Vândalos tocam fogo em furgão da TV Record e tentam invadir prefeitura do PT em SP

Cerca de 50 mil manifestantes --segundo medição do Datafolha-- voltaram às ruas da capital paulista para participar do sexto grande ato contra o aumento da tarifa de ônibus, realizado na região central de São Paulo, na noite desta terça-feira-feira. A estimativa da PM era que, às 18h30, ao menos 10.000 pessoas participavam do ato. Por volta das 18h45, um pequeno grupo tentou invadir a sede da Prefeitura de São Paulo, que fica no viaduto do Chá, mas a GCM (Guarda Civil Metropolitana) o impediu.

. As grades de proteção do local foram retiradas pelos manifestantes, que se aproximaram do cordão de isolamento da GCM. Objetos foram atirados contra os agentes, que só reagiram com gás de pimenta e bombas de efeito moral quando o grupo se aproximou da entrada principal. Cinco portas de vidro foram depredadas durante a ação. O grupo de manifestantes radicais pichou as paredes da prefeitura, quebrou vidros laterais do prédio, e também pichou, depredou e ateou fogo em um carro da Record, além de quebrar os vidros de uma agência bancária do Itaú. Uma base da PM, que fica em frente à prefeitura, também foi queimada.

. A minoria que lançou pedras e paus contra as janelas laterais do prédio, só parou com a depredação quando a maioria gritava em coro: "sem vandalismo, sem vandalismo". Os considerados vândalos tentaram ainda arrombar uma porta de madeira e jogaram um paralelepípedo em um carro que estava estacionado no local. (Foto: Fabio Braga/Folhapress)

Entrevista, Suzana Kakuta - Saiba mais sobre o Tecnosinos

Suzana Kakuta, CEO do Tecnosinos, São Leopoldo, RS

Quantos Pólos Tecnológicos possui o RS?
São 12, mas implantados mesmo são três. O Tecnosinos fica em São Leopoldo, na Unisinos. Em julho, completaremos 14 anos. Nascemos como pólo de informática e não como pólo de tecnologia.

Quantas pessoas trabalham aí?
4 mil. São 75 empresas de 10 Países diferentes.

No RS, muita gente trabalha na área de alta tecnologia?
Calculo o total em 15 mil.

É muito pouco para 13 milhões de habitantes.
Mas é isso aí. Mas é uma área altamente promissora. 

Democratas querem que governo Dilma explique-se sobre espionagem ao governador Campos, Pernambuco

CLIQUE AQUI para examinar a reação dos líderes do PSB,
inclusive o deputado gaúcho Beto Albuquerque.

Os deputados do DEM Onyx Lorenzoni (RS) e Mendonça Filho (PE) protocolaram requerimentos de convocação dos ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo, e do Gabinete de Segurança Institucional, o general José Elito Carvalho Siqueira, nas comissões de Finanças e Tributação, Fiscalização Financeira e Controle, Relações Exteriores e Constituição e Justiça. Os parlamentares pediram, ainda, o comparecimento do diretor-geral da Abin, Wilson Roberto Trezza, e dos agentes Mário Ricardo Dias de Santana, Nilton de Oliveira Cunha Junior, Renato Carvalho Raposo de Melo e Edmilson Monteiro da Silva, apontados como responsáveis por monitorar atos que pudesse ser utilizados contra Eduardo Campos. O comparecimento da ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, também foi requisitado pelos deputados para que ela explique possíveis chantagens sofridas em votações no Congresso. 

. “Com o temor de que a Abin esteja sendo usada com objetivos meramente políticos, afastando-se dos fins institucionais para os quais foi criada, é necessário que as comissões ouçam o ministro do GSI e demais envolvidos na Abin”, justificam os parlamentares nos requerimentos. Eles lembraram que outra denúncia do jornal O Estado de S. Paulo mostrou, em abril deste ano, que uma operação da agência monitorou a movimentação no porto de Suape em um momento em que Campos e a presidente Dilma estavam em lados opostos na discussão da MP dos Portos.  

. Os documentos têm de ser aprovados pela maioria dos deputados titulares das comissões para que os ministros tenham de participar de audiência. 

Tribunal de Justiça julga inconstitucional (23 x 1) lei que criou o Imesf em Porto Alegre

Por 23 x 1, o Tribunal de Justiça do RS julgou inconstitucional a lei municipal que criou o Imesf, criado pela prefeitura de Porto Alegre para gerir o sistema público de saúde, o SUS. A ADI foi ajuizada pelo Fórum em Defesa do SUS. 

NESTA TERÇA-FEIRA À NOITE: O MELHOR DE VEJA EM CHOPE E CERVEJA. PORTO ALEGRE. 
Bier Markt e Bier Markt Vom Fass - 1° lugar de Veja
As trinta torneiras do Vom Fass e também as do Bier Markt, servem chopes de várias partes do mundo, todos à base exclusiva de lúpulo, cevada, malte e água. Nada de serpentinas. Barris são refrigerados na câmara fria que fica por trás do painel. De lá, vão para copos harmonizados, através de injeção de oxigênio e nitrogênio. Também cervejas artesanais de várias partes do mundo. Não há nada igual no Brasil.
Na Barão do Santo Ângelo 497 e na Castro Alves, 452, Porto Alegre
WWW.BIERMARKT.COM.BR

Feira Brasileira do Varejo será dia 10 de julho em Porto Alegre

Será dia 10 de julho a Febravar, Feira Brasileira do Varejo,  Centro de Eventos do Plaza, Porto Alegre. Adesões por eventos@febravar@febravar.com.br O evento é realizado pelo Sindilojas de Porto Alegre. Informes em www.febravar.com.br

Assustada com a crise, Dilma corre para São Paulo em busca da proteção de Lula

A charge ao lado mostra uma Dilma bem assustada com a crise. Como a presidente não tem valor político e eleitoral próprios, percebe que sua base de apoio poderá deixá-la no mais completo isolamento, disposto até mesmo a sacrificá-la no altar mor da Pátria, desde que isto possa conter a voz cada vez menos roucas das ruas. O País vive uma crise de grandes proporções, inédita e de resultados imprevisíveis, porque os objetivos vão se refinando a cada hora e se materializando nas más ações do governo e do seu Partido.

O site Brasil247, geralmente alinhado com as posições do PT e do governo Lula, informou esta tarde que a presidente Dilma Rousseff partiu para São Paulo para encontrar o ex-presidente Lula e debater a onda de protestos pelo país. Segundo o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, que parece ser muito mais mentor do que mediador nos conflitos, "seria pretensão achar que a gente compreende o que está acontecendo". Ontem, Lula comentou os protestos de São Paulo pelo Facebook: "Tenho certeza que dentre os manifestantes, a maioria tem disposição de ajudar a construir uma solução para o transporte urbano"

Protesto nacional ganhou alvo: Avaaz quer reunir 5 milhões de assinaturas por impeachment de Dilma

Nas redes sociais, o "Fora Dilma", como o material ao lado, bate recordes de visualizações. 

* Avaaz diz que os brasileiros estão cansados de hipocrisia
* A presidente Dilma, que foi eleita pelo povo brasileiro, está traindo o povo e dando continuidade ao idealismo esdrúxulo do PT', diz a petição.

 A rede de ativistas Avaaz, que promove petições online em diversos locais do mundo, pretende reunir 5 milhões de assinaturas digitais para pedir o impeachment da presidente Dilma Rousseff. No final da manhã desta terça-feira, quase 140 mil pessoas haviam aderido à campanha "para acabar com a corrupção, desvio de dinheiro público, sucateamento da saúde, das estradas, da educação, segurança pública e outros", conforme o site. Leia mais sobre a petição:

"O PT, Partido dos Trabalhadores, hoje representado pela presidente Dilma, trouxe o mal estar para nação. A presidente Dilma, que foi eleita pelo povo brasileiro, está traindo o povo e dando continuidade ao idealismo esdrúxulo do PT. A Copa do Mundo comeu bilhões de reais que poderiam ter sido aplicados na saúde, na educação e em infra-estrutura. Nós brasileiros, estamos cansados dessa hipocrisia", manifestou o Avaaz na petição. Hoje, a presidente garantiu que seu governo está atento às pressões sociais das ruas, decorrentes da onda de protestos contra o aumento das tarifas do transporte público no País. A presidente falou pela primeira vez sobre as manifestações que vêm ocorrendo em diversas cidades do Brasil nos últimos dias e defendeu o povo, afirmando que "essas vozes precisam ser ouvidas".

Fortunati decreta o fim do PAC da Copa em Porto Alegre. Como ficam os outros municípios e Estados?

- O rompimento com o PAC da Copa não se deve apenas a episódios como os do abastecimento de areia para as obras em andamento em Porto Alegre. Acontece que a Caixa Federal não libera o dinheiro na velocidade exigida e prometida por Dilma, o que esvaiu os cofres da prefeitura. Ela iria ter que parar ou reduzir drasticamente as obras, por falta total de caixa. José Fortunati não disse se avisou Dilma. O fato é que o anúncio que fez poderá incentivar outros prefeitos e governadores a fazer a mesma coisa, desmoralizando de vez o PAC da Copa e erodindo todos os demais PACs. É uma desmoralização para todo mundo.

O prefeito José Fortunati, Porto Alegre, concedeu nesta manhã uma das mais consistentes entrevistas desde que foi para o Paço Municipal. Logo abaixo, você poderá examinar o que ele anunciou em primeira mão para a Rádio Gaúcha, logo no início da manhã (redução dos preços das passagens de ônibus). Leia o que mais ele disse, desta vez sobre o PAC da Copa, anunciado com enorme pompa e circunstância por Dilma Rousseff pouco antes das eleições presidenciais (o texto é do site www.zerohora.com.br): "A prefeitura de Porto Alegre decidiu retirar todas as obras da cidade do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Copa do Mundo 2014. A informação foi passada pelo prefeito José Fortunati em entrevista ao programa Gaúcha Atualidade, da Rádio Gaúcha.

— Estamos colocando (as obras) no PAC normal. Com isso, não temos mais o compromisso de entregá-las até junho do ano que vem. Não ficaremos à mercê da chantagem, como no caso da extração de areia. Vamos continuar com o mesmo calendário, o mesmo cronograma, o mesmo financiamento. 

Apesar do rompimento com o programa do governo federal para o Mundial do ano que vem, o prefeito garante que nenhuma obra irá parar. Ele citou o exemplo da duplicação da Avenida Tronco, onde mil habitações deveriam ser entregues até o início dos jogos. Como isso não será possível, segundo Fortunati, não há motivo para manter o projeto do Planalto.

— São obras para a cidade de Porto Alegre. Nenhuma vai parar, não estamos desistindo delas. A nossa relação não é mais com a Copa do Mundo — decretou.

Dilma adota tom ufanista, tenta descolar da condição de alvo e ainda diz o que ela mesma deveria fazer para melhorar

 Nesta terça-feira o site da revista Veja informa que um dia depois do protesto que levou milhares de brasileiros às ruas, a presidente Dilma Rousseff adotou um tom ufanista e tentou se descolar das manifestações desta segunda-feira como se o seu governo não fosse responsável por boa parte do cardápio de reivindicações - como melhorias nas áreas de saúde, educação, transportes e o fim da corrupção na gestão pública.

. As tarefas sobre as quais fala Dilma Roussef são quase todas de sua responsabilidade, mas ela fala como se fossem responsabilidade do governador Alckmin.

. O editor registrou mais o seguinte material do site de Veja, que é muito analítico, a não ser pelo último parágrafo, meramente informativo:

O Brasil hoje acordou mais forte. A grandeza das manifestações de ontem comprovam a energia da nossa democracia, a força da voz das ruas e o civismo da nossa população. É bom ver tantos jovens e adultos, o neto, o pais, o avô juntos com a bandeira do Brasil cantando o hino nacional, dizendo com orgulho ‘eu sou brasileiro’ e defendendo um país melhor. O Brasil tem orgulho deles”, disse a presidente, após anunciar o envio de projetos de lei ao Congresso sobre o novo marco regulatório da mineração.Nas últimas semanas, auxiliares que articulam a campanha à reeleição de Dilma, comandados pelo marqueteiro João Santana, começaram a traçar uma estratégia para tentar reverter a onda negativa que ronda o governo e já afeta os índices de opularidadeda presidente. Agora, a preocupação é que as manifestações pelo país não piorem o cenário. No início da tarde desta terça, Dilma embarcou para uma reunião - não prevista em sua agenda - com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em São Paulo.  Diante de problemas na economia e turbulências na sua base política, Dilma tem intensificado o anúncio de medidas de apelo popular, passou a viajar mais pelo país, aumentou sua exposição nas cadeias de rádio e TV e passou a discursar mais vezes, e por mais tempo, em eventos da Presidência - o que garante exibição no noticiário.

. Vandalismo - A presidente também criticou episódios de vandalismo e depredações que marcaram algumas passeatas pelo país nas últimas semanas - nesta segunda, especialmente no Rio de Janeiro, em Porto Alegre e Belo Horizonte. “Sabemos, governo e sociedade, que toda violência é destrutiva, lamentável e só gera mais violência. Não podemos aceitar jamais conviver com ela. Isso, no entanto, não ofusca o espírito pacífico das pessoas que ontem foram às ruas democraticamente pedir pelos seus direitos”, disse.

Dilma afirmou ainda que “essas vozes das ruas precisam ser ouvidas” porque são apartidárias. “Todos nós estamos diante de novos desafios. Quem foi ontem às ruas quer mais. As vozes das ruas querem mais. Mais cidadania, mais saúde, mais educação, mais transporte, mais oportunidades”, concluiu.

P-63, US$ 1,3 bilhão, saiu hoje dos estaleiros da Quip em Rio Grande

Ao lado, a P-63, quando ainda estava em construção em Rio Grande.



O navio-plataforma P-63, US$ 1,3 bilhão, saiu nesta terça-feira (18/06), do Canteiro Quip/Honório Bicalho, localizado na cidade de Rio Grande (RS), após serem concluídos os serviços de integração dos módulos e comissionamento da plataforma. A P-63 está entre as novas     unidades que entrarão em operação em 2013, contribuindo para o aumento da produção de petróleo na Petrobras e o alcance da meta de produção de 2,75 milhões de barris por dia, prevista para 2017. Com capacidade para processar 140 mil barris/dia de óleo e comprimir 1 milhão de m3/dia de gás, a unidade irá para o campo de Papa-Terra, no pós-sal da Bacia de Campos, operado pela Petrobras (62,5%) em parceria com a Chevron (37,5%).

. A P-63 foi convertida em um FPSO a partir do navio-tanque BW Nisa, no Estaleiro Cosco, na China. A unidade chegou ao Brasil em janeiro deste ano para passar pelas últimas etapas de construção. Ao todo foram instalados e interligados 23 módulos da planta de processo. Os serviços  executados pelo consórcio formado pela Quip (Queiroz Galvão, UTC, Iesa e Camargo Correa) e a BWOffshore empregaram, no pico das obras, cerca de 1.500 trabalhadores.

O FPSO P-63 atuará junto à plataforma P-61, primeira do tipo TLWP (Tension Leg Wellhead Plataform) construída no Brasil, que está em fase final de obra em Angra dos Reis (RJ). As unidades compõem o Projeto Papa-Terra, que prevê a perfuração, completação e interligação das unidades a 30 poços produtores de petróleo. Toda a produção da P-61 será transferida para o FPSO P-63, responsável pelo processamento, armazenamento e transferência do óleo extraído.Em função da necessidade de alteração do layout submarino dos poços, para atendimento a condicionantes do processo de licenciamento ambiental, serão realizadas obras complementares na P-63 na Ilha de Santana, em Macaé (RJ).

 Dados Técnicos
 Dimensões do casco (compr. x larg. x alt.): 340 m x 58 m x 28 m
 Acomodações: para 110 pessoas
 Peso total do Topside (convés/módulos): 18.500 toneladas
 Conteúdo Local da Unidade Estacionária de Produção: 65%
 Produção de Petróleo: 140 mil barris por dia
 Compressão de Gás: 1 milhão de m3 por dia
 Injeção de água: 340 mil barris por dia

 Investimento: US$ 1,3 bilhões

Honda promove recall de carros modelo 2006

A Honda Automóveis do Brasil Ltda. inicia Campanha de Chamamento para a substituição do servo freio dos veículos Honda Civic, ano/modelo 2006. De acordo com a empresa, o recall, com início em 17 de junho de 2013, abrange 541 (quinhentos e quarenta e um) veículos, com numeração de chassi compreendida entre os intervalos 93HES16Z111937 a 93HES16Z112546.

. Quanto aos riscos à saúde e à segurança, a empresa destacou que, “devido a uma falha de vedação do servo freio”, há possibilidade de perda da eficácia do freio, com risco de acidentes com possíveis danos físicos e materiais aos ocupantes e/ou terceiros.

- Informações maiores: telefone 0800 701 3432, ou pelo site www.honda.com.br/recall/autos. Detalhes sobre a campanha de chamamento também estão disponíveis no site do Ministério da Justiça – www.mj.gov.br 

NESTA TERÇA-FEIRA À NOITE: O MELHOR DE VEJA EM CHOPE E CERVEJA. PORTO ALEGRE. 
Bier Markt e Bier Markt Vom Fass - 1° lugar de Veja
As trinta torneiras do Vom Fass e também as do Bier Markt, servem chopes de várias partes do mundo, todos à base exclusiva de lúpulo, cevada, malte e água. Nada de serpentinas. Barris são refrigerados na câmara fria que fica por trás do painel. De lá, vão para copos harmonizados, através de injeção de oxigênio e nitrogênio. Também cervejas artesanais de várias partes do mundo. Não há nada igual no Brasil.
Na Barão do Santo Ângelo 497 e na Castro Alves, 452, Porto Alegre
WWW.BIERMARKT.COM.BR

Dólar abriu cotado em R$ 2,18, mas BC interveio e conteve a alta. As 10h49m, preço foi a R$ 2,16.

Depois de o dólar abrir o pregão desta terça-feira cotado a 2,1823 reais, com alta de 0,74%, o Banco Central (BC) fez dois leilões de swap cambial (equivalente à venda de dólares no mercado futuro) e conteve a alta da moeda norte-americana. Às 10h49 (Brasília), o dólar era cotado a 2,16 reais.

. Nos primeiros minutos do pregão, a alta do dólar se intensificou para 0,81% (2,1838 reais).

Presidente da Fundação Dom Cabral falará na Federasul nesta quarta ao meio dia

O Tá na Mesa da Federasul, Porto Alegre, vai receber o presidente da Fundação Dom Cabral, Wagner Velloso, que falará sobre “Inovação em Educação Executiva – Tendências Globais”, na quarta-feira (19/06). O evento inicia-se às 12h, no Palácio do Comércio, no Largo Visconde de Cairu, 17, no Centro de Porto Alegre.

Saiba quem é o quinteto alojado no Palácio do Planalto, acusado pelo governador pela violência em Brasília

CLIQUE AQUI para examinar o manifesto assinado pelo grupo, quando cada um deles ingressou no PSOL, dispostos a fazer a revolução planejada. A ONG Brasil em Desenvolvimento, braço do PSOL, leva dinheiro grosso do governo federal. 

Estes são os cinco ocupantes de Cargos em Comissão, portanto de livre nomeação, que de dentro do Palácio do Planalto organizaram grupos mercenários para agir com violência nas manifestações de Brasília, segundo denúncia do próprio governador Agnelo Queiroz, que é do PT. São todos do mesmo grupo político, ligados ao PSOL, e tendo como mentor o secretário Geral da Presidência, Gilberto Carvalho.

Danniel Gobbi, 25 anos, Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, graduado em Relações Internacionais pela UnB
Secretaria Geral da Presidência da República

Gabriel Santos Elias é um Mineiro que nasceu em Carajás, no Pará, mas mantém a família e o coração em Mariana (MG). Formado em Ciência Política
Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República

Gustavo Moreira Capela, natural do Rio de Janeiro – RJ, é mestrando em Direito pela Universidade de Brasília e angustiado por natureza. Morou fora do Brasil por 7 anos (em NY e nas Ilhas Cayman
Subprocuradoria Geral da Presidência da República

Mayra Cardozo de Souza
Brasiliense. É mestre em Direito Penal, Criminologia e Política Criminal pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro, sob a orientação do Professor Juarez Tavares, com pesquisa a respeito da criminalização da pobreza.
Secretaria Executiva da Casa Civil, Presidência da República

João Vitor.
Subsecretaria de Assuntos Jurídicos da Presidência da República

Leia, também, esta nota curiosa da Agência Brasil, desta terça:
Agência Brasil havia informado que autoridades do GDF disseramque um ex-assessor da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, exonerado há cerca de um mês, foi preso na madrugada de sábado após cortar fios de um semáforo na W3 Sul; "Diferentemente do informado, o ex-assessor da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República Gabriel Elias não foi preso", retifica a agência

Atrevido, quinteto alojado dentro do Palácio do Planalto é acusado por Queiroz pelas violências em Brasília

- Revolução comunista planejada, é como trabalha o quinteto alojado dentro do próprio Palácio do Planalto, com  pleno conhecimento do mentor intelectual de todos eles, o secretário Geral da Presidência, Gilberto Carvalho. Não é por acaso que o ministro tem aparecido como "interlocutor" do governo no caso, já que na verdade é ele o "mentor" dos que operam de modo mercenário e mais violento nas manifestações, conforme conta a seguir seu próprio companheiro de Partido, o governador Agnelo Queiroz, que o desmascarou nesta terça-feira, ao vivo e a cores, via Rede Globo (Jornal Nacional). Os jovens revolucionários são todos ligados ao PSOL, membros da ONG Brasil em Desenvolvimento, que leva dinheiro grosso da secretaria Geral da Presidência. São todos companheiros da gaúcha Luciana Genro, também do PSOL. 

CLIQUE AQUI para examinar em detalhes as denúncias do governador de Brasília. 

A polícia chegou aos nomes do Palácio do Planalto após ouvir quatro manifestantes que foram detidos. Um deles é o motorista do caminhão que levou pneus que foram queimados durante o protesto. No depoimento, o motorista disse que recebeu R$ 250 para fazer o transporte.

O quinteto é atrevido, nega a condição de mercenários e de violentos, mas teoriza como gente bem politizada:
- Todo servidor público tem os direitos civis e políticos garantidos”, disse o estudante Gabriel dos Santos Elias.

. O governador do Distrito Federal disse que a manifestação violenta da semana passada foi paga. “Está comprovado agora que foi uma ação paga para fazer uma manifestação”, afirmou Agnelo Queiroz.

CLIQUE AQUI para saber como opera a ONG Brasil em Desenvolvimento, via site deles mesmos. 

Grito de guerra em São Paulo: "O povo unido não precisa de Partido. Sem Partido, sem Partido"

(Datafolha/Folha de SP, 18) Das mais de 65 mil pessoas que protestaram ontem em S. Paulo, 84% não têm preferência partidária. Gritando frases como "O povo unido não precisa de partido" e "Sem partido, sem partido" os manifestantes se reuniram de forma pacífica. De acordo com o Datafolha, 71% dos presentes participaram ontem pela primeira vez do protesto. A maioria tem entre 26 e 35 anos e 81% se informaram do ato pelo Facebook. No total, 85% dos presentes buscaram informações pela internet.

- Leia, a seguir, análise de Fernando Rodrigues sobre o mesmo assunto. 

Porto Alegre anuncia redução no preço das passagens de ônibus. Fortunati pede que Tarso também ajude, reduzindo impostos.

- Pelo menos seis ônibus foram depredados durante o protesto da noite passada em Porto Alegre

Um dia depois do maior protesto desde o início da mobilização contra o aumento da passagem de ônibus de Porto Alegre para R$ 3,05, o prefeito José Fortunati anunciou nesta manhã no programa da RBS, Gaúcha Atualidade, que reduzirá o preço das passagens. O executivo municipal irá remeter à Câmara Municipal projeto isentando do ISS o transporte coletivo. O impacto nas contas municipais será de R$ 15 milhões por ano.

. A prefeitura reduzirá a tarifa para R$ 2,80 assim que for  liberada pelo Tribunal de Justiça. Fortunati pediu que o governador Tarso Genro isente do ICMS o óleo diesel para o transporte coletivo. Se aceito, a tarifa chega a R$ 2,75.

- No dia 04 de abril, poucos dias depois do Conselho Municipal de Transportes aprovar a tarifa de R$ 3,05, o Poder Judiciário concedeu liminar em ação da bancada do PSOL na Câmara Municipal. A passagem retornou aos R$ 2,85. Os protestos continuaram. Os manifestantes pediam R$ 2,60, valor que surgiu em cálculo do Ministério Público de Contas. Na semana passada, o Ministério Público Estadual manifestou-se pela manutenção da tarifa reduzida.

Artigo, Fernando Rodrigues - Grandes Partidos não tiram proveito das manifestações de rua

* Clipping Folha de S. Paulo de hoje.

Os milhares de manifestantes que marcharam ontem nas ruas de grandes metrópoles estão divorciados dos grandes partidos políticos.

Nenhuma legenda conseguiu ainda capitalizar a seu favor os protestos. Por essa razão, torna-se imprevisível o desfecho do movimento. Pode resultar em algumas mudanças ou dar em nada.

Até o início da noite de ontem, apesar da invasão da cobertura do prédio do Congresso Nacional, o nível de violência havia caído em relação aos dias anteriores.

É um sinal de que talvez novos líderes estejam surgindo e exercendo influência.

Esse é o primeiro passo para que um movimento espontâneo se torne orgânico.

Só que até agora não há vasos comunicantes com o establishment da política. Dos quatro principais pré-candidatos a presidente em 2014, três são de agremiações tradicionais --Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB).

A última vez que estiveram a favor de um ato público de alguma magnitude foi em 1992, contra o então presidente Fernando Collor.

Já a pré-candidata à Presidência Marina Silva, que está organizando a Rede, é a única cujo discurso flerta com os manifestantes.

Assim como ela, os que marcham não apresentam com grande clareza propostas do ponto de vista prático. Apenas querem um mundo melhor.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

NESTA TERÇA-FEIRA À NOITE: O MELHOR DE VEJA EM CHOPE E CERVEJA. PORTO ALEGRE. 
Bier Markt e Bier Markt Vom Fass - 1° lugar de Veja
As trinta torneiras do Vom Fass e também as do Bier Markt, servem chopes de várias partes do mundo, todos à base exclusiva de lúpulo, cevada, malte e água. Nada de serpentinas. Barris são refrigerados na câmara fria que fica por trás do painel. De lá, vão para copos harmonizados, através de injeção de oxigênio e nitrogênio. Também cervejas artesanais de várias partes do mundo. Não há nada igual no Brasil.
Na Barão do Santo Ângelo 497 e na Castro Alves, 452, Porto Alegre
WWW.BIERMARKT.COM.BR