Os corruptos na visão da Mocidade Independente

Clique no link a seguir para examinar as evoluções da Comissão de Frente da Escola de Samba Mocidade Independente de Padre Miguel.

A política é proibida na Marquês do Sapucaí, mas como no sentido aristotélico tudo é política, este tipo de apresentação sem nome e sem rosto foi o mais expressivo das duas primeiras noites do Carnaval.

O desfile dos corruptos e suas maletas de executivo é para virar história.

Sobretudo a figura de blazer vermelho e seu caminhar de orangotango.

CLIQUE AQUI para ver.

Artigo, Vinicius Torres Freire, Folha - O cenário ainda é de recessão, porque depressão é quando a Dilma perde o emprego

Circula na praça do mercado uma versão da velha piada tétrica sobre a diferença entre recessão e depressão. Na recessão, seu vizinho perde o emprego. Na depressão, você também perde o emprego. Recuperação é quando a Dilma perde o emprego.

A aversão a Dilma Rousseff entre gente graúda de empresa e finança não é novidade, embora nem sempre tenha sido assim. A alergia grave espraiou-se de modo fulminante entre 2012 e 2013, ano em que o país quase inteiro descobriria que "era infeliz e não sabia", na frase do cientista político André Singer.

Nova é a conversa sobre depressão, espécie teratológica de recessão, que nem é o caso do Brasil, embora não exista definição geral desse desastre econômico. Mas a depressão dos ânimos de consumir e investir é profunda, se prolonga de modo raro e dificulta muito a saída do atoleiro. A desesperança abissal deve ser agravada neste 2016, em que a dor maior da crise vai chegar ao cidadão comum.


Os diversos índices que medem a confiança do consumidor divergem quanto ao registro de quando começou a tendência de baixa contínua dos ânimos: abril de 2012, fevereiro de 2013. Não há dúvida sobre a derrocada sem fim que começou com o choque da virada para 2015, quando, em palavras e atos, a presidente reeleita demonstrou que mentira na campanha (vieram alta de juros, notícia de arrocho, golpe da conta de luz etc.). Qualquer que seja a medida, é uma longa desesperança.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Centro Integrado de Comando da Capital alerta para temporais severos em Porto Alegre

CLIQUE AQUI para ver o que 
mostra o satélite do INPE.

O Centro Integrado de Comando da Capital informou há pouco que nesta segunda-feir a instabilidade se formará sobre o Rio Grande do Sul por convecção em razão do calor e a umidade. Já na terça-feira, 9, a instabilidade associada a uma frente fria avançará de forma mais generalizada do Uruguai para o Estado.

Leia o boletim e entenda as referências sobre Porto Alegre:

Os meteorologistas explicam que serão ocorrências isoladas de tempo severo que podem afetar uma cidade ou parte de uma cidade e não um município vizinho na mesma região. Em razão disso, somente alertas de curto prazo (nowcasting) podem identificar que uma tempestade afetará determinada localidade. De acordo com os profissionais, horas antes é possível estabelecer apenas uma área mais ampla de risco. Por isso, o Centro Integrado de Comando da Cidade de Porto Alegre vai monitorar as condições do tempo e pode divulgar novas informações durante o dia ou disparar alertas, se for caso. Para receber os alertas em seu celular e ficar preparado, cadastre-se no serviço do Twitter Alerts, gratuito, no linkwww.twitter.com/ceic_poa/alerts.

O Ceic destaca que o temporal que devastou a cidade no dia 29 de janeiro foi excepcional pela sua força e que a grande maioria dos temporais que se dão na área da Capital não tem ou terão a mesma magnitude no futuro. Mas, como a cidade ainda está em processo de recuperação, árvores e redes de energia fragilizadas, chuva e/ou vento moderado a forte, mesmo sem extremos, neste momento pode trazer transtornos adicionais. 

Prefeito Fortunati pede para população não entrar em pânico diante de novo "furacão" nesta segunda ou terça-feiras

Muitas ruas ficaram como mostra a foto ao lado. Entulhos ainda permanecem nas calçadas. 


O prefeito José Fortunati, se reunirá na tarde desta segunda-feira no Centro Integrado de Comando (Ceic) com o Comitê de Emergência e Governança para definir as ações de prevenção devido ao alerta do Sistema Metroclima de retorno da instabilidade a Porto Alegre. A reunião começou as 17h. 

Conforme o Metroclima, há risco de novos temporais entre hoje e amanhã. Fortunati pede a população, porém, para não entrar em pânico.

“Uma massa de ar quente e úmido cobre o RS com possibilidade de chuva/temporal de verão nesta tarde”, publicou Fortunati na conta dele no Twitter.

Artigo, Percival Puggina - Brasileiros viúvos de Cristina choram por ti, Argentina

A maioria de lá, mostrou que não é viúva de La Loca.


Transcrevo pequeno trecho de um "necrológico" maior, publicado em site brasileiro (1) sobre os primeiros movimentos do governo Macri na Argentina. A leitura é muito instrutiva sobre essa disfunção mental que leva os esquerdistas a virarem a realidade pelo avesso como se fosse um par de meias.

"O eleitorado argentino deu um prêmio quase inesperado à direita mundial, os capitais internacionais, os banqueiros, as transnacionais e, muito em particular, aos Estados Unidos. Mas, em menos de 30 dias já suspeita que deu um tiro no pé. A república macrista fantástica que se prometia em Clarinlândia era mentira, como a maioria do que vende Clarín, e vendeu gato por lebre. Macri está destruindo a Argentina para dentro do país, e para fora, entregando-a de mão beijada. A democracia presente na Argentina é atingida de forma violenta e ícones e símbolos da malha social e pensante do país sofrem a perseguição diária, simbólica e prática, por parte desta espécie de “ditadura democrática” que encarnam Macri e sua equipe. Não se salva ninguém, nem sequer o Parlamento, nada. A buldozzer macrista não descansa.
 A soberania monetária foi atingida na linha de largada. A moeda argentina foi desvalorizada com relação ao dólar um 40%. O passo imediato foi atingir a Lei de Meios que durante mais de 20 anos o povo argentino procurou com debates setoriais e populares ao longo do país. Um agrado especial ao CEO do Grupo Clarín, Héctor Magnetto, capo da campanha de toda e qualquer direita argentina, especialmente das ditatoriais. O seguinte foi uma agressão não muito bem explicada à Sede da Rádio das Mães de Praça de Maio, com apedrejamento e agressão a um funcionário da emissora. Dias depois foram liberados da prisão cinco militares da repressão. Depois veio o anúncio da demissão em massa de 2.035 trabalhadores do Senado argentino e, a repressão social, a proibição de trabalhar aos médicos formados em Cuba, e um ar de ameaças de clausura contra o Centro Cultural Néstor Kirchner além de demissões de 85% dos trabalhadores. Essas são as ações na linha de largada imputáveis a este governo antipopular e conservador que votaram os argentinos."

O autor do texto acima tem todo o direito de chorar a derrota da esquerda e de se lamuriar diante das medidas tomadas por Macri (nem todas as alinhadas pelo jornalista são decorrentes de ordens expedidas pelo novo governo). No entanto, o que se observa é que ele critica o governo por seus méritos, convencido de que o contribuinte argentino tinha deveres idênticos aos que o PT impôs aos pagadores de impostos no Brasil: custear servidores públicos desnecessários, pagar ao governo cubano um overhead de 80% por seus médicos de meia receita e sustentar os "símbolos da malha social pensante do país" instalados em estruturas onerosas para fazerem, ali, a militância política da esquerda e do partido do governo.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Cenários globais voláteis derrubam bolsas ao redor do mundo

Londres, via WhatsApp

As Bolsas da Europa encerraram seus pregões de hoje em forte queda, cenário igual ao que apresenta neste momento, 16h40min, a Bolsa de Nova Iorque, queda de 1,89%.
O cenário de hoje no mercado de ações é de alta volatilidade, tudo em função da contínua queda de preços do petróleo, mas também açulada pela incerteza quanto à política do Fed (Banco Central) dos EUA em relação a suas taxas de juros, sem contar a desaceleração da economia chinesa.
Londres fechou com -2,71%, Paris com -3,30% e Frankfurt em queda de 2,74%.

Prefeito de Novo Hamburgo concede mais verbas para os Carreteiros da Lomba Grande do que para o Museu Scheffel

O prefeito petista de Novo Hamburgo, Luís Lauermann, segue tentando fechar a Fundação Scheffel a todo custo.

É o que se pode depreender a partir do exame das volumosas verbas públicas que a prefeitura endereçou ao grupo de Carreteiros da Lomba Grande e ao "famoso e turístico " carnaval hamburguense, quando comparadas com as raquíticas destinações ao museu que abriga as obras do mais importante pintor da região.

No caso do triplex, Lula bate em retirada e com pouca munição

Neste comentário que o editor postou na semana passada no You Tube, existe uma avaliação contundente sobre os prejuízos políticos e morais que abatem o ex-presidente Lula, tudo por conta das revelações cada vez mais consistentes de que ele mentiu sobre a propriedade do triplex do Guarujá.

Até este momento, o comentário do editor foi escrutinado por 24.675 leitores.

Não é um recorde, mas é um número muito alto para os padrões do editor

CLIQUE AQUI para ver e ouvir.

Simone e Paulo Afonso disputarão presidência da Federasul

Pela primeira vez em muitos anos a disputa pela presidência da Federasul terá dois candidatos. É que já estão em campanha o ex-presodente do INPI, Paulo Afonso Pereira, e a atual vice da entidade, Simone Leite.

Governo gaúcho só pagará ensta quinta-feira a parcela mensal da dívida com a Uniao

O governo gaúcho programou para esta quinta-feira, depois da quarta-feira de cinzas, o pagamento dos R$ 276 milhões da parcela da dívida que deve para a União.

No dia 1o deveria ter ocorrido a quitação, mas o governo alegou falta de dinheiro.

Desta vez o Tesouro Nacional não bloqueou depósitos do governo estadual - ainda.

Simon avisa em entrevista a Istoé: "Lula não vai ser mais nada. Ele levou o País à ruína".

Em entrevista para a revista Istoé que já circula, o ex-senador peemedebista Pedro Simon deixou resolveu  exaltar a Operação Lava Jato e criticar o ex-presidente Lula, descartando o petista da disputa do Planalto em 2018:

- Não sei o que vai acontecer com ele, mas, certamente, ele ficará marcado como uns dos homens públicos que levou à ruína do País. Ele não vai ser mais nada, as pessoas estão muito esclarecidas agora.

E avisou:

- Lula não pode mais dizer que não sabia.

Petróleo volta a cair. O barril extraído no mar do Norte vale US$ 33,40

Londres, via WhatsApp

O petróleo do tipo Brent, Mar do Norte, opera hoje em queda de 1,9%, cotado o barril a US$ 33,40, com viés de mais baixa ainda.

Bolsa de Tóquio fechou em alta de 1,10%, a de Londres despenca e na China o feriado é de Ano Novo Chinês

Londres, via Whats App

Londres, hoje, amanheceu com sol, poucas nuvens e ventos amenos, marcando 8 graus nos termômetros. Neste momento, 11h28min, a Bolsa opera em queda de 1,86%. A tendência é a mesma nas demais bolsas européias.
O dia é normal de trabalho em Londres.
Como se sabe, carnaval de 5 dias fechados é coisa de economias ricas.
A Bolsa de Tóquio fechou em alta de 1,10%.
Na China, Xangai e Hong Kong não abriram, tudo porque é ano de feriado do ano novo chinês.

Seitenfus lança "Haiti: dilemas e fracassos internacionais", com prefácio de Fernando Gabeira

O diplomata gaúcho Ricardo Seitenfus escreveu  a obra: “Haiti: dilemas e fracassos internacionais” O prefácio é de Fernando Gabeira. 


Chefe do Escritório da Organização dos Estados Americanos (OEA) no Haiti entre 2009 e 2011, o diplomata Ricardo Seitenfus acaba de lançar pela Editora UNIJUÍ, sua mais recente publicação: o livro “Haiti: dilemas e fracassos internacionais”.

Em entrevista ao programa Conversa Casual, da UNIJUÍ FM, o diplomata tratou sobre o tema do seu livro:

- Abordo no livro sobre o Haiti e seus desencontros com o mundo. Como os países viram a revolução haitiana, pois ele foi o primeiro país a fazer uma tripla revolução e foram os escravos que conseguiram e ainda aboliram a escravidão. A segunda parte trata do terremoto que assolou o país em 2010.

O diplomata também salientou que a comunidade internacional precisa deixar o Haiti trilhar o seu próprio caminho, sem intervenções. Ele também defende o fim da presença militar no país:

- O livro é um chamamento à comunidade internacional, por isso ele será traduzido para o francês, o inglês e o espanhol, para que se debrucem sobre o leito enfermo haitiano, mas com outro olhar, que não seja apenas um olhar de comiseração, de piedade, mas de respeito e de cooperação efetiva com o povo e autoridades haitianas.

Sobre o autor
Nascido em 1948 no município de Arrio do Tigre, então Distrito de Sobradinho, na região central do Rio Grande do Sul. Graduou-se em Relações Internacionais em 1973, através de uma bolsa de estudos na Universidade de Genebra, na Suiça. Na mesma instituição fez mestrado e doutorado.
Retornou ao Brasil como professor adjunto da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Em 1987 criou a Secretaria de Assuntos Internacionais do Estado do Rio Grande do Sul e fui seu primeiro titular. De 1991 à 1993 foi Professor Visitante no Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (USP). Depois de participar de uma Missão no Haiti com a OEA/ONU, em meados de 1993, escreveu o livro “Haiti, a soberania dos ditadores”. Também foi representante especial da Secretária Geral e chefe do Escritório da Organização dos Estados Americanos (OEA) no Haiti (2009-2011) e na Nicarágua (2011-2013).

E-mail do autor: v0799601@viavale.com.br

Ação Popular contra Medalha do Mérito Farroupilha já tem 7.513 assinaturas

Já tem 7.513 assinaturas a lista de adesão à ação popular ajuizada pelo advogado gaúicho Pedro Lagomarcino, que quer impedir a entrega da Medalha do Mérito Farroupilha ao tiranete bolivariano e boliviano Evo Morales.

O juiz singular rejeitou a liminar, mas o advogado recorreu ao Tribunal de Justiça, que admitiu o agravo e deverá julgá-lo a qualquer momento.

CLIQUE AQUI para conhecer os fundamentos da ação popular e também fazer sua adesão. A meta da lista é chegar a 10 mil assinaturas.

Fortunti volta de cruzeiro, faz city tour para ver estragos e escolhe o símbolo do desastre climático

O resultado mais concreto do city tour que o prefeito José Fortunati fez ontem a tarde em Porto Alegre, logo depois de desembarcar de um cruzeiro marítimo no exterior, foi determinar que uma árvore da Redenção seja escolhida como símbolo do verdadeiro furacão do dia 29.

O prefeito não estava na cidade para socorrer o povo e só voltou uma semana depois do desastre climático.

Os prejuízos sofridos pela cidade e pelo seu povo ainda são estimados.

O Sindicato das Seguradoras, por exemplo, imagina que 2 mil imóveis sofreram danos materiais, o que resultou em prejuízos de R$ 20 milhões.

Os danos no mobiliário urbano e em instalações públicas e de estatais e empresas privadas são ainda maiores.

Artigo, Ricardo Noblat, O Globo - Dilma sangra, Lula se esfacela

Lula e Dilma povoam o carnaval deste ano. As bandalheiras do PT e do governo voltaram aos protestos de rua, desta vez nas bem humoradas fantasias. 

Interlocutores de Lula confidenciam que ele pensa que só se recuperará se o governo se recuperar. Não é bem assim.

O destino de Lula depende mais dos resultados das investigações policiais do que da sorte do governo.

Dilma poderá continuar sangrando até o último dia do seu mandato e, no entanto,  as chances de Lula sucedê-la naufragarem antes.


Ninguém melhor do que ele sabe que isso é verdade. Ninguém melhor do que ele sabe o que fez. Daí o seu silêncio e desespero.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

135 mil carros voltarão a Porto Alegre nestas terça e quarta-feiras

A Concepa, administradora da freeway, calcula que até quarta-feira a noite 135 mil carros voltarão das praias do Litoral Norte e de SC, sempre em direção a Porto Alegre.

Serão 80 mil somente amanhã.

Neste sábado, um recorde de 83 mil carros saíram pela Capital.

A PRF acha que o melhor horário para evitar congestionamento vai das 6h das 10h.

Comentário de Juca Kfouri, hoje, CBN - O doce emprego do filho de Lula no Corinthians

Não é de hoje que se comenta no Corinthians  que quando, em 2012, Mário Gobbi assumiu a presidência do clube, sucedendo a Andrés Sanchez, era certo que Luís Cláudio Lula da Silva, filho de Lula,  seria demitido da área de marketing do clube.

Dizia-se que ele pouco fazia.

Andrés Sanchez, à época no comando da operação Arena Corinthians, impediu a demissão ao alegar que se tratava de uma “indicação política”.


Luís Cláudio já havia trabalhado, como auxiliar de preparação física no São Paulo presidido por Juvenal Juvêncio, admirador e eleitor de Lula, e no Palmeiras e no Santos, levado pelo petista Vanderlei Luxemburgo, além de no próprio Corinthians, de Andrés Sanches, do baixo clero do PT.

É óbvio que se não fosse filho de quem é Luís Cláudio não teria nenhuma dessas portas abertas tão facilmente.

Mas é a tal história, ser filho de presidente da República não deve ser fácil: ou tem emprego e dizem que é por causa do parentesco ou não trabalha e é tratado como parasita.

Como homem de marketing Luís Cláudio trabalhou por dois anos no Corinthians com salário de 20 mil reais por mês.

As mesmas fontes que garantem que Sanchez impediu a demissão dele atestam que Luís Cláudio organizou o jogo de futebol americano entre Corinthians e Vasco em dezembro de 2011, no Parque São Jorge.

Fato é que Lula nunca foi de formalidades e da informalidade para a promiscuidade às vezes basta um passo.

Luís Cláudio parece que puxou ao pai.

Manhã será de sol, mas a jornada da tarde poderá ser marcada por chuvas no RS

Esta segunda-feira de carnaval será outro dia de sol no RS, pelo menos na jornada da manhã. É que os institutos de meteorologia estão prevendo atmosfera quente e úmida para a parte da tarde, o que poderá ocasionar chuva na maioria das regiões. 

Com o forte aquecimento e o calor intenso na segunda metade do dia, é alto o risco de ocorrências localizadas de tempo severo com chuva localmente forte a intensa, e temporais isolados.


A perspectiva de tarde muito quente nesta segunda agrava o risco de episódios localizados de vento forte. 

Outra mulher argentina é esquecida pelo marido

Outra mulher argentina foi esquecida pelo marido, outra vez num posto de combustíveis, no Texacão do Caverá, Alegrete. O marido foi embora sem esperá-la (a mulher tinha saído para buscar socorro para o carro estragado) e só foi localizado quando chegava a Uruguaiana. 

Foi neste sábado,21h.

Este é o terceiro caso de mulheres argentinas esquecidas em postos de combustíveis no Rio Grande do Sul. Em 3 de fevereiro, um casal de argentinos esqueceu a filha de 19 anos em um posto de combustível na BR 290 em Eldorado do Sul, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Os pais não perceberam que a jovem havia descido do carro para ir ao banheiro e seguiram viagem sem ela. Em 14 de janeiro, um argentino esqueceu a mulher após parar para abastecer o veículo em um posto de combustíveis na BR 285 em Passo Fundo, no Norte do Estado. 

Dilma voltou ontem a tarde a Brasília

A presidente Dilma Roussef voltou a Brasília ontem a tarde, 17h, depois de passar três dias em Porto Alegre com a filha, o genro e os dois netos.

Dilma só terá agenda oficial na quarta-feira.