Análise - É duro o aprendizado, mas a oposição aprende a fazer oposição

O recuo do presidente do Congresso, que esta noite suspendeu a sessão que renderia rendição dos parlamentares à presidente Dilma Roussef, aprovando seu projeto de desordem fiscal, só aconteceu porque a oposição encurralou politicamente a base governista no plenário e nas galerias, ao demonstrar a insanidade do rolo compressor governista. O PT e seus aliados tentaram atropelar o regimento interno no plenário e calar as galerias. Eles autorizaram o uso da força física para impedir as manifestações de populares, mas um grupo de deputados da oposição enfrentou fisicamente a Polícia do Senado, protegeu os populares e impediu a evacuação. Ao contrário do que sempre fez, o PT e as esquerdas que o apóiam tradicionalmente, desmoralizados pelas denúncias de roubalheira, não conseguem mais mobilizar o povo, bem ao contrário da oposição, que a cada dia que passa encorpa e ousa mais, empurrada voz rouca das urnas - e do What's App.

Sem saída, Renan e PT suspendem sessão de rendição a Dilma no Congresso

Depois de tentar durante uma hora a retirada à força de populares que ocuparam parte das galerias do Congresso, o senador Renan Calheiros viu-se obrigado a recuar e suspendeu a sessão desta noite, convocada para livrar a presidente Dilma Roussef de enquadramento na LRF. O Congresso terá nova sessão amanhã, 10h, para tentar votar projeto do governo que anistiará a presidente pela violação da lei e garantirá que o governo gaste tanto quanto quiser, impondo total desordem fiscal no Brasil.

. Os populares reagiram à Polícia do Senado e foram protegidos por deputados da oposição, que os defenderam fisicamente nas galerias.

. A evacuação dos populares foi exigida pelas deputadas Jandira Feghalli, PCdoB do Rio, e Maria do Rosário, PT do RS, chamadas de vagabundas pelos manifestantes.

. Amanhã cedo, Renan já avisou que não permitirá a presença de populares na sessão, atendendo pedido do PT.

Dilma chantageia Congresso porque tem medo de ser cassada

O governo petista, apoiado pelo PMDB e outros partidos da base alugada, tenta aprovar no Congresso Nacional o Projeto de Lei de número 36/2014, que é uma afronta à Constituição Federal, uma manobra ilegal e imoral que consiste em retirar dos gastos totais do governo o dinheiro utilizado no PAC e dessa forma evitar que a presidente desobedeça a LDO e não tenha a obrigação de gerar superávit primário.

. Este material é do blog do Coronel. Leia tudo.

. Dilma gastou de mais, não cumpriu a meta fiscal e agora quer mudar a legislação

. O que é Lei de Responsabilidade Fiscal: É a lei que define como o governo federal, estados e municípios podem aplicar o dinheiro público. A LRF estabelece os limites para essas despesas e tem como um dos objetivos evitar que os governantes gastem mais recursos do que dispõem, mantendo, assim, as contas públicas em dia.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) orienta a preparação dos Orçamentos Públicos, definindo quais as despesas serão ou não obrigatórias e, entre outros pontos, qual deverá ser a poupança a ser feita pelo país.
A LRF define em seu artigo 4º que um dos objetivos da LDO é o “equilíbrio entre receitas e despesas”. O parágrafo 1º desse mesmo artigo diz: “Integrará o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias o anexo de metas fiscais, em que serão estabelecidas metas anuais, em valores correntes e constantes, relativas a receitas, despesas, resultados nominal e primário e montante da dívida pública, para o exercício a que se referirem e para os dois seguintes”
.

. Na hipótese de descumprimento da meta de superávit primário, nome técnico para a poupança no setor público, a irresponsabilidade fiscal é definida como crime de responsabilidade (Lei número 1.079/1950).

Deputados da oposição enfrentam Polícia do Senado para impedir evacuação das galerias. TV Senado censura áudio e imagem.

Continuam paralisadas as atividades do Congresso, já que a Polícia do Senado não conseguiu retirar o público que está nas galerias.

. A evacuação pela força foi ordenada pelo senador Renan Calheiros, a pedido do PT e PCdoB, que não querem populares nas galerias.

. Deputados da oposição, inclusive o gaúcho Marchezan Júnior, subiram às galerias e impedem pela força a retirada dos convidados.

. A TV Senado saiu do ar e censura todas as cenas, mas a TV Câmara, canal 165 da Net, transmite tudo ao vivo.

. A sessão está suspensa.

. O tumulto deve-se à insistência da base governista de votar proposta do governo para aprovar mudanças na LRF e com isto permitir que Dilma Roussef encontre justificativa legal para o rombo que produziu este ano nas contas públicas. Se isto não ocorrer, ela responderá por crime de improbidade administrativa, podendo ser cassada.

PT e PCdoB pedem evacuação das galerias. Renan Calheiros expulsa o povo das galerias do Congresso.

Depois de ter impedido durante uma hora e meia a ocupação completa das galerias, o senador Renan Calheiros acaba de ordenar a evacuação de todos os convidados dos Partidos que estavam lá.

. O pedido foi da deputada comunista Jandira Freghalli, apoiada fortemente pela deputada gaúcha Maria do Rosário e parlamentares do PT e do PCdoB. Jandira fez o pedido depois de ter sido chamada de vagabunda.

. A sessão do congresso é transmitida pela TV Senado.

. Os parlamentares da base do governo estão acuados em plenário, embora com maioria, porque não querem presença do público e querem votar a toque de caixa a autorização para que o governo Dilma Roussef gaste tanto quanto quiser de dinheiro público.

Costa e Cerveró confirmam que Conselho de Administração autorizou compra da Refinaria Pasadena

Ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa (foto) prestou um depoimento forte, nesta tarde, na CPI que investiga negócios ligados à estatal. O ex-diretor confirmou qwue seu ex-colega de diretoria recebeu propina para vender a Refinaria de Pasadena, mas Nestor Cerveró negou tudo.

. O único momento em que os dois entraram em acordo, foi quando atribuíram ao Conselho de Administração a compra da refinaria americana. O Conselho era presidido na época por Dilma Roussef e dele fazia parte o industrial gaúcho Jorge Gerdau.

. Paulo Costa não quis dizer quantos deputados, senadores e outros políticos levaram propina do Petrolão, mas em resposta ao deputado Onyx Lorenzoni admitiu que são

"dezenas"

Lojas Renner poderá responder pela prática de exploração de trabalho-escravo e dumping social

Duas confecções que fornecem produtos para a Lojas Renner e foram flagradas com trabalhadores em situação análoga à de escravos terão de pagar verbas rescisórias, salariais e danos morais individuais aos 37 bolivianos que trabalhavam na sua oficina. O valor total chega a quase R$ 1 milhão. A Renner recebeu 30 autuações do Ministério do Trabalho e Emprego, com aplicação de multas que alcançam o total de R$ 2 milhões. Segundo o Ministério, a empresa deve ainda responder pela prática de exploração de trabalho em condições análogas à de escravo e "dumping social", quando uma empresa tem vantagem financeira por desvalorizar a mão de obra.

. O TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) emergencial foi firmado entre o Ministério Público do Trabalho e as confecções Kabriolli Indústria e Comércio de Roupas Ltda e Indústria Têxtil Betilha Ltda.

. As empresas também terão que readmitir os trabalhadores a partir de fevereiro de 2015, quando termina o pagamento do seguro desemprego especial, no valor de três salários mínimos por mês. Eles terão estabilidade no emprego pelo prazo mínimo de seis meses.

Delator Paulo Costa diz que Dilma e Lula ignoraram e-mail que poderia ter acabado com o propinoduto do Petrolão; Lula e Dilma sempe souberam da roubalheira.

Delator do maior propinoduto da história brasileira, Paulo Roberto Costa afirmou nesta terça-feira na sessão da CPI mista da Petrobras que a Casa Civil da Presidência da República, então chefiada por Dilma Rousseff, encomendou a ele o envio do e-mail no qual informava que o Tribunal de Contas da União (TCU) recomendava a paralisação de obras da diretoria de Abastecimento por ter flagrado irregularidades em contratos. O envio da mensagem foirevelado por VEJA na edição de 26 de novembro.
Paulo Roberto Costa disse que, na época, o então presidente da estatal, José Sérgio Gabrielli, estava ciente da comunicação e que, portanto, ele não teria desrespeitado a hierarquia da empresa – ele era diretor de Abastecimento e o e-mail foi enviado diretamente para a Casa Civil em 29 de setembro de 2009.
"Quando foi passado, esse e-mail era de conhecimento do presidente da Petrobras e foi pedido pela Casa Civil para que eu o mandasse para a presidente Dilma. Não houve atropelo de hierarquia", afirmou Paulo Roberto Costa.
O ex-diretor da Petrobras disse ainda que, na época, "estava enojado" com o processo de sangria da estatal e que, portanto, deseja alertar o governo dos problemas e não conseguir apoio político para a manutenção do propinoduto. A afirmação foi uma resposta a trechos da reportagem de VEJA, segundo os quais Costa estaria empenhado em impedir que o esquema corrupto que gerenciava fosse desmontado.

. Em outras palavras, ele atribui ao governo o interesse em manter o petrolão ativo. "Às vezes você entra em um processo e não tem como sair. Mas eu saí. Saí em 2012, mas o processo continuava."


. Outro momento forte do depoimento foi quando Costa desmentiu a presidente da República sobre sua saída da empresa. Durante a campanha, Dilma martelou que foi ela quem demitiu o ex-diretor. No entanto, sua versão é que deixou a estatal em 2012 a pedido.

Deputados aprovam por unanimidade projeto ilegal de reajuste do piso salarial estadual do RS

Com 41 votos favoráveis e nenhum contrário, a Assembleia Legislativa aprovou, na sessão da tarde desta terça-feira (2), o Projeto de Lei 222 2014, do governo do Estado, que reajusta em 16% o piso mínimo regional, que passará a vigorar, a partir de 1º de fevereiro próximo, com valores entre R$ 1.006,88 a R$ 1.276,00.

Confira como ficaram as faixas do mínimo regional
CLIQUE AQUI para ver.

Vá esta noite.
O melhor no gênero há 5 anos, segundo Veja.
Chopes e cervejas artesanais, cardápio de petiscos inspirados na gastronomia alemã. 
www.biermarkt.com.br



Saiba a verdade sobre a economia gaúcha sob os governos do PMDB, PDT, PT e PSDB

O ex-governador Alceu Collares, PDT, está cheio de razão quando afirma que os governos do PMDB emplacaram taxas médias anuais de crescimento econômico medíocres, sobretudo quando comparadas com as do do seu próprio governo. A média anual do governo trabalhista (1991/1994) foi de 5,52%, segundo pesquisa feita esta tarde pelo editor. Foi a melhor média anual do último ¼ de século, 25 anos. Só Yeda aproximou-se do número, já que alcançou 3,87% de crescimento médio anual do PIB durante seus quatro anos de mandato. Seu sucessor, Tarso Genro, PT, chegará ao final deste ano com uma média anual mais do que medíocre: 2,5%.
. Os governadores do PMDB, Britto (1995/1998) e Rigotto (2003/2006) registraram avanços médios anuais de apenas 0,05% e 1,7%.
. O ex-governador Collares usa o argumento para conclamar seus correligionários do PDT a repelir qualquer tipo de aliança com José Sartori, PMDB.
. É um discurso reducionista.
. Apesar do crescimento médio anual de 5,52% no PIB, que ao contrário do que pensa Collares e também Tarso Genro, pouco tem a ver com o desempenho do governo estadual, o governador do PDT saiu desmoralizado do Piratini, incapaz sequer de disputar a cadeira de Senador que tanto almejava, tudo por conta de uma crise política patrocinada pelo PT no âmbito da CPI da Propina. PT e PDT, incapazes de promover qualquer tipo de concertação política sustentada, promoveram política de terra arrasada nas finanças públicas, endividando o setor público e produzindo déficits públicos gigantescos, como também foram incapazes de promover reformas para retomar o desenvolvimento econômico.

MÉDIA            ANO                 GOVERNO             % ANUAL
(+2,50)            2011/2014          TARSO                  5,1/ - 1,4/ 6,3/ 1,9
(+3,87)           2007/2010           YEDA                    6,5 / 2,7/ -0,4/ 6,7 
(+ 1,7)            2003/2006           RIGOTTO             1,6/ 3,3/ -2,8/ 4,7
(+ 2,35)         1999/2002           OLIVIO                  1,4/ 4,3/ 3/ 1,7
(-0,05)           1995/1998            BRITTO                 -5/ -0,2/ 5,9/ -0,9
( +5,52)          1991/1994           COLLARES            -2,2/ 8,3/ 10,8/ 5,2

Paulo Costa denuncia esta tarde na CPMI da Petrobrás: "Corrupção é generalizada no governo. Mais envolvidos vão aparecer".

Em depoimento nesta terça-feira  à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) mista da Petrobras, Paulo Roberto Costa, ex-diretor de abastecimento da estatal, declarou-se "arrependido", afirmou que sua família o convenceu a fazer a delação premiada e disse que o esquema de desvios na Petrobras repete-se no Brasil inteiro. Costa disse também que esquemas semelhantes ao da Petrobras ocorrem no "Brasil inteiro". "Não se iludam. Isso que acontece na Petrobras acontece no Brasil inteiro. Em ferrovias, portos, aeroportos. Tudo. Acontece no Brasil inteiro."Em seguida, Costa disse que provas estão aparecendo e que, na época oportuna, outros envolvidos no esquema serão conhecidos.

. Na sessão de hoje da CPI, Costa está sendo submetido a uma acareação com Nestor Cerveró, ex-diretor da área internacional da empresa.

Apesar de afirmar que, mais uma vez, não responderá às perguntas dos parlamentares, Costa fez um desabafo, que começou quando ele disse que todas as indicações de diretores da Petrobras, desde o governo de José Sarney (1985-89) até a gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010), foram políticas."Isso aconteceu em todos os governos. Todos! Com todos os diretores da Petrobras. Se não tivesse apoio político, não chegava a diretor. Isso é fato", disse. Na sequência, declarou-se arrependido por ter aceito participar do esquema de corrupção para chegar ao cargo de diretor.

. O ex-diretor de abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa avisou, na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) mista da Petrobras, que não irá responder a nenhuma pergunta feita pelos parlamentares, a exemplo do que fez em outro depoimento à CPI. A sessão da comissão está sendo realizada na tarde desta terça-feira (2). "Vou fazer alguns esclarecimentos, mas não vou responder a nenhuma pergunta devido ao processo que estou passando", disse Costa, em referência à delação premiada que faz à Justiça Federa.

Vá esta noite.
O melhor no gênero há 5 anos, segundo Veja.
Chopes e cervejas artesanais, cardápio de petiscos inspirados na gastronomia alemã. 
www.biermarkt.com.br

FHC ao diário El País: "País caminha para a desordem"

Com a responsabilidade de se dirigir a uma mídia internacional, ex-presidente acentua análise de que país viverá crise política; "Diria que nos aproximamos de uma etapa parecida à que abordei quando era ministro da Fazenda e tudo estava em desordem. Agora, tudo novamente caminha para a desordem", sublinhou FHC em entrevista ao diário espanhol El País. E não foi tudo; "O imbróglio político é mais delicado que o econômico, porque o econômico sabe-se como solucionar. Um país com vinte e poucos partidos no Congresso e quarenta ministérios esconde a receita do fracasso".

Congresso quer votar, hoje, projeto que muda superavit primário para livrar a cara de Dilma

Ainda não começou a sessão, mas isto deverá ocorrer até o final da tarde ou início da noite.

O presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros confirmou que o projeto que altera o superávit primário deve ser votado hoje, mas ressaltou que é necessária a presença da maioria da base aliada para que a votação ocorra no início da noite; 

- Torço para que nós cheguemos ao fim (nesta terça). Primeiro, antes de qualquer coisa, é fndamental que nós tenhamos a maioria presente nas Casas".

. O projeto foi alvo de ação do PSDB, de Aécio Neves, no Supremo Tribunal Federal, e depois por parte de líderes da oposição. Parlamentares acusam Dilma de crime de responsabilidade fiscal; à frente da base governista, 

. Dilma emitiu MP liberando emendas, mas vinculando o favor à aprovação do seu projeto.

. Existem outros ganhos. Renan pode ainda emplacar seu aliado Vital do Rêgo no TCU 

Exumação e laudos sobre Jango podem ter sido farsa gigantesca

Existem sérias dúvidas sobre a exumação e laudos sobre as causas da morte do ex-presidente João Goulart,  que vão desde a participação de cubanos nos trabalho, a desqualificação pericial e o cumprimento de protocolos científicos.

. É o que se sabe.

. Tudo pode ter sido mais uma enorme farsa do governo Dilma. 

CPMI da Petrobrás fecha as portas para tocar acareação entre ex-diretores Paulo Costa e Cerveró

Começou a acareação entre os ex-diretores da Petrobrás, Nestor Cerveró e Paulo Costa. A proposta da acareação foi feita pelo deputado gaúcho Enio Bacci, que já está na sessão e disposto a abrir uma bateria de 15 questões.

. A idéia é tirar a limpo acusações de Costa, segundo as quais Cerveró levou propina na venda da Refinasria Pasadena.

. As portas da CPMI da Petrobrás acabam de ser fechadas. Nem assessores podem permanecer no recinto. TVs, rádios e jornais foram postos para fora.

. O leitor pode acompanhar tudo CLICANDO AQUI. Também o canal 40 da Sky, Globonews, transmite ao vivo.

Artigo, Ricardo Hingel - Renegociação da dívida: solução ?

Em artigo que publicou no jornal Zero Hora de hoje, o economista Ricardo Hingel, ex-diretor do Banrisul, informa que após muito discutir-se, a dívida estadual será renegociada com o governo federal. Ele mesmo pergunta:  solução?

. Acompanhe a análise:

Adianto a resposta com uma notícia para o governador eleito: a renegociação em nada repercutirá em seu fluxo de caixa, pois as prestações e o comprometimento da receita não serão reduzidos.
Mais, com a renegociação, os encargos continuarão elevados, mantendo sua condição de impagável.
Saliente-se que o ex-governador Antônio Britto herdou uma dívida resultante de continuados anos de déficits e que foi negociada em 1998, em conjunto com outros Estados e municípios, com um prazo de 30 anos e limitando seu pagamento em 13% da receita líquida. O que excedesse os 13% geraria um resíduo a ser pago após o 30º ano.
O custo foi um índice de preços, retratando a inflação, mais 6% anuais, taxa de juros real usada no combate à inflação.

Com a renegociação, a dívida continuará impagável, pois foi reduzida apenas em parte a parcela de juros de 6% para 4% ao ano, mais o índice de preços e limitou-se à variação da taxa Selic.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Forever 21 abrirá neste sábado no BarraShoppingSul

 A loja Forever 21 inaugura, no dia 6 de dezembro, sábado, sua 1ª loja em Porto Alegre e a 7ª no Brasil no Barra Shopping Sul. A nova unidade terá abertura oficial às 10h e os primeiros 500 consumidores que estiverem na fila receberão um brinde especial.

Quem não quer que Jango descanse em paz ?

Afinal de contas, quem é que não quer que os restos mortais de Jango descansem em paz no mausoléu da família em São Borja ?

. Depois do laudo técnico revelado ontem em Brasília, a jornalista Rosane Oliveira, Zero Hora, descobriu que não foi a ditadura militar quem matou Jango, embora a ditadura militar tenha matado Jango.

. Esta equação errebesiana jamais será solucionada no mundo dos vivos.

Assembléia do RS aprovará reajuste ilegal de 16% no piso salarial estadual

Será esta tarde a votação do projeto enviado pelo governador Tarso Genro que reajusta em 16% o piso salarial gaúcho.

. Ele deve ser aprovado por ampla maioria, que prefere fazer populismo ou agradar o governo. Muitos deputados sabem que o reajuste cairá na Justiça. .

. A audiência pública desta manhã que discutiu a ilegalidade do projeto não foi conclusiva.

. A proposta do governo é flagrantemente ilegal. Basta ler o artigo 1o, parágrafo 1o, ítem I da Lei Complementar 103, promulgada por FHC. A lei impõe com clareza a impossibililidade legal de aprovar reajuste de piso regional no segundo semestre de ano eleitoral.

. Nas discussões desta manhã, os deputados que ainda ofereciam resistência ao projeto, ficaram sem discurso ao saber que ontem o governador Geraldo Alckmin, SP, encaminhou projeto à Assembléia, reajustando o piso estadual em 11%.

. O que conta, na verdade, é a data da promulgação. Tarso terá que promulgar durante seu mandato (30 dias depois da aprovação), mas Alckmin poderá fazer isto em janeiro.

Acareação e Gemini pautarão reunião desta tarde na CPMI da Petrobrás

Dentro de meia hora abrirá a sessão da CPMI da Petrobrás, que promete muitas emoções para esta tarde. O editor conversou há instantes com o deputado gaúcho Enio Bacci, que acaba de desembarcar no aeroporto de Brasília. Ele disse que espera o comparecimento dos ex-diretores da Petrobrás, Nestor Cerveró e Paulo Costa, que serão submetidos a acareação. O pedido de acareação partiu de Bacci.

. Enio Bacci quer fazer 15 perguntas na acareação.

. Também esta tarde falará o ex-diretor Ildo Sauer, atualmente feroz adversário de Dilma e do governo do PT. Sauer terá que falar sobre o que viu na estatal quando foi diretor e será chamado a contar o que sabe a respeito da Gemini, a empresa formada por Liquigás e Petrobrás para monopolizar a área de gás residencial, industrial e comercial no Brasil.

. O editor também está em contato permanente com o pessoal do gabinete do deputado Onyx Lorenzoni, que como Enio Bacci é membro da CPMI.

Oposição vai ao STF por decreto que libera verbas mediante aprovação de manobra fiscal

Este tomas-lá-dá-cá é uma das manobras mais vergonhosas da história da República. 

A oposição ao governo Dilma Rousseff decidiu recorrer ao STF (Supremo Tribunal Federal) contra o decreto da presidente que condiciona o aumento da liberação de verba destinada a redutos políticos do Congresso à aprovação da manobra fiscal que poderá permitir ao governo fechar suas contas em 2014. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.
Para o DEM, que entrou com a representação, a autorização do recurso vinculada à votação no Congresso carrega um "desvio de finalidade", uma vez que o decreto, que deveria regulamentar uma lei, está sendo usado como ferramenta de pressão.
Entenda o caso
Para aprovar uma manobra que permite ao governo descumprir a meta para o pagamento da dívida pública, o Executivo acenou a liberação de R$ 444 milhões para obras e investimentos em redutos eleitorais para deputados e senadores.
A promessa da verba foi inserida em um decreto assinado por Dilma na sexta (28), mas o texto explicita que o pagamento só será autorizado se o Congresso aprovar o projeto de lei que permite o não cumprimento do chamado superavit primário.
De janeiro até outubro deste ano, as contas públicas acumularam um deficit de R$ 11,6 bilhões.

CLIQUE AQUI para saber mais.

Produção industrial continua despencando em queda livre no Brasil

CLIQUE AQUI para ler análise de Ricardo Bergamini
sobre o assunto. 

A produção da indústria do país teve variação nula em outubro na comparação com o mês anterior, após ter registrado recuo de 0,2% em setembro. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (2) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

. O desempenho do setor ficou abaixo do esperado por analistas ouvidos pela agência Reuters. A expectativa era que a produção crescesse 0,30% ante setembro. Na comparação anual, previam recuo de 3%.

. Segundo o IBGE, a indústria teve queda de 3,6% em relação a outubro de 2013. Com isso, o setor acumula uma perda de 3% no ano. Em 12 meses, a taxa soma uma queda de 2,6%.

. Neste ano, a indústria sofre com maior concorrência de produtos importados, empresários e consumidores pessimistas, juros mais altos e crédito em desaceleração.

Aécio peita presidente do PT: "O PT é, sim, uma organização criminosa. Não retiro nada do que eu disse".

O líder tucano respondeu declaração do presidente do PT, Rui Falcão, que anunciou que o partido iria interpelar Aécio Neves por sua declaração dada no fim de semana, de que teria perdido a eleição para "uma organização criminosa".

. Aécio mandou o PT interpelar seu tesoureiro, João Vaccari Neto:

- Ao invés de interpelar, por exemplo, o tesoureiro do seu partido, acusado por um dos membros da quadrilha de ser uma parte desse processo, o PT quer processar o acusador. O PT tem esse vício disse o senador, que participou de uma reunião da Executiva Estadual do PSDB

. O senador avisou:

- Não retiro absolutamente nada do que disse.

Jerônimo acha que Eduardo Cunha é imbatível

Eduardo Cunha lançará sua candidatura esta tardinha, 18h, na Câmara.

O deputado gaúcho Jerônimo Goergen, PP, disse hoje ao editor que colocou seu nome à disposição do Partido para integrar a próxima Mesa da Câmara dos Deputados. Ele acha que dificilmente Eduardo Cunha será derrotado por qualquer candidato à presidência da Casa.

. O que disse Goergen:

- Ele é imbatível. 

Saiba para onde irá Ibsen Pinheiro

Caso o ex-deputado Ibsen Pinheiro não vá para a presidência estadual do PMDB, o Partido abrirá para ele uma vaga na Assembléia. Ibsen é terceiro suplente. Da lista dos deputados eleitos, qualquer um poderia ir para o secretariado.

ICMS gaúcho despencou 1,5% reais (IGP-DI) em novembro, mas despesas continuam em forte alta

Arrecadação estadual do ICMS despencou em novembro no RS, mas as despesas continuam crescendo muito. Só a de Pessoal avançou 16%. 

Despencou 1,5% reais a arrecadação gaúcha do ICMS durante o mês de novembro, completando o valor de R$ 2,3 bilhões. O avanço nominal sobre o mesmo mês do ano anterior foi de 2,3%, portanto muito aquém da inflação do período. Quando ajustada pelo IPCA, a queda foi ainda maior, chegando a 4%.

. No acumulado do ano, a receita do ICMS praticamente não cresceu. Os R$ 23,3 bilhões recolhidos reprsentam cfrescimento nominal de 6,4%, o que significa avanço real de 0,9% (IGP-DI) ou apenas 0,1% (IPCA).


. Este desempenho miserável contradiz todas as declarações grandiloquentes sobre a “nova economia” do governo estadual de Tarso Genro, remetendo à conclusão de que o PIB deste ano registrará números inaceitavelmente baixos.

- A política dos governos petistas gaúchos é gastar, mesmo que os gastos não fechem com as receitas, o que acaba representando um déficit de proporções oceânicos, capaz de paralisar a lo largo a administração pública e garrotear a atividade econômica do estado. 

ARI faz esta tarde última reunião deste ano do seu Conselho Deliberativo

Será as 18h a última reunião deste ano do Conselho Deliberativo da ARI, Associação Riograndense de Imprensa. A ARI prepara comemorações dos seus 80 anos, dia 12.

Prefeito dá ultimato para retorno dos ônibus de transporte coletivo de Pelotas

O prefeito Eduardo Leite notificou as empresas que operam o transporte coletivo urbano em Pelotas para que o serviço seja restabelecido, de forma plena, em um prazo de até 72 horas, a contar desta terça-feira. A greve paralisou os ônibus na cidade. 

Reação - A Superintendência de Controle Viário, da Secretaria de Gestão da Cidade e Mobilidade Urbana (SGMU), lançará, imediatamente, um edital convidando proprietários de veículos que possuem registro para o transporte de passageiros (ônibus de turismo, transporte escolar, etc.), para complementar o serviço.O contrato emergencial entrará em vigor a partir da sexta-feira - quando completam as 72 horas do prazo estipulado na notificação 

Senadora Kátia abreu recebeu doações de grupo investigado pela Polícia Federal

Se não for totalmente "torrada" pela usina de assassinato de reputações do PT, Kátia poderá ser nomeada por Dilma.



Da mesma forma que a provável nova ministra da Agricultura, também Dilma e Tarso receberam doações enormes de empresas (empreiteiras) investigadas pela Polícia Federal. Trading de grãos Fiagril e seu dono repassaram, ao todo, R$ 550 mil para Kátia Abreu neste ano. Leia a reportagem do "Estadão" de hoje. A matéria é visivelmente destinada a '"queimar"a senadora.

Cotada para integrar a equipe da presidente Dilma Rousseff como ministra da Agricultura, a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) recebeu neste ano doações de uma empresa e de seu principal executivo envolvidos na Operação Terra Prometida, da Polícia Federal, que investiga esquema bilionário organizado por fazendeiros e empresários para a venda de terras destinadas à reforma agrária.
De acordo com a prestação de contas enviada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Kátia Abreu recebeu R$ 350 mil em doações da trading de grãos Fiagril, investigada no escândalo. Desse total, R$ 100 mil foram repassados para a campanha do filho, o deputado Irajá Abreu (PSD-TO), que foi candidato à reeleição. Preso na operação, Marino Franz, presidente da Fiagril e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde (TO), também doou R$ 200 mil para a senadora. Ao todo, somando os recursos da empresa e de seu dono, foram repassados R$ 550 mil à campanha de Kátia Abreu.

A doação de Franz à senadora, que disputou a reeleição, foi feita por meio do Comitê Financeiro do PMDB de Tocantins, para quem ele destinou um total de R$ 450 mil. Ainda segundo os dados do TSE, além desses recursos, Franz também repassou R$ 70 mil para candidatos a deputado federal pelo PSDB e pelo PV do Mato Grosso

Opinião do editor - Os freis bolivarianos são ponta de lança da Igreja Progressista

O modelo da teologia popular católica é da Teologia da Libertação, do MST, Central de Favelas, Pastoral Operária, Pastoral Carcerária, Pastoral Indígena. Ele prega o comunismo (sem ateísmo) católico, com a desapropriação completa de propriedade privadas "excedentes", o que significa que cada um poderá ter apenas uma propriedade. É a prática cubana e norte-coreana de todo mundo pobre na cidade e no campo, se desfazendo de bens de consumo e rezando 24 horas por dia.

. Um Estado Teocrático, como no Irá, só que católico. Este é o sonho da Igreja Católica no Brasil, da qual fazem parte os renegados freis Beto e Boff.

. Os freis chamam a isto de Igreja progressista, porque defendem a revolução e se aproximam da Venezuela. Eles não estão sozinhos. Por trás deles estão alguns  bispos e  padres psicopatas.

. Beto e Boff foram recebidos alegremente por Dilma (leia nota abaixo).

. Lula, quando presidente, livrou-se de ambos, porque nem ele aguentou os surtos psicóticos dos freis. 

. Na Venezuela, a Igreja Católica é cúmplice do bolivarianismo, contra o qual não se insurge. 


. O Papa atual dá força para este modelo

Dilma vê papa como "grande líder" e se diz surpresa por ele saber de sua vida

Nesta notícia de hoje do jornal "Brasil Econômico", há a confidência de que em conversa com católicos da ala “progressista”, presidente do Brasil disse que Francisco "é homem de sua vida e coração". Leia tudo:

Em conversa com teólogos católicos ligados à Teologia da Libertação, a presidenta Dilma Rousseff destacou o papel do papa Francisco como um grande líder político e se disse impressionada com as informações que ele tinha sobre sua biografia. Para Dilma, o papa Francisco é hoje “o homem da sua vida e coração”. O relato é do religioso dominicano Frei Betto, que participou do encontro com a presidenta, na semana passada, ao lado do teólogo Leonardo Boff. Dilma contou aos dois ter grande admiração e encantamento pelo papa. “Para ela, Francisco é o verdadeiro líder mundial”, diz Betto. A presidenta também revelou que, em sua última visita ao Vaticano, em fevereiro, Francisco a chamou para conversar numa sala reservada, na qual convidados nunca entraram e nem ele estivera antes.
Roberto Stuckert Filho/PR
Dilma cumprimenta papa após missa inaugural na Basílica de São Pedro, no Vaticano, em 2013
Sozinhos na sala, o papa perguntou a Dilma como acionar dispositivo de uma cadeira para que pudessem sentar. Dilma, conforme o relato, disse que ele deveria apertar um botão na braçadeira. Durante o encontro com Boff e Frei Betto, a presidenta também revelou o interesse em manter diálogo com os movimentos sociais. Dilma pediu a assessores, em meio à reunião, para agendar urgentemente conversas com dirigentes do MST (Movimento dos Sem Terra) e da Central de Movimentos Populares. Os dois foram entregar a ela o documento “O Brasil que queremos”, elaborado por religiosos do grupo Emaús. O texto pedia, entre outras reivindicações, um modelo econômico “mais social e popular” e uma auditoria da dívida pública. "Ela afirmou que quer dialogar e ouvir as críticas dos movimentos populares”, afirmou Frei Betto.


Alceu Moreira e Ibsen estão fardados para ocupar a presidência do PMDB do RS

O PMDB do RS decidiu eleger seu novo presidente no dia 15 de dezembro. O deputado Edson Brum foi convencido a permitir a escolha, muito embora pudesse permanecer no cargo, já que decisão da direção nacional autorizou prorrogações dos mandatos dos diretórios, inclusive presidentes.

. Edson Brum é o candidato do Partido à presidência da Assembléia.


. Os dois nomes mais em evidência para a presidência são os do deputado Alceu Moreira e do ex-deputado Ibsen Pinheiro, que já foi presidente. 

Assembléia do RS aprova, hoje, lei ilegal sobre aumento do piso salarial estadual

Será votado hoje o projeto de Tarso Genro que aumenta em 16% o piso salarial estadual. As 10h, em audiência pública, os deputados discutirão a legalidade da proposta.


. Como já demonstrou o editor, o projeto do governo é ilegal, porque a lei que criou o piso proíbe aumentos no segundo semestre de ano de eleição. 

CLIQUE AQUI para ler a Lei Complementar 103, editada por FHC. Ela tem só dois artigos, no primeiro, parágrafo 1o, ítem I, fica clara a proibição. Não é possível dupla interpretação, o que significa que o governador quer cometer uma flagrante ilegalidade, contando com o apoio populista, demagógico e covarde dos legisladores estaduais, já que a lei será derrubada na Justiça. Nem em fim de governo os deputados rompem o cabresto imposto durante quatro anos pelo Piratini, ainda que o governador tenha sido repelido nas urnas em função das diabruras que fez. 

Lá, PT aprova aposentadoria de deputados, mas, cá, o Partido desaprova

Crítico feroz da proposta que cria aposentadoria especial para os deputados da Assembléia do RS, considerada uma "imoralidade" pelo líder Raul Pont, o PT do RS não parece manter a mesma posição quando se trata de avaliar o que fazem seus deputados federais.

. É que seis dos oito petistas gaúchos com assento no parlamento federal estão inscritos no programa de aposentadoria especial.

. Lá, aposentadoria especial para deputados é "moral", mas aqui ela é "imoral".

. É o velho PT e suas contradições insolúveis.

Sartori abre temporada de convites para o secrtariado. Vieira poderá ir para Educação, caso o PDT aprove.

Ao contrário do que foi anunciado, o governador eleito José Sartori não foi à reunião ampliada da Executiva do PDT, porque preferiu não correr risco e por isto chamou os presidentes nacional e estadual do Partido para o encontro no qual convidou o deputado Vieira da Cunha para a secretaria da Educação.

. O deputado aceitou o convite, mas tudo vai depender da decisão do diretório estadual de 200 membros.

. Sartori quer o apoio dos oito deputados trabalhistas para encorpar sua base parlamentar na Assembléia.

. Há apenas dois meses, o PDT rejeitou apoio a Sartori no segundo turno, muito embora sua Executiva tenha recomendado homologação da proposta.

. Na reunião de ontem, Sartori foi comunicado de que os trabalhistas querem mais duas pastas, além de convite para integrar o que Carlos Lupi chama de “núcleo duro” do governo. O PDT quer colocar um deputado federal, Giovani Cherini, e um estadual, Eduardo Loureiro ou Gerson Burmann.


. O convite a Vieira da Cunha foi surpreendente, porque ele estava cotado para a secretaria de Segurança Pública. 

. Este foi também o primeiro convite público para o secretariado.