PT perde a compostura e faz campanha na cara da Fifa com fotos de Lula, Dilma e Agnelo na bola da Copa

A nota é do site www.veja.com.br

O PT deu outra demonstração nesta terça-feira do seu descaso com a campanha eleitoral fora de hora: uma bola de futebol com o rosto do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula, além do número do partido, apareceu em plena visita do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, ao estádio Mané Garrincha, que abrigará jogos da Copa do Mundo. A bola foi levada até a sala de imprensa para ser fotografada mas, diante do constrangimento causado à comitiva da Fifa, foi retirada do local. Temendo sanções por campanha eleitoral antecipada, Agnelo divulgou nota na qual afirma que o artefato foi levado espontaneamente por um participante do programa Fábrica Social, que emprega pessoas de baixa renda no DF para produzir bolas. Em tempo: o petista tentará a reeleição em outubro – e a imagem estampada, coincidentemente, tem o slogan de sua campanha a governador.

Acompanhe pela IP TV NTN24 as históricas jornadas pela democracia na Venezuela

Este canal de TV pela Web, NTN24, é colombiano. Ele transmite todos os eventos que acontecem nestas jornadas de luta pela democracia na Venezuela. Acompanhe tudo ao vivo e a cores. São imagens e reportagens fortes – e históricas.

. No blog da NTN24, eis as últimas notícias, com video:
Cientos de miles de personas participan este martes de una marcha en Caracas, convocada por el coordinador del partido Voluntad Popular Leopoldo López, que se entregó a la Guardia Nacional Bolivariana tras ser emitida una orden de captura en su contra.
 Tras dos semanas de protestas estudiantiles a las que se sumaron sectores de la oposición y que el miércoles pasado dejaron tres muertos y decenas de heridos, la manifestación marchó desde el opositor sector de Chacao y estuvo retenida por miembros de la PNB durante varias horas.  

CLIQUE AQUI para ver.

WORKSHOP
Marketing Político de Oposição
Dias 22 e 23 de março, Plaza, Porto Alegre.
9 especialistas contam tudo sobre montagem de comitês, captação de recursos, prestação de contas, estratégias de marketing, rádio, TV, jornal, internet, pesquisas, legislação
Informações: (051) 3061.0741 ou pelo e-mail mpo2014@terra.com.br

Artigo, Glauco Fonsêca - A arma do crime

A morte do cinegrafista Santiago Andrade será cada dia menos comentada. Isto é normal, infelizmente. O mesmo aconteceu com o menino que foi arrastado por várias quadras preso ao cinto de segurança no Rio de Janeiro, com as vítimas da Boate Kiss, com os passageiros mortos no Airbus da TAM que explodiu em Congonhas e com muitos outros casos traumatizantes de amplo espectro. Havendo ou não um crime devidamente tipificado que tenha antecedido às tragédias, nossa memória nos engana, nossos sentimentos nos traem, se esvaindo no tempo. Ser humano também significa, muitas vezes, esquecer.

No caso do cinegrafista, houve crime anterior ao fatídico resultado. Alguém comprou artefatos explosivos que foram acesos e lançados a esmo num local público com grande contingente de manifestantes, policiais, transeuntes e....cinegrafistas. Alguém fez chegar ao local um artefato que, ao ser lançado por um outro alguém, acertou a lateral da cabeça de um cinegrafista, matando-o após afundamento de crânio. Até agora, alguém comprou um explosivo, alguém soltou e alguém morreu. Ainda não sabemos quem comprou.
Entretanto, pouco se falou a respeito da arma do crime. Pouco se sabe sobre o que, de fato, levou a óbito o indefeso e inofensivo cinegrafista. Pois eu me interessei pela provável arma do crime, diante da letalidade que ela demonstrou. Poucas coisas vendidas legalmente são capazes de, em sendo disparadas, ocasionar a morte de uma pessoa. Um “projétil” foi lançado e sua trajetória encontrou a cabeça de um ser humano, destruindo-a. Que arma foi esta? Morteiro, rojão ou foguete? Sabemos a verdadeira diferença entre as “armas”?

Curioso, liguei para uma conceituada empresa no interior de São Paulo que fabrica artefatos explosivos (fogos de artifício) e descobri que há uma enorme diferença entre eles, o que não poderia ter sido confundido pelo sujeito que acendeu o artefato que matou o cinegrafista da BAND. Segundo a pessoa com a qual falei na empresa de SP, o cinegrafista foi provavelmente atingido por um foguete de vara treme-terra, como o do vídeo em http://www.youtube.com/watch?v=l53VL-YOl5Y Agora eu pergunto: há crime maior do que disparar um artefato desses no meio de uma manifestação?

É elementar, pois, que o perfil da “arma” utilizada é muito indicativo do potencial de dano que se deseja causar. Neste caso do cinegrafista, não usaram uma bomba sem efeito letal, mas um foguete e sabiam muito bem o que queriam produzir: uma tragédia. Era isso que os manifestantes queriam: DESTRUIÇÃO de algo, ou até mesmo, quem sabe, a morte de uma pessoa. Eu reforço minha crença de que, no caso, o perfil da arma denota a intenção do dano, seja ele material ou até mesmo em vidas humanas
Por fim, pergunta-se:
1) Quem pagou pelos foguetes, que não são baratos?
2) Quem gerenciou a logística da distribuição dos artefatos?

Só o que sabemos é que alguém morreu por causa disto. Os dois que estão presos não podem encerrar o limite da responsabilidade sem que tenham a companhia, na prisão, daqueles que financiaram o crime.
Quem são eles?

Engebasa anuncia nova fábrica de torres metálicas para parques eólicos em Guaíba

A Engebasa Mecânica e Usinagem anunciará nesta quarta-feira seu investimentos para a implantação de uma fábrica de torres metálicas para parques eólicos no município de Guaíba.

WORKSHOP
Marketing Político de Oposição
Dias 22 e 23 de março, Plaza, Porto Alegre.
9 especialistas contam tudo sobre montagem de comitês, captação de recursos, prestação de contas, estratégias de marketing, rádio, TV, jornal, internet, pesquisas, legislação
Informações: (051) 3061.0741 ou pelo e-mail polibio.braga@uol.com.br

Radicais aliciam criminosos para violência e saques em Porto Alegre

As constatações já feitas pelos delegados de polícia gaúchos que investigam o vandalismo praticado pelos blocos de luta que desde junho do ano passado alarmam Porto Alegre, são de que os bandidos mais perigosos empregados nos ataques violentos a prédios e brigadianos são arrebanhados nas vilas populares.

. Não há nada parecido no Brasil.

. A Polícia Civil fez constar em seus inquéritos as evidências de que os bandidos são recrutados através dos chefes de quadrilhas, em troca da promessa de que poderão saquear livremente e se apropriar dos butins, batendo em retirada depois que manifestantes moderados e brigadianos forem espantados ou encurralados nas ruas.

. N ão há nada parecido no Brasil, nem mesmo a denúncia de que no Rio os marginais são recrutados mediante pagamento.

. O que acontece em Porto Alegre só costuma ocorrer quando exércitos invadem outros Países, como nas guerras de Napoleão ou nos avanços militares na II Guerra Mundial.

. O mais espantoso de tudo é que o governo estadual do PT proibiu a Polícia Civil de lsitar nomes de Partidos, sindicatos e ONGs identificados como mandantes do recrutamento feito nas vilas.

. PSOl e PSTU, embora não nominados até agora explicitamente, negaram qualquer envolvimento.

CLIQUE a seguir para ouvir e ver o comentário do editor sobre o assunto, sob o título:
Radicais aliciam criminosos para violência e saques em Porto Alegre

Revista Exame apresenta Tarso Genro como o líder da vanguarda do atraso

A vanguarda do atraso saúda o atraso do RS.



A revista Exame que começou a circular esta semana, apresenta o RS e o Rio como os piores exemplos de gestão pública no Brasil. O caso do RS é até pior, porque segundo a revista é um Estado onde a dívida já se situa acima do limite legal e no qual os investimentos despencam assustadoramente:

- Despesa - A relação entre a despesa e a receita corrente, que era de 87% em 2002, chegou no ano passado a 100%.
- Investimentos - A taxa de investimentos sobre a receita, que é de 10% na média dos Estados, no RS caiu para apenas 4%.

. No ranking elaborado pela RC (qualidade das contas públicas dos Estados), baseado em 28 indicadores, o RS ocupa a 18ª posição, atrás de Estados como Pará, Tocantins e até Bahia. Melhor do que o RS, só Rio Grande do Norte, Alagoas, Maranhão, Roraima e Sergipe.

. É um cenário assustador e desolador, armado para estourar como uma bomba relógio pelo governador Tarso Genro, que Exame apresenta como governante atrasado, perdulário e gastador.

. Um fotão de página inteira mostra o governador do PT em plena contramão, num ato de estatização de rodovias, bem no momento em que as contas públicas gaúchas apresentam situação desoladora. A revista replica discurso de Tarso Genro ao reestatizar a ERS-144, em Farroupilha:
- O Estado vai ser público ou vai sucumbir às pressões do poder econômico?

. A pergunta é falsa, porque o ser público não tem dinheiro sequer para asfaltar 77 acessos municipais.
. É conversa de esfarrapado.

. Exame concorda que o governador não engana ninguém, porque se elegeu com este discurso jurássico.

. Daniel Barros, que assina a reportagem, informa que o S sofre com a taxas de investimento mais baixa do País e tem uma dívida que ultrapassa os limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

WORKSHOP
Marketing Político de Oposição
Dias 22 e 23 de março, Plaza, Porto Alegre.
9 especialistas contam tudo sobre montagem de comitês, captação de recursos, prestação de contas, estratégias de marketing, rádio, TV, jornal, internet, pesquisas, legislação
Informações: (051) 3061.0741 ou pelo e-mail polibio.braga@uol.com.br

Líder oposicionista é preso pelos esbirros da ditadura chavista da Venezuela

No início desta tarde a guarda pretoriana do presidente Nicolás Maduro deteve o líder oposicionista Leopoldo Lopez, que nas últimas semanas assumiu o comando efetivo das grandes manifestações de massa na Venezuela.

. Ele estava todo de branco, participando de um gigantesco protesto na zona central de Caracas, conforme mostra a foto aí acima, ao lado.

. Leopoldo Lopez assumiu a liderança dos protestos depois que o governador Henrique Capriles decidiu assumir discurso moderado, mantendo reuniões com o próprio Chavez. 

. Na foto ao lado, Lopes sendo preso, conforme foto postada ainda há pouco na Internet. A prisão poderá acirrar ainda mais os ânimos, já bastante exacerbados.

CLIQUE AQUI para acompanhar ao vivo o que está acontecendo.
CLIQUE AQUI para saber o que acontece na Venezuela.

Palocci fala na Polícia Federal sobre envolvimento de Lula no Mensalão

Na edição de hoje da Folha de S. Paulo, a jornalista Mônica Bérgamo informa que a  Polícia Federal intimou Antonio Palocci para prestar depoimento no inquérito que investiga a suposta participação do ex-presidente Lula no mensalão. Leia tudo:

O ex-ministro da Fazenda depôs há mais de uma semana em Brasília. Entrou e saiu da superintendência da PF sem ser notado. Naquele dia, os holofotes estavam voltados para o ex-deputado João Paulo Cunha (PT-SP), que se entregava para ser preso.


Palocci foi questionado sobre suposta negociação dele e de Lula com a Portugal Telecom para repassar dinheiro ao PT. A denúncia foi feita pelo publicitário Marcos Valério, pivô do escândalo. Certidão anexada ao inquérito mostraria que o suposto encontro com executivos da empresa não consta na agenda nem nos dispositivos de segurança do Palácio do Planalto.

Corte de Bolonha mantém o mensaleiro petista Pizzolato preso.

O bandido petista do Mensalão é natural de Concórdia, Santa Catarina. Seu mais conhecido conterrâneo é o também esquerdista Leonardo Boff, frei renegado da Igreja Católica. 

Ministério da Justiça do país pediu à Corte de Apelação de Bolonha para manter o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil na prisão. Ele foi preso por ter entrado com documentos falsos (Pizzolato falsificou carteira de identidade, passaporte e título eleitoral do irmão morto).  O tribunal será o responsável por decidir sobre a extradição de Henrique Pizzolato, condenado no julgamento do Mensalão. A informação é de Eduardo Pelella, chefe-de-gabinete do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que viajou à Itália para tratar do processo. Para ele, o pedido é sinal de que o governo italiano não descarta a extradição.

WORKSHOP
Marketing Político de Oposição
Dias 22 e 23 de março, Plaza, Porto Alegre.
9 especialistas contam tudo sobre montagem de comitês, captação de recursos, prestação de contas, estratégias de marketing, rádio, TV, jornal, internet, pesquisas, legislação
Informações: (051) 3061.0741 ou pelo e-mail polibio.braga@uol.com.br

Pesquiisa CNT/[MDA diz que Dilma está mais forte para as eleições de outubro

Dilma Rousseff tem 43,7%. Na pesquisa anterior ela tinha 43,5%.
Aécio Neves, 17%
Eduardo Campos, 9,9%;

Marina Silva, do mesmo PSB, em segundo cenário, sem Campos, fica em segundo lugar com 20,6% de opções;

- Avaliação positiva do governo federal recua de 39% para 36,4%;

- Opiniões negativas subiram de 22,7% para 24,8%

Eletrobrás comprará a CEEE para enfiá-la num pacote bilionário de privatizações

Ao "vender" a CEEE para a Eletrobrás, o governador Tarso Genro sabe muito bem que lá as estatal gaúcha de energia irá para a bacia das almas, integrando um pacote maior de privatizações na área.

WORKSHOP
Marketing Político de Oposição
Dias 22 e 23 de março, Plaza, Porto Alegre.
9 especialistas contam tudo sobre montagem de comitês, captação de recursos, prestação de contas, estratégias de marketing, rádio, TV, jornal, internet, pesquisas, legislação
Informações: (051) 3061.0741 ou pelo e-mail polibio.braga@uol.com.br

Exclusivo - Saiba como Tarso Genro quer acabar com a CEEE

O editor pode informar com absoluta segurança que o governador Tarso Genro quer se desfazer da CEEE antes mesmo de terminar o seu governo. Ele mandou carta para a presidente Dilma Rousseff, oferecendo a estatal estadual gaúcha de energia para a Eletrobrás, o gigante estatal federal de energia que só não quebrará este ano se receber forte injeção de recursos do Tesouro.

. A Eletrobrás já possui 32% das ações da CEEE e com apenas mais 29% terá o seu controle.

. A decisão do governo Tarso vazou nos últimos dias, quando circulou cópia da carta enviada ao Planalto pelo Piratini. Nela, o governador não fala em venda do controle, mas em "ampliação da fatia do parceiro estratégico" (Eletrobrás).

. Com esta notícia, fica mais fácil entender por que razão o Piratini meteu a mão em R$ 1,3 bilhão que a CEEE reservava para investimentos. No projeto que enviou para a Assembléia, aprovado facilmente, a justificativa era de que o dinheiro servirá para compensar a absorção dos chamados ex-autárquicos, que recebiam diretamente da Folha da CEEE. O negócio foi desastroso para a estatal, porque até mesmo o rendimento mensal da aplicação do dinheiro no mercado financeiro suportaria o valor da Folha. Na verdade, o governo buscou duas vantagens com a proposta aprovada:
1) Meter a mão em R$ 1,3 bilhão para tapar seus rombos de caixa, decorrentes de uma gestão financeira desastrosa.
2) Ajudar a limpar o passivo da CEEE e com isto facilitar a entreva para a Eletrobrás.

. A venda do controle da CEEE para a Eletrobrás poderá render pelo menos mais R$ 1 bilhão para os cofres de Tarso Genro.

. A Assembléia do RS não foi consultada em momento nenhum pela decisão do Piratini de acabar com a CEEE.

WORKSHOP
Marketing Político de Oposição
Dias 22 e 23 de março, Plaza, Porto Alegre.
9 especialistas contam tudo sobre montagem de comitês, captação de recursos, prestação de contas, estratégias de marketing, rádio, TV, jornal, internet, pesquisas, legislação
Informações: (051) 3061.0741 ou pelo e-mail polibio.braga@uol.com.br

PPS quer sequestro do dinheiro das vaquinhas sujas do Mensalão

Os bandidos petistas do Mensalão levantam com enorme facilidade milhões de reais nas vaquinhas que o PT apóia e que oficialmente são montadas pelos familiares dos réus condenados e cumprindo sentença. Até o momento, as listas de doares nunca foi revelada ao grande público. A desconfiança é de que no meio da vaquinha esteja enfiado dinheiro sujo do próprio Mensalão. 

O presidente do PPS, Roberto Freire, protocolou hoje representação na Procuradoria da República do DF pedindo o bloqueio dos recursos arrecadados pelo site apoio a Zé Dirceu, feito por amigos e familiares para pagar multa de R$ 971 mil imposta pelo STF

. Falando pelo Partido, o líder do PPS Rubens Bueno, quer que o sequestro do dinheiro para os cofres públicos sejam destinados ao Tesouro':

- Todos os valores doados na arrecadação passaram a integrar o patrimônio dos condenados. E, desta forma, passível de indisponibilidade para garantir futuro ressarcimento ao erário nas ações de improbidade", argumenta o PPS.

Avaaz abre abaixo assinado contra a Corsan em Gravataí

Já está no Avaaz a petição que exige que a Corsan resolva o crônico problema de desabastecimento de água no município gaúcho de Gravataí, Grande Porto Alegre, 258 mil habitantes, sede da GM.

. O prefeito Marco Alba avisou a estatal estadual que poderá privatizar os serviços de água e esgoto, caso a Corsan não resolva os problemas que criou no município.

CLIQUE AQUI para aderir ao abaixo assinado.

Conheça melhor o perfil da classe C. Ela movimenta 58% do crédito no Brasil.

Serasa Experian e Data Popular anunciaram hoje parceria que levou à criação do mais completo estudo já realizado no Brasil sobre a classe C. Ela movimenta 58% do crédito e injeta R$ 1 trilhão por ano na economia

. “Os perfis revelados pela solução Faces da Classe Média permitem que as instituições tenham uma visão segmentada desses consumidores e possam entender de que forma devem endereçar suas ações, produtos e serviços, criando soluções para os quatro diferentes nichos, que antes eram observados como um único alvo.

. Para a construção da segmentação, essa população foi avaliada sob 400 variáveis, considerando-se informações geográficas, demográficas, creditícias e comportamentais. O resultado de sofisticadas técnicas estatísticas originou a definição dos grupos que compõem a classe média, que representa 54% da população do país e vem crescendo a cada ano, com previsão de que chegue a 58% em 2023, ou seja, 125 milhões de pessoas.

. Os estudos permitiram segmentar a classe média em quatro grandes grupos: Promissores, Batalhadores, Experientes e Empreendedores.

CLIQUE AQUI para conhecer mais sobre "Faces da Classe Média". 

Tuma Júnior programa "Assassinato de Reputações" para Porto Alegre

O delegado Romeu Tuma Júnior informou há pouco ao editor que depois do carnaval virá a Porto Alegre para lançar seu livro “Assassinato de Reputações”.

Política errática do governo Dilma provoca rombo de R$ 8,7 bilhões nas contas da Eletrobrás

O balanço anual da Eletrobras, a ser divulgado em março, vai registrar rombo superior a R$ 8,7 bilhões. A empresa foi prejudicada com a renovação onerosa das concessões, para o governo Dilma Roussef “faturar” politicamente a redução da conta de luz em 20%. A estatal tem sido vítima de uma política equivocada e irresponsável. O governo não governa, tem uma agenda exclusivamente eleitoral e obviamente isso gera prejuízos para a população.

. No resultado de 2012, a Eletrobras apresentou prejuízo de R$ 6,8 bilhões, sendo que no quarto trimestre o prejuízo atingiu a cifra de R$ 10,5 bilhões. Em 2013, a estatal continuou com resultados negativos. No terceiro trimestre do ano passado houve um prejuízo líquido de R$ 915 milhões, 191% menor do que o lucro líquido de R$ 1,003 milhão do terceiro trimestre de 2012. Entre janeiro e setembro de 2013, o prejuízo líquido da Eletrobras foi de R$ 787 milhões, uma redução de 122% com relação ao lucro líquido de R$ 3,62 milhões do mesmo período de 2012.

. O colunista do jornal O Globo, Adriano Pires disse que a origem principal desses péssimos resultados foi a publicação em setembro de 2012 da Medida Provisória 579:
- A MP 579, elaborada de maneira autoritária sem qualquer discussão com as empresas e com os demais agentes do setor e que depois foi transformada em lei em janeiro de 2013, atrelou a renovação das concessões a uma redução das tarifas, com o objetivo de aumentar a popularidade da presidente e controlar a inflação.

CLIQUE AQUI para ler mais sobre a crise energética.


WORKSHOP
Marketing Político de Oposição
Dias 22 e 23 de março, Plaza, Porto Alegre.
9 especialistas contam tudo sobre montagem de comitês, captação de recursos, prestação de contas, estratégias de marketing, rádio, TV, jornal, internet, pesquisas, legislação
Informações: (051) 3061.0741 ou pelo e-mail polibio.braga@uol.com.br

Artigo, José Casado, O Globo - Negócios de US$ 6 bilhões mostram como o governo avança, entre o sigilo e o embaraço, nas relações com ditaduras

Os brasileiros estão obrigados a esperar mais 14 anos, ou seja, até 2027 para ter o direito de saber como seu dinheiro foi usado em negócios bilionários e sigilosos com Angola e Cuba.
Pelas estimativas mais conservadoras, o Brasil já deu US$ 6 bilhões em créditos públicos aos governos de Luanda e Havana. Deveriam ser operações comerciais normais, como as realizadas com outros 90 países da África e da América Latina por um agente do Tesouro, o BNDES, que é o principal financiador das exportações brasileiras. No entanto, esses contratos acabaram virando segredo de Estado.
Todos os documentos sobre essas transações (atas, protocolos, pareceres, notas técnicas, memorandos e correspondências) permanecem classificados como “secretos” há 15 meses, por decisão do ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, virtual candidato do PT ao governo de Minas Gerais.
É insólito, inédito desde o regime militar, e por isso proliferam dúvidas tanto em instituições empresariais quanto no Congresso — a quem a Constituição atribui o poder de fiscalizar os atos do governo em operações financeiras, e manda “sustar” resoluções que “exorbitem do poder regulamentar ou dos limites de delegação legislativa”.
Questionado em recente audiência no Senado, o presidente do banco, Luciano Coutinho, esboçou uma defesa hierárquica: “O BNDES não trata essas operações (de exportação) sigilosamente, salvo em casos como esses dois. Por que? Por observância à legislação do país de destino do financiamento.” O senador Álvaro Dias (PSDB-PR) interveio: “Então, deve o Brasil emprestar dinheiro nessas condições, atendendo às legislações dos países que tomam emprestado, à margem de nossa legislação de transparência absoluta na atividade pública?” O silêncio ecoou no plenário.

Dos US$ 6 bilhões em créditos classificados como “secretos”, supõe-se que a maior fatia (US$ 5 bilhões) esteja destinada ao financiamento de vendas de bens e serviços para Angola, onde três dezenas de empresas brasileiras mantêm operações. Isso deixaria o governo angolano na posição de maior beneficiário do fundo para exportações do BNDES. O restante (US$ 1 bilhão) iria para Cuba, dividido entre exportações (US$ 600 milhões) e ajuda alimentar emergencial (US$ 400 milhões).

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Usina térmica AES Uruguaiana começará a produzir de novo no dia 1° de março

A partir de 1° de março, a usina AES Uruguaiana retomará parte das suas operações, conforme já vinha adiantando o editor desde a semana passada. A usina é movida a gás. Ela começará a produzir 270 MW, menos da metade da sua capacidade, que é de 600 MW.

. O deputado Frederico Antunes, que é de Uruguaiana, disse ao editor que o gás irá por navios propaneiros até Baia Blanca, Argentina, e de lá virá por gasoduto até a usina. O contrato de operação durará 60 dias, mas é possível que se estenda para além da Copa.

Juiza manda Taurus e Wotan Brasil a pagar R$ 58 milhões aos seus credores da alemã Wotan

A juíza Keila Silene Tortelli, 2ªVara Cível do Foro de Porto Alegre, promulgou sentença na qual obriga Wotan e Taurus ao pagamento de R$ 58 milhões para a Wotan da Alemanha.

. As duas empresas devem e não pagam aos alemães desde 2001.

. O processo arrastou-se até agora.

. O caso da Wotan tem assombrado os sucessivos presidentes do grupo Taurus, que se desfizeram do controle da empresa, um negócio que até hoje o mercado não assimilou como devia.

. A Taurus tem sofrido constrangimentos nos seus negócios por causa do imbroglio, o último dos quais foi a negativa dos seus auditores em homologar sem reservas o balanço mais recente. O grupo é acusado de não formar provisões em valor compatível com o tamanho das demandas judiciais que enfrenta.

WORKSHOP
Marketing Político de Oposição
Dias 22 e 23 de março, Plaza, Porto Alegre.
9 especialistas contam tudo sobre montagem de comitês, captação de recursos, prestação de contas, estratégias de marketing, rádio, TV, jornal, internet, pesquisas, legislação
Informações: (051) 3061.0741 ou pelo e-mail polibio.braga@uol.com.br

Já estão definidos os nove painelistas do workshop Marketing Político de Oposição

Já estão confirmados todos os nove painelistas que conduzirão o workshop Marketing Político de Oposição, agendado paras 22 e 23 de março no Salão Paineira, Plaza São Rafael, Porto Alegre. O workshop é uma iniciativa do site www.polibiobraga.com.br

. São aceitas inscrições de candidatos a cargos eletivos, seus assessores e apoiadores, mas o público alvo também inclui profissionais da propaganda, do direito e do jornalismo, além de professores e estudantes.

. As inscrições já começaram. Quem se inscrever até o dia 15 pagará R$ 750,00, mas a partir daí o valor subirá para R$ 1 mil. Devido às dimensões do Salão Paineira, as vagas são limitadas. No primeiro dia de inscrições, ontem, 10% da quota foi preenchida.

. Ao lado, logomarca do evento.

. Para mais informações, basta ligar para o fone 51.3061.0741 ou e-mail polibio.braga@uol.com.br

Rádio Guaíba estaria à venda por R$ 35 milhões

Apesar dos desmentidos feitos ontem em nota a esta página pelo próprio presidente do Grupo Record no RS, no mercado existem informações seguras de que a Rádio Guaíba poderá mesmo ser vendida. O negócio estaria em oferta por R$ 35 milhões. 

WORKSHOP
Marketing Político de Oposição
Dias 22 e 23 de março, Plaza, Porto Alegre.
9 especialistas contam tudo sobre montagem de comitês, captação de recursos, prestação de contas, estratégias de marketing, rádio, TV, jornal, internet, pesquisas, legislação
Informações: (051) 3061.0741 ou pelo e-mail polibio.braga@uol.com.br

Dilma confirma vinda ao RS nesta quinta. Ela irá ao Beira-Rio e à Festa da Uva. Tarso quer pressioná-la no caso da dívida com a União.

Se Dilma não ceder, Tarso ameaça nem sair candidato. As relações entre os dois não estão boas. 



Está confirmada a agenda da presidente Dilma Roussef para esta quinta-feira no RS. Ela desembarcará em Porto Alegre, inaugurará o novo Beira-Rio e depois irá para Caxias do Sul, onde abrirá a Festa da Uva. Em Porto Alegre, a presidente poderá ter uma conversa a sós com o governador Tarso Genro, que insistirá no seu apoio à proposta que muda o indexador dos atuais contratos das dívidas da União com os Estados, mas não é certo que a reunião sairá. Tarso abraçou a causa na undécima hora, depois que a proposta foi aprovada pela Câmara e empacou no Senado, exatamente no momento em que ele estava em Brasília para o grande momento da votação, suspensa por interferência do Planalto. Tarso Genro voltou derrotado de Brasília, não engoliu em seco e tem mandado recados cada vez mais contrariados para Dilma. O problema é que o governo federal vive desarranjo fiscal já percebido pelo mercado e pelas agências de risco, o que já fez com que ele agisse com mais prudência diante de novas perdas de receita. Uma redução no nível de classificação de riscos para o Brasil poderia prejudicar bastante a candidata do PT.

. A participação especial de Dilma na entrega do Beira-Rio tem o sentido de homenageá-la, até porque o governo federal praticamente não botou dinheiro no novo estádio. A homenagem deve-se à participação decisiva de Dilma na definição da Andrade Gutierrez pelo negócio, que esteve a perigo até a entrada dela nas negociações. 

. Em Caxias, Dilma entregará 82 máquinas para prefeitos da região, repetindo ações que vem promovendo pelo Brasil, todas de caráter claramente eleitoreiro.

WORKSHOP
Marketing Político de Oposição
Dias 22 e 23 de março, Plaza, Porto Alegre.
9 especialistas contam tudo sobre montagem de comitês, captação de recursos, prestação de contas, estratégias de marketing, rádio, TV, jornal, internet, pesquisas, legislação
Informações: (051) 3061.0741 ou pelo e-mail polibio.braga@uol.com.br

Luiz Ponte avisa: "Se o PMDB do RS apoiar o PT, Ana Amélia está eleita".

Ponte acha que ir de Dilma é o mesmo que eleger Ana Amélia (foto ao lado) por antecipação no RS, porque o eleitorado do PMDB não admitirá a aliança com o PT.



O repórter Fernando Bastos, Jornal do Comércio, entrevistou o ex-deputado Luiz Roberto Andrade Ponte, uma das raposas felpudas mais importantes do PMDB gaúcho, amplo defensor  da candidatura do ex-prefeito José Ivo Sartori ao Piratini. O material foi publicado em página inteira da edição de ontem. Vale a pena ler o que ele pensa. Sobre a disputa estadual, o editor pinçou as duas respostas a seguir, mas a entrevista completa vai no link ao final desta nota:

JC – Se há estas definições o que falta para o partido anunciar a decisão?
 Ponte – Temos que definir o candidato estadual independentemente de definir o candidato nacional agora. Porque estão usando que o Sartori irá vetar o PT para tirá-lo da jogada. “Ó, vamos criar o Ziulkoski”, é a estratégia de Padilha. Não o critico por fazer isso. Ele quer apoiar a Dilma, e tem todo o direito. Ele é amigo do Michel Temer e quer apoiá-lo. O objetivo dele é esse. Provavelmente, ele pouco está se interessando se vai eleger o melhor governador do Estado. Ele coloca o plano estadual em segundo plano. Para nós, é o contrário. E ele pode estar fazendo isso porque acha fundamental para o Brasil o PT governar. Não tiro o direito dele. Mas nossa visão é outra. Queremos fortalecer aqui para ajudar lá. Por isso, o PMDB tem que definir: o nosso candidato é esse aqui.

JC - Arrisca fazer uma projeção, prevendo quem será o candidato mais forte que o PMDB irá enfrentar, Ana Amélia Lemos, Tarso Genro (PT) ou Veira da Cunha (PDT)?
 Ponte - Se o PMDB apoiar o PT nacional, na minha opinião, Ana Amélia está eleita. Pelo menos para o segundo turno. Essa  corrente mais defensora das liberdades de empreender, que não vê no lucro algo ruim, mas uma solução, esse povo que é o anti-PT hoje, que é grande, vai fugir do candidato do PMDB e vai ir com Ana Amélia. Isso a tornará eleita para o primeiro turno, ou vai para o segundo turno. O natural é que esse eleitor vá com Ana Amélia, porque Vieira da Cunha tem essa referência de que é ligado ao governo nacionalmente e provavelmente vai estar defendendo o PT nacionalmente.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

PMDB decidirá entre Sartori e Ziukolski no dia 15 de março

O ex-prefeito de Caxias do Sul, o segundo município mais importante do RS, José Ivo Sartori, e o atual presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Paulo Ziukolski, vão disputar a pré-convenção do PMDB no dia 15 de março, segundo confirmaram ontem a noite na reunião do diretório do Partido em Porto Alegre.

. Será uma disputa acirrada, ao estilo da que resultou no enfrentamento dos jornalistas Antonio Britto e Mendes Ribeiro.

. Sartori, marido da deputada Maria Helena Sartori, é o preferido dos caciques, enquanto que Ziukolski conta com o forte apoio das forças internas que venceram as últimas eleições para o diretório estadual e que contaram com o apoio do prefeito de Gravataí, Marco Alba, bem como do deputado Eliseu Padilha.

. Por trás das escolhas está também a decisão sobre o nome que contará com o apoio do PMDB gaúcho para a presidência, porque Ziukolski apóia Dilma, PT, enquanto Sartori quer Eduardo Campos, PSB.

CLIQUE na imagem a seguir paras examinar recente entrevista que Paulo Ziukolski concedeu ao editor. O material tem uma hora de duração e é muito consistente sobre a defesa do municipalismo e de um novo pacto federativo.



WORKSHOP
Marketing Político de Oposição
Dias 22 e 23 de março, Plaza, Porto Alegre.
9 especialistas contam tudo sobre montagem de comitês, captação de recursos, prestação de contas, estratégias de marketing, rádio, TV, jornal, internet, pesquisas, legislação
Informações: (051) 3061.0741 ou pelo e-mail polibio.braga@uol.com.br

PSB aguardará decisão do PMDB para definir coligações no RS

A decisão do PMDB de levar a disputa entre Paulo Ziukolski e José Ivo Sartori para o dia 15 de março, levou o PSB a nada decidir sobre alianças no RS neste momento. O governador Eduardo Campos virá dia 22 ao Estado, mas nada anunciará sobre coligações com PP ou PMDB.