Escumalha parlamentar "desagrava" Lula, o "guerreiro do povo brasileiro"


Charge: onde está o Lula?

Deputados do PT, acompanhados de integrantes de outros partidos governistas, como o PMDB, PV, PCdoB, PSB, PP e PTB, realizaram um ato de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no salão verde da Câmara dos Deputados na tarde desta terça-feira. O ato é uma resposta às denúncias recentes contra Lula, como o depoimento do empresário Marcos Valério acusando o ex-presidente de estar envolvido no chamado 'mensalão', além de suas relações com a ex-chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo, Rosemary Noronha, indiciada pela Operação Porto Seguro, da Polícia Federal.

Entoando palavras de ordem como "Lula, guerreiro do povo brasileiro" e "Lula é meu amigo, mexeu com ele, mexeu comigo", os deputados disseram que o ex-presidente está sendo atacado indevidamente.
Para o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), os que criticam o ex-presidente ignoram os avanços sociais do seu governo. "Aqueles que hoje acusam Lula, que tentam macular a imagem do presidente Lula o fazem porque não sabem o que é passar fome, não sabem o que não é ter luz elétrica em casa, não ter dignidade suficiente para responder aos pedidos dos filhos", disse o presidente da Câmara.

O deputado André Vargas (PT-PR), também presente, disse que a oposição tenta minimizar o legado do ex-presidente. "Ao atacarem o ex-presidente Lula de forma desleal, o que está em jogo não é só a figura pública, mas a política de transformação e a esperança do povo brasileiro", afirmou. Para o líder do PT na Câmara, Jilmar Tatto (SP), "parte da elite brasileira não quer continuidade do processo iniciado por Lula".

PT usa Marco Maia para confronto fascista com STF

É de enorme tensão o ambiente político dentro da Câmara dos Deputados por conta de uma crise política orquestrada pelo PT e levada adiante pelo deputado bravateiro gaúcho Marco Maia, que age de modo oportunista no episódio e aproveita um cochilo do novato ministro Luiz Fux para opor o Congresso ao Supremo Tribunal Federal.

. O objetivo do PT ao usar seu ventríloquo Marco Maia é beneficiar os bandidos do Mensalão, livrando-os da cadeia, mesmo que isto custe ataques frontais à legalidade, portanto ao estado democrático de direito – às liberdades públicas.

. Há bastante tempo o PT e seus líderes nacionais e estaduais ameaçam quebrar a ordem constitucional,  para acobertar os crimes cometidos por Lula e sua organização criminosa do Mensalão.

. A oportunidade surgiu com a liminar concedida em tempo recorde pelo ministro Luiz Fux, pela qual foi suspensa a sessão desta terça-feira a noite do Congresso, destinada a votar os vetos de Dilma à Lei dos Royalties. O ato foi considerado afrontoso às prerrogativas do Congresso, que nesta terça mesmo decidiu driblar a liminar e resolveu votar os vetos, mas de maneira oblíqua e não de acordo com o rito objeto da decisão de Fux. Em vez de realizar uma sessão só para o veto dos royalties, o Congresso votará 3 mil vetos, inclusive o dos royalties, o que muda o objeto da ação ajuizada no Supremo.

. Marco Maia forçou a queda de braço com o STF durante toda a tarde, reunindo lideranças insatisfeitas de todos os Partidos. Ao acusar o “golpe de toga”, ele não se refere aos mensaleiros, mas ao Caso Fux, que realmente incomodou a imensa maioria dos deputados e senadores.

Apagão do Tarso – Novos apagões escurecerão o RS a partir desta quinta-feira, véspera do fim do mundo

- Já foram sete apagões em apenas quatro meses.

Novos apagões atingirão o RS a partir desta quinta-feira, repetindo cenas de medo e até desespero,  ocorridas nos apagões da semana passada e desta segunda-feiras.

. É que os institutos de meteorología fazem previsões de fortes temporais, bem na véspera do dia previsto para o fim do mundo (Calendário Maia).

. Os ventos de 100 quilômetros serão suficientes para abalar as frágeis linhas de distribuição e as combalidas subestações da CEEE.

. A secretaria de Infraestrutura e Logística do RS não estimou até agora os prejuízos economicos causados pelos dois apagões da última semana.

. A Fiergs também não tem estimativa alguma.

Santander demite em massa

O Banco Santander demitiu 1.280 trabalhadores apenas em dezembro.

Secretário de Tarso toma segunda condenação apenas neste governo

Esta é a segunda condenação de Mainardi, apenas no atual governo. Ele foi condenado em primeira instância, em Bagé, por improbidade administrativa.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) impôs multa de R$ 1,5 mil ao secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Agronegócio, Luiz Fernando Mainardi. O ex-prefeito de Bagé teria realizado a dispensa de licitação para contratar uma empresa que forneceu equipamentos e mão-de-obra para operação da bilheteria durante a Expointer 2011 em desconformidade com a legislação.

. O problema teve origem em Inspeção Especial que o TCE realizou na Seapa, após representação do Ministério Público de Contas. De acordo com o relatório do conselheiro Marco Peixoto, foi constatado que houve inobservância das normas constitucionais e legais que regulam a gestão administrativa.

. Na avaliação de Mainardi, a condenação se deve ao formalismo dos julgadores. , garantindo que vai recorrer da multa para provar que não havia outra alternativa a não ser adotar, excepcionalmente, a dispensa de licitação, possibilidade prevista em Lei. Em 2012, a contratação se deu através de licitação.

Fortunati trabalha como falcão, bem diferente de Tarso, que trabalha como pomba

O governador Tarso Genro é bem mais tolerante do que o prefeito José Fortunati em relação aos seus auxiliares.

. O governo já tem dois secretários condenados por atos de improbidade administrativa (primeira instância) e nem por isto se toca.

- Casos de processos judiciais são muito mais numerosos, sendo que o próprio governador responde a um deles no Foro de Porto Alegre. 

BIER MARKT
Bier Markt Vom Fass - na Barão do Santo Ângelo 497, ao lado do Leopoldina.
Bier Markt  - também na Castro Alves 452, três vezes seguidas "A Melhor Carta de Cervejas", segundo Veja (2010, 2011 e 2012). O melhor lugar para seu Happy Hour.

Saiba por que 12% para a saúde é outra ficção do governo Tarso Genro

Vale a pena entender os auto-elogios do governo Tarso Genro sobre sua “decisão” de aplicar 12% da receita em saúde. O editor foi ouvir o economista Darcy Carvalho dos Santos, especialista em finanças públicas, que explicou o seguinte:

- O que foi feito foi voltar ao período anterior ao governo Yeda, quando eram colocadas no orçamento receitas fictícias, porque sem elas o déficit seria muito grande, devido as vinculações. Foram colocadas no orçamento R$ 1,201 bilhões de receitas fictícias. Sem elas, o valor alocado baixa para 4,9%. Olha a tabela abaixo.Talvez o governo aplique mais que isso, mas não será muito mais.

Tarcisio Zimmermann sabe de novo que não pode concorrer em Novo Hamburgo, mas insiste em afrontar a razão, a lei e a justiça eleitoral

Ao insistir com nova candidatura, mesmo sabendo que ela será vetada in limine pela Justiça Eleitoral, o prefeito de Novo Hamburgo, Tarcisio Zimmermann, do PT, afronta a lei e agride o bom senso das pessoas civilizadas.

. Ele quer apenas produzir um factóide fascistóide, contando com sua reconhecida popularidade, na expectativa de com isto eleger um poste, como fez Lula com Dilma. O poste de Zimmermann é o deputado Luís Lauermann.

. O prefeito sabe que não poderá disputar as eleições de novembro, porque ele esteve durante oito anos com os direitos políticos suspensos e teve sua eleição anulada.

- No ítem 8º da Resolução 220/12 que o TRE do RS acaba de editar, diz o seguinte, textualmente: “Os candidatos que deram causa à anulação das eleições municipais de 7 de outubro, não poderão participar de novas eleições (resolução TSE número 233.256/2010). É o caso de Zimmermann, que sabia o que o esperava se insistisse, como insistiu, em participar de uma eleição que enganou os eleitores de Novo Hamburgo e custou alguns milhões de reais aos contribuintes. Pior: fraudou o esforço do principal candidato da oposição, Paulo Kopschina, que participou de uma farsa. Kopschina irá a nova disputa em março. 

Governo Dilma esquece apagão tucano e já admite que brasileiros precisam conviver com apagões

CLIQUE AQUI para ver e ouvir comentário do comunicador Luiz Carlos Prates (SC) sobre a parafernália de taxas cobradas sobre as contas de energia elétrica. Vale a pena.

Nesta terça-feira a tarde, o  presidente do Operador Nacional do Sistema (ONS) Hermes Chipp, admitiu há pouco que o País precisa conviver com certo nível de risco na segurança do sistema de transmissão de energia. Segundo ele, apesar das melhorias que tem sido feitas, a demanda por investimento é maior do que a possibilidade de execução rápida desses procedimentos.

. É notável que o governo admita isto, já que justamente o PT e a presidente Dilma Rousseff demonizaram o governo FHC por causa dos apagões tucanos. 

- Esta semana, apagões de proporções muito maiores deixaram sem luz vários Estados. 

CLIQUE AQUÍ para ler o artigo “A crise de energía e suas causas”, José Goldenberg, no jornal O Estado de S. Paulo desta segunda-feira, página A2

Produção industrial brasileira volta a despencar em novembro

Depois de ter cravado aumento em outubro, marcando 54,9 pontos, a atividade industrial brasileira voltou a despencar em novembro, segundo sondagem industrial divulgada nesta terça-feira a tarde pela CNI. A análise da Confederação Nacional da Indústria, enviada ao editor, deixa claro que tudo se debe ao encerramento das encomendas do final de ano.

. A queda demonstra clara desaceleração da economia, que este ano mal crescerá 1%.

. A produção da industria situou-se na linha divisória dos 50 pontos, com 49,8 pontos, sobre um total de 100. O número foi negativo.

. Os bons dados referem-se aos estoques menores e ao uso maior da capacidade instalada.

- As expectativas dos empresários pioraram para dezembro, já que recuaram de 55,7 pontos para 54,6 pontos.


CLIQUE AQUI para examinar mais dados da própria CNI, inclusive gráficos.

Araújo cumpre o Plano B de Dilma e vai na frente para o PDT

Na entrevista que vai logo a seguir, o deputado Giovani Cherini, o mais votado do PDT do RS (112 mil votos) reage aos vetos impostos pelas direções gaúcha e nacional do Partido ao retorno do ex deputado Carlos Araújo.

. Na entrevista, Giovani Cherini não explica direito as razões da repentina decisão de Araújo, um homem doente de 74 anos.

. A proximidade de Araújo e dos aliados do PDT que o apoiam, todos ligadíssimos a Dilma ou ao PT (Brizola Neto, Cherini, Juliana Brizola, Afonso Mota) talvez explique tudo, porque na verdade o ex deputado prepara o caminho para um possível retorno da própria Dilma Rousseff.

. O que acontece é que Lula quer ser candidato novamente, mas Dilma também quer. O PT está com Lula. Caso Dilma não saia do PT até a primeira semana de outubro do ano que vem, ela ficará refém do PT e terá que engolir Lula ou ficará sem legenda.

. Este é o Plano B de Dilma Rousseff.

. E isto aparentemente é o que o PDT não consegue entender, desprezando em sua legenda o ex marido da presidente e possivelmente a própria presidente. 

 No sentido horário, Cherini, Carlos Araújo e Dilma.

Denis Rosenfield conta em livro por que virou à direita


Já está no mercado o mais novo livro do filósofo gaúcho Denis Rosenfield. Ele assina com João Pereira Coutinho e Luiz Felipe Pondé o volume que acaba de ser editado pela Três Estrelas, cujo título é “Por que virei à direita”.  São 111 páginas.

. O libro já está à venda na Livraria Cultura, Porto Alegre.

Tarso e Dilma não cumprem o que prometem ao povo. Dilma chegou a prometer 6 mil creches e entregou apenas uma.

Da mesma forma que fez em relação ao governo Tarso Genro o jornal Zero Hora na sua edição de domingo, também o jornal O Estado de S. Paulo decidiu fazer na segunda-feira um balanço do governo Dilma Rousseff.

. Zero Hora, na verdade, avaliou as promessas feitas pelo governador. CLIQUE AQUI para ler o balanço feito pelo jornal, que incomodou bastante o Piratini. O governo Tarso Genro é um governo de papel. -

. No caso do Estadão, o balanço limitou-se a pontos nodais das promessas feitas na área social.

. Um único número das promessas feitas por Dilma Rousseff revela o tamanho das empulhações a que o governo submete a população brasileira:

- O governo prometeu entregar 6 mil creches até 2014 e até agora, passados dois anos do seu governo, entregou apenas 7. O número não chega a 1% do que foi prometido. O Brasil precisaria de 19 mil creches para atender a demanda. CLIQUE AQUI para ler o balanço completo. 

BIER MARKT
Bier Markt Vom Fass - na Barão do Santo Ângelo 497, ao lado do Leopoldina.
Bier Markt  - também na Castro Alves 452, três vezes seguidas "A Melhor Carta de Cervejas", segundo Veja (2010, 2011 e 2012). O melhor lugar para seu Happy Hour.

Entrevsita - O retorno de Carlos Araújo fará bem ao PDT

Giovani Cherini, deputado Federal do PDT do RS

Tem gente que acha que a tentativa de retorno ao PDT de Carlos Araújo poderá levar os gaúchos a uma nova revolução.
O que poderá levar os gaúchos a uma nova revolução, especialmente os pedetistas, não é exatamente, o retorno do ex-deputado Carlos Araújo à sigla, mas   a necessidade do resgate (antes que seja tarde) do trabalhismo histórico, respeitado e admirado.

O que quer o ex-deputado de volta ao PDT?
Ele vem para fazer bem ao Partido, para fortalecê-lo, torná-lo mais respeitado e admirado. 

Que história trabalhista tem Araújo, que justifique todo esse alarido atual?
Seu retorno ao PDT mostra-se coerente com a trajetória de quem cresceu sonhando em ser de esquerda como o pai, participou da Juventude Comunista na adolescência, militou fortemente contra  os abusos da ditadura militar, sobreviveu à tortura, passou quase quatro anos como preso político e exerceu três mandatos pelo PDT na Assembleia do Rio Grande do Sul. Araújo sempre manteve fortes vínculos com o PDT. Uma das suas apostas é a deputada estadual Juliana Brizola, neta de Leonel Brizola  e irmã do ministro do Trabalho, Brizola Neto. Embora tenha se desfiliado do PDT, jamais se filiou a outro partido. 

Mas existem fortes vetos a ele
Um Partido democrático que se preze não pode excluir qualquer cidadão, quanto mais alguém da envergadura de Carlos Araújo. 

O deputado Pompeo de Matos é um dos que vetam o retorno
Pompeu de Matos dever ter cuidado para não cometer injustiças. Em 2004 ele afirmou ser vítima de injustiça quando teve que renunciar a presidência do Partido.

É imperdível este livro de Pippi da Motta, “A Mesa do Gaúcho”

É imperdível o livro a cores, papel couchê 120 gramas, capa dura,  de Pippi da Motta, intitulado “A Mesa do Gaúcho”, com fotos de Luiz Ventura, edição da Confraria da Construção.

. Boa parte do livro reproduz receitas de personalidades gaúchas. O “Joelho de Porco Assado”, obra de Eduardo Maia, é uma das melhores dicas do volume de 150 páginas.

. Um dos patrocinadores do livro é a gaúcha Arquisul.

Rede de supermercados DIA fecha o ano com novas lojas em São Marcos, Gravataí e Viamão

A rede espanhola de supermercados DIA abriu nesta terça-feira sua 26ª. Loja no RS, desta vez em São Marcos. Outras duas serão entregues em Gravatai, dia 20, e Viamão, dia 22.

. A rede tem o diferencial de apresentar 3 mil produtos com preços médios 12% mais baratos do que os da concorrência. Nos casos de produtos da própria marca, a diferença vai a 20%.

- O site da Rede DIA é http://www.dia.com.br/ . No link "lojas" você encontra todas as lojas da Rede.

Vem aí e-book de “Cabo de Guerra”

O editor vai lançar seu livro “Cabo de Guerra” para leitores que possuem iPhone e iPad.

O e-book estará disponível em janeiro.

Maioria derrota e desmoraliza PT, Lula e governo na CPI do Cachoeira

* Clipping www.congressoemfoco.com.br

Depois de sete meses de funcionamento, a CPI do Cachoeira derrubou nesta terça-feira o relatório apresentado pelo deputado Odair Cunha (PT-MG). O texto do relator foi rejeitado por 18 votos a 16. Ele pedia o indiciamento de 29 pessoas e a responsabilização de 12 pessoas que possuem foro privilegiado, como o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), o prefeito de Palmas, Raul Filho (PT) e o deputado Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO). Todos são acusados de terem ligação com o bicheiro Carlinhos Cachoeira no esquema de exploração de jogos ilegais que envolveu agentes públicos e privados.

. A CPI do Cachoeira foi montada pelo PT sob orientação de Lula, que queria constranger a oposição, sobretudo o PSDB, e também fustigar a revista Veja.

CLIQUE AQUI para ler mais. A FOTO acima é de Alexandra Martins, da Agência Câmara.

Polícia prende brigadianos-bandidos que mataram coronel do Doi-Codi

* Clipping www.zerohora.com.br , José Luís Costa

 A Polícia Civil prendeu, no início da manhã desta terça-feira, três pessoas, entre elas dois PMs, sob suspeita de envolvimento no assassinato do coronel reformado do ExércitoJúlio Miguel Molinas Dias, ocorrido em 1º de novembro, em Porto Alegre. Uma quarta pessoa que também estaria envolvida acabou presa cerca de uma hora depois.

. Os PMs são soldados da 3ª Companhia do 11º Batalhão de Polícia Militar (BPM) — na zona norte da Capital —, a unidade responsável pela segurança no bairro Chácara das Pedras, onde vivia o militar. Os PMs estão com prisão temporária decretada pela Justiça por 30 dias por se tratar de crime hediondo.

. Segundo a polícia, os dois PMs teriam arquitetado um assalto à casa do militar com intenção de roubar 23 armas que faziam parte do arsenal particular de Molinas. A dupla já foi investigada pela Corregedoria da Brigada Militar (BM) por suspeita de desvio de armas do quartel. A outra pessoa presa é a namorada de um deles.

CLIQUE AQUI para ler tudo e ver as fotos. O material é todo de Zero Hora. CLIQUE na foto acima, à esquerda, para ver melhor. A foto é de Ronaldo Bernardi, da RBS, e está disponibilizada no site www.zerohora.com.br

Lei dos Royalties - Fux une Congresso contra o STF. Manobra regimental permitirá votar os vetos de Dilma.

- A liminar do ministro Luís Fux acabou unindo todo o Congresso contra o STF, coisa que a decisão desta segunda pela cassação de três deputados mensaleiros não tinha conseguido. A decisão apressada de Fux foi intempestiva e desarrazoada.

O editor falou ao meio dia com congressistas ligados ao DEM e recebeu a informação de que todos os líderes dos Partidos mais os componentes da Mesa do Congresso decidiram dar uma resposta regimental ao Supremo Tribunal Federal, que impediu a votação do veto parcial à lei dos royalties.

. Como se sabe, o ministro Luís Fux, do STF, suspendeu a sessão desta noite que foi convocada pelo presidente do Congresso, José Sarney, para votar os vetos de Dilma.

. A resposta do Congresso será o uso de dispositivo regimental que tornará inútil a liminar de Fux. É que na  sessão conjunta desta terça-feira, às 19 horas, será apresentado um requerimento dos líderes do Senado e da Câmara pedindo que sejam votados os 3060 vetos existentes, em uma sessão única, na quarta-feira, ao meio-dia. Isto quer dizer que aprovado o requerimento, 3059 vetos serão votados em bloco e o veto parcial da Lei dos Royalties será apreciado em separado. Do total de vetos, 51 são totais e 153 parciais, sobre de 204 projetos. O senador Wellington Dias (PI), futuro líder do PT no Senado, disse que há um sentimento muito grande de revolta no Congresso e que por isso eles decidiram dar uma resposta ao STF que na segunda-feira, por meio do ministro Luiz Fux, suspendeu a votação do veto parcial da Lei dos royalties, afirmando que antes o Congresso precisaria votar os mais de 3 mil vetos pendentes.

BIER MARKT
Bier Markt Vom Fass - na Barão do Santo Ângelo 497, ao lado do Leopoldina.
Bier Markt  - também na Castro Alves 452, três vezes seguidas "A Melhor Carta de Cervejas", segundo Veja (2010, 2011 e 2012). O melhor lugar para seu Happy Hour.

Má qualidade de serviços derruba o crescimento do Brasil

O setor de serviços, que representa hoje quase 70% da economia brasileira, é o principal responsável pelo crescimento do país ter despencado a partir dos anos 80. Enquanto a produtividade do setor de serviços na Coreia do Sul subiu 123% entre 1950 e 2005, a do Brasil caiu 9% no mesmo período. Em 1950, a Coreia era menos desenvolvida que o Brasil e hoje é o exemplo mais marcante de país pobre que se tornou rico no pós-guerra. O péssimo desempenho da produtividade no setor de serviços brasileiro é um dos temas do livro Desenvolvimento Econômico: uma perspectiva brasileira, que chegou na semana passada às livrarias. O problema continua atual. Os serviços, que tiveram crescimento zero no terceiro trimestre, voltam a ameaçar o crescimento da economia brasileira, mesmo a um ritmo muito mais modesto do que o do período de 1950 a 1980.

. O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro cresceu a uma média anual de 7,4% nos 31 anos de 1950 a 1980, e a uma média de 2,7% em igual número de anos entre 1981 e 2011. Hoje, a renda per capita brasileira é cinco vezes maior do que a de 1950. Se o Brasil tivesse mantido o ritmo de crescimento de 1950 a 1980, a renda per capita teria aumentado 14 vezes.

Serviços - Segundo o economista Fernando Veloso, um dos organizadores e coautor de dois capítulos do livro, "a razão principal pela qual o Brasil parou de crescer na década de 80 é que a produtividade do setor de serviços desabou". O setor de serviços é responsável hoje por 67% do PIB e abriga quase 70% dos trabalhadores brasileiros.Veloso, pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getúlio Vargas (FGV) no Rio, considera que o fiasco na produtividade do setor de serviços no Brasil deve-se a carências históricas de educação. De 1950 a 1980, a economia cresceu com a transferência de trabalhadores da agropecuária, menos produtiva, para os outros setores. A partir de 1980, o crescimento passou a depender mais do aumento da produtividade, isto é, da eficiência.

Quadro - Em 1965, um trabalhador do setor de serviços da Coreia do Sul produzia em média o equivalente 13.950 dólares por ano, e um trabalhador brasileiro do mesmo setor produzia 21.437 dólares. Em 1980, o produto médio do trabalhador coreano subiu 39%, para 19.040 dólares, e o do brasileiro elevou-se 51%, para 32.264 dólares.  

A partir daí, porém, o quadro mudou. A produtividade do trabalhador coreano em serviços continuou a crescer, e em 2005 (último dado da série) ele produzia o equivalente a 31.163 dólares por ano, 60,1% a mais do que em 1980, e 123% a mais do que em 1965. Já a produtividade do trabalhador brasileiro em serviços despencou quase 40%, e em 2005 o produto anual médio caiu para 19.481 dólares - 9% menor, até mesmo, que o de 1965.

* Clipping Estadão

Ministério da Agricultura diz que acabou embargo russo para carne do MGr, Paraná e RS

O secretário de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Célio Porto, reafirmou ainda ontem, que o serviço sanitário russo, o Rosselkznador, concordou em levantar o embargo imposto há 18 meses às carnes de Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul. O que falta, enfatiza Porto, é a liberação dos frigoríficos que ainda não podem vender ao país, o que ocorrerá após a análise de relatórios técnicos de cada planta pelos veterinários russos. Ainda ontem, no entanto, o Paraná entrou na “lista proibida” do Egito. Na semana passada, em entrevista coletiva em Moscou, a presidente Dilma Rousseff considerou um equívoco o anúncio da suspensão do embargo russo pelo Ministério da Agricultura. Célio Porto, que estava com a comitiva em Moscou, salientou que não ouviu a frase dita pela presidente e explicou que havia de fato expectativa de que “o gesto concreto” de reabilitação dos frigoríficos ocorresse durante a visita, o que não ocorreu.

O secretário comentou que no anúncio do fim do embargo, feito durante entrevista coletiva no final dia 28 de novembro, o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Ênio Marques, apenas relatou o que havia sido acertado em reunião realizada na semana anterior em Moscou com o chefe Rosselkznador, Sergey Dankvert. Segundo Porto, na ocasião o veterinário russo garantiu que o embargo estava suspenso, mas não assegurava que todos estabelecimentos seriam reabilitados, porque isso dependeria de novas informações sobre as plantas.

CLIQUE AQUI para ler mais, porque existem outras informações relevantes nesta matéria da Gazeta do Povo, Curitiba, Paraná, edição de hoje, terça-feira.

Medabil decide investir R$ 300 milhões e dobrar faturamento atual anual de R$ 1 bilhão

Alcançada a marca de R$ 1 bilhão em faturamento em 2012, a Medabil pretende dobrar o valor em até três anos, para então abrir capital. Para tanto, investirá em torno de R$ 300 milhões nos próximos dois anos, incluindo aportes da CRP Companhia de Participações, que adquiriu 7% da empresa. Uma das alavancas de crescimento será a Medabil Multiandares, no município de Serra, no Espírito Santo. Embora já opere há cerca de sete meses, a fábrica será inaugura em março ou abril do ano que vem. Segundo o presidente da empresa, César Bilibio, a projeção é que nova unidade represente 30% do faturamento. "Nossas projeções apontam um crescimento muito forte em estruturas metálicas, que hoje respondem por 2% do mercado total", afirma o empresário, ressaltando que a escassez de mão de obra estimulará a demanda neste segmento. A expansão da empresa também passa pelo mercado externo, responsável por 20% do faturamento da Medabil que vende para toda a América do Sul, mais a América Central, África e parte da Turquia. Conforme Bilibio, a duplicação prevista inclui aquisições e também a implantação de uma unidade no exterior. Atualmente, a empresa tem duas fábricas em Nova Bassano, a unidade do Espírito Santo e a Açotec, em Chapecó, Santa Catarina. São 100 mil toneladas de aço processados anualmente e 3 mil empregados.

* Clipping O Sul, by Denise Nunes.

Tarso obriga deputados a votar um projeto a cada 20 minutos a partir desta tarde

Cinquenta e duas matérias estão aptas para votação na sessão plenária desta terça-feira. Dessas, 32 estão em regime de urgência e trancam a pauta de votações, como o PL 266 2012, do Executivo, que autoriza a venda de bebidas alcoólicas no Beira-Rio durante os jogos da Copa do Mundo.

. Como a Assembleia do RS somente funcionará esta tarde, terça, quarta e quinta de manhã, isto significa que os deputados trabalharão algo como 20 horas em plenário, já que na quinta-feira a tarde entrarão necessariamente em recesso.

. Se o cálculo estiver correto, a Assembléia do RS discutirá e votará um projeto a cada 20 minutos. Tratga-se de um recorde universal. 23 dos 37 projetos do Pacotarso III só propõem novas despesas, decorrentes da criação e legalização de dezenas de CCs, FGs, diretorias, todas de livre nomeação.

- Este enorme atropelo decorre da imposição de regime de urgência imposto pelo governo Tarso Genro ao Pacotarso III, que não permitiu sequer exame sério de projetos de enorme repercussão, como é o polêmico Regime Diferenciado de Contratações, uma lei que atropela a Lei de Licitações e permite que o governo faça contratações como bem entender. O governo Tarso Genro transforma os deputados em meros carimbadores de projetos, atropelando a minoria com sua domesticada maioria de 32 deputados sobre 55.

CLIQUE AQUI para examinar os 37 projetos do Pacotarso III.

Tribunal de Contas condena secretário da Agricultura de Tarso

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) impôs multa de R$ 1,5 mil ao secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Agronegócio, Luiz Fernando Mainardi. O ex-prefeito de Bagé teria realizado a dispensa de licitação para contratar uma empresa que forneceu equipamentos e mão-de-obra para operação da bilheteria durante a Expointer 2011 em desconformidade com a legislação.

. O problema teve origem em Inspeção Especial que o TCE realizou na Seapa, após representação do Ministério Público de Contas. De acordo com o relatório do conselheiro Marco Peixoto, foi constatado que houve inobservância das normas constitucionais e legais que regulam a gestão administrativa.

. Na avaliação de Mainardi, a condenação se deve ao formalismo dos julgadores. , garantindo que vai recorrer da multa para provar que não havia outra alternativa a não ser adotar, excepcionalmente, a dispensa de licitação, possibilidade prevista em Lei. Em 2012, a contratação se deu através de licitação.