam mais de dois mil importadores de mais de 60 países.

. Heitor Klein está animado com o avanço das exportações:

- Com um dólar mais valorizado, conseguimos um preço mais competitivo, tornando o nosso produto ainda mais atrativo. Além disso, temos notado uma leve recuperação na demanda por conta da recuperação de alguns dos nossos principais mercados, o que é um ótimo indicativo para a Couromoda”, 

. Nesta edição do Projeto Comprador VIP, a Abicalçados traz importante comprador da Shoemart, empresa que recentemente participou do Projeto Copa do Mundo FIFA no Brasil. Tendo importado mais de US$ 47,6 milhões em calçados em 2013, a rede de lojas dos Emirados Árabes Unidos busca aumentar a fatia de produtos brasileiros nas suas vitrines. Atualmente, dos mais de 6 milhões de pares comprados, apenas 3% vem do Brasil. Na feira, a gigante árabe irá buscar coleções de calçados infantis, femininos e masculinos.


. A feira terá ainda mais uma edição do Projeto Imagem, que traz dez jornalistas e formadores de opinião de alguns dos principais veículos setoriais da Argentina, Colômbia, Espanha, França e Itália para conhecer e divulgar o produto brasileiro. Para este ano, a Abicalçados anuncia uma remodelação da ação. “Identificamos que as feiras comerciais são ótimas plataformas para divulgarmos os nossos produtos em veículos que trabalham com o público B2B em função do timing. Nesse novo formato do Projeto Imagem, conseguiremos atender de maneira mais personalizada cada um dos nossos convidados”, destaca Roberta Ramos, coordenadora de Promoção de Imagem da Abicalçados. 

Farra de verbas para pesquisa científica poderá exigir auditoria na Fapergs

O novo secretário da Agricultura, Ernani Polo, já tomou conhecimento das denúncias sobre grossas irregularidades no recebimento, aplicação e prestação de contas de verbas públicas uadas para pesquisa na Fapergs.

. É caso de auditoria imediata e apuração por parte do TCE, Ministério Público Federal e Polícia Federal, já que as denúncias envolvem dinheiro federal.

Lula fez votação entre ministros para fazer escolha ideológica dos chineses para construção do gasoduto do Nordeste

Ao lado, manifestante posta nas redes sociais sua foto com o pedido que milhões de brasileiros também fazem. O ambiente político e social está irresperável com Lula em liberdade. 



O jornal O Globo de hoje, volta a atacar o escândalo da empresa de fachada criada pela Petrobrás para construir a rede de gasodutos Gasene, e informa que Lula admitiu em 2010 que a decisão de escolher chineses para a obra foi tomada na marra e teve motivação ideológica. Foi voluntarismo de puro ranço ideológico amadorista e que tratou a Petrobrás como brinquedo do PT. Leia tudo:

Apesar de a Petrobras defender oficialmente que se manteve dissociada da empresa criada para construir a rede de gasodutos Gasene, foi o próprio governo do ex-presidente Lula que escolheu os chineses como parceiros nas obras dos quase mil quilômetros de dutos entre Cacimbas (ES) e Catu (BA). A decisão a favor dos chineses foi tomada dentro da Granja do Torto (residência presidencial), e, segundo afirmou o próprio Lula, teve viés “ideológico”.
Ao discursar na inauguração do trecho baiano do gasoduto, em 26 de março de 2010, Lula revelou que a escolha se deu por meio de uma votação entre ministros, e com a ciência da então ministra de Minas e Energia, Dilma Rousseff. Já havia uma negociação em andamento com parceiros japoneses, mas o governo agiu diretamente na definição do projeto.
Lula disse no discurso: “Sabe o companheiro José Sergio Gabrielli (ex-presidente da Petrobras), sabe a ministra Dilma (...) que a decisão de fazer este gasoduto com a China foi uma decisão ideológica. Nós já tínhamos um estudo e um trabalho avançado com o banco japonês — o JBIC — para financiar a obra, quando, em 2004, lá na Granja do Torto, eu e alguns ministros fomos discutir se a gente ia fazer parceria com a China ou com o Japão. (...) E foi a primeira e última vez em que eu fiz uma votação no Ministério. (...) A China ganhou por quatro a dois, e nós fizemos a parceria com a China”.
Foi divulgano no domingo que a Petrobras criou uma empresa de fachada para construir o gasoduto. A Transportadora Gasene funcionou na mesma sede de um escritório de contabilidade no Rio, contratado para a prestação de serviços contábeis ao negócio. O dono do escritório foi colocado como laranja na presidência da empresa — uma sociedade de propósito específico (SPE) — responsável por investimentos de R$ 6,3 bilhões.

Auditores citam chineses

Técnicos do Tribunal de Contas da União (TCU) reproduziram em auditoria de dezembro que a Agência Nacional de Petróleo (ANP) considerou como “empresas de papel” os empreendimentos criados. Trechos das obras entre Cacimbas e Catu foram superfaturados em mais de 1.800%, segundo o relatório técnico.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Tome cuidado com seu What's App

Os serviços prestados pelo What's App serão cobrados pelo Facebook. Ainda não há data para a mudança. O serviço foi comprado pelo Facebook por US$ 16 bilhões e o objetivo do negócio foi ganhar dinheiro com ele.

. Os leitores precisam prestar atenção para a oferta de serviço com nome semelnhante, o What's App Plus, que serve apenas para piratear dados dos usuários.

ICMS gaúcho de dezembro cresceu espetaculares 17,4% nominais em dezembro

Foi espetacular as arrecadação do ICMS gaúcho em dezembro, já que fechou com crescimento de 17,4% nominal, o que equivale a 10,3% de avanço real quando ajustado pelo IPCA.

. Foram R$ 2,5 bilhões.

. Ajudou muito o programa "Em dia".

. No ano, o desempenho da arrecadação foi medíocre, com crescimento nominal de 7,5%. Descontada a inflação medida pelo IPCA, o avanço foi de apenas 1,1%.

. A arrecadação do ICMS em 2014 alcançou meros R$ 25,9 bilhões.

. Os dados foram recolhidos pelo editor e ainda podem enfrentar pequenas mudanças.

Bona Garcia volta a ficar forte para o Banrisul

Ganhou musculatura o nome do dirigente peemedebista Bona Garcia para a presidência do Banrisul.

CEEE, CRM e Sulgás poderão ter novo presidentes novos ainda esta semana

As três jóias da coroa da secretaria de Minas e Energia poderão emplacar mudanças até o final da semana. CEEE, Sulgás e CRM já possuem nomes listados pelos Partidos da base aliada. 

Deputado Vasconcelos quer CPI para o IPE

O deputado Vanderlan Vasconcelos, PSB, protocolará ainda hoje pedido de CPI sobre o IPE. Ele quer saber tudo sobre as fraudes nas próteses pagas pelo instituto.

Planilha indica acordo da J&F, controlador do Friboi com o delator do Petrolão, Paulo Roberto Costa.

O site da revista Veja de hoje (www.veja.com.br) informa que anotações pessoais do delator do petrolão sugerem negócios com a empresa, mas holding nega. Leia tudo:

Uma planilha encontrada no computador do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa indica que ele chegou a firmar contrato para prestar serviços de consultoria para o Grupo J&F, controlador do frigorífico Friboi (JBS) e maior doador de campanhas eleitorais em 2014. O documento consta de um dos inquéritos da Operação Lava Jato, que desbaratou em março do ano passado um esquema de corrupção envolvendo contratos da estatal petrolífera. Nas buscas da operação, os policiais federais também encontraram anotações na agenda do ex-diretor que citam como os valores supostamente recebidos do J&F seriam divididos. Nessa indicação de partilha, há a sugestão de que parte do dinheiro seria devolvida ao grupo controlador da Friboi. O J&F nega que tenha fechado contrato com Costa e que tenha desembolsado qualquer valor ao ex-diretor da Petrobrás. A planilha do computador e as anotações, porém, levaram a Polícia Federal a investigar se o grupo empresarial teve participação ou se obteve benefício do esquema que abasteceu o caixa 2 de políticos e partidos no últimos dez anos no país.

. Até agora, sabia-se que o J&F havia sido procurado por Costa, no fim de 2012, para que o grupo comprasse uma prestadora de serviços da Petrobras, a Astromarítima, que aluga embarcações para exploração de petróleo no mar. Em abril de 2014, quando a informação veio à tona, o J&F disse que o negócio não prosperou. Costa atuava como consultor da Astromarítima, num pré-contrato de 13 de novembro de 2012 com comissão de 5% em caso de o negócio ser fechado, o chamado success fee (taxa de sucesso, em inglês).

. A planilha encontrada no computador de Costa lista 81 contratos firmados pela consultoria Costa Global, do ex-diretor, e cita outros negócios. Intitulada "Contratos assinados - Costa Global", ela tem oito campos em que estão listados os negócios do ex-diretor da Petrobras. Os itens das colunas trazem o "Nº do contrato", "Empresa", "Pessoa de Contato", "Data da assinatura", "Valor mensal", "Validade", "% de success fee" e "Status".

. O penúltimo item diz respeito à comissão por valor de negócio fechado e o último informa se o contrato foi finalizado, está em aberto ou traz observações pontuais.

. Um dos contratos em vigor da planilha era com o grupo controlador da Friboi. O contrato de número "14" da lista está em nome da "J&F" e é de 10 de dezembro de 2012. Ele tinha validade de cinco anos e previa o pagamento de 2,5% de comissão nos negócios fechados. No item status foi anotado "assinado e trocado (p.s.: sem firma reconhecida)".

CLIQUE AQUI para saber mais. 

Tempo vai virar no RS. Vem aí forte chuva, ainda hoje.

O tempo vai virar nesta terça-feira . Acontece que  uma nova frente fria e o avanço de um sistema de baixa pressão voltam a favorecer a formação de nuvens carregadas sobre o Rio Grande do Sul.


. A chuva deve iniciar pela Fronteira Oeste, onde o sol cede lugar já pela manhã e chove forte a partir da tarde. Nas demais áreas, o dia começa ensolarado e as pancadas de ocorrem entre a tarde e a noite. Mesmo com a chuva, o calor deve permanecer nesta terça. A máxima pode chegar aos 35ºC em Porto Alegre.

Entenda como são ineficazes as medidas de contenção anunciadas pelo novo governo do RS

A própria propaganda governamental, em informativo divulgado na imprensa, diz que foram concedidos reajustes a várias categorias de servidores (64% da folha) em percentuais que representam aumentos reais médios anuais que vão de 10,2% a 20,9%, entre 2011 e 2014. Ora, como o crescimento médio da receita corrente líquida do triênio 2011-2013 (anos fechados) esse período cresceu apenas 2,4%, isso não pode se sustentar


Neste artigo publicado hoje em seu blog, intitulado "A eficácia das medidas do novo governo", o economista Darcy Francisco Carvalho dos Santos recomenda que para analisar os efeitos das medidas do novo governo no combate ao déficit torna-se necessário entender o processo de formação desse déficit.

. Leia trechos editados e no link o artigo completo.

O Estado tem um déficit estrutural, bastando para isso cumprir integralmente as despesas decorrentes de vinculação constitucional e não controlar as demais despesas, que uma vez feitas, são de difícil redução, pela sua rigidez.

(...)

. As medidas anunciadas pelo novo governo são corretas, mas vão agir sobre o futuro, mas não reduzirão o hiato entre a curva da despesa e a da receita, decorrentes de ações do governo que saiu.
    
. O novo governo está de mãos amarradas. Precisa nomear novos servidores para atender a demanda de serviços, mas com vai fazer isso, se não tem dinheiro pagar os que já existem?

. Foi criado pelo governo que saiu um monumental problema, cuja solução exigirá em choros e ranger de dentes. Mas isso é a crônica de uma tragédia anunciada. 

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Duplas de skatistas aterrorizam bairro Petrópolis, Porto Alegre

Nas redes sociais, já existem ofertas de aparelhos de contenção da bandidagem em Porto Alegre.



Duplas de skatistas aterrorizam esta manhã os moradores do bairro Petrópolis, Porto Alegre. Eles usam os skates para quebrar os parabrisas das lotações e depois roubam os passageiros.

. O incidente mais recente ocorreu as 8h30min na rua Eça de Queiroz.

. A Brigada foi acionada pelo 190, mas até meia hora depois não apareceu na área.

Volks inicia temporada de demissões na indústria automotiva

A Volkswagen demitiu 800 trabalhadores na virada do ano. No final do ano passado, a montadora propôs um acordo na tentativa de evitar cortes, que foi rejeitado pelos metalúrgicos, que previa substituição do reajuste salarial em 2015 por um abono de R$ 8 mil; o Sindicato dos Metalúrgicos vai discutir o assunto e adotar medidas de protesto

Entrevista, Vanderlan Vasconcelos - Quero PPP, já, para dragar os canais de navegação para Rio Grande

ENTREVISTA
Vanderlan Vasconcelos, deputado estadual PSB, ex-prefeito de Esteio

Qual foi a reação do governador Sartori à sua proposta de tocar PPP para a realização dos serviços de dragagem dos canais artificiais de navegação entre Porto Alegre e Rio Grande ? A via tem 300 quilômetros.
Ele vai ter que estudar, claro, mas este caso está maduro para uma decisão imediata. Eu já conversei com todas as partes interessados e todos estão de acordo. O governo não tem recursos para os serviços. Isto obriga os navios a navegar com meia carga. Isto tudo impõe um prejuízo enorme ao Estado, já que a logística atual de transportes é toda baseada em estradas insuficientes e mal conservadas. 

O que ganharia a empresa parceira da PPP, já que o Estado não tem dinheiro ?
A areia, que hoje é jogada fora, normalmente ao lado do próprio canal, voltando para ali em seguida.

O senhor pode descrever a região abrangida ?
A Hidrovia Lagoa dos Patos - Rio Guaíba inicia no extremo sul do estuário da Lagoa dos Patos, junto à cidade de Rio Grande, no ponto de embarque dos práticos da Lagoa dos Patos (32° 03,4'S/52° 03,2'W), localizado entre a Ilha do Terrapleno e o Cocuruto, e termina ao norte do Rio Guaíba, no Delta do Rio Jacuí, junto à Usina do Gasômetro, ponto de junção dos braços leste e oeste do Rio Jacuí, numa extensão total de 162 milhas náuticas (300 quilômetros).

E os canais artificiais: como é isto ?

A carta náutica 2140 mostra que essa hidrovia apresenta três tramos característicos - o estuário do complexo lacustre, o corpo principal da Lagoa dos Patos e, ao norte, o Rio Guaíba. Na zona estuarina, área de forte sedimentação lacustre, existem quatro canais artificiais - Setia, Coroa do Meio, Nascimento e Feitoria. Depois, ao longo de 108 MN (200 quilômetros) do corpo principal da lagoa, a navegação é feita em fundo natural, com a ajuda de sinais náuticos luminosos (bóias, faroletes e faróis) demarcadores dos inúmeros bancos existentes nesse trecho. Por último, já no Rio Guaíba, surge outro grupo de canais artificiais - Itapuã, Campista, Junco, Belém, Leitão, Pedras Brancas e Cristal. Os canais do estuário da Lagoa dos Patos e do Rio Guaíba possuem 80 metros de largura e 6 metros de profundidade (calado de 5,20 metros/17 pés), lâmina d'água compatível com o perfil longitudinal da hidrovia, que proporciona uma profundidade natural média de 6,5 metros na linha de navegação(incluindo o corpo principal da Lagoa dos Patos).

Contrato para agilizar outorgas de água não será executado antes de meio ano

Os cortes de despesas determinados pelo novo governo atingem também convênios que não estejam em execução.

. É o caso do contrato firmado no dia 24, no apagar das luzes do governo Tarso Genro, que permitirá que a Universidade Federal de Lavras ajude o Departamento de Recursos Hídricos a implantar um novo sistema de informatização  da outorga de água no Estado. O governo terá que desembolsar R$ 2,5 milhões.

. A ferramenta é usada na gstão de água, permitindo o mapeamento em tempo real da disponibilidade dos recursos hídricos e possibilitando a outorga em tempo real. Com isto, a irrigação poderá ser expandida no RS.

IPVA com desconto cheio rendeu R$ 656 milhões ao governo

O IPVA em quota única (desconto de 3% e mais variação da UPF) rendeu R$ 656 milhões até agora. O governo espera outro tanto a partir de agora.

Marco Alba na posse de Padilha, hoje, no ministério da Aviação

O prefeito de Gravataí, Marco Alba, viajou ontem para a posse do seu amigo e correligionário Eliseu Padilha, hoje, no ministério da Aviação.

Presidente da Junta Comercial segue no cargo depois de demitido e "desdemiditido"

Demitido e "desdemitido" em menos de 24 horas, o presidente da Junta Comecial do Estado, Paulo Mazzardo, continuará no cargo.

. Não se sabe até quando.

Valter Nagelstein será novo secretário de Urbanismo de Porto Alegre

O vereador Valter Nagelstein, que foi secretário da Smic no governo Fogaça e é presidente do PMDB de Porto Alegre, substituirá Christiano Tatsch na secretaria de Urbanismo de Porto Alegre. Pablo Mendes Ribeiro, filho do ex-ministro Mendes Filho, assumirá a vaga de Valter na Câmara.

Base de Sartori reclama de lentidão do governo

São cada vez maiores os ruídos entre os Partidos da base e o governador Sartori, tudo em função da demora na definição de datas para o início das nomeações no segundo e até no terceiro escalão.

. Há também intranquilidade quanto ao papel que todos exercerão na definição e execução dos programas de governo, até porque excetuando-se a área de gestão pública, tudo o mais ainda depende de rumo certo.

. Os mais indóceis são os candidatos a CCs, que não conseguem tolerar a presença dos adversários em todos os postos nas secretarias, para desespero dos próprios secretários.

. No outro lado, entre os adversários, também existem queixas. Até o diretor do margs, Gaudêncio Fidelis, reclama da lentidão do governo em relação a sua substituição.

- O PMDB, Partido do governador, é o que mais reclama, obrigando Sartori a chamar os líderes de Porto Alegre para uma conversa, amanhã. O líder local, o vice-prefeito Sebastião Mello, que coordenou a campanha do governador na Capital, não foi nem à posse no Piratini. 

Envolvimento de ex-chefe de segurança do secretário Michels com chefe do tráfico é o último escândalo do governo Tarso.

Foi inesperado e constrangedor o escândalo póstumo ocorrido no governo Tarso Genro, do PT, mas não foi surpreendente. O inédito caso da localização do comissário Nilson Aneli na cena do crime que resultou na execução do traficante Xandi, poderia até passar como mais um episódio policial inaceitável, mas ganhou relevância política quando os jornalistas descobriram que ele trabalhou até o dia 31 como homem de confiança do gabinete do secretário da Segurança, Airton Michels, e que além disto, por interferência de Michels, que é promotor, foi cedido no apagar das luzes do governo para o Ministério Público. Foi o último ato do secretário em relação ao seu chefe de segurança. O penúltimo foi elogiá-lo publicamente em ato divulgado no Diário Oficial. O episódio levanta suspeitas sobre o que aconteceu na área durante os quatro anos do governo do PT. Michels não falou. O ex-governador Tarso Genro, que tem usado o Twitter como arma política para fustigar o governo Sartori, também não usou 142 toques por mensagem para falar no assunto.

. Leia a nota do jornal Zero Hora:

Um policial civil que até quinta-feira era lotado no gabinete do então secretário da Segurança, Airton Michels, está sendo investigado por suposta ligação com otraficante executado em Tramandaí, no domingo.

Conforme apurado até o momento, o comissário Nilson Aneli estaria participando de um churrasco na casa do traficante Alexandre Goulart Madeira, o Xandi, no momento em que o criminoso foi morto com um tiro de fuzil por uma quadrilha rival.

Ainda no domingo, durante as primeiras apurações, Aneli, que está há 33 anos na corporação, se apresentou ao delegado Paulo Perez, de Tramandaí, e afirmou que chegou à casa do traficante minutos após o tiroteio, depois de saber que um sobrinho estava no local e fora baleado.

Depoimentos de suspeitos e de testemunhas, no entanto, contradizem a versão. Três pessoas presas em flagrante por posse do arsenal apreendido na casa do traficante disseram que Aneli estava lá na hora do tiroteio e mais: que algumas das armas pertenciam a ele.

Além disso, testemunhas disseram que logo depois do ataque, dois homens saíram da casa revidando os disparos. Um seria grisalho. Ao ver fotos de Aneli, as testemunhas o reconheceram. Também um policial militar que chegou ao local cerca de dois minutos depois do tiroteio encontrou Aneli já no portão da casa onde havia um morto e dois baleados.

A Corregedoria da Polícia Civil abriu procedimento para verificar se Aneli trabalhava fazendo segurança para Xandi, considerado um dos maiores traficantes da Região Metropolitana. Zero Hora apurou que, com a troca de governo, Aneli havia sido cedido para o Ministério Público a pedido de Michels, que retoma o cargo de promotor depois de comandar a Segurança por quatro anos.

No Diário Oficial desta segunda-feira, Aneli foi elogiado por Michels em uma portaria de louvor por serviços prestados: "Louvar os Comissários de Polícia Nilson Aneli (e outros dois policiais) considerando que, com grande zelo, competência, abnegação e espírito público, que transcenderam suas obrigações funcionais, sendo essenciais no desempenho de suas atividades junto ao Gabinete da Secretaria da Segurança Pública do Estado do Rio Grande do Sul."

Aneli era chefe da segurança do então secretário. Michels, que desde domingo está tratando do problema de saúde de um familiar, disse na tarde desta segunda-feira que tem as informações iniciais do caso e aguarda a investigação da Polícia Civil. Michels confirmou que a seu pedido Aneli fora cedido para atuar no MP.