14 deputados federais pedem licença e usam na campanha assessores pagos pela Câmara

- O editor investigou na Câmara dos Deputados, Brasília, e descobriu que 14 deputados federais que disputam eleições para prefeito usam pessoal pago com dinheiro publico em suas campanhas, embora estejam licenciados do mandato e façam desta condição um discurso moralista de enorme repercussão ética, portanto política e eleitoral. O editor desafia os leitores a descobrir quais os que estão neste caso no RS. É só mandar e-mails para polibio.braga@uol.com.br, com provas (documentos ou fotos dos assessores em desvio de função, fazendo campanha).

Quando o congressista tira licença para assunto particular por mais de 120 dias, seu gabinete deve ficar fechado, os servidores exonerados e o suplente convocado.
 
.  A norma consta do Capítulo IV, Art. 241: “A Mesa convocará, no prazo de quarenta e oito horas, o suplente de deputado nos casos de licença para tratamento de saúde do titular, desde que o prazo original seja superior a cento e vinte dias, vedada a soma de períodos para esse efeito, estendendo-se a convocação por todo o período de licença e de suas prorrogações.”

. Para evitar o desemprego de seus camaradas nos quatro meses de campanha,  14 congressistas resolveram burlar a norma. É que eles pediram licença médica de sete dias para tratamento de saúde e logo em seguida emendaram outro afastamento temporário, desta vez para cuidar de assuntos pessoais -  mais 120 dias.

. A licença conjunta consecutiva, como é chamada a união desses dois direitos, é uma livre interpretação jurídica usada para impedir que os funcionários dos gabinetes sejam exonerados no período em que o deputado está fora. Resultado: a Câmara arca com as despesas do suplente, que passa a receber salário, ajuda de custo e verba indenizatória) e mantém gastos com os assessores do candidato afastado.

Happy Hour é na Bier Markt!
Na Barão do Santo Ângelo 497 e na Castro Alves, 452.
São 24 torneiras de chope artesanal de várias partes do mundo, com barris alojados em câmera fria, servidos diretamente nos copos, sem serpentina e cardápio diferenciado.

CLIQUE AQUI para conhecer o novo Bier Markt Vom Fass.

O Pibinho demonstra que o modelo econômico atual acabou

A informação a seguir sobre o péssimo desempenho da indústria brasileira em julho, o 11º consecutivo de mais números, está de acordo com os dados que o IBGE vem divulgando sobre o PIB deste ano.

. Um Pibinho, dizem os economistas.

. Um Pibinho, como se sabe, significa menos geração de riqueza, de renda e de empregos.

. O governo e seus aliados sinceros e inocentes úteis, já avança sobre discussões em relação a 2013, mas mal estamos no início do segundo semestre de 2012.

. No segundo trimestre, o PIB cresceu apenas 0,4%. Um resultado já precificado, como costumam repetir economistas e representantes do governo, tentando minimizar os números, porque afinal nem se trata, ainda, dos dados sobre o terceiro trimestre, porque a reação já estaria visível a olho nu.

. Acontece que a reação não aparece a olho nu. É só perceber os dados sobre os investimentos, que no segundo trimestre ficou em 17,9%, quando o ideal seria de 24% pelo menos.

. O próprio Banco Central já estima que o PIB deste ano será de 1,65%, mas poderá ser ainda menor.

. O modelo atual de desenvolvimento econômico esgotou – acabou. E o governo não sabe o que enfiar no lugar dele. Está agindo por impulsos, aventureiramente.

- Sobre o PIB, vale a pena ler este trecho de declaração do ex-ministro Delfim Neto, ex-czar da economia da ditadura militar e atual conselheiro dos governos petistas: “Se quiseremos ter em 2030 algo parecido com o nível de renda per capita em paridade de poder de compra de Portughal de hoje, temos de crescer 5% ao ano, na média, nos próximos 18 anos. Isto só se faz com rigorosa política fiscal. 

CLIQUE na charge acima. O autor é Sponholz. O material está alojado no Google.

Produção industrial brasileira continua trabalhando em ritmo de recessão econômica

A produção industrial despencou 2,9% em julho deste ano, sempre na comparação com o mesmo mês do ano anterior.

. Foi a 11ª. primeira taxa negativa consecutiva.

. Sobre o mês anterior, portanto junho, houve ligeiro avanço de 0,3%.

. Os dados são do IBGE.

. A FGV de São Paulo acha que a produção industrial deve fechar o ano com retração entre 1% a 2% no acumulado em doze meses.

. O  coordenador do CEMAP-EESP-FGV e professor da Escola de Economia da FGV-SP, Emerson Marçal, em comunicado ao editor, disse nesta terça-feira que o resultado era o esperado:
- A indústria vem sofrendo mais do que os outros setores com a desaceleração da atividade econômica. Com a pesquisa percebe-se que a atividade industrial parou de cair e cresce lentamente nos últimos meses. Em julho, na comparação com junho, houve uma alta mais expressiva de bens de consumo duráveis, reflexo das medidas de estímulos ao setor automotivo, e do setor de bens de capital, mas ainda há um longo caminho a ser percorrido para uma retomada mais forte da atividade no setor industrial.

. Por mais forte que seja a recuperação no final de 2012, não será possível recuperar as quedas sucessivas que a produção industrial teve neste ano.

Cesta básica já está 11,34% mais cara, este ano, em Porto Alegre

- É a inflação dos pobres. 

A cesta básica de Porto Alegre foi a mais cara do País pelo segundo mês, conforme dados divulgados pelo Dieese nesta terça-feira. Em agosto, o conjunto de itens que compõe a cesta teve alta de 2,77%, passando de R$ 299,96 em julho de 2012 para os atuais R$ 308,27.

. Este ano, a cesta básica acumula alta de 11,34% e em doze meses está 13,65% mais cara.

. Em segundo lugar, ficou a cesta básica de São Paulo, que atingiu R$ 306,02. Em terceiro, chegou Rio de Janeiro (R$ 302,52) e em quarto, Vitória (R$ 298,60).

Porto Alegre tem 28,5% mais imóveis à venda

O Sinduscon do RS informou ao editor, nesta terça-feira, que aumentou 28,15% o número de imóveis novos à venda em Porto Alegre, em comparação com o mesmo período do ano passado. Já são 8.423 unidades, de 333 empreendimentos imobiliários. Só 269 deles são casas. 51,68% dos imóveis estão nos bairros Jardim Carvalho, Petrópolis, Sarandi, Jardim Planalto, Hípica, Azenha, Agronomia, Cavalhada, Boa Vista e Humaitá.

Kley Hertz decide implantar nova fábrica em Guaíba

A empresa Kley Hertz anunciou nesta terça-feira a tarde que instalará uma fábrica em Guaíba, RS, que gerará 150 empregos diretos e ocupará 25 mil m².

. A Kley Hertz  tem 500 empregados, produz 27 milhões de unidades de medicamentos  e fatura R$ 129 milhões por ano.

Polícia encontra ligações da máfia do lixo com a prefeita de parobé, Gilda Kirch

O escândalo do lixo lancetado pela Polícia no município gaúcho de Parobé, é muito mais grave do que parece. Ele envolve diretamente a prefeita Gilda Kirch e seu marido.Os promotores que investigaram o caso, apuraram desvios de R$ 3 milhões.

. A Polícia também cumpriu 29 mandados de busca e apreensão em Parobé, Taquara, Torres, Alvorada, Santo Antônio da Patrulha e Porto Alegre

Instituto que previu vitória de Pont sobre Fogaça, reduz vantagem da oposição sobre Zulke, PT de São Leopoldo

Inconformado com a  pesquisa feita pelo respeitado Instituto Methodus,  que cravou 52% para o candidato Dr. Moacir (PSDB), 29% para o petista Zulke (PT), e 4% para o vereador Fernando Henning (PPS), o PT de São Leopoldo  fez divulgar no jornal VS, do grupo Sinos, pesquisa encomendada pelo jornal O Imigrante e realizada pelo Instituto Studio, o mesmo que previu, em 2004, a vitória de Raul Pont sobre Fogaça nas eleições de Porto Alegre.  A pesquisa do Studio aponta 42% para Dr.Moacir (PSDB), 32% para Zulke (PT) e 0,2% para Henning (PPS). 

. Um dos resultados mais surpreendentes da pesquisa é que, além de rebaixar Moacir em 10 pontos, Fernando Henning teria apenas 240 votos em 150 mil eleitores — uma votação 20 vezes menor do que aquela estimada pelo Methodus. Para vereador, em 2008, Henning fez 824 votos.  

- Ronaldo Zulke, deputado Federal e candidato, o atual prefeito Ary Vanazzi e a deputada Ana Affonso (Ana é cunhada do prefeito)  todos do PT, são  investigados no âmbito da  Operação Cosa Nostra, que apura malfeitorias na prefeitura de São Leopoldo. 

Happy Hour é na Bier Markt!
Na Barão do Santo Ângelo 497 e na Castro Alves, 452.
São 24 torneiras de chope artesanal de várias partes do mundo, com barris alojados em câmera fria, servidos diretamente nos copos, sem serpentina e cardápio diferenciado.

CLIQUE AQUI para conhecer o novo Bier Markt Vom Fass.

Banco Central aperta o cerco sobre lavagem de dinheiro

O editor conversou nesta terça-feira com o advogado Alexandre Fuchs das Neves, que comemora a Resolução 20/2012 do Banco Central, que impôs regras mais restritivas ao cadastro dos clientes de empresas de factoring, de securitização e de fundos de investimento:

O que mudou?
A Resolução anterior, a de número 13, já impunha boa vigilância sobre clientes suspeitos de lavagem de dinheiro, mas  a de número 20 é muito melhor.

Em que sentido?
É uma espécie de imposição de uma política do tipo “conheça o seu cliente”. Ela evitará suspeitas sobre informações cadastrais e capacitação dos clientes. 

Existe muita gente tentando lavar dinheiro, usando recebíveis ou emitindo papéis para conseguir dinheiro?
Tem muito sócio laranja, usado para sonegação fiscal e lavagem de dinheiro. 

Empresas de factoring faturam 80 bilhões de euros por ano no Brasil

Sem empresas de factoring, não existiram pequenas e médias empresas no Brasil. Elas movimentam 80 bilhões de euros por ano.

Mailson falará em Caxias do Sul sobre desindustrialização do Brasil

Maílson da Nóbrega, ex-ministro da Fazenda, falará dia 12, 19h30m, na Câmara de Indústria e Comércio de Caxias do Sul. A pauta só abordará a questão da variação cambial e da desindustrialização.

RBS TV tem patrocínio do Badesul para discutir crescimento do RS

 RBS TV, com o patrocínio (pagamento) do Badesul, órgão do governo do RS, levará palestrantes para cinco municípios, objetivando discussões sobre o crescimento do Estado.

. O circuito começará por Novo Hamburgo, com palestra de Ricardo Felizzola, um dos donos da Altus e CEO da HT Micron.

. A RBS TV anunciou que o objetivo das palestras é fortalecer a competitividade do mercado gaúcho por meio de estudos de cases e discussões sobre ferramentas para o desenvolvimento das empresas.
. Nos outros quatro municípios, o temário será o seguinte:
Rio Grande – Pólo Naval.
Passo Fundo – Agronegócio
Caxias – Indústria
Uruguaiana – Mercosul.

- Eventos do gênero, patrocinados pelo governo, são chapas brancas e domesticados pela própria natureza. 

Entrevista, Miguel Reali Júnior - "O novo Código Penal é uma obscenidade"

* Clipping Consultor Jurídico Pedro Canário e Marcos de Vasconcellos.

De todas as atividades que Miguel Reale Júnior já desempenhou na vida, a que melhor o define, e que exerceu por mais tempo, é a de professor. É livre-docente da Universidade de São Paulo desde 1973 e professor titular desde 1988. Foi lá também que concluiu seu doutoramento, em 1971. Tudo na área do Direito Penal.Fora das salas de aula, foi ministro da Justiça de Fernando Henrique Cardoso, secretário estadual de Segurança Pública de São Paulo durante o governo de Franco Montoro (1983-1987), presidente da Comissão de Mortos e Desaparecidos Políticos desde sua criação até 2001 e presidente do PSDB. Mas é a versão "professor" que o jurista mais deixa aflorar nesta primeira parte da entrevista concedida à revista Consultor Jurídico no dia 21 de agosto.O texto do anteprojeto de reforma do Código Penal, elaborado por uma comissão de juristas nomeada pelo Senado, recém-enviado ao Congresso, é hoje o alvo preferido do penalista. “O projeto é uma obscenidade, é gravíssimo”, diz. Para ele, os juristas chefiados pelo ministro Gilson Dipp, do Superior Tribunal de Justiça, não estudaram o suficiente. “Não têm nenhum conhecimento técnico-científico”, dispara.Segundo o professor, faltou experiência à comissão. Tanto no manejo de termos técnicos e científicos quanto na elaboração de leis. Entre os erros citados, o mais grave, para Reale Júnior, foi a inclusão de doutrina e termos teóricos e a apropriação, segundo ele, indiscriminada, da lei esparsa no código. “Não tem conserto. Os erros são de tamanha gravidade, de tamanha profundidade, que não tem mais como consertar.”

Leia a primeira parte da entrevista.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Entrevista - A Procuradoria da República terá que representar contra Pagot e Dilma

Onyx Lorenzoni, deputado Federal, DEM do RS

Nesta terça-feira ao meio dia o deputado gaúcho Onyx Lorenzoni, representante do DEM na CPI do Cachoeira, protocolou na Procuradoria Geral da República uma notícia-crime contra o ex-diretor Geral do Dnit, Luiz Antonio Pagot. Na assessoria de Onyx trabalhou o advogado gaúcho Adão Paiani.

O que é isto, deputado?
Ele confessou na CPMI do Cachoeira, dia 28 de agosto, a prática de delitos contra a administração pública.

De que gênero?
Concussão, corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa, tráfico de influência e improbidade administrativa, ao achacar representantes de empresas que mantinham contratos com a autarquia para que contribuissem com doações para a campanha de Dilma Rousseff, em 2010.

E a principal beneficiária dos achaques, a presidente Dilma Rousseff?
 A ação do Ministério Público Federal deverá buscar a responsabilização penal de Luiz Pagot, bem como de outros agentes públicos e privados envolvidos ou beneficiários dos referidos delitos, além de propiciar o devido ressarcimento de eventuais prejuízos causados ao erário público.

Trata-se de um ato  de tanta gravidade assim?

É algo de tamanha gravidade que, se vivêssemos em um País que não houvesse se acostumado tanto a esse tipo de conduta de seus agentes públicos, seria capaz de abalar as estruturas da República, e colocar em maus lençóis a própria Presidente Dilma que, afinal de contas, é a maior beneficiária da arrecadação feita por Pagot.

CLIQUE na foto para ver melhor. Nela estão o deputado Onyx Lorenzoni e o advogado Adão Paiani. A cena é do momento do protocolo da notícia-crime. 

Marchezan Júnior, sem espaço em Porto Alegre, acampará em Pelotas para apoiar o tucano Eduardo Leite

Sem espaço em Porto Alegre, onde o candidato a prefeito é yedista, o deputado Nelson Marchezan Júnior decidiu acampar em Pelotas, terceiro maior colégio eleitoral do RS. Ele está empenhado na campanha do tucano Eduardo Leite, o principal adversário do líder, o ex-prefeito Fernando Marroni, do PT.

. Eduardo Leite, 27 anos, comanda uma ampla coligação, composta por PSDB, PDT, PTB, PP, PPS e PRB, tendo por vice a socialista Paula Mascarenhas. Ambos integraram o governo do ex-deputado Bernardo Souza, ex-PMDB,ex-PSB e ex-PPS. 

. Apesar do apoio do PP, a chapa ainda não obteve o apoio público do prefeito Fetter Júnior, que está em cima do muro. 

- Pelotas terá dois turnos.

Pública foi chamada para reforçar campanha tucana em Pelotas

A Pública (José Fuscaldo) foi chamada para fazer o marketing da campanha do tucano Eduardo Leite em Pelotas.

Happy Hour é na Bier Markt!
Na Barão do Santo Ângelo 497 e na Castro Alves, 452.
São 24 torneiras de chope artesanal de várias partes do mundo, com barris alojados em câmera fria, servidos diretamente nos copos, sem serpentina e cardápio diferenciado.

CLIQUE AQUI para conhecer o novo Bier Markt Vom Fass.

Edson Brum disputará a sucessão de Ibsen Pinheiro no PMDB do RS

Os aliados do deputado Edson Brum aguardam apenas o encerramento da atual campanha eleitoral para lançá-lo candidato à sucessão de Ibsen Pinheiro no PMDB.

Pesquisa Methodus medirá pulso do eleitorado de Novo Hamburgo depois da impugnação do prefeito Tarcisio Zimmermann

O Instituto Methodus começou a fazer pesquisa de rua para apresentar os números da disputa eleitoral em Novo Hamburgo, Grande Porto Alegre.

. A ideia é aferir a posição do eleitorado depois que o TRE confirmou a impugnação da candidatura do atual prefeito, Tarcisio Zimmermann, do PT, enquadrado na Lei da Ficha Suja. Ele vai recorrer, seguindo o exemplo do seu colega de Partido, Daniel Bordignon. Os dois sabem que não passarão pelo TSE, mas querem garantir nome e foto na urna eletrônica, mesmo que outros candidatos sejam escolhidos.

. Em Novo Hamburgo, o candidato que ameaça a liderança de Tarcisio Zimmermann é Paulo Kopschina, do PMDB. Ele aposta em forte desgaste do prefeito depois da decisão do TSE.

Presidente do PT denuncia: "Judiciário e mídia conservadores, sujos e reacionários, conspiram contra o PT"

- A nota a seguir é do presidente nacional do PT, deputado estadual Rui Falcão. Ela revela a dor, o sofrimento e o desalento que provocam no Partido o reconhecimento judicial de que o PT operou como organização criminosa, praticando crimes de lavagem de dinheiro, peculato, corrupção ativa e corrução passiva, formação de quadrilha, conspiração contra a organização estatal, furto, espionagem e simulação, fraude, injúria, calúnia e difamação, entre outros crimes. O PT está destinado à lata do lixo da história e vive o seu ocaso, exatamente porque é um Partido que se colocou á margem do estado democrático de direito e não tem mais espaço numa sociedade civilizada. Ao atacar o STF, o presidente Rui Falcão esquece que a maior parte dos ministros da Corte foi nomeada por Lula e por Dilma, portanto pelo PT.

* Clipping Felipe Frazão, de O Estado de S. Paulo

O presidente nacional do PT, deputado estadual Rui Falcão, disse nesta segunda-feira, 3, que houve um golpe da oposição "conservadora, suja e reacionária" pela mídia e pelo poder Judiciário para destruir o partido na condenação do deputado federal João Paulo Cunha (PT) no julgamento do mensalão. Falcão discursou em Osasco, no ato de lançamento do substituto de João Paulo na disputa pela prefeitura da cidade - o ex-secretário municipal de Governo Jorge Lapas (PT). "Um golpe grande, que faz parte de uma ação daqueles que foram derrotados nas urnas três vezes seguidas na Presidência da República, mas insistem em querer nos derrubar e nos destruir", disse o parlamentar.
Falcão também afirmou que os opositores não aceitam as políticas dos governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidente Dilma Rousseff; e que, por isso, "lançam mão de instrumentos de poder que ainda dispõem: a mídia conservadora e o judiciário". "Essa elite suja, reacionária 

OPINIÃO
Marcos Cavalcanti, Brasília

O presidente Rui Falcão precisa saber que golpe da oposição foi o que fizeram com a ex-governadora Yeda Crusius no Rio Grande do Sul, com a exploração do ASSASSINATO do meu irmão Marcelo Cavalcante e facilitou a eleição do atual governador Tarso Genro do PT. Tão logo o corpo apareceu boiando em condições misteriosas próximo à ponte JK, em Brasília, a oposição rapidamente tratou o caso como ASSASSINATO e insinuou que pessoas ligadas ao governo Yeda poderiam estar por trás, versão, esta, endossada pela grande mídia gaúcha e com bastante parcialidade, já que explorou o caso em desfavor da então governadora Yeda e sempre ignorou quem realmente sempre pareceu estar por trás de tamanha crueldade e covardia com o Marcelo. A família Cavalcante foi sistematicamente ignorada pela imprensa, já que a versão era diferente da que ela “queria” e também diferente da versão da oposição e por isso sempre foi omitida dos principais meios de comunicação, diferentemente trataram a “viúva-alegre”, Magda Koenigkan, principal suspeita antes da “estranha” troca de delegados na investigação. Apesar de ter sido pega várias vezes em contradições e mentiras, após a troca, Magda fora insistentemente blindada pela nova delegada do caso e também pela “parcial” imprensa, que insistia em não noticiar a versão dos verdadeiros familiares do Marcelo. Após o farsante e forjado desfecho de suicídio a oposição e a imprensa se calaram e não falam mais nada a respeito do caso, preferindo vergonhosamente o silêncio e “estranhamente” aquiescendo e aceitando a versão de suicídio. Brasil, país sem futuro e sem Justiça! Marcos Cavalcante, irmão de Marcelo

Candidato de Lula e do PT despenca no Recife

Os resultados das pesquisas em relação à eleição para prefeito do Recife estão demonstrando que a estratégia lulo-petista de “inventar” uma chapa que julgavam imbatível, vem demonstrando ser uma dos maiores fiascos da recente história política em Pernambuco.

. Desde que a  campanha começou, informou ao editor, esta manhã, o blogueiro Júlio Ferreira (WWW.ex-vermelho.blogspot.com)  a chapa petista, formada pelo senador Humberto Costa e pelo deputado Federal, e ex-prefeito do Recife, João Paulo, vem crescendo feito rabo de cavalo: pra baixo.

. Diante dos números da última pesquisa do Ibope, de ontem, e do envolvimento de Humberto Costa em mais um escândalo surgido no Ministério da Saúde, a tendência é de que nas próximas pesquisas a chapa petista perca até mesmo o segundo lugar no ranking.

CLIQUE na foto para entender melhor a involução de Humberto Costa.

Ex-prefeito Balbo Teixeira,impugnado, não recorre e desiste da disputa em São Gabriel, RS

Impugnado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul,o ex-prefeito Balbo Teixeira - da coligação Acorda, São Gabriel! (PSB/PR/DEM) -  desistiu de concorrer a prefeito e anunciou apoio ao candidato Roque Montagner, da coligação Renova São Gabriel (PT/PPS).

. O TRE negou o registro da candidatura de Teixeira pelo fato de que ele se desincompatibilizou dos cargos na CEEE e no Ministério de Integração Nacional fora do prazo legal.

. O atual prefeito, Rossano Gonçalves, PDT, é candidato á reeleição, e é o favorito. 

Methodus mostra que Fortunati virou o jogo e agora lidera com vantagem sobre Manuela em Porto Alegre

Completada uma semana de programação eleitoral no rádio e na TV, o Instituto Methodus saiu às ruas para realizar a pesquisa de intenções de votos contratada pelo jornal Correio do Povo, que na sua edição desta terça-feira demonstra que o prefeito José Fortunati disparou depois que o eleitorado comparou os programas. A margem de erro da pesquisa é de 3,2%

José Fortunati, PDT - 39,3%
Manuela D'Ávila, PCdoB - 34,1%
Adão Villaverde, PT - 7,7%
Roberto Robaiana, PSOL - 1,9%
Wambert Di Lorenzo, PSDB - 1,3%
- Os demais candidatos registraram pontuação muito baixa.

. Barncos e nules, mais não sabem, completam 15,4%.

. O Instituto Methodus é o que registra historicamente os melhores resultados em Porto Alegre. Seus números de hoje contrastam brutalmente com os números revelados domingo pelo Ibope, que erra muito na capital do RS.

. Compare os números das pesquisas dos dias 17 de julho e 3 de setembro:
Fortunati - 33,55/39,35
Manuela - 38,6%/34,1%
Adão - 7,4%/7,7%

. No caso de segundo turno, José Fortunati venceria com 46,4% dos votos, contra 42,5% de Manuela. Além da virada espetacular do candidato da aliança PDT-PMDB-PTB-PP, o registro mais relevante da pesquisa é a completa cristianização da candidatura do deputado Adão Villaverde, do PT, que não consegue superar a casa do um dígito. Seu eleitorado migrou em massa para Manuela D'Ávila.

Ibope diz que candidato do prefeito Sartori dispara com 41% em Caxias do Sul

Alceu Barbosa Velho, PDT - 41%
Assis Melo, PCdoB - 22%
Marcos Daneluz, PT - 11%
Milton Corlatti, DEM - 2%
Luís Possamai, PSOL - zero

. O PT comandou a prefeitura durante dois mandatos, com o atual ministro Pepe Vargas, que é também deputado federal. Ele foi derrotado pelo atual prefeito, José Ivo Sartori, que completa seu segundo mandato e costurou a aliança em torno do deputado Barbosa Velho, do PDT. Seu índice de aprovação, segundo o Iblope, é de 75%. Ele é o grande cabo eleitoral do candidato do PDT e é tido como candidatíssimo ao governo estadual pelo PMDB, em aliança com o PDT.

Happy Hour é na Bier Markt!
Na Barão do Santo Ângelo 497 e na Castro Alves, 452.
São 24 torneiras de chope artesanal de várias partes do mundo, com barris alojados em câmera fria, servidos diretamente nos copos, sem serpentina e cardápio diferenciado.

CLIQUE AQUI para conhecer o novo Bier Markt Vom Fass.