Artigo, Francisco Ferraz - A exaustão do 'Estado dependente' de governo

Este artigo do politólogo gaúcho, ex-reitor da Ufrgs, Francisco Ferraz, precisa ser colocado dentro da perspectiva da data em que foi publicado no jornal O Estado de S. Paulo, 27 de junho de 2012. Ele é premonitório, porque expurgando dados da conjuntura política da época, tudo se ajusta como uma luva no que ocorre neste momento no Brasil. Leia:

Francisco Ferraz

Creio que estamos ingressando na fase de exaustão de um modelo político que foi implantado pelos governos do PT, a partir de 2003. Este modelo, na medida em que logrou a reeleição de Lula e a eleição de Dilma, conquistou uma permanência no poder que se constituiu num ciclo político.

Não é incomum que governantes, na fase ascensional da conquista do poder e na sua fase de estabilidade, se aferrem a uma ilusória convicção da perenidade daquela condição. Situação e oposição no Brasil estão contaminadas por esse sentimento, que determina grande parte de suas ações. Porém nada é permanente na política. Ciclos políticos têm começo, desenvolvimento e fim.

Os sinais que indicam o sucesso de um novo modelo são fáceis de perceber: crescente apoio político, capacidade decisória, popularidade de seus líderes. Já os sinais da exaustão do modelo político são bem mais difíceis de perceber. É preciso garimpá-los entre os fugidios fatos da conjuntura.

Os sinais evidentes da exaustão de um modelo político não são muito diferentes daqueles que se manifestam num organismo vivo.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

O ocaso de Dilma, por Fernando Gabeira

* Clipping blog do Gabeira.

Não deixa de ser curioso ver o governo encenar com seus figurantes um acordo que não existe entre ele e os manifestantes reais. Dilma é dura como esse penteado que inventaram para ela. É uma espécie de marionete nas mãos dos lideres do PT que vão encenar ad nauseam seus rituais burocráticos e .. Não creio que o PT esteja querendo dar um golpe com essa história de plebiscito. Na verdade, não têm condições de dar um golpe nesse momento da história do Brasil.

O ciclo petista se encerrou. Hoje, a pesquisa da Data Folha indica uma queda de 27 pontos na aceitação da presidente Dilma, queda só comparável ao de Fernando Collor, antes do impeachment.

O PT sonha em passar o projeto de lista fechada.

Mas nesse momento da história do Brasil, tentar fazer aprovar um método que afasta o eleitor de seu candidato e dá à burocracia do partido o direito de escolher quem será eleito, terá forte oposição no próprio Congresso.

Se me lembro do que vi, vai haver uma batalha campal para evitar a vitória de lista fechada, na qual apenas os caciques partidários se beneficiam.

O que dirão os eleitores quando perceberem que não elegem mais um deputado mas sim uma lista fechada, produzida nos bastidores dos partidos?

Vamos primeiro deixar que haja a batalha pelas perguntas no plebiscito. Primeiro, a pergunta sobre a viabilidade. Depois cuidaremos dessa especificamente, o grande sonho do PT para eleger apenas os mais bem colocados no partido e forçar os outros à obediência, para que um dia seu nome possa subir mais na lista fechada.Toda o esforço do PT é para reforçar a hierarquia interna. E isto num momento em que os jovens que foram as ruas contestam hierarquias fechadas, sentem-se lideres de si próprios.

O momento é de ampliação da liberdade e o PT propõe um esquema mais rígido. Eles não só estão no fim. São incapazes de decifrar o novo momento e tiram do bolso respostas do passado, que não solucionam as questões do presente.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Entrevista, advogado Felipe Celi Ritter - É abusiva a inclusão de débitos tributários na Serasa

Felipe Celi Ritter, advogado e sócio da Pactum Consultoria Empresarial

A secretaria gaúcha da Fazenda ameaçou e começou mesmo a incluir na Serasa os contribuintes inadimplentes com o Tesouro. Isto é legal?
É absolutamente ilegal e atentatório ao estado democrático de direito. É forçar constrangimento do devedor a inscrição de dívida fiscal pública em órgãos privados de proteção ao comércio.

Baseado em que o senhor diz isto?
Remeto às Súmulas 70 e 547 do STF, que impedem meios coercitivos de cobrança.

A prática abusiva atinge pessoas físicas e jurídicas.
Sim, que não podem mais sequer pegar Certidões Negativas de Débitos, sem contar que seus nomes são inscritos nos órgãos de restrição ao crédito. Muitos contribuintes não podem mais conseguir qualquer financiamento e nem comprar a prazo.

Há alguma lei que assegure ao governo gaúcho fazer isto?
O que há é um simples Convênio firmado entre a SEFAZ/RS e o SERASA. A questão fundamental, no entanto, é que à administração pública, por força do princípio da legalidade, apenas é conferido o poder de fazer aquilo que a lei expressamente determina ou autoriza, o que não há no caso. Este tipo de inscrição sequer beneficia o erário, porque apenas constrange o devedor.

Rede Bourbon Zaffari passa a vender o chileno Casa Silva. Festival de Vinhos deste mês inclui 649 outros rótulos.

- Até o chileno casa Silva, um dos melhores vinhos do mundo, passou a ser vendido pela rede Zaffari Bourbon.

Até o dia 14 de julho, a rede Zaffari Bourbon de supermercados e hipermercados realiza o Universo dos Vinhos. Durante o evento, que promove um aumento de 30% na área destinada aos vinhos nas lojas da rede, estão disponíveis seleções completas das melhores marcas e vinícolas nacionais e estrangeiras. O festival reúne cerca de 650 rótulos diferentes vindos de 10 países, entre os quaisChile,  Argentina, Uruguai e França, além de produtos de vinícolas nacionais. Entre as exclusividades comercializadas nas 29 unidades da rede no Estado estão os rótulos das vinícolas chilenas Casa Silva, Nostros e Chiloe. Em todas as suas lojas o produto é exposto em área nobre, recebendo arquitetura diferenciada nas unidades de maior porte, ao estilo de adegas tradicionais ou contemporâneas

Brasil também rejeita asilo ao americano Snowden

O governo brasileiro decidiu hoje que  não irá conceder asilo ao ex-funcionário da agência de espionagem dos Estados Unidos, disse um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, acrescentando que o Itamaraty deixará o pedido sem resposta.

Instituto de pesquisa do Paraná demonstra que Serra é mais competitivo do que Aécio: Dilma, 32,2%; Serra, 23,7% (Aécio, 15,7%)

O jornal Gazeta do Povo, o mais importante de Curitiba, revelou nesta terça-feira os dados da sondagem do instituto Paraná Pesquisas, de Murilo Hidalgo, na qual o tucano Aécio Neves aparece perdendo  fôlego na disputa pela presidência da República, sendo ultrapassado por José Serra, também do PSDB, que teria 21,7 % das intenções de voto, caso ele fosse o candidato, ante 15,7% de Aécio. O levantamento também aponta para um possível segundo turno e para a liderança da presidenta Dilma Rousseff em todos os cenários pesquisados. O texto a seguir é do blog do Esmael:

. A pesquisa confirma a queda da presidente Dilma nas intenções de voto divulgado por outros institutos de pesquisa de opinião pública. Além disso, pode-se perceber o crescimento de outras candidaturas como, por exemplo, a de Marina Silva (Rede).

. Nos cenários apresentados, Marina Silva desbanca os tucanos e aparece no segundo lugar com a preferência de 23,7% dos entrevistados, quando considerado Dilma, Aécio e Eduardo Campos (PSB) como adversários. Quando disputa com Serra no lugar de Aécio, Marina atinge 21,7% de intenções de voto.

. Embora a presidente Dilma tenha sofrido uma abrupta queda nas pesquisas de opinião, o tradicional instituto Paraná Pesquisas mostra em sua sondagem a liderança da petista em todos os cenários pesquisados variando entre 32,2% a 34,5% das intenções de voto. Cenário 1, tendo como adversários: Aécio, Marina e Eduardo Campos; Cenário 2, tendo com adversários: Marina, Serra e Eduardo Campos.

. Ainda de acordo com a pesquisa do instituto de Murilo Hidalgo, a presidenta Dilma é a preferida pelos eleitores de todas as regiões do país e tem a maioria de votos em todas as classes sociais.

Entenda como matematicamente dá para compreender as principais consignas dos protestos de rua no Brasil

#causabrasil, uma ferramenta que ajuda a entender pelo que o país protesta. Clique em cima da imagem ao lado e conheça os grandes grupos de demandas colocadas pelos manifestantes brasileiros.

Nesta segunda-feira a noite a GloboNews disponibilizou em sua reportagem um material extremamente elucidativo a respeito dos atuais protestos. Uma das ferramentas (software) mais extraordinários usados pela empresa carioca W3Haus pode ser apreciada  nos seus mais esplendorosos resultados no endereço #causabrasil. O software permite apanhar a cada hora os milhares de comentários postados na rede mundial de computadores, sintetizar tudo em grandes grupos e com isto oferecer um cenário imediato e de grande compreensão sobre o que rola ali. Leia como a W3Haus explica o caso dos mais recentes protestos, apresentando as principais demandas agrupadas:

A gente entende que o país vive um momento histórico e, como milhares de brasileiros, queria fazer alguma coisa. A gente também é obcecado em descobrir o que faz diferença para as pessoas de verdade. E sabe que uma das formas mais poderosas pra isso é escutar o que elas falam (e gritam) nas redes sociais. Esse foi o insight que se transformou na Causa Brasil (www.causabrasil.com.br): uma plataforma que ajuda a entender quais são as causas que mais sensibilizam os brasileiros.  Ela monitora e analisa os milhares de comentários sobre as manifestações ligadas a pelo menos uma das mais de 100 hashtags dos protestos – trabalho só possível graças à parceria com a Seekr. Abastecida automaticamente, a cada hora, por postagens no Facebook, Twitter, Instagram, YouTube e Google+, a ferramenta funciona como um termômetro que categoriza, agrupa e interpreta a voz dos manifestos. É possível acompanhar, com a passagem dos dias e das horas, como o movimento, antes dominado pelo preço das passagens, foi agregando outras causas
No dia 17/06, marco dos protestos, o preço das passagens dominava isolado os comentários nas redes sociais.
No dia 21/06, outras causas aparecem como prioridade para os brasileiros: Segurança, Combate à corrupção e qualidade no transporte público.

- A Causa Brasil é beta, e a ideia é seguir monitorando e acompanhando novas tags e causas. E agregar mais ideias, que podem ser postadas no formulário: w3ha.us/causabrasil

Multi RiceTec investirá R$ 20 milhões em Santa Maria para produzir sementes híbridas de arroz

Amultinacional de sementes híbridas de arroz, RiceTec, acaba de receber as licenças ambientais da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) para iniciar as operações da sua nova Estação Experimental, em Santa Maria, RS.

. A empresa – que atua na América Latina e tem escritório em Porto Alegre – adquiriu uma área de 200 hectares próxima à BR-158 e vai investir R$ 20 milhões no projeto.

. O RS é o maior produtor de arroz do Brasil. 

Artigo, Mara Montezuma Assaf - Acorda, Dilma ! Quem pediu plebiscito ?

CLIQUE AQUI para examinar em detalhes os cinco pontos propostos por Dilma. 

A presidente Dilma Rousseff mandou esta manhã a sua  proposta de plebiscito para o Congresso, e como afirmou Henrique Alves, de "forma respeitosa",  como se ele estivesse esperando uma imposição. Ora, um presidente não possui a prerrogativa legal de  propor um plebiscito ou seja lá o que for no gênero. Ele precisará sempre , respeitosamente, da anuência e aprovação do Congresso. O documento enviado propõe o fim da suplência no Senado, o fim do voto secreto no Congresso, a manutenção das coligações partidárias  ( sem as quais o PT jamais se manteria no poder) , mudanças na forma de financiamento de campanha ( sem explicitar quais)  e mudança do sistema político ( idem).  Visto isso, percebam que a proposta contém duas sugestões palatáveis para facilitar a engolida do sapo, e três sugestões de interesse do Partido. Depois do crivo do Congresso, sabe-se á o que mais virá ou como ficará. Precisamos mesmo de um caríssimo plebiscito para decidir esta pauta? Estamos com dinheiro sobrando? Afinal, quem disse à presidente que queremos plebiscito? Acorda, Dilma!

Lei do Passe Livre para estudantes de 63 municípios gaúchos já está na Assembléia

Quebrando uma tradição que impõe parcimônia na presença do governador para protocolar projetos do seu interesse na Assembléia do RS, Tarso Genro foi na manhã desta terça-feira na Assembléia para entregar o projeto visa isentar a classe estudantil no sistema estadual de transporte coletivo de passageiros, que abrange a região metropolitana de Porto Alegre e as aglomerações urbanas do Litoral Norte, Sul e Nordeste do Rio Grande do Sul. As linhas são da modalidade comum, com o limite de duas passagens diárias, em dias úteis, conforme definição em regulamento. Tarso foi à Assembléia em companhia de lideranças estudantis de entidades aparelhadas pelos Partidos que apóiam o governo. 

. Tarso foi recebido pelo presidente da Assembléia, Pedro Westphalen.

. Pouco depois da entrega, o editor conversou com o líder partidário Giovani Feltes, PMDB.

Os releases do governo e da Assembléia dizem que todos os estudantes serão beneficiados. É fato?
Não é. Apenas estudantes de 63 municípios.

Por que o governador foi ele mesmo protocolar o projeto?
Foi uma oportunidade oportunista.

Como é que o governo estadual subsidiará as empresas de ônibus que concederem o passe livre ?
O dinheiro será de todos os contribuintes gaúchos. O cálculo feito pelo governo é de R$ 2,4 milhões por ano, mas isto precisa ser checado. 

Arrecadação do ICMS gaúcho cresceu espetaculares 8,8% em junho. No semestre, avanço é de 5,1% (R$ 11,5 bilhões)

Junho foi outro mês de muito boa arrecadação do ICMS no RS, mas isto se deve à base reduzida do mês de junho do ano passado, mês de cotejo. O editor também buscou comparar as rubricas de despesas e constatou que elas prosseguem altas. O economista Darcy Carvalho dos Santos, com quem o editor conversou na manhã desta terça-feira, disse que mantém suas previsões de déficit gigantesco de R$ 2 bilhões para este ano.

. Outro dado preocupante é a redução das transferências de receitas federais, mas sobre elas o governo Tarso Genro não se pronuncia, aceitando tudo submissamente.

. Em junho, a receita do ICMS fechou em R$ 1,9 bilhão, um crescimento real de 8,8% quando os valores são ajustados pelo IGP-DI, portanto avanço real.

. No semestre, a arrecadação somou R$ 11,5 bilhões, crescimento ajustado de 5,1%. 

Assembleia pode divulgar nesta semana o salário de servidores

A partir desta terça-feira, a Assembleia Legislativa pode divulgar a lista dos nomes e salários de todos os servidores e cargos de confiança do Parlamento gaúcho. A divulgação coincidirá com a publicação, no Diário Oficial do Estado, da lei aprovada pelo Parlamento gaúcho e que está sendo sancionada pelo governador Tarso Genro.

. O acesso se dará pelo site da Assembleia, em www.al.rs.gov.br. O projeto que se torna lei foi apresentado no dia 21 de maio pelo presidente da Assembleia, Pedro Westphalen (PP).

. De acordo com informações da AL, a folha do Parlamento tem 1,2 mil Cargos de Comissão e 380 servidores de carreira.

Única vereadora que votou contra isenção de ISSQN para empresas de ônibus, diz que não foi exigido melhoria do transporte público em Porto Alegre

As empresas de transporte de passageiros de Porto Alegre querem mais vantagens para baixar os preços das passagens. Em linhas gerais, a pedida é geral para todo o País.

- Governo estadual – Tarso Genro está na obrigada de baixar o ICMS cobrado sobre os chassis e carroceria.
- Governo Dilma – Até quinta ou sexta, Dilma reduzirá os preços do óleo diesel e desonerará a Folha.

Um único vereador da Câmara de Porto Alegre votou contra a proposta do prefeito José Fortunati para isentar o ISSQN cobrado das  empresas de ônibus, visando reduzir as atuais tarifas de R$ 2,85 para R$ 2,80. A sessão da Câmara durou 10 anos e até a oposição votou pela isenção. O prefeito nem está em Porto Alegre para promulgar a lei, porque foi a Brasília acompanhar no Senado a votação do Regime Especial para o Transporte Coletivo Urbano e Metropolitano de Passageiros.

. O editor conversou com a vereadora Lourdes Spenger, PMDB, que votou contra.

O que houve?
São R$ 15 milhões que a prefeitura perderá anualmente de arrecadação. Este dinheiro fará falta a setores sensíveis como educação e saúde.Mas é para reduzir a tarifa de ônibus.Estas coisas não podem ser feitas no afogadilho. Onde estão os cálculos da planilha de custos?
O que a senhora queria ?
Algum tipo de contrapartida por parte das empresas, porque faltam ônibus em horários de maior demanda, paradas não são respeitadas e a população fica amontoada como sardinha em lata nos ônibus da cidade. Não é só pelos R$ 0,05, porque a população perde muito melhor qualidade no transporte coletivo de Porto Alegre.

Anunciados os filmes para o 41º Festival de Cinema de Gramado

Foram anunciados no final da manhã desta terça-feira, em Porto Alegre, os filmes selecionados para o 41º Festival de Cinema de Gramado, maior evento do gênero da América Latina. Na edição que será realizada entre 9 e 17 de agosto, a organização comemora o aumento de 48% no número de filmes inscritos em relação ao ano passado.

. Para 2013, foram inscritos 580 filmes de longa-metragem, 117 inscritos em longas brasileiros, 50 em longas estrangeiros e 72 em curtas gaúchos. Veja abaixo a lista dos longas-metragens brasileiros:

A Bruta Flor do Querer (SP), de Andradina Azevedo e Dida Andrade;
A Coleção Invisível (BA), de Bernard Attal;
Até Que a Sbórnia nos Separe (RS), de Otto Guerra e Ennio Torresan Jr;
Éden (RJ), de Bruno Safadi;
Os Amigos (SP), de Lina Chamie;
Primeiro Dia de Um Ano Qualquer (RJ), de Domingos Oliveira;
Revelando Sebastião Salgado (RJ), de Betse de Paula;
Tatuagem (PE), de Hilton Lacerda.

CLIQUE AQUI e confira a lista completa dos filmes e curtas que concorrem ao Kikito.

Vendas de veículos sobem 4,79% no 1º semestre

As vendas de veículos no primeiro semestre do ano tiveram alta de 4,79% em relação ao mesmo período do ano passado, informou a Fenabrave nesta terça-feira. Foram emplacados 1.798.976 automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus. De janeiro a junho de 2012, o volume de vendas foi de 1.716.709.

. Considerando apenas automóveis e comerciais leves, nos primeiros seis meses deste ano foram vendidos 1.707.814, um aumento de 4,62% frente a 2012 (1.632.343).

Veja os veículos mais vendidos em junho e os números deles no acumulado do ano:

1º - Volkswagen Gol - Mês: 22.541; Ano: 121.353
2º - Fiat Uno - Mês: 16.326; Ano: 96.505
3º - Fiat Palio - Mês: 14.088; Ano: 90.739
4º - VW Fox/Cross Fox - Mês: 13.807; Ano: 67.165
5º Ford Fiesta - Mês: 12.995; Ano: 54.6126º Fiat Strada 7º Chevrolet Onix
8º Fiat Siena
9º Chevrolet Classic
10º Renault Sandero

Entenda o que está por trás do enorme poder da ATP sobre os prefeitos de Porto Alegre

A ATP manda no transporte público de Porto Alegre. E não é de hoje. 



Nem mesmo o primeiro prefeito petista de Porto Alegre, Olívio Dutra, que promoveu uma estabanada intervenção no sistema de transporte coletivo no dia 11 de fevereiro de 1989, resultou em novas licitações para a exploração dos serviços de ônibus.

. A intervenção do prefeito do PT custou R$ 24 milhões aos bolsos dos contribuintes, metade num plus tarifário, inclusive uma empresa inteira com 48 ônibus, a Restinga. O acordo que contemplou a indenização às empresas de ônibus foi assinado pelo sucessor de Olívio, Raul Pont, foi assinado na 4ª. Vara da Fazenda Pública. O editor possui cópia do acordo, sempre negado pelo PT.

. A ATP já tinha botado no bolso os prefeitos anteriores e fez o mesmo com os quatro prefeitos seguintes do PT. 

. Com o advento dos governos do PT, pelo menos as tarifas deixaram de passar pela Câmara de Vereadores.

. Cada pedido de aumento virava geleia geral na Câmara. O evento era saudado com hurras. 

. O fato é que a atual guerra pelas tarifas de ônibus é apenas uma parte do problema, porque a ATP continua dando as cartas e jogando de mão com os prefeitos de Porto Alegre.

. A questão do transporte público ainda é uma caixa preta da prefeitura e das concessionárias de ônibus. Contratos entre as partes não existem.

. O prefeito atual, José Fortunati, PDT, tem prometido abrir licitações, mas o processo não anda. Com o BRT, isto seria mais do que necessário. 

. Não é problema apenas de José Fortunati, porque prefeito algum jamais fez licitação.

. As empresas trabalham sob a forma de concessões e a regulamentação obedece apenas a leis específicas sobre o assunto. Não existe controle ou fiscalização, muito menos direitos e obrigações. 

. A ATP continua mandando sozinha no setor. São 14 empresas, reunidas em três consórcios: STS, Conorte e Unibus. 

. O Tribunal de Contas do Estado resolveu abrir investigações e pelo menos o Ministério Público de Contas junto ao TCE demonstrou publicamente que ficou horrorizado com a permissividade existente na área. 

Argentina: entra em vigor a legalização de dólares não declarados. Agora, todo mundo pode lavar dinheiro, inclusive Cristina Kirschner.

Argentinos que desejam levar para o país seus dólares não declarados agora podem fazê-lo por meio de um novo instrumento, o Certificado de Depósito de Investimento Imobiliário (Cedin). A medida, aprovada em junho, começou a valer nesta segunda-feira e tem validade até 30 de setembro, embora o governo considere prorrogá-lo por três meses. Quem adere ao sistema não é obrigado a informar a origem do dinheiro nem a pagar impostos. O vice-ministro da Economia, Axel Kicillof, estima que os argentinos têm US$ 200 bilhões não declarados, no território e fora. Entre 2008 e 2009, a Argentina fez abertura parecida e permitiu a legalização de US$ 4 bilhões.

. Na Argentina, os negócios do mercado imobiliário se fazem principalmente em dólares. Por isso, as restrições à venda da moeda americana, que entraram em vigor no fim de 2011 para estancar a fuga de capitais, congelou o setor. Os certificados, que terão nominações de US$ 100 a US$ 100 mil, poderão ser usados na compra de terrenos e imóveis e de materiais de construção e reforma de residências.

. Os certificados serão entregues pelo comprador no lugar do dinheiro. O BC dá garantia de pagamento, que acontecerá dois dias após a apresentação do papel. O vendedor cobra o dinheiro e assina a escritura. Os papéis também poderão ser usados como meio de pagamento para eletrodomésticos e carros, desde que o vendedor os aceite. Também poderão ser vendidos no mercado secundário pela Bolsa de Comércio, bancos e casas de câmbio.

- A expectativa do presidente da Câmara Argentina da Construção, Gustavo Weiss, é que os títulos sejam cotados na bolsa a valores próximos do paralelo. Atualmente, o dólar está a 5,4 pesos no oficial e 8,05 no paralelo

Caminhoneiros bloqueiam rodovias gaúchas nesta terça-feira

Desde a noite desta segunda-feira, os caminhoneiros interditam as principais rodovias do Rio Grande do Sul. A manifestação organizada pelo Movimento União Brasil Caminhoneiros (MUBC), luta por melhorias nas condições do trabalho.

. O movimento informa que "é notório que o transporte rodoviário de cargas, que passa por momentos difíceis, vive em um verdadeiro submundo, carente de respeito, infraestrutura, segurança, estradas, corrupção, e principalmente os valores de fretes incompatíveis com as despesas operacionais, responsáveis pelos baixos salários de motoristas, excessos de peso transportado, jornadas de trabalhos absurdas, rebites, acidentes e mortes nas rodovias."

. Pelo menos quatro rodovias estão com trânsito lento e pontos de congestionamento devido às intervenções. Em Três Cachoeiras, o km 22 da BR-101, em Pelotas, os kms 62, 66 e 118 da BR-392, em Capão do Leão, o km 529 da BR-116 e em Santa Rosa, o km 165 da BR-472. (Foto: Google)

Editorial do Estadão - O País acordou, Dilma não. Aqui, também, leia a íntegra da entrevista coletiva de Dilma.

CLIQUE AQUI para ler o texto integral
da entrevista coletiva de Dilma Rousseff.
Ela falou ontem para os jornalistas. 

Já era esperado que as manifestações que sacudiram o País - e ainda continuam a fazê-lo em menor intensidade - levassem a uma queda tanto do índice de aprovação do desempenho da presidente Dilma Rousseff como dos que se mostram dispostos a votar por sua reeleição em 2014. O que surpreendeu e assustou foi o tamanho da queda, registrada na última pesquisa do Datafolha. Em apenas três semanas, a porcentagem dos que consideram seu governo ótimo ou bom despencou de 57% para 30%. Aquilo que Dilma e seus aliados parecem não ter percebido é que, se nem todas as insatisfações que levaram às manifestações foram ainda identificadas, entre elas dificilmente deixarão de estar o mau desempenho da economia e as difíceis relações entre a presidente e sua vasta e heterogênea base de sustentação no Congresso.

Este é um trecho do editorial de hoje do jornal O Estado de S.Paulo. CLIQUE AQUI para ler todo o texto.

IBGE: Produção industrial brasileira recua 2% em maio

A produção da indústria brasileira voltou a cair em maio, registrando recuo de 2% e revertendo os ganhos de abril, de 1,9% (número revisado), segundo dados divulgados nesta terça-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. De acordo com a pesquisa, essa foi a baixa mais acentuada desde fevereiro deste ano (-2,3%).

. Na comparação com o mesmo período de 2012, a atividade fabril mostrou alta de 1,4%, o segundo resultado positivo nesse tipo de comparação, mas menos intensa que a observada no mês anterior (8,4%). No ano, a produção brasileira acumula alta de 1,7% e, em 12 meses, queda de 0,5%.

. Na passagem de abril para junho, foram verificadas quedas em 20 dos 27 ramos industriais e nas quatro categorias de uso. Entre as atividades, as principais influências negativas partiram de alimentos (-4,4%), máquinas e equipamentos (-5,0%) e veículos automotores (-2,9%). (Imagem: Google)

STF deve levar 1 mês para julgar recursos do mensalão

O Supremo Tribunal Federal (STF) deverá demorar pelo menos um mês para julgar os recursos dos 25 condenados por envolvimento no esquema de corrupção do mensalão. A estimativa é feita por integrantes da Corte com base no julgamento do processo, que consumiu o segundo semestre de 2012, e na extensão dos recursos movidos pelos réus considerados culpados.

. O caso poderá voltar a ser debatido em agosto, quando o tribunal retornará às atividades plenárias após o recesso de julho. Não é garantido que os réus com condenação confirmada comecem a cumprir as respectivas penas após o julgamento dos recursos. A expectativa é de que eles protocolem mais recursos, o que poderá adiar o término da ação para 2014.

FHC manda recado para Dilma: "Faltou conversar mais com o Brasil"

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) foi o entrevistado na noite de ontem, no programa Roda Viva, da TV Cultura. Ao comentar a recente onda de protestos País afora, o ex-presidente afirmou que o aumento da tarifa nos transportes foi o "estopim" das manifestações, mas, diferentemente de outras manifestações ocorridas no Brasil - como a passeata dos Cem Mil em 1968, a das Diretas-Já de 1984, citou - em que havia uma única bandeira a ser defendida, os manifestantes de agora defendem variados temas.

. FHC disse ainda que os movimentos que tomaram as ruas do Brasil são consequência de uma crise da vida "cotidiana" da população, e não apenas de uma crise das instituições do País. "O que vemos é a falência dos órgãos públicos há muito tempo. Esses são os problemas que afetam as pessoas, é uma crise das vidas cotidianas, e não das instituições", disse.

. Segundo matéria do Estadão, FHC observou que a classe média "está achatada" e também sofre com os problemas na educação, nos transportes e na saúde. "As pessoas estão cansadas da vida como ela é nas grandes cidades."Não é a demanda sindical, do salário, é a de viver melhor. E outro componente é a decência. Há uma indignação em função do processo de corrupção que atingiu vários setores", avaliou.

. Para o ex-presidente, o atual momento é de "meditar sobre o que está acontecendo", ponderou. FHC afirmou, no entanto, que faltou o governo "conversar" com o País. (Foto: Google)

CLIQUE AQUI para ver e ouvir o programa.

Câmara aprova projeto que baixa tarifa em Porto Alegre

A Câmara de Vereadores de Porto Alegre aprovou na madrugada desta terça-feira, com 34 votos favoráveis e um contrário, o projeto de lei do Executivo que isenta do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), que incide em 2,5% sobre as tarifas, as empresas de transporte coletivo por ônibus da Capital gaúcha.

. Com a isenção, o valor da passagem, fixado em R$ 2,85, baixará para R$ 2,80 e entrará em vigor na quarta-feira. O prefeito José Fortunati deve sancionar o projeto de lei nesta terça. Mais cedo, o Tribunal de Justiça negou liminar que deixaria o preço da passagem em R$ 2,67.

. Em outra ação, o juiz Fernando Carlos Tomasi Diniz, da 4ª Vara da Fazenda Pública da Capital, negou nesta segunda-feira pedido de liminar ajuizado pelos vereadores do PSOL, para reduzir ainda mais a tarifa. Eles queriam a aplicação da desoneração de PIS e Cofins na tarifa de R$ 2,85, mas o juiz apontou que são necessários cálculos complexos. O valor a que a passagem poderia chegar seria de R$ 2,67. (Foto: Ricardo Duarte/Agência RBS).

Programa para atrair médicos ao interior do Brasil pagará R$ 10 mil

O novo programa do governo federal de fixação de médicos estrangeiros e brasileiros no interior do país e nas periferias vai pagar um salário de R$ 10 mil. O valor do salário foi fechado durante o fim de semana. É maior que o sinalizado anteriormente pelo ministro.

. A expectativa é que o polêmico programa de atração de médicos, citado pela presidente Dilma como resposta "à voz da rua", seja lançado na próxima semana. Ainda estão sendo fechados o desenho da proposta e as regras --provavelmente uma medida provisória será editada para definir isso e o registro provisório do médico estrangeiro.


. As entidades médicas fazem duras críticas à proposta de facilitar a entrada dos médicos estrangeiros no país. Defendem que continue sendo necessária a aplicação do Revalida (prova federal de validação dos diplomas).

Eike, quebrado, avisa que a petroleira não entregará o que prometeu

O empresário Eike Batista deu nessa segunda-feira mais um golpe nos investidores que acreditaram nas promessas de construção de um grupo sólido, lucrativo, com atuação em áreas estratégicas para o país.

. Em comunicado ao mercado, admitiu que a sua principal companhia, a petroleira OGX, não entregará o que prometeu e, pior, pode interromper a produção em 2014 nos poços marítimos de Tubarão Azul, na Bacia de Campos (RJ), de onde chegou a retirar 20 mil barris de óleo por dia.


. O anúncio foi o golpe derradeiro para os investidores, cujos prejuízos se acumularam no primeiro semestre do ano, com o derretimento do Grupo X. Logo depois da liberação do comunicado, as ações da OGX caíram 40% na Bolsa de Valores de São Paulo. No fim do dia, os papéis valiam apenas R$ 0,56, um tombo de 29,11% ante o fechamento da sexta-feira passada.

Aeroporto Salgado Filho está novamente fechado para pousos e decolagens

O Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, está fechado para pousos e decolagens na manhã desta terça-feira. O motivo é a forte neblina que atinge o local desde às 4h28, e que já causou o cancelamento de 3 chegadas e 2 partidas.

. No domingo, a neblina também foi a causa do fechamento do Salgado Filho, que deixou de operar por mais de 4 horas.

. A Infraero informa que a previsão é de que o serviço volte a funcionar assim que reduzir o nevoeiro.