Deputados governistas coletam assinaturas para CPI investigar bandalheiras na Petrobrás


- André Esteves, do Pactual.

Parlamentares da base governista no Congresso começam a coletar nesta quarta-feira assinaturas para uma CPI que deve investigar a relação entre a Petrobras e o banco BTG, de André Esteves; a ideia dos congressistas é concentrar as investigações na negociação para a venda da refinaria de Passadena, nos Estados Unidos, e em todo o processo de desinvestimento da estatal, com a venda de ativos no exterior.

247 - Parlamentares da base governista no Congresso começam a coletar nesta quarta-feira assinaturas para uma CPI que deve investigar a relação entre a Petrobras e o banco BTG, de André Esteves. A informação foi publicada na coluna de Felipe Patury, no site da revista Época. CLIQUE AQUI para ler a coluna. 

. A ideia dos congressistas envolvidos é concentrar as investigações na negociação para a venda da refinaria de Passadena, nos Estados Unidos, e em todo o processo de desinvestimento da estatal, com a venda de ativos no exterior, em especial na África, onde a estatal conta com a participação do BTG Pactual.
Em sua última edição, a revista Época publicou reportagem dizendo que a estatal comandada por Graça Foster estaria conduzindo mal a venda de patrimônio no exterior. Segundo a publicação, ativos valiosos da estatal estariam sendo transferidos a preço vil para aliados de Cristina Kirchner, na Argentina (leia mais). 

* Clipping www.brasil247.com.br

Onyx sobe à tribuna da Câmara e denuncia: "Tarso quebrou o RS"

O deputado federal Onyx Lorenzoni (Democratas-RS) ocupou a tribuna do plenário da Câmara nesta quarta-feira para denunciar a incompetência administrativa e financeira do governo do PT no Rio Grande do Sul, que vem gastando mais do que arrecada. Segundo Onyx, o governador Tarso Genro resolveu tomar de assalto R$ 4,2 bilhões de depósitos judiciais para fechar os compromissos deste ano e de 2014. "O governo Tarso quebrou o estado do Rio Grande do Sul, a exemplo do que já havia feito Olívio Dutra e na mesma direção para a qual a presidente Dilma está levando o Brasil", afirmou.

. Onyx Lorenzoni também criticou o secretário da fazenda, Odir Tonollier, que foi o mentor do governo Rita Sanco em Gravataí, onde deixou um quadro de absoluta desordem nas finanças públicas.

. "O secretário da Fazenda tenta agora convencer os gaúchos que não há risco de faltar dinheiro para pagar os donos dos depósitos judiciais, pois a conta é abastecida regularmente com o ingresso de novas demandas na justiça. A reposição se dará não com recursos do estado, mas com os próprios depósitos, numa bola de neve que ninguém sabe onde vai parar," alertou o deputado.

. O governo Tarso tomou recursos de financiamentos do BNDES e do Banco Mundial, que totalizaram quase R$5 bilhões de reais.

. Das 104 obras viárias previstas pelo governo Tarso para serem entregues até 2014, apenas oito foram concluídas, e a maioria foi iniciada ainda no governo anterior. “É um governo imóvel e que não faz”, diz Onyx.

CLIQUE AQUI para ver e ouvir a fala do deputado do DEM.

ABERTOS HOJE À NOITE. VÁ COM SEUS AMIGOS.
WWW.BIERMARKT.COM.BR
Bier Markt, a partir das 18h30min
Vá conhecer na Barão do Santo Ângelo 497, ao lado do Leopoldina.
Agora, 24 torneiras de chope artesanal de várias partes do mundo, com barris alojados em câmera fria, servidos diretamente nos copos, sem serpentina. Cardápio diferenciado.
- Vá também na Castro Alves 452, três vezes seguidas "A Melhor Carta de Cervejas", segundo Veja (2010, 2011 e 2012).

Trensurb quer aumentar o preço da passagem do metrô no RS


A direção da Trensurb está gestionando junto ao governo federal, sua controladora,  aumento da passagem do metrô,  de R$ 1,70 para R$ 2,70 ou até R$ 3,30 reais.

Roberto Gurgel quer pressa no acórdão que enfiará na cadeia os bandidos petistas do Mensalão

- O Procurador Roberto Gurgel.

Também hoje, o ministro Gilmar Mendes, do STF, cobrou mais velocidade por parte dos colegas, porque quer ver os mensaleiros rapidamente na cadeia. Na outra ponta, o advogado de Zé Dirceu pediu o adiamento da publicação do acórdão, sob o argumento de que dois recursos a decisões do presidente Joaquim Barbosa, ambos de sua autoria, não foram examinados pelo plenário do STF. Leia a matéria a seguir, que revela as cobranças de Roberto Gurgel:

Yara Aquino
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, disse hoje (3) que é essencial que o Supremo Tribunal Federal (STF) publique no menor tempo possível o acórdão do julgamento da Ação Penal 470, conhecida como mensalão. Gurgel disse ter conhecimento que o STF está fazendo grande esforço para que isso ocorra.

No último dia 1° terminou o prazo regimental para a publicação do acórdão. O prazo, no entanto, não foi cumprido porque nem todos os ministros liberaram a revisão de seu voto. O acórdão traz um resumo do julgamento e os votos dos ministros e, só após a publicação do documento, os condenados podem recorrer.
“Tenho conhecimento que o STF está desenvolvendo grande esforço para que a publicação aconteça no menor tempo possível, o que é essencial, porque, reitero, minha preocupação é com a efetividade da decisão proferida pelo Supremo. Uma decisão que não pode se perder com a interposição de recursos sucessivos, de embargos, comprometendo a execução de tudo que foi decidido”, disse Gurgel.
Para ele, “a sociedade brasileira espera a execução completa do que foi decidido, seja no que diz respeito a expedição de mandados de prisão, seja com outros efeitos, como a perda de mandatos parlamentares.
O julgamento do mensalão terminou em dezembro do ano passado, depois de mais de 50 sessões dedicadas ao assunto. O STF condenou 25 dos 37 réus, sendo que 11 deles devem cumprir a pena em regime fechado. As sentenças serão executadas quando não houver mais possibilidade de recurso.

Governo Tarso Genro promove assalto inédito ao caixa único do Estado. Ele confisca R$ 4,2 bilhões da conta dos depósitos judiciais.

O governo do sr. Tarso Genro finalmente abriu parte da caixa preto em que transformou seu caixa único, chamou a domesticada jornalista Rosane Oliveira, RBS, e mandou seu recado curto e grosso:
- Pegamos R$ 4,2 bilhões dos depósitos judiciais (depósitos de partes em ações tramitando nas instâncias de outro Poder, o Judiciário) e enfiamos no caixa único, onde gastaremos quando bem entendermos, onde bem entendermos e jamais devolveremos.

. Questionado pela jornalista sobre o ineditismo do assalto aos cofres públicos, o secretário Odir Tonnollier foi de uma franqueza apalermante:
- Ah, mas o Rigotto fez o mesmo e além disto a lei nos autoriza a fazer isto.

. Não pode dizer que Yeda Crusius ou Dom Pedro II fizeram o mesmo, porque estes foram governantes que não meteram a mão no dinheiro do caixa único, com ou sem a menor intenção de devolver.

. O atual governo já tinha sacado outros R$ 1,8 bilhão do caixa único.

. Trata-se de outro governo que não faz, que gasta mais do que ganha e que além disto não tem quadros para impor ordem à desordem administrativa e financeira que implantou.
 
. Desde o dia 3, as 2h22min, quando o editor queixou-se do fato de que o governo tinha ultrapassado o terceiro mês do ano sem revelar a movimentação patrimonial do Estado, foi possível perceber que algo era tramado nos porões do Palácio Piratini. Sem conhecer essa movimentação, seria impossível avaliar os valores do ativo, passivo, existência de recursos financeiros, dívidas de curto e longo prazo, restos a pagar e  dívidas do exercício. A lista é apenas exemplificativa.

. Sem conhecer a movimentação patrimonial, não há como saber os saques do caixa único.

. O governo alegava que estava “arrumando o plano de contas”,  mas já se vê que isto era mentira.

- O governo do PT quebrou o Estado novamente, em menos de três anos, como fez Olívio Dutra, que saqueou totalmente o caixa único, endividou-se de maneira selvagem e só pagou o 13º salário do último ano do seu governo porque o governo FHC, seu adversário, alcançou-lhe o dinheiro na calada da noite, na undécima hora, depois de rocambolescas viagens aéreas na calada da noite, para recolhimento de assinaturas de contratos que resultaram na entrega de patrimônio do Estado. Tarso Genro caminha para o mesmo tipo de desastre. 

PMDB eleva muito o tom de críticas ao governo do RS

No almoço que promoveu com 20 jornalistas no restaurante Copacabana, Porto Alegre, a bancada estadual do PMDB não usou meias palavras para analisar o governo do PT do RS.

. O bom foi altamente belicoso, o que provavelmente já indica como serão os comícios do ano que vem no Estado. Aí vão dois exemplos anotados pelo editor:
Edson Brum, presidente do PMDB – Este governo é pior do que o do Olívio.
Giovani Feltes, líder do Partido – Tarso transformou o RS num novo Nordeste”.

Clube de Opinião do RS ouvirá Fortunati no dia 21

Será dia 21, 10h,  conversa que o Clube de Opinião do RS fará com o prefeito José Fortunati. Será no Plaza, Porto Alegre.

Fórum da Liberdade começará sexta em Porto Alegre

Começará nesta sexta-feira o Fórum da Liberdade, Porto Alegre. No sábado, o evento será encerrado pela blogueira cubana Yoány Sanchez.

CLIQUE AQUI para saber tudo, inclusive inscrições.

Saiba por que é cada dia mais aflitiva a situação da LBR

É cada vez mais aflitiva a saúde financeira da LBR, que no RS é representada pela Bom Gosto.

. A LBR quer parcelar até as indenizações trabalhistas devidas aos 500 trabalhadores que começou a demitir, a maior parte no RS.

ABERTOS HOJE À NOITE. VÁ COM SEUS AMIGOS.
WWW.BIERMARKT.COM.BR
Bier Markt, a partir das 18h30min
Vá conhecer na Barão do Santo Ângelo 497, ao lado do Leopoldina.
Agora, 24 torneiras de chope artesanal de várias partes do mundo, com barris alojados em câmera fria, servidos diretamente nos copos, sem serpentina. Cardápio diferenciado.
- Vá também na Castro Alves 452, três vezes seguidas "A Melhor Carta de Cervejas", segundo Veja (2010, 2011 e 2012).

SC assume presidência do Codeseul nesta quinta

Nesta quinta-feira o governador Beto Richa, Paraná, passará ao governador Raimundo Colombo, SC, a presidência do Codeseul, que engloba também os interesses do RS.

BNDES alcança R$ 3 bilhões para o governo de Santa Catarina investir no seu Pacto, cujo valor total é de R$ 9,4 bilhões

Ao lado, o governador de Santa Catarina.

Para esta quinta-feira, além dos governadores do Sul e da reunião do Codesul, em Florianópolis é também aguardada a presença do presidente do BNDES, Luciano Coutinho. Nesta quinta-feira, o governo catarinense dará mais um passo no seu Pacto por Santa Catarina. Será assinado um inédito contrato de R$ 3 bilhões com o BNDES em solenidade com a presença do governador Raimundo Colombo, do secretário de Estado do Planejamento, Murilo Flores, e do presidente do BNDES, Luciano Coutinho. O ato será no Teatro do Centro Integrado de Cultura - CIC, às 18h. “Este é o maior contrato de financiamento da história de Santa Catarina, um terço do total do Pacto, que está em 9,4 bilhões”, avisou Murilo Flores.

. O recurso de R$ 3 bilhões será investido em obras nas áreas de saúde, segurança pública, educação, justiça e cidadania, prevenção de desastres naturais, assistência social, trabalho e habitação, infraestrutura e saneamento básico, por meio da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento - Casan. Este valor também quitará a dívida de R$ 980 milhões da Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e capitalizará o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) em R$ 200 milhões, permitindo o aumento da capacidade de financiamento do Banco.

- O governo do RS jamais assinou com qualquer ente bancário brasileiro ou do exterior um contrato dessas dimensões.

CLIQUE AQUI para saber onde será investido o dinheiro.

Entrevista, Silvia Alencar, Sindireceita - Queremos a Aduana funcionando 24 horas por dia, 7 dias por semana

Silvia Alencar, presidente do Sindireceita

Qual deveria ser a jornada de trabalho da Aduana?
A Aduana deve prestar todos os serviços 24 horas por dia, sem interrupção.

Como é atualmente?
8 horas por dia e apenas em dias úteis. O fato é que se torna cada vez mais escassa a presença dos servidores da Receita Federal em unidades de fronteira terrestre, portos, portos secos, aeroportos e demais locais de comércio internacional.

O que há?
Falhas de gestão cometidas pela própria Receita Federal.

Por que essa preocupação?
Há descompasso entre as projeções de determinados setores do governo em relação ao comércio internacional e a realidade atual. Somente nos portos, onde ocorre 90% do comércio internacional, o movimento crescerá pelo menos 5,7% ao ano nos próximos 18 anos.

Paim aprova em Comissão do Senado a “desaposentadoria”

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado aprovou nesta quarta-feira, o PLS 91/2010, de autoria do senador Paulo Paim, do PT gaúcho, que trata da “desaposentadoria”. Esse mecanismo garante ao trabalhador usar o tempo de contribuição atual com a contribuição anterior para novo cálculo do beneficio.

. O que mandou dizer o senador ao editor: “É um tiro no pé do fator Previdenciário, pois minimiza os efeitos criminosos dessa fórmula”.

. O projeto agora segue para a Câmara dos Deputados.

Dilma, alarmada, temerosa, vai a SP em busca da proteção de "padim" Lula, o seu verdadeiro tutor político


A reportagem a seguir é do site Brasil247 (www.brasil247.com.br). O que o material não conta é que Dilma Roussef está alarmada com o tom e conteúdo das críticas que recebe pela má condução da economia brasileira, das políticas públicas e dos seus atraplhados movimentos políticos. E por isto foi ao beija-mão em SP, de onde espera regressar ungida pelos santos óleos espargidos pelo seu tutor e verdadeiro fiador político dentro e fora do PT, o ex-presidente Lula da Silva, a quem deve o mandato. Dilma não consegue fazer nada sozinha. Sempre foi assim na sua vida. Leia o material do site, que, claro, não fala nada disto, mas fornece a notícia em si sobre a viagem:

Presidente viaja a São Paulo depois da posse do novo ministro dos Transportes e, além de compromissos "privados", como informa o Planalto, deverá ter um almoço com o ex-presidente, com quem discutirá a sucessão do governo de São Paulo em 2014; partido pretende definir nome até junho e um dos candidatos, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, acompanha a presidente na viagem. SP247 – Após ter praticamente encerrado sua reforma ministerial, a presidente Dilma Rousseff viaja nesta quarta-feira 3 a São Paulo para, além de compromissos "privados", como informa o Palácio do Planalto, ter um encontro com o ex-presidente Lula. Num almoço, que deve acontecer no escritório da presidência na capital paulista, os dois discutirão a última mudança no ministério. No caso, a inclusão do vice-governador Guilherme Afif Domingos (PSD), que deverá ser convidado a comandar a nova Secretaria da Micro e Pequena Empresa.

. O assunto principal, no entanto, deverá ser a sucessão do governo de São Paulo em 2014, quando o PT disputará com o governador tucano Geraldo Alckmin. O nome, ainda não definido, será anunciado pelo partido até junho. Ao lado da presidente, viaja um dos possíveis postulantes, Aloizio Mercadante, que participará do Congresso de Municípios que ocorrerá em Santos nesta quinta-feira, e adiantou a ida a São Paulo. O ministro da Educação disputa o posto com Alexandre Padilha, da Saúde, e José Eduardo Cardozo, da Justiça.

A economia brasileira está sob processo de implacável desarrumação.

* Clipping Estadão, by Celso Ming
Título original : Desarrumação

A economia brasileira está sob processo de implacável desarrumação.

É a sucessão de pibinhos que, provavelmente, continuará este ano com um avanço da atividade econômica não superior a 3%.

É também a alta resistente e espalhada da inflação que, nos dois primeiros trimestres deste ano, perfurará o teto de 6,5% em 12 meses, incluída aí a faixa de escape de 2 pontos porcentuais. Tão ou mais preocupante, o governo não se dispõe a combater a inflação com a arma mais poderosa que possui, que é a política monetária (política de juros). Ao contrário, o combate à inflação voltou a ser feito por expedientes antigos e notoriamente ineficientes, como o represamento de preços e tarifas (caso dos combustíveis e da condução) e desonerações tributárias (como a da cesta básica e a dos veículos).

E é, ainda, a rápida deterioração das contas externas, sobretudo do Comércio Exterior, cujo superávit chegou aos US$ 40 bilhões em 2007, vai sendo esvaziado rapidamente. Neste ano, dificilmente passará dos US$ 9 bilhões – algumas projeções apontam para apenas US$ 4 bilhões.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Cpers chama Tarso de mentiroso, mas de maneira bem comportada e escondidinha

Bem escondidinho, como manda o ofício petista e de seus satélites, o Cpers reuniu alguns dos seus dirigentes para ocupar a Esquina Democrática de Porto Alegre, dia 1º, onde comemorou o Dia da Mentira.

. A mentira, no caso, foi a promessa não cumprida de Tarso Genro, que não paga o piso salarial nacional de R$ 1.597,00, que ele como ministro de Lula ajudou a sancionar, visando emparedar o governo Yeda Crusius.

. O cartazete ao lado foi “divulgado” no Facebook.

- Foi tudo escolhido a dedo pelos sindicalistas pelegos do sindicato chapa branca do Cpers,  para não fazer marola ao governo do PT. É tudo bem diferente dos enfrentamentos violentos, selvagens, sangrentos, que o Cpers produzia nos governos Rigotto e Yeda Crusius. 

ABERTOS HOJE À NOITE. VÁ COM SEUS AMIGOS.
WWW.BIERMARKT.COM.BR
Bier Markt, a partir das 18h30min
Vá conhecer na Barão do Santo Ângelo 497, ao lado do Leopoldina.
Agora, 24 torneiras de chope artesanal de várias partes do mundo, com barris alojados em câmera fria, servidos diretamente nos copos, sem serpentina. Cardápio diferenciado.
- Vá também na Castro Alves 452, três vezes seguidas "A Melhor Carta de Cervejas", segundo Veja (2010, 2011 e 2012).

PMDB decidiu convocar presidente do Banrisul para analisar consequência do saque de R$ 4,3 bi autorizado por Tarso

Quando concluíram as análises das contas da administração Tarso Genro, os técnicos da bancada do PMDB na Assembléia ainda não sabiam da decisão tomada em sigilo pelo governo do PT, que resultou no confisco de R$ 4,2 bilhões dos depósitos judiciais depositados no Banrisul.

. “Vamos chamar a diretoria do banco para que ela explique qual será o impacto desse saque nas suas operações, porque se trata de uma fortuna”, disse ao editor a líder do PMDB, Maria Helena Sartori.

. Ela vai chamar o presidente do Banrisul para que fale na Comissão de Serviços Públicos.

. As 21 folhas de tabelas e gráficos acabaram sem o registro, mas os números que aparecem no material  demonstram que o governo Tarso Genro quebrou o Estado.

PMDB subiu o tom no discurso de oposição ao governo gaúcho do PT

No almoço que promoveu com 20 jornalistas no restaurante Copacabana, Porto Alegre, a bancada estadual do PMDB não usou meias palavras para analisar o governo do PT do RS.

. O bom foi altamente belicoso, o que provavelmente já indica como serão os comícios do ano que vem no Estado. Aí vão dois exemplos anotados pelo editor:

Edson Brum, presidente do PMDB – Este governo é pior do que o do Olívio.
Giovani Feltes, líder do Partido – Tarso transformou o RS bnum novo Nordeste”.

Edson provoca Tarso: "Ele é um fujão. Foge dos problemas do RS como fugiu para Rivera em 64"

O deputado Edson Brum, presidente do PMDB do RS, aproveitou o almoço com os jornalistas políticos, quarta, no restaurante Copacabana, para fazer uma pequena provocação ao governador Tarso Genro:

- Ele foge dos problemas. Ele é um fujão. Foge como fugiu para Rivera.

Arrecadação gaúcha do ICMS despencou 12,6% em março

Despencou 12,6% a arrecadação gaúcha do ICMS do mês de março, comparativamente ao mesmo mês do ano passado e ajustada pelo IPCA. Foram R$ 1,7 bilhão. O governo esperava aumento de 4,5%, pelos mesmos critérios.

. Os números foram apurados pelo editor na terça-feira e confirmados nesta quarta.

. CLIQUE no quadro ao lado para acompanhar melhor, inclusive com o acumulado do ano. 

STF restabelece a ordem: precatórios gaúchos devem ser pagos pela ordem de chegada

* Clipping Taline Oppitz, Correio do Povo
Título original: À espera da decisão do Supremo

 Acabaram se confirmando no Rio Grande do Sul os reflexos da decisão do Supremo, que em março declarou inconstitucional parte da emenda 62, de 2009, que permitia o pagamento parcelado de precatórios. Em função da insegurança jurídica gerada pela decisão, o Tribunal de Justiça suspendeu, após a publicação da ata do julgamento pelo Supremo, o pagamento de mais de R$ 114,3 milhões a cerca de 5 mil credores, que integravam a lista paralela de pagamentos, por ordem crescente de valores, estabelecida no Estado. A suspensão será mantida até que o Supremo se posicione, em novo julgamento, em relação à modulação dos efeitos da decisão, quando será estabelecida, entre outros pontos, a data de vigência da declaração da inconstitucionalidade da emenda. Por ora, serão mantidos apenas os pagamentos preferenciais, de idosos e portadores de doenças graves, que neste mês devem ficar em R$ 21 milhões. Segundo o presidente da Frente de Precatórios da Assembleia, Frederico Antunes, há preocupação agora sobre a manutenção, por parte do governo, da reserva de 1,5% da receita corrente líquida ao pagamento dos títulos, como vinha ocorrendo, até que o impasse seja solucionado pelo Supremo. Segundo a Secretaria da Fazenda, a reserva ou não dos recursos dependerá de análise, ainda em andamento, da Procuradoria-Geral do Estado.

Entenda por que esses jovens renegados escondem a cara atrás de máscaras

Os repórteres não entrevistaram o ativista mascarado para saber por que se esconde, mas também a polícia não quis identificá-lo. Num estado democrático de direito, só bandido celerado esconde a cara atrás de máscaras. 

Nas manifestações "espontâneas" lideradas por chefetes e ativistas do PSOL, PSTU, PCdoB e PT de Porto Alegre, o enfrentamento com a polícia foi procurado, desejado e festejado, mas boa parte dos jovens renegados que foram para o corpo a corpo não teve coragem de mostrar o verdadeiro rosto, temendo nem se sabe o quê. É que não existe qualquer vestígio de ditadura neste momento, inclusive porque os governos federal, estadual e municipal foram eleitos democraticamente - e são todos de esquerda, o que os coloca teoricamente do lado dos manifestantes. Isto significa que ao encobrir o rosto de maneira covarde ou histriônica, todos acabam por se colocar no mesmo rol de bandidos celerados que buscam fugir do alcance dos braços implacáveis da polícia e da longa mão da lei. A foto mostra um manifestante agressivamente protegido por uma máscara de bandido, aparentemente num gesto de amizade com o brigadiano que não está ali para brincadeira.

. Os protestos sistemáticos e violentos, inclusive com pichações e agressões a pau e pedra, possuem objetivo político específico, que é o de emparedar e desgastar o prefeito José Fogaça, PDT. Os discursos, as ações e as obras de Fortunati incomodam muito seus adversários, inclusive aparentes aliados.

. Os manifestantes que agora estão nas ruas de Porto Alegre, jamais levantaram seus punhos e tacapes para exigir a imediata prisão dos bandidos mensaleiros do PT e do seu líder, o chefe do Mensalão, Luiz Inácio da Silva.

- Está na hora desse pessoal que renega o estado democrático de direito e o capitalismo, entender que o tempo das músicas e ações de protesto do tipo "Por que não falei de flores", são coisas da época da ditadura militar. Reeditar o passado, apenas confirma que a história só se repete como farsa. 

Lula não consegue falar em evento da Telefônica. Assessoria diz que câncer não voltou.

- Na foto, Lula, na fase final do seu tratamento contra o câncer.

Submetido a exames nesta terça-feira , o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva cancelou discurso que faria durante um evento de que participou durante a noite de hoje, de inauguração da nova sede da Telefônica no Brasil.

. Sua fala chegou a ser anunciada pelo locutor, que foi informado então pelo presidente da empresa no país, Antonio Carlos Valente, de que ele mandava um "boa noite" aos presentes, mas que não falaria.

. Lula passa por novos exames, e médico descarta volta de câncer.

. "O presidente Lula não pode falar porque está com um problema na garganta", afirmou então o apresentador da cerimônia.

. Lula passou na manhã de terça-feira por exames no Hospital Sírio-Libanês, que não detectaram sinais de tumor.

. Segundo a assessoria do ex-presidente, ele preferiu não falar para poupar a voz, mas não há relação direta com os exames.

. Em outubro de 2011, Lula teve diagnosticado um tumor na laringe. Passou por tratamento quimioterápico e radioterápico que durou cerca de cinco meses.

ABERTOS HOJE À NOITE. VÁ COM SEUS AMIGOS.
WWW.BIERMARKT.COM.BR
Bier Markt, a partir das 18h30min
Vá conhecer na Barão do Santo Ângelo 497, ao lado do Leopoldina.
Agora, 24 torneiras de chope artesanal de várias partes do mundo, com barris alojados em câmera fria, servidos diretamente nos copos, sem serpentina. Cardápio diferenciado.
- Vá também na Castro Alves 452, três vezes seguidas "A Melhor Carta de Cervejas", segundo Veja (2010, 2011 e 2012).

Prefeitura esqueceu de combinar com os russos (o Exército) e obras do viaduto de R$ 69,6 milhões estão paradas há oito meses

- Assim ficará o viaduto em construção. 

A prefeitura de Porto Alegre esqueceu de combinar com os russos, neste caso com o comando do 3º Regimento da Cavalaria de Guarda, Porto Alegre, que não quer saber de ceder 80 metros da sua rica área que possui na avenida Bento Gonçalves, bem pertinho da PUC. A pequena área foi incluída à revelia no projeto de construção do viaduto que ligará a Aparício Borges à Salvador França sobre a Bento Gonçalves.

. O resultado é que as obras foram iniciadas e resultaram paralisadas há oito meses.

. O viaduto faz parte de uma série de obras de mobilidade que estão ocorrendo na Terceira Perimetral, que incluem também o viaduto da Carlos Gomes sobre a Plínio Brasil Milano e as passagens de nível na Anita Garibaldi e Ceará.

. As obras do viaduto começaram em agosto de 2012. Com investimentos no valor de R$ 69,6 milhões, sua conclusão é prevista para maio de 2014. O viaduto terá extensão total de 540 metros, com seis faixas de tráfego. Incorpora estação de ônibus do corredor da Terceira Perimetral.

Uma das alças do viaduto passará junto a uma área que pertence ao Exército, que na região possui o 3º Regimento da Cavalaria de Guarda. Para a continuidade da obra, é necessária a liberação da área por parte do Exército, o que ainda não ocorreu. Na semana passada, o secretário de Gestão, Urbano Schmitt, esteve em Brasília para tratar do assunto, mas de novo não conseguiu nada. As negociações para a liberação já duram seis meses. 

OAB denuncia caos na Justiça de Gravataí, RS

A OAB do RS anunciou nesta quarta-feira de manhã que "diante do caos instalado na Comarca de Gravataí, o presidente da OAB/RS, Marcelo Bertoluci, cobrará medidas emergenciais".

. A OAB informou que atualmente nas Varas da cidade existe falta de servidores para a demanda processual e também estrutura precária para os mais de 20 mil processos acumulados.

Dilma recicla São Francisco de Assis e reinventa o "É dando que se recebe"

*Clipping Folha de S. Paulo
Título original:  Recaída franciscana

A deletéria antecipação da corrida eleitoral de 2014 leva a presidente Dilma Rousseff a reciclar o jogo fisiológico e o loteamento de ministérios

. Embora contenha um fundo de verdade, a declaração da presidente Dilma Rousseff de que "nenhuma força política sozinha é capaz de dirigir um país com esta complexidade" não justifica o pragmatismo desenfreado do PT em busca de alianças eleitorais para perpetuar seu projeto de poder.

.  Se o mensalão é um exemplo acabado do abandono de princípios éticos em troca de apoio político, a proliferação e o loteamento de ministérios atestam, por seu turno, o triunfo da fisiologia sobre a responsabilidade administrativa e a boa gestão do Estado.

. Depois de compelida, no primeiro ano de mandato, a promover o que se convencionou chamar de "faxina" ministerial para conter o gangsterismo de aliados, Dilma volta ao credo do "é dando que se recebe" -cínica apropriação politiqueira da oração franciscana.

. Os movimentos da presidente pautam-se pela antecipação deletéria do jogo eleitoral de 2014, com as virtuais candidaturas de Aécio Neves (PSDB), Marina Silva (Rede Sustentabilidade) e Eduardo Campos (PSB) na praça. As escaramuças já haviam propiciado, há duas semanas, a reabilitação do pedetista Carlos Lupi, que deixou o Ministério do Trabalho sob acusações de corrupção. Agora, a mandatária reforça a posição do PR e cria um espantoso 39º cargo de primeiro escalão para contemplar o PSD, do ex-prefeito paulistano Gilberto Kassab.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

O Globo diz que Dilma mete fogo no País

* Clipping, Editorial de O Globo
Título original: A mistura inflamável de inflação com reeleição

É grande a tentação de manter o mercado de trabalho aquecido, considerado a explicação da alta popularidade da presidente.

. A previsão de que 2013 seria um ano em que o Banco Central precisaria ter sangue frio se confirma, e é até mais ampla: o próprio país precisa manter os nervos sob controle, pois, como esperado, a inflação deverá superar o teto da meta de 6,5%, e o BC faz o possível para retardar ao máximo o aumento da taxa básica de juros, hoje em 7,25%.

. O presidente do BC, Alexandre Tombini, esteve ontem no Senado e repetiu o discurso clássico de que o compromisso da instituição é com a meta de 4,5%. Não poderia ser diferente.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Ao meio dia, no Copacabana, o PMDB fará a crítica da desordem financeira no governo do RS

Ao lado, o presidente do PMDB, Edson Brum.

Os oito deputados estaduais do PMDB do RS, inclusive o presidente estadual, Edson Brum, reunirão os jornalistas políticos ao meio dia no restaurante Copacabana, onde farão um balanço crítico sobre o governo Tarso Genro, com ênfase para dois pontos que passaram a surgir com tons dramáticos no noticiário:

- A crise da segurança pública.
- A crise das finanças públicas.

. A bancada fará uma análise das contas públicas estaduais, cuja desordem pode ser medida pelo anúncio de que o governo do PT resolveu meter a mão em mais R$ 4,2 bilhões do caixa único. O valor soma-se a outros R$ 1,8 bilhão já sacados. 

. A bancada já tinha preparado sua análise crítica sobre o governo Tarso Genro quando surgiu a notícia sobre o oceânico tamanho do rombo das contas públicas do RS (leia notas a seguir).

Saiba por que chegou a hora de aprovar uma Lei Estadual de Responsabilidade Fiscal

A oposição na Assembléia Legislativa do RS não tem mais desculpas para impor a aprovação de uma Lei Estadual de Responsabilidade Fiscal duríssima, capaz de enquadrar governos perdulários e incompetentes como o atual governo do RS.

. A Lei Federal de Responsabilidade Fiscal deixou abertas as portas para manobras escusas do tipo do uso dos recursos do caixa único estadual. Esse tipo de dinheiro representa empréstimos disfarçados e não exigem aprovação da Assembléia.

. Os sucessivos assaltos aos cofres públicos gaúchos precisam acabar de uma vez por todas. Sem isto, nunca haverá equilíbrio das contas e jamais o governo disporá de recursos próprios – sustentados – para pagar bem, quitar as contas em dia e investir.

- Qualquer dona de casa sabe que não pode gastar mais do que consegue receber, mas o governo do RS nem isto sabe.

Governo Tarso Genro promove assalto inédito ao caixa único do Estado. Ele confisca R$ 4,2 bilhões da conta dos depósitos judiciais.

- Na foto, o secretário Odir Tonnollier, quadro partidário do PT que Tarso foi buscar depois que ele foi defenestrado junto com a prefeita Rita Sanco, Gravataí, onde provocou desordem financeira e administrativa sem precedentes, antes de ser cassada, ano passado. Odir era seu chefe de Gabinete. 

O governo do sr. Tarso Genro finalmente abriu parte da caixa preto em que transformou seu caixa único, chamou a domesticada jornalista Rosane Oliveira, RBS, e mandou seu recado curto e grosso:

- Pegamos R$ 4,2 bilhões dos depósitos judiciais (depósitos de partes em ações tramitando nas instâncias de outro Poder, o Judiciário) e enfiamos no caixa único, onde gastaremos quando bem entendermos, onde bem entendermos e jamais devolveremos.

. E ninguém garante que este não será o último assalto ao trem pagador, porque não existe lei que impeça este tipo de ocorrência. A Assembléia poderia obstaculizar novos confiscos, como já fez no passado, mas para isto é preciso maioria, toda ela em poder do governo do PT. 

. Questionado pela jornalista sobre o ineditismo do assalto aos cofres públicos, o secretário Odir Tonnollier foi de uma franqueza rude e apalermante:

- Ah, mas o Rigotto fez o mesmo e além disto a lei nos autoriza a fazer isto.

. Não pode dizer que Yeda Crusius ou Dom Pedro II fizeram o mesmo, porque estes foram governantes que não meteram a mão no dinheiro do caixa único, com ou sem a menor intenção de devolver. É que eles governaram o governo, promoveram o déficit zero e mantiveram as contas públicas em ordem. 


. O governo Yeda Crusius saneou as finanças, pegou o caixa único estourado e o Tesouro sem margem de endividamento, com inscrição no Cadin.  Ela deixou R$ 3,6 bilhões no caixa único, segundo o balanço do Estado. Poder ser mais porque os depósitos judiciais são  uma caixa preta.A margem de endividamento que não existia, ela deixou em torno de R$ 3,5 bilhões.O governo Tarso gastou toda margem e está liquidando com os depósitos judiciais. 


. O atual governo já tinha sacado outros R$ 1,8 bilhão do caixa único.

. Trata-se de outro governo que não faz, que gasta mais do que ganha e que além disto não tem quadros para impor ordem à desordem administrativa e financeira que implantou.

. Desde o dia 3, as 2h22min, quando o editor queixou-se do fato de que o governo tinha ultrapassado o terceiro mês do ano sem revelar a movimentação patrimonial do Estado, foi possível perceber que algo era tramado nos porões do Palácio Piratini. Sem conhecer essa movimentação, seria impossível avaliar os valores do ativo, passivo, existência de recursos financeiros, dívidas de curto e longo prazo, restos a pagar e  dívidas do exercício. A lista é apenas exemplificativa.

. Sem conhecer a movimentação patrimonial, não há como saber os saques do caixa único.

. O governo alegava que estava “arrumando o plano de contas”,  mas já se vê que isto era mentira.

- O governo do PT quebrou o Estado novamente, em menos de três anos, como fez Olívio Dutra, que saqueou totalmente o caixa único, endividou-se de maneira selvagem e só pagou o 13º salário do último ano do seu governo porque o governo FHC, seu adversário, alcançou-lhe o dinheiro na calada da noite, na undécima hora, depois de rocambolescas viagens aéreas na calada da noite, para recolhimento de assinaturas de contratos que resultaram na entrega de patrimônio do Estado. Tarso Genro caminha para o mesmo tipo de desastre. 

ABERTOS HOJE À NOITE. VÁ COM SEUS AMIGOS.
WWW.BIERMARKT.COM.BR
Bier Markt, a partir das 18h30min
Vá conhecer na Barão do Santo Ângelo 497, ao lado do Leopoldina.
Agora, 24 torneiras de chope artesanal de várias partes do mundo, com barris alojados em câmera fria, servidos diretamente nos copos, sem serpentina. Cardápio diferenciado.
- Vá também na Castro Alves 452, três vezes seguidas "A Melhor Carta de Cervejas", segundo Veja (2010, 2011 e 2012).