MDA: em Minas, Aécio, 41%, esmaga Dilma, 32%

Pesquisa publicada neste domingo pelo MDA, encomendada pelo jornal Estado de Minas aponta:

Aécio Neves, PSDB,. 41,8%
Dilma, PT, 32,5%
Eduardo Campos, PSB, 5,4%

. Entre os mineiros, avaliação positiva do governo governo Dilma chega a 34,5%, contra 23,9% de avaliação negativa; pesquisa foi realizada entre os dias 3 e 7 de agosto, com 2.002 pessoas.

Chove, faz frio e público foge no terceiro dia do Festival de Cinema de Gramado

Neste terceiro dia de 42º Festival de Cinema de Gramado, domingo, dia 9, abril, chove forte e a temperatura é alta, há pouco público, o que se constatou já na abertura, sexta a noite.

. Hotéis e restaurantes da cidade estão com vagas.

. O movimento de carros na cidade também é reduzido.

. Embora um certame consistente, o festival não entusiasma o público, porque não veio acompanhado das chamadas grandes estrelas da Rede Globo.

CLIQUE AQUI para examinar a ampla e consistente programação. 

Aécio quer chegar a 25% para garantir segundo turno contra Dilma

O jornalista Lauro Jardim, informa no seu blog de hoje, Veja, que aos mais próximos, Aécio Neves tem dito que agora persegue os 25% de intenção de votos nas pesquisas (na última do Ibope, alcançou 23%). Acha que a partir daí sua presença no segundo turno será líquida e certa.

Temer virá dia 15 a Porto Alegre para abrir comitê Diltori

O deputado Eliseu Padilha confirmou neste final de semana que será dia 15 a inauguração do comitê Temer-Sartori em Porto Alegre. Temer virá ao RS para o evento.

. Na verdade, trata-se do primeiro comitê Diltori.

. Sartori avisou que não irá e que seu candidato é Eduardo Campos. 

Infraero negocia Plano de Demissão Voluntária para desligar 2,5 mil funcionários

Com a entrega, na próxima segunda-feira, dos aeroportos de Confins (MG) e Galeão (RJ) aos concessionários, a estatal Infraero entrará em seu mais agudo período de "vacas magras", que deve perdurar pelo menos até 2018. A partir de 2015, a estatal, até então responsável por esses dois aeroportos, deverá dar prejuízo da ordem de R$ 450 milhões ao ano, informou o presidente da empresa, Gustavo do Vale.

. Com a entrega dos principais aeroportos à iniciativa privada, a Infraero perdeu a fonte de cerca de 65% das receitas que tinha até 2012. Além de Confins e Galeão, a empresa deixou de arrecadar com Guarulhos, Viracopos (SP) e Brasília. Além disso, o Augusto Severo, no Rio Grande do Norte, foi fechado depois que o aeroporto privado de São Gonçalo do Amarante começou a operar. 

. Cerca de 80% dos funcionários dos aeroportos já concedidos foram devolvidos à Infraero. Voltando, eles são readequados na própria empresa, já que até agora a opção foi não demitir. Para aliviar a situação, a empresa negocia com o Ministério do Planejamento um programa de redução do seu quadro de funcionários. A Infraero pede recursos, estimados inicialmente em R$ 750 milhões, para iniciar um Plano de Demissão Voluntária (PDV). Isso ajudaria a desligar 2,5 mil funcionários de um total pouco superior a 12 mil.

. A medida, explicou Vale, é necessária para equilibrar as despesas de custeio da estatal a seu novo nível de receitas. 

Henrique Meirelles diz que Dilma é imediatista e por isto lançou a economia na recessão

No seu artigo deste domingo no jornal Folha de São Paulo, o czar da economia durante o governo Lula, Henrique Meirelles, alfineta Dilma várias vezes. Ele foi presidente do BC nos dois governos iniciais do PT, mas Dilma dispensou-o sem mais nem menos, acreditando que o czar seria ela mesma, o que acabou dando no que deu. Leia o artigo:

Sábio é o povo capaz de discernir e premiar os que tomam decisões e praticam gestão que podem não trazer resultados imediatos, mas certamente aumentam o bem-estar da população em prazo maior. E o longo prazo demora, mas chega. O desafio que se coloca aos políticos que disputam as eleições no Brasil é achar o equilíbrio certo entre as propostas econômicas que, se cumpridas, façam o país voltar a crescer e a flexibilidade para equilibrar essas medidas com mensagens aceitáveis aos que preferem benefícios mais imediatos, mantendo sempre a responsabilidade fiscal. Tivemos exemplos bem-sucedidos no Brasil na década passada, quando o país controlou a inflação, diminuiu a dívida pública (até a eclosão da crise), cresceu com vigor (elevando a arrecadação, o que permitiu expandir programas sociais) e gerou milhões de empregos (melhorando a distribuição de renda). Tudo isso garantiu índices de aprovação expressivos ao governo.

.Será interessante observar e analisar o debate eleitoral e, mais interessante ainda, as ações dos que resultarem vitoriosos. Os resultados das políticas econômicas aplicadas nos próximos anos serão fundamentais para o bem-estar dos brasileiros.

CLIQUE AQUI para ler trudo.



Eduardo Campos diz que Dilma transformou o Planalto em comitê eleitoral do PT

Eduardo Campos, ontem, no Recife:

- Considero isso uma coisa muito grave, muito errada. Que do Palácio do Planalto se faça ações desse tipo, agredindo a biografia de profissionais da imprensa, transformando o Palácio, que deve ser um local de trabalho para o povo brasileiro, em um verdadeiro comitê eleitoral

Merval Pereira também denuncia pirataria da "quadrilha do PT"

Um dia depois de Miriam Leitão denunciar uma "política de estado" contra a imprensa livre no País, seu colega Merval Pereira, no Globo, diz também ter sido atacado por "marginais" ligados ao PT

. Dados de sua página na Wikipédia foram alterados a partir de um vazamento no Wikileaks. Merval se refere a um telegrama do serviço diplomático dos Estados Unidos que vazou na internet, revelando seu encontro com o cônsul americano. Ele relatava que Merval agiria para garantir o apoio de Aécio Neves a José Serra nas eleições de 2010. No mesmo lote de telegramas, Diogo Mainardi também confidenciou que uma coluna em Veja, sobre uma chapa dos sonhos de Serra naquele ano, havia sido sugerida pelo candidato tucano. 

. Era tudo mentira da quadrilha cibernética petista. 

Mil invasores da antiga Avipal começam a evacuar a ocupação ilegal

A foto ao lado é do início da ocupação.O governo do PT negou-se a cumprir a ordem judicial de desocupação, desrespeitando a lei e introduzindo insegurança jurídica no Estado. 



Evitando desgastes intransponíveis para o governador Tarso Genro num ano eleitoral e a apenas 60 dias do pleito, as mil pessoas que desde julho ocuparam a área de 10 hectares da antiga Avipal, Porto Alegre, começaram a abandonar tudo na noite deste sábado.

. No início da semana,ordem de reintegração de posse não foi cumprido pela Brigada por ordem expressa do Piratini, que logo em seguida anunciou que pediria 90 dias de prazo para cumprir seu dever. O juiz do caso, titular da 1a. Vara Cível do Fórum da Tristeza, disse que o governo não é parte no processo movido pela proprietária do terreno, a construtora Melnick. A empresa quer construir um condomínio na área e não admite vendê-la e nem abrir mão dos seus direitos constitucionais, alegando que cabe a ela cumprir sua função econômica e social, enquanto cabe ao governo cumprir seu dever legal, policial e social. 

. Nova reintegração foi agendada para a terça-feira e desta vez a Brigada prometeu cumprir a lei, mas oi governo continuou tentando adiar o cumprimento da ordem do juiz.

. Os invasores já começaram a se deslocar para um terreno da prefeitura de Porto Alegre.

. A ordem do movimento é não criar mais marola até as eleições de outubro.