GVT promove novo colapso dos seus serviços de telefonia fixa, celular e internet em Porto Alegre

O colapso nas linhas de telefone fixo, celular e internet da GVT, atualmente sob controle da Vivo, é recorrente em Porto Alegre.

O furacão de sexta-feira apenas amplificou o péssimo serviço da companhia.

Que só piorou depois que foi para o comando da Vivo.

A população sofre e os seus governantes repousam idilicamente

Em plena crise fiscal de proporções oceânicas, o governador Ivo Sartori resolveu fazer um cruzeiro romântico pelo Caribe. O governador já voltou.

Em plena crise provocada por um furacão feroz, o prefeito José Fortunati preferiu permanecer no seu idílico repouso praiano. O prefeito ainda não voltou.

E la nave va.

MetSul diz que temporal de sexta-feira em Porto Alegre foi um furacão

Porto Alegre foi atingida por um fenômeno comparável a um furacão de categoria 1, revelou neste domingo ao jornal Correio do Povo o meteorologista da MetSul, Luiz Fernando Nachtigall.

O que ele disse:

- O vento foi muito forte. Nós tivemos um vento de 120 Km/h registrados no Jardim Botânico. Ao redor dos 87 km/h no Aeroporto Salgado Filho. E no cais do porto, para efeitos de meteorologia, nós tivemos 98 km/h, efetivamente registrados. Essa velocidade de vento é extremamente forte.


Luiz Fernando Nachtigall lembra que a meteorologia reconhece o furacão, de Classe ou Categoria 1, quando há registro de ventos com velocidade acima dos 117 km/h.

Dmae avisa que água voltará para todos até a madrugada desta segunda-feira

O serviço de abastecimento de água ainda aflige boa parte da população e até mesmo em bairros como Petrópolis nada sai das torneiras, passadas quase 48 horas do furacão de sexta-feira, mas tudo deve começar a ser normalizado após o temporal que causou destruição em Porto Alegre. 

O vice-prefeito, Sebastião Melo, anunciou neste domingo que todas as estações de bombeamento de água voltaram a funcionar na Capital. O que ele disse, baseado em informações do Dmae:

- Teremos uma certa normalidade da água pela madrugada e manhã de segunda-feira.

LEITOR JÁ RECEBE ÁGUA
21h26min, domingo
A hidráulica do São João (perto do Pastor Dohms) já está despachando água o mesmo acontecendo com a do Moinhos (24 de Outubro com Dr. Vale).
Aqui onde agora resido (entre a Cel. Feijó e a Portugal, Higienópolis) acaba de chegar água. Meio suja por causa da tubulação parada... mas tem.
Roverto Martinho

Artigo, Raul Jungmann, deputado do PPS - Se a política não resolver a crise, a crise resolverá a política

Na crise do impeachment de Collor, a política -- os parlamentares, os partidos, o Congresso, juntamente com a sociedade -- construiu um saída para uma delicada e grave crise, com o afastamento do primeiro presidente eleito diretamente após a ditadura. Tanto isso é verdade, que até hoje ninguém atira pedras na solução que foi dada. E, mais importante, não houve nenhum retrocesso institucional ou democrático no primeiro e maior teste do pacto que resultou no fim do regime militar.

Hoje, novamente estamos diante de uma grave crise política, econômica e moral.

Temos um governo que não tem saída para si mesmo e a crise, pois já quase não governa; e uma oposição que, até aqui, não construiu uma solução. Logo, a crise em que estamos imersos só piora e não há uma mudança à vista.

Se nos próximos meses essa crise continuar e, ao que tudo indica, se agravar, então é provável que a crise resolva a política. E como se dará isso? Infelizmente, com perda de governabilidade, tumulto, desordem e vítimas, e com a entrada de atores que não são políticos, provavelmente com perdas e retrocessos para cultura democrática do pais.

Se a política não resolver a crise, a crise resolverá a política. Navegar é preciso. E urgente

Sartori vai ao encontro de Dilma com governadores. Convescote sairá nesta segunda-feira em Brasília.

No primeiro encontro, os governadores ouviram muito, não falaram nada e sorriram satisfeitos com a encenação.


O governador Ivo Sartori confirmou esta noite que irá amanhã a Brasília para o encontro dos governadores com a presidente Dilma Roussef.

Ele avisou que sua principal agenda é a questão da renegociação da dívida.

Dilma impõe a desistência de demandas judiciais ajuizadas pelos governos estaduais, para que estes repactuem a dívida, condição que não é aceita por Sartori.

Desde que perdeu as condições de governar, Dilma vem tentando envolver os governadores na sua linha de defesa, promovendo convescotes que nada resolvem, mas passam a impressão de que ela está politicamente forte.

CPI das Próteses pode pedir indiciamento de até dez pessoas

Na próxima quarta-feira, será apresentado e votado o relatório final da CPI das Próteses da Assembleia Legislativa, elaborado pelo deputado Enio Bacci (PDT). O documento já possui mais de 200 páginas e pode pedir o indiciamento de até dez pessoas.

Durante os 180 dias de trabalho, foram ouvidos seis representantes de empresas fornecedoras de próteses, outros seis, de hospitais, 20 vítimas, 13 especialistas na área da saúde, 12 médicos e um advogado envolvido no esquema criminoso.

O relatório deve apontar casos de superfaturamento de procedimentos para o pagamento de propina, cirurgias desnecessárias, erros médicos, além de crimes como estelionato, fraude contra o judiciário e falsificação de documentos.

CEEE diz que voltou a atender reclamações por torpedo, via 27307

A força dos ventos rompeu ainda cabos de fibra ótica do provedor de dados da Companhia, comprometendo o serviço de informação de falta de luz por torpedo até as 17h de sábado. O serviço já está disponível, e os clientes que quiserem comunicar a falta de energia podem enviar torpedo para 27307, com a palavra LUZ e o número da instalação.

Mais de 1,5 mil funcionários da CEEE, com o apoio de bombeiros, trabalham na restauração do fornecimento de energia na sua área de concessão, mas até as 20h deste domingo, 105 mil clientes da região metropolitana, 102 mil dos quais de Porto Alegre, continuam sem luz e energia.

Em alguns bairros, como Petrópolis, bolsões de casas e apartamentos voltaram a contar com energia elétrica fornecida em apenas uma fase.
.
Segundo o Sistema Ceic-Metroclima da prefeitura de Porto Alegre, os ventos alcançaram 120 km/h e duraram em torno de 1 hora na sexta-feira. No mínimo 300 árvores de grande porte foram derrubadas em Porto Alegre, danificando a rede de energia e obstruindo ruas. Objetos metálicos, placas e telhas também foram arremessados contra os cabos e equipamentos da CEEE. 

CLIQUE AQUI para ver cenas do temporal de sexta-feira. O video é de leitor de Petrópolis. 

Produção de energia eólica está na mira do Grupo Gerdau

A Gerdau anunciou a intenção de formar uma joint venture com as empresas japonesas Sumitomo Corporation e The Japan Steel Works para atender a expansão da indústria eólica no Brasil.

O empreendimento, que envolverá investimentos da ordem de R$ 280 milhões, deverá ser instalado dentro da usina da Gerdau em Pindamonhangaba (SP) e fornecerá peças para torres de geração de energia eólica a partir de 2017.

Ajuris terá novo comando a partir de quarta-feira

O juiz Gilberto Schäfer assumirá a presidência da Ajuris, para o biênio 2016/2017, na próxima quarta-feira. Ele é o atual vice-presidente da entidade, na gestão de Eugênio Couto Terra.

Prefeito Fortunati acha que estrago foi pouco e não suspende férias no litoral.

Ao lado,foto capturada pelo iPhone do editor numa das ruas do bairro Petrópolis, 15h30min, domingo. A cena é comum a centenas de ruas de Porto Alegre. 


As cúpulas do governo do Estado e da prefeitura de Porto Alegre estão reunidas desde o início da tarde no Centro Integrado de Comando (Ceic) para analisar os estragos do tornado de sexta-feira.

A Capital está sendo comandada pelo vice-prefeito Sebastião Melo, já que o prefeito José Fortunati, em férias no litoral, não viu necessidade de retornar.

Os eventos de sexta-feira foram  os piores que a cidade enfrentou nos últimos 50 anos.

Zika vírus avança e já chegou a 22 países

Entre 3 e 4 milhões de pessoas devem contrair o zika vírus em 2016 no continente americano, sendo que 1,5 milhão desses casos devem ser registrados no Brasil. A estimativa foi divulgada na quinta-feira (28) pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), braço da Organização Mundial da Saúde (OMS) nas Américas.

O cálculo considera o número de infectados por dengue, doença transmitida pelo mesmo vetor, o mosquito Aedes aegypti, em 2015, e a falta de imunidade da população ao vírus.

Pelo menos 22 países e territórios já confirmaram a circulação autóctone do zika vírus, desde maio de 2015, segundo a Opas. A maioria está localizado no continente americano. São eles: Brasil, Barbados, Colômbia, Equador, El Salvador, Guatemala, Guiana, Guiana Francesa (França), Haiti, Honduras, Martinica (França), México, Panamá, Paraguai, Porto Rico (EUA), Ilha de São Martinho (França/Holanda), Suriname, Venezuela, Ilhas Virgens (EUA), Samoa e Cabo Verde.

Exército assume mutirão com a prefeitura para desobstruir as ruas da cidade

Quarenta soldados do Exército se uniram aos 300 garis da prefeitura para auxiliar nos trabalhos de remoção de entulhos das ruas de Porto Alegre. O Exército também cedeu viaturas e geradores de energia.

Os soldados estão concentrados principalmente no bairro Menino Deus, um dos mais atingidos pelo tornado de sexta-feira. A expectativa é de que os trabalhos estejam concluídos até segunda.

Por toda a cidade, o Departamento Municipal de Limpeza Urbana já retirou 340 toneladas de árvores inteiras ou galhos tombados com a força do vento, que chegou a 120 km/h.

PF não tem dinheiro para manter custódia de jatinho de Bumlai

O sequestro do avião Cessna Citation XLS de José Carlos Bumlai, ordenado pelo juiz Sérgio Moro, se dará apenas por bloqueio junto à Anac, para venda e transferência de titularidade da aeronave, sem apreensão física.

Isto porque a Polícia Federal não tem condições financeiras para manter a custódia do jatinho que o amigo de Lula, preso na Operação Lava Jato, planejava vender por R$ 8 milhões.

Congresso Nacional começa o ano com 11 CPIs

A Câmara dos Deputados e o Senado Federal devem começar 2016 com, pelo menos, 11 Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs). No Senado, quatro já estão em funcionamento e duas aguardam instalação. A partir de fevereiro, as CPIs das Próteses, do HSBC, do Futebol e do Assassinato de Jovens retomarão os seus trabalhos, enquanto a dos Fundos de Pensão e a das Barragens poderão iniciar as atividades. 

Há ainda, pronto para ser lido no plenário da Casa, o requerimento para a criação da CPI do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que já existe na Câmara e investiga supostas irregularidades em empréstimos do banco, concedidos a empresas investigadas na Operação Lava Jato.

Ao contrário do Senado, onde não há limite para a instalação de CPIs, o regimento interno da Câmara dos Deputados só permite cinco comissões funcionando simultaneamente na Casa. Por isso, além da CPI do BNDES, devem continuar os trabalhos as CPIs do Crimes Cibernéticos, a de Maus-Tratos de Animais, Fundos de Pensão e também a da Funai e Incra. 


Outros três novos pedidos para criação de CPIs já estão prontos aguardando leitura em plenário para avançar a medida que outras forem encerradas: a do Conselho Administrativos de Recursos Fiscais (Carf), a da Fifa/Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a da Concessão de Seguro Dpvat.

Ação no STF questiona aval de Dilma a nova Polícia Ferroviária Nacional

Uma ação direta de inconstitucionalidade que tramita no Supremo Tribunal Federal - a ADI 4708, do Ministério Público Federal - questiona se a presidente Dilma desrespeitou ou não a Constituição ao sancionar, numa lei de 70 artigos, um parágrafo que regulamentou a Polícia Ferroviária Federal (PFF). O parágrafo em questão está na lei 12.462, de 4 de agosto de 2011 - a chamada Lei da Copa -, que definiu o regime diferenciado de contratações públicas para a realização da Olimpíada/Paraolimpíada deste ano e da Copa de 2014. O relator, desde novembro de 2011, é o ministro Luiz Fux.

Criada pela Constituição de 1988, a PFF nunca entrou nos trilhos. Os autocandidatos a integrá-la, desde o governo Sarney, são os agentes de segurança da extinta Rede Ferroviária Federal (Rede), da Companhia Brasileira de Transportes Urbanos (CBTU) e da Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre (Trensurb).

Nas três, o regime trabalhista é o da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Os agentes de segurança - cerca de 1.100 - são representados por uma Comissão Nacional. Seu objetivo é guindá-los a policiais ferroviários federais - funcionários públicos, portanto - sem fazer concurso público.

Falta de água e luz após temporal gera protesto em Porto Alegre. Desastre é maior do que parece.

Estado em que ficou este prédio em construção na elegante Avenida Carlos Gomes, Porto Algre. Cena obtida via iPhone do editor, domingo, 16h.


Manifestantes sem água e sem luz fazem protesto bloqueando um trecho da avenida Oscar Pereira, próximo à rua Antônio Borges, no bairro Belém Velho, na zona Sul da Capital. Além desse, 17 pontos seguem bloqueados em função de queda de árvores e 13 devido a alagamento.

As áreas mais afetadas incluem Cidade Baixa, Bom Fim, Azenha, Petrópolis e Menino Deus.

Já acabou o estoque de velas, pilhas e lanternas em alguns supermercados de Porto Alegre.

Se já não bastasse a violência que assola a cidade há vários meses, agora a escuridão e falta de água agravam a situação e colocam em risco milhares de porto-alegrenses que estão entregues à própria sorte, sem o devido suporte dos governos, totalmente despreparados para este tipo de catástrofe.

Documentos indicam que Lula sabia que tríplex seria destinado a ele

A oposição e aliados de Lula subiram o tom diante de novas suspeitas levantadas sobre o nebuloso negócio envolvendo o ex-presidente e a construtora OAS em torno do tríplex 164-A do condomínio Solaris, no Guarujá (SP). Termos de adesão para a compra de apartamentos no empreendimento divulgados ontem mostram que os compradores sabiam já no ato de assinatura do documento qual unidade estavam adquirindo, o que contrasta com a defesa apresentada pelo ex-presidente. 

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse que Lula era “o retrato do PT, partido envolvido em corrupção”. O ex-presidente respondeu em seguida, sugerindo que o tucano “explicasse os desvios nas obras do metrô e na merenda escolar”. Lula e a mulher foram intimados a depor para explicar as denúncias em 17 de fevereiro.


Reportagem publicada ontem pelo jornal O Globo informa que dois termos de adesão ao Solaris mostram que o número de cada apartamento estava disposto nos registros iniciais da venda, ou seja, quem comprava um espaço no condomínio sabia as características da unidade que iria comprar e o número do apartamento.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Milhares de porto-alegrenses irão passar feriado de Navegantes sem luz e água

Voltou a subir, para cerca de 144 mil, o número de clientes sem energia em Porto Alegre em razão do temporal de sexta-feira. A CEEE informa que cerca de 85 mil estão desabastecidos desde o impacto inicial, há mais de 36 horas, e 59 mil foram afetados devido a ocorrências posteriores, como quedas de árvores sobre a rede, por exemplo.

Em alguns bairros como em Petrópolis milhares de moradores estão desde a madrugada de sexta (28/1) para sábado (29) sem luz e água. A previsão de retorno segundo as companhias será somente na próxima quarta-feira (3/2).

Brasil cai em ranking da democracia

O Brasil caiu da 5.ª para a 8.ª posição na América Latina entre 2014 e 2015 no ranking que mede o nível de democracia nos países. Na região, a liderança é do Uruguai. O Democracy Index, feito pela Economist Intelligence Unit, classifica as nações como “democracias plenas”, “democracias com falhas”, “regimes híbridos” e “autoritárias”, de acordo com a pontuação em cinco critérios: processo eleitoral e pluralismo, funcionamento do governo, participação política, cultura política e liberdades civis.

A nota média do Brasil foi 7, sendo que o país foi pior no quesito cultura política (3,8 numa escala até 10) e melhor no critério processo eleitoral e pluralismo (9,6). A participação política, segundo a avaliação, está pior (5,6) que o funcionamento do governo (6,8).


Assim como o Brasil, também pioraram no ranking o Equador (18.º) e o México (14.º). Melhoraram a avaliação Panamá (5.º lugar), Trinidad e Tobago (6.º), Argentina (7.º), República Dominicana (10.º), El Salvador (11.º) e Guatemala (17.º).

Bancoop (PT) também é investigada pela venda de outros imóveis

Além do condomínio Solaris, no Guarujá, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já teve um apartamento, a força-tarefa da Operação Lava Jato investiga outros empreendimentos que eram da Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop) e foram assumidos pela OAS. Os investigadores apuram crimes de sonegação e ocultação patrimonial, além de indícios de que parte dos imóveis tenha sido usada para repasse de propina. Um dos apartamentos investigados é o do presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, dono de imóvel registrado em nome da empreiteira OAS em bloco do Residencial Altos do Butantã, na Zona Oeste de São Paulo.

O apartamento tem área total de 100,6 metros quadrados e está situado no segundo andar do bloco B do residencial, no bairro Butantã. Por meio de sua assessoria, Freitas negou qualquer crime e disse ter comprovantes de quitação do imóvel. Ele disse que, apesar de ter pagado pelo apartamento “há três ou quatro anos”, ainda não tomou providências para alterar o registro em cartório. Diante da divulgação do caso, disse que pretende fazer a transferência de registro nesta segunda-feira (1.º).

Em despacho da Operação Lava Jato na última quarta-feira, chamada de “Triplo X”, o juiz Sergio Moro atendeu o pedido do Ministério Público Federal (MPF) de determinar a apreensão, nas sedes da OAS e da Bancoop, de documentos referentes a quatro empreendimentos, entre eles o Altos do Butantã, onde Vagner tem seu apartamento, e o Mar Cantábrico, atual condomínio Solaris, no Guarujá, onde a família do ex-presidente Lula era dono de apartamento que atualmente está em nome da OAS e foi o único a passar por uma reforma bancada pela construtora.

Segundo os procuradores da Lava Jato, o objetivo é “verificar se houve ou não algum tratamento desigual em relação aos ex-cooperados” vinculados aos imóveis. O alvo inicial da força-tarefa era imóveis relacionados ao ex-presidente da Bancoop e ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, que está preso desde abril de 2015 e foi condenado a 15 anos de prisão na Lava Jato. A investigação deve ser ampliada com base no material colhido nesta semana.

CEEE continua com 115 mil clientes sem luz em Porto Alegre

Passadas 25 horas do forte temporal que atingiu Porto Alegre, a CEEE informou que 115 mil consumidores ainda permanecem sem energia elétrica na sua área de concessão – o número chegou a 450 mil logo após a tormenta.

Apesar da chuva que cai na capital gaúcha desde o fim da noite deste sábado, equipes irão continuar trabalhando ao longo da madrugada, conforme a empresa. A AES Sul ofereceu auxílio à CEEE no trabalho.

Obra em tríplex atendia ao gosto de Lula, diz engenheiro da OAS

O engenheiro e funcionário da OAS Igor Pontes, que acompanhou as reformas no tríplex cuja opção de compra pertencia à família de Luiz Inácio Lula da Silva, disse ser possível deduzir que a obra estava sendo feita seguindo o gosto do ex-presidente, segundo pessoas que tiveram acesso ao depoimento dele.
Pontes foi ouvido na semana passada por procuradores da Lava Jato que vieram a São Paulo apurar informações sobre os apartamentos do Condomínio Solaris, no Guarujá (SP), alvo de nova fase da operação iniciada na última quarta-feira.
O imóvel era originalmente da cooperativa Bancoop, que depois o repassou à OAS. O Ministério Público suspeita que a empreiteira tenha pago reforma do apartamento para o ex-presidente.

Caixa é obrigada a trocar agência de publicidade

A Caixa Econômica Federal foi obrigada pela Justiça a colocar a agência de publicidade Propeg no lugar da Borghi-Lowe, descartada pelo envolvimento nas investigações da Operação Lava Jato. Dono de uma das três maiores contas de publicidade do País, o banco estatal gasta R$ 500 milhões por ano em publicidade. A verba é dividida entre quatro agências.

A licitação dessa conta de publicidade foi feita em 2012. Pelo edital, a Caixa selecionaria quatro empresas que manteriam a concorrência interna entre elas pelo período do contrato, com vigência de um ano e possibilidade de renovação por até cinco anos (até 2018). As quatro vencedoras da licitação apresentam propostas ao banco durante esse período e são remuneradas por cada trabalho.

No ano passado, a Caixa renovou com três agências: Heads Propaganda, Nova S/B Comunicação e Artplan Comunicação, deixando de fora a Borghi-Lowe, primeira colocada no processo de seleção.

Em carta, lobista preso cita ‘ligação’ com Lula como facilitadora de negócio


Uma carta apreendida pela Polícia Federal na Operação Zelotes indica que o lobista Mauro Marcondes Machado, preso em Brasília, usava de sua suposta proximidade com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para vender seus serviços a potenciais clientes.

Em texto enviado ao ex-presidente da Scania para a América Latina Sven Harald Antonsson, Marcondes se colocou à disposição da companhia para ajudá-la em função de sua "ligação com o presidente da República, vários ministros de Estado e instituições ligadas à indústria". A mensagem não é datada, mas, segundo a investigação, coincide com a vinda do executivo ao Brasil, o que ocorreu em 2008, no segundo mandato de Lula.

Marcondes está preso desde outubro do ano passado e responde a ação penal por participação em esquema de lobby e corrupção para viabilizar a edição, pelo governo, e a aprovação, pelo Congresso, de medidas provisórias de interesse do setor automotivo. Ele atuava como lobista de montadoras em diversas frentes, fazendo chegar pedidos a Lula e ministérios.


Segundo o jornal "Estadão", a Zelotes apura se pagamentos de R$ 2,5 milhões feitos pelo lobista a um dos filhos do ex-presidente, o empresário Luís Cláudio Lula da Silva, têm relação não só com a edição de medidas provisórias, mas com a aquisição dos jatos suecos, da Saab, para a Defesa brasileira.

Exclusividade da Petrobras em explorar pré-sal causa polêmica no Congresso

A turbulência no mercado internacional de petróleo e os anúncios de reduções nos investimentos da Petrobras serão combustível para uma disputa que vai ocorrer no Congresso este ano. No centro do debate – que terá requintes ideológicos envolvendo partidos de direita e de esquerda –, está o projeto, apresentado no ano passado pelo senador José Serra (PSDB-SP), que acaba com a obrigatoriedade de a Petrobras participar na exploração do pré-sal. 

O texto está com a Mesa Diretora do Senado e tem pedido de urgência para ser votado no plenário. Parlamentares de base governista e movimentos sindicais ligados ao setor afirmam que o texto “ameaça a soberania energética do país” ao abrir o mercado para multinacionais. 

Dentro do próprio Palácio do Planalto, cresce a ideia de que, em algumas situações, a abertura de campos do pré-sal para petroleiras de fora pode gerar investimentos importantes para a economia.

Os cinco passos para o impeachment de Dilma

Com o fim do recesso parlamentar a partir da próxima segunda-feira (1.º), o processo de  impeachment contra Dilma Roussefi volta à discussão na Câmara dos Deputados. Para especialistas consultados pela reportagem, o saldo das férias legislativas de quase 40 dias, com as recentes sinalizações do PMDB contra o impeachment, é favorável ao Planalto. Mas ao menos cinco fatores que não podem ser totalmente controlados pelo governo ameaçam mudar o cenário para Dilma.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Oi monta equipe força tarefa após temporal em Porto Alegre

A Oi reforçou as equipes de manutenção para recuperação  emergencial dos estragos causados pelo temporal desta madrugada que atingiu a cidade de Porto Alegre e afetou a rede de telecomunicações da companhia.

A companhia ressalta que o restabelecimento total dos serviços de telecomunicações está condicionado à recuperação da infraestrutura local afetada pela queda de árvores e enchentes. 


Os clientes da companhia e entidades públicas podem entrar em contato com a Oi para pedido de solicitações de reparo através do canal de atendimento 10314.

Lulinha diz que a jornalista gaúcha Patrícia Poeta comprou apartamento no Rio por R$ 23 milhões.

O filho de Lula, Fábio Luís, o Lulinha, listou no seu Facebook, ontem, uma série de compras de imóveis que colocam sob suspeita os novos proprietários, entre eles a jornalista gaúcha Patrícia Poeta.

A jornalista encabeça a lista de Lulinha:

- Ela comprou um apê na Vieira Souto, Rio, por R$ 23 milhões.

Depois ele alinha os seguintes nomes:

Aécio
Alvaro Dias
FHC
Joaquim Barbosa

Tempestade de ontem provocou queda de 20,1% nas vendas do varejo de Porto Alegre

O Sindilojas resolveu fazer um balanço dos estragos que o temporal de ontem a noite causou ao comércio lojista de Porto Alegre e segundo levantamento divulgado esta noite, a tempestade refletiu na queda do movimento e faturamento do comércio da Capital neste sábado. 

O faturamento do dia, em média, caiu 20,14%. Já em relação ao resultado do mês de janeiro, o impacto negativo é de 3,5%. 

O principal prejuízo foi a falta de energia elétrica e rede de internet, que prejudicou o funcionamento de todas as lojas consultadas. Em função disso, muitos estabelecimentos ficaram fechados, tanto no comércio de rua como no de shopping. Em relação às lojas localizadas nos centros comerciais que não abriram neste sábado, o faturamento do dia foi totalmente perdido. 


Nas lojas de rua, o movimento dos consumidores caiu drasticamente em comparação com um sábado normal. Além disso, os lojistas relatam danos materiais, tais como destelhamento e alagamento na parte interna dos estabelecimentos, e perda de mercadoria. Por outro lado, lojas de materiais de construção e ferragens registraram aumento na procura por lonas, telhas, lanternas, compensado e luz de emergência. 

Artigo, Ricardo Noblat, O Globo - Denúncias contra Lula causam assombro e paralisam seus habituais defensores

O PT recebeu com um silêncio ensurdecedor as mais novas denúncia que envolvem Lula com atos suspeitos registrados no âmbito da Lava-Jato ou em decorrência dela. Salvo Rui Falcão, presidente do partido, e o deputado Paulo Teixeira (SP), ninguém mais de peso do PT se apressou em defender seu líder máximo, ex-adversário dos 300 picaretas homiziados no Congresso.

Foi Lula, quando deputado federal nos anos 80 do século passado, que apontou o Congresso como reduto de 300 políticos corruptos. Ou que usavam a política com o intuito primordial de enriquecer. Nas últimas 72 horas, o ex-presidente viu a Lava-Jato bater à porta do condomínio Solares, no Guarujá, interessada na história do tríplex 164-A, reformado de graça pela construtora OAS para abrigar a família de Lula.

Mal refeito da surpresa, Lula leu na Folha de S. Paulo que a construtora Odebrecht pagou todas as despesas com a reforma do sítio em Atibaia que costuma hospedá-lo quase todo o fim de semana.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

RBS avisa que matará sua edição dominical em março

O Diário Catarinense, Florianópolis, foi o primeiro jornal da rede a eliminar a edição dominical. 

A RBS anunciou neste final de semana que a partir de março seu principal jornal, Zero Hora, não terá mais edições aos sábados e domingos, mas apenas uma edição conjunta.

O grupo justificou sua decisão em ampla página da sua edição de sexta-feira.

Diz a RBS que os jornais dominicais já morreram e não sabiam, tudo porque as edições começaram a circular antecipadamente, no sábado a tarde, matando a edição do dia.

Zero Hora promete muitas novidades.

Na prática, a RBS começa a cumprir uma longa jornada pela extinção da mídia impressa da casa.  Sua edição digital já apresenta cada vez mais restrições para consultas que não são pagas, inviabilizando até mesmo consultas por parte de mais de uma pessoa que não seja assinante.

Vacaria abre safra de maçã deste ano no Brasil

Vacaria, RS, abriu hoje a safra de maçã deste ano no Brasil. A cidade é a maior produtora da fruta no País.

Cisne Branco, adernado, também anuncia suspensão das atividades

Os administradores do barco Cisne Branco, o único que promove passeios no Lago Guaíba, informaram ao editor que estão suspensas todas as programações.

É que o barco adernou em função da tempestade de ontem a noite.

Neste domingo, devem começar os trabalhos para desvirar o barco e no decorrer da semana será feita a avaliação dos danos. Só, então, se saberá quando a embarcação voltará a operar.

Tempestade obrigou suspensão da emergência e até de cirurgias eletivas no Hospital Menino Deus

Este caso do Hospital Mãe de Deus não foi único no rol de edifícios e mobiliário urbano que enfrentou efeitos devastadores como consequência do temporal de ontem a noite em Porto Alegre.
A nota a seguir, passa boa idéia do que aconteceu em toda a cidade, com ênfase para bairros como o Menino Deus, mais próximos do lago Guaíba. Na área, o shopping Praia de Belas e o parque Marinha do Brasil sofreram prejuízos de grande monta. 

Leia a nota do Hospital Mãe de Deus:

Em função do temporal ocorrido na noite da última sexta-feira (29/1), em Porto Alegre, o Hospital Mãe de Deus comunica que:
- sua Emergência está fechada, priorizando o atendimento a pacientes já internados e a casos de risco iminente de morte;
 - seu Centro Obstétrico também está fechado;
 - cirurgias eletivas foram canceladas e serão reagendadas, bem como alguns de seus serviços de diagnóstico;

O Hospital Mãe de Deus destaca ainda que está reunindo os esforços de suas equipes para recuperar sua estrutura a fim de retomar o atendimento aos pacientes o mais breve possível

Entenda um pouco mais o que significa o pacote de R$ 83 bi para reanimar a economia

A análise a seguir, "O pacote de créditono varejo", é de Vinicius Torres, Folha de S. Paulo de hoje. Leia tudo:

A propaganda diz que o governo tomou medidas a fim de aumentar em R$ 83 bilhões o total de empréstimos para empresas e consumidores, uma dinheirama prontinha para ser emprestada a gente prontinha para tomar empréstimos.

Não é bem assim.

Não se sabe se vai haver interessados em conceder e tomar empréstimos; parte do pacote se destina a atenuar as agruras de gente superendividada ou é refinanciamento. Não se sabe até quando esse dinheiro vai sair do papel.

Isto posto, empresários e sindicalistas ficaram contentes. Algo inquietante, o FGTS é a vaca leiteira do pacote: 60% dos fundos potenciais vêm de lá.

Até R$ 17 bilhões podem ser emprestados a quem quiser fazer empréstimo consignado usando o FGTS como garantia (se der calote, seu FGTS cobre). Isso ainda depende de mudança legal. Aprovado, baratearia empréstimos para muita gente enforcada em, por exemplo, cartão de crédito e cheque especial.

Outros R$ 15 bilhões do pacote serão destinados à renegociação de dívidas de empresas que compraram máquinas e equipamentos com crédito do BNDES (do Programa de Sustentação do Investimento, PSI). Trata-se de ajudar quem investiu e, em parte devido à crise, tem dificuldade de pagar as prestações.

O crédito para a compra de imóveis pode aumentar em até R$ 10 bilhões nos bancos.]

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

RS enfrentará nova tempestade neste sábado à noite

O Instrituto Somar prevê novas tempestades para a noite deste sábado no RS, mas a ênfase deve ocorrer na região da Fronteira Oeste.

Artigo, Dagoberto Godoy - Uma renúncia redentora

As cenas dramáticas transmitidas pelos jornais televisivos, com inundações devastando bairros inteiros de tantas cidades brasileiras, ou, ainda pior, o rompimento da barragem da Samarco, parecem alegorias trágicas da situação geral do país. Dia após dia, pioram os indicadores econômicos e mais pessimistas se tornam as expectativas, enquanto cresce desemprego e as evidências da virtual falência dos serviços e da infraestrutura pública em geral.

Diante desse quadro, muitos analistas vêm identificando a crise que abala as nossas instituições como o epicentro da “tempestade perfeita” que se abateu sobre o Brasil. Porque não conseguem enxergar como uma problemática tão complexa poderá ser sequer equacionada— e muito menos solucionada – sem que se restabeleçam a respeitabilidade e a harmonia dos poderes da República e o mínimo entendimento das correntes políticas, dentro e fora de um governo federal desnorteado, perplexo e desesperadamente gastador.

A história recente nos ensina que situações de gravidade semelhante (ainda que, talvez, não tão complicadas) levaram a acontecimentos dramáticos, como o suicídio de Getúlio, a renúncia de Jânio, a derrubada de Jango ou o impeachment de Collor.

CLIQUE AQUI par ler tudo.

Déficit das contas públicas gaúcha foi a R$ 4,9 bilhões em 2015. Cenário foi ainda pior do que o imaginado.

Já estão disponíveis os demonstrativos da Lei de Responsabilidade Fiscal e através deles verifica-se que o Estado apresentou um déficit  de R$ 4,942 bilhões no ano passado.

O limite da dívida é de  200%  e este patamar foi superando, atingindo 227,23%.

A despesa com pessoal do Executivo, cujo limite é 49,18%, com prudencial de 46,55%, está em 49,18%.

Tudo de acordo com o previsto pelo economista Darcy F.C. dos Santos, mas até mais grave um pouco, devido à crise.

CLIQUE AQUI para verificar a posição da secretaria da Fazenda. 
CLIQUE AQUI para ver os números.

Opinião do leitor - Faltam propostas na Carta de Indignação da Federasul

A carta da Federasul poderia ser perfeita se tivesse sido complementada por uma agenda propositiva. Este é um ato falho recorrente nas manifestações de entidades empresarias, que não costumam passar da fase das fases de diagnóstico e cobrança.

Ah, avisam, mas a responsabilidade pela ação cabe ao governo, porque afinal é para isto que ele foi eleito. Isto procede, mas a verdadeira cidadania impõe ações proativas, não só dos poderes constituídos, mas de todas as partes envolvidas da sociedade.

Não quero dizer com isso que os empresários ou suas entidades representativas aqui no Estado tenham sido omissas, pelo contrário, porque há exemplos concretos de proposições como a Agenda 2020 ou o antigo Relatório Sayad.

Também é verdade que os governos tem sido surdos ou arrogantes, desconsiderando proposições vindas de outras esferas, mas este paradigma tem que ser quebrado para o RS avançar.

O RS precisa de estadista no governo, com visão de longo prazo, com um efetivo Plano de Reforma Estruturante, construído com o que tem melhor de inteligência e talento, acima de cores partidárias, além de  uma ação enérgica e decidida para atingir os objetivos.

Nadir Andreolla

Mercadante quer dinheiro do Sistema S para o Pronatec

O governo federal quer meter a mão no Sistema S, como são os casos de Senai, Sesi, Senac, Sesc e Senar.

O ministro Aloizio Mercadante está com projeto para usar recursos do S para financiar o Pronatec, outra promessa eleitoral que Dilma não cumpriu por falta de dinheiro.

Caloteada, CRM pode suspender fornecimento de carvão para a CGTEE

A CRM avalia suspender o fornecimento para a usina de Candiota. É que a CGTEE já aplicou calote de R$ 50 milhões na estatal gaúcha.

A CGTEE admite o calote.

Carnaval já começou em Floripa

O Carnaval deste ano abriu neste sábado em Florianópolis. É que o arrastão do Berbigão do Boca ocupa as ruas centrais desde as 13h.

O tempo é bom desde ontem na Capital de SC.

Terra e Perondi conduzem Hugo Motta pelo PMDB do Sul

Os deputados gaúchos Darcisio Perondi e Osmar Terra acompanharam seu colega Hugo Motta na viagem que ele acaba de completar pelas capitais do Sul.

Motta vai disputar a liderança do PMDB com o dilmista Leonardo Picciani.

SC também adia chamada de soldados e agentes policiais concursados

Repetindo o que faz e diz o governo gaúcho, também o governo catarinense não consegue emplacar os 658 soldados e 420 agentes policiais concursados.

O governador Raimundo Colombo, que se vangloria do equilíbrio das contas públicas, ja agendou três datas e não cumpriu o que prometeu, que era nomear todo mundo. 

Sua mais nova promessa é 1o de junho.

Neste final de semana, o governador catarinense tripudiou sobre os governos do Paraná e do RS, avisando em tom solene:

- A gente se preparou para a crise. As contas estão equilibradas. Aqui, nem se fala de aumentar impostos. Somos diferentes de todos os outros Estados do Brasil, que entraram em colapso. 

Lagoa da Conceição, Floripa, tem poluição de coliformes fecais mil vezes acima do limite máximo tolerado

O Instituto Sea Shepherd Brasil, núcleo Santa Catarina, confirmou neste sábado que as amostras coletadas no dia 16, demonstram a presença intolerável de coliformes fecais na água da Lagoa da Conceição, Florianópolis.

A poluição coloca-se mil vezes acima do limite máximo tolerado.

Jornal Nacional foi arrasador nas denúncias das patifarias do lulopetismo. Examine este caso das off shores.

CLIQUE AQUI para ver toda a reportagem do JN de ontem a noite. 

O Jornal Nacional de ontem a noite foi um libelo acusador contra Lula e líderes do PT que estão dentro e fora da cadeia, usando repórteres de campo e até recursos visuais de grande impacto. Saíram reportagens devastadoras. O JN desvendou patifarias relacionadas com empresas off shore e os apartamentos do edifício Solaris, inclusive o de Lula. O noticiário informou que nas investigações da Lava Jato, a Polícia Federal chegou ao nome de Eliana Pinheiro de Freitas que aparece como dona da companhia offshore Murray. Mas Eliana  diz que só assinou papéis a pedido da comadre dela, a publicitária Nelci Warken.

Leia mais:

A Murray foi aberta pela empresa Mossack Fonseca -- que é especializada na abertura dessas empresas chamadas de offshores. São companhias legais, com sede fora do Brasil -  mas podem servir pra lavagem de dinheiro.

Numa rua simples em um bairro da zona leste de São Paulo mora uma contradição. No papel, Eliana Pinheiro de Freitas é dona de uma empresa nos Estados Unidos, a Murray Holdings, que tem pelo menos 10 imóveis no Brasil, que valeriam mais de R$ 5 milhões.

Mesmo sendo dona de tanto dinheiro e tantos imóveis, Eliana vive na periferia, num condomínio.

Pra Polícia Federal, a Mossack Fonseca é uma dessas empresas. A sede é no Panamá, mas tem um escritório em um prédio, na Avenida Paulista. Foi a Mossack que registrou a Murray, empresa que no papel é da Eliana.

Um dos imóveis dela é um triplex no Condomínio Solaris, no Guarujá, investigado pela Operação Lava Jato.

Eliana, que, no papel, é dona de uma dessas empresas - a Murray - falou comigo pelo interfone.

Eliana, que, no papel, é dona de uma dessas empresas, a Murray, falou com o repórter Tiago Eltz pelo interfone.

Ela disse que não é a dona da empresa mas admitiu que assinou papéis a pedido da comadre dela, que é Nelci Warken. Nelci foi presa na quarta-feira (27) na 22ª fase da Lava Jato.

O advogado da publicitária Nelci Warken, Alexandre Crepaldi, disse que a cliente dele é mesmo a dona da Murray e do tríplex no condomínio Solaris, em Guarujá. Mesmo que, no papel, a responsável da Murray seja Eliana Pinheiro de Freitas - como consta na denúncia do ministério público federal. O advogado disse ainda que Nelci Warken adquiriu este e outros imóveis ao longo de 45 de trabalho, sem nenhuma relação com as investigações da Lava Jato.

Nota fiscal de barco comprado por Marisa reforça elo de Lula com o luxuoso sítio de Atibaia

A manchete principal da Folha de São Paulo de hoje engrossa a grita contra Lula:

Nota fiscal de barco reforça elo de Lula com sítio em SP. A mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Marisa Letícia, teria comprado um barco para uso no sítio em Atibaia (SP) que teria sido reformado pela empreiteira Odebrecht, segundo apuração feita pela Folha de S. Paulo.

Em reportagem publicada neste sábado, o jornal afirma que uma nota fiscal com o nome da ex-primeira dama registra a compra de uma embarcação modelo Squalus 600, de 6m de comprimento, sem motor, pelo preço de R$ 4.125,00.

Os blogs e sites alinhados com o lulopetismo desprezam a foto estampada pelo jornal.

O 247 avisa:

-  Quem vê a capa imagina um iate, mas a reportagem interna traz a imagem de uma pequena embarcação, quase uma canoa, usada pelo ex-presidente para pescar no lago da propriedade.

Ontem, pela primeira vez, em nota, o ex-presidente Lula afirmou que é de conhecimento público que frequenta o sítio em Atibaia (SP), registrado em nome de Jonas Suassuna, sócio de seu filho Lulinha.

Lula não fala no seu barco de pesca.

Temporal de sexta a noite foi assustador em Porto Alegre

As mensagens que o editor recebeu esta manhã sobre o temporal de ontem a noite em Porto Alegre são assustadoras.

Ninguém viu nada igual até hoje na Capital.

20 mil homens do Exército ajudarão no combate ao mosquito Aedes aegypti

O secretário gaúcho da Saúde, João Gabardo, disparado o mais competente e operoso secretário do governo Sartori, informa que no dia 13 de fevereiro a força-tarefa contra o Aedes aegypti terá o reforço de 20 mil homens do Exército.

CNN diz que OMS recomenda não viajar para o Brasil

Londres, via WhatsApp

A CNN, ontem a noite, avisou:

Zica virus is a great concem for travelers to Rio Olympic"

Ou seja, a OMS  já faz um alerta para os viajantes com planos de ir aos jogos olímpicos do Rio, em função do risco do Virus Zica e de outras moléstias, como dengue.

Desmorona o castelo de Lula

Há sete anos, a família Lula deveria ter exercido o direito, caso tivesse interesse, de se desfazer da cobertura de frente para a praia e receber a restituição em dinheiro do que havia desembolsado até ali. Mas não o fez. Na época, um acordo foi selado, transferindo o empreendimento atrasado e inacabado da Bancoop para a OAS.

O caso do triplex é objeto das investigações do Ministério Público Estadual de SP, que já convocou Lula e Marisa para depor, e também do MPF do Paraná. 

A revelação é da revista Istoé de hoje.

Leia mais (os textos a seguir foram editados para mais fácil compreensão, mas a reportagem completa está no link ao final desta nota):

Por isso torna-se completamente inverossímil a nota divulgada pelo Instituto que leva o nome do ex-presidente, quando sugere que a família Lula poderia decidir, em 2015, entre ficar ou não com o apartamento. Se porventura isso acontecer, sobretudo depois da eclosão do escândalo, ficará configurado mais um favorecimento da empreiteira OAS, implicada no Petrolão, ao petista e seus familiares.

(...)

Outro documento ao qual ISTOÉ teve acesso revela que a OAS nunca colocou à venda o tríplex destinado à família Lula, o 164 A, ao contrário da atitude tomada em relação a outros imóveis descartados por cooperados em 2009. Os apartamentos dos que não demonstraram interesse em migrar da cooperativa para a empreiteira, logo, foram repassados ao mercado. É lícito supor que se Lula tivesse manifestado a intenção de se desfazer da cobertura, seu apartamento receberia o mesmo tratamento dos demais. Definitivamente não foi o que aconteceu. A tabela de vendas com 12 páginas, de uma empresa associada à OAS e responsável pela comercialização das unidades restantes do Solaris, no Guarujá, é bem clara. O documento datado de fevereiro de 2012 mostra que 33 unidades do condomínio Solaris estavam disponíveis naquela ocasião.  Em uma das colunas, a tarja preta sobre o tríplex 164 A de Lula indica que, sim, o imóvel já tinha dono e não poderia ser comercializado. Naquele ano, havia até um tríplex esperando por compradores, mas o da torre vizinha ao prédio de Lula.

(...)

Esses fatos por si só já colocariam Lula numa enrascada, uma vez que poderiam ensejar uma denúncia por ocultação de patrimônio, como defende um integrante do MP-SP. As investigações acerca da relação de Lula com o imóvel, no entanto, ganharam nova dimensão na semana passada com a entrada do edifício Solaris no radar da força-tarefa da Lava Jato. A “Triplo X”, nome alusivo a tríplex, mira segundo os procuradores “todos os apartamentos” do edifício Solaris, no Guarujá, que estariam sendo usados “para repasse disfarçado de propina (pela OAS) a agentes envolvidos no esquema criminoso da Petrobras.”

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Temporal assustou Porto Alegre nesta sexta-feira a noite. 328 mil famílias estão sem luz da CEEE.

A foto ao lado é do Correio do Povo.

Foi assustador o temporal que se abateu ontem a noite sobre o RS, com ênfase para Porto Alegre. 328 mil casas e apartamentos continuam sem luz na área da CEEE, Grande Porto Alegre.

No lago Guaíba, o barco Cisne Branco, que conduz turistas, afundou.

Para este sábado, a MetSul Meteorologia prevê quente e úmido sobre o Estado.

O dia já começa com temperatura alta, o que pode trazer chuva em algumas áreas ainda de manhã. Entre a tarde e a noite a instabilidade toma conta do Estado com chuva na maioria dos locais e que localmente pode ser até forte e acompanhada de temporais isolados com raios e ventania. 

Em Porto Alegre, a máxima será de 34°C. Capão e Torres, no litoral Norte, têm máximas por volta dos 30°C, assim como diversas cidades do Estad

Ajuris alerta para falta de ação imediata do governo gaúcho no caso da repactuação da dívida com a União

O editor falou esta noite com a Ajuris. Até o momento, o governo estadual não se moveu na mesma direção que resultou em benefício para o governo de Alagoas. As adesões aos aditivos dos contratos das dívidas com a União ainda não saíram, mas o prazo encerra neste domingo. É possível que na reunião de Dilma com os governadores, segunda, o prazo seja adiado e as exigências sejam abrandadas. 

A Ajuris tirou nota esta noite para incentivar o governo gaúcho a interpor rapidamente um pedido de tutela antecipada junto ao STF, visando  livrá-lo das exigências feitas pelo Governo Federal, por meio do Decreto n.º 8.616/2015, impondo que as federações renunciem às decisões anteriores e ações judiciais em trâmite relacionadas ao tema da renegociação da dívida com a União.

O governo estadual possui duas ações sobre o caso e sua renúncia poderia causar uma situação onerosa para o estado. 

O presidente da Ajuris, Eugênio Couto Terra, destaca que o RS precisa ficar atento a essa possibilidade, visto que o prazo estabelecido pelo Decreto para assinatura do aditivo que modifica o indexador da dívida encerra no dia 31 de janeiro. “O Governo do Estado não pode ficar de braços cruzados e precisa agir. A exigência feita pela União é abusiva, pois não é lícito que para exercer um direito - que é repactuar a dívida nos termos da Lei Complementar 148/2014, alterada pela Lei Complementar 151/2015-, se exija a renúncia de outro”, pontou.

Para Eugênio Terra, é importante a mudança do indexador, no entanto, o magistrado ressalta que, conforme o Art. 5º, inciso XXXV da Constituição Federal, “a lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário lesão ou ameaça a direito”.

CLIQUE AQUI para examinar a decisão tomada em favor do governo de Alagoas. 

Dono da Andrade Gutierrez diz que foi chantageado para dar dinheiro sujo para a campanha presidencial de Dilma

Com o título "Mais problemas no horizonte", o site da revista Veja de hoje avisa que a delação de empreiteiro vai envolver dois auxiliares de Dilma no escândalo do petrolão: o ministro Edinho Silva, da Comunicação Social, e Giles Azevedo, assessor especial da presidente. A delação envolve também casos da área de teles, inclusive a questão da Gamecorp, empresa que enriqueceu Lulinha. 

Giles é gaúcho e acompanha Dilma desde os tempos do PDT. Edinho já se explica em outros casos. 

O caso bate diretamente no gabinete da presidente, que terá que se explicar.

O autor da nova dor de cabeça de Dilma e do PT é o conhecido, poderoso e reconhecidamente influente empreiteiro Otávio Azevedo (foto), ex-presidente da Andrade Gutierrez. O que ele já disse aos procuradores do MPF:

- Se a empresa não se engajasse mais efetivamente na campanha petista, seus negócios estariam em risco.

Leia mais:

Em fase de negociação com a Procuradoria Geral da República, o acordo de delação premiada de Otávio Azevedo, ex-presidente da empreiteira Andrade Gutierrez, tem tudo para criar novos embaraços para o Palácio do Planalto e para a presidente Dilma Rousseff. A proposta de acordo, em que Azevedo detalha aquilo que tem para contar às autoridades, envolve dois dos auxiliares mais próximos da presidente da República em uma ofensiva para fazer com que a empreiteira despejasse mais dinheiro na campanha da então candidata petista à reeleição.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

O gaúcho Lamachia será eleito presidente da OAB nacional, neste domingo

Candidato à presidência da OAB nacional por chapa única, o advogado gaúcho Claudio Lamachia será eleito neste domingo. Ex-presidente da Ordem gaúcha, ele tem o apoio formal de todos os 27 presidentes de seccionais da OAB.

Lamachia, que atualmente é vice-presidente nacional da OAB, será o primeiro advogado atuante no Rio Grande do Sul a assumir o comando da entidade em 85 anos de história.

Greve na aviação comercial brasileira poderá sair semana que vem

Aeronautas e aeroviários estão convocando greve nacional para o dia 3 de fevereiro, quarta-feira da semana que vem.

Lula interpela judicialmente pré-candidato tucano à prefeitura de São Paulo

O empresário e apresentador João Dória Júnior, que é pré-candidato à prefeitura de São Paulo pelo PSDB, terá que se explicar na Justiça após chamar o ex-presidente Lula de “canalha”, “sem-vergonha” e “cara de pau”. Em nota veiculada no site do Instituto Lula, os advogados de Lula informam que protocolaram a interpelação judicial contra Dória.

Os advogados de Lula questionam se é necessário que Dória "ofenda e ataque gravosamente a honra de outrem, sem qualquer respaldo probatório que possa espessar as gravíssimas afirmações?”. "Além de ofender a honra de Lula, Dória ofende o Ministério Público e o Poder Judiciário, apresentando-se como alguém que supostamente teria influência para incluir o ex-presidente num inquérito em que ele não é sequer investigado, transformá-lo em réu e até mesmo levar um juiz federal a condenar um inocente", ressalta o comunicado.

Standard & Poors rebaixa ratings da Vale

A agência de classificação de risco Standard & Poor's rebaixou os ratings em escala global da Vale, de BBB para BBB-, incluindo os ratings de crédito corporativo e os ratings dos bônus emitidos por meio da Vale Canada, da Vale Overseas e da PT Vale Indonesia. A empresa está a um passo de ser classificada como de grau especulativo.

A S&P também revisou a perspectiva do rating brAAA em escala nacional da companhia de estável para negativa.

Apesar da alta de hoje, preço do petróleo registrou queda de 9% no mês

Londres, via WhatsApp

A Bolsa de Nova Iorque fechou o pregão em alta forte de 2,45%, mas no acumulado do mês perdeu mais do que os 6% de alta que conseguiu somar.
No final do dia, o petróleo manteve viés de alta, mas no final da jornada subiu apenas 2,5%. No mês, acumulou perdas de 9%.

Sartori retorna ao Estado e vai ao interior inaugurar Central de Polícia

O governador José Ivo Sartori já voltou de seu cruzeiro no Caribe e, neste sábado, retoma as atividades, inaugurando, em Vacaria, uma nova Central de Polícia. Com ele, estará o decorativo secretário da Segurança Wantuir Jacini.

No prédio, funcionarão as delegacias Regional, de Pronto Atendimento, da Criança e do Adolescente e a Especializada de Atendimento à Mulher, além do Instituto Geral de Perícias e o Consepro. O investimento foi de 347 mil, financiados com recursos do Fundo Estadual de Gestão Patrimonial e do BNDES.

Só assim, mesmo, através de financiamentos, para Sartori concluir uma obra e experimentar a sensação de inaugurar alguma coisa em seu governo.

Federasul lança Carta de Indignação, com recados aos governos federal e estadual

Diretores da Federasul e da ACPA aprovaram nesta sexta-feira, durante encontro em Osório que reuniu cerca de 50 empresários gaúchos, a Carta da Indignação. O texto faz duras críticas à política econômica dos governos federal e estadual.

Leia:

“O Brasil vive uma crise sem precedentes. Atinge a economia, a política, a ética, a moral, a saúde, a segurança, a educação, a infraestrutura e muito mais. Neste momento conturbado, a Federação das Associações Comerciais e de Serviços do Rio Grande do Sul (FEDERASUL) manifesta sua indignação sobre os acontecimentos que inibem e atacam o desenvolvimento e o crescimento sustentável da Nação e do Estado.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Conheça um pedaço do paraíso na terra: o edifício Solaris, na praia de Guarujá

Se a imprensa não tivesse descoberto – e denunciado – a cobertura tríplex do ex-presidente Lula na praia de Guarujá, litoral de São Paulo, seria neste lugar paradisíaco que ele e sua família estariam neste momento, aproveitando as delícias do verão.

O vídeo foi produzido pela Construtora OAS para a campanha de lançamento e venda das unidades residenciais do edifício Solaris, integrante do Condomínio Astúrias, de frente para o mar. E ainda pode ser visualizado no site da empreiteira que, pelo visto, não desistiu de comercializar os apartamentos.

Infelizmente, a empresa não poderá usar como atrativo a mais aos possíveis compradores que eles teriam um vizinho ilustre. Ou, talvez, até seja melhor que não possa.


Lula reage à intimação do MP de São Paulo, que o acusa de lavagem de dinheiro

O Instituto Lula acaba de divulgar uma nota a respeito da intimação do ex-presidente pelo Ministério Público, que o acusa de lavagem de dinheiro ao ocultar a propriedade da cobertura tríplex em um condomínio de luxo na praia de Guarujá. Como não poderia ser diferente, diz assim:

“São infundadas as suspeitas do Ministério Público de São Paulo e são levianas as acusações de suposta ocultação de patrimônio por parte do ex-presidente Lula ou seus familiares. Lula e sua esposa Marisa Letícia nunca esconderam que ela adquiriu, em 2005, uma cota da Bancoop, paga em prestações mensais, que foi declarada no Imposto de Renda. Mas nunca foram proprietários de apartamento em qualquer condomínio da Bancoop ou de suas sucessoras. A verdade ficará clara no correr das investigações”.

Esposa de lobista presa há 11 dias parece (ou finge) ter ficado louca

Cristina Mautoni, esposa e sócia do lobista Mauro Marcondes, ambos presos pela Operação Zelotes por envolvimento no esquema de compra de medidas provisórias, tem chamado a atenção dos investigadores da Polícia Federal e dos procuradores do Ministério Público por seu comportamento subitamente estranho.

Ela tem sido vista despenteada e falando de maneira desconexa. Na próxima terça-feira, ela deverá depor a respeito do crime de que é acusada. Para alguns investigadores, Cristina lembra a promotora de Justiça Deborah Guerner, suspeita de participar do mensalão do DEM, que se fingiu de louca após ser presa na Operação Caixa de Pandora, em 2009.

Juiz Sidinei Brzuska manda recado à senadora Ana Amélia

O juiz Sidinei Brzuska (foto), da Vara de Execuções Criminais, ficou sabendo que a senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS) apresentou projeto de lei limitando as saídas temporárias dos presídios exclusivamente a réus primários, ao contrário do que acontece hoje, e não gostou. Hoje, ele escreveu um recado à senadora em seu perfil no Facebook:

“Querida Senadora Ana Amélia: aqui em Porto Alegre, na capital do Estado onde a senhora elegeu-se Senadora da República, e inclusive concorreu ao cargo de Governadora do Estado, os presos do semiaberto, e a população ordeira também, não estão preocupados com as SAÍDAS, mas sim com as ENTRADAS temporárias dos presos.

Sim. Os presos não conseguem ENTRAR nas cadeias porque não tem vaga. Temos cinco vezes mais presos soltos que recolhidos, por absoluta falta de espaço. E, se os presos não ENTRAM, eles não precisam de SAÍDAS temporárias. Afinal, seguem livres. Saída para quê?

A crise tá tão braba que até a polícia, quem diria, está invocando dos chamados “Direitos Humanos”, querendo que eu resolva o problema dos presos do semiaberto que estão lá nas Delegacias de Polícia e não conseguem ENTRAR nos estabelecimentos prisionais.

E, como não tem vaga em lugar nenhum, os presos ENTRAM só um pouquinho e logo saem em domiciliar ou tornozeleira eletrônica.

Então, Senadora, acho que tínhamos que fazer alguma coisa aí no Senado da República para que nós pudéssemos facilitar as ENTRADAS dos presos que estão aguardando vaga. Depois que todos entrarem, a gente pensa como dificultar as SAÍDAS.

Que tal?”

Renato Duque, ex-diretor da Petrobras, pode estar negociando delação premiada

Há alguns dias, advogados de réus da Operação Lava Jato vêm especulando que os rumos das investigações da Polícia Federal parecem indicar que o ex-diretor da Petrobras Renato Duque poderia ter fechado um acordo de delação premiada.

Duque chegou a negociar a delação no ano passado, mas a Procuradoria-Geral da República não avançou com o acordo por entender que Duque não pretendia falar tudo o que sabia.

Ontem, o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, em entrevista à imprensa, chamou Duque de colaborador e depois se corrigiu, o que só reforçou a tese dos advogados, que muito têm a temer caso a delação se concretize.

Montadora coreana de tratores instalada em SC tem motivos de sobra para comemorar

Mesmo que o setor agrícola não atravesse seu melhor momento, a montadora sul-coreana de tratores LS Tractor, instalada há dois anos na cidade catarinense de Garuva (a primeira fora da Ásia) só tem a comemorar.

Do plano inicial de atuar em quatro Estados e ter 12 concessionárias em até cinco anos, a empresa já conta, nesse curto período de vida no Brasil, com 45 concessionárias em 14 Estados, que comercializam quatro linhas de produtos e 12 modelos, com potências entre 40 e 105 hp.

Seguindo o conceito coreano de produção, a fábrica, que teve investimento de R$ 150 milhões, utiliza mão de obra de 100 funcionários, tendo sido projetada para produzir 5 mil tratores/ano, número que deve ser alcançado até o final de 2017.

Embora a pretensão seja abastecer o mercado interno, 500 unidades foram exportadas para Moçambique, em 2015. A LS Tractor é uma marca jovem, que teve origem em 2000, desmembrada do conglomerado LG Eletronics.

Advogados petistas articulam manobra para livrar Lula de Moro

Advogados ligados ao PT estão articulando uma ação para tentar tirar das mãos do juiz Sergio Moro a investigação sobre os negócios da Bancoop e da OAS, na nova fase da Operação Lava Jato, denominada Triplo X.

A tese, que será levada aos tribunais superiores, é que os negócios da Bancoop não têm relação direta com os desvios na Petrobras.

Desta forma, dirão, a investigação deveria ser desmembrada, seguindo decisão recente do STF que retirou da alçada de Moro as investigações sobre corrupção no setor elétrico.

Logicamente, o único intuito dos advogados petistas é proteger o ex-presidente Lula, alvo claro da nova investida da Polícia Federal.

Valor faz restrições ao pacote financeiro de R$ 83 bilhões

O jornal Valor de hoje faz corrosiva análise sobre o pacotão de R$ 83 bilhões para aquecimento da economia, via financiamentos bancários mais baratos e de maior prazo, garantindo que a  reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) __ Conselhão __, não à toa marcado para esta quinta-feira, mostrou o governo em movimento, ainda que nem todos concordem com a velocidade, com a qualidade do combustível, com as configurações do motor ou com o destino que a presidente Dilma Rousseff  reserva ao país

Bolsas da Europa e petróleo operam em alta nesta quinta-feira

Londres, via WhatsApp

As Bolsas da Europa operam em céu de brigadeiro neste momento, quase encerrando seus pregões:
Londres, mais 1,75%
Paris, 1,57%
Frankfurt, 1,30%

Nos EUA, Dow Jones registra alta de 1,33%.

O petróleo Brent, Mar do Norte, assinala nova alta, esta de 4%, valendo agora US$ 34,00 o barril.

Presidiário pede imediato impeachment de Dilma

O jornalista Fábio Góes, Congresso em Foco, informa hoje que o detento que cumpre pena por roubo em São Vicente (SP) acaba de pedir afastamento da presidente. Desta vez, ele acusa Dilma de ter usado dinheiro desviado da Petrobras para se reeleger. 

Escrito à mão, requerimento deve ser arquivado

À moda antiga, ele usou papel, caneta, assinatura e Correios em nome do impeachment, conforme ilustração ao lado.

O pedido partiu da cela 12 da Penitenciária de São Vicente 1, no município de mesmo nome em São Paulo, o segundo mais recente pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. Na Câmara desde o último dia 14, o requerimento escrito à mão é assinado pelo presidiário João Pedro Boria Caiado de Castro, 38 anos, condenado a seis anos e 11 meses de detenção por roubo. A petição é um das dez que ainda aguardam decisão do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

CLIQUE AQUI para ler mais.

Em SC, soldado da PM ganha o dobro do que recebe um soldado da Brigada Militar

Em Santa Catarina, ao contrário do RS, nem mesmo para soldado da PM é permitido disputar vaga sem curso superior. No RS, a BM só faz esta exigência para quem quiser ocupar vaga de oficial. Leonel Lucas, presidente da Associação dos Sargentos, Subtenentes e Tenentes da BM, disse ao editor que reivindica a exigência de curso superior também no RS. 
CLIQUE AQUI para saber quanto recebe mensalmente soldados, cabos, subtenentes e tenentes no RS e como serão os aumentos salariais que terão até 2018.

O editor pesquisou dados sobre a remuneração total de soldados da Brigada Militar e da Polícia Militar de Santa Catarina, daqueles que iniciam a carreira, constatando diferenças oceânicas nos dois casos:

Salários totais

Soldado da Brigada, R$ 2.440,60
Soldado da PM de SC, R$ 4.581,00

Se não receber nenhum aumento além daqueles concedidos por antecipação pelo governo anterior, o soldado da BM receberá em novembro de 2018 o valor de R$ 4.003,40, portanto menos do que percebe hoje um soldado da PM de Santa Catarina.

Os soldados da PM sempre receberam em dia e já sabem quais as datas dos pagamentos salariais de todos os meses deste ano, conforme anunciou na semana passada o governador Raimundo Colombo.

118 km/h em área de 60 km/h: reflexos da falta de educação, punição branda e cidade vazia

O flagrante foi nesta quinta-feira na avenida Assis Brasil. A velocidade: 118 km/h numa área onde só se pode trafegar a 60 km/h.

Conforme a EPTC  quem realiza esse tipo de irresponsabilidade, segundo o artigo 218 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), responde por infração gravíssima e a multa é de R$ 574,62. Também estão previstas a suspensão do direito de dirigir e a apreensão da carteira de habilitação.

"Não é possível tolerar esse tipo de postura. Seguiremos utilizando o radar diariamente, mesmo nas férias, pois ainda há condutores que insistem em colocar a sua vida e, como se não bastasse, a dos demais em risco", afirmou o secretário adjunto da EPTC, Marcelo Soletti.

Triplo X: Ministério Público convoca Lula e dona Marisa para depor sobre triplex no Solaris

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua mulher, Marisa Letícia, foram intimados pelo Ministério Público de São Paulo a depor sobre o tríplex no condomínio Solaris, em Guarujá (SP), na condição de investigados.

A informação é do site www.uol.com.br e foi disponibilizada ainda há pouco. Leia tudo.

Também foram chamados o dono da OAS, Léo Pinheiro —preso na Operação Lava Jato—, e o engenheiro da empreiteira Igor Pontes, que teria participado de uma reforma no imóvel.

O depoimento do ex-presidente foi marcado para o dia 17 de fevereiro, e o pedido foi feito pelo promotor Cássio Conserino, que diz haver indícios de que os investigados tentaram esconder a real identidade do apartamento, situação que configuraria crime de lavagem de dinheiro.

Há dois dias, a 22ª fase da Operação Lava Jato, denominada Triplo X em referência ao tríplex, tinha entre os alvos as transações envolvendo o imóvel.

Em seu despacho sobre a operação, o juiz federal Sergio Moro afirma haver a suspeita de que a empreiteira OAS "teria utilizado o empreendimento imobiliário no Guarujá para repasse disfarçado de propina a agentes envolvidos no esquema criminoso da Petrobras".

Lula e a equipe de advogados dele se reúnem nesta sexta-feira para traçar estratégia de defesa, conforme revelou a Folha.

Outro imóvel ligado a Lula, um sítio em Atibaia que está em nome de sócios de um filho do petista, também está sendo investigado. A Folha revelou nesta sexta que outra empreiteira, a Odebrecht, realizou uma reforma no local.

CLIQUE AQUI para acompanhar o caso, de acordo com cronograma montado pela Folha. 

Sobem custos para Jogos Olímpicos

Parece repeteco. Filme já visto. Notícia requentada. A Autoridade Pública Olímpica (APO) atualizou hoje a Matriz de Responsabilidades dos Jogos Olímpicos 2016. Pela primeira vez, a matriz contabiliza um custo superior a R$ 7 bilhões, com R$ 7,07 bilhões em 47 projetos. Na última atualização, o valor estava em R$ 6,67 bilhões. Segundo o documento, 60% desses investimentos são do setor privado e 40%, recursos públicos.

O presidente da APO, Marcelo Pedroso, explicou que o aumento nos valores se deve à inclusão dos custos de projetos como o fornecimento de energia temporária, que, entre a atualização anterior e esta última, tiveram a execução contratada.

Ah, bom...Se é para energia temporária, então pode.

Opinião do editor - Sartori precisa fazer um urgente cruzeiro pelo Rio Grande

Tudo foi ignorado pelo governo Sartori enquanto o editor era apenas uma voz quase isolada a denunciar diariamente o escandaloso sumiço de brigadianos das ruas gaúchas e também a inapetência da gestão pública estadual na área da segurança pública.
Acontece que tudo começou a mudar quando a RBS postou seus poderosos canhões - jornal ZH, RBS TV e Rádio Gaúcha - para demonstrar que falta vontade política para que o governo entre em campo e defenda os cidadãos indefesos.

O governo começou a se mexer.

É o que se quer.

A Operação Avante, que lançou na quarta-feira a noite, melhorou a percepção da população sobre o reaparecimento dos brigadianos nas ruas.

Mas falta mais.

O governo precisa dizer claramente quais os objetivos que quer alcançar e de que meios usará para alcançar o que quer.

Até que faça isto, espetáculos degradantes como os de arrastões em vagões do metrô e até em edifícios e restaurantes, como ocorreram esta semana, continuarão alarmando e assustando a população ordeira que trabalha e quer justiça e paz.

O governador Sartori, que acaba de fazer um cruzeiro pelo Caribe, deve iniciar outro cruzeiro urgentemente, mas desta vez pelo Rio Grande.

Editorial, Zero Hora - Os arrastões e a impunidade

Duas mazelas da segurança pública no Estado ficaram escancaradas no arrastão de jovens e adolescentes saqueadores que aterrorizou os passageiros do trem metropolitano nesta semana. A primeira é a falta de prevenção e policiamento ostensivo, que facilita a vida dos delinquentes. A segunda é a frouxidão da legislação, que propicia a impunidade e a reincidência. Os arrastões, a que os gaúchos assistiam de longe, como se fossem fenômenos restritos especialmente à paisagem carioca, proliferam pelo país e chegam a Porto Alegre. São uma das provas da falência da segurança pública, pois jovens que agem em grupo expressam total desprezo pelo risco, porque não serão contidos nem ameaçados.

No caso do assalto aos usuários do trensurb, pelo menos 10 criminosos atuaram em conjunto. A ausência de policiais em ambientes públicos assegura o êxito de ações como essa. 

Porto Alegre e a grande maioria das cidades gaúchas não dispõem mais de policiamento ostensivo. Soldados da Brigada Militar são raridade na paisagem do Rio Grande do Sul. O aspecto positivo é que, logo depois da ação, a maioria dos envolvidos foi localizada e presa. Mas é exatamente nesse momento, logo após a prisão dos assaltantes, que se expõe, mais uma vez, uma realidade que frustra assaltados e policiais dedicados à caça de criminosos. Muitos dos detidos são reincidentes.

E o que choca ainda mais é que parte do grupo foi localizada e presa porque continuou circulando pelo centro da Capital. São indivíduos, adultos misturados a adolescentes, com passagens pela polícia ou já condenados, que voltam a agir e logo depois se juntam aos pedestres, com a certeza de que, em algum momento, estarão novamente livres. A reação a episódios como este não depende, portanto, apenas das forças de segurança, mas de toda a estrutura institucional, que envolve legislação, Justiça e sistema carcerário e que continua falhando no enfrentamento da criminalidade.