Presidente da Argentina recua ao afirmar que está 'disposta a dialogar' com credores sobre renegociação da dívida

Cristina Kirchner pede melhores condições para negociar com credores 

A revista Veja desta noite diz que a despeito da sinalização de calote do ministro da Economia argentino, Axel Kicillof, a presidente Cristina Kirchner expressou nesta sexta-feira a intenção de pagar 100% dos credores da dívida, mas pediu garantias de poder negociar em condições "justas e equitativas".

. A notícia revela que  durante a celebração do Dia da Bandeira na cidade de Rosário, Cristina assegurou que essas condições são necessárias para a negociação, afirmando que a Argentina já "deu mostras" de ser capaz de realizar os pagamentos. "Queremos pagar 100% dos credores, os 92,4% que aceitaram a troca (de dívida entre 2005 e 2010) e também os que não. Só pedimos que nos deem condições de negociação justas e de acordo com a Constituição argentina, as leis nacionais e os contratos que assinamos", ressaltou.


. Cristina quer convencer os credores de que "está disposta a dialogar" e anunciou que deu instruções ao ministro da Economia para que os advogados que representam o país solicitem ao juiz nova-iorquino Thomas Griesa melhores condições de negociação.

Nanossatélite NanosatC-BR1 é gaúcho. Ele foi lançado na Rússia e já está 100% operacional.

O Polo Espacial Gaúcho colocou no espaço o primeiro nanossatélite produzido no Estado, o NanosatC-BR1. O artefato, que foi desenvolvido pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) em parceria com o (Inpe), foi lançado com sucesso nessa quinta-feira (19), na base espacial em Yasny, na Rússia, e está 100% operacional.

Segundo o membro da Equipe de Rastreio e Controle de Nanossatélites , do programa Nanosatc-Br, Thales Mânica, já foram realizados teste de envio e recebimento de comandos. "Todos os procedimentos de operação foram concluídos com sucesso, e estão devidamente documentados. O NanosatC-BR1 está em órbita e transmitindo beacon em código Morse. É o primeiro nanossatélite universitário brasileiro da história em operação no espaço".

- O polo é uma iniciativa do governo estadual em convênio com empresas de tecnologia, universidades, Forças Armadas e institutos científicos. Tem como âncora a AEL Sistemas, companhia especializada no desenvolvimento de soluções em defesa. O NanosatC-Br1 é um pequeno satélite científico (pouco mais de um quilo) e o primeiro cubesat desenvolvido no país, produzido em parceria com o CRS, Inpe e UFSM. A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e as empresas Emsisti, Innovative Solution in Space (ISS), empresa holandesa fornecedora da plataforma do cubesat, e a brasileira Lunus Aeroespacial também estiveram envolvidas na preparação. O NanosatC-Br1 comporta dois instrumentos científicos, sendo um magnetômetro e um detector de partículas de precipitação para o monitoramento, em tempo real, do geoespaço, para o estudo da precipitação de partículas e de distúrbios na magnetosfera sobre o território nacional. Com isso, é possível determinar os efeitos em regiões como a da Anomalia Magnética no Atlântico Sul (Sama, sigla em inglês) e do setor brasileiro do eletrojato equatorial.

PMDB lança Requião no Paraná. Proposta de coligação com Richa foi derrotada.

Após uma convenção nesta sexta marcada por tensão e até troca de ofensas, o senador Roberto Requião venceu a disputa interna e será candidato a governador do Paraná. 

. Foram 319 votos favoráveis à candidatura própria, 250 em apoio à coligação com o PSDB, que terá o governador Beto Richa disputando a reeleição, quatro votos nulo e um em branco.

Oi e PT convergem para o segmento corporativo

A Oi e a Portugal Telecom reforçaram a sua estratégia de convergência, no âmbito do seu processo de fusão, ao apresentar uma nova oferta para o segmento corporativo, no Brasil e em Portugal. O portfólio assenta na integração de serviços e funcionalidades de voz (móvel e fixo), dados e de utilização de plataformas de colaboração. Como parte desse esforço, a operadora inaugurou nesta semana em São Paulo, o seu primeiro showroom com aplicações integradas para grandes empresas. . O novo espaço mostra na prática soluções em nuvem para aumentar a produtividade e facilitar o dia a dia das organizações, principalmente com uso de aplicações móveis. O projeto é resultado da sinergia entre os times de tecnologia e pesquisa e desenvolvimento (P&D) das duas companhias, que é a primeira área a ser integrada após a fusão. . Boa parte dessas soluções vai rodar na plataforma Smart Cloud, lançada pela Oi em 2012 e suportada atualmente por três data centers, sendo dois no Brasil e outro da PT em Portugal. A ideia do grupo é ter as mesmas aplicações em três mercados: Brasil, Portugal e África do Sul, onde a PT também marca presença. . Com a força da PT no segmento corporativo, a Oi espera mais que dobre a receita dos negócios de TIC. Hoje essa área representa 7% do faturamento da operadora e a previsão é esse número chegue a 15% até o final de 2015. . Por apostar no aumento das aplicações em SaaS, o showroom da Oi foi planejado para que os clientes possam visualizar e materializar os benefícios das soluções em nuvem. O espaço exibe quatro cenários: Rua, Balcão, Escritório e Sala de TI.

Bairro de São Paulo amanhece com rastro da destruição produzida pelos black blocs

Quem viu as cenas da Globonews, quinta a noite, deve ter percebido claramente os movimentos de guerrilha urbana ocorrido em SP.  O rastro de destruição deixado por manifestantes na quinta-feira ainda era visível na manhã desta sexta no bairro de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo. Usando microcâmeras escondidas nos cinegrafistas, a Globo focou delinquentes políticos e bandidos comuns lado a lado, mascarados, armados com paus, pedras, estilingues, rojões, soquetes e toda a parafernália usual nos casos do gênero. Ao atacarem condomínios residenciais, os crápulas miraram apartamentos dos quais moradores protestavam contra eles, atingindo-os com estilingues. Na passagem pelo bairro, as câmeras da Globo apanharam claramente munição colocada estrategicamente nas calçadas, como pilhas de paus e pedras. O caso foi mesmo de guerrilha urbana. A seguir, reportagem de hoje do jornal Valor, sobre o assunto. Leia tudo:

Lixeiras quebradas, fachadas de imóveis pichadas e até vasos de plantas destruídos estavam por todo o caminho feito pelos cerca de 1.300 manifestantes do MPL (Movimento Passe Livre) entre o final da tarde e a noite de quinta.

Rebouças, Eusébio Mattoso, marginal Pinheiros, Teodoro Sampaio e Fernão Dias foram as vias mais atingidas pela onda de depredações.

A Polícia Militar diz que foi "traída" pelo MPL, pois fez um acordo de não acompanhar de perto do protesto sob a condição de que não houvesse violência. Ao menos cinco agências bancárias e três lojas de carros de luxo do grupo Caltabiano, foram depredadas.

Nenhum estabelecimento fechou o balanço para calcular os prejuízos até este momento, mas só em uma das lojas da Caltabiano 12 automóveis, avaliados em cerca de R$ 2 milhões, foram danificados.

Aécio monta seu "Ministério Fantasma". Conheça os primeiros nomes.

O candidato do PSDB à Presidência da República, o senador Aécio Neves, anunciou nesta sexta-feira que o ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga será o coordenador técnico de economia durante a campanha eleitoral ao Planalto.

. "Armínio já tem sido [nosso coordenador]. É a nossa grande referência em economia, como Mendonça de Barros, Samuel [Pessoa] e Mansueto [Almeida]", afirmou ele, durante coletiva de imprensa, na qual anunciou também outros coordenadores de campanha. São eles:

Educação – Maria Helena Guimarães de Castro, socióloga

Segurança – Claudio Beato, sociólogo

Cultura – Affonso Romano de Sant´Anna, escritor

Juventude - José Junior, do grupo Afroreggae

Políticas Sociais - Carminha Brant, cientista política


Meio ambiente e sustentabilidade - Fábio Feldman, ex-deputado federal

Artigo, Alexandre Schwartsman - Humores

Hoje "humor" é entendido como um estado de espírito, mas houve época em que era visto como algo físico, fluidos que controlavam, entre outras coisas, o próprio temperamento das pessoas (o fleumático, por exemplo, seria dominado pela "fleuma", humor procedente do sistema respiratório). Doenças eram atribuídas a desequilíbrios entre humores; daí prescrições de tratamentos como sangrias e afins, supostamente para recuperar o equilíbrio perdido.

. A falta de base científica, porém, da teoria dos humores ficou clara com o desenvolvimento da medicina, levando ao seu abandono, do qual se salvaram apenas expressões como "mau humor", utilizadas, é claro, num contexto bastante distinto do original.

. É irônico, portanto, que a mesma visão medieval ressurja expressa na noção que a prostração da economia brasileira - aparente no "pibículo" do primeiro trimestre, assim como o que nos espera ao longo deste ano - se deva ao mau humor dos empresários. 

. Obviamente a confiança empresarial anda baixa, e não apenas ela: medidas da confiança do consumidor também não são nada animadoras, mas, isto dito, é um erro acreditar que alterações de humor, de empresários ou consumidores, surjam do nada e, a partir daí, afetem o desempenho econômico. A relação entre causa e efeito parece ser precisamente a inversa: é o desempenho da economia que afeta o estado de espírito a que chamamos de "confiança" ou "humor", ou qualquer nome que se queria dar à sensação que algo está muito errado no país.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Senador Randolfe Rodrigues diz que Luciana Genro não passa de traíra

O senador Randolfe Rodrigues acusou a ex-deputada Luciana Genro por atos explícitos de traição ao trabalho que vinha fazendo como candidato do PSOL ao Planalto.

. Ele deixou claro que Luciana Genro agiu como traíra, como se diz no RS.

. É por isto que não quer saber da filha de Tarso como candidata do PSOL. 

. O jornalista Lauro Jardim, que assina a coluna Radar em Veja, informou hoje que Randolfe Rodrigues deixou a corrida ao Palácio do Planalto decepcionado com os parlamentares do PSOL e fulo com Luciana Genro, até então sua vice, mas que deverá assumir a cabeça da chapa. Leia mais:

. A questão com Luciana parou na quebra de confiança.

. Randolfe atribui à sua parceira o vazamento à imprensa da notícia de que iria desistir da candidatura à Presidência. Estava pronto para anunciar publicamente o recuo e, de bate-pronto, declarar apoio à Luciana.

Na semana passada, ao ver publicada sua decisão, Randolfe mudou os planos: soltou uma nota confirmando a notícia e, sem avisar à Luciana, sugerindo Marcelo Freixo como o nome do PSOL e brigar pelo Planalto.

Jornalista tenta explicar a barriga do ano que aplicou aos jornais O Globo e Folha

Barriga, no jargão jornalístico, é notícia fria, inexistente.



O jornalista Mario Sergio Conti, que dirigiu Veja e hoje é colunista de Folha e Globo, tenta se explicar sobre a maior barriga jornalística dos últimos tempos, tudo por conta da publicação de uma entrevista de um sósia de Luiz Felipe Scolari, como se ele fosse o treinador. Disse Conti, que passa por verdadeiro inferno astral desde que o caso foi desmascarado:

- Pensei que era realmente o Scolari, achei todas as respostas dele sensatas.

. O sósia Vladimir Palomo, que faz imitações e participa até do Zorra Total, disse que o jornalista deveria saber diferenciar uma brincadeira do que é sério:

-  Você acha que o Felipão ia ficar andando sozinho em dia de Copa?

. Mário Sérgio Conti achava.

. Hoje, o Brasil todo ri do jornalista.

. Folha e O Globo desculparam-se com seus leitores. 

CLIQUE AQUI para conhecer melhor o jornalista. Esta não foi sua primeira trapalhada.

PSOL entra rachado na sucessão de Tarso

A convenção estadual do PSOL que escolheu novamente Roberto Robaina como candidato ao Piratini, acabou produzindo um racha inesperado e de proporções enormes, com desdobramento nacional. Entenda o que acontece, lendo a nota a seguir da fração Unidade Socialista, a mais importante do PSOL:

Enquanto a nível nacional há um esforço de todos os setores que compõem o PSOL para fortalecer a candidatura à Presidência da República de Luciana Genro, garantindo a pluralidade das chapas majoritárias em todo o país com a participação das diversas posições internas. Aqui, no Rio Grande do Sul, o MES, corrente do candidato ao governo do estado Roberto Robaina, excluiu da composição da nominata da majoritária, o nosso campo, Unidade Socialista, que é a segunda força política do estado, com trabalhos em Porto Alegre, Viamão, Caxias, Santa Maria, Jaguarão e outros municípios.
Motivados pela falta de reciprocidade desta corrente que foi contemplada em vários estados em que foi minoritária faremos um recurso à convenção nacional pedindo a revogação da decisão sobre a vice na chapa de Roberto Robaina para governador do Rio Grande do Sul.

Berna Menezes - Diretório Nacional do PSOL 
Romer Guex - Vice-presidente estadual do PSOL

CLIQUE AQUI para saber mais. 
CLIQUE AQUI para acompanhar o Face de Roberto Robaina.

Yeda lançará dia 26 sua autobiografia na Saraiva do Moinhos

Coragem e Determinação – Um Infinito Ainda por Fazer será lançado na quinta-feira, 26 de junho, a partir das 18 horas, na Saraiva do Moinhos Shopping, Porto Alegre.

. A história que Yeda conta nas mais de 400 páginas começa em São Paulo, cidade em que nasceu no ano de 1944. 

. Em Coragem e Determinação – Um Infinito Ainda por Fazer, Yeda dá a sua versão dos fatos e explica muitas ações do seu governo, que, segundo ela, não tiveram o devido destaque na época. Yeda foi a governadora que zerou o déficit do Estado e fez o pagamento antecipado do 13.º com recursos próprios pela primeira vez em 14 anos. Uma forte oposição, chamada por Yeda Crusius de “lado escuro da força”, fez diversas denúncias de corrupção ao seu governo, e ela, Yeda, foi alvo de críticas, todas rebatidas no livro.

O QUÊ: lançamento e sessão de autógrafos do livro Coragem e Determinação – Um Infinito Ainda por Fazer, de Yeda Crusius.
QUANDO: quinta-feira, 26 de junho, a partir das 18h.
ONDE: Saraiva do Moinhos Shopping.

Matriz aproxima-se da Escala no total de gastos do governo Tarso com publicidade

A agências de publicidade Escala continua sendo a preferida do Piratini para administrar suas gordas verbas de publicidade, mas no ano passado a Matriz avançou vigorosamente sobre o bolo total de gastos do governo Tarso Genro, segundo levantamento feito pelo editor.

. O governo empenhou R$ 70,2 milhões em 2003, sem considerar o que gastaram as estatais.

. Só o Banreisul desembolsou valor igual.

. Eis o ranking, por agência, em mihões:
Escala, R$ 26
Matriz, R$ 20
Dez, R$ 7,2
Morya, R$ 5,8
Martins, R$ 5,1
Global, R$ 5,1
Centro, R$ 1,5

Investidores internacionais também não gostaram da pesquisa Ibope

Embora tenha sido feriado no Brasil, as ações de empresas brasileiras foram negociadas normalmente nos mercados internacionais.  ADRs (recibos equivalentes a ações) da Petrobras caíram 2% em Nova York. Para quem especula com ações torcendo contra a candidatura da presidente Dilma, a estabilidade dela na pesquisa Ibope, com 39% das intenções de votos, não agradou

Fundação Getúlio Vargas lança Manual de Guerrilha Urbana

A ilustração ao lado é do Manual da FGV. O conselho é usar disfarces, cabeleiras postiças, óculos grandes, maquiagem para dissimulação, máscaras. 
CLIQUE AQUI para ver e ouvir reportagem sobre quebradeira na concessionária Mercedes Benz de SP, quinta a noite. 

A Fundação Getúlio Vargas aderiu aos movimentos iniciados pela ultraesquerda brasileira para amparar as práticas de guerrilha urbana, cada vez em maior evidência no País, como ficaram demonstradas as manifestações de ontem a noite em São Paulo (leia notas logo abaixo, com fotos).

. É que a FGV lançou ontem o seu site protestos.org Trata-se de iniciativa do Centro de Tecnologia e Sociedade da Fundação Getulio Vargas e da ONG Artigo 19. (https://protestos.org/)

. O site dá dicas de proteção aos participantes de mobilizações:

- Organizar o ato por canais criptografados de comunicação.
- Fugir de reconhecimento por meio de imagens usando maquiagem.
- Usar grandes óculos de sol.
- Usar e abusar de máscaras.

CLIQUE AQUI para ler o material completo do Manual do Guerrilheiro Urbano, elaborado pelo líder comunista Carlos Marighella. Define Marighella: "Um revolucionário político e um patriota ardente, ele é um lutador pela libertação de seu país, um amigo de sua gente e da liberdade. A área na qual o guerrilheiro urbano atua são as grandes cidades brasileiras".


Clique na imagem a seguir para ouvir e ver o comentário do editor sobre o embrião de Manual de Guerrilha Urbana elaborado pela FGV. O nome do comentário é: Guerrilha urbana no Brasil: o que fazer para combater ?

Cai índice de aparelhos de TV ligados durante os jogos da Copa

A jornalistya Keila Jimenez, Folha de S. Paulo, avisa que os canais pagos e abertos não se cansam de comemorar a audiência em alta na Copa, mas de fato existem menos televisores ligados em São Paulo durante os jogos da seleção. 

. A média de televisores ligados nos dois primeiros jogos do Brasil na Copa da Alemanha, em 2006, foi de 71%. Durante as duas primeiras partidas da seleção no Mundial no Brasil, havia 57% de televisores ligados em São Paulo. O que significa que 43% dos aparelhos de TV na região estavam desligados na hora do jogo.

. São Paulo é o único local no Brasil onde as pesquisas são feitas em tempo real e de modo permanente.
        
. Em 2010, na competição na África, os dois primeiros jogos tiveram 60% de aparelhos ligados. E a faixa horária das partidas nas três Copas é quase a mesma. Em oito anos, a Globo perdeu 43% de sua audiência no jogo de estreia da seleção na Copa. Brasil x Croácia, em 2006, marcou 65,7 pontos. Brasil x Croácia, no último dia 12, alcançou 37,5 pontos. Cada ponto equivale a 65 mil domicílios na Grande SP. Na África, em 2010, o primeiro jogo da seleção registrou 45,2 pontos.

Sai Manual para Contratação de Agências pelo setor Público

O Sindicato das Agências de Propaganda do Estado, Delmar Gentil já fechou um trabalho de fôlego sobre a fiscalização de editais no setor público relacionados com publicidade, inclusive escolha de agências. Desde o início da atualgestão, a entidade já analisou 30 concorrências. 

. Para evitar irregularidades, o Sindicato montou um manual sobre contratação de agências de publicidade por meio de licitações.

. Seria importante entregar um exemplar para cada candidato a governador do RS.

Até Rosane Oliveira levanta dúvidas sobre a última pesquisa do Ibope

Até a governista editora de Política do jornal Zero Hora, Rosane Oliveira, resolveu levantar dúvidas sobre a pesquisa Ibope de ontem, porque são evidentes as incoerências dos números dos diversos ítens tabulados. Os números das intenções de votos para Dilma não fecham com a rejeição ao seu governo e a ela mesma. 

. As incoerências chegam a ser grosseiras.

. Leia o que ela escreve hoje no jornal:

Se um candidato à reeleição perde popularidade, a lógica é caírem seus índices de intenção de voto e os adversários crescerem. Não é o que constatou o Ibope na pesquisa encomendada pela CNI e divulgada ontem. No levantamento, feito entre 13 e 15 de junho, a popularidade da presidente Dilma Rousseff cai, mas ela se mantém estável na preferência dos eleitores, com 39%, um ponto a mais do que no levantamento anterior (feito entre 4 e 7 de junho) e um a menos do que em maio. Seu principal adversário, o senador Aécio Neves perde um ponto (de 22% para 21%) e o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) cai de 13% para 10%. Os números reforçam a tendência de segundo turno. Nas simulações de confronto direto, a vantagem de Dilma também voltou a crescer. Subiu de 9 para 13 pontos em relação a Aécio e de 11 para 16 pontos na disputa com Campos. Os números são ainda mais intrigantes quando comparados com os da pesquisa do Datafolha, feita entre 3 e 5 de junho. Nesse levantamento, Dilma tinha 34%, Aécio, 19%, e Eduardo Campos, 7%. O levantamento do Ibope sugere que o eleitor não está satisfeito com Dilma (caiu também o índice de confiança na presidente), mas não identifica nos seus adversários um porto seguro. Se olhada com lupa, a pesquisa não é confortável para ninguém, até porque cresceu a rejeição a todos, mas cada um pinça os números que lhe interessam.

. Os petistas gostaram dos resultados, porque os adversários não subiram nas últimas semanas. O governador Tarso Genro avaliou que o pior momento já passou e que a tendência é Dilma recuperar popularidade e crescer com o início da campanha. A oposição comemorou a queda na popularidade da presidente, por entender que esse é o primeiro passo para ela despencar nas pesquisas de intenção de voto. Com a Copa, a campanha só vai deslanchar na metade de julho.

Tarso quer ir para a campanha como Pai do PAC Gaúcho

Depois de quatro anos de governo, o PT gaúcho decidiu que chegou a hora de lançar o PAC Gaúcho. Será o PAC Gaúcho da Infraestrutura.

. Será uma ferramenta eleitoral.

. A idéia foi acertada em reunião realizada com a presença de Tarso Genro. 

. Tarso quer ser o Pai do PAC Gaúcho, um PAC só de idéias.

. A jornalista Taline Oppitz, bem informada no que acontece no governo e no PT, informou hoje no jornal Correio do Povo que o PAC Gaúcho de Infraestrutura será uma cesta “forte e intensiva” de pequenas obras — com grande impacto no cotidiano das comunidades — em diversas regiões do Estado, como acessos asfálticos, pontes, viadutos e passarelas.

PR poderá coligar com Vieira da Cunha

Além do apoio do PV, anunciado ontem, o deputado Vieira da Cunha, PDT, quer chegar à convenção deste sábado em Sáo Borja, contando com o apoio também do PR.

. O PR não tem deputados no RS, mas nacionalmente dispõe de farto tempo de TV.

PRB é outro Partido que desembarca do governo Tarso Genro

O PRB é outro Partido que desembarca do governo Tarso Genro, tal como fizeram antes PDT e PSB. Não se sabe até o momento se ele manterá seus cargos no governo, porque PDT e PSB ainda sustentam algumas posições na administração estadual.

. Os presidentes da CEEE e da Ceasa, por exemplo, são quadros do PDT e PSB.

PRB fecha coligação com Ana Amélia

O PRB do RS bateu o martelo e fechou coligação com PP, PSDB eSolidariedade no RS, apoiando a chapa da senadora Ana Amélia, conforme já antecipou o editor. O acordo saiu ontem.

. A coligação só não acontecerá na proporcional, porque o PP não participará do acordo para as eleições de Câmara e Assembléia.

. O acordo só não está fechado por completo porque o PSDB precisa indicar seu candidato ao Senado, que poderá ser até mesmo um deputado estadual. O Partido acha que com Ana Amélia e Aécio na ponta, o eleitor não teria razão para não votar também no senador.


. As convenções dos Partidos está agendada para o dia 27. 

- O PRB quer eleger pelo menos um deputado Federal, Carlos Gomes, atual deputado estadual no RS. O Partido é vinculado à Igreja Universal, que no RS controla TV Record, Rádio Guaíba e Correio do Povo.