PMDB está a um passo da ruptura com Dilma. Até o PT reclama do Planalto.

Até o presidente do PMDB, Valdir Raupp (PMDB-RO), critica governo por falta de atenção com o principal partido da base: "Nunca vi base tão fragmentada".

. Raupp falou no retorno das atividades do Senado.

. No PT, o deputado Ricardo Berzoini, que foi presidente do Partido, disse que a culpa pela situação é de Dilma Rousseff, que não faz o dever de casa, não dialoga e cria problemas para seus próprios deputados e senadores.

. Os peemedebistas se revezaram na tribuna em ataques ao Planalto. O senador Roberto Requião afirmou que o PMDB se tornou um "partido auxiliar" do governo e não é mais "ouvido para nada!". O deputado  Ricardo Ferraço disse que PMDB deveria renunciar aos cargos que ocupa no governo para permitir a redução nos ministérios. 

Dirigente do Partido de Marina foi quem vandalizou o Itamaraty. Mas ele pediu desculpas.

Um membro da Comissão Executiva Nacional da Rede Sustentabilidade, partido que a ex-senadora Marina Silva tenta criar para disputar a presidência da República, em 2014, foi um dos líderes dos atos de vandalismo que chocaram o País no dia 20 de junho, quando o Itamaraty foi depredado. Seu nome é Pedro Piccolo Contesini (foto à esquerda, com Marina).  "O que me resta é dizer a verdade, como estou fazendo aqui, e reconhecer meus atos. Peço desculpas sinceras a todos os companheiros e companheiras da Rede. Reafirmo que continuarei sendo um “enredado” convicto, persistente e esperançoso", disse o vândalo fisgado pela rede da polícia. O texto é do site www.basil247.com.br

Bloco dos Pelados protesta, picha e depreda (vandaliza) diante da casa de Fortunati e queima boneco do prefeito

CLIQUE AQUI para identificar (video) cada um dos integrantes principais do chamado Bloco de Luta pelo Passe Livre, conforme eles mesmos se apresentaram no plenário da Câmara de Porto Alegre, durante atos de ocupação, vandalismo ("Maconha, rock and roll e sexo", segundo o presidente, dr. Thiago). São todos representantes de Partidos (PT, PSOL e PSTU e organizações alinhadas fixos ou eventuais com o governo Tarso Genro e opositores do PDT e do prefeito. 

Apenas 300 manifestantes, os mesmos de sempre, e igualmente pretendendo falar em nome de 11 milhões de gaúchos,  do chamado Bloco de Luta pelo Passe Livre, também chamado Bloco dos Pelados, liderado por ativistas do PSOL, PT e PSTU, além de anarquistas e outros grupos de menor expressão, todos de esquerda e extrema esquerda, reuniram-se na noite desta quinta diante do apartamento do prefeito José Fortunati, na Praça da Matriz.  Alguns deles queimaram um boneco com a cara do prefeito, picharam o edifício e depois depredaram uma lanchonete do Mc Donald's das imediações. Nas depredações, os bandidos estavam mascarados. Bombeiros se deslocaram até o local.

. Em coro, os manifestantes bradam "Fortunati, eu quero ver o passe livre em Porto Alegre acontecer". O protesto é para pedir o envio do projeto de passagem gratuita à Câmara de Vereadores de Porto Alegre, que há duas semanas foi ocupada pelos mesmos manifestantes de agora. 

Sírio constata que doença de Sarney é dengue. O senador sofre e está com febre.

Os médicos do Hospital Sírio-Libanês diagnosticaram há pouco que a verdadeira doença que levou Sarney ao hospital do maranhão é dengue. Ele continua internado com fortes dores e febre. 

Dólar ultrapassa a casa dos R$ 2,30

Fechamento, quinta, em alta:

Dólar Comercial: R$ 2,3042
Dólar Turismo: R$ 2,3600

Euro: R$ 3,0444 

Cenários ouve, durante uma hora, o Presidente da AGAS, Antônio Longo

Balança comercial de julho apresentou o pior resultado da história do Brasil

A balança comercial brasileira, que mostra a diferença entre as importações e as exportações do país, registrou deficit de US$ 1,9 bilhão em julho, o pior resultado -para o mês- da série histórica, iniciada em 1993, segundo informação passada há pouco pelo site www.uol.com.br, que também faz a análise do que ocorreu (no último parágrafo).  Com isso, o saldo comercial no acumulado do ano ficou negativo em US$ 5 bilhões, também um recorde histórico. Antes, o maior deficit havia sido registrado em 1995, quando o saldo ficou negativo em US$ 4,2 bilhões nos primeiros sete meses do ano.Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (1) pelo Mdic (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior).

. No mesmo período do ano passado, o saldo ficou positivo em US$ 9,9 bilhões.

- O país já abriu o ano com perspectiva de deficit nos primeiros meses diante do atraso no registro de importações de combustíveis da Petrobras no valor de US$ 4,5 bilhões. As operações de compra da estatal foram feitas ao longo do segundo semestre de 2012, mas contabilizadas apenas este ano devido a uma mudança nas regras de registro da Receita Federal. Além disso, houve queda na venda de commodities importantes, como petróleo. Até o mês passado, o governo vinha reiterando a previsão de superavit para a balança comercial ao fim do ano. Especialistas, contudo, já estimam deficit na conta. A AEB (Associação de Comércio Exterior do Brasil) revisou para baixo este mês as perspectivas para a balança comercial e previu saldo negativo de US$ 2 bilhões em 2013. Caso confirmado, este seria o pior resultado em 15 anos.

Veja quem é e quem representa cada um dos invasores que vandalizaram a Câmara de Porto Alegre.

Começa a se tornar público o perfil dos invasores que durante 10 dias ocuparam a Câmara de Vereadores de Porto Alegre, promovendo atos de vandalismo e de nudismo, além de impedir o funcionamento do Legislativo, porque o editor conseguiu o vídeo em que 40 deles identificaram-se perante os companheiros instalados no plenário, de onde expulsaram os vereadores. 15 deles são estudantes, 7 são professores e o restante é um conjunto de funcionários públicos. Nenhum dos ocupantes é trabalhador.

. O sistema de câmeras do circuito interno de TV gravou tudo. As imagens são claras como filme de cinema.

. Você poderá examinar cada fala no link disponibilizado pela primeira vez na mídia do RS. 

. O editor listou cada nome e cada representação.

. Os ativistas que admitiram pertencer a Partidos, identificaram-se apenas como militantes do PSOL, PSTU e PT, quase todos ligados a órgãos de ponta dos três Partidos.

. Muitos dos que aceitaram se identificar nem são do RS, mas de outros Estados, inclusive Gabriel Antunes, que é estudante de Teatro e Dança da Universidade do Pará.

. Dois deles, Tiago, advogado, é servidor da própria Câmara invadida, ocupada e vandalizada, como também é servidor da Câmara o assessor do vereador Marcelo Sgarboza, Beto.

. A OAB do RS também esteve com gente sua na ocupação violenta da Câmara. Roberto identificou-se como membro da Comissão de Liberdade Sexual da OAB. 

CLIQUE AQUI para examinar a lista completa com nomes e representações.

CLIQUE abaixo para examinar todo o vídeo, gravado durante a ocupação.

Dólar lambe os R$ 2,30 e opera em alta

As 15h29min, o dólar estava sendo vendido a R$ 2,2962, em alta de 0,65%. 

Dilma sancionou a lei que garante pílula do dia seguinte para mulheres estupradas. Religiosos protestam.

A presidente Dilma Rousseff vai sancionou nesta quinta-feira um projeto de lei que, neste momento de fortes debates, deve gerar ainda mais polêmica. Depois de dez anos de tramitação no Congresso, o PLC 3/2013 foi aprovado sem alarde pelos parlamentares em 12 de julho. Ele estabelece a obrigatoriedade de atendimento "emergencial, integral e multidisciplinar" às vítimas de violência sexual. Esse atendimento inclui a administração, se indicada, da chamada pílula do dia seguinte, que induz ao aborto. A presidente irá anunciar hoje sua sanção a esse projeto de lei, avançando ao encontro da chamada agenda progressista dos movimentos de mulheres. A autoria do projeto original é da deputada Iara Bernardi (PT-SP).

. Antes mesmo da assinatura presidencial, representantes de grupos católicos, pentecostais e espíritas se reuniram com a ministra chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, para pressionar o governo pelo veto parcial ao projeto de lei, justamente no ponto em que permite a possibilidade de acesso à pílula do dia seguinte na rede do SUS.

Vilson Noer, presidente da AGV - Governo nega apoio e eliminação do Imposto da Fronteira agora depende só da Assembléia

Vilson Noer, presidente da Associação Gaúcha do Varejo

O comércio varejista gaúcho protocolou pedido no Piratini e pediu resposta à proposta de eliminação do chamado Imposto de Fronteira.
Houve a resposta. O governo estadual gaúcho precisou de 17 páginas para responder à reivindicação do comércio varejista gaúcho, que reivindica a eliminação do chamado Imposto da Fronteira, a alíquota adicional de 5% do ICMS no caso dos produtos comprados em outros Estados.

Não adiantou argumentar que o governo acaba de isentar do imposto um conjunto de 17 ramos industriais?
Há duas semanas, o governador Tarso Genro concedeu a isenção para 17 ramos industriais, mas não quis avançar mais do que isto, alegando que prejudicaria o parque fabril do RS.

Outros Estados eliminaram esse imposto?
A maior parte dos Estados revogou seus Impostos de Fronteira, inclusive SC e Paraná. Isto significa que nossos produtos vendidos custam mais caro, o que diminui nossa competitividade de maneira grave. 

E agora?
Estamos neste momento (15h15min) na Assembléia, porque o assunto terá que ser resolvido por aqui. O benefício poderia ser concedido apenas para os pequenos e médios, o que representaria menos de 1% da arrecadação total do ICMS, mas ajudaria os empreendedores e seus trabalhadores, que querem continuar gerando riqueza, empregos e impostos para o Estado.

Qual é a perspectiva?
O caso está agora nas mãos da Assembleia, onde uma proposta em poder da Comissão de Constituição e Justiça poderá revogar o decreto que impôs a sobretaxa. Na última reunião antes do recesso, a proposta foi aprovada por maioria de votos, inclusive com o apoio de dois deputados da situação, no caso Heitor Schuch, PSB, e dr. Bassegio, PDT. Nova votação ocorrerá na retomada dos trabalhos. Se for de novo aprovada, a proposta irá a plenário. 

Simon avisou, em Caxias, que trabalha pela aliança PMDB-PDT para o Piratini

O editor conversou durante a semana com alguns dos representantes dos 15 Partidos que participaram da homenagem que o senador Pedro Simon recebeu na prefeitura de Caxias do Sul, RS, na segunda-feira. Ele começou sua vida política na cidade, onde foi vereador.

. Como o prefeito, Barbosa Velho, não estava, quem conduziu a cerimônia foi o vice, o jornalista Antonio Roque Feldmann.

. Eis o que o editor apurou como declarações mais relevantes do velho cacique do PMDB, que aparentemente não será candidato à reeleição?

1) Simon avisou que continua um soldado do Partido, o que na linguagem política quer dizer que não abriu mão de ser candidato, caso isto seja inevitável.
2) O senador disse com todas as letras que trabalha para que a principal coligação que elegeu Barbosa Velho, PDT-PMDB , possa ser reeditada para as eleições de 2014.

. O que existe de fato é uma circunstância estranhíssima, que foi o fato do PMDB abrir mão de candidatos a prefeito em Caxias e Porto Alegre, os dois municípios do RS, para apoiar os candidatos do PDT.

. Estas coisas não costumam ser gratuitas.

Ceitec muda presidente e contrata consultoria para verificar sua crise de identidade

Elefante branco "inventado" pelo deputado Beto Albuquerque, "criador" de outro ser do mesmo gênero, a Uergs, investiga sua crise de identidade, depois de vampirizar dinheiro público, não produzir quase nada e só apresentar prejuízo.



Desde esta segunda-feira na presidência da Ceitec, Porto Alegre, Marcelo Soares terá que sair ou será confirmado no cargo dentro de quatro meses, tempo necessário para que a consultoria inglesa contratada pelo governo federal  para desenhar um plano comercial e tecnológico para a empresa estatal federal conclua seu trabalho.

. A estatal federal tem 13 anos e nunca parou de sugar fartos recursos públicos.

. A Ceitec ainda não sabe o que é, mas cada vez mais acha que será fabricante de chip.

. Como a privada HT Micron, instalada em São Leopoldo, poderia fazer até melhor o que faz agora a Ceitec, seria mais prudente ao governo federal a decisão de fechar a sorvedoura de verbas públicas.

75% dos leitores acham que o verdadeiro candidato do PT será Lula

75% dos leitores desta página acham que Dilma não será candidata à reeleição, porque o verdadeiro candidato do PT sempre foi Lula. Apenas 24% dos que responderam a enquete disponibilizada aí ao lado acham que ela concorrerá. A percepção dos leitores confere com a impressão generalizada nos meios políticos e na própria mídia.

. Dilma Rousseff foi candidata apenas como um rito de passagem para a volta de Lula.

. Confira os resultados da enquete:

Você acha que Dilma será a candidata do PT em 2014?
Sim, com certeza, 24%
Não, ela só faz a transição para Lula, o verdadeiro candidato do PT, 75%

Assassínios para roubar explodem no RS. Número de 2013 é 31,6% maior este ano. Governo não governa. População gaúcha é morta como gado.

O Rio Grande do Sul teve um aumento de 31,6% nos latrocínios no primeiro semestre deste ano, em comparação com igual período de 2012. De janeiro a junho do ano passado, foram 38 roubos seguidos de morte. Agora são 50. O aumento concentrou-se no período de janeiro a março, quando os latrocínios mais do que dobraram, passando de 16, em 2012, para 35, em 2013. No segundo trimestre, houve queda de 32,8%, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pela Secretaria Estadual da Segurança Pública.
Nos homicídios, houve queda de 6,3% no semestre. Foram registradas 965 mortes em 2013, contra 904 em 2012. Nos crimes contra o patrimônio, a tendência foi de aumento, com destaque para o furto de veículos (incremento de 14,4%) e o roubo (12,6%).

Os números

As estatísticas da segurança pública gaúcha de janeiro a junho nos últimos três anos:
Homicídio doloso
2011: 780 casos
2012: 965 casos (23,7%)
2013: 904 casos (-6,3%)
Furto
2011: 84.693 casos
2012: 80.754 casos (-4,6%)
2013: 77.852 casos (-3,6%)
Furto de veículo
2011: 7.369 casos
2012: 7.309 casos (-0,8%)
2013: 8.363 casos (14,4%)
Roubo
2011: 22.384 casos
2012: 22.353 casos (-0,13%)
2013: 25.166 casos (12,6%)
Roubo de veículo
2011: 5.536 casos
2012: 5.834 casos (5,4%)
2013: 6.091 casos (4,4%)
Latrocínio
2011: 39 casos
2012: 38 casos (-2,5%)
2013: 50 casos (31,6%)
Tráfico
2011: 4.238 casos
2012: 4.623 casos (9%)
2013: 4.860 casos (5,1%)
Fonte:http://diariogaucho.clicrbs.com.br

Nota do editor

 Lamentáveis os índices apresentados, porém desde o ano passado tenho me manifestado de forma pessimista acerca das medidas anunciadas de forma midiática pelo governo, como a solução para o aumento dos homicídios: remanejo de policiais do interior para a Região Metropolitana. Isto não é, nem nunca será solução; é, sim, medida paliativa, já utilizada por outros governo, que da mesma forma não possuíam política séria para a segurança pública. Este amadorismo está encravado no DNA de sucessivos governos, portanto a situação tende a piorar, ao contrário do que tentam fazer crer os governos, os quias sempre venderam a ideia de que a pobreza era a fonte de todos os males da falta de segurança e dos altos índices de criminalidade. E agora que todos a renda da população está em melhor nível, qual é a desculpa?
A cada dia fica pior. Esta é a máxima que apavora o cidadão de bem, o qual se vê cada vez mais refém dentro de sua própria casa. Enquanto os "menos aquinhoados pela sorte"  continuam nas ruas, sob o beneplácito das políticas inclusivas dos governos, depredando o patrimônio, roubando e assassinando, os trabalhadores se escondem cercados pelas grades de suas casas privados de sua liberdade de ir e vir.

* Clipping do site Polícia & Política.

Adilson Troca irá dia 6 a Brasília para conversar com Aécio sobre estratégia eleitoral do PSDB no RS

Dia 6 de agosto o presidente gaúcho do PSDB, deputado Adilson Troca, irá a Brasília para receber instruções com o senador Aécio Neves, presidente nacional do Partido, para a partir daí desenhar o cenário sobre o qual atuarão os tucanos gaúchos nas eleições do ano que vem. Depois do encontro, em outra data, a bancada estadual também viajará a Brasília para se encontrar com Aécio.

. O deputado Jorge Pozzobom, líder do Partido na Assembléia, disse nesta quinta-feira ao editor que o PSDB realizará 45 reuniões regionais no Estado, neste segundo semestre, para mobilizar o Partido. 

Produção industrial avançou 1,9% em junho sobre maio, mas acumulado de um ano ainda é muito ruim

A produção industrial aumentou 1,9% em junho sobre maio e 3,1% em comparação a junho de 2012. Como os avanços são apenas nominais, isto significa que ajustados os números, houve recuo severo no acumulado de um ano. Os informes são do IBGE. Os números mostram melhoras em relação a maio, mês em que a produção caiu 1,8% em relação a abril, em dados já revisados pelo instituto - anteriormente o IBGE havia anunciado queda de 2% para o quinto mês. No segundo trimestre, a indústria teve alta de 4,3% em relação a igual período de 2012 e alta de 1,1% em comparação aos primeiros três meses deste ano.

. A taxa anualizada mostra que, nos últimos doze meses, as fábricas aumentaram em apenas 0,2% sua produção de junho. O aumento, apesar de pífio, é importante porque reforça a tendência de alta do indicador. Além disso, este é o primeiro resultado positivo desde dezembro de 2011, quando subiu 0,4%.

. Em termos setoriais, houve expansão em três das quatro categorias de uso e em 22 dos 27 ramos pesquisados. De acordo com o IBGE, as principais influências positivas entre as atividades foram farmacêutica (8,8%), máquinas e equipamentos (3,2%), outros equipamentos de transporte (8,3%) e veículos automotores (2,0%). Todas essas atividades registraram taxas negativas em maio, de 2,2%, 4,8%, 4,1% e 2,2%, respectivamente.

. Entre as cinco atividades que reduziram a produção nesse mês, os destaques foram o refino de petróleo e a produção de álcool (-4,1%).

Tarso está com ciúmes do sucesso de Joaquim Barbosa, o carrasco dos seus companheiros do Mensalão

Ciúme de outro homem é pior do que ciúme de mulher. 


Integrante da ala mais esquerdista do PT, o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), criticou nesta quarta-feira (31) o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, e disse que há um "protagonismo excessivo" da direção da Corte. A matéria é do site www.brasil247.com.br, mas o assunto também repercutiu no RS, onde Tarso continua falando mais do que governando. Esta semana, ele também criticou o PMDB e avisou que não quer o Partido na sucessão presidencial do ano que vem, porque ele é oportunista e direitista. Tarso está com ciúmes de Joaquim Barbosa, que tem muito prestígio do que ele e aparece bem posicionado nas pesquisas sobre sucessão presidencial. Ao reclamar do protagonismo do ministro na mídia, o governador esquece que ele é carrasco do Mensalão, ao contrário de Tarso, que é aliado dos mensaleiros do PT.  Leia tudo:

. O petista, que defende o rompimento do governo com o PMDB, comparou a quantidade de entrevistas que o presidente da Suprema Corte americana concede com o número de aparições na mídia dos ministros do STF.

. "Qual é o protagonismo que se outorga aqui aos membros do Supremo, do Superior Tribunal de Justiça e às vezes aos tribunais regionais? Por que outorgar um protagonismo a determinadas pessoas, excluir outras, e estabelecer uma relação de promoção midiática dessas figuras? Há interesses por trás disso", disse, em evento sobre corrupção, em Porto Alegre, que contou com as presenças dos ministros José Eduardo Cardozo (Justiça) e Jorge Hage (Controladoria Geral da União).

Oficialmente, Joaquim Barbosa afirma que jamais teve pretensões políticas. Mas também se disse "lisonjeado" quando o Datafolha lhe deu 14% das intenções de voto. E defendeu, recentemente, candidaturas avulsas, fora dos partidos, como um ponto importante de uma eventual reforma política.

Serra vai até a AMB e denuncia: "Dilma sataniza os médicos para justificar o caos na saúde".

O ex-governador José Serra (PSDB) voltou ontem a agenda oficial do PSDB paulista, já que o Partido chamou a imprensa para acompanhar sua visita à Associação Médica Brasileira (AMB), ao aderir à campanha "Saúde Mais 10", que coleta assinaturas para proposta de iniciativa popular que obriga a União a vincular 10% da receita federal bruta com a saúde.

A iniciativa mostra que a ala paulista do partido não está pronta a ceder espaço para o senador mineiro Aécio Neves.

. Serra não poupou o governo federal de críticas, como ex-ministro da Saúde:

- O governo Dilma Rousseff reagiu de forma midiática ao apresentar o programa Mais Médicos. "Criaram uma cortina de fumaça. Querem satanizar os médicos e responsabilizá-los pelo caos na saúde".

. Para ele, o problema da falta de profissionais está relacionado com a má distribuição regional.

Ouro liderou os melhores ganhos dos investimentos feitos em julho. Foram mais 9,73%.

Segue a lista dos investimentos e aplicações que mais renderam no mês de julho e no acumulado do ano de 2013, segundo dados fornecidos ao editor pelos analistas financeiros da Leandro & Stormer. Os números estão todos expressos em percentagem. O leitor deve levar em consideração que a inflação do IGP-M foi de 0,26% em julho. Entre parênteses, o acumulado do ano.

Ouro, 9,73 (-11,42)
Dólar comercial, 2,11 (11,39)
Bolsa, 1,64 (-20,86))
Fundo de Renda Fixa, 0,59 (2,71)
Caderneta, 0,50 (4,09)
Fundos DIm, 0,49 (3,20)

CDB, acima de 100 mil, 0,41 (3,15)

Recursos do mensalão serão julgados no próximo dia 14

O presidente do Supremo Tribunal federal (STF), Joaquim Barbosa, enviou ofício nesta quarta-feira aos gabinetes de todos os ministros para anunciar que o julgamento dos recursos dos 25 condenados no processo do mensalão será iniciado no dia 14 de agosto, uma quarta-feira. A estimativa é de que o julgamento demore pelo menos um mês.

. Os recursos pedem, entre outras coisas, redução das penas impostas pelo Supremo. Marcos Valério, que obteve a maior punição, foi condenado a mais de 40 anos de prisão.

. "Informo que o julgamento dos embargos de declaração opostos contra o acórdão proferido na ação penal 470 terá início na sessão ordinária do dia 14 de agosto de 2013, quarta-feira, às 14h", afirma o memorando enviado aos chefes de gabinetes dos magistrados.

TCE alerta para o "desequilíbrio orçamentário" do governo Tarso Genro

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovou na manhã de ontem as contas do exercício de 2012 do governador Tarso Genro (PT) com ressalvas. Apesar do aval à gestão no ano passado, o voto do relator do processo, conselheiro Adroaldo Loureiro, alerta para o “preocupante desequilíbrio orçamentário” provocado por empréstimos internacionais e saques ao Caixa Único do Estado.

. De acordo com o conselheiro, o déficit do período foi de R$ 732 milhões. “A questão financeira e o endividamento são graves. O Estado tem buscado formas de financiamento, por meio de empréstimos, mas são problemas que se repetem e se agravam ainda mais. Fizemos uma série de recomendações. Existem limites que precisam ser atendidos e o governo tem que ter cuidado”, observou Loureiro.

. Segundo matéria do jornal do Comércio, o parecer prévio favorável será remetido à Assembleia Legislativa para o julgamento final. Conforme o relatório, o endividamento a curto prazo cresceu 25% em relação ao ano anterior, atingindo o patamar de R$ 2 bilhões.

. O texto também destaca que os saques ao Caixa Único “tomaram proporções maiores e mais rotineiras” e atingiram R$ 1,6 bilhão - em 2011, haviam sido sacados R$ 183 milhões.

Suspensa paralisação dos servidores da Infraero no Salgado Filho

Depois que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) impôs limites à greve de servidores da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), os aeroportuários decidiram nesta quinta-feira suspender a paralisação no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre.

. O terminal aéreo da Capital emprega cerca de 500 aeroportuários, incluindo o pessoal do balcão de informações, das áreas de embarque e desembarque, segurança e balizamento de aeronaves. A mobilização iniciou à meia-noite dessa quinta-feira. Os aeroportuários exigem reajuste salarial de 16%, manutenção do acordo coletivo, aumento real de 9,5% e melhorias em benefícios, como auxílio-creche.

. De acordo com a Infraero, apenas seis dos 63 aeroportos do País foram efetivamente atingidos pela paralisação - Galeão (RJ), Congonhas (SP), Vitória (ES), Recife (PE), Fortaleza (CE) e Salvador (BA).

Polícia expulsa manifestantes que ocupavam a Câmara de Vereadores do Rio

A Polícia Militar desocupou a pouco o prédio da Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro, que havia sido invadido mais cedo por um grupo de manifestantes. Após a expulsão, houve um grande tumulto do lado de fora do prédio, com os policiais militares perseguindo alguns manifestantes, que foram agredidos com cassetetes.

. Um grande contingente de policiais militares cerca o prédio para evitar que os manifestantes voltem a tentar invadir a Câmara de Vereadores. Apesar da forte presença policial, ainda é grande o número de pessoas reunidas em frente à Câmara, que fica na Cinelândia.

. Mais cedo os manifestantes participaram de uma caminhada até a sede do Ministério Público, onde foram recebidas pelo procurador-geral de Justiça, Marfan Vieira, e posteriormente os manifestantes se dirigiram para a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e depois foram para a Câmara de Vereadores.

Fotos e vídeos mostram ameaças físicas, insultos e agressão a ponta pés do presidente da Câmara de Porto Alegre

As fotos aí ao lado mostram claramente as cenas que registram de que modo o presidente da Câmara de Porto Alegre, dr. Thiago, foi encurralado e ameaçado no corredor de acesso à área da TV Câmara, dia 12 de julho, igualmente insultado por lideranças do Bloco de Luta pelo Transporte Gratuito, também chamado de Bloco dos Pelados. As manifestações gestuais e o rictus fisionômico agressivos, dizem tudo.  Os agressores contaram o tempo todo com a cobertura política dos vereadores do PT e do PSOL, interessados em desestabilizar o PDT e o prefeito José Fortunati, contra os quais foram dirigidos os protestos (nesta quinta, o Bloco dos Pelados ameaça invadir a própria prefeitura).

. Em seguida o presidente e o fotógrafo Elson Sempé foram agredidos fisicamente (examine o video disponibilizado ao fina. desta nota). Ambos registraram a agressão física na Polícia.

. Este foi apenas um dos incidentes da "ocupação ordeira", conforme expressão da juíza Cristina Luiza Marquesan da Silva, 1a. Vara da Fazenda Pública, que impediu a desocupação judicial, mantendo garroteadas as atividades dos vereadores.

. No momento das agressões, os membros do Bloco, recebidos com todo respeito uma semana antes no Palácio Piratini, para uma reunião com o governador Tarso Genro, ainda não tinham tirado as roupas e vestido a cabeça para posar em fotos de explícito nudismo no plenário, conspurcando e vandalizando o legislativo de Porto Alegre.

. O que você vê ao lado,  é apenas uma parte de fotos e filmes que o editor recebeu nesta quinta-feira, resultado do pedido que fez com base na Lei de Acesso à Informação, atendida integralmente pela direção da Câmara dez dias depois.

CLIQUE AQUI para ver o video da agressão física.

Tarso diz que não é abelhudo e não devassa intimidade das pessoas. Há controvérsia sobre isto.

Eis o que disse o governador Tarso Genro nesta quarta-feira a tarde, quando foi desafiado por repórteres para dar transparência à Folha, divulgando nomes e salários dos servidores:

- Valores são divulgados. O que não estamos divulgando são os nomes, porque eu não sou abelhudo e não quero expor a intimidade das pessoas.

. Este não é o mesmo Tarso Genro que comandou a Operação Rodin, durante a qual políticos, professores e empresários gaúchos conhecidíssimos foram presos, algemados sem necessidade e expostos ostensivamente a fotógrafos e cinegrafistas para inflingir-lhes danos irreparáveis à reputação de cada um, invertendo até mesmo a doutrina jurídica e as leis penais, ao declarar em alto e bom som diante das reclamações sobre a violência da sua Polícia:

- Eles (os réus) que provem que não são culpados.

Fortunati implode apoio do PDT à reeleição de Tarso

O prefeito José Fortunati ameaçou até se licenciar do PDT caso o Partido feche aliança com o PT nas eleições do ano que vem no RS. Isto ocorreu nesta quarta-feira durante reunião de líderes trabalhistas gaúchos com o presidente nacional, Carlos Lupi, quando se discutiu a sucessão.

. O PDT tem dado demonstrações inequívocas de que quer marchar com a candidatura própria do deputado Vieira da Cunha no ano que vem, mas também deixa claro a todo momento que no caso de falhar esta tentativa, ficará com o governador Tarso Genro, o que desagrada Fortunati, alvo de raivosa oposição da bancada petista na Câmara de Vereadores.

. A posição de José Fortunati reforça a tese de candidatura própria ou de aliança com o PMDB, que já contaria com a simpatia de outro importante prefeito trabalhista no Estado, o prefeito de Caxias, Alceu Barbosa Velho.

. Na prática, o prefeito de Porto Alegre implodiu qualquer chance de apoio do PDT a Tarso.

Cais Mauá muda de presidente e continua amorcegando início das obras em Porto Alegre

Controle do Porto Cais Mauá do Brasil:
NSG Capital - 39%
GSS Holding (Espanha) - 51%
Bertini - 10%

Mudou o presidente da empresa Porto Cais Mauá do Brasil, porque saiu Mário Bertini, ex-presidente da Corsan, e entrou Ademir Schneider. Schneider é ex-prefeito de Santa Maria do Herval. O Projeto Cais Mauá visa transformar a região do porto de Porto Alegre numa espécie de Puerto Madero. Ali serão investidos R$ 500 milhões.

. As obras já deveriam ter começado, mas os controladores prosseguem mudando posições acionárias e parecem com dificuldades para levantar dinheiro para o projeto.