Veja, aqui, todos os comentários do editor sobre o livro de Tuma Júnior, "Assassinato de Reputações"

Dia 3, falarás no Roda Viva o delegado Romeu Tuma Júnior, ex-secretário nacional de Justiça ao tempo em que era ministro o atual governador Tarso Genro. O anúncio foi feito pelo jornalista Augusto Nunes, de Veja, que é o âncora do programa.

. No Brasil e no RS, será divertido saber de que modo irão comportar-se a TV Brasil, do governo federal, e a TV Educativa, RS, que historicamente retransmitem todas as entrevistas do Roda Viva.

. Haverá censura ?

. O editor aposta que sim.

. A seguir, em dois blocos de 15 minutos, vão reunidos todos os comentários do editor sobre o livro, desde que ele foi lançado e até a semana passada. Acompanhe e passe adiasnte:

CLIQUE AQUI para examinar o primeiro bloco.
CLIQUE AQUI para examinar o segundo bloco.

Hotel com diárias a R$ 26,7 mil, restaurante do Michelin... é a vida de luxo de Dilma, tudo sustentado com dinheiro público

O site da revista Veja desta tarde informa que sem comentar os protestos que ocorreram no Brasil no sábado, a presidente Dilma Rousseff deixou pelas portas do fundo o hotel em que se hospedava em Lisboa e embarcou na manhã deste domingo, 26, para Havana, capital cubana. Leia como foi a luxuosa estada de Dilma e sua comitiva  em Portugal, uma gastança sem previsão:

A presidente e sua comitiva ocupou um total de 45 quartos de dois dos hotéis mais caros de Lisboa, com um custo total de 71.000 reais, segundo informou a agência Estadão Conteúdo. A presidência optou por não usar o palácio do século XVII mantido pelo governo brasileiro e que serve de embaixada em Portugal por indicar que o local não comportaria a delegação.

No sábado, enquanto os protestos ocorriam em várias cidades, ela jantava em um restaurante com estrela pelo Michelin, a referência da boa gastronomia no mundo (foto ao lado, acima). A viagem estava sendo mantida em sigilo e apenas foi explicada depois que reportagem do jornal O Estado de S. Paulorevelou o momento em que Dilma entrou num hotel da capital portuguesa. A suíte em que ficou hospedada a presidente tem diária com preço de tabela equivalente a 26.000 reais.

Jantar ao Tejo - Na noite de sábado, diferentemente do que havia informado o Palácio do Planalto,Dilma saiu para jantar no elegante restaurante Eleven, com vista para o rio Tejo. O Planalto havia informado que a presidente estava "dormindo", enquanto outros assessores indicavam que "desconheciam" qualquer plano de saída da presidente.


No entanto, uma foto publicada no jornal português 'Expresso' de ontem deixou a comitiva sem explicações. Na foto, Dilma está entrando no luxuoso restaurante, acompanhada pelo embaixador do Brasil em Portugal, Mario Vilalva. O ministra Helena Chagas, chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, também aparece na foto. Pode-se ver um dos seguranças e o próprio embaixador carregando uma sacola com garrafas de vinho. O restaurante é um dos melhores de Portugal e um dos poucos no país classificado com estrela Michelin.

Ditadura de Cuba esconde cafetões, prostitutas, miséria e opositores das vistas de Dilma e da Celac

No seu blog Generacion Y, a blogueira cubana Yoani Sanchez comenta a "limpeza" que os sanguinários ditadores da família Castro preparam para receber Dilma Roussef e os delegados à II Cúpula da Comunidade dos Estados Latinoamericanos e Caribenhos. CLIQUE AQUI para ler a nota no próprio bloco.


Chamei um amigo ontem. Ele estava nervoso. Por volta de sua casa a polícia realizava uma intensa ‘limpeza´. As razões para tal alteração foi porque este se aposentou sem uma pensão, e atualmente vive com uma serviço de televisão por antena parabólica ilegal a ser prestado a várias famílias. Então, quando a polícia chega muito rigorosas, o meu amigo tem que cortar os cabos, ocultar a placa e deixar de ganhar os honorários pagos por esses dias. Um verdadeiro desastre econômico para ele. Sempre que você ouvir sobre a realização de um encontro internacional, um encontro com convidados estrangeiros dignitários visitantes ou qualquer outro país, começa a temer por seu negócio. Saibam que cada um desses eventos corresponde a uma batida policial feita com zelo e intransigência.

(...)

Meu amigo foi alertado de que essa Havana clandestina e oficialmente irrepresentável deve ficar quieta, muito quieta. Os mendigos estão sendo escondidos até que acabe a cúpula, os cafetões estão sendo advertidos de que mantenham suas meninas e meninos controlados, enquanto os membros da polícia política visitam as casas dos adversários e opositores. O mercado ilegal também está em xeque. Fiquem tranquilos, tranquilos, repete a polícia em um tom ameaçador, deixando sempre uma notificação por escrito. Então, meu amigo começou esta manhã a desconectar seus computadores e voltou a me ligar novamente para me assegurar que nos dias 28 e 29 de janeiro não irá colocar um pé sequer na rua. ‘Nem um pouco! Eu não tenho vontade de dormir em uma masmorra’, disse, antes de desligar o telefone e guardar com cuidado sua antena”.

- Nesta segunda-feira, a presidente Dilma Roussef ajudará a inaugurar o novíssimo terminal de contêineres de Mariel, Cuba, construído pela Odebrecht, projeto que inclui até mesmo rodovia e ferrovia de suportes logísticos. CLIQUE AQUI para examinar todo o projeto. O financiamento de quase US$ 1 bilhão é do BNDES. 

É Gilberto Carvalho (o governo e o PT) quem arma o braço do movimento de rua contra a Copa do Mundo

As 6h57min deste domingo, o jornalistas Reinaldo Azevedo postou a nota a seguir no site www.veja.com.br É uma denúncia gravíssima, porque implica diretamente o Palácio do Planalto, portanto o governo e o PT. Enquanto Dilma dá a mão de pelica na Suiça, aqui no Brasil ela libera seus agentes para usar de violência contra a Copa, tudo com o objetivo de desestabilizar os ambientes político e social, visando criar clima de insegurança e desordem, tudo com o objetivo de endurecer o regime.

. Quem viu o que fez Gilberto Carvalho (o governo e o PT nas manifestações de junho, quando armou o braço dos Bloc Black para usar a violência e intimidar as massas ordeiras que foram para as ruas, saberá melhor o que ocorre agora. Leia:

O pau volta a comer em São Paulo. Incentivo à baderna vem hoje do Palácio do Planalto e do PT. E digo por quê

 Sim, vou comentar a baderna que alguns bandidos disfarçados de manifestantes promoveram em São Paulo neste sábado, num protesto contra a realização da Copa do Mundo no Brasil, que reuniu, segundo a PM, 1.500 pessoas. Como sempre, depredação de lojas e ônibus, um veículo incendiado confronto com a polícia. E, para não variar, lá estavam os mascarados. O texto vai ficar longo. Mas tempo não lhes falta neste domingão, certo? Vamos lá. No Rio também houve alguma confusão. Em outras capitais, a convocação não reuniu mais do que algumas dezenas. Para que trate do evento de ontem, no entanto, preciso recuperar algumas coisas. Terei de falar um pouco dos rolezinhos e da reação do governo federal e dos petistas ao fenômeno. 

Morreu Bruno Maranhão, o "sem terra" e "sem teto" que ajudou a fundar o PT em Pernambuco

A foto é de uma das salas do "barraco" onde morava o petista sem teto e sem terra que invadiu e depredou o Congresso Nacional em 2006. 



Está sendo velado no município de Paulista, em Pernambuco, o corpo do engenheiro mecânico e político Bruno Maranhão, um dos fundadores do PT naquele estado.

. Com 74 anos, Bruno Albuquerque Maranhão teve uma trajetória de vida marcada por histórias inusitadas. Costumava ser chamado de “usineiro com espírito de pobre” por integrantes das comunidades que costumava percorrer e de “ovelha negra da família”.


. Um dos episódios mais comentados nacionalmente que contou com sua participação ocorreu em 2006, quando foi acusado de ter promovido a invasão de militantes do Movimento de Libertação dos Sem-Terra (MLST) ao Congresso Nacional. Na ocasião, janelas de vidro foram quebradas e várias pessoas tiveram de ser socorridas com ferimentos. Cerca de 200 manifestantes do MLST foram presos por conta da invasão, ao lado de Bruno, que na verdade não estava presente no momento das agressões e argumentou que desceu ao local para conter a fúria dos manifestantes. Por conta do episódio, ele ficou detido 39 dias no Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal.

Cervejeiros fazem evento (Brewday) na fábrica de cervejarias Egisa, Bento, RS

Começou as 9h30min  deste domingo, Bento Gonçalves, RS, os eventos relacionados com o Brewday, na fábrica da Egisa. Trata-se de um programa que inclui as produção de uma cerveja colaborativa entre as cerejarias Bodebrown, Curitiba; Dama Bier, Piracicaba, e Sudbrau. Ela terá tiragem limitada e única, mas será vendida no mercado em março.

. Foram convidados quatro cervejeiros estrangeiros dos Estados Unidos e Bélgica.

. Do RS, comparecem representantes de quatro cervejarias.

. Ingressos de R$ 80,00 para os dois dias do evento, incluídas refeições e cervejas, esgotaram.

. BierMarkt, Porto Alegre, destacou seu diretor Pedro Mariano Figueiredo Braga.


. A Egisa é fabricante de equipamentos para cervejarias e vinícolas do Brasil. 

Lista dos que mais doaram e que por isto mais recebem contratos do governo

Das dez principais doadoras a políticos, cinco são empreiteiras. CLIQUE AQUI para examinar a lista e os números. 

Por que as empresas doam para campanhas? O que elas querem ganhar com isso? E qual o impacto dessas doações para a sanidade da nossa democracia? Tentando responder a essas e outras perguntas, o pesquisador brasileiro Gustavo Maultasch, da Universidade de Harvard, criou o Política Aberta, site desenvolvido com o objetivo de tornar o debate sobre o financiamento de campanhas políticas mais acessível. Com a ferramenta, o eleitor consegue ver quais empresas doaram para qual candidato ou partido e quanto de dinheiro foi repassado. Segundo o site, R$ 1.867.590.018,37 foi doado por pessoas jurídicas para as campanhas de políticos em 2012. Ao todo, foram 55.744 doadores e 135.963 empresas contratadas. Apesar disso, há muitas empresas que doaram e não foram contempladas com nenhum contrato. Para o criador do Política Aberta, há muitas explicações possíveis para isso.

— As empresas podem ter recebido contratos em outros anos, ainda não incluídos nesta versão do site. Elas podem ter recebido outros tipos de benefícios, como financiamentos do BNDES e, ainda, elas podem ter usado vários CNPJs para receber contratos mas apenas um CNPJ para fazer a doação, o que gera número maior de contratadas que de doadoras.

. Quem mais contribuiu com o montante acumulado foi a Construtora Andrade Gutierrez, que doou R$ 81.165.800. Como contrapartida, a empresa foi contemplada com contratos assinados com o poder público que atingiram o valor de R$ 99.228.136,19 em 2012.

. Para Maultasch, isso não significa que exista um “toma-lá-dá-cá” entre empresas e políticos, mas deixa claro o interesse das empresas em conseguir contratos ou mesmo votações de matérias que sejam de seu interesse.

— O objetivo do financiamento é ter acesso a mandatários, a pessoas com poder de decisão na administração pública. Dito isso, quanto mais partidos forem apoiados, maior a chance de que a empresa terá acesso ao poder político posteriormente; a busca por um interesse privado está presente.

. Entre os dez maiores doadores listados pelo site, cinco são empreiteiras. Completam a lista um banco, um frigorífico, uma empresa de fertilizantes, uma distribuidora e uma indústria. Os partidos que mais receberam recursos foram, pela ordem, PT, PSDB e PMDB.


. Não por acaso, são os partidos que comandam o governo federal, os principais Estados e a maior quantidade de municípios, respectivamente.

Atos de vandalismo contra a Copa assustam o governo em São Paulo

As manifestações contra a Copa do Mundo começaram para valer neste sábado, São Paulo, com dezenas de prisões, depois que os delinquentes começaram depredações, incêndios e atos de vandalismo. As manifestações, que reclamam dos gastos perdulários e exigem que dinheiro igual vá para a saúde, educação, segurança e estradas, são repelidas pelo governo e pelo PT, conforme opiniões que começaram a ser veiculadas na mídia alinhada com o Planalto. Sobre os atos de São Paulo e a nova opinião da mídia engajada com o PT, vale a pena ler este masterial do site www.brasil247.com.br (a montagem das fotos também é do site):

Enquanto as primeiras manifestações do ano contra a realização da Copa do Mundo de Futebol no Brasil, o #NãoVaiTerCopa, se constituíram em um fiasco, neste sábado (25), com episódios de depredação de prédios e destruição de carros, a procura por ingressos para os jogos do Mundial, o #VaiTerCopa, bate recordes em vendas. 
Em São Paulo, a manifestação se encerrou com vandalismo. Uma viatura da Guarda Civil Metropolitana foi depredada e um carro particular foi incendiado na região central da capital. Os ataques foram feitos pelos Black Blocs. 40 pessoas foram detidas.
Enquanto isso, faltando menos de uma semana para o fim da segunda fase de venda de ingressos para a Copa, quase 3 milhões de solicitações foram recebidas neste período de venda, aproximadamente 700 mil de fora do Brasil. Até o momento, 9 milhões de pessoas já se inscreveram para assistir aos jogos.

As chances de ter a compra efetivada de quem solicitar ingressos até quinta-feira, às 9h no horário de Brasília, serão iguais às de quem já solicitou, pois todas as encomendas feitas desde o início do período de venda são reunidas e participam de uma loteria quando o número de solicitações supera o de ingressos disponíveis. É possível encomendar ingressos para 62 dos 64 jogos, excluindo-se a partida de abertura em São Paulo e a final no Rio de Janeiro.

Gravataí também poderá privatizar serviços de água e esgoto

O prefeito Marco Alba, PMDB, Gravataí, confirmou que chamará mesmo licitação para disputar os serviços de saneamento (água e esgoto) da cidade, 258 mil habitantes, sede da GM, caso a Corsan não apresente imediatos resultados.

. A cidade enfrenta cortes no abastecimento de água.

. O prefeito de Viamão, Valdir Bonatto, tal como o de Gravataí, também já avisou a Corsan sobre sua intenção de privatizar os serviços de saneamento da cidade.

. Na Grande Porto Alegre, São Leopoldo e Porto Alegre possuem serviços próprios de água e esgoto. 

Ana Jung não comanda mais a área de comunicação de Gravataí

A jornalista Ana Jung não é mais secretária de Comunicação da prefeitura de Gravataí. 

Este é o novíssimo porto de Mariel que Dilma inaugurará segunda em Cuba. Tudo feito em sigilo e com dinheiro do Brasil.

O repórter de Veja, Leonardo Coutinho, foi a Cuba para examinar o porto novinho em folha que Dilma Roussef ajudará a inaugurar na segunda-feira em Mariel, tudo financiado com dinheiro brasileiro. Enquanto os portos brasileiros não atendem à demanda, Cuba vai inaugurar um, novinho, feito com investimento do BNDES que é mantido sob sigilo pelo governo petista. Leia toda a reportagem.

CLIQUE AQUI para examinar amplo material em video do projeto do porto de Mariel, implantado pela Odebrecht com financiamento de quse US$ 1 bilhão do BNDES. Nas eleições de 2012, a Odebrecht foi a décima maior doadora da campanha de Dilma (R$ 19,5 milhões) ano em que recebeu do governo da presidente contratos no valor total de R$ 1,4 bilhão, os maiores de toda a lista de doadores (1o lugar). CLIQUE AQUI para examinar as duas listas. 

Uma potência agrícola com portos tão inadequados é uma Ferrari com um reles motor 1.0. A exuberância fica empacada. É o caso do Brasil. 0 principal porto brasileiro, o de Santos, está assoreado e isso impede que os cargueiros de última geração, que exigem profundidades superiores a 14 metros, atraquem no terminal. As obras de dragagem ali avançam, mas em ritmo cubano. Opa! Quem nos dera! Em Cuba, com dinheiro do povo brasileiro, as obras de infraestrutura progridem velozmente.

Em 2014, o Brasil vai perder 22% da riqueza gerada pela maior safra de soja da história, de 55 milhões de toneladas. A causa disso são os gargalos da infraestrutura portuária brasileira e da perda de carga em acidentes de caminhões nas péssimas estradas. Isso significa que o governo brasileiro dedicou a essa questão a prioridade máxima, investindo o máximo possível na melhoria das estradas e dos portos brasileiros? Não. Apenas 7% dos 218 milhões de dólares previstos para ser investidos nos terminais brasileiros em 2013, ou 15,5 milhões de dólares, foram aplicados. O maior investimento brasileiro em portos nos últimos anos foi feito onde? Em Cuba.

No fim de janeiro, a presidente Dilma Rousseff vai à ilha dos irmãos Castro inaugurar o Porto de Mariel. O governo brasileiro investiu 682 milhões de dólares nos últimos três anos na construção de um terminal em Cuba, onde a ditadura de Fidel e Raul Castro, perdoem a repetição, vive sua fase terminal. O Porto de Mariel terá capacidade 30% superior à do Porto de Suape, o principal do Nordeste brasileiro. O descalabro é obra de Lula. Foi no governo dele, em 2008, que o BNDES decidiu financiar 71% do orçamento da construção do porto. Para entendermos o senso de prioridade do governo do PT, o BNDES emprestou aos cubanos três vezes mais do que destinou a melhorias e ampliações no Porto de Suape desde a sua inauguração, em 1983. Cuba não pode esperar. O Brasil pode.


Acrescente-se aos dados acima o fato de que o negócio com a ditadura cubana transcorreu sob segredo de Estado. Em junho de 2012, o ministro Fernando Pimentel, do Desenvolvimento e Comércio Exterior, classificou o conteúdo do contrato como "secreto", com validade até 2027. A justificativa foi proteger "informações estratégicas". Acabava de entrar em vigor a Lei de Acesso à Informação quando Pimentel decidiu classificar o negócio com os cubanos como secreto.

CLIQUE AQUI para ler tudo.