Os bandidos sangram taxistas e a polícia faz o quê ? Corre a proteger a casa do governador.

Segundo OAB e Ajuris, os bandidos mandam no Presídio Central de Porto Alegre, mas segundo a população, eles também mandam nas ruas de Porto Alegre. 


A notícia a seguir é do G1, mas replica tudo o que foi publicado em Porto Alegre neste sábado. Vai na íntegra, porque revela uma ocorrência insólita: a polícia não saiu reforçando o policiamento na cidade, mas apressou-se a reforçar a segurança na casa do governador e no Palácio Piratini. O fato é que Porto Alegre está virtualmente sem policiamento neste início de verão. Na madrugada do dia 1o, o editor percorreu toda a extensão das avenidas Assis Brasil, Goethe, Protásio e Ipiranga, sem encontrar um só carro da Brigada no seu caminho. Isto tem sido recorrente, mas não é recorrente quando se trata de proteger a vida e o patrimônio do governador. Leia:

Depois que mais um taxista morreu em Porto Alegre, a Brigada Militar reforçou a segurança em frente à casa do governador Tarso Genro na manhã desta sexta-feira (3) no bairro Rio Branco, em Porto Alegre. O temor é que ocorra mais um protesto pedindo segurança aos trabalhadores. No entanto, segundo o Sindicato dos Taxistas (Sintaxi) da capital gaúcha, nenhuma manifestação está marcada.
O taxista foi morto nesta madrugada durante uma tentativa de assalto em um posto de gasolina na Avenida Princesa Isabel, no bairro Santana. Segundo a Polícia Civil, um homem que vestia uma jaqueta preta e usava uma bandana na cabeça chegou sozinho ao posto de gasolina e anunciou o asalto. Dois frentistas disseram que não havia dinheiro.
O suspeito foi então até dois táxis que estavam estacionados no estabelecimento. Os taxistas também se negaram a dar o dinheiro ao homem. Ele então disparou duas vezes contra um deles e fugiu a pé.

A vítima chegou a ser encaminhada ao Hospital de Pronto Socorro da capital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu às 6h45. Até o momento, ninguém foi preso.

Saiba quais são as marcas da mentira

A reportagem de capa da revisa Veja deste sábado trata deste assunto: "As marcas da mentira". O editor selecionou o trecho a seguir:

Mark Bouton lista dez sinais que, segundo sua experiência, apareceram associados a alguém decidido a mentir. São eles:

1. Tocar nervosamente a ponta do nariz, a região logo abaixo dos olhos ou cobrir a boca ao falar.
2. Fugir da pergunta e evitar o essencial, dando excesso de detalhes sobre fatos desconectados do ponto central.
3. Alguém que fala com correção, e começa a cometer erros gramaticais grosseiros quando o assunto central da questão é levantado.
4. Afastar a cabeça ou jogar os ombros para trás como reação a uma pergunta direta são movimentos defensivos de quem não quer responder (não necessariamente mentir).
5. Fazer gestos incompatíveis com a emoção descrita revela um esforço mental enorme em não fugir do enredo inventado.
6. Repetir a pergunta que acabou de ser feita integral ou parcialmente é sinal de que a pessoa quer ganhar tempo para construir uma história falsa.
7. Manter todo o tempo os punhos fortemente fechados ou as mãos no bolso é indicador de que a pessoa não quer dizer algo que considera valioso para quem pergunta.
8. Cruzar e descruzar as pernas ou balançá-las descontroladamente são reações defensivas ao mesmo tempo físicas e psicológicas de quem se sentiu incomodado com a pergunta.
9. Quem percebe que está dizendo coisas desconexas ou falsas tende a terminar as frases (mesmo as sérias) com um sorriso e encolher ligeiramente os ombros.

10. Quando uma pessoa está mentindo, ela tende a fechar os olhos por mais tempo, como se procurasse internamente uma resposta.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Aécio diz que governo mistifica ao anunciar superavit fiscal em 2013

Um dia depois de o ministro Guido Mantega anunciar que o Brasil cumpriu sua meta fiscal de 2013, com um superávit de R$ 75 bilhões, o senador tucano Aécio Neves (PSDB-MG) contesta o resultado:

- Não é verdade que o governo alcançou integralmente a meta para o resultado primário. Isso aconteceu porque o Governo Federal contou com uma receita atípica, que não ocorrerá nos próximos anos, de R$ 35 bilhões - R$ 15 bilhões da concessão do Campo de Libra e R$ 20 bilhões do Programa de Recuperação Fiscal.

. Aécio fez o comentário no seu Facebook.

- Com o anúncio de que o governador Eduardo Campos terá chapa puro sangue com Marina como vice, Dilma e Aécio terão que correr para definir os nomes dos seus companheiros de campanha. No PSDB, já há quem fale em Aécio-FHC, mas o PT poderá contrapor com a chapa Dilma-Lula.

Acompanhe o Facebook pessoal do editor

Acompanhe o Facebook do editor, que trata apenas de questões pessoais e assuntos do dia a dia da atividade jornalística. 

CLIQUEAQUI para conhecer.


Dilma toma banho de mar na Bahia

Dilma saindo do mar. A foto e a notícia a seguir são de O Globo de hoje


Num de seus últimos dias de recesso, a presidente Dilma Rousseff foi à praia neste sábado (4) para um banho de mar. Ela foi vista com a família na praia da Viração, na Ilha dos Frades, em Salvador. Num dia de forte calor em todo o país, a capital baiana registrou 30º C entre a manhã e a tarde deste sábado.


. Dilma deixou Brasília para o descanso na passagem de ano no último dia 26 de dezembro, acompanhada da mãe, da filha, do genro e do neto. O destino foi a Base Naval de Aratu, onde está hospedada em uma casa no interior da Vila Militar, a cerca de 3 km da praia. É uma residência estilo anos 1960, que foi reformada no início de seu mandato.

Era mentira o anúncio de Dilma sobre a construção de 800 novos aeroportos regionais no País

Numa bravata para impressionar investidores menos avisados, a presidente Dilma Rousseff, ao falar a uma plateia de empresários no seminário Brasil-França, Oportunidades de Investimento, realizado em Paris em dezembro de 2012, afirmou que pretendia construir 800 aeroportos regionais no País. Isto toda a imprensa brasileira replicou na época. No RS, muita gente encheu-se de esperanças. Sobre este assunto, o jornal O Estado de S. Paulo deste sábado traz novidades inquietantes, negativas, ao revelar números reais a respeito desta outra mentira aplicada pelo atual governo de papel. Leia mais:

. Caindo das nuvens, a presidente não demorou a baixar o número para 270 aeroportos, que seriam construídos, reformados e modernizados, de acordo com um plano orçado em R$ 7,3 bilhões. O plano desafiava o bom senso, mas, mesmo assim, uma medida provisória (MP) foi enviada ao Congresso Nacional, convertida em lei em junho de 2013, prometendo revolucionar a aviação regional. Findo o ano, nenhum dos projetos de aviação regional saiu do papel. Todos ficaram para 2014, prometendo a Secretaria de Aviação Civil (SAC) que os primeiros editais serão publicados ainda no primeiro semestre - acredite quem quiser!

. A SAC nem mesmo identificou as necessidades de investimentos dos campos de aviação planejados, e mais de 60% deles não recebem voos regulares. Para adaptá-los a voos comerciais, são necessários levantamentos aerofotogramétricos locais, análise de impacto ambiental e - só depois dessas etapas - a elaboração dos projetos de engenharia. O custo disso é estimado em R$ 292 milhões.

. A SAC justifica-se dizendo que seis meses foram de trabalho no Congresso até a aprovação da MP. Concluída essa etapa, a Secretaria contratou o Banco do Brasil (BB) como gestor financeiro. O BB dividiu os 270 aeroportos em quatro lotes e abriu 25 licitações para a contratação de empresas para execução de projetos de engenharia.


. Até o momento, 16 contratos foram assinados, não alcançando 6% do total.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Artigo, Rolf Kunz - Por trás da maquiagem, a crise real da indústria

Neste artigo, Rolf Kunz, no Estadão deste sábado, analisa com rigor o dado que o editor colocou nesta sexta, segundo o qual as exportações fictícias de plataformas de petróleo mascaram os valores da pauta comercial brasileira e também as notas a respeito da produção industrial. Leia o artigo:

O pior saldo comercial em 13 anos - o pitoresco e discutível superávit de US$ 2,56 bilhões - está longe de ser um desastre isolado. Os números da balança retratam com precisão a crise brasileira: uma indústria com enorme dificuldade para competir, o descompasso entre consumo e produção, a política econômica feita de remendos e improvisações e a dependência cada vez maior de uns poucos setores ainda eficientes, com destaque para o agronegócio e a mineração. O menos importante, nesta altura, é apontar a exportação fictícia de plataformas de petróleo, no valor de US$ 7,74 bilhões, como evidente maquiagem dos números. Muito mais instrutivos, nesta altura, são outros detalhes. Uma dissecção da balança comercial, mesmo sumária, dá uma boa ideia dos estragos acumulados na economia em dez anos, especialmente nos últimos seis ou sete.


. Sem os US$ 7,74 bilhões das plataformas, a exportação de manufaturados fica reduzida a US$ 85,35 bilhões. Para igualar as condições convém fazer a mesma operação com os números de 2012. Eliminada a plataforma de US$ 1,46 bilhão, a receita desse conjunto cai para US$ 89,25 bilhões. Sem essa depuração, o valor dos manufaturados cresceu 1,81% de um ano para o outro, pela média dos dias úteis. Com a depuração, o movimento entre os dois anos é uma assustadora queda de 5,13%.

CLIQUE AQUI para examinar toda a análise.

Artigo, Ruy Fabiano, O Globo - Lula e os militares

No seu artigo deste sábado em "O Globo", o jornalista Ruy Fabiano conta que a denúncia do ex-delegado Romeu Tuma Jr., publicada no recém-lançado livro “Assassinato de Reputações”, de que Lula atuou como delator junto ao Dops ao tempo do regime militar, não é exatamente inédita – nem exata, em seus termos. O editor leu Nêumanne em "O que eu sei de Lula" e lê Tuma Júnior em "Assassinato de reputações" e pode afirmar que Ruy está enganado, porque Nêumanne conta poucos episódios sobre o caráter permissivo das relações entre Lula e os militares, deduzindo muita coisa, enquanto que o delegado conta o que sabe como protagonista, filho do homem que recrutou Lula como alcaguete do Dops e dos militares, cujo docinome era Barba. Um dedo duro dos seus companheiros do sindicalismo e da oposição.  É completamente diferente. "Assassinato de reputações" descreve locais, datas, pessoas, fatos, com riqueza de detalhes. Isto nem de longe é feito por Nêumanne.

Antes dele, o jornalista José Nêumanne Pinto já a havia feito, no livro “O que Sei de Lula”, publicado há mais de um ano. Ambos, cada qual a seu modo, conviveram com Lula ao tempo em que sua liderança sindical emergia e o inseria na cena política nacional. Não havia ainda o PT, mas Lula já pensava em criá-lo. Era o final dos anos 70 e o PT surge em 1980. Nêumanne, então repórter do Jornal do Brasil, foi destacado para cobrir o sindicalismo do ABC paulista, que surgia como o fato novo da política brasileira.

. Tuma Jr. era já agente da Polícia Federal (não era agente da PF, mas investigador do Dops, porque Tuma Júnior nunca foi da PF) e assessorava o pai, Romeu Tuma, chefe do Dops. Lula já contou – e há um vídeo na internet com esse relato – que era tratado a pão-de-ló por Tuma pai, ao tempo em que esteve preso no Dops.

. Nêumanne diz que, nessa época, em que, para além dos contatos profissionais, desfrutava da companhia de Lula em mesas de bar, deu-lhe carona para um encontro (de que não participou) com personagens do governo militar – entre outros, um representante do general Golbery do Couto e Silva, que nele via uma peça-chave para desmontar a frente oposicionista, abrigada no MDB.


. Lula se recusava a integrar a frente oposicionista.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Genoíno troca prisão em apê apertado por mansão do sogro da filha

Genoíono sai do pequeno apartamento da filha e vai para a casa do sogro dela, bem mais confortável, próxima ao Lago Sul, Brasília.



Como não conseguiu autorização do presidente do STF, Joaquim Barbosa, para cumprir a pena em prisão domiciliar na sua casa, São Paulo, e por isto continua em Brasília, Zé Genoíno vai pelo menos morar provisoriamente numa casa melhor do que a da filha, um apartamento bem modesto.

. Agora ele é hóspede do sogro da filha, uma casa confortável de condomínio próximo ao Lago Sul, Brasília, área de residências luxuosas. 

COMPRE E LEVE PARA CASA. DESFRUTE.
HOJE, SÁBADO, 4 DE JANEIRO: aberto até as 20h
Cervejas artesanais. 200 rótulos de várias partes do mundo
Bier Mark Spirito Santo
No mezanino da loja da Spirito Santo, Rua 24 de Outubro 513, 10h as 20h, inclusive sábado
Vá lá, faça sua encomenda e aproveite o ambiente para tomar um chop ou beber a cerveja da sua preferência.
Fone 3208.2300
É a primeira loja shop in shop do Bier Markt em Porto Alegre
www.biermarkt.com.br

PSB desfaz intrigas de Marina e diz que apoiará reeleição de Alckmin.

O presidente do PSB em São Paulo peita ex-senadora Marina Silva, confirmada (leia nota abaixo) para vice de Eduardo Campos, ao afirmar que o Partido ficará com Geraldo Alckmin: “Qualquer mudança depende do voto dos 680 delegados na convenção, e hoje 95% apoiam o governador”.

. Ele pleiteia para sair vice do tucano.

. O que informam áreas adversárias ao PSDB, Marina Silva tenta convencer Eduardo Campos, presidente do partido, a pular fora da aliança quase certa., Em troca, ela anunciaria que será a candidata a vice na chapa à Presidência 15.

. Os fatos de hoje desmentem as intrigas, cujo único objetivo é inflar a candidatura do mais novo poste de Lula, o ministro Alexandre Padilha, candidato contra Alckmin.

Comunista que faz pose para a Marie Claire: assim é nossa esquerda caviar

Rodrigo Constantino, à esquerda, põe o dedo na moleira em sua coluna deste sábado no site www.veja.com.br, ao comentar que a deputada Manuela D’Ávila é do PCdoB, aquele com forte cheiro de naftalina, que ainda defende o comunismo em pleno século 21, que chegou a mandar até carta de apoio para o psicopata da Coreia do Norte, que agora resolveu eliminar o próprio tio usando-o como comida de cachorro. Leia tudo:

Mas Manuela é também mulher, de feições atraentes segundo os padrões nacionais, e vaidosa.
Por isso ela está fazendo poses toda maquiada na revista Marie Claire, item de consumo de muita patricinha entediada na hora de fazer as unhas e escovar o cabelo no salão chique. Há uma entrevista onde a deputada faz o que a esquerda faz melhor, ou seja, faz-se de vítima, em seu caso do machismo, em um país com uma presidente mulher, várias ministras mulheres, e mais da metade do mercado de trabalho ocupado por… mulheres!


. Ela mesma é líder de seu minúsculo e jurássico partido na Câmara, mas ainda assim se faz de..

CLIQUE AQUI para ler toda a crítica. 

CEEE produz micro-apagões programados. Cenário será de agravamento em 2014.

Exatamente três horas depois, o que revela que efetivamente a CEEE produz microapagões programados na Grande Porto Alegre e no Litoral Norte, suas área sde atuação, voltou o suprimento de energia elétrica na Capital do RS. A CEEE está perto do colapso, porque estão fatigadas seus transformadores, subestações, linhas de distribuição e de transmissão. Os R$ 1,3 bilhão que tinha em caixa para investir na melhoria e expansão dos serviços e equipamentos foram tungados pelo governo Tarso Genro para tapar buracos no caixa único,cujo rombo amplia-se a cada dia graças a uma gestão pública irresponsável, gastadora e voluntarista.

. Na oposição já há movimento intenso para forçar o governo a devolver o dinheiro tomado da CEEE. 

. O editor falou esta manhã com o deputado Frederico Antunes, PP, que segunda-feira virá a Porto Alegre para integrar a comissão permanente que responderá pelos trabalhos da Assembléia durante o recesso, e ele informou que micro-apagões também ocorrem em Uruguaiana, onde ele se encontra, e em toda a Fronteira Oeste. Em Uruguaiana localiza-se a mega-usina de geração de energia a gás, 500 MW, que está paralisada. 

Se há falta de energia, por que a usina não opera ?
Nada foi feito para garantir o gás. A usina está apta a rodar imediatamente, mas o gás só chega depois de 60 dias depois dos acertos entre os governos brasileiro e argentino, inclusive porque o gás precisa desembarcar em Baía Blanca.

Mesmo com decisão imediata, no verão a AES Sul não operará ?
Não dá mais tempo. Falta suprimento de energia ao RS, que só produz 30% do que consome. A linha de transmissão que chegaria a Eldorado não ficou pronta.

Como ficamos ?
Falta até mesmo uma política do governo estadual, não apenas para a CEEE. Este ano o carnaval será em março e teremos Copa, o que quer dizer que teremos demanda aquecida de energia. Não adianta providenciar depois do mal feito. 

Carlos Chagas denuncia desmonte dos processos do Mensalão no STF

Lewandowski, à direita, assumirá em seguida a presidência do STF. Ele quer comandar a revisão do julgamento do Mensalão e absolver os mensaleiros do PT.



Sob o título "A luz que se apaga e a escuridão que se aproxima", o jornalista Carlos Chagas, que escreve para a versão digital da Tribuna da Imprensa, avisa que amigos seus, chegados ao presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, informam: ele pedirá aposentadoria antes de ser sucedido, em abril do próximo ano, pelo ministro Ricardo Lewandowski, na direção maior do Poder Judiciário. Motivo: o desmonte do mensalão, que começará logo depois da mudança na presidência da mais alta corte nacional de Justiça. Leia tudo:

Como? Através de manobra já engendrada pelo PT e pelos advogados dos mensaleiros, com a aquiescência de Lewadowski, que permitirá a REVISÃO dos processos onde foram condenados 25 implicados num dos maiores escândalos da história da República. Estaria tudo coordenado, apenas aguardando a mudança da guarda. Apesar de a revisão de processos constituir-se em exceção na vida dos tribunais, pois acontece apenas com o surgimento de fatos novos no histórico das condenações, já estariam em fase de elaboração os recursos de quase todos os hoje condenados, a cargo de advogados regiamente remunerados, junto com outros ideologicamente afinados com o poder reinante.

. Nada aconteceria à margem de discussões e entreveros jurídicos, mas a conspiração atinge a composição atual do Supremo Tribunal Federal. E a futura, também. 

. O término do mandato de Joaquim Barbosa na presidência da Corte Suprema marcaria a abertura das comportas para a libertação dos criminosos postos atrás das grades e daqueles que se encaminham para lá.

. Joaquim Barbosa não estaria disposto a assistir tamanha reviravolta, muito menos a ser voto vencido diante dela. Assim, prepara seu desembarque. Pelo que se ouve, não haverá hipótese de mudar a decisão já tomada, mesmo ignorando-se se aceitará ou não transmudar-se para a política e aceitar algum convite para candidatar-se às eleições de outubro. Tem até abril para decidir, apesar das múltiplas sondagens recebidas de diversos partidos para disputar a presidência da República.

. A informação mostra como são efêmeros os caminhos da vida pública. Até agora vencedor inconteste na luta contra a corrupção, reconhecido nacionalmente, Joaquim Barbosa pressente a curva no caminho, não propriamente dele, mas dos mesmos de sempre, aqueles que conseguem fazer prevalecer a impunidade sempre que não se trata de punir ladrões de galinha.

. Afinal, alguns meses de cadeia podem machucar, mas se logo depois forem revogados através de revisões patrocinadas pelas estruturas jurídicas postas a serviço das elites, terão passado como simples pesadelos desfeitos ao amanhecer. Não faltarão vozes para transformar bandidos em heróis. 


. A reação do ainda presidente do Supremo de aposentar-se ficará como mais um protesto da luz que se apaga contra a escuridão que se aproxima.

CEEE, esgualepada em R$ 1,3 bi por Tarso, impõe novo apagão neste sábado

Depois de tungar R$ 1,3 bi da CEEE para tapar rombos no seu caixa, Tarso sai de férias de 11 dias no Uruguai, onde não há apagões como o que a estatal impõe de novo neste sábado em Porto Alegre e onde ele não assiste o colapso das operações da companhia. 

A situação da CEEE é de colapso. Nesta sexta-feira, 29 bairros de Porto Alegre ficaram sem luz e sem abastecimento de água. O Dmae alega que faltou energia para mover suas estações de bombeamento.

Desde as 8h55min falta luz em Porto Alegre. A CEEE não explica o que aconteceu. O apagão atinge o populoso bairro Petrópolis pela terceira vez esta semana, além de outras regiões da Capital.

. A CEEE está sem dinheiro para investir desde que o governador Tarso Genro conseguiu dobrar a Assembléia e tungar R 1,3 bilhão dos cofres da estatal, tudo para cobrir rombos no caixa único do Estado e pagar salários.

. Os serviços da companhia demonstram enorme vulnerabilidade desde o início do verão, com constantes apagões, o que tem produzido redução da atividade econômica, desabastecimento de água em toda a região onde opera e prejuízos para as famílias.

. Faltam investimentos em transformadores, subestações, linhas de transmissão e distribuição, equipamentos que em boa parte demonstram fadiga pelo uso prolongado sem melhorias. Também não são feitos investimentos em novas usinas.


- O governador Tarso Genro, que esgualepou a CEEE, goza de férias no Uruguai, onde não acontece apagão. 

Marina será vice de Campos. Chapa pura será lançada este mês.

Até o final deste mês o PSB lançará oficialmente a chapa com a qual disputará a presidência este ano, porque Marina Silva finalmente renmdeu-se ás evidências dos fatos e aceitará ser vice do governador Eduardo Campos.

COMPRE E LEVE PARA CASA. DESFRUTE.
HOJE, SÁBADO, 4 DE JANEIRO: aberto até as 20h
Cervejas artesanais. 200 rótulos de várias partes do mundo
Bier Mark Spirito Santo
No mezanino da loja da Spirito Santo, Rua 24 de Outubro 513, 10h as 20h, inclusive sábado
Vá lá, faça sua encomenda e aproveite o ambiente para tomar um chop ou beber a cerveja da sua preferência.
Fone 3208.2300
É a primeira loja shop in shop do Bier Markt em Porto Alegre
www.biermarkt.com.br

Manuela, em versão vamp, conta para Marie Claire por que quer mudar de vida em Porto Alegre

As fotos ao lado são da Marie Claire. 



Recheada de fotografias que mostram um lado nunca revelado publicamente, o de vamp, a deputada gaúcha Manuela D'Ávila ganhou até capa inteira do jornal O Sul deste sábado,que resolveu replicar a reportagem publicada pela revista Marie Claire na sua edição deste mês. Diz a revista que Manuela decidiu mudar de vida para alcançar a felicidade que sempre procurou. Ela também se queixa do machismo no Congresso. Leia:

- Única mulher a liderar a bancada de um partido em Brasília, ela foi a vereadora mais jovem da história de Porto Alegre e a deputada federal mais votada do Rio Grande do Sul. Às vésperas de completar uma década de vida pública e de se despedir do Congresso, Manuela continua sendo desrespeitada pelos colegas. No mês passado, um deles a acusou de não pensar com a cabeça, mas com o coração, numa tentativa de constrangê-la pelo antigo namoro com o ministro da justiça, José Eduardo Cardozo. Aqui, ela fala porque não aceita esse tipo de machismo, da paixão pelo novo marido e da decisão de deixar a capital federal.

CLIQUE AQUI para ler toda a entrevista.