PSDB apura números do governo Yeda e constata que criminalidade aumentou no governo Tarso Genro

O crescimento dos índices de criminalidade no Rio Grande do Sul é reflexo do baixo investimento em Segurança Pública e da ausência de políticas voltadas para o desenvolvimento do Estado, segundo conclusão dos seis deputados da Bancada do PSDB na Assembleia Legislativa após análise comparativa entre os governos Yeda e Tarso.

- Dados sobre violência em 2010, último ano da gestão da governadora Yeda Crusius, e 2013, terceiro ano do governo Tarso. O levantamento aponta crescimento expressivo nos indicadores de criminalidade.

- Extorsão mediante sequestro, passou de 11 para 17. Isso representa um avanço de 54,5%.
- Posse de entorpecentes, que oscilou de 10.031 para 14.548 ,um crescimento de 45%.
- Latrocínio (roubo seguido de morte), que evoluiu de 75 para 111, alta de 48%.
- Homicídio doloso, furto de veículos, roubos diversos e roubo de carros tiveram um crescimento entre 7,8% e 14,2%.

. O deputado Jorge Pozzobom, PSDB, classificou como inaceitável o aumento dos índices de criminalidade do Estado:

- Não podemos permitir o avanço da violência por meio da omissão do governo do Estado. A irresponsabilidade fiscal da administração petista está liquidando com a capacidade de investimentos em setores essenciais. O crescimento da criminalidade é o reflexo da escassez de recursos e da falta de política de desenvolvimento para afastar as pessoas do universo do crime.

. A vice-líder da bancada, deputada Zilá Breitenbach, lembrou que entre 2011 e 2013 o governo Tarso prometeu investir R$ 1 bilhão em Segurança Pública, mas executou apenas 28% do total.


. Em três anos da administração petista foram aplicados R$ 279,9 milhões na compra de equipamentos, viaturas e na melhoria da infraestrutura prisional, dos postos da Brigada Militar e das delegacias da Política Civil. Apenas no último ano do governo Yeda foram investidos R$ 189 milhões.

Foto e novas revelações afundam Padilha na lama do doleiro Youssef

O termo de compromisso da Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP) de citrato de sildenafila com o Labogen — empresa usada pelo doleiro Alberto Youssef para remessas ilegais de dinheiro para o exterior — que reunia o Laboratório Farmacêutico da Marinha (LFM) e a indústria farmacêutica EMS, foi assinado em dezembro passado sem levar em conta alertas de setores técnicos do Ministério da Saúde. A revelação é de O Globo de hoje.

. A foto ao lado é do caso e compromete gravemente o ex-ministro Alexandre Padilha, que aparece na cena.

. O documento foi assinado em 11 de dezembro pelo secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do ministério, Carlos Gadelha, e pelo capitão Almir Diniz de Paula, do LFM. O então ministro da Saúde Alexandre Padilha assinou o documento como testemunha.

. No ato da assinatura, estava presente também Leonardo Meirelles, apontado como testa de ferro de Youssef e sócio da Labogen. Ele chegou a ser preso na Operação Lava-Jato e é um dos réus no processo, acusado de crime financeiro e lavagem de dinheiro.

. O GLOBO teve acesso aos documentos do projeto de PDP, desfeito após a Operação Lava-Jato, da Polícia Federal (PF), revelar que o Labogen era uma empresa de fachada.

. Alexandre Padilha tentou responder as novas denúncias do jornal, alegando que muitas áreas do seu antigo ministério aprovaram tudo.

Bolsa sobe com boataria sobre empate técnico entre Dilma e Aécio

Neste final de semana são cada vez mais consistentes as informações de que o Instituto Sensus, contratado pela revista IstoÉ para sete rodadas de pesquisas de intenções de votos, trará neste final de semana o seguinte resultado:

Dilma, 31%
Aécio, 27%

. Com margem, de erro de 2% para mais ou para menos, isto significa empate técnico.

. O boato eleitoral impulsiona a bolsa brasileira nesta sexta-feira, que também marca a virada da carteira teórica do Ibovespa. Mais cedo, os investidores reagiram bem ao dado de geração de emprego nos Estados Unidos, que veio muito acima do esperado pelos economistas. A combinação de fatos faz a bolsa disparar com volume consistente, beirando a casa dos 53 mil pontos.

. No mesmo âmbito da boataria, o que circula é que o Planalto tem conhecimento dos números há mais tempo, porque a pesquisa responderia aos interesses do ala do PT que defende a consigna "Volta Lula". Os resultados de Sensus fortaleceria o movimento, desestabilizando mais ainda a presidente.


"Querem assassinar o ex-diretor da Petrobrás, Paulo Costa", avisa o governo do Paraná, antes de mudá-lo novamente de Presídio.

Este é outro dos bilhetes emitidos por Paulo Costa. Em mensagem anterior, ainda na PF, ele disse que era ameaçado por agentes federais. Além disto, revelou foto com dispositivos que eram usados na sua cela para grampear conversas. 



O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa voltou por volta de 14h desta sexta-feira para a superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Ele foi transferido do Presídio Estadual de Piraquara II, na região metropolitana de Curitiba, onde estava desde segunda-feira, porque a secretária de Justiça do Estado do Paraná, Maria Tereza Uille Gomes, alegou que Costa poderia ser alvo de um atentado praticado por outros detentos. O governo Beto Richa teme que Paulo Costa, envolvido na Operação Lava Jato, que incrimina uma lista muito grande de petistas, entre os quais os ex-ministros Alexandre Padilha e Gleise Hoffmann, possa ser executado numa operação típica de queima de arquivos. 

. A reportagem é do site www.veja.com.br Leia tudo:

A secretária relatou ao juiz federal Sérgio Moro que o ex-diretor da estatal não estava "seguro" no convívio com outros presidiários de Piraquara. Por isso, o juiz determinou o retorno para a carceragem da PF em Curitiba. Ele ainda poderá ser transferido para a Penitenciária Federal de Catanduvas, de segurança máxima. De acordo com o governo paranaense, a penitenciária possui atualmente 940 presos. Maria Tereza sugeriu na quarta-feira (30) que Costa fosse transferido para o Presídio Federal de Catanduvas, o que está sob análise da Justiça. O advogado Fernando Fernandes, que defende Costa, solicitou à Justiça que Costa fosse transferido com urgência, ainda na quinta-feira. Mas o pedido foi recusado. Fernandes argumentou que Costa corria risco "iminente" de sofrer um atentado e destacou que houve "11 rebeliões nos últimos três meses no local"."Após vistoria na PEP II na data de hoje, os subscritores notaram que o risco relatado pela Ilma. Secretária de Estado está ainda majorado, e o clima de instabilidade dentro da Penitenciária tem crescido em razão da presença de Paulo Roberto Costa, o que constitui fato novo, urgente e de ordem pública a permitir a análise por este MM. Juízo do Plantão", argumentaram os advogados em petição protocolada na Justiça.

. Em bilhete anexado pelos advogados no processo, Costa reclama da cela "muito suja" e da ausência de vaso sanitário. Ele relata que passou "frio à noite pois foi entregue apenas uma manta". Também se queixou da comida: "não tenho condição de comer pois é de muita baixa qualidade".

. Antes de ser transferido para Piraquara, o ex-diretor ficou detido na carceragem da PF em Curitiba. Mas alegou que foi ameaçado por um agente e a Justiça decidiu pela transferência dele para um presídio estadual. 

Estas são as 13 vinícolas gaúchas acusadas pelo uso de antibióticos em vinhos

O Ministério da Agricultura divulgou a lista das treze vinícolas investigadas pela utilização de antibiótico em vinhos. A substância natamicina ajuda a prolongar a conservação da bebida e é proibida no vinho, mas em alimentos como queijo ela pode ser utilizada. 

. As vinícolas denunciadas e investigadas: CMS, Silvestri, Sandi, Gilioli, Casa Motter, Dal Colono, São Luiz, VT, Bampi, Forqueta, Victor Emanuel, Santini e Capeletti.

Segundo o Ministério, todos os lotes destas empresas com problemas foram recolhidos do mercado, ainda no ano passado.

. A secretaria gaúcha da Agricultura, por sua vez, não tem o equipamento capaz de rastrear o uso de antibiótico. Alega o governo Tarso Genro que um projeto de US$ 4 milhões para a modernização da estrutura já foi encaminhado ao Fundo para a Convergência Estrutural e Fortalecimento Institucional do Mercosul (Focem). Os recursos estão previstos para chegarem ao Estado em 60 dias, mas, para isso, é necessário um aval da cúpula do Mercosul.

95% dos leitores acham que Lula não passa de um mentiroso contumaz

95% dos leitores acham que Lula é um mentiroso contumaz e que por isto ele não tem razão alguma quando acusa o STF pela condenação dos réus do Mensalão. Apenas 1% dos leitores consideram que o julgamento foi mesmo político, como disse Lula.

. Nesta página já há outra enquete disponibilizada. A pergunta refere-se ao caso do pai do menino Bernardo, assassinado pela madrasta e uma amiga em Três Passos, RS. A pergunta é a seguinte:


- Você acha que o pai de Bernardo é culpado ou inocente ?

Artigo, Percival Puggina - A confissão de Dilma

Ouvi pelo rádio o pronunciamento da presidente. Sem dúvida, ela percebe a República como artigo de consumo e a nação como um bando de idiotas. Valendo-se da oportunidade proporcionada pelo Dia do Trabalho, os marqueteiros que servem à candidata procuraram afastar as inquietações da sociedade com relação ao futuro próximo e dissipar, com esquivos circunlóquios, as pesadas acusações que pairam sobre a patroa e sobre seu governo. O tom do discurso se torna indesculpável porque foi inteiramente concebido, parágrafo por parágrafo, à luz da queda de prestígio da candidata do continuísmo. A pesquisa eleitoral divulgada na véspera apontava um tombo espetacular nos índices da presidente. Reduzira-se em 10 pontos a distância que a separa do segundo colocado. Subira para 43% seu índice de rejeição, que é a mais importante informação quando a campanha sequer iniciou, superando as intenções de voto, que desceram aos 37%. Para quem sonhava com vitória no primeiro turno, haver mais eleitores dizendo que não votariam nela em hipótese alguma do que votantes dispostos a fazê-lo gera uma situação alarmante. É exatamente esse o fundo de cena em que se deve apreciar a lamentável fala presidencial do dia 30 de abril.

Tomemos, por exemplo, o caso dos bilionários escândalos envolvendo a Petrobras. Como se resume o que disse a presidente em relação ao tema?

CLIQUE AQUI para ler tudo. 
CLIQUE AQUI para ler, também, de Raquel Landim, "O legado do atraso".

Arrecadação gaúcha do ICMS despenca para R$ 2,2 bilhões.

Foi a R$ 2,2 bilhões a arrecadação gaúcha do ICMS em abril. As contas não fecharam ainda, mas o editor pode informar que no mês passado a receita caiu drasticamente sobre o mesmo mês do ano anterior: menos 1,9% ajustado pelo IPCA.

. No acumulado do ano, R$ 8,3 bilhões, o crescimento ainda é real, 3,8%. 

Análise, Darcy F.C. dos Santos - Balanço da EGR é um escândalo

É um escândalo o resumo do balanço da EMPRESA GAÚCHA DE RODOVIAS – EGR, relativo ao exercício de 2013,  encerrado em 31 de dezembro de 2013. 

Veja aí ao lado.

 Como vemos, na tabela citada, a receita de prestação de serviços líquida atingiu a cifra de R$ 84,2 milhões. Para a prestação desses serviços foram despendidos R$ 28,3 milhões, ou 33,6%. O restante, o lucro bruto do exercício, R$ 55,9 milhões, ou 66,4%, foi canalizado para despesas administrativas, impostos ou formaram o lucro líquido.  Em outros termos, em cada três reais arrecadados, somente um foi aplicado nas estradas.
     
Os 2/3 da receita de serviços não aplicada é o que seria destinado a estradas, caso o serviço tivesse ficado a cargo da administração direta (Daer). Talvez um pouco menos devido às despesas administrativas, que no caso da EGR foi de R$ 3,863 milhões.

 O objetivo de uma empresa privada é o lucro, mas de uma empresa pública é a prestação dos serviços decorrentes de suas finalidades. O lucro antes do Imposto de Renda PJ e da Contribuição  Social sobre o Lucro Líquido - CSLL foi de R$ 45,5 milhões. A existência desse lucro implicará o pagamento de R$ 15,4 milhões para o IRPJ e para a CSLL, para o que foi constituída a devida  provisão no balanço.

Na mesma publicação, no item 2.2, há o seguinte esclarecimento: “ Receita de rendimento de aplicações financeiras – Os rendimentos referentes às aplicações financeiras (SIAC) são registrados mensalmente como receita financeira.” Isso atesta que os recursos estão sendo aplicados no SIAC. No mesmo balanço consta como receita financeira o valor de R$ 734.416,59, uma importância mínima para justificar a existência de  um lucro tão alto, que pagará de IRPJ e CSLL R$ 15,4 milhões, além de todas as consequências decorrentes do não cumprimento das finalidades sociais da empresa.
    
. Quanto da criação da EGR,  um dos argumentos utilizados   era a não colocação do dinheiro no caixa único (SIAC), o que está sendo totalmente desrespeitado. Segundo o balanço do Estado encerrado nessa mesma data  (31/12/2013), na p.98, Tabela 16, consta a importância de R$ 41.829.207,46 como Depósitos da EGR  no SIAC, praticamente todo o lucro líquido antes da provisão para o IRPJ e  a  CSLL, cujo pagamento é posterior. 
    Em nosso entendimento a geração de lucros em detrimento das finalidades da empresa,  para aplicar no SIAC, tendo como consequência o pagamento de enormes cifras  de impostos para o governo federal constitui-se num verdadeiro escândalo. Com a palavra a egrégia Assembleia Legislativa do Estado.

- Do blog http://darcyfrancisco.blogspot.com.br/, hoje. 




ZH constata que pedágios públicos estaduais pioraram estradas no RS

A foto ao lado é de Ronaldo Bernardi, Agência RBS, tomada na semana passada, e que complementa a reportagem. 



Em reportagem correta e de elaboração demorada, as repórteres Letícia Costa e Vanessa Kannenberg informam na edição de hoje do jornal Zero Hora que dez meses se passaram desde que os primeiros polos privados de pedágios foram extintos no Estado e substituídos pela administração da União ou da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), mas aquilo que poderia significar melhores na ótica do governo do PT, resultou um tremendo problema para os motoristas gaúchos, já que todas as estradas pioraram muito. A reportagem publica tabela de avaliação de cada polo rodoviário. Leia:

 A mudança, que ergueu cancelas e se tornou bandeira do governo Tarso Genro, aliviou o bolso dos motoristas, mas complicou as condições das estradas estaduais e federais e das edificações das praças, que ficaram abandonadas.

Nos meses seguintes à mudança, no ano passado, Zero Hora constatou que metade das rodovias havia piorado. Em uma nova incursão pelos trechos, no começo desta semana, a reportagem percebeu que os problemas novamente se agravaram nas estradas.

Poucas partes recuperadas


No único trecho do Polo de Caxias do Sul em que os motoristas ainda pagam para seguir viagem, estão as piores condições de asfalto e manutenção. Administrado pela EGR, os 46 quilômetros da ERS-122, entre Caxias e Antônio Prado, decaíram em qualidade.

CLIQUE AQUI para examinar tudo. 

Insegurança pública mata jornalista Fabiano Cardoso em Canoas

O jornalista Fabiano Cardoso, 44 anos, morreu na noite de quinta-feira após ser baleado durante um assalto em Canoas, na Região Metropolitana.  Fabiano trabalhava com o jornalista Flávio Dutra na secretaria de Comunicação da prefeitura de Porto }Alegre. Ele chegou a ser socorrido até o Hospital de Pronto Socorro (HPS) da cidade, mas não resistiu.

Ministério da Saúde diz que há antibióticos em vinhos gaúchos. Ibravin nega.

O monitoramento e a análise de resíduos em vinhos, sucos e bebidas fermentadas pelo Ministério da Agricultura apontou o uso de natamicina, antiobiótico utilizado para regular a fermentação e proibido para esta finalidade no Brasil, por pelo menos 13 indústrias. Os vinhos mais doces seriam os mais prejudicados. 

. O governo federal não citou as vinícolas investigadas. 

.  O  Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) afirma desconhecer formalmente esse tipo de problema e que, se há irregularidades, cabe aos órgãos investigar, punir os responsáveis e orientar o setor, que no RS envolve 15 mil propriedades e 735 vinícolas com cadastro.

. Reportagem de hoje do jornal Correio do Povo, o promotor Alcindo Luz Bastos Filho, que atua na Defesa do Consumidor, vai solicitar os laudos ao Ministério da Agricultura. "Vou me antecipar e pedir os laudos", diz o promotor.

. O monitoramento e a análise de resíduos em vinhos, sucos e bebidas fermentadas pelo Ministério da Agricultura apontou o uso de natamicina por pelo menos 13 indústrias - os nomes das vinícolas não foram divulgados. As bebidas doces são as mais vulneráveis à proliferação de bactérias durante a fermentação. O vinho de mesa suave, que contém açúcar, é o principal alvo devido à dificuldade de evitar que fermente após o envase. "É um aditivo utilizado para conservar melhor o produto", explica o responsável pelo Laboratório de Bebidas do Lanagro, Paulo Gustavo Celso. Segundo ele, a análise de vinhos é feita com maior precisão em amostras de lotes recentes coletadas na indústria, pois a substância "em pouco tempo se degrada e some", tornando-se de difícil identificação.


Prefeito denuncia terrorismo na saúde do RS. Os hospitais pequenos correm risco de fechar no interior do RS

Nova resolução do governador Tarso Genro proíbe hospitais de realizar partos e cirurgias

O atendimento hospitalar está ameaçado no interior do Rio Grande do Sul. Desde o dia 10 de março, vigora uma determinação do governo estadual que restringe o funcionamento de 88 hospitais filantrópicos de pequeno porte. A Resolução 64/2014, da Secretaria de Saúde do RS, quer proibir esses hospitais de realizar partos e intervenções cirúrgicas

. Contrária à determinação, a Famurs considera a medida impositiva, pois condiciona a transferência de recursos estaduais para a saúde à assinatura do termo de adesão à Resolução. A Federação defende a revisão da proposta e a manutenção dos serviços hospitalares nos municípios do interior. O assunto foi tema de audiência entre prefeitos e a secretária de Saúde do RS, Sandra Fagundes, nesta terça-feira.

. Sem a permissão de realizar partos e cirurgias, o hospital de pequeno porte regride ao status de pronto atendimento

. Caberá à prefeitura transferir os pacientes a hospitais de referência em municípios vizinhos. 

. Eis o que denuncia o presidente da Famurs, Valdir Andress, como consequência indireta da medida:

 - A medida também contribui para o desaparecimento das cidades pequenas. As crianças não estão mais nascendo nos municípios do interior, que estão ficando cada vez menores. É uma questão de identidade, pois está se perdendo aquela relação com o município onde se nasceu. E isso é ruim para o desenvolvimento do interior do Estado.

. O prefeito Osmar Kuhn, de Chiapetta, na região Celeiro, que participou da audiência, disse que a Resolução ainda afeta o atendimento dos pacientes e aumenta as despesas públicas do município. "Trata-se de um verdadeiro terrorismo com a saúde. 

Conselho Federal de Medicina manda dura carta aberta para Dilma Roussef

CARTA ABERTA À PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF
Brasília, 1º de maio de 2014
Excelentíssima Presidente da República Federativa do Brasil
Senhora Dilma Vana Rousseff
Neste 1º de maio, data em que internacionalmente se comemora o Dia do Trabalhador, nós, médicos brasileiros, de forma respeitosa, expressamos nosso sentimento de tristeza e de indignação com comentários atribuídos à Vossa Excelência.
De acordo com notícias publicadas pela imprensa, Vossa Excelência disse que "eles (médicos cubanos) são mais atenciosos que os brasileiros". Tal afirmação representa mais uma agressão direta e gratuita aos 400 mil profissionais que têm se empenhado diuturnamente no suporte às políticas de saúde e no atendimento à população nas redes pública e privada.

Ao contrário do que foi dito, Senhora Presidente, a Medicina brasileira está entre as melhores do mundo. 

CLIQUE AQUI para ler toda a carta.

Pesquisa Sensus deste sábado traria Dilma e Aécio em virtual empate técnico

O Instituto Sensus já está tabulando a pesquisa sobre intenções de votos que realizou durante esta semana e cujo questionário é conhecido de vários jornalistas, inclusive do editor.

. O cientista político Ricardo Guedes, com base nos números de que dispõe, acha que virão novidades surpreendentes, bem maiores do que aquelas reveladas esta semana pela MPA.

. Sensus não fala em número, mas ao longo da semana, circularam rumores de uma pesquisa que traria a presidente Dilma Rousseff com 31% das intenções de voto e Aécio Neves com 27%.

CPI da CEEE promove primeira audiência pública. Evento começou as 9h no Alegrete.

A CPI da CEEE, presidida pelo deputado Lucas Redecker (PSDB), realiza sua primeira audiência pública na manhã desta sexta-feira. O debate será realizado no Salão de Eventos Ibirapuitã do Parque de Exposições Dr. Lauro Dornelles (Av. Tiarajú, 1313), em Alegrete, a partir das 9 horas.

. O debate, proposto pelo deputado Altemir Tortelli (PT), tem o objetivo de ouvir e proporcionar o debate com a população consumidora de energia do Estado no que diz respeito ao objeto desta CPI: buscar esclarecimentos, apurar as causas e as responsabilidades, bem como propor soluções para fatos como os frequentes e prolongados cortes no fornecimento de energia elétrica, a má prestação no atendimento das demandas dos consumidores, a morosidade na recuperação do fornecimento de energia e consequentes danos ocasionados aos consumidores, a apuração das responsabilidades nos danos causados aos consumidores e os indícios de descumprimento contratual na política de investimentos na infraestrutura necessária.

Entidades convidadas

Foram convidados representantes do governo do Estado, Casa Civil, Secretaria Estadual da Infraestrutura e Logística, Concessionárias de Energia Elétrica, Secretaria de Desenvolvimento Rural, ANEEL, Agergs, Emater, Famurs, Uvergs, Cooperativas Ocergs, Fecoergs, Unicafes), Procon, Associações Comerciais e Industriais, Câmaras de Dirigentes Lojistas, Prefeitos, Vereadores, Secretarias Municipais de Agricultura, Fetraf, Fetag, Movimentos Sociais, Sindicatos de Trabalhadores Rurais e Farsul.

Fortunati sanciona esta manhã lei que cria o Parque Gasômetro

O prefeito José Fortunati sanciona na manhã de sexta-feira a lei que institui o Parque Gasômetro, outra área de uso comum do povo, capaz de estabelecer conexão com o chamado projeto Cais Mauá, destinado a devolver para a população a orla do Guaíba. O ato ocorre às 11h no Gabinete de Prefeito.

Doleira e traficante gaúcha presa na Espanha cria mais instabilidade para o PT e o governo Dilma

Está presa na Espanha a doleira brasileira Maria de Fátima Stocker, gaúcha de 41 anos, nascida na município de Vicente Dutra, mas que tem os parentes morando no município de Parobé, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Maria de Fátima Stocker está presa na Penitenciária Madrid V - Soto Mayor, na Espanha, há cerca de 15 dias. Mária de Fátima Stocker foi presa pela Interpol, em uma operação na qual participaram representantes das polícias especiais da Espanha, Suiça, Inglaterra e Itália.
Quem encaminhou à Interpol o pedido para a sua prisão foi a Polícia Federal de Santos, no litoral paulista.

. A Ndranghetta pagava para a doleira Maria de Fátima Stocker, que passava aviso ao doleiro Alberto Youssef, avisando que já estava com o dinheiro, e que ele podia passar o valor correspondente, no Brasil, aos traficantes donos da cocaína pura. Onde o doleiro Youssef levantava o dinheiro para financiar os pagamentos do tráfico de cocaína? Junto com seus relacionamentos no PT e no governo petista, nos desvios de recursos públicos, da Petrobras e de outros órgãos governamentais, como no Ministério da Saúde. A operação de investigação internacional levou mais de dois anos. Nesse ínterim, foram barradas algumas das exportações mensais de duas toneladas de cocaína pelo porto de Santos. Então a máfia Ndrangheta tentou transferir suas operações de embarque da droga para o Amapá, onde mergulhares enviados da Itaília tratavam de afixar a carga ao casco de navios. Uma dessas cargas foi mal afixada e boiou, alertando a Polícia Federal. Os mergulhadores tiveram tempo para fugir.

. Em Santos, o alerta da polícia italiana gerou a Operação Monte Pollino, que se conectou com a Operação Lava-Jato.

. Este cenário talvez ajude a compreender a grande irritabilidade que se apoderou do governo da petista Dilma Rousseff contra o governo americano e o presidente Obama, inclusive com o cancelamento de visita oficial à Casa Branca. Agora, as duas operações foram deflagradas praticamente ao mesmo tempo, uma no Brasil e outra nos países europeus.


. Maria de Fátima Stocker deverá ser defendido na Justiça Federal brasileira pelo advogado Eduardo Jobim, de Santa Maria.

CLIQUE AQUI para saber mais detalhes, alguns deles bastante rocambolescos. O material, inclusive texto, é todo do jornalista Vitor Vieira, site VideVersus.

Jabor diz neste video que o Brasil está triste e envergonhado. Estará mesmo ?

O Brasil está triste e envergonhado, diz o jornalista Arnaldo Jabor neste comentário da TV Globo. "Diante da corrupção, do desrespeito às instituições e da impunidade, os brasileiros passaram a adotar atitudes fatalistas", diz o jornalista no vídeo a seguir. E muita gente passou a admitir:
- Isto é assim mesmo.

. Acontece que Arnaldo Jabor percebe por trás de tudo isto um outro dado alarmante:

- A idéia de que a solução é o autoritarismo.

. Este ano, acha o editor que a solução está nas eleições de outubro.

CLIQUE AQUI para ver e ouvir. Vale a pena.

Incêndio destrói Lojas Pompéia em Taquara

A foto é do jornal Panorama.



Um incêndio devastador destruiu a sede das Lojas Pompéia na cidade de Taquara na noite desta quinta-feira. Por volta de 21h40min, o fogo irrompeu na unidade da Lojas Pompéia na rua Júlio de Castilhos, em pleno centro de Taquara. O Corpo de Bombeiros teve trabalho para controlar as chamas, principalmente devido o material inflamável.


. A unidade da Pompéia ficou completamente destruída na ocorrência. 

Veja conta a epopéia anti-racista de Daniel Alves

A reportagem de capa da revista Veja que já circula retrata o jogador Daniel Alves. Ela conta a epopéia do craque do Barcelona contra o racismo. 

. Leia o que conta Veja:

- Eram trinta minutos do segundo tempo do jogo Villareal versus Barcelona, quando o brasileiro Daniel Alves se encaminhou para bater um escanteio. Uma banana foi atirada em sua direção, o lateral pegou a fruta e a pôs na boca. No mesmo dia, o atacante Neymar deu início a uma campanha na internet. 

. Veja já circula em SP, mas só desembarcará no RS neste sábado nas bancas. Seus assinantes gaúchos talvez recebam a publicação na segunda-feira, como de costume. Aquilo que Veja demonstra de eficiência nas suas reportagens, nem de longe representa sua caótica circulação.