Artigo, José Giusti Tavares - Olívio e a corrupção como recurso revolucionário

Na foto, Marta Harnecker, ideóloga comunista, foi monitora de Olívio. Sobre ele, Olívio e Augustin ela manteve conversações e depois escreveu: "Eles defendem que o PT seja o Partido único que queremos". Nem que seja preciso fazer o diabo. 



* José Antônio Giusti Tavares
Cientista Político

       Em novembro de 2001, o Relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito da  Assembléia Legislativa do RS sobre a Segurança Pública, de autoria do Deputado Vieira da Cunha e aprovado por sólida maioria, indiciou por crime de responsabilidade e improbidade administrativa o então governador Olívio Dutra e o vice-governador Miguel Rossetto. O Relatório concluiu ainda pela inelegibilidade do governador e indiciou 45 pessoas, entre as quais integrantes do  governo e da administração pública estadual, em particular delegados e outros funcionários da  polícia estadual, por diferentes delitos, todos associados ao mesmo caso.
      O libelo compreendia a associação do governo com jogo do bicho e a conversão da então Loteria do Estado do Rio Grande do Sul (LOTERGS) em abrigo para o dinheiro da contravenção,  bem como a lavagem do dinheiro dela recebido pelo PT para a construção da famosa sede partidária, simulando doações de empresas, em particular a  MARCOPOLO, as quais, negando aquela alegação, denunciaram a fraude. Ademais, em 2001 o grupo de Carlos Ramos, o Carlinhos Cachoeira, ganhara a licitação para gerir a LOTERGS, que o governo Olívio revogou após a conclusão da CPI que passara a denominar-se do jogo do bicho. Mas sob outra denominação aquele grupo contraventor permaneceu na gestão da loteria estadual até 2004, quando o contrato que a estabelecera foi rescindido governador Germano Rigotto.
           Contudo, o mais importante entre os denunciados pela CPI  foi Diógenes José Carvalho de Oliveira, por formação de quadrilha, falsidade ideológica, falso testemunho e estelionato. Diógenes, conhecido como Diógenes do PT, amigo e associado íntimo de Olívio e de Tarso Genro, fora fundador e presidente do Clube da Cidadania, em 1998, que funcionava como um banco para arrecadar contribuições àquele partido.
            É quase impossível sumariar a carreira de Diógenes. Membro do Partido Comunista Brasileiro, fugiu do Brasil em 1964; passou algum tempo em Cuba onde fez um curso de terrorismo revolucionário; logo, retornando ao país, ingressou na Vanguarda Popular Revolucionária e iniciou a sua numerosa carreira homicida, na qual se destaca por sua brutalidade inumana o assassinato do capitão do exército norte-americano Charles Chandler, em frente à sua residência diante de sua esposa e dois filhos. Para executar o capitão Chandler, Diógenes usou a arma que, durante um assalto Banco Mercantil de São Paulo, arrebatara ao vigia depois de matá-lo. Mas, confrontado com a CPI, foi tomado por taquicardia e, retirando-se nervosamente do recinto da Assembléia Legislativa, urinou-se.
            Entrevistado à época, o deputado Vieira da Cunha,   relator da CPI, afirmou que "não há como desvincular a figura do Olívio e a do Diógenes; para nós eles estão umbilicalmente ligados".
           A afirmação de Vieira  da Cunha contém uma profunda verdade e, em meu entendimento, aponta para um elemento comum aos dois personagens: a estranha fé no comunismo auto-destrutivo.
Em sua gestão como prefeito de Porto Alegre Olívio Dutra foi orientado por Marta Harnecker, conhecida ideóloga marxista e militante do movimento comunista latino-americano, que registrou em seu livro Fazendo Caminho ao Caminhar (Ed.Thesaurus,Brasília,1996), suas conversações com Olívio Dutra, Tarso Genro e Arno Augustin, concluindo que "o   modo petista de governar é parte da concepção de partido único".

Ibope garante 2o turno no RS. Tarso, 35%; Ana Amélia, 27%; Sartori, 20%. No segundo turno, vence Tarso.

1o Turno

Tarso Genro (PT) – 35%
Ana Amélia Lemos (PP) – 27%
José Ivo Sartori (PMDB) – 20%
Roberto Robaina (PSOL) – 2%
Vieira da Cunha (PDT) – 2%
Estivalete (PRTB) – 1%
Humberto Carvalho (PCB) – 0%
Branco/nulo – 5%
Não sabe/não respondeu – 8%

. No levantamento anterior, divulgado em 24 de setembro, Ana Amélia tinha 37% e Tarso, 30%.Na pesquisa divulgada em 10 de setembro, Ana Amélia tinha 38% e Tarso Genro aparecia com 30%. No levantamento de agosto, Ana Amélia tinha 36% e Tarso, 35%.

2o Turno

O Ibope fez três simulações de segundo turno. Veja os resultados:

Cenário 1
Tarso Genro: 42%
Ana Amélia: 41%
Branco/nulo: 8%
Não sabe/não respondeu: 9%
Cenário 2
José Ivo Sartori: 41%
Ana Amélia: 38%
Branco/nulo: 10%
Não sabe/não respondeu: 11%
Cenário 3
Tarso Genro: 43%
José Ivo Sartori: 39%
Branco/nulo: 9%
Não sabe/não respondeu: 9%

- O Ibope fez a pesquisa entre os dias 1 e 3 de outubro. O instituto ouviu 2.002 eleitores. A margem de erro é de dois pontos, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. O que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

Novo flagrante (esta tarde) de carteiro dos Correios entregando panfletos de Dilma Roussef

Clique abaixo para examinar a gravação da conversa entre Denise Abreu e o carteiro.

No seu Facebook desta tarde, Denise Abreu, ex-diretora da Anac, gravou vídeo esta tarde, mostrando evidências incontestáveis da panfletagem “por fora” dos Correios para a candidatura de Dilma, PT.

Leia tudo:

Agora veremos um vídeo gravado pouco após o meio-dia desta sexta-feira, mostrando as evidências do gravíssimo crime eleitoral cometido pelo PT a partir do uso dos Correios para envio de material da candidata Dilma sem chancela ou comprovante de que houve postagem oficial. A cortesia vem da candidata a deputada federal Denise Abreu (PEN) por São Paulo.

Belíssimo trabalho! Isso é o que se chama “pegar com a boca na botija”. E por favor, viralizem esse vídeo.

Para que você entenda toda a gravidade da situação, leia a matéria da Época Negócios, que explica mais este crime eleitoral do PT de forma claríssima:

Os Correios abriram uma exceção para o PT e distribuíram em São Paulo panfletos da presidente Dilma Rousseff sem chancela ou comprovante de que houve postagem oficial. A estampa, prevista em norma da própria estatal, serve para demonstrar que houve pagamento para o envio, de forma regular, da propaganda eleitoral. Sem ela, é difícil atestar que a quantidade de material distribuído corresponde ao que foi contratado pelo partido. O número declarado de panfletos distribuídos sem chancela dos Correios foi de 4,8 milhões.

A exceção para os petistas foi aberta a partir de um comunicado interno dos Correios em São Paulo, no qual a empresa autoriza, em caráter “excepcional”, a postagem dos folders na modalidade de mala postal domiciliária (MPD). A Diretoria Regional Metropolitana, responsável pelo aval, atribui a medida a um problema na impressão dos quase 5 milhões de peças. O órgão é chefiado por Wilson Abadio de Oliveira, afilhado político do vice-presidente da República, o peemedebista Michel Temer.

“Está autorizada, em caráter excepcional, na AGF (agência franqueada) Santa Cruz, a postagem de 4.812.787 folders da candidata às eleições 2014 Dilma Vana Rousseff”, diz o documento “Correios Informa” do dia 3 de setembro.

CLIQUE AQUI para ler mais, examinar fotos e videos.

Verle foi sorteado e recebeu prêmio de R$ 200 e não de R$ 100 mil, diz secretaria gaúcha da Fazenda

A secretaria estadual da Fazenda confirmou esta tarde ao editor que o ex-secretário e ex-prefeito João Verle foi mesmo sorteado e recebeu um prêmio no âmbito da promoção Nota Fiscal Gaúcha.

. Segundo a secretaria, o prêmio recebido por Verle foi de R$ 200,00 e não de R$ 100 mil.

Polícia Federal investiga deputado Bohn Gass e vereador Wilson Rabuske, ambos do PT, no âmbito do escândalo do Pronasf no RS

O repórter Pedro Garcia, jornal A Gazeta, Santa Cruz do Sul, revela que ao todo, 6 mil agricultores teriam sido lesados em um esquema arquitetado a partir de Santa Cruz. Leia tudo:

A Polícia Federal deve deflagrar nas próximas semanas uma operação referente a um inquérito que apura supostas fraudes na concessão de financiamentos via Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf) em um esquema arquitetado a partir de Santa Cruz do Sul. Ao todo, 6 mil agricultores na região teriam sido lesados nos últimos anos.A investigação teve início em 2012, a partir de uma denúncia levada à Delegacia da Polícia Federal de Santa Cruz. No início desta semana, cerca de 60 agentes da PF chegaram a ser deslocados para Santa Cruz para cumprir mandados de busca e apreensão, mas a operação foi desativada por conta de uma determinação do Supremo Tribunal Federal. O STF, por sua vez, agiu a partir de um pedido da Procuradoria-Geral da República, que alegou que a PF já havia sido alertada de que só deveria cumprir os mandados após o dia 6 de outubro - ou seja, após a eleição. 

. Embora capitaneadas de Santa Cruz, as fraudes possuíam ramificações em vários municípios da região, incluindo Sinimbu, Vera Cruz, Venâncio Aires e Passo do Sobrado. Os financiamentos eram intermediados pelo Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA). O vereador e coordenador do MPA em Santa Cruz, Wilson Rabuske (PT) e o deputado federal Elvino Bohn Gass (PT) estão entre os investigados. Os recursos desviados do Pronaf teriam sido utilizados para custear campanhas eleitorais nos anos de 2008, 2010 e 2012.

A Polícia Federal alega que a investigação corre sob sigilo e, por isso, não comenta o caso.

Aécio poderá completar a virada neste domingo.

CLIQUE AQUI para resgatar análise sobre os melhores momentos
do debate e uma avaliação dos resultados.

A avaliação do editor é que o senador Aécio Neves ultrapassará Marina Silva nas urnas. A mais recentes pesquisa (sexta, 14h44min) Sensus (leia abaixo) indica uma diferença de apenas 1,9% entre os dois candidatos. É muito pouco. Não é nada.

. Por que Aécio ?

. Ora, porque sua curva é de crescimento, portanto é ascendente, enquanto que Marina vem desmilinguindo e registra curva descedente.

. Isto já seria suficiente, mas além disto o senador mineiro possui muito maior estrutura partidária, conta com o apoio de candidatos a governador em maior número e melhor qualidade.

. Resta saber para onde irão os eleitores de Marina.

. O editor não tem dúvida de que Marina, ao contrário da última eleição, desta vez na eleição anterior, quando preferiu a neutralidade.

CLIQUE na imagem a seguir para ver e ouvir o comentário do editor, intitulado Aécio poderá completar a virada neste domingo.

Sindicato Médico do RS critica duramente Tarso e Dilma na véspera das eleições

Com uma carga de anúncios de duas colunas nos principais jornais, o Sindicato Médico do RS, Simers, resolveu bater duro nos governos federal e estadual, pedindo que os eleitores façam a escolha correta no domingo.

. O título do anúncio, “Mentira”, é uma dura denúncia:

A saúde vai de mal a pior. Os doentes são cada vez mais amontoados, como entulh, nos corredores das emergências. E agora vêm alguns dizer que estão melhorando a saúde ! Não se deixe enganar. Você pode mudar tudo.


. Os “alguns” a que se refere o Simers são o governador Tarso Genro e a presidente Dilma, já que são os únicos governantes que fazem isto tipo de avaliação sobre seus próprios governos.

Telecom Itália teria contratado o Bradesco para comprar a Oi

A Telecom Italia deve usar a sua subsidiária brasileira TIM para comprar a Oi. O Bradesco fará a intermediação. Procuradas pela Bloomberg, a TIM e Bradesco se recusaram a comentar o assunto

Pesquisa Istoé/Sensus de agora indica maior avanço de Aécio sobre Marina.

Acaba de ser divulgada uma nova pesquisa eleitoral, que aponta uma disputa voto a voto pela vaga no segundo turno. De acordo com a pesquisa Istoé/Sensus, divulgada na tarde desta sexta-feira, Marina Silva, do PSB, e Aécio Neves, do PSDB, estão tecnicamente empatados. No entanto, a diferença entre os dois, que era de 4,3 pontos na semana passada, encolheu para apenas 1,9 ponto percentual. 


1o Turno

Dilma Roussef, PT: 37,3%
Marina Silva, PSB: 22,5%
Aécio Neves, PSDB: 20,6%
Pastor Everaldo: 1,1%
Eduardo Jorge e Luciana Genro, 0,9% cada um
Levy Fidelyx: 0,4%
Os demais obtiveram pontuação insigificante
Brancos, nulos e indecisos são 16,4%

2o Turno

Dilma, 45,8%
Aécio, 35,9%

Dilma, 44%
marina, 37,6%

CLIQUE AQUI para examinar ampla análise da pesquisa.

Revelações vão “chocar o país”, diz o doleiro e delator Alberto Youssef

O site de hoje da revista Veja (www.veja.com.br) conta que o doleiro quer entregar os documentos que guardou em um lugar seguro por mais de uma década e que seriam as provas definitivas contra os corruptos e corruptores que atuavam na Petrobras.

. As revelações não interferirão neste primeiro turno, mas fornecerão farta munição para a oposição usar contra o governo Dilma, PT. 

. O material é do repórter Robson Bonin. Leia tudo:

 Durante muito tempo, o doleiro Alberto Youssef e o engenheiro Paulo Roberto Costa formaram uma dupla de sucesso nos subterrâneos do governo. Enquanto Paulo Roberto usava suas poderosas ligações com os altos escalões do poder e o cargo na diretoria de Abastecimento da Petrobras para desviar milhões dos cofres da estatal, Youssef encarregava-se de gerenciar a bilionária máquina de arrecadação que era usada para abastecer uma trinca de partidos e corromper políticos importantes. Paulo Roberto era o articulador, o cérebro da organização. Youssef, o caixa, o banco. Um apontava os caminhos para assaltar a estatal. O outro era o encarregado dos malabarismos contábeis para fazer o dinheiro chegar aos destinatários da maneira mais segura possível, sem deixar rastro.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Dica de carne de cordeiro, Porto Alegre: O Rei do Cordeiro

DICA DE CARNE DE CORDEIRO
Porto Alegre, RS

Rei do Cordeiro
Av. dos Estados, 111, segundo andar (tel. 51 3325-5549). Das 11h30min às 15h (sábados e domingos até 16h30min) e das 19h30min às 23h, com folga nos domingos à noite. Estacionamento (grátis) no local.

CLIQUE AQUI para ler o que o jornalista Carlos Pires de Miranda escreveu no Jornal do Comércio sobre o novo restaurante.

Agenda 2020 já marcou para o dia 17 para debate com Ana Amélia, Tarsoou Sartori

A Agenda 2020 reunirá, no dia 17 de outubro, os candidatos ao governo do Rio Grande do Sul concorrentes ao 2º turno das eleições em um evento no Plaza São Rafael, em Porto Alegre. O objetivo é apresentar os Sete Desafios do RS (1+6), áreas de atuação tidas como prioritárias para o crescimento do Estado.

CLIQUE AQUI para fazer sua inscrição.

Veja diz que cartada final para escolher o desafiante de Dilma está entre Aécio e Marina

Veja já circula.



A corrida presidencial de 2014 já entrou para a história: é a primeira a ter três viradas antes do primeiro turno - e os tucanos torcem por mais uma. Para o domingo, são três os cenários possíveis: vitória de Dilma Rousseff em primeiro turno; segundo turno com Marina Silva, do PSB; ou com Aécio Neves, do PSDB. 

. VEJA desta semana mostra os altos e baixos da disputa e a explicação dos analistas para a série de vaivéns: o embate entre a rejeição do eleitor à classe política e seu desejo por mudança

Petrolão do governo Dilma - Já fora da Petrobras, Costa recebeu 228 ligações da estatal

De um ramal da companhia em Macaé (RJ), foi feita, no dia da prisão do ex-diretor de Abastecimento, uma ligação de 14 minutos, informa o jornal O Estado de S. Paulo de hoje. O material a seguir é do site de Veja. Leia tudo:

Paulo Roberto Costa deixou a diretoria de Abastecimento da Petrobras em abril de 2012, mas não perdeu contato com a estatal: dados das quebras de seu sigilo telefônico indicam que o delator do petrolão recebeu ao menos 228 ligações de telefones da companhia entre maio daquele ano e 20 de março de 2014, quando foi preso pela Polícia Federal, durante a Operação Lava Jato. De um ramal da companhia em Macaé (RJ), foi feita, no dia da prisão, uma ligação de 14 minutos. Reportagem publicada nesta quinta-feira no site de VEJA revela que o esquema montado pelo ex-diretor seguiu a pleno vapor na estatal mesmo após sua saída. A Polícia Federal já sabe que, de outubro de 2010 a dezembro de 2013, pelo menos 37,7 milhões de reais desviados da obra da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, foram repassados a empresas do doleiro Alberto Youssef. 


. Agora, dados obtidos pelo jornal O Estado de S. Paulo mostram que ligações para Costa partiram de oito números em nome da Petrobras no Rio de Janeiro, sede da estatal, em Salvador e em Macaé, para dois números do ex-diretor no Rio e na cidade do interior fluminense.

CLIQUE AQUI para saber tudo. 

Se for eleita, Dilma insistirá com sua fracassada política econômica. Ela não quer mudanças.

Em artigo que assina hoje no jornal Valor, a jornalista Claudia Safatle, geralmente alinhada com o que pensa e faz o governo, denuncia que os juros são altos por que governo gasta mais do que pode e avisa que Dilnma Roussef não promete fazer mudanças nos rumos da economia.

. Leia tudo:

A presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição, chegou até aqui como favorita sem fazer concessão às demandas do mercado financeiro e das empresas do setor real. Também não cedeu às pressões do PT e do ex-presidente Lula, especialmente para que trocasse o comando da área econômica e se aproximasse do setor privado, de quem se afastou desde 2012. Ou, ainda, que fizesse uma "Carta aos Brasileiros", tal como Lula fez às vésperas das eleições de 2002 e acalmou os mercados. Sem compromissos firmados em troca de apoio político, Dilma estará livre para determinar as bases da política econômica do eventual segundo mandato. Até há pouco tempo, havia quem acreditasse que a presidente mudaria os rumos, se vencesse as eleições, ao constatar que a sua primeira gestão levou o país a um período de crescimento medíocre, inflação alta, déficit externo, deterioração fiscal sem precedentes, dívida crescente, juros elevados, investimentos em queda, o setor elétrico em frangalhos e baixa confiança de empresários e consumidores.

Hoje, a visão predominante é que ela, se reeleita, "dobrará a aposta". Não fará um ajuste fiscal relevante e continuará firme nas suas convicções. Algumas em especial, como: inflação no teto da meta (6,5% ao ano) é um bom objetivo; a indústria precisa de mais incentivos setoriais para voltar a crescer; o sistema de preços não funciona e requer a intervenção do governo; os bancos públicos têm que prosseguir ativos na expansão do crédito subsidiado. Não é condenável conceder subsídios desde que o seu custo seja claro, previsto no Orçamento aprovado pelo Congresso e haja uma noção mínima da relação custo-benefício. Exemplo disso é o credito agrícola a que todos do setor têm acesso e não uns poucos eleitos pelo governo.

A campanha eleitoral do primeiro turno chega ao fim sem que nela tenha se discutido o que realmente interessa: como o país voltará a crescer. Só com a retomada do crescimento será possível manter o emprego e a renda.


O debate entre os candidatos foi pobre.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

O eleitor tentará repetir 2006, emplacando Ana Amélia e Sartori no segundo turno ?

Na pesquisa espontânea, aquela em que nome algum é apresentado ao eleitor, Ana Amélia, Sartori e Tarso estão empatados.

. O caso parece repetir o que aconteceu em 2006, quando o eleitorado anti-petista tentou jogar Olívio Dutra para fora da disputa do segundo turno.

. Acompanhe o resultado do primeiro turno e entenda como Olívio,  PT, por pouco não foi alijado. Ele ficou apenas 0,2% à frente de Rigotto, livrando uma vantagem de apenas 50 mil votos em 8 milhões de eleitores.

1o Turno

Yeda, 32,9%
Olívio, 27,3%
Rigotto, 27,1%

2o Turno

Yeda, 53,94%
Olívio, 46,06%

Procon do RS à beira de um ataque de nervos

O Procon do RS está à beira de um ataque de nervos. 

MPF silencia sobre ordem para barrar investigações em Santa Cruz. Interrupção beneficia líderes do PT no RS.

É intolerável o silêncio do Ministério Público Federal do RS diante da informação de que partiu dele a ordem para que a Polícia Federal interrompesse operação em pleno andamento na terça-feira, destinada a executar mandados de busca e apreensão em Santa Cruz do Sul e Sinimbu, tudo relacionado a investigações sobre desvio de verbas federais no âmbito do Pronaf.

. A notícia que o editor passou na terça-feira e o jornal Zero Hora confirmou hoje, é de que o Procurador Geral da República não quer marola às vésperas das eleições, já que o inquérito investiga lideranças do PT no RS, entre as quais o deputado Elvino Bohn Gass.

. A PF cumpriu a ordem a contragosto, quando já tinha 60 agentes em Santa Cruz para entrar em ação.

PMDB faz campanha Diltori e ignora Simon no RS.

Pelo menos um milhão de folhetos como os que vão aí ao lado foram enviados ao RS e são distribuídos fartamente às vésperas das eleições. São todos padronizados com nomes de candidatos a deputados estaduais e federais que concordam com o apoio a Dilma.

. Neste folheto ao lado, o candidato a deputado é o vereador Mossini, Canoas, que é candidato a deputado estadual pelo PMDB.

. O que chama a atenção não é propriamente a dobradinha Dilma-Sartori, emplacando na prática a campanha Diltori, mas é a omissão do nome do senador, porque o candidato do PMDB ao Senado é Pedro Simon.


. A campanha Diltori dá razão ao senador gaúcho, que tem denunciado as tentativas de “calar a minha voz”. 

MPF e STF decidem que investigações sobre deputado Bonh Gass e outros líderes do PT só sairão depois das eleições

Muitos leitores que acompanham as informações passadas pelo editor porque sabem que são de primeira mão, estranharam a notícia exclusiva da edição de terça-feira, justamente porque tratava sobre a suspensão de uma operação da Polícia Federal em Santa Cruz do Sul naquele dia, quando 60 agentes já estavam na cidade para estourar um esquema de corrupção no âmbito de verbas federais do Pronaf, envolvendo entre outros petistas de grosso calibre o próprio deputado Elvino Bohn Gass (foto ao lado).

. Bohn Gass não é o único líder do PT sob investigação.

. A ação da PF foi suspensa na undécima hora porque desembarcou ordem de Brasília para evitar marola às vésperas das eleições, o que prejudicaria os interesses do PT no RS.

. O epicentro das investigações é Sinimbu, mas o cérebro nervoso da operação fica em Santa Cruz. 

. A Polícia Federal só poderá voltar a agir depois das eleições, segunda-feira, dia 6.

. A ordem de paralisação foi dada pelo próprio procurador Geral da República, Rodrigo Janot, que segundo disse ontem a noite a presidente Dilma Roussef, não é o seu Engavetador Geral da República. Como o caso envolve Bohn Gass, entre outros, todos com foro privilegiado, Janot pediu ao STF a ordem de suspensão.

. Tudo sob sigilo.

. A proteção é clara. 

. Nada vazou até que o editor publicasse o caso.

. “Queremos fonte”, reclamaram leitores que patrulham diariamente o site.

. A fonte é o próprio editor, quando esta não quer ou não pode se identificar.

. Poios nesta sexta-feira, finalmente as informações sobre o caso começaram a fluir.

- A Procuradoria Geral da República (MPF) e a PF não querem comentar o assunto, mas entre os delegados federais no Estado o sentimento é de indignação. 

Dinheiro do maior valor da corrupção na Petrobrás foi fisgado por Odebrecht e OAS

Polícia Federal e MPF endureceram com grandes empreiteiras que abiscoitaram contratos bilionários com a Petrobrás, superfaturaram obras e repassaram diferenças milionárias para o esquema de corrupção do diretor Paulo Costa e do doleiro Alberto Youssef. As mais visadas são Odebrecht (Braskem no RS), UTC, OAS, Camargo Correia.
CLIQUE AQUI para examinar os serviços prestados pela Odebrecht em Cuba (a construção do porto de Mariel) e na Venezuela de Chavez e Maduro. 

Demorou, mas o grupo Odebrecht foi incluído no escândalo que emoldura a Operação Lava-Jato, da Polícia Federal. Conforme noticia o jornal “Folha de S. Paulo” na edição desta quinta-feira (2), Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento e Refino da Petrobras, teria revelado às autoridades, durante os depoimentos decorrentes do acordo de delação premiada, que a Odebrecht seria a responsável por um pagamento no valor de US$ 23 milhões (equivalente a R$ 57 milhões), dinheiro recebido em um banco da Suíça entre 2010 e 2011.

. O material é do site Info.Ucho. Ao final, link com toda a análise. 

. Na época dos depósitos, Costa era responsável pela construção da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, a obra mais cara da Petrobras, cujo custo final está estimado em R$ 45 bilhões, contra previsão inicial de R$ 5,6 bilhões. Em consórcio com a empreiteira OAS, a Odebrecht conquistou o terceiro maior contrato de Abreu e Lima, de R$ 1,48 bilhão (valor de 2010).

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Tribunal de Justiça derruba lei de Tarso que ignorou-o senhor das promoções na Brigada. Comandante Fábio terá que sair do cargo.

Lei Teresoca de Tarso foi feita sob encomenda para beneficiar o petista Fábio Duarte Fernandes (ao lado). O governo do PT é um governo de compadrio. 

CLIQUE AQUI para saber o que foi a Lei Teresoca.

Lei de Tarso, feita sob encomenda para beneficiar atual comandante da Brigada, foi derrubada no Tribunal de Justiça. Acórdão já vale. Ele afeta 225 oficiais, entre os quais o atual comandante da corporação. Qualquer recurso não tem efeito suspensivo. 

O Tribunal de Justiça do Estado (TJ) anulou as promoções de oficiais da Brigada Militar (BM) concedidas desde 2012. Com isso, perde a validade a elevação de posto do atual comandante da corporação, coronel Fábio Duarte Fernandes, e de outros oficiais beneficiados pela lei 13.946. A ação foi movida pela Associação dos Oficiais da Brigada Militar (Asof/BM), que alegou prejuízo. A medida atinge 25 coronéis, 77 tenentes-coronéis e 123 majores, num total de 225 oficiais.

. No cargo de tenente-coronel, Fernandes não poderá comandar a BM.

. Para os desembargadores, houve “afronta aos princípios da motivação e da publicidade” em um dos itens da lei, declarado inconstitucional, que permite promoções por merecimento, mas atribuindo peso demasiado a critérios que são puramente subjetivos, portanto discricionários, ao sabor de quem está no governo.

. A Procuradoria Geral do Estado (PGE) vai aguardar ser intimada da decisão para se manifestar, mas já adiantou que deve recorrer. Cabe recurso ao Supremo Tribunal Federal (STF). O órgão alertou, ainda, que nem todas as promoções, desde 2012, foram suspensas, como aquelas em que o critério é a antiguidade.

. O departamento jurídico da BM está analisando a decisão dos desembargadores.

. O governador em exercício José Antônio Flores de Camargo informou, via assessoria de imprensa, que está tomando conhecimento do acórdão. A tendência é de que ele não se manifeste sobre o tema até domingo, quando deixa o cargo, após o primeiro turno das eleições – não apenas para evitar conflito ético ou administrativo, mas também porque preside o Judiciário. O posicionamento inicial é o de que o tema deve se tratado por Tarso Genro, já que os critérios partiram dele próprio.

Vivo não explica interrupção de serviços de Web no Estado

A Vivo ficou sem sinal de Internet ontem a noite em vários pontos do RS.

GVT suspende serviços de telefonia fixa sem explicações

Desde que foi vendida, a GVT claudica nos serviços que presta em telefonia fixa.

Este comentário do editor sobre o fiasco de Dilma na ONU já teve 6.824 visualizações únicas

O editor apresenta diariamente nesta página um comentário sobre política ou economia, onde conversa livremente com o leitor. O material vai todo para o You Tube. Ele pode ser recuperado sempre que o leitor quiser.

. No link vai a análise mais frequentada das últimas três semanas. Ela trata do fiasco que foi a presença da presidente Dilma Roussef na Assembléia Geral da ONU, Nova Iorque, onde defendeu diálogo com os decapitadores fundamentalistas islâmicos do EI e também se negou a assinar novo documento sobre a redução do desmatamento florestal global.

. O assunto não foi novamente abordado no debate de ontem a noite na Rede Globo.

. Até esta manhã, 8h24min, o comentário já tinha 6.824 visualizações únicas.

. CLIQUE AQUI para ver e ouvir.