Aécio viaja aos Estados para agradecer votos

O senador Aécio inicia por São Paulo uma série de viagens pelos Estados. É tudo para agradecer os votos que recebeu e manter acesa a chama da sua campanha, baseada nas consignas das mudanças. 

Manifestantes gaúchos comemoram queda do Muro de Berlim diante do Memorial a Prestes

Um grupo de manifestantes gaúchos promoveu ainda há pouco ruidosa homenagem aos mortos pelas ditaduras comunistas em Porto Alegre. O ato saiu diante do memorial erguido para homenagear o líder comunista Luiz Carlos Prestes, gaúcho que durante toda a vida trabalhou para implantar a ditadura no Brasil.

. O ato público saiu para comemorar os 25 anos da queda do muro de Berlim, aniversário que acontecerá amanhã, domingo (leia abaixo). A queda do moro marcou o fim da guerra fria e do comunismo na Europa.

. Durante o ato desta tarde, falaram o professor Paulo Moura e os jornalistas Gilberto Simões Pires e Marcel Van Hatten.

. Cartazes contra o Foro de São Paulo foram pintados e colocados no local.

Alemanha, mas também Porto Alegre, comemoram fim do Muro de Berlim e do comunismo na Europa

Ao lado, o que restou do muro, relíquia do mundo dividido por criminosos comunistas da Alemanha Oriental. 
CLIQUE AQUI para recapturar a história do comunismo implantado a ferro e fogo na Alemanha pela União Soviética.


O mundo todo, exceção feita aos regimes comunistas ainda em vigor - Cube, Vietname e Coréia do Norte - mais seus simpatizantes, inclusive atual governo brasileiro do PT, festeja o fim da guerra fria e do comunismo sob o império soviético. No RS, Porto Alegre, hoje, 15h, manifestantes depositarão coroa de flores em memória dos cidadãos assassinados pelos regimes comunistas. O ato sairá diante do chamado memorial em homenagem ao líder comunista brasileiro Luiz Carlos Prestes, não se sabe por que razão resultou pranteado pelos legisladores e executivos gaúchos. O material a seguir é de O Globo de ontem:

A capital alemã festeja no domingo um quarto de século da queda do Muro de Berlim, mas as comemorações já começaram. Exposições e concertos acontecem até domingo, culminando em uma grande festa na Portão de Brandeburgo, símbolo da união da Alemanha, onde um coral vai cantar Hino à Alegria, de Beethoven. Os festejos também incluem a reabertura do Memorial do Muro de Berlim e um concerto especial da Filarmônica de Berlim.O acontecimento mais esperado para recordar o 9 de novembro de 1989 será a chamada “fronteira luminosa”, formada por 8 mil balões, fará o traçado original do Muro. Eles serão acendidos hoje, formando um muro de luzes e no domingo serão soltos no ar, representando a queda. Os residentes e turistas — são esperados dois milhões de pessoas — poderão fazer visitas guiadas em alemão e inglês organizadas em locais emblemáticos de Berlim, relatando a história do Muro que partiu a capital, e simbolicamente o mundo, no dia 13 de agosto de 1961. Telões gigantes foram instalados para mostrar imagens da época.

Outros verão desde o céu os festejos, graças a voos panorâmicos oferecidos pela companhia Air Berlin.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Artigo, Fernando Rodrigues - Disque Lula

BRASÍLIA - Está péssimo o clima político em Brasília. Uma dezena de partidos disputa um naco do próximo governo da presidente reeleita. Os 39 ministérios serão insuficientes para aplacar os ânimos. Pelo menos 20 ministros serão demitidos e vão ruminar suas mágoas no time de políticos derrotados.
São exíguas as chances de Dilma Rousseff injetar entusiasmo na sua tropa no Congresso nos próximos dias. A saída para a presidente está mais na economia do que na política. Aí está a importância da escolha do novo ministro da Fazenda.
Se a petista conseguir encontrar um nome que traga tranquilidade e boas perspectivas para a retomada do crescimento do país, o ambiente pode melhorar com rapidez. De outra forma, vários problemas políticos ficarão maiores do que já são.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Na TV, hoje e amanhã, ótimos documentários sobre o fim da Era Comunista. São os 25 anos da Queda do Muro de Berlim.

Os 25 anos da queda do muro de Berlim terão programação própria na TV, hoje e amanhã. Vale a pena acompanhar. A queda do muro não significou apenas o fim da guerra fria, mas sobretudo o fim da era comunista, cujos últimos vestígios criminosos persistem em ditaduras dinásticas familiares como as de Cuba e Coréia do Norte, mas além disto nas tentativas persistentes de reedição repaginada de líderes autoritários alojados em vários Países, como no Brasil, em Partidos como PT, PSOL, PSTU, PCdoB.

Acompanhe a programação

Hoje
16h, Assim foi a Historia, +Globosat
0h30min, documentário Muro de Berlim - Fuga para a Libgerdade

Amanhã
20h30min, documentário Muro de Berlim, GloboNews Especial, com Silio Boccanera
21h15min, Nat Geo, documentário Hasselhoff e o Mundo de Berlim
21h, Berlim: Onde Está o Muro

Artigo, Percival Puggina - E fizeram o diabo !

Raras vezes se ouviu semelhantes confissões. Confessaram em dueto, Lula e Dilma. "Eles não sabem o que somos capazes de fazer!" proclamou ele, enfático. "Nós podemos fazer o diabo quando é a hora da eleição!" admitiu ela, faceira.
E assim foi. Nunca se viu tanta baixaria. Nunca a verdade foi tão chicoteada pela mentira. Nunca se disse tanta estupidez, porque a estupidez, de algum modo, renderia votos. Desde as eleições que sucederam o Plano Cruzado, em 1986, não se praticava no Brasil um estelionato eleitoral de tais proporções. Todas as providências, todas as urgentes providências demandadas pela péssima situação econômica e pelas deficitárias contas públicas agravaram-se por terem sido postergadas para depois das eleições. Ainda se discutem as urnas e já os preços administrados pelo governo começam a subir. A realidade nacional não podia chegar ao conhecimento do povo. Menos ainda na hora de o povo deliberar sobre quem estava mais capacitado para enfrentar a realidade.
Em todo o país, os militantes e agentes petistas exploravam a ignorância alheia advertindo que se Dilma não vencesse a eleição o Bolsa Família deixaria de existir. E isso era repetido milhões de vezes, com a face lenhosa de quem mantém acirrada inimizade com os fatos. Aécio Neves já havia apresentado e aprovado na CCJ do Senado projeto de lei que torna o Bolsa Família programa de Estado. Algo que o PT não fez, exatamente para não prejudicar sua chantagem política contra os miseráveis do país.

Numa eleição acirrada, apenas esse diabo solto já seria suficiente para alterar o resultado do pleito. Mas houve muito mais!

CLIQUE AQUI para ler mais no blog do autor.

HSBC demitiu 800 funcionários nesta semana

O HSBC, segundo maior banco estrangeiro em atividade no Brasil, demitiu cerca de 800 funcionários nos últimos três dias no País, afirmou nesta sexta-feira o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região

Opinião do leitor - Mujica veio pedir dinheiro de Dilma para construir porto em Rocha. E agora, Rio Grande ?

OPINIÃO

A visita do presidente Uruguaio ao Brasil nesta sexta-feira, deixou os riograndinos em pânico, pois o que o ex-deputado Cláudio Diaz  vinha alertando, desde o inicio do ano está prestes a acontecer:
- Segundo a imprensa, a visita do Mujica, de caráter aparentemente particular, seria para tratar de investimentos do Brasil na construção do porto de águas profundas na cidade uruguaia de Rocha, quase na divisa com o RS, o que afetará diretamente o Porto da cidade de Rio Grande, que já enfrenta problemas pela falta de cargas.
Claudio  Diaz sempre alertou sobre o assunto, e agora estão procurando o ex-deputado, assustados, com medo do que ele já havia alertado se tornar realidade.
Durante a campanha, os sindicatos riograndinos realizaram um ato, divulgado na página do atual prefeito, que é do PT, contra as campanhas de Ana Amélia e Aécio,  divulgando a informação falsa de que se eleitos eles iriam acabar com o porto da cidade, e com isso o PT obteve uma votação excelente. O Diaz, em nome do PP local, protocolou ação no TRE local para tentar impedir o ato, mas foi em vão.
O problema é que a cidade de Rio Grande e a região Sul, não elegeram nenhum deputado federal. O deputado Fernando Marroni (PT), que seria o único, perdeu a vaga para Zé Otávio ( PP). 
A pergunta que fica no ar:
- E agora Rio Grande?

Miriam Galiberti, Rio Grande. 

Rigotto é o mais novo colunista do site petista Sul21

O ex-governador Germano Rigotto, PMDB, é o  mais novo colunista do site Sul21, criado e mantido por empreendedores e jornalistas ligados ao PT, cuja causa mais recente foi a campanha aberta pela reeleição do governador Tarso Genro contra José Ivo Sartori, PMDB.

51% dos leitores acham que chegou a hora de uma intervenção militar

51% dos leitores do site www.polibiobraga.com.br acham que já chegou a hora de uma intervenção militar para conter os desmandos dos governos do PT.

. Foi a resposta predominante da enquete que perguntava:

O que você acha de uma intervenção militar ?

32% dos leitores responderam que não querem saber disto,. 15% acham que ainda não é hora e 1% preferiram não responder.

. A nova enquete aborda a seguinte questão:

. Você acha que houve fraude nas eleições presidenciais ?

Vá ao lado e responda.


Caiado, DEM, convida Maria Corina para contar no Congresso como é o acordo da Venezuela para armar milícias do MST

O deputado Ronaldo Caiado mandou ao editor as cópias dos requerimentos apresentados às comissões de agricultura e relações exteriores, convidando a ex-deputada venezuelana María Corina Machado, perseguida política do governo bolivariano, para falar sobre a atuação de Elías Jaua, vice-presidente setorial do Desenvolvimento do Socialismo Territorial da Venezuela e titular do  Ministério das Comunas e Movimentos Sociais daquele país, que veio ao Brasil firmar acordos com o MST.

. Jaua é o homem que opera as milícias populares que perseguem, prendem e matam adversários na Venezuela.

. O ministério brasileiro das Relações Exteriores do Brasil pediu esclarecimentos do governo venezuelano sobre a visita.

. O MST há muito tempo prepara-se para confrontos armados no País.

Artigo, Marco Antonio Costa Souza - Tributo a Paulo Renato: Enem e Fies

Paulo Renato Souza. 



Neste artigo publicado hoje no jornal Zero Hora, Marco Antonio lembra o ensinamento criminoso de Goebbels, o “marqueteiro” de Hitler: “Uma mentira repetida mil vezes torna-se uma verdade.” Ele se refere à prática da presidente Dilma durante os debates com Aécio Neves, nos quais mentiu desbragadamente. Um dos casos que ele lembra são os do Enem e do Fies, que Dilma assumiu como obras do PT, quando na verdade foram obras do PSDB. Vale a pena ler:

Durante o último debate presidencial (Rede Globo), a candidata reeleita afirmou:”Nós somos a favor do Enem, que é uma forma de acesso democrático à universidade. Ao mesmo tempo, criamos o Prouni, criamos o ProUni que é o acesso à universidade privada e à faculdade privada para as pessoas que não têm renda para pagá-la, e também fizemos o Fies. Candidato, por que vocês foram contra o Enem, foram contra o ProUni, entraram até na Justiça contrário a ele?” (grifei)
A primeira e grosseira inverdade dita pela candidata reeleita refere-se ao Fies, pois o mesmo foi criado em 1999, durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, sob comando e inspiração de Paulo Renato Souza, então Ministro da Educação.
Adiante, Dilma Rousseff novamente faltou com a verdade, pois afirmou que “vocês”, referindo-se ao PSDB, “foram contra o Enem” (sic).  A assertiva presidencial conduz inequivocamente à ideia de que o Enem foi uma criação do PT.  Nada mais falso e mentiroso.  O Enem foi igualmente criado durante o governo FHC, também sob a batuta, comando e inspiração de Paulo Renato.
Ao tentar adonar-se indevidamente da criação do Enem (através de uma falácia grotesca) e do Fies, a candidata reeleita concedeu ao ex-ministro Paulo Renato o reconhecimento que lhe faltava. Caso não fosse uma ideia brilhante, Dilma Rousseff não correria o risco de reivindicar falsa e direta ou indiretamente a paternidade dos projetos que passaram muito longe do seu partido, que, aliás, fez uma oposição ferrenha à aprovação dos mesmos.
Neste caso, Dilma Rousseff não poderá dizer que não sabia ou que não disse, pois suas palavras foram ouvidas e testemunhadas por milhões de brasileiros que não mereciam ser brindados com falsidades tão grosseiramente mesquinhas, especialmente porque aquele que realmente criou o Fies e o Enem não está mais entre nós para defender sua paternidade.
E mais, Paulo Renato também criou com FHC o “Bolsa Escola”, origem legal do “Bolsa Família” (Lei nº 10.2019/2001 combinada com a Lei nº 10.836/2004).

Paulo Renato merece este tributo.

Iesa prorroga férias dos seus 1200 trabalhadores. Crise continua no Pólo Naval do Jacuí.

Os 1.200 trabalhadores da Iesa não voltarão segunda ao trabalho, porque a folga foi prorrogada para o dia 17. O Pólo Naval do Jacuí faz água a olhos vistos. Durante o período eleitoral, os governos estadual e federal do PT conseguiram segurar a crise.

. A Iesa não tem dinheiro para prosseguir e espera por um sócio. A bola da vez é a Queiroz Galvão.

Exportações gaúchas despencaram 18% em outubro. Soja e argentina explicam a queda.

Despencaram 26% sobre setembro e 18% sobre o mesmo mês do ano passado, as exportações gaúchos no mês de outubro, alcançando apenas US$ 1,5 bilão, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento.

. A queda é comandada pelas más exportações de soja.  Elas caíram pela metade em relação a outubro de 2013.

. No acumulado do ano, as exportações gaúchas somaram US$ 16,2 bilhões, 9% menos do que em igual período do ano anterior.

. A Fiergs atribui o mau desempenho, também, à queda nas vendas para a Argentina, que este ano somaram US$ 1,1 bilhão, queda de 29% sobre igual período anterior.

PT estranha silêncio de Dilma sobre novo ministério

Fazendo coro à reportagem de capa da revista Veja desta semana, que enxerga estranho isolamento da presidente, o site www.brasil247.com.br, alinhado com o PT, diz neste sábado que o timing de Dilma para definir novo ministério é muito diferente do idealizado pelo partido.

. Com base no que sabe, o site informa que  senadores e deputados ficam inquietos sem saber quem terá cargo importante, quem ficará no Congresso e quem terá papel secundário. O ex-presidente Lula também gostaria de mais pressa, mas Dilma Rousseff já adiantou que nomes só sairão a partir da segunda quinzena, sem dar pistas nem mesmo sobre posição principal na Fazenda. Ela deixa políticos com mandato às escuras.

Temer reúne estaduais gaúchos do PMDB. Padilha cotado para ministério de Dilma.

Na quinta-feira que vem o vice Michel Temer quer jantar em Brasília com os deputados estaduais do PMDB que apoiaram a eleição de Dilma. Só não estará no grupo o deputado Alexandre Postal, que ficou com Aécio. O encontro de Brasília é articulado pelo deputado Eliseu Padilha, o único dos federais do PMDB do RS que apoiou Dilma.


. Padilha está cotado para o cargo de ministro das Relações Institucionais (articulação política) de Dilma.

Moribunda, CPI do Senado sobre Petrobrás foi prorrogada por 30 dias para fazer pelo menos o relatório final

Sem decidir nada e correndo o risco de nem relatório final apresentar, a CPI da Petrobrás do Senado terminaria neste domingo. Acontece que em manobra de última ora, o presidente da CPI, Vital do Rêgo, governista, conseguiu as assinaturas que precisava para levar tudo até o dia 22.

. A outra CPI, na verdade uma CPMI (Senado e Câmara) prossegue seus trabalhos, mas também em ritmo lentíssimo.

. A maioria de senadores e deputados, que é governista, não quer apurar nada e só faz de conta para enganar o distinto público.