Tribunal de Contas proibe contratação de consultoria por parte do Daer. "Existem vícios no edital", acusa o TCE.

* Clipping http://www.zerohora.com.br/

Medida cautelar emitida pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) suspendeu a licitação do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagens (Daer) para a contratação de uma empresa de consultoria na área de concessões rodoviárias. O objetivo do Daer era, a partir da consultoria, realizar uma devassa no atual modelo de concessão de estradas mediante pedágio.

De acordo com o conselheiro Iradir Pietroski, que expediu a liminar, o edital da concorrência apresenta vícios capazes de gerar danos aos cofres públicos. A medida foi adotada durante inspeção especial que o TCE está fazendo no Daer.

O secretário de Infraestrutura e Logística, Beto Albuquerque, considera que a cautelar atrasa ainda mais o processo:
- A decisão atrasa o processo que já existe, evidentemente. Caberá à comissão especial que conduz o processo licitatório se reunir depois do feriado para ajuizar o que fará a respeito.

Os envelopes referentes à documentação exigida e as propostas deverão ser armazenados até uma nova manifestação do TCE sobre a matéria. De acordo com o tribunal, o diretor-geral do Daer tem prazo de até 15 dias para se pronuncia.

Você se interessa pelo mercado financeiro?
Aprenda a investir com quem tem experiência na Bolsa de Valores: Leandro & Stormer, mais de 10 anos de tradição no mercado. Aproveite as oportunidades que a bolsa te oferece e acessehttp://tinyurl.com/caqrmuh

Pompas e circunstâncias permeiam as relações pouco republicanas de Cabral e Delta, os amigos do governo do PT

O deputado Anthony Garotinho já venceu os hackers que bloquearam seu site e resolveu postar notas denúncias e fotos escandalosamente eloquentes sobre as amizades corrosivas do governador Sérgio Cabral, o amigo mais amigo de Lula, de Dilma e do PT.

. Agora à tarde,  ele soltou fotos de um jantar no Restaurante la Tour d'Argent em Paris, do  Wilson Carlos e o Cavendish. A carta de vinhos tem um palmo de altura.

. A vista é deslumbrante, na beira do Sena, cenário que emudece qualquer líder petista que se preze e que lá (à beira do Sena) já estiveram, como o deputado Raul Pont e o governador Tarso Genro.

. Sérgio Cabral está desnorteado com o tiroteio e a exposição, mas seus amigos do governo do PT, contratadores da Delta, que pagou toda esta conta denunciada por Garotinho, também tremem de medo.

. Anthony Garotinho ratificou que foi no Restaurante Louis XV, em Montecarlo,  o jantar à luz de velas onde  o Sérgio Cabral e equipe marcaram o casamento do Cavendish com a Jordana Kfouri, e depois comemoraram o aniversário da mulher do Cabral. A foto do local é esta aí do lado.


CLIQUE AQUI para ver Sérgio Cabral e o dono da Delta no show do U2 em Paris. Vida de governador amigo do PT e parceiro do principal contratado do PAC é mesmo alegre. 

Opinião do leitor - Abre o olho com Brizola Neto, Dilma

OPINIÃO DO LEITOR

Da última vez que a turma da Dilma levou um Brizola para governo do PT, o próprio Leonel Brizola decidiu nunca mais falar com o cooptador. Foi no governo Olívio Dutra. Olívio, elegante como sempre, quando soube que João Vicente tinha brigado com o pai, atraiu-o com promessa de emprego e nomeou-o diretor da Lotergs, da qual saiu atirando, em meio a denúncias de corrupção contra o governo do PT, inclusive de ligações permissivas com Carlinhos Cachoeira. Brizola, agravado, mandou o PDT cair fora do Piratini, produzindo uma cisão que levou Dilma para o PT.

A reportagem de capa da Veja mostra João Vicente contando que o PT gaúcho também exigia propina. Ele envolveu na história até a ex-senadora Emília Fernandes.

CLIQUE AQUI para ler a reprodução da reportagem de Veja, replicada no site do PDT.

Estes posts do Twitter mostram Chavez no cenário perverso de um homem que morre sem dignidade e aos poucos diante das câmeras de TV

Os registros abaixo, saíram há pouco na rede social Twitter, de Internet. São pequenos posts de conteúdo relevante e dramático. O coronel é um morto vivo. A descrição é de um cenário politicamente escabroso, doentio e perverso, protagonizado por uma criatura má e que não se respeita e nem respeita seus semelhantes na pior hora da vida.

Webarticulista.net ‏ @webarticulista
Reply
Retweet
Favorite
Open

Chávez reaparece y no luce muy bien ante las cámaras.
Toma lejana, nada de primeros planos presidenciales en el día de hoy. Extraña transmisión televisiva
Chávez luce nuevamente inflado.

Puro columnista dominguero las lecturas presidenciales...por eso estamos como estamos.
JVR incorporado al Consejo de Estado junto a Luis Librito García
Se instala Consejo de Estado.

Venezuela se retira de la CIDH.
El maquillaje no ha podido cubrir hoy la palidez presidencial.
Hoy regreso a La Habana. Chávez.

Preço da soja, Rio Grande, alcançou nesta segunda o maior recorde de toda a história

A mais alta cotação para a soja gaúcha foi registrada nesta segunda-feira em Chicago. O editor pediu ao diretor da Brasoja, Antonio Sartori, cálculos sobre o preço efetivamente pago na data do último recorde, 2008, e o preço desta segunda-feira, em Rio Grande. Eis o resultado (preço por bushel):
Recorde histórico em 2008 - US$ 14,20
Recorde de todos os tempos, hoje - US$ 15,83

. Como se sabe, a quebra da safra de soja no RS é enorme - maior do que 50%, devendo chegar a apenas 6,5 milhões de toneladas. A procura continua muito firme.

Depois de prisão de jornalista, vereadores levantam restrições à imprensa em Nova Petrópolis

Depois da péssima repercussão do projeto de resolução que proibia filmagens das sessões, a Câmara de Vereadores de Nova Petrópolis voltou atrás e revogou a censura. No dia 19 deste mês, um repórter do jornal O Diário foi impedido de realizar a cobertura da sessão, sendo retirado do recinto pela Brigada Militar. No novo projeto de resolução, porém, há uma nova irregularidade. As filmagens podem ser feitas pelos órgãos de imprensa, deixando brecha para proibição para o cidadão comum. Outro absurdo jurídico. Resta saber, como a Mesa da Câmara de Nova Petrópolis irá controlar as filmagens através de smartphones.

* Clipping www.mironneto.com.br

Artigo, Aécio Neves - As eleições municipais

A eleição de 2012 será a primeira sob a vigência da Lei da Ficha Limpa. A novidade poderá representar um importante divisor no mundo da política e um avanço no processo de construção do país, como o foi, a seu tempo, a Lei de Responsabilidade Fiscal -que colocou um freio na gastança do dinheiro público, passando a exigir um mínimo de responsabilidade administrativa por parte dos governantes.

Pela maior proximidade com a vida das comunidades, as eleições municipais tendem, naturalmente, a colocar foco na disputa política local e nos problemas urbanos que afligem os moradores. Muitas vezes, infelizmente, chegam até mesmo a gravitar em torno de querelas paroquiais, como se decisões tomadas no nível municipal não guardassem relação com a realidade do Brasil como um todo.

O pleito de 2012 pode ser uma boa oportunidade para que partidos e candidatos coloquem na ordem do dia temas comuns que nos ajudem a construir, das bases, uma agenda importante para o país.

CLIQUE AQUI para ler a íntegra do artigo publicado na Folha de hoje.

Professores impõem nova derrota ao governo estadual na Justiça do RS

Um grupo de professores da rede pública estadual do Estado, representado pelo Escritório Moraes de Vasconcelos, ingressou na Justiça com mandado de injunção (mandado de injunçãon. 70045681616) para obter o direito a acréscimo remuneratório pelo trabalho noturno. O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, através da decisão de relatoria do Desembargador Armínio José Abreu Lima da Rosa, abriu importante precedente concedendo adicional de 20% aos oito professores que desenvolvem suas atividades no turno da noite.

. O voto foi acompanhado por unanimidade pelos Desembargadores do Órgão Especial. Até então, os integrantes do quadro do magistério não recebiam adicional noturno, por falta de previsão legal.

. O Poder Judiciário Estadual supriu uma lacuna do legislativo, concedendo às partes um direito constitucional ainda não regulamentado por lei ordinária. O Escritório Moraes de Vasconcelos ressalta que a decisão vale apenas para os autores da ação e tem força de lei entre as partes, até que seja editado regramento próprio. A decisão também poderá fazer jurisprudência, inclusive, para outras categorias de servidores públicos que trabalham em horário noturno e hoje não recebem o adicional.

Você se interessa pelo mercado financeiro?
Aprenda a investir com quem tem experiência na Bolsa de Valores: Leandro & Stormer, mais de 10 anos de tradição no mercado. Aproveite as oportunidades que a bolsa te oferece e acessehttp://tinyurl.com/caqrmuh

Artigo, Rosane Oliveira, Zero Hora - Para (Tarso Genro) não ser incoerente

- Depois de levar um pito do jornalista David Coimbra, que por pouco não o chamou de "sem vergonha" ("O senhor não tem vergonha, governador?", perguntou o jornalista da RBS), o governador Tarso Genro resultou novamente atacado neste sábado pela jornalista Rosane Oliveira, editora de Política da RBS. Ela desnuda as incoerências do governo do PT, mas usa formas oblíquas e mais delicadas para demonstrar que Tarso Genro não cumpre a palavra dada. Da mnesma forma que vestiu a carapuça na primeiras vez, o governador voltou a vestir o chapéu desta vez, reagindo com ira diante dos comentários dos seus antigos afetos, acusando-os agora de "conhecidos desafetos". O episódio serve bem para ilustrar a antiga tese do editor, segundo as quais os líderes do PT do RS sofrem de continuada Síndrome do Escorpião.

Se tivesse de escolher entre a incoerência e a irresponsabilidade, o que você escolheria? É nessa sinuca que se encontra o governador Tarso Genro, depois de ter prometido mundos e fundos aos funcionários públicos e de ter subestimado as dificuldades financeiras do Estado, que engessaram seus antecessores. Se um governador opta pela incoerência, o problema é dele. Se para ser coerente comete a irresponsabilidade de gastar o que o Estado não tem, a conta vai para o cidadão na forma de aumento de impostos ou de redução de investimentos.

Para ser coerente com o discurso de campanha e com o comportamento do PT na oposição, Tarso já deveria estar pagando o piso salarial – R$ 1.451 como vencimento básico sobre o qual incidem as vantagens. Seria ótimo se o Estado tivesse dinheiro para acrescentar quase R$ 3 bilhões à despesa anual com servidores públicos. Como não tem e a margem para remanejamento de despesas é mínima, o governador teria apenas uma alternativa no curto prazo: tomar emprestados 90% dos depósitos judiciais que estão guardados no Banrisul. O problema é que esse dinheiro é das partes que litigam na Justiça e acabaria em menos de dois anos. Como o governo poderia reembolsar o que tomasse emprestado?

Os depósitos judiciais somam mais de R$ 4 bilhões, mas há um detalhe para o qual é preciso prestar atenção: mais da metade são de ações contra uma única empresa. Essas ações devem ser julgadas em bloco, a qualquer momento, e o dinheiro terá de estar disponível. Antes de criar uma despesa fixa, o governo precisa arranjar receita, sob pena de colocar em risco o pagamento em dia dos próprios salários.

Para ser coerente com o que o PT pregou na oposição, Tarso não poderia ter feito o acordo que fez com o Ministério Público para pagar um abono que eleve para R$ 1.451 o salário dos professores que hoje têm vencimento básico inferior ao piso nacional do magistério. Só que essa coerência significaria privar mais de 30 mil professores de ganharem um salário minimamente decente para exercer a nobre tarefa de ensinar.
Para acalmar as corporações, Tarso já se comprometeu com aumentos que extrapolam seu período de governo, ato considerado irresponsável pelo presidente do PP, Celso Bernardi. Como tem pretensão de conquistar o governo em 2014, o PP teme herdar contas que não conseguirá pagar.

Tarso e o PT foram contra o projeto de construção da ERS 010 pelo sistema de parceria público-privada com cobrança de pedágio. Por coerência, deveriam continuar sendo contra, mas a responsabilidade manda encontrar uma alternativa para desafogar o tráfego na ligação de Porto Alegre com o Vale do Sinos e o governo se encaminha para encarar a PPP com diferenças.

Dilma pretere Vieira da Cunha e anuncia Brizola Neto para o ministério do Trabalho

*Clipping www.ig.com.br

Brizola Neto vence resistências e vai assumir pasta do Trabalho
Deputado do PDT do Rio de Janeiro vai ocupar vaga após interinidade de secretário-executivo. Ele é neto do ex-governador Brizola

O Palácio do Planalto vai confirmar ainda hoje o nome do novo ministro do Trabalho, Brizola Neto (PDT-RJ).  Ele foi convidado há quase dois meses  pela presidenta Dilma Rousseff, mas acabou vetado pelo presidente nacional do PDT e ex-ministro Carlos Lupi.

Como o Poder Online antecipou , a presidenta Dilma Rousseff chamou Brizola Neto e Carlos Lupi para uma conversa hoje no Palácio do Planalto. Quando o deputado foi convidado pela primeira vez em março, Lupi foi contra a nomeação dele.

De lá para cá, Brizola trabalhou seu nome dentro do partido, sobretudo junto a integrantes da bancada da Câmara. Seu maior aliado no PDT é o deputado Paulinho (SP), que é também presidente da Força Sindical.
No momento mais crítico das negociações, Paulinho ameaçou romper com o governo e aderir à oposição. Brizola Neto também impôs uma derrota a Carlos Lupi, na disputa pelo diretório regional do PDT do Rio de Janeiro.

Lupi foi ministro do Trabalho entre 2007 e dezembro do ano passado. Ele deixou o cargo após uma série de denúncias de irregularidades na pasta. A mais grave refere-se ao uso de um avião de uma ONG que presta serviços à pasta do Trabalho.

Entrevista - Vendas cresceram zero em abril, mas maio promete avanço nominal de 10% em Porto Alegre

Gustavo Schiffino, presidente da CDL de Porto Alegre

Como foram as vendas do comércio lojista em abril?
Foi um mês complicado, com dois sábados a menos sobre março.

O que isto significa em números?
Ainda não fechamos o Termômetro de Vendas, mas se você trabalhar com crescimento nominal de 3% a 4% sobre o mesmo mês do ano passado, não vai errar.

Ajustado, isto significa crescimento zero.
Por aí.

E maio?
Tem o Dia das Mães para ajudar. Só para a data, prevemos vançar 12% nominais sobre igual data do ano passado. No mês, vamos avançar 10% nominais, portanto com crescimento real bem considerável.

Inadimplência?
Muito baixa em Porto Alegre. Não percebemos nada anormal. 

Cuidado com o site do Garotinho. Hackers introduziram vírus que atacam quem vai até ele.

Muito cuidado com o site do deputado Anthony Garotinho, porque nesta segunda-feira ele foi atacado por hackers e produz um vírus terrível no computador de quem o acessa.

. No domingo, o editor acessou várias vezes o site, mas nesta segunda-feira tudo acabou virando caso de polícia. O vírus consiste em não conseguir fechar a pagina. O leitor clica para fechar e abre outra e outra página sucessivamente.

- Garotinho vem produzindo ataques virtuais devastadores sobre o governador Sérgio Cabral e aos interesses do PT e do governo Dilma, conforme você pode verificar em matérias postadas logo abaixo. Vá e leia.

O que fariam os promotores Képes e Max Guazzeli, caso estivessem em SP e resolvessem intervir na Fórmula Indy, como fizeram no Natal Luz de Gramado ?

As perguntas que os leitores desta página fazem desde domingo ao editor, depois de conhecidos os gastos da prefeitura de São Paulo com o evento da Fórmula Indy, promovida pela Band, são as que vão a seguir:
A exemplo do que fez em Gramado, o Ministério Público de São Paulo vai intervir na Prefeitura, afastar o secretário de turismo e processar os realizadores e criadores da Fórmula Indy e, ato contínuo, estatizar tudo, inclusive as equipes?  Haverá mandados de busca e apreensão para recolher computadores nos hotéis e nas casas dos principais administradores do evento?

Afinal, o secretário de Turismo e a prefeitura de São Paulo, inclusive o prefeito, estão permitindo que empresas privadas, patrocinadas por empresas privadas, ocupem espaços públicos. E isso há varios dias.
Quem será o administrador judicial, a ser indicado pelo MPSP, que irá assumir o comando do Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé estatizado? Vejam a confissão do prefeito na notícia abaixo.


Vai gastar R$ 27 milhões de dinheiro público para promover um evento privado?
. As perguntas são procedentes, porque não existe diferença entre o Natal Luz, em Gramado, e Fórmula Indy, em São Paulo. Em ambos os casos, como também no Carnaval, no Fórum Social Mundial ou na Festa da Cuca de Santa Cruz, as prefeituras não promovem e administram os eventos, mas contribuem com verbas e serviços públicos, nem de longe os principais, pelos quais exigem prestações de contas, quando é o caso. 
 
LEIA a notícia:
Prefeitura de São Paulo gastará R$ 27 milhões com Indy em São Paulo
Prova será realizada neste final de semana
Gazeta Press
26/04/2012 14:43

O prefeito Gilberto Kassab estima gastar aproximadamente R$ 27 milhões com a etapa de São Paulo da Fórmula Indy, marcada para o próximo domingo. Além de R$ 12 milhões em publicidade, serão mais R$ 15 milhões em investimentos de infraestrutura.

Kassab lembrou que os valores ainda não são definitivos e podem sofrer alterações, para cima ou para baixo, de acordo com as necessidades até a corrida de domingo. No ano passado, o prefeito estimou os gastos apenas com infraestrutura na faixa dos R$ 15,5 milhões.

“A Fórmula Indy é um evento superavitário. Se a prefeitura gasta um determinado valor, ganha, no mínimo, o triplo. Fora a questão social de geração de empregos. Além disso, a maioria dos investimentos que fazemos em infraestrutura ficam como legado para a cidade”, argumentou.

De acordo com os envolvidos na organização, boa parte dos investimentos foram direcionados para corrigir problemas de drenagem e eliminar ondulações no circuito de rua armado na região do Anhembi, que inclui a Avenida Olavo Fontoura e a Marginal Tietê.

A interdição de algumas vias e o aumento do trânsito mexem com a vida dos paulistanos, mas os inconvenientes valem a pena, garante Kassab.
“Como é no final de semana, a interferência é baixa, mas é claro que existe. Essa interferência saudável é o preço de trazer um grande evento como esse para São Paulo”, declarou.

Já o orçamento do Grupo Bandeirantes, promotor da etapa de São Paulo, é de R$ 54 milhões. Depois de sofrer prejuízo nos dois primeiros anos de disputa da corrida, Marcelo Meira, vice-presidente da organização, projeta um cenário diferente em 2012: “esperamos alcançar um ponto de equilíbrio”.

Segundo Marcelo Rehder, presidente da SP Turis, empresa de turismo de turismo e eventos municipal, no ano passado sete mil turistas visitaram a cidade para acompanhar a corrida. Em mídia espontânea, garante Rehder, o retorno foi de cerca de R$ 430 milhões.

Dos 42 mil ingressos colocados à venda, restam menos de 600, o que praticamente garante casa cheia no domingo. A corrida será transmitida para 130 países e, de acordo com Marcelo Meira, a NBC e a ABC, duas das maiores emissoras dos Estados Unidos, passarão o evento.

Tarso está á beira de um ataque de nervos. Agora, briga até com sua aliada mais carnal, a RBS

- O governador Tarso Genro poderá aproveitar seu tempo de ócio de oito dias em Portugal e na Espanha, antes de ir para o trabalho na Grã Bretanha, ao final da missão que começou antes, para reexaminar o rumo das trombadas que começou a dar com aliados eventuais ou duradouros que o ajudaram a desconstruir o governo Yeda Crusius e elegê-lo. Em pouco menos de uma semana, bateu de frente com seu aparelho mais fiel, o Cpers e entrou em conflito público com a OAB e a Ajuris. Neste final de semana, antes de viajar, irritou-se novamente com um texto de um jornalista de Zero Hora, mas em vez de responder ao profissional, preferiu apelar ao que chama de “redes sociais”, fenômeno que ele nem compreende direito, porque acha que “rede social” é o site do PT. De qualquer modo já é um progresso este apelo às “redes sociais”, porque o governo Olívio Dutra preferia pedir a cabeça dos jornalistas, mediante cortes de verbas e ameaças sem intermediários. A RBS, como se sabe, é a queridinha do governo federal do PT, do PT, e até há pouco do próprio Tarso Genro. Leia a seguir o que escreveram Zero Hora e Tarso Genro nesta segunda-feira. O texto de Tarso saiu no site do PT do RS, que é integrande de uma “rede social” tão clandestina quanto a de qualquer outro Partido. 

Tarso usa intermediário para responder à Página 10
29 de abril de 20120

Incomodado com a abertura da Página 10 de hoje, que vocês podem ler no post anterior, o governador Tarso Genro apelou ao site PT Sul para contestar o que escrevi. Embora não tenha me mandado o texto, democraticamente vou colar aqui a resposta dele, postada no PT Sul, como tenho feito sempre alguém contesta o que escrevo. Não me considero dona da verdade, mas não tenho nenhum reparo a fazer no que escrevi hoje. Quem acompanha a política no Rio Grande do Sul sabe muito bem como o PT se comportava na oposição.
Com a tranquilidade de quem muito criticou o governo de Yeda Crusius, reafirmo aqui a independência da Página 10. Não tenho compromisso com nenhum partido político, nem estou preocupada em agradar a quem quer que seja no Executivo, no Legislativo, no Judiciário ou no Ministério público".

Mais uma vez, apelamos às redes
Pela segunda vez neste mês, um articulista de ZH utiliza o espaço do jornal para fazer ataques diretos a políticos do governo do Estado, reportando-se diretamente à pessoa do governador. Neste domingo, foi a vez da jornalista Rosane de Oliveira "sentenciar" que Tarso Genro será "incoerente ou irresponsável", na solução para o pagamento do piso nacional do magistério. A colunista desconsidera o fato de que o governo da Unidade Popular Pelo Rio Grande adotou uma outra posição para retirar o estado da crise, que não a do governo anterior de criação do "déficit zero", que diminuiu as funções do Estado, sucateou a administração pública e congelou salários.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Bancos e repartições públicas funcionam normalmente nesta segunda. Empresas privadas, claro, abriram como sempre abrem em dia de trabalho.

Repartições públicas e bancos também abriram  normalmente o expediente nesta segunda-feira no RS. Isto vale para o governo estadual, repartições do judiciário e Assembléia Legislativa.

. Na semana passada, esta página chegou a avisar que serviços do governo estadual e do legislativo seriam paralisados.

. Os empreendedores e trabalhadores da iniciativa privada que não são da abonada área financeira, que são os que produzem riqueza e sustentam os serviços e empregos públicos, jamais fazem feriadão e por isto funcionam normalmente.

Você se interessa pelo mercado financeiro?
Aprenda a investir com quem tem experiência na Bolsa de Valores: Leandro & Stormer, mais de 10 anos de tradição no mercado. Aproveite as oportunidades que a bolsa te oferece e acesse http://tinyurl.com/caqrmuh

Artigo,Gaudêncio Torquato - Cercando a teia da corrupção

* Clipping do jornal O Estdo de S. Paulo.

Os dois maiores problemas brasileiros são a segurança pública e a corrupção. A percepção da população, apurada por pesquisas de opinião, ampara-se em fundamentos ligados à própria sobrevivência, no caso, fatores que abrigam os mecanismos de conservação do indivíduo: os impulsos combativo e alimentar. O primeiro explica que a vida do ser humano é uma luta permanente contra a morte, um combate ininterrupto contra os perigos. Daí a prioridade absoluta que deposita em propostas - meio, recursos, ações, política - para sua segurança. Já o segundo leva as pessoas a buscarem os insumos e as condições que lhes garantam bem-estar físico e espiritual para enfrentar os desafios. Nesse nicho entra a vertente da corrupção, percebida como o conjunto de desvios, contrafações e ilícitos que resultam na apropriação de recursos públicos destinados ao bem-estar da coletividade. Em outros termos, os cidadãos inferem que corruptos e corruptores surrupiam milhões de reais que lhes pertenceriam, o que diminui a possibilidade de contar com um bolso mais polpudo e, assim, garantir o estômago mais saciado. Sob essa compreensão, que se pode depreender da visão de Serge Tchakhotine (A Mistificação das Massas pela Propaganda Política), a sociedade vê com alegria a notícia de que o Brasil dá mais um passo na guerra contra a corrupção. O motivo de esperança é a decisão da Comissão de Juristas do Senado que classifica como crime o enriquecimento ilícito de servidores públicos, sejam modestos funcionários, políticos, dirigentes de empresas e órgãos ou juízes. Trata-se de mais uma ferramenta a ser incorporada ao Código Penal.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Garotinho joga mais lama sobre o governador Sérgio Cabral no seu blog deste domingo. O amigão de Lula, de Dilma e do PT, ficou sem saída.

O deputado Anthony Garotinho, ex-governador do Rio, inimigo jurado do governador Sérgio Cabral, postou neste domingo nova leva de fotos que mostram as íntimas relações pessoais e até familiares entre o amigão de Lula, de Dilma e do PT, o governador carioca, e o dono da Delta, Fernando Cavindish. A história que Garotinho narra sobre o trágio acidente que matou a mulher de Cavindiish e a nora de Cabral, é contada pelo deputado de maneira crua e até cruel. O jogo político em função da CPI do Cachoeira mal começou e já enlameia todo o cenário eleitoral deste ano do Rio, porque é isto que está em jogo por trás dessas novas e sujas denúncias que estão no blog do Garotinho. Vai ficar pior quando as denúncias começarem a pipocar nas obras do PAC. Leia: 

Antes de prosseguir gostaria de fazer alguns esclarecimentos atendendo aos leitores do blog. Lamento com sinceridade ter que expor as imagens da falecida esposa do dono da Delta em algumas reportagens. Nas centenas de fotos e vídeos e que estão em nosso poder tivemos a preocupação de preservá-la o quanto foi possível. Todavia algumas situações são fatos jornalísticos contundentes e reveladores, cujas ações exibidas e seus personagens comprovam ligações promíscuas e desmascaram versões que vinham sendo sustentadas para proteger um governador de Estado e seus secretários que vêm assaltando os cofres públicos. 

Vocês hão de convir comigo que se tivéssemos utilizado recursos de tecnologia para esconder a esposa de Fernando Cavendish, a primeira coisa que diriam era que não passava de montagem e tentariam desacreditar tudo o que mostramos até agora. A mídia jamais reproduziria o material revelado com exclusividade pelo nosso blog. 

À família de Jordana Cavendish meus sinceros sentimentos, nunca foi nossa intenção reabrir feridas, sabemos que ela também foi vítima da irresponsabilidade e soberba de Cabral, que podendo fazer um percurso de carro, de no máximo 20 minutos até o luxuoso resort onde seria comemorado o aniversario de Fernando Cavendish, fez questão de usar um helicóptero sem nenhuma necessidade, o que acabou gerando a tragédia que culminou na morte de Jordana, de sua irmã e outras crianças inocentes. 

Outro ponto que me chamou a atenção é que Cabral disparou seu sistema de comunicação postando comentários contra mim em vários blogs e jornais que estão reproduzindo nossas matérias.

(...)

 Cabral diz hoje em mais uma nota oficial que não sabia do envolvimento da Delta, do seu amigo Fernando Cavendish com a turma do Cachoeira. É a mesma estratégia que Lula usou na época do Mensalão, disse que não sabia de nada do que José Dirceu fazia. Mas há questões mais importantes que Cabral sabe e não responde através de suas notas oficiais. 

Quem pagou essas viagens milionárias?  
Como ele consegue movimentar tanto dinheiro no exterior?  
Será que Cabral tem alguma conta na Europa ou em outra parte do mundo?  
Será que essas despesas constam de suas prestações de contas junto à Receita Federal? 

CLIQUE AQUI para ler as novas denúncias e examinar as novas fotos das festas milionárias de Sérgio Cabral e Fernando Cavendish, o dono da Delta. 

Artigo, Merval Pereira - Afinal, Veja mantinha ou não relações permissivas com Carlionhos Cachoeira ?

* Clipping Merval Pereira, O Globo.

Os vazamentos dos documentos sigilosos referentes à investigação da Polícia Federal sobre a relação do Senador Demóstenes Torres com o bicheiro Carlinhos Cachoeira que o Supremo Tribunal Federal enviou ao Congresso estão por toda a parte, e já nem são mais seletivos. Há fatos para todos os gostos.
Tanto a chamada “grande imprensa” quanto uma variedade imensa de blogs, de várias tendências políticas e com diversos interesses em jogo, estão divulgando sem parar documentos e gravações, para desespero, suponho, do senador autointitulado bedel da CPI.

Aliás, muitos dos documentos vazaram enquanto estavam sob a guarda do Supremo, e continuaram vazando mesmo antes de chegarem ao Congresso.

Eles demonstram mais uma vez que o relacionamento de jornalistas da revista Veja com o bicheiro Carlinhos Cachoeira e seus asseclas nada têm de ilícito, ficando preservada, por tudo que se conhece até o momento, a tênue linha que separa a ética jornalística de atos que podem comprometê-la.

O caso do jornal popular inglês News of the World, que colocou seus diretores e proprietários no banco dos réus na Inglaterra, é exemplar dessa diferença: lá os jornalistas contratavam arapongas para espionar celebridades e políticos. Aqui, até o momento está demonstrado que a revista se utiliza de gravações realizadas para revelar os escândalos da República.

CLIQUE AQUI para ler todo o texto. 

"O PT deu um tiro no pé ao apostar que a CPI vai ofuscar o mensalão"


Clipping – Jornal O Estado de São Paulo – 28/05/2012

Diz-se que toda Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) acaba em pizza. Mas o cientista político da Universidade de São Paulo (USP), José Álvaro Moisés, especialista em Congresso, discorda. Um estudo coordenado por ele e publicado, no ano passado, no livro O Papel do Congresso Nacional no Presidencialismo de Coalizão, aponta que, entre 1999 e 2010, 86% das CPIs instaladas no Senado e na Câmara encaminharam relatórios ao Ministério Público e 56% à Polícia Federal. Ele explica que, às vezes, há confusão sobre o papel das comissões: “A CPI não pode punir ou processar. Ela pode fazer inquéritos e pedir o indiciamento”.

Para Moisés, no entanto, a CPI do Cachoeira - instalada nesta semana no Congresso para investigar as relações de políticos com o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira - é “eminentemente política”, uma vez que já existem investigações conduzidas pela PF e pelo MP.

Ele diz ainda que o PT “deu um tiro no pé” ao apostar que a CPI pode ofuscar o julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), previsto para ocorrer ainda no primeiro semestre deste ano.

Por que existe a percepção de que as CPIs acabam em pizza?
Nem sempre fica claro quais são os papéis da CPI com base na Constituição e na legislação. A CPI não pode punir. A CPI não pode processar. Ela pode fazer inquéritos e indiciar. Pode remeter (o relatório final) para o Ministério Público, a Polícia Federal, o Tribunal de Contas da União (TCU) e a Controladoria-Geral da União (CGU). Havendo essa distinção, acho que fica mais fácil para o leitor entender o âmbito de atuação da CPI. Quando se olha longitudinalmente - ou seja, num período mais longo de tempo -, ao contrário da imagem usual de que as CPIs terminam em pizza, as comissões envolvem recomendações para o Ministério Público, para a Polícia Federal, e, em mais de 70% dos casos, consequências no Legislativo.

O sr. discorda, portanto, da tese do PT de que a CPI poderia reduzir a relevância do julgamento do mensalão?
À medida que a CPI vai mostrar que a corrupção é mais ampla e que atinge diferentes setores, de instituições do governo a partidos que hoje estão na oposição, ficará claro que a corrupção é um fenômeno extremamente importante e que os mecanismos de punição precisam ser aprimorados. Neste contexto, não faz o menor sentido jogar água para amenizar o caso do mensalão. Vai chamar mais atenção e vai ter um efeito de pressão sobre o Supremo para apressar o julgamento.

CLIQUE na imagem acima para ler a entrevista completa.

Governo Dilma dobra repasse a centrais sindicais

O governo federal dobrou, em três anos, o valor repassado às principais centrais sindicais, que preparam festas milionárias para celebrar o feriado do Dia do Trabalho, nesta terça-feira. O bolo destinado às centrais saltou de R$ 62 milhões em 2008 para R$ 124 milhões no ano passado, segundo levantamento feito pela pasta a pedido do jornal Folha de S.Paulo. Se o ritmo de crescimento se mantiver, a quantia vai ultrapassar os R$ 150 milhões em 2012.

. O dinheiro representa 10% da receita com o imposto sindical. A contribuição anual equivale à remuneração por um dia de serviço e é obrigatória mesmo que o trabalhador não seja sindicalizado.

. Apesar da origem pública, não há nenhuma fiscalização sobre o uso da verba. Ao sancionar a lei que instituiu os repasses, em 2008, o então presidente Lula vetou dispositivo que obrigava as entidades a submeter os gastos ao TCU (Tribunal de Contas da União).

Juros custam R$ 195 bilhões ao brasileiro

Os brasileiros gastam R$ 194,8 bilhões por ano com pagamento de juros de empréstimos bancários. Se todas as 54 milhões de pessoas com conta em banco hoje tivessem buscando crédito no sistema financeiro, cada uma teria gasto anual de R$ 3,6 mil, segundo cálculos de empresa de classificação de risco.

Merchandising: 
A SmartBuild, empresa gaucha líder no mercado de áudio, vídeo e automação residencial, já está comercializando a nova fechadura digital da Black & Decker.
A principio ela funciona com a digitação de uma senha escolhida pelo usuário, abrindo a porta. Ela trabalha com pilhas AA que tem durabilidade prevista de um ano e quando está no fim da carga, emite um aviso. Além disto ela funciona também com chave. Mas o grande diferencial está na possibilidade de integração com automação da Control4, a mais moderna do mercado atualmente. A comunicação com a central é por wireless e varias senhas podem ser programadas para as mais diversas interações. caso o cliente tenha automatizado sua casa com Control4. É possível abrir janelas, acender ou apagar luzes, ligar aparelhos de som e vídeo com a simples digitação de uma senha. A SmartBuild já conta com a nova fechadura em seu showroom localizado na rua Álvares Machado, 10 - Bairro Petrópolis - Porto Alegre. A SmartBuild também envia um consultor a sua casa ou escritório para demonstração do produto, basta solicitar pelo fone 51-3333 1712. Mais detalhes no link: http://www.smartbuild.com.br/newsletter/control4/fechadura.html

Petista Agnelo Queiroz enviou emissários a Cachoeira

Assessores do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), figuram como mensageiros do petista em diálogos com Carlinhos Cachoeira e seus aliados, apontam as investigações da Polícia Federal na Operação Monte Carlo. Nas conversas, eles levam supostos recados de Agnelo e tratam de interesses da organização criminosa no governo.

. Apontado no inquérito como o “01 de Brasília”, o próprio governador teria enviado, via Cachoeira, um aviso ao senador Demóstenes Torres para que críticas a seu respeito cessassem. A informação aparece no resumo de um dos telefonemas entre o contraventor e o ex-diretor da Delta Construções, Cláudio Abreu, em 6 de julho de 2011.

. “Te contei ontem que o coisa… mandou um recado para o Demóstenes (de) que, se bater nele, vai contar que reuniu lá no apartamento dele para pedir obras?”, questiona Cachoeira. “Você comentou ontem comigo. Uai, negar, né, doutor? Chamou o cara de mentiroso, safado”, responde Abreu. A PF diz que os dois, provavelmente, falam de Agnelo e não informa que situação teria motivado a ameaça.

Veja esta festa de arromba entre o governador Cabral, o amigo de Lula e de Dilma, e o dono da Delta, em Paris

CLIQUE AQUI para examinar as relações sociais da maior intimidade que ligam o governador do Rio, Sérgio Cabral, e o dono da Delta, Fernando Cavendish. A cena é num elegantíssimo restaurante de Paris. Uma festa que pode ter custado R$ 400 mil, segundo o ex-governador Anthony Garotinho. No blog do ex-governador, existe muito mais coisa. Sérgio Cabral, amigo in pectore de Dilma e Lula, foi direto para o olho do furacão. É mais um governador incluído na lista dos investigados.

. O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), afirmou neste sábado a noite, conforme todo mundo ouviu e viu no Jornal Nacional,  por meio de nota, que "jamais imaginou" que a Delta Construções - que faturou R$ 1,5 bilhão em contratos com o governo estadual em cinco anos - "fizesse negócios com um contraventor no Centro-Oeste brasileiro".

. O governador, que fecha contratos milionários com Cavendish, viaja para a casa do empresário com a família toda, faz festas com ele em Paris, não sabia de nada, segundo informou.

. A declaração foi divulgada pela assessoria de imprensa do governo no segundo dia em que o deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ) publicou imagens em seu blog que mostram momentos de intimidade entre Cabral e o dono da Delta, Fernando Cavendish.

. As ligações entre a construtora e o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, foram reveladas pela Operação Monte Carlo, da Polícia Federal.

. No filme publicado por Garotinho, Cabral e a primeira-dama, Adriana Ancelmo, sugerem uma data de casamento aos então namorados Cavendish e Jordana Kfouri - que morreu, no ano passado, na queda de um helicóptero que seguia para resort na Bahia, onde seria comemorado o aniversário do empresário.

. Também fazem parte do encontro o secretário de Saúde, Sérgio Côrtes, e a mulher dele, Verônica. No post, Garotinho escreve que não sabe dizer se o "suntuoso restaurante" em que houve o encontro fica em Paris ou em Montecarlo.

CLIQUE AQUI para ler toda a reportagem deste domingo do jornal O Estado de S. Paulo.

Universidades de SP não usam cotas raciais. O sistema da USP é de inclusão social.

- Apesar da decisão populista e nazi-fascista do STF, as universidades estaduais pauslitas, como USP, não adotarao o sistema de quotas raciais para facilitar o ingresso de negros. As universidades preferem o sistema estadual de inclusão social, porque corretamente considera que o problema não é dos negros, mas das más condições de vida e de ensino de negros, brancos, pardos e descendentes de indígenas, o que lhes retira a chance de ingressar nas escolas superiores. A lei de quotas no molde aprovado pelo STF é racista - segrega brancos e negros, pivilegiando um dos lados. Leia esta reportagem do Estadão de sábado:

Mesmo após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir pela legalidade das cotas raciais, a Universidade de São Paulo (USP) não pretende adotar o sistema. Em 2009, quando assumiu a reitoria da USP, João Grandino Rodas afirmou que as cotas seriam "discutidas" no Conselho Universitário, mas o assunto só foi abordado de forma marginal durante debate para reforma do programa de inclusão de alunos de escolas públicas na instituição.

As universidades estaduais Paulista (Unesp) e de Campinas (Unicamp) também informaram que não vão adotar cotas. USP, Unesp e Unicamp defendem a prevalência do mérito na seleção, embora tenham ações de inclusão - sem, no entanto, reservar vagas.

A ONG Educafro afirmou que vai entrar com uma ação na Justiça contra as três instituições para que o sistema seja adotado. O processo deverá ser protocolado até o dia 11 de maio.

A USP não informou a quantidade de negros matriculados. A universidade mantém o Programa de Inclusão Social (Inclusp), que dá bônus no vestibular a estudantes da rede pública. Neste ano, 28% dos novos alunos vieram de escolas públicas.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

PMDB de Porto Alegre poderá decidir no dia 4 por apoio a Fortunati

Está tudo pronto para a reunião dos 45 integrantes do diretório municipal do PMDB, que decidirão no dia 4 de maio se o Partido terá candidato próprio ou fechará na posição de vice na chapa do prefeito José Fortunati.

. A tendência majoritária é o a reafirmação da coligação PMDB-PDT.

Dilma quer comemorar 1° de maio com nomeação do novo ministro do Trabalho

Ainda sem ministro do Trabalho, a presidente Dilma Rousseff resolveu intensificar as negociações para escolher até esta terça-feira, dia 1o de maio, o titular da pasta, que está com substituto há quatro meses.

. Um dos nomes cogitados para o cargo é o do deputado gaúcho Vieira da Cunha.

Comitiva gaúcha fará nova visita inútil a Portugal, Espanha. Só Inglaterra salva a agenda.

Viajará neste domingo para a Europa a comitiva de empresários e homens do governo gaúcho. O objetivo declarado  é manter encontros com autoridades e empresários locais, mas o governador tarso Genro impôs uma agenda política militantemente inútil para os primeiros oito dias, justamente a que contempla visitas a Lisboa, Coimbra e Madrid. Nesses oito dias, Tarso Genro será o grande protagonista da viagem, promovendo seminários, conferências e reuniões com o que existe de mais atrasado na esquerda européia, sempre cumprindo uma pauta que só interessa a ele e ao PT do RS, porque nem mesmo o PT do Brasil se interessa mais pelo neomarxismo petista tarsista. Só os últimos dois dias de programação justificam a presença de empresários na comitiva, porque a visita acontecerá em Londres.

. O governador liderará a comitiva, cuja viagem iniciará pela insípida cidade portuguesa de Coimbra, seguindo-se a espanhola Madrid. O roteiro terminará em Londres.

- A viagem dos gaúchos ocorre num momento de grave crise econômica em dois dos três Países que serão visitados. Em todos eles, governantes de esquerda, como o do RS, foram derrubados, dando lugar a governos conservadores de direita, comprometidos com o rigor fiscal e a estabilização da economia. A comitiva voltará ao RS no dia 9.

AGENDA
Segunda-feira, 30 de abril

Portugal - Encontro com hoteleiros em Lisboa e reunião com dirigentes da TAP
Quarta-feira, 2 de maio
Conferência de Tarso na Universidade de Coimbra (O Futuro da Democracia)
Sexta-feira, 4 de maio
Seminário em Madrid,  entre ativistas de esquerda locais e Tarso (OP e demais factóides da baboseira petista). Também encontro - o enésimo do gênero, sempre sem resultado algum - com autoridades da atrasada província basca sobre cooperativismo e economia solidária.
Sábado, 5 de maio
Visita aos militantes do Movimento 15M, na antiga fábrica de Lavapiés, Madrid.
Terça, 8 de maio
Reunião com fundos de investimento em Londrs, assinatura de parceria com British Gas, seminário sobre negócios com o RS, palestra de Taro na Londron School of Economics.
Quarta, 9 de maio
Reunião cm 25 executivos do Centro Financeiro de Londres e encontro com estudantes gúchos na Tech City.

Assembleia julgará queixa ética apresentada pelo PSDB contra deputado Lindenmeyer

O PSDB protocolou queixa na Comissão de Ética da Assembléia contra o deputado Alexandre Lindenmeyer, PT de Rio Grande. A queixa refere-se ao fato de que Lindenmeyer votou contra o piso do magistério na Assembléia e depois seu escritório de advocacia mandou carta aos professores para defendê-los.

. Até agora a Comissão de Ética da Assembléia não recebeu  queixa igual que o PPS prometeu protocolar.

Fotos promíscuas revelam relações permissivas entre o governador Sérgio Cabral e o dono da Delta

As fotos a seguir demonstram o alto teor de combustão que a CPI do Cachoeira poderá ter, caso as investigações levem mesmo a algum lugar.

. Além do envolvimento escancarado dos governadores Agenllo Queiroz, Distrito Federal, PT, e Marconi Perillo, Goiás, PSDB, mais o senador Demóstenes Torres, também as primeiras denúncias revelam relações promíscuas entre o governo federal do PT e o governador Sérgio Cabral, PMDB, do Rio.

. No link a seguir, você poderá examinar fotografias assombrosas, reveladoras das relações promíscuas entre o dono da Delta, Fernando Cavendish, e o governador Sérgio Cabral. São fotos feitas em Paris. Elas estão todas no blog do deputado Anthony Garotinho.

CLIQUE AQUI para ver tudo.

Se a CPI do Cachoeira não pegar o governador Cabral e o PAC de Dilma, tudo não passará de uma grande farsa

CPI de faz de conta, por Merval Pereira
Merval Pereira, O Globo


Estamos começando a viver um clima de faz de conta mesmo antes de a CPI do Cachoeira começar seus trabalhos de fato. O PT formalmente declara-se disposto a limitar as investigações sobre a empreiteira Delta ao que acontecia na sua direção do Centro-Oeste, cujo diretor já está preso. Como se os métodos adotados naquela região pela empresa nada tivessem a ver com a sua cultura no resto do país.

Ora, a empreiteira tem (ou tinha) obras em praticamente todas as unidades da Federação, sobretudo devido ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), e nada indica que seus métodos de ganhar licitações fossem diferentes em Goiás e no Rio de Janeiro, por exemplo.

A relação próxima, quase promíscua, do empresário Fernando Cavendish com o governador Sérgio Cabral e seus secretários, se não estivesse já demonstrada no episódio do trágico acidente de helicóptero ocorrido em Porto Seguro, fica explicitada pelas fotos que o deputado e ex-governador Garotinho postou em seu blog ontem.

A comemoração do governador e vários de seus secretários em Paris com o empreiteiro revela um tipo de comportamento incompatível com o decoro de servidores públicos, além de intimidade suspeita com o empreiteiro responsável por grandes obras no estado.

Nenhum daqueles funcionários públicos provavelmente terá condições de provar que pagou a farra com dinheiro próprio, mesmo que alguns deles, como o secretário de Transportes,
Julio Lopes, pudessem ter condições de fazê-lo.

E o secretário de governo, Régis Fichtner, que é o encarregado de auditoria dos contratos da Delta com o estado, nesfa fase em que se pretende fazer desaparecer os traços de ligação entre a empreiteira e o governo do Rio, aparece abraçado a Cavendish em uma das fotos, o que o descredencia para a tarefa.

CLIQUE AQUI para ler todo o artigo, publicado no jornal O Globo deste sábado.

Vice-governador denuncia arapongagem do seu governador, Agnello Queiroz, PT do Distrito Federal

* A reportagem é de Vannildo Mendes, Estadão.com.br

Receoso de que tenha sido bisbilhotado dentro do próprio governo do Distrito Federal, o vice-governador Tadeu Filippelli (PMDB) decidiu pedir formalmente ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e à Procuradoria-Geral da República (PGR) explicações sobre a suposta rede de espionagem ilegal que teria sido montada na Casa Militar.

A suspeita azedou a relação do governador Agnelo Queiroz (PT) com o vice, que comanda no DF o principal partido da base aliado.

Segundo denúncias da oposição, um núcleo de inteligência, supostamente montado pelo coronel Rogério Leão, chefe da Casa Militar do governador, teria quebrado sigilos pessoais de cerca de 80 pessoas e grampeado autoridades, jornalistas e políticos - de adversários a aliados de Agnelo.

Entre eles estariam o deputado federal Fernando Francischini (PSDB-PR), o jornalista Edson Sombra, que edita um blog crítico ao governo e o próprio Filippelli, maior beneficiário de um fracasso de Agnelo.

Acompanhe, aqui, todo o inquérito que Lewandowsky entregou nesta sexta à CPI do Cachoeira

A seguir você poderá acompanhar os trechos mais relevantes do inquérito encaminhado para a CPI do Cachoeira pelo ministro Ricardo Lewandowski. Ele se refere ao primeiro volume, que trata das relações da organização criminosa do conraventor com o senador Demóstentes Torres. Os diálogos grampeados são o forte deste volume. O material foi todo disponibilizado pelo site Brasil247.

Vassil Oliveira _247
- Sócio da construtora Delta, funcionário do contraventor Carlinhos Cachoeira e integrante de organização criminosa. É assim que o procurador-geral da República Roberto Gurgel se refere, em inquérito enviado nesta sexta-feira 27 pelo Supremo Tribunal Federal à CPI do Cachoeira e à comissão de Ética do Senado.

247 obteve com exclusividade a íntegra do inquérito. Há uma série de situações que ainda não haviam sido reveladas. Fica ainda mais clara a ligação entre a ORGCRIM, como a Polícia Federal se refere à Organização Criminosa, e o goverandor de Goiás, Marconi Perillo. Os grampeados falam em detalhes sobre a situação de diversos contratos da Delta Engenharia. De número 3.430, o inquérito deve resultar na cassação, pelo Senado, do mandato de Demóstenes. A autorização para a remessa do inquérito ao Congresso foi dada pelo ministro Ricardo Levandovski. Os dados poderão ser analisados também pela Comissão de Sindicância da Câmara dos Deputados, que investiga os parlamentares João Sandes Junior (PP-GO) e Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO), pelo envolvimento com o empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Cachoeira é suspeito de envolvimento com jogos ilegais e foi preso na Operação Monte Carlo, em fevereiro. A CPMI que leva seu nome investigará sua ligação com políticos e empresários.

Leia aqui a íntegra do inquérito elaborado pelo procurador-geral da República Roberto Gurgel.
Abaixo, seus sete anexos, pelos links abaixo:
Volume 1 - "É um recado do Marconi", diz o senador Demóstenes a Carlinhos Cachoeira.CLIQUE AQUI

Volume 2 - Neste anexo, evidenciam-se as relações estreitas entre Carlos Cachoeira e a Delta.CLIQUE AQUI.

Volume 3 - Cachoeira diz que comprou um site de jogos por R$ 800 mil e que irá colocar seus negócios todos nele. Conversas citam encontro do bicheiro com o prefeito de Águas Lindas (GO).CLIQUE AQUI

Volume 4 - Na quarta parte, diálogos comprovam a relação de Cachoeira com o ex-diretor do Dnit, Luiz Antonio Pagot, que “está doidinho para abrir a boca”. Se fizer isto, envolverá diretamente os governos Lula e Dilma Rousseff.CLIQUE AQUI.

Volume 5 - O ex-araponga Adalberto Araújo informa por telefone a Carlinhos Cachoeira que está tentando, sem sucesso, se infiltrar no governo do Distrito Federal, que é do PT, de Agnello Queiroz.
CLIQUE AQUI.

Volume 6 - Nesta sexta parte, há diversas conversas de Cachoeira com um de seus principais assessores, Gleyb Ferreira da Cruz, com quem fecha negócios. Há também citações aos nomes do ex-diretor da Delta Cláudio Abreu e do vereador de Anápolis Wesley Silva, os dois presos na Operação Saint-Michel.CLIQUE AQUI.

Volume 7 - Nesta sétima parte do relatório, a PF descreve a influência de Carlos Cachoeira no governo de Marconi Perillo, em Goiás, e fala até da tentativa de entrega de dinheiro no Palácio das Esmeraldas. O Detran de Goiás seria da cota de Cachoeira, segundo a PF.CLIQUE AQUI.

Leia, aqui, a íntegra do inquérito entregue pelo STF ao Senado

Há pelo menos dez dias o editor disponibilizou aqui o link com a totalidade do inquérito da Operação Monte Carlo, no volume que aborda todo o caso envolvendo o senador Demóstenes Torres.

. Nesta sexta-feira, o ministro Ricardo Levandowsky entregou a cópia para o Senado, mas manteve segredo de justiça, o que é uma bobagem, porque você poderá ler tudo no link a seguir, como já podia.

. O editor possui cópias das demais partes do inquérito, alojadas em back up de reserva dos Estados Unidos.

CLIQUE AQUI para ler todo o inquérito relativo a Demóstentes Torres.

APROVEITE SEU CHOPE ARTESANAL
Bier Markt, Castro Alves 452, Porto Alegre -  1º lugar de Veja em 2010 e 2011 
- Tudo harmonizado com petiscos inspirados na gastronomia alemã. Ar condicionado forte, segurança, estacionamento fácil. WWW.biermarkt.com.br  

Paulo Paim, o homem show do Senado, fala para plenário vazio, fica empolgado e até chora de emoção

Vale a pena ler este texto de Gabriel Castro, na VEJA Online:

O senador Paulo Paim (PT-RS) é o recordista de discursos na atual legislatura. Mas, nessa sexta-feira, ele superou a si mesmo: em um plenário esvaziado, o petista falou durante 42 minutos; abordou nove assuntos principais, incluindo incontáveis sub-temas, e chegou às lágrimas.

Paim começou falando do acordo de navegação na hidrovia Uruguai-Brasil (”É de muita importância). Depois, analisou a decisão do STF que liberou as cotas raciais (”Entrou para a história do nosso país”).  Em seguida, passou avaliar a causa dos quilombolas (”Pessoas que amam a natureza e que moram em casas de pau a pique”). Voltou às cotas e chorou ao tratar do tema (”Eu não queria, mas acontece”).

O petista também comentou a briga judicial que Internacional e São Paulo travam em torno do jogador Oscar (”Um jovem lutador que só quer trabalhar”). E até deu conselhos a alunos de uma escolha de Patos de Minas (MG) que visitavam o Congresso (”Recomendo a vocês muito estudo, muito esporte”).

AplausosSem perder o fôlego, o petista lembrou a chegada do Dia do Trabalho (”Eu gostaria que fosse o Dia do Trabalhador”). Mandou um beijo aos estudantes mineiros que iam embora (”Tchau para vocês”). Defendeu a causa dos aposentados (”São o símbolo do trabalho”). Discorreu sobre o projeto do Estatuto da Juventude (”Temos que pensar nos jovens”). Animou os participantes do programa previdenciário do setor aeronáutico (”A luta não terminou”). E encerrou aplaudindo, literalmente, o Supremo (”Minhas palmas, hoje, são para o STF”).

O apupo só não foi acompanhando pelo plenário porque já não havia ninguém presente: apenas o paciente Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), que não podia ir embora porque estava na presidência da sessão.

Trabalhadores entram em estado de greve por aumento salarial na GM de Gravataí

Em assembleia com a presença de mais de dois mil trabalhadores da General Motors, em Gravataí, foi aprovado estado de greve. O debate foi realizado em dois turnos na manhã e tarde desta sexta-feira.

. Diante da insatisfação com o andamento das negociações a categoria decidiu aprovar o estado de greve e se até o dia 7 de maio não houver uma nova proposta da montadora os trabalhadores farão novo encontro para colocar em votação o início de greve.

 . A pauta de reivindicação dos trabalhadores inclui reajuste salarial de 10%, e PPR de R$ 9 mil no caso de alcance de 100% das metas. Além disso, reivindica abono de R$ 3 mil e piso salarial de R$ 1.150. A proposta da montadora é reajuste de 7%, PPR de R$ 6.800,00 (no caso de alcance de 100% das metas) e piso de R$ 950,00 e abono de R$ 2.300,00

Ivan Zurita não manda mais na Nestlé

A Nestlé confirmou que Ivan Zurita não é mais o presidente da Nestlé no Brasil. Juan Marroquin, homem do grupo suíço no México, é o substituto.

. Ivan Zurita ficou muito amigo dos gaúchos, já que foi responsável por investimentos milionários no Estado.

Bourbon Wallig será a atração do final de semana em Porto Alegre

O grupo Zaffari está preparado para receber a multidão de visitantes que irá ao novíssimo Bourbon Wallig, aberto quinta-feira em Porto Alegre, na zona Norte.

Vinda da Máquinas de Vendas para o RS foi resultado da compra da rede Salfer

A decisão da Máquina de Vendas de ampliar a sua presença no RS, com planos de abrir dez novas lojas, foi tomada depois que a empresa fechou o aordo para a aquisição do controle da rede Salfer, varejista que tem sede em Joinville e controla 178 lojas no RS, PR e Santa Catarina.

. A Máquina de Vendas, cujo faturamento este ano irá a R$ 8 bilhões, é resultado da fusão entre Insinuante e Ricardo Eletro. Com a compra, a empresa passa a atuar em todos os Estados.

Saiba como é fácil reduzir o custo da energia na sua empresa

O editor conversou nesta sexta-feira com o diretor da empresa Dienergia, de Porto Alegre, Paulo Reichelt, cujo foco é promover o uso eficiente de energia e água. A Dienergia opera no RS.

A energia é cara?
Minha sensação é outra: a energia é barata.

Não é o que eu tenho escrito aqui.
Sei disto, mas se a energia fosse cara, as empresas estariam interessadas em reduzir este custo.

E não é assim?
Não é. As empresas tratam da redução deste custo com dificuldade, mas basta contratar especialistas no assunto, porque o assunto é técnico e é preciso vencer barreiras.

Tem empresário que acha que gastará muito com isto. Quanto custa o serviço?
A Dienergia, por exemplo – mas existem outras empresas – propõe a execução dos serviços em eficiência energética através de contratos de performance (success fee), efetuando ainda um pré-diagnóstico. Muitas vezes,não perdemos para a concorrência.Não vendemos equipamentos, mas serviços.
paulo@dienergia.com.br
WWW.dienergia.com.br

PP vai sabatinar Manuela e Fortunati para decidir em junho com quem ficará

Somente no prazo fatal para a definição sobre candidaturas é que o PP de Porto Alegre decidirá se ficará com o prefeito José Fortunatti ou com a deputada Maria do Rosário.

. A principal líder do PP, a senadora Ana Amélia, quer porque quer o apoio do Partido a Manuela, prevendo contrapartida em 2014.

. A decisão final será da convenção marcada para 24 de junho.

- Manuela será sabatinada nos dias 7 e 28 de maio, enquanto que Fortunatti fará o mesmo nos dias 14 de maio e 4 de julho.


APROVEITE SEU CHOPE ARTESANAL
Bier Markt, Castro Alves 452, Porto Alegre -  1º lugar de Veja em 2010 e 2011 
- Tudo harmonizado com petiscos inspirados na gastronomia alemã. Ar condicionado forte, segurança, estacionamento fácil. WWW.biermarkt.com.br  

Gasparetto já recebe em dólar na embaixada do Brasil na Argentina

O delegado Ildo Gaspareto, ex-superintendente da Polícia Federal no RS, já recebe em dólar.

. É que ele finalmente foi entronizado como assessor da embaixada do Brasil na Argentina.

. Ildo Gaspareto comandou a Polícia Federal do RS com mão de ferro durante todo o período em que Tarso Genro foi ministro da Justiça. Ali, moveu operações de grande impacto midiático e político contra o governo Yeda Crusius, como as Operações Rodin, Solidária e Mercari. Depois dele e de Tarso, a Polícia Federal não desencadeou operação alguma contra políticos no RS. O delegado fazia parte de um grupo que foi denominado "República de Santa Maria". Dele faziam parte o próprio Tarso, o chefão nacional da Polícia Federal, o superintendente da PF no RS, Gaspareto, além dos deputados Paulo Pimenta e Fabiano Pereira, sem contar o ex-deputado Estilac Xavier. O coordenador da Operação Rodin, o delgado Gustavo Schneider, é também de Santa Maria. 

Crescimento do ICMS do RS foi medíocre em março. Efeito da seca já é devastador.

Foi medíocre o crescimento da arrecadação do ICMS do RS no mês de março. Os dados ainda não foram divulgados, mas o crescimento foi igual a rabo de cavalo.

. Os maus efeitos da terrível seca deste ano já impactou a arrecadação estadual.

Dilma, Tarso e Fortunati já nos fisgaram meio trilhão de impostos em quatro meses

Desde o dia 1º de janeiro, os contribuintes brasileiros já engordaram os cofres públicos federal, estaduais e municipais, com a fantástica soma de meio trilhão de reais.

. Foi o que registrou o placar eletrônico do Impostômetro da Associação Comercial de SP.

Só servidores subordinados a Tarso e Postal terão feriadão no RS

Todos trabalharão na segunda-feira no RS, até mesmo o Judiciário. Só fogarão os funcionários públicos do governo e do legislativo do Estado. 

. Tarso e Postal resolveram dar feriadão para seus privilegiados servidores. 

Cesare Battisti não virá ao 7º Fórum Unimed/RS

Só faltará Cesare Battisti no 7º Fórum Unimed/RS, agendado para 22 de junho em Porto Alegre.

. Virão Maria do Rosário e Tabaré Vázquez, ex-presidente socialista do Uruguai. Na contra-mão, virá também o polêmico filósofo Luiz Felipe Pondé. 

Entrevista, Mariza Abreu - Nossa proposta para os professores era muito melhor do que a de Tarso

Mariza Abreu, ex-secretária da Educação.
  
São semelhantes as propostas de Yeda e de Tarso sobre o piso nacional do magistério?
A nossa era muito superior e ainda assim foi rejeitada ferozmente.

Quais as diferenças entre uma e outra?
Na nossa época, 2009, propusemos elevar quem ganhava menos, R$ 950,00 para aquele ano, e  R$ 1.500,00 no ano seguinte,  como remuneração mínima, compreendendo as vantagens. A lei e uma cautelar que obtivemos em juízo, permitia este tipo de proposta. No caso de Tarso, ele não cumpre a lei, conforme decidido contra ele pelo STF em abril do ano passado. Ele cria arbitrariamente o conceito do piso como remuneração mas sem a inclusão das vantagens. 

Pouca gente seria contemplada em ambos os casos.
No nosso governo, o aumento beneficiaria 27 mil professores. A atual proposta poderá beneficiar 35 mil, segundo diz o governo. O universo de matrículas no RS é de 155 mil.

Quem tem razão ?
Tenho que reconhecer que desta vez o Cpers tem razão. O acórdão legisla em nome da Assembléia. Tarso confunde os professores e a opinião pública.

E a solução ?
Nós, no governo Yeda, sempre afirmamos que o piso como vencimento inicial é impagável nesta carreira. Queríamos e ainda queremos mudar o Plano. Tarso e o PT prometeram o impossível, foram surpreendidos pela decisão do STF e agora buscam saídas para confundir. Eles sabem que será preciso mudar o Plano de Carreira para pagar o piso. 

Fã clube do fake do Facebook que denuncia os denunciadores do Natal Luz já tem até camiseta

Em Gramado já circulam camisetas com a chamada “Eu curto Moisés Rivera Costa”. Trata-se do Facebook fake que conta tudo sobre os bastidores da Operação Natal Luz.

. Nem a ação do MPE e da Polícia Civil conseguiu conter o hacker vingador.

- O fake do Facebook sobre a Operação Natal Luz dá preferência às notícias sobre o administrador Judicial do evento, o Dr. Rubinho, e aos quatro promotores do caso.

CLIQUE AQUI para examinar o Facebook fake.

APROVEITE SEU CHOPE ARTESANAL
Bier Markt, Castro Alves 452, Porto Alegre -  1º lugar de Veja em 2010 e 2011
- Tudo harmonizado com petiscos inspirados na gastronomia alemã. Ar condicionado forte, segurança, estacionamento fácil. WWW.biermarkt.com.br  

Cachoeira se considera preso político, diz mulher do empresário

* Clipping do site www.uol.com.br desta sexta.

Em entrevista à Catia Seabra, publicada na Folha desta sexta-feira, a mulher de Cachoeira, preso na Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, não descarta prestar um depoimento bombástico à CPI da qual é alvo no Congresso.

"Ele reflete muito. Como toda pessoa que está presa, longe dos seus, pensa uma coisa e, depois, pensa outra. Difícil saber o que vai acontecer. Ele não tomou uma decisão", afirmou a mulher.  

Cachoeira está preso desde 29 de fevereiro e é acusado de explorar jogos ilegais em Goiás e no Distrito Federal.

Promotor faz despedidas melancólicas em Gramado, mas faz novas ameaças

Como os dois juízes que cuidam do caso da chamada Operação Natal Luz sentaram em cima dos processos cível e criminal há meio ano, os advogados dos 29 denunciados que ainda permanecem incluídos neles, também pedirão ao Tribunal de Justiça do RS a exclusão dos seus clientes.

. Os quatro casos apreciados até agora pela 4ª. Câmara Criminal, resultaram em vitórias para os advogados de defesa.

- Em Gramado, RS, um dos quatro promotores que desmantelaram a organização do Natal Luz, Antonio Képes, o principal deles, faz despedidas melancólicas da cidade, já que foi transferido para Erechim. Mas ele prossegue fazendo ameaças. 

4ª. Câmara Criminal desmonta mais um ato da comédia de erros da Operação Natal Luz


Mais uma pedra do temerário jogo de dominó implementado por quatro promtores de Gramado no âmbito da chamada Operação Papai Noel, acaba de cair por nova decisão do Tribunal de Justiça. 

. É que a 4ª. Câmara Criminal acaba de mandr exluir dos processo mais um cliente dos advogados Amadeu Weinmann e Claudio Candiota. A decisão beneficiou Irineu Sartori. 

. O advogado Amadeu Weinmann avisou:

- Cada um dos 31 acusados será excluído dos processos cível e criminal, porque eles são ineptos. 

. Até agora, já foram quatro que resultaram beneficiados pelo Tribunal de Justiça: Rui Bresolin, Carlos 
Klaser Filho, Antonio Pretto e Irineu Sartori. 

- No julgamento desta quinta-feira, o próprio representante do MPE, Mauro Renner, reconheceu que não existe prova e nem indício de participação do acusado em qualquer tipo de delito. Os juízes do caso ainda nem decidiram se aceitam as denúncias. 

CLIQUE AQUI para ouvir a sustentação oral feita pelo criminalista Amadeu Weinmann. É um presente do editor aos estudantes e profissionais do Direito. 

CLIQUE AQUI para examinar o parecer dos colegas dos promotores de Gramado, ao falarem no habeas corpus decidido pela 4ª. Câmara Criminal na quinta-feira. O documento prova que fora de Gramado ainda vigora o estado democrático de direito. Trata-se de uma peça devastadora. Ela desmonta a peça armada em Gramado. 

Paulão morre e outros seis profissionais da imprensa gaúcha resultam feridos em acidente perto de Farroupilha

Dois profissionais da Band do RS, Enildo Paulo Pereira, o Paulão, repórter policial, e Ezequiel Barbosa, cinegrafista, morreram na madrugada de hoje na ERS-122, em Farroupilha, RS, quando três carros ocupados por repórteres e três viaturas policiais envolveram-se num pavoroso acidente provocado por um caminhão de laranjas.

. Além dos dois jornalistas mortos, também resultaram feridos o fotógrafo marcelo Oliveira, o repórter Eduardo Torres e o motorista Samuel Belmon te, todos do Diário Gaúcho, além do repórter Cid Martins e do motorista Lúcio Moraes, ambos da Rádio Gaúcha.

. Os feridos estão sendo atendidos nos hospitais de Farroupilha e Bom Princípio.

. A caravana tinha como destino a Serra gaúcha, onde aconteceria uma batida policial.

Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Agência RBS. Está disponibilizada no Google, conforme publicado no blog Bairro do Campo Grande, Santos, SP. 

Governo, apressado, faz propaganda enganosa sobre o falso piso nacional gaúcho do magistério

- "Isto é um acordão entre o governo e o Ministério Público Estadual", denunciou o Cpers, botando o dedo na ferida. O acordo usurpa prerrogativas da Assembléia. O governo não parece confiar na sua própria ampla base parlamentar. Sobre o novo valor não serão calculados as vantagens previstas no Plano de Carreira do Magistério.

É propaganda enganosa o anúncio de 2/3 de página produzido pela agência Escala para o governo estadual sobre o completivo acordado com o MPE e ainda não homologado em Juízo, que eleva para o tamanho do piso nacional do magistério, o valor mínimo que vinham percebendo 21 mil professores do RS.

. É que a lei manda pagar o piso nacional do magistério e o governo não fará isto.

. A decisão do governador Tarso Genro, vaiado pelos professores quando visitou Bagé, ontem, é semelhante à proposta que mandou para a Assembléia a ex-governadora Yeda Crusius. As diferenças entre as duas ações:

Yeda - Ela propôs elevar igualmente o tamanho do valor mínimo recebido por 21 mil professores mais mal pagos, igualanado-o com o piso, mas decidiu fazer isto através de proposta enviada à Assembléia. Diante dos protestos do Cpers e das ferozes críticas dos deputados do PT, ela recuou.
Tarso - Ele não quis enviar nada para a Assembléia e espertamente buscou o apoio do Ministério Público Estadual no âmbito de processo movido pelos próprios procuradores sobre o assunto, que se encontra em grau de recurso, já que o governo perdeu tudo em primeira instância.

- Veja ao lado a peça publicitária do governo, publicada nos jornais de hoje. O acordo com o MPE nem foi homologado pelo juiz do caso.

Correio do Povo diz que deputado Ronaldo Zulke foi citado no caso dos mal feitos da administração do prefeito Ary Vanazzi, PT, São Leopoldo.

A Operação Cosa Nostra que investiga malfeitorias na prefeitura de São Leopoldo, encontrou conexões que envolvem o deputado Ronaldo Zulke e também a deputada Ana Afonso, ambos do PT. Ana Afonso é cunhada do prefeito Ary Vanazzi. A Operação Cosa Nostra está sob o comando da Polícia Civil e conta com o apoio do Tribunal de Contas do Estado.

. Já são 23 inquéritos. A Operação Cosa Nostra desenvolve-se sob sigilo decretado pelo Tribunal de Justiça. Eis os grandes números da devassa que vem sendo feita na prefeitura do PT:
- 23 inquéritos.
- 70 escutas telefônicas
- Dossiê de 2 mil páginas com denúncias organizadas pelo ex-secretário do Desenvolvimento, Marco Antonio Pinheiro.
- Vistoria de arquivos de computadores e documentos apreendidos em buscas e apreensões em cinco órgãos da prefeitura.

. A Polícia, o TCE e o Ministério Público não vazam nada, o que é surpreendente, porque em operações anteriores, como a Operação Cartola, em que prefeitos adversários do PT foram envolvidos, a mídia e os políticos tiveram acesso a tudo.. Nesta sexta-feiras, o jornal Correio do Povo produziu ampla reportagem sobre o assunto, informando que Ronaldo Zulke manifestou-se surpreso com seu envolvimento sobre mal feitos no Hospital Centenário. Zulke disse que não sabia de nada.

- O Ministério Público estadual, segundo o Correio do Povo, foi convidado pela Polícia Civil para participar das investigações na prefeitura de Ary Vanazzi, mas não aceitou o convite. O editor sabe, contudo, que o MPE está agindo em linha própria, embora nada fale sobre o assunto, ao contrário do que faz a todo momento no caso da chamada Operação Papai Noel, de Gramado. 

Família gaúcha voltou a endividar-se muito em abril

Cresceu enormemente (53,2% para 63,4%) em abril sobre março o total de débitos em aberto das famílias gaúchas, que reflete o grau de endividamento e não propriamente de inadimplência (calote).

. Os dados são da Fecomércio do RS, baseado em pesquisas prórpias, a PEIC-RS.

. As dívidas seguem esta lista, pela ordem: cartões (80,2%), carnês, crédito pessoal e financiamento de carro. As dívidas de cartões são as mais caras.

. As famílias pagaram suas contas no Natal, mas em seguida foram de novo ás compras, estimuladas pelos melhores preços em determinados produtos, como eletrodomésticos, e ampliação do crédito.

- O número de famílias que se declaram muito endividadas subiu de 11,8% para 15,2%. 


Leandro & Stormer – a maior comunidade de Traders do Brasil!
Especialista em educação para o mercado financeiro, a Leandro&Stormer oferece diversos cursos, presenciais e via internet, para que você se prepare e comece a ter rendimentos superiores aos da renda fixa. Acesse http://www.leandrostormer.com.br/ ne confira!

Movimento Renova Porto Alegre lança Jocelin Azambuja para sucessão de Fortunati

PSL e PSDC acaba de formar a frente partidária Movimento Renova Porto Alegre. Coligados, disputarão a prefeitura com o ex-vereador Jocelin Azambuja e todas as vagas da Câmara.

Ministro Pimentel receberá entidade gaúcha para discutir obstáculos argentinos ao ingresso de calçados do RS

No dia 9 de maio o ministro do  Desenvolvimento, Fernando Pimentel, abriu espaço na sua agenda para receber a direção da ACI de Novo Hamburgo.

. O presidente da ACI, Marcelo Clark Alves, disse nesta quinta ao editor que irá até Brasília o seu diretor, Marco Kirst.
 
. A pauta são os obstáculos argentinos à importação de calçados comprados no RS.

Livro da ABNT sobre “nova abertura dos portos” será lançado dia 10 de maio

Será dia 10 de maio, 18h30m, no Chalé da Praça XV, Porto Alegre, o lançamento do livro “A nova abertura dos portos - 1993”, obra publicada pela ABNT, presidida pelo gaúcho Willen Manteli. 

Novo CEO da Osram é Evertom Mello

Everton Mello é o novo CEO da Osram no Brasil. A notícia foi enviada ao editor pela empresa, que tem sede em São Paulo.

Lula e Dilma, óculos 3D nos olhos, foram a sensação dos jornais desta quinta-feira

A sensação desta quinta-feira em Brasília nem foram as novas informações sobre a CPI Mista do Cachoeira, mas a sessão privada que a presidente Dilma Roussef comandou no Palácio Alvorada para o exame do documentário sobre os últimos momentos do governo Lula e os primeiros momentos do seu próprio governo.

. O filme em 3D exigiu óculos especiais.

. Os fotógrafos e cinegrafistas aproveitaram os sorridentes Lula e Dilma.
 
. “Tudo nos une e nada nos separará”, disse Dilma Roussef aos jornalistas, sem deixar claro se estava referindo-se ao Lula ou aos demais convidados, entre os quais os membros da quadrilha do Mensalão que também estavam ali, como Zé Dirceu e José Genoíno.

- Em Brasília, soube-se nesta quinta-feira que o advogado que defenderá Fernando Cavendish, da Delta, é o mesmo advogado que defende José Dirceu, no caso Oliveira Lima, Hungria, Dall’Acqua & Furrier Advogados”, liderado por José Luís de Oliveira Lima.

Produção de soja é desastrosa na Grande Santa Rosa. Extremo Sul tem o melhor resultado.

O editor registrou com erro a informação de que a Grande Santa Rosa é a região gaúcha que se saiu melhor na produção de soja deste ano.

. É o contrário.

. A seca devastadora que empurrou a produção deste ano, dos 12,5 milhões de toneladas do ano passado para apenas 6 milhões de toneladas, não teve efeitos lineares no RS.

. Em algumas regiões, como no Extremo Sul do Estado, a soja rendeu até 65 sacos por hectare, mas em outras regiões os produtores mal conseguiram colher 5 sacas.

Procuradores do Trabalho abrem luta contra terceirização na indústria gaúcha

O Ministério Público do Trabalho abriu as baterias para cima das indústrias gaúchas que utilizam terceirização.

Leandro & Stormer – a maior comunidade de Traders do Brasil!
Especialista em educação para o mercado financeiro, a Leandro&Stormer oferece diversos cursos, presenciais e via internet, para que você se prepare e comece a ter rendimentos superiores aos da renda fixa. Acesse http://www.leandrostormer.com.br/ ne confira!

Tarso Genro é o entrevistado na edição de 15 anos da PressAdvertising

“Tive uma infância normal, roubei fruta dos vizinhos, fui suspenso no colégio”, diz o governador Tarso Genro na entrevista de capa da edição 139, que comemora os 15 anos da revista Press Advertising. Foi uma entrevista com jornalistas convidados de outros veículos e que tratou de temas que raramente um político fala nos encontros com a imprensa, como infância, leitura e lazer. Mas também falou sobre a política local, como “sadio oportunismo gaúcho com a Copa”, e internacional: “Hoje, Cuba está estagnada”.

. Na Advertising, o entrevistado é Dalton Pastore, que aborda o V Congresso Brasileiro de Propaganda, denuncia que o “politicamente correto não melhorou o Brasil” e reclama a perda da criatividade na publicidade.

. As reportagens de capas tratam de “esquinas” da comunicação. Na Advertising, a matéria investiga como se constrói a “esquina da arte com tecnologia” em Porto Alegre. Na Press, a venda do Instagram por um preço superior ao avaliado para o New York Times é um “sinal dos tempos”, o cruzamento de um modelo de comunicação mais que centenário com um modelo de menos de dois anos.

. A matéria especial lembra os 15 anos que “parecem um século” desde o lançamento da publicação.
E uma nova série se inicia, A pequena história da imprensa gaúcha”, por Sérgio Dillemburg.
PressAdvertising já está nas bancas.

. Participaram da entrevista com o governador Tarso Genro, além de Julio Ribeiro e Marco Antonio Schuster, os jornalistas Flávio Ilha (Metro), José Luiz Prévidi (blog do Prévidi ) e Luiz Carlos Reche (Record).

Semana é de verdadeiro inferno astral para Tarso

Verdadeiro inferno astral  desgasta gravemente o governo do PT do RS nesta semana que está terminando.

. O governador Tarso Genro pouco caminha além dos discursos fáceis e das viagens longas.

. A semana termina com pelo menos três contenciosos de enorme repercussão:
Omissão no caso da Casa do Assombro (Presídio Central ) – Além de ameaçado de ir parar na Corte Internacional de Direitos Humanos da Costa Rica, o governador Tarso Genro desde esta quinta-feira vê-se ás voltas com laudos técnicos produzidos pelo Crea, Cremers e OAB, que vão em duas claras direções: 1) É tecnicamente impossível recuperar o Presídio Central. 2) As condições abjetas em que vivem os 4.700 apenados, obrigarão Crea, Cremers e OAB a exigir do governo um pacto de solução para o impasse ou a sua responsabilização em Juízo.

Ilegalidade contínua no caso do piso nacional do magistério – O TAC que o governo assinou esta semana com o MPE, comprometendo-se a elevar a remuneração de 21 mil professores até o limite do piso, repete exatamente a mesma manobra tentada por Yeda. Só que desta vez o governo petista quer pagar R$ 1.451,00 e não os R$ 1.500,00 prometidos pelos tucanos e rejeitado com violência pelo PT O governo gastará mais R$ 14 milhões com isto, mas continuará fora da lei do piso. É que o valor a ser pago não integrará o piso salarial previsto em lei, ao contrário do que tentou vender o Piratini desde a tarde desta quinta-feira.

Pacotarso II – O  pacote de novos projetos é um novo bicho sem cabeça, integrado por medidas arrecadatórias e novos gastos públicos.

. Enquanto a casa pega fogo no RS, o governador do Estado  adota um modelo de gestão superior mais semelhante a um polvo e parece preferir viajar para beijas-mãos e rapapés com a companheirada, em Brasília, ou para viagens retóricas à Grã Bretanha.

Prefeito investigado por MPE, Polícia e TCE quer ser presidente da Famurs

Será no dia 30 de maio a eleição do novo presidente da Famurs, que representa os 465 prefeitos do RS. Por acordo entre os grandes Partidos, o novo presidente será do PT.

.  O candidato mais forte do PT é o prefeito Ary Vanazzi, de São Leopoldo, fustigado por severas investigações do MPE, Polícia e TCE no âmbito da Operação Cosa Nostra.

Zimmermann, PT, é favorito em Novo Hamburgo

O prefeito Tarcisio Zimmermann, PT de Novo Hamburgo, é candidato favorito á reeleição.

Tarso Genro confessa para a revista Press: “Eu sou normal”

O governador Tarso Genro finalmente admitiu que é uma pessoa normal, porque foi isto que contou à revista Press Advertising, cuja publicação dos 15 anos já está nas bancas.

. Eis o que disse o governador do PT ao editor Júlio Ribeiro:
-Tive uma infância normal, roubei fruta dos vizinhos, fui suspenso no colégio.

. Júlio Ribeiro, editor da Press Advertising, revista de caráter nacional sobre jornalismo e publicidade editada em Porto Alegre, é também presidente do Clube de Opinião.

Conheça, aqui, o inteiro teor do novo Código Florestal.

Se você quiser conhecer o inteiro teor do novo Código Florestal, aproveite este belo trabalho de consolidação feito pelo escritório Trindade & Lavratti – Direito Ambiental a pedido do editor. Leia no link a seguir.

. O novo código foi aprovado por 274 votos contra 184, contra a vontade da presidente Dilma Roussef , do PT e dos ambientalistas fundamentalistas xiitas do exterior e do Brasil.

CLIQUE AQUI para ler, copiar e estudar. 

Neto conta em livro a verdadeira história de Ildo Meneghetti

Será dia 7 de maio, chalé da Praça XV, Porto Alegre, a noite de autógrafos do livro "Baile de Cobras", obra de Enio Meneghetti que analisa a história pessoal e política do ex-prefeito de Porto Alegre e ex-governador Ildo Meneghetti.  Enio é neto de Meneghetti. O ex-governador cumpriu seu segundo mandato em pleno golpe de 64m, tendo apoiado os golpistas na decisão de derrubar João Goulart e exilá-lo junto com Brizola. No transcurso do movimento militar, o ex-governador teve que sair do Palácio Piratini e se refugiar em Passo Fundo, porque Porto Alegre estava sob o domínio militar e político de Jango e de Brizola. A edição é da AGE.


Leandro & Stormer – a maior comunidade de Traders do Brasil!
Especialista em educação para o mercado financeiro, a Leandro&Stormer oferece diversos cursos, presenciais e via internet, para que você se prepare e comece a ter rendimentos superiores aos da renda fixa. Acesse http://www.leandrostormer.com.br/ ne confira!

STJ fulmina queixa do PT contra Veja. Na mesma ação, PT sofreu quatro derrotas seguidas. Veja continuará sem censura.

O Superior Tribunal de Justiça negou pedido do PT para que fosse admitido recurso em que reivindica indenização da Editora Abril por suposta “campanha difamatória” veiculada na revista Veja. O partido recorria, pela quarta vez, contra decisões que consideraram o conteúdo divulgado na revista protegido pela liberdade de informação e de expressão. De acordo com o PT, a revista Veja, carro-chefe da editora, teria aberto campanha sistemática com o objetivo de denegrir a sua imagem. Foram destacadas oito “capas escandalosas e impertinentes, com chamadas fortes”, como o PT definiu, relativas às matérias que supostamente ofendiam a honra da associação. Ainda conforme o partido, para atingir a “camada de baixa renda e cultura escassa, que não lê textos por inteiro, mas apenas tem a atenção despertada pelas manchetes”, a revista teria explorado nas capas fotografias “desproporcionais ao conteúdo das respectivas matérias jornalísticas”. Por isso, a ação com o objetivo de conseguir a condenação por danos morais. Em primeira e segunda instâncias, o pedido foi negado. O Tribunal de Justiça de São Paulo considerou que as capas e as matérias jornalísticas estavam “cobertas por excludente de antijuridicidade de estatura constitucional”, isto é, a liberdade de informação.

CLIQUE AQUI para ler tudo. A matéria é do blog gaúcho www.videversus.com.br