Banco europeu, BNP, diz que dragão da inflação voltou a assustar no Brasil

- Usado o Google Tradutor
para a tradução.

 - No link, você poderá acompanhar o que acontece na economia mundial, por continentes, inclusive uma análise sobre o Brasil. A seguir, o texto inicial de análise de conjuntura sobre o Brasil:

À procura de uma chamada fora de consenso? Não procure mais. Há muito tempo advertimos que a inflação será muito maior do que as pessoas parecem esperar. Preocupações estão mudando de "crescimento arrastado" no ano passado para  "dragão da inflação" este ano. Embora a política fiscal esteja sendo facilitada, o Banco Central terá de mudar de corte de taxa em 2012 para política monetária apertada em 2013, se ele realmente se preocupa conter a inflação.

O crescimento tem desapontado. Enquanto o primeiro consenso de crescimento esperado do PIB para 2012 é superior a 4%, há muito tempo esperávamos leituras próximas de 2%. Estávamos errados. O PIB cresceu apenas cerca de 1% no ano passado. Em comparação com uma expansão tão pobre, o crescimento deve ser melhor em 2013, mas permanece longe de ser espetacular. Brasil enfrenta restrições de oferta, entre pleno emprego e os gargalos de infra-estrutura. Como um carro velho, o Brasil precisa de um melhor motor (oferta), e não apenas mais combustível (demanda). Nestas condições, o limite de velocidade da economia caiu e estímulo de demanda produz mais inflação que crescimento. O crescimento da inflação-trade-off piorou. A inflação é uma dor de cabeça muito pior do que as pessoas parecem perceber. Vemos a inflação ameaçando os 6,5% do teto de tolerância, acima da meta oficial de 4,5%. Nossa previsão de inflação tem sido a mais alta na Street. A rápida subida dos salários, obstinadamente elevada inflação de serviços, as expectativas não ancoradas - não é bom para inflação. Incentivos fiscais e de retenção de preços administrados podem diminuir temporariamente a inflação, mas eles não eliminam pressões subjacentes.

A política fiscal está se tornando decisivamente mais frouxa, truques contábeis para o lado, pois as autoridades esperam que incentivos fiscais podem reduzir os preços e aumentar o crescimento. Isto é elevar os níveis de dívida com implicações para os índices soberanos de longo prazo. Políticas de crédito são também expansionistas. Assim, a política monetária precisa apertar. Há muito tempo argumentaram que a inflação vai forçar o Banco Central a aumentar as taxas este ano - o consenso está se movendo em nosso caminho.

Segue link para o relatório do BNP Paribas. CLIQUE AQUI para examinar tudo.

Privatização de Trensurb com Metrô de Porto Alegre pode ser negócio de R$ 5 bilhões

Sem chance para a espanhola CAF, que não tem cacife, tudo indica que ficará com a Invepar o contrato de modelagem do metrô de Porto Alegre.

. Somente os dois grupos habilitaram-se.

. Quem fizer a modelagem, provavelmente leva o resto.

. A Invepar é representada no RS pelo ex-presidente do Trensurb, que tem livre acesso à estatal federal e defende um pacote único de privatização, unindo Trensurb e Metrô.

. Se conseguir o que quer, o grupo meterá a mão num negócio de R$ 5 bilhões.

. O grupo Invepar é tocado pela Odebrecht, dona do Pólo Petroquímico de Triunfo, embora tenha como sócios alguns dos mais ricos Fundos de Pensão do País, todos controlados pelo governo Dilma e pelo PT.

. O Sindimetrô vem denunciando o sucateamento do trem metropolitano. Seu presidente disse ao editor que o objetivo é desvalorizar para entregar ao setor privado. O Sindimetrô também denunciou ao Ministério Público a estranha liberdade com que o dirigente do Invepar, o ex-presidente do Trensurb, Marco Arildo Cunha, transita pelas instalações da estatal, buscando dados e informações para sua empresa.

- O metrô é um projeto tocado pela prefeitura de Porto Alegre, mas o Trensurb é empresa estatal federal. Caso os dois projetos sejam unificados, seria preciso costurar um bom acordo entre os governos municipal e federal. Trata-se de um negócio de R$ 5 bilhões.  A Invepar tem a concessão do metrô de São Paulo, do aeroporto de Guarulhos e da Linha Amarela, Rio. 

Saiba por que RS resiste à unificação do ICMS interestadual

Foi confirmada para o dia 26 a votação da proposta que unifica o ICMS interestadual. No caso do RS, as alíquotas cairão de 12% para 4% (Sul e Sudeste) e de 7% para 4% (Norte, Centro-Oeste e Nordeste) em três e 12 anos.

. Nesta terça-feira de manhã, os governadores falaram sobre a proposta no Senado.

. O RS sabe que perderá, mas não sabe quanto.

. Uma parte das perdas será compensada por um Fundo de Compensações Federal, que contará com recursos iniciais de R$ 8 bilhões.

BIER MARKT - A 26ª entre as 114 razões para amar a cidade
Veja informa que  Bier Markt é a melhor carta de cervejas da cidade. São 110 rótulos de nove Países. Em 2010, Bier Markt levou o primeiro prêmio como melhor carta de chopes. Suas doze torneiras não usam serpentinas, mas apenas injeções de oxigênio e nitrogênio reguados.Tudo harmonizado com petiscos inspirados na gastronomia alemã. Para cada chope ou cerveja, o copo também customizado. 
Castro Alves 442, Porto Alegre/RS, 30132300. WWW.biermarkt.com.br 
BIER MARKT VOM FASS, A NOVA CASA DA BARÃO DO SANTO ÃNGELO 

Araújo denuncia a Fiesp: “Era um ninho de torturadores”. Fiesp não foi a única que financiou a Oban

Repercutiu em todo o País as denúncias feitas pelo ex-marido de Dilma Rousseff, Carlos Araújo, segundo as quais dinheiro da Fiesp serviu para financiar a Operação Bandeirantes.

. Carlos Araújo também denunciou que gente da Fiesp participou de sessões de tortura, inclusive a que o vitimou.

. O depoimento na Comissão da Verdade não envolveu nomes.

. Não houve menção ao papel jogado por outras Federações de Indústrias, como é o caso da Fiergs, mas se sabe que o dinheiro da Operação Bandeirantes não saiu apenas de São Paulo.

. Faltam os nomes.

. É hora de abrir os arquivos da ditadura.

Alceu Moreira diz que STF tomou decisão política para beneficiar o Rio

Presidente da Frente Parlamentar do Pré-Sal, o deputado gaúcho Alceu Moreira foi curto e grosso ao analisar a concessão da liminar que suspende a nova Lei dos Royalties:
- A ministra Carmem Lúcia fez política para beneficiar o Rio. Ao STF cabe apenas examinar a constitucionalidade da nova lei.

. Alceu Moreira disse ao editor que o presidente do Senado, Renan Calheiros, pedirá a imediata suspensão da liminar.

LEIA entrevista completa nesta página.

Lupi e Vieira impõem derrota aplastante sobre os adversários

Com apenas 38 dos 409 convencionais, portanto sem o número mínimo de 10%, a oposição aos comandos atuais do PT no Brasil e no RS não conseguiu registrar chapa dentro do prazo, que expirou nesta segunda-feira a noite. 

. O vexame não foi apenas da deputada Juliana Brizola e seu irmão, o ex-ministro Brizola Neto, mas também de antigos líderes trabalhistas, entre eles o ex-marido de Dilma Roussef, e o secretário do governo Tarso Genro, Afonso Motta. O pior dos casos foi do ex-governador Alceu Collares, que não soube avaliar a aventura em que se meteu e aceitou ser candidato a presidente contra Carlos Lupi. 

. No RS, resultou fortalecido o atual comando partidário, liderado por Romildo Bolzan e pelo deputado Vieira da Cunha. A influência dos governos Dilma e Tarso no PDT está agora mais fraca do que nunca, o que significa maior independência do Partido em relação a 2014.

Vai sair leilão de energia térmica de carvão. RS tem projetos de R$ 10 bi em novas usinas.

O governador Tarso Genro foi a Brasília nesta terça para falar sobre ICMS interestadual no Senado, mas acabou conversando com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, de quem recebeu a informação de que nos egundo semestre deste ano ocorrerá o tão esperado leilão de energia produzida em térmicas de carvão. O RS dispõe de projetos de novas usinas a carvão, cujos investimentos vão a R$ 10 bilhões, mas estão todos parados. No RS, o principal complexo termelétrico de carvão é da CGTEE.

. Os principais projetos são da MPX em Candiota e Seival, mas a Tractebel também quer investir pesadamente, igualmente em Candiota. Os demais projetos são dos grups Bertin, CTSul e Jacuí. 

Escândalo no governo Dilma - Ministro Pimentel fez lobby de R$ 500 milhões para ajudar Eike Batista

As fotos ao lado foram montadas pelo site Brasil 247

* Clipping revista Época, by Leandro Loyola
Título original: O governo, Eike e um lobby de R$ 500 milhões

 O ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, se reuniu com executivos da empresa Sembcorp. Há um mês, o ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, trabalha para convencer uma empresa estrangeira a transferir um investimento de R$ 500 milhões no Espírito Santo para um empreendimento do empresário Eike Batista no Rio de Janeiro. Pimentel e um lobista de Eike – lobista com padrinhos poderosos em Brasília – pressionaram o embaixador do Brasil em Cingapura, Luís Fernando Serra, a conseguir um encontro de Pimentel com executivos da SembCorp Marine, sediada no país asiático. O objetivo era fazer com que a Sembcorp transferisse seu projeto de construção do estaleiro Jurong Aracruz, do Espírito Santo para Porto Açu, projeto de Eike em São João da Barra, no litoral do Rio de Janeiro. E o lobby já deu resultados. Na quarta-feira da semana passada, Pimentel recebeu, em seu gabinete, os executivos da SembCorp.

O embaixador Serra contou a ÉPOCA os detalhes da pressão que recebeu.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Zambiasi e Rigotto discutirão carisma na revista VOTO, nesta sexta, no Sheraton

Nesta sexta, 12h, a revista VOTO fará outro almoço Brasil de Idéias. Falarão Sérgio Zambiasi e Germano Rigotto, com mediação da jornalista Karim Miskulin.

. Os dois vão debater a importância do carisma na luta pelo poder.

Convites: eventos@revistavoto.com.br

Varejo esfria no Brasil. Boa Vista diz que movimento recuou 0,7% em fevereiro

Análise da Boa Vista Serviços, administradora do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), a partir de dados do varejo com abrangência nacional indicam que, no mês de fevereiro, o indicador de movimento do varejo recuou 0,7% na comparação com janeiro - descontados os efeitos sazonais. Foi o que a empresa comunicou ao editor na tarde desta terça-feira.

. No RS, a CDL de Porto Alegre é uma das sócias controladoras da Boa Vista.

. Na variação dos últimos 12 meses, encerrados em fevereiro deste ano, houve avanço de 6,3% em relação aos 12 meses terminados no mesmo período de 2012.

BIER MARKT - A 26ª entre as 114 razões para amar a cidade
Veja informa que  Bier Markt é a melhor carta de cervejas da cidade. São 110 rótulos de nove Países. Em 2010, Bier Markt levou o primeiro prêmio como melhor carta de chopes. Suas doze torneiras não usam serpentinas, mas apenas injeções de oxigênio e nitrogênio reguados.Tudo harmonizado com petiscos inspirados na gastronomia alemã. Para cada chope ou cerveja, o copo também customizado. 
Castro Alves 442, Porto Alegre/RS, 30132300. WWW.biermarkt.com.br 
BIER MARKT VOM FASS, A NOVA CASA DA BARÃO DO SANTO ÃNGELO 

Artigo, Darcy Francisco Carvalho dos Santos - Mudança nos precatórios, um equívoco

* Clipping www.zerohora.com.br

O Supremo Tribunal Federal (STF) acabou de julgar inconstitucional a Emenda Constitucional nº 62, que permitia o pagamento parcelado dos precatórios judiciais com o estabelecimento de percentuais em função da receita corrente líquida dos Estados, sendo 1,5% no caso do RS.


. O STF é a mais alta corte jurídica do país, cujas decisões nunca podemos deixar de obedecer, porque vivemos num Estado democrático de direito, que tomara seja para todo o sempre. Isso, no entanto, não nos tira o direito de discordar dos reflexos econômico-financeiros e até sociais de suas decisões.

. Os Estados devem R$ 94 bilhões em precatórios judiciais, a maioria deles oriunda da pensão integral sem a respectiva contribuição para tal, instituída na Constituição Cidadã de 1988. Esse fato, só no RS, criou uma despesa adicional superior a R$ 800 milhões anuais e um montante de precatórios de R$ 5,1 bilhões, se assim considerarmos a parcela do IPE na dívida total do Estado com esse item (R$ 8,775 bilhões, segundo balanço geral de 2011 p. 129).

. Se os Estados não estivessem pagando os precatórios porque não querem, a decisão do STF seria positiva, mas não o fazem porque não podem.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Acompanhe, domingo, no Discovery, 2 horas sobre a “Operação Condor”

Será neste domingo, 21h30min, no Discovery (Sky) a apresentação do documentário “Operação Condor”, com duas horas de duração.

. Um dos entrevistados é Jair Krischke, Movimento de Justiça e Direitos Humanos do RS.


. A década de 70 é lembrada com um dos períodos mais controversos da história do Brasil e de outros países da América Latina. As democracias de muitos países da região foram derrubadas por sucessivos golpes de Estado que abriram caminho para violentos regimes militares. Detenções em massa, prisões clandestinas e desaparecimentos são apenas algumas das ações impostas pelos novos líderes para reprimir os opositores de seus objetivos. Neste contexto, aqueles que governavam o Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai formaram uma aliança político militar, mais conhecida como “Operação Condor”, cujo objetivo foi assegurar a continuidade destas ditaduras, neutralizando os diferentes grupos de esquerda: ALN no Brasil, Montoneros na Argentina, MIR no Chile e Tupamaros no Uruguai, entre outros

- A Operação Condor reuniu a inteligência militar das ditaduras do Brasil, Bolívia, Paraguai, Uruguai, Chile e Argentina. Seu objetivo foi assassinar opositores. JK, Jango e Lacerda estariam entre os políticos executados.

Cientista político gaúcho diz que a esquerda transformou Yoani numa vítima da guerra fria

* Clipping Estadão, by Francisco Ferraz
Título original: Yoani, a mais recente batalha da guerra fria

A reação de setores da esquerda à visita da jornalista cubana Yoani Sánchez ao Brasil revelou alguns aspectos da política brasileira atual que exigem uma análise objetiva e desapaixonada. A julgar pelas reações hostis a Yoani, impõe-se uma pergunta inevitável: ela significa alguma ameaça ao Brasil? Que atos terá praticado contra a humanidade para ser percebida como inimiga no País, mesmo que nunca antes tivesse aqui pisado? Qual o imenso e assustador poder que essa jornalista tem para assustar e ameaçar os governantes cubanos, o governo brasileiro, seu partido e sua base parlamentar?

Yoani é uma vítima da guerra fria. Ela conseguiu colocar sua insignificante pessoa na rota dos conflitos entre os grandes. Sua presença, seu exemplo, seu pensamento constituem uma ameaça real ao regime cubano porque são vistos como sinais de fraqueza por seus inimigos - internos e externos.

Mas, e o Muro? O Muro não caiu em 1989? A guerra fria não terminou com a débâcle da União Soviética e o fim do comunismo? Não.

É necessário rever conceitos e algumas "verdades" estabelecidas.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Ibope vê aprovação a Dilma aproximar-se rapidamente dos 110%. É caso único no mundo. Só Hitler obteve apoio maior.


* Clipping www.brasil247.com.br
Título original "Oposição e mídia batem, mas Dilma chega aos 79%.

É recorde; popularidade da presidente e de seu governo são inéditos, apura pesquisa CNI/Ibope; 79% aprovam sua maneira de governar; 63% consideram o governo ótimo ou bom; 38% reconhecem que as notícias publicadas na mídia são negativas para a gestão; mas 75% dizem confiar em Dilma Rousseff; oposição vai acentuar ataques ou fazer retirada estratégica para reavaliar situação?; quem segura essa mulher?

247 - Fustigada pelas críticas sobre o baixo crescimento do PIB, o estilo pessoal de governar e sua política de alianças, para o grande público a visão sobre a presidente Dilma Rousseff é outra: está fazendo uma gestão cada vez melhor. É o que se depreende dos números da pesquisa CNI/Ibope, divulgada nesta terça-feira 19 pela Confederação Nacional da Indústria. Nada menos que 63% dos entrevistados consideram o governo ótimo ou bom, maior índice desde o início da gestão. E não se pode dizer que o público não esteja ciente das críticas disparadas por meio da mídia. O noticiário recente sobre o governo Dilma foi considerado favorável por apenas 38% dos entrevistas, ou seja, está claro para o público que as notícias são, em maior número, negativas para a gestão.

Mesmo assim...

Dilma apresenta, nesta primeira pesquisa em seu terceiro ano de mandato, uma aprovação superior as obtidas, na mesma altura da gestão, pelos então presidentes Lula e Fernando Henrique. O primeiro marcou 39% e FHC, 56%. Ambos foram reeleitos.

Apenas 7% dos ouvidos pelo Ibope a serviço da CNI consideraram o governo Dilma como péssimo. O voto em regular obteve 29%.

Também a aprovação pessoal da presidente subiu – dentro da margem de erro, mas subiu de 78% na última pesquisa para 79% agora. Os antecessores também perdem nesse quesito: Lula com 58% e FHC, 70%. Somente 17% afirmaram desaprovar a gestão de Dilma.]

CLIQUE AQUI para ler mais.

BMW assinará dia 8 o acordo para instalar sua fábrica de automóveis em Santa Catarina

O editor soube nesta terça-feira ao meio dia que o governador Raimundo Colombo assinará no dia 8 de abril o acordo pelo qual a BMW compromete-se a instalar em Araquari, Santa Catarina, a sua fábrica de automóveis do Brasil.

. A assinatura foi adiada várias vezes e se pensou que a fábrica não sairia mais.

. O problema era da própria BMW, que adiou tudo por conta da mudança do presidente. A partir de 1º de abril, assume o cargo Arturo Piñeiro, que trabalha há quase sete anos nos EUA, exercendo cargos como chefe do BMW Group Motorrad, vice-presidente regional da região Central, em Chicago e, mais recentemente, vice-presidente da região Oeste, com sede em Los Angeles. Outra mudança no grupo é designação de Rolf Epp como o novo CEO para os mercados importados de América Latina e Caribe. Ele ficará baseado no Panamá.

Grupo Gerdau poderá ir para São Paulo

O Grupo Gerdau poderá mudar sua sede de Porto Alegre para São Paulo até o final do ano.

EVENTOS EMPRESARIAIS EM GRAMADO
Varanda das Bromélias, o melhor boutique hotel da Serra Gaúcha

Grupos de até 85 pessoas. Duas salas de apoio.
Rua Alarisch Schulz 158, bairro Planalto, 5 minutos do centro, em meio a um bosque
Fone 054.3286.6653. E-mail: reservas@varandadasbromelias.com.br Site www.varandadasbromelias.com.br
CONSULTE AGORA MESMO

GM também pensa em Santa Catarina. Conheça as razões.

A GM examina seriamente a possibilidade de implantar no Norte de Santa Catarina a sua nova fábrica de automóveis no Brasil. Em Joinville, a GM inaugurou há pouco a maior fábrica brasileira de motores, bem ao lado da futura fábrica de automóveis da BMW, que ficará em Araquari.

. A região onde ficam Joinville e Araquari, no Norte do Estado, concentra o maior pólo metal-mecânico  de Santa Catarina e fica a uma hora de Curitiba e cinco de São Paulo.

. Quatro portos localizam-se muito próximos: São Francisco, meia hora ; Itajaí, duas horas; Imbituba, três horas; Paranaguá, também três horas. A região também é servida por boas estradas federais e por ferrovia.

Augusto Nunes diz que Marins, CBF, agente da ditadura, é amigão de Lula

* Clipping www.veja.com.br, by Augusto Nunes

A direção do PT deveria ter recomendado ao departamento de necrofilia eleitoreira que, antes de transformar o assassinato de Vladimir Herzog em instrumento de caça ao voto, confrontasse a lista de envolvidos no episódio com a relação dos bandidos de estimação do chefe. Essa medida preventiva conduziria, já na escavação inaugural, à localização de José Maria Marin numa suíte da catacumba reservada a assombrações que Lula abençoou.

Hoje presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Marin era deputado estadual da Arena de São Paulo quando se envolveu na conspiração que resultou na prisão, tortura e morte de Herzog, então diretor de jornalismo da TV Cultura. Ele entrou em cena na tarde de 9 de outubro de 1975, durante a sessão da Assembleia Legislativa, com o aparte ao discurso do colega Wadih Helu que o incorporou oficialmente à ofensiva forjada para “impedir que uma emissora sustentada pelo governo continuasse sob o controle de comunistas”.Depois de reiterar que a Cultura só divulgava notícias desfavoráveis ao regime militar e prejudiciais à imagem do país, Marin cobrou do governador Paulo Egydio Martins o imediato desencadeamento do expurgo. “É preciso mais do que nunca uma providência, a fim de que a tranquilidade volte a reinar não nesta casa, mas principalmente nos lares paulistanos”, concluiu. O apelo foi atendido em 25 de outubro por agentes da linha dura liderada em São Paulo pelo general Ednardo D’Ávila Mello, comandante do II Exército.

Resgatada pelo jornalista Juca Kfouri, a participação de Marin no episódio acrescentou um item  especialmente repulsivo à folha corrida que vinha registrando delitos pouco impressionantes para os padrões do Brasil Maravilha ─ furtos de medalhas, por exemplo, ou pagamentos mensais suspeitíssimos ao comparsa Ricardo Teixeira.

CLIQUE AQUI para saber mais.

Entrevista, Alceu Moreira - Decisão do STF sobre os royalties foi política e não se sustentará

Alceu Moreira, deputado, presidente da Frente Parlamentar do Pré-Sal

A decisão monocrática da ministra Carmem Lúcia, suspendendo a vigência da nova Lei dos Royalties, tem como se sustentar?
Foi uma decisão política para beneficiar o governo do Rio. A ministra poderia decidir liminarmente sobre a constitucionalidade, mas ela não fez isto e errou. Se decidisse pela inconstitucionalidade, o governo federal teria que depositar os royalties em juízo, até o exame do mérito.

E agora?
Vamos cassar esta liminar.

“Vamos”, quem?
O presidente do Congresso, os governadores prejudicados ou o presidente da CNM, o Paulo Ziukolski.

Renan faria isto?
Por que não? Ele tem que defender a lei aprovada pela maioria dos deputados e senadores. Aliás, ele, hoje, disse que fará isto. 

Saiba quem perde e quem ganha com o vexame de Collares e dos aliados dos Brizola

Com apenas 38 dos 409 convencionais, portanto sem o número mínimo de 10%, a oposição aos comandos atuais do PT no Brasil e no RS não conseguiu registrar chapa dentro do prazo, que expirou nesta segunda-feira a noite.

. O vexame não foi apenas da deputada Juliana Brizola e seu irmão, o ex-ministro Brizola Neto, mas também de antigos líderes trabalhistas, entre eles o ex-marido de Dilma Roussef, e o secretário do governo Tarso Genro, Afonso Motta. O pior dos casos foi do ex-governador Alceu Collares, que não soube avaliar a aventura em que se meteu e aceitou ser candidato a presidente contra Carlos Lupi. Foram todos mandados para casa.

. No RS, resultou fortalecido o atual comando partidário, liderado por Romildo Bolzan e pelo deputado Vieira da Cunha. A influência dos governos Dilma e Tarso no PDT está agora mais fraca do que nunca, o que significa maior independência do Partido em relação a 2014.

João Luiz Vargas levanta dúvidas sobre o papel de Tarso Genro nos anos iniciais da ditadura militar no Brasil

O ex-presidente da Assembléia do RS e também ex-presidente do Tribunal de Contas, o advogado João Luiz Vargas, resolveu cutucar o governador Tarso Genro com vara curta. João Luiz levanta dúvidas sobre a trajetória do governador do PT nos anos iniciais da ditadura militar:

- Tem que abrir os arquivos da ditadura.

. João Luiz resolveu falar depois que leu a declaração de Tarso Genro, que manifestou ontem que "a tese de não se olhar para trás é um convite à cegueira".

-  Considero o governador um pseudo-cego, pois só não vê o que não quer. O mesmo deve um esclarecimento ao povo sobre sua vida como Aspirante (Tenente) nos tempos da Ditadura.
Dos seus colegas de Congresso da UNE em 1967 no Rio de Janeiro, o Tenente Tarso foi o único que não sofreu retaliações nem no movimento estudantil, nem no Exército do Regimento Mallet (Santa Maria).Sou absolutamente a favor que se abram os arquivos da Ditadura.

Sondermann assumirá presidência do Instituto liberdade no dia 26


Será dia 26 à noite, na ESPM, Porto Alegre, a posse de Ricardo Sondermann na presidência do Instituto Liberdade, tradicional organizador do Fórum da Liberdade.

Artigo, Marcos Cavalcante - Fizeram justiça com Vladimir Herzog. E com Marcelo Cavalcante ?

* Artigo, Marcos Cavalcante

O tempo não foi capaz de acabar com essa modalidade de “SUICÍDIOS INVENTADOS” e que, atualmente, ainda servem para inocentar e deixar impunes os verdadeiros assassinos e, também, muitas vezes, os verdadeiros mandantes. O pior de tudo é que o cadáver do morto pode, até mesmo, ser usado para tirar algum tipo de proveito político, como no caso específico do arquitetado e covarde assassinato do meu irmão Marcelo Oliveira Cavalcante, ex-assessor da ex-governadora Yeda Crusius do Rio Grande do Sul, ocorrido em fevereiro de 2009, mas que acabou sendo utilizado no pleito de 2010 para facilitar a vitória do atual governador do Rio Grande do Sul, o petista Tarso Genro.

. À época, políticos oposicionistas e liderados, principalmente, pelo PT e pelo PSOL, e, também, os grandes veículos de comunicação do Rio Grande do Sul não paravam de reverberar por todos os cantos, que os principais suspeitos pelo ASSASSINATO de Marcelo eram pessoas ligadas ao Governo Yeda. A verdadeira família Cavalcante, logo no início, passou a ser insistentemente ignorada, tanto pelas investigações da Polícia Civil do DF e do Ministério Público do DF, como também pela grande mídia gaúcha, por desconfiar e defender rapidamente a tese de um premeditado crime político, mas praticado justamente por pessoas ligadas à oposição, que tentaram e insistiram em colocar o cadáver do Marcelo no colo da então governadora Yeda, vislumbrando, assim, enfraquecê-la para a sua natural candidatura à reeleição ou, até mesmo, acreditando em um possível impeachment, que apesar de tentado, foi rejeitado.

. Causando bastante estranheza, após as investigações apontarem um vergonhoso e descabido desfecho de suicídio, tanto os opositores de Yeda, como a imprensa gaúcha, resolveram se calar e, sem a menor cerimônia, abafaram o caso Marcelo, que até às vésperas da eleição de Tarso era considerado insistentemente como ASSASSINATO, mas após, transformou-se em SUICÍDIO COMUM, acredite!

. Após 37 anos de espera, a família do jornalista Vladimir Herzog recebeu, finalmente, uma nova certidão de óbito com a causa correta da morte dele.

. Pergunto: Quanto tempo a minha família terá de esperar?

EVENTOS EMPRESARIAIS EM GRAMADO
Varanda das Bromélias, o melhor boutique hotel da Serra Gaúcha

Grupos de até 85 pessoas. Duas salas de apoio.
Rua Alarisch Schulz 158, bairro Planalto, 5 minutos do centro, em meio a um bosque
Fone 054.3286.6653. E-mail: reservas@varandadasbromelias.com.br Site www.varandadasbromelias.com.br
CONSULTE AGORA MESMO

Chuva mata 16 no Rio - de novo. Em Roma, Dilma declara: "Sistema de prevenção não falhou. A culpa é das pessoas".

* Clipping Folha.

Petrópolis revive tragédia de 2011; em São Paulo, queda de barreiras interdita duas rodovias

Dois anos depois das chuvas que mataram mais de 900 pessoas, a região serrana do Rio reviveu parte da tragédia. Temporais castigaram a cidade histórica de Petrópolis, causando a morte de 16 pessoas em deslizamentos e deixando 560 desabrigados. Entre os mortos, estão dois agentes da Defesa Civil que buscavam vítimas. No bairro Quitandinha, choveu duas vezes o esperado para todo o mês.

. Em Roma, onde participa da missa que abre o pontificado do papa Francisco, a presidente Dilma disse que não houve falha no sistema de prevenção instalado em 2011 e defendeu medidas "mais drásticas" para remoções em locais de risco. "O problema é que muitas vezes as pessoas não querem sair."

. Em São Paulo, a queda de barreiras interditou trechos das rodovias Rio-Santos e Mogi-Bertioga, provocando longos engarrafamentos. A meteorologia prevê mais chuva para hoje nos dois Estados.