BB, finalmente, sai da cadeira e vai aos colonos para saber sobre fraudes nos seus empréstimos via Pronaf

Na próxima semana, a superintendência do Banco do Brasil mandará uma equipe de 10 funcionários a Santa Cruz do Sul para atender a todos os agricultores que tiverem dúvidas em relação aos seus financiamentos.

. Foi o que avisou o banco

. O BB também investiga participação de empregados seus nas fraudes.


. O banco, que demora demais para agir, avisou que o processo é importante para avaliar e aprimorar os critérios estabelecidos para a contemplação pelo Pronaf.

. Muitos agricultores sentem-se  ameaçados e intimados, eficando pouco à vontade para fazer suas denúncias.

Onde está Bohn Gass ?, pergunta o colono com a corda no pescoço

Um colono que passou o tempo todo andando de um lado para o outro no auditório da Faculdade Dom Alberto, Santa Cruz do Sul, hoje, durante a audiência pública do Escândalo do Pronaf (leia abaixo), perguntava a cada momento:

- Onde está o deputado Bohn Gass?

. O deputdo do PT foi um dos primeiros investigados na Operação Colono.

. O escândalo do Pronaf já registrou 10 suicídios, a maioria por enforcamentos.

Sem pudor algum, MPA e MST confrontam publicamente pobres colonos lesados no Escândalo do Pronaf

Vários depoimentos dramáticos marcaram a audiência pública realizada hoje em Santa Cruz do Sul para abrir denúncias contra líderes do PT implicados na Operação Colono. São pessoas pobres, pequenos agricultores, lesados em atos de banditismo explícito e enganados na sua boa fé.
A Polícia Federalk  rastreou 26 mil depósitos que passaram por 107 contas ligadas a dirigentes ou funcionários da Aspac, entidade ligada ao Movimento dos Pequenos Agricultores e MST, que são braços ongueiros do PT. A suspeita é que grande parte dos R$ 79 milhõesliberados pelo Pronaf entre 2006 e 2012 possam ter sido desviados. A suposta fraude atingiu Santa Cruz do Sul e outras cidades do Vale do Rio Pardo. O deputado Bohn Gass e o vereador Wilson Rabuscke, ambos do PT, foram ou são investigados.

, O auditório da faculdade que sediou hoje uma sessão das comissões especiais de Agricultura do Senado e da Câmara Federal para discutir a fraude, foi tomado por grupos opostos. De um lado, mesmo sem disfarçar o cinismo e a falta de pudor, representantes do MPA, vestidos de vermelho e com bandeiras da sua entidade e do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST, matriz do MPA). De outro, agricultores que se desligaram do movimento e se dizem fraudados. Gritos e vaias de lado a lado marcaram a sessão.

 Um dos depoimentos que provocou comoção foi o de Wilson Class, agricultor deHerveiras. Ele diz que muitas vezes empunhou a bandeira do MPA e agora quer que a entidade seja responsabilizada pelos R$ 37 mil em dívidas contraídas em seu nome - e que ele nega.
— Eu era agricultor, hoje trabalho de peão (empregado rural). Tive meu CPF trancado, não tenho dinheiro para comprar semente e nem óleo para o trator, nada... Minha filha teria direito ao FIES, é uma aluna estudiosa, mas não posso pagar porque meu nome está sujo nos bancos — reclamou e não foi contestado.

. Senado, Câmara dos Deputados, Câmara de Vereadores, BB, PF, MDA, todos continuarão investigando o caso. Os culpados serão indiciados, processados e enfiados na prisão. 

Tarso protesta contra governador lacerdista do Acre, do PT, que manda embora tudo que é haitiano que encontra pela frente

O governador Tarso Genro saiu finalmente de cima do muro e resolveu "protestar" contra seu colega governador e petista, Tião Vianna, do Acre, que repetindo o que fazia o udenista Carlos Lacerda na década de 60 com os mendigos, simplesmente manda para fora do Estado todos os haitianos que encontra pela frente.

. Em ofício ao colega, diz Tarso:

- O governo gaúcho manifesta inconformidade com a maneira com que vem sendo tratada a questão de cidadãos haitianos migrantes para o Brasil. 

. No documento, o estado gaúcho requer o estabelecimento de um procedimento formal e organizado entre os estados, que permita previsibilidade e planejamento das ações para recepção aos cidadãos haitianos.

De acordo com o Governo do Rio Grande do Sul, informações não oficias sobre a vinda dos imigrantes davam conta de pelo menos quatro ônibus direcionados ao Rio Grande do Sul, entre um total de 24 destinados a várias capitais. Nestas quinta e sexta-feira (27 e 28), todos os imigrantes que chegaram a Porto Alegre foram recepcionados por equipes do governo do Rio Grande do Sul e da prefeitura de Porto Alegre, com encaminhamento solicitado para outros estados, como São Paulo, Paraná e Santa Catarina.

Paulo Francis já sabia que a Petrobrás era mesmo um saco sem fundo para corruptos

O editor conheceu Paulo Francis no Rio, 1962, quando ele era repórter da TV Rio e ambos conversamos no antigo Colégio D. Pedro II sobre o movimento estudantil. Mais tarde nos encontramos nas trincheiras do jornal Correio da Manhã. Depois disto, trocamos figurinhas na sucursal da Globo em Nova Iorque.

. O relato a seguir, replica material já disponibilizado várias vezes, mas que volta a ser muito atual:

. Leia:

(...) Há menos de 20 anos, o jornalista e intelectual Paulo Francis denunciou, no programa de TV “Manhattan Connection”, que “diretores da Petrobrás” punham dinheiro na Suíça. Apesar do alerta de Lucas Mendes (“olha, que dá processo”), Francis não tirou o dedo do gatilho. Referiu-se a um amigo que num almoço com um banqueiro suíço ouvira deste o seguinte comentário: “Bom mesmo é brasileiro, porque esses bilionários árabes depositam US$ 1 milhão, US$ 2 milhões, mas uma semana depois tiram. Os brasileiros põem US$ 50 milhões, 60 milhões e deixam”. Segundo Francis, toda aquela grana era fruto de roubalheira, de superfaturamento da Petrobrás.
Sem provas concretas para substanciar sua denúncia, Francis acabou processado pelo presidente da Petrobrás no foro de Nova York - um processo impagável de US$ 100 milhões.

O presidente da Petrobrás esticou o litígio até onde pôde. Queria infernizar o jornalista, porquanto dispunha de recursos (jurídicos e financeiros) ilimitados para “cozinhar” o processo.  Afinal o presidente venceu a parada. Mas não nos tribunais: nesse processo kafkiano, deprimido, Paulo Francis morreu de um ataque cardíaco, em 4 de fevereiro de 1997.

Agricultores fizeram fila para depor sobre escândalo do Pronaf patrocinado por líderes do PT do RS

O repórter Humberto Trezzi passou o dia em Santa Cruz, RS, onde agricultores fazem fila para depor sobre escândalo do Pronaf

A foto ao lado é de Ronaldo Bernardi/Agencia RBS. O ex-prefeito e vereador Edmar Hermany, também advogado, ouve as denúncias. 

Leia toda a reportagem, que é esclarecedora:

. Santa Cruz do Sul está em ebulição. A Câmara de Vereadores começou a receber na manhã desta sexta-feira levas de pequenos agricultores endividados, que dizem terem sido logrados num golpe envolvendo o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Os lesados fazem fila para prestar depoimento no plenarinho, onde são ouvidos de forma sigilosa, porque a maioria teme represálias pelo fato de fazerem denúncias. À tarde os depoimentos serão tomados numa audiência pública organizada pela Câmara Federal e Senado. O encontro, com presença de deputados, será no auditório da Faculdade Dom Alberto, no centro de Santa Cruz.

. Os denunciantes dizem ter sido lesados pela Associação Santa-Cruzense dos Agricultores Camponeses (Aspac), entidade ligada ao Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) e apontada pela PF como líder de um esquema fraudulento. Conforme inquérito, a Aspac intermediava contratos dos filiados com o Banco do Brasil (BB), para obter financiamentos do Pronaf. O dinheiro liberado, em alguns casos, parava nas contas da própria associação, e parte seria repassada a contas particulares de dirigentes da entidade – sem que os agricultores soubessem. Muitos desses colonos, mesmo sem receber os financiamentos, ficaram endividados e seus nomes foram parar na Serasa (serviço de consulta de crédito usado pelos bancos), como devedores.

CLIQUE AQUI para ler tudo. A reportagem é bem circunstanciada e completa, embora não ataque os agentes políticos da trama, inclusive o deputado Bohn Gass, PT, investigados pela Polícia Federal, porque lideraram o esquema e se beneficiaram dele., O escândalo envolve 6.300 colonos e R$ 80 milhões.

O melhor do gênero, segundo Veja
Vá hoje com seus amigos, colegas, conhecidos, namorada ou esposa.
100 rótulos diferentes de cervejas e chopes artesanais de várias partes do globo. Também comidinhas.
www.biermarkt.com.br

Governo Tarso prometeu 104 acessos asfálticos municipais e só entregou 14

Uma comitiva do governo do Estado viajou hoje para Lagoão, na Região do Alto da Serra do Botucaraí, nesta sexta-feira, onde fez a entrega simbólica de quatro acessos municipais asfaltgados.
Foram entregues os acessos a Canudos do Vale (ERS-424), Relvado (ERS-433), Água Santa (ERS-428) e a ligação entre Ibirapuitã e Nicolau Vergueiro (VRS- 810), obras executadas pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer).

. A Famurs informou esta tarde ao editor que das 104 obras prometidas pelo governador Tarso Genro no Plano de Obras do do Estado, apenas 14 foram concluídas até agora. Dos 90 trechos restantes, 29 estão localizados em duas regiões do norte gaúcho, as mais prejudicadas.

Municípios da região do Norte do RS sem nenhum acesso asfáltico, conforme denúncia feita também hoje:

Barra do Guarita (Amuceleiro)
São Valério do Sul (Amuceleiro)
Sede Nova (Amuceleiro)
Dois Irmãos das Missões (Amzop)
Engenho Velho (Amzop)
Lajeado do Bugre (Amzop)
Novo Tiradentes (Amzop)
Pinheirinho do Vale (Amzop)
São José das Missões (Amzop)

São Pedro das Missões (Amzop)

Colono mantém denúncia de fraude na audiência de Santa Cruz. Petista reage e bate boca na platéia.

É de tensão o ambiente no auditório da Faculdade Dom Alberto, Santa Cruz do Sul, RS, onde se desenrola a audiência pública que Senado e Câmara promovem para investigar o Escândalo do Pronaf. 6.300 colonos da região foram lesados em empréstimos fraudulentos tomados junto ao BB na conta do Pronaf. O dinheiro foi embolsado por lideranças de organizações ligadas a pequenos agricultores e do PT.

. Há pouco o agricultor Edegar Woll disse que passou procuração para o MPA, este tomou empréstimo de R$ 15 mil em seu nome e não lhe entregou o dinheiro, mas a conta está sendo cobrada pelo BB. Presente ao encontro, o coordenador do MPA, Wilson Rabuscke, vereador do PT, investigado pela PF, bateu boca com Woll, que manteve a denúncia.

. Edgar Rubin Woll, de Santa Cruz do Sul. Ele diz ter acertado financiamento do Pronaf, de R$ 15 mil, para comprar um trator usado. Em 25 de abril de 2012, foi ao Banco do Brasil e soube, por funcionários, que o dinheiro tinha entrado em sua conta — inclusive tirou extrato mostrando isso. Quando tentou sacar, o dinheiro não estava mais.

- Decidi cobrar do pessoal da Aspac e do gerente do banco. Eles disseram que era engano, que o dinheiro não tinha entrado na conta. Quando reclamei, me puseram para fora e sugeriram que eu procurasse meus direitos - reclama Woll, que ingressou com ação judicial por perdas materiais, contra o BB e a Aspac. Ele conseguiu liminar para tirar seu nome da Serasa - do contrário, não conseguiria mais financiar a lavoura.

. Bem pior é a situação do casal M. e R., agricultores de Linha Eugênio, interior de Santa Cruz do Sul. Eles dizem que toda a família foi lesada no golpe do Pronaf, em mais de R$ 100 mil: o agricultor, sua mulher e um casal de filhos adultos. Todos tiraram financiamento, intermediado pela Aspac.

- Só recebi R$ 1 mil depois de muito reclamar, embora tenham tirado no meu nome um empréstimo de R$ 16 mil e outro de R$ 5 mil.

. A audiência atraiu a Santa Cruz do Sul agricultores até de outras regiões do Estado. Um grupo de Amaral Ferrador (Metade Sul do Estado) compareceu para denunciar outro tipo de golpe envolvendo o Pronaf. São 76 agricultores que contraíram financiamentos e, junto com eles, pagaram seguros de vida. O pagamento foi feito para pessoas que eles dizem serem ligadas ao MPA e que intermediavam os empréstimos.

. Outros depoimentos ocorrem.

. BB, PF e MPF não mandaram representantes, mas o MDA fez isto.

. O escândalo pode chegar a R$ 80 milhões. 6.300 produtores foram prejudic ados. 10 delesz se suicidaram de vergonha ou estresse.

. Estão em Santa Cruz os deputados federais Luiz Carlos Heinze e Alceu Moreira, além dos estaduais Edson Brum, Ernani Polo, Nelsinho Metalúrgico e Jorge Pozzobom.

Guru de Marina diz que Dilma fez os petistas de palhaços

Guru da ex-ministra Marina Silva durante sua campanha presidencial, Roberto Gianetti da Fonseca publicou hoje instigante artigo na Foilha, intitulado "Guinada ortodoxa?". Ele diz que Dilma fez os petistas de palhaço.

. Leia tudo:

Assim que soube da indicação de Joaquim Levy ao cargo de ministro da Fazenda de Dilma 2 veio-me à lembrança o alerta de Nietzsche: "Aos intelectuais que ingressam na política um papel cômico costuma estar reservado: eles acabam sendo a boa consciência de uma política de Estado".

À luz do fiasco da "nova matriz" em Dilma 1 seria de se esperar algum movimento corretivo da política econômica no segundo mandato, com a prevalência da "curva de aprendizado" sobre o cenário da "aposta redobrada". A surpresa, contudo, é a aparente radicalidade do movimento prenunciado pela escolha de um "Chicago boy" de ilibada reputação fiscalista como titular da Fazenda --uma guinada de 180°!

Será? Salta aos olhos a discrepância entre o teor campanha --baseada na negação da necessidade de qualquer ajuste na economia e na mentira calculada sobre as intenções alegadamente conservadoras e excludentes de Aécio e Marina-- e o perfil dos ministros indicados pela presidente: não só Levy, mas a ruralista Kátia Abreu, na Agricultura, e o ex-chefe da CNI Armando Monteiro no Desenvolvimento.

É inteiramente compreensível que os intelectuais petistas e os líderes de movimentos sociais, feitos de palhaços na campanha, estejam furiosos com a traição e denunciem em manifesto a "regressão" em curso e a capitulação de Dilma 2 às "forças do rentismo e do atraso".

CLIQUE AQUI para ler tudo.
CLIQUE AQUI para ler, também, "O PT está se aburguesando", de Gustavo Franco, em O Globo.
CLIQUE AQUI para examinar "Governo muda política econômica", jornal Valor.

Audiência do Escândalo do Pronaf começou. Auditório superlotou. Rádio Santa Cruz transmite boletins ao vivo.

Já começou a audiência pública marcada por Senado, Câmara dos Deputados e Câmara dos Vereadores em Santa Cruz.

. Os 250 lugares da Faculdade Dom Alberto estão tomados, mas muitas pessoas aguardam do lado de fora e não conseguem entrar.

. A Rádio Santa Cruz, com quem o editor conversou há pouco, transmite boletins e está com repórter no local.

. O deputado Bohn Gass, PT, investigado inicialmente pela PF no Escândalo do Pronaf, não está na audiência, que ouvirá pequenos agricultores lesados em empréstimos fraudulentos tomados no BB por entidades que deveriam representá-los e tomaram o dinheiro para desfrute dos seus dirigentes e campanhas eleitorais do PT no Vale do Rio Pardo. 6.300 colonos podem ter sido prejudicados, 10 deles se suicidaram quando souberam que teriam que pagar o que não deviam. O total da fraude é calculado em R$ 80 milhões. O caso é objeto da Operação Colono, PF, que no entanto foi truncada por ordem do STF e do chefe do MPF, Rodrigo Janot, tendo sido reaberta há poucas semanas.

CLIQUE AQUI para acompanhar a cobertura da Rádio Santa Cruz. Se não abrir o áudio, clique no link alternativo.

Entrevista, Alceu Moreira - Entenda o que (e como) estão em votação os casos da LDO e do superavit fiscal do ano

ENTREVISTA
Alceu Moreira, deputado Federal, PMDB do RS

O que está em votação neste momento? LDO? Por que esses vetos são votados antes? 
O que está em votação na verdade é o projeto 36/2014, do Congresso, que altera a meta do superávit. Os vetos foram votados a toque de caixa porque estavam trancando a pauta de votação, o que impedia o Congresso de votar qualquer outro projeto. Por isso o governo pressionou de todas as formas o presidente do Congresso, Renan Calheiros, para limpar a pauta.

A votação da LDO antecede a votação do Orçamento? Se não for votado o que acontece?
Sim, porque a LDO é na verdade um guia que orienta a elaboração do orçamento da União. Se o Orçamento não for votado, o governo só pode gastar até  1/12 do que estava previsto, até que ele seja votado e sancionado.

Por que a LDO tem que ser votada antes do projeto?
Na verdade o projeto precisa ser votado até o dia 31 de dezembro para que a conta do ano feche para o governo. Por isso a pressa. Ele muda o cálculo do superávit, desobrigando o governo de cumprir a atual meta fiscal. Como a meta já foi descumprida, se o cálculo não mudar, a presidente pode ser enquadrada na Lei de Responsabilidade Fiscal.

Como é esse projeto de anistia de Dilma ?
O projeto retira da LDO o teto de abatimento da meta do superávit, que já foi ultrapassada pelo governo.

Se ele não for aprovado, o que acontece ?
A presidente pode ser acionado pelo descumprimento da LRF, já que não cumpriu o limite de gastos. Podendo ser processada criminalmente, inclusive, com a possibilidade da abertura de um processo de cassação.

Podes mandar link do projeto de anistia ?

http://www.senado.gov.br/atividade/materia/detalhes.asp?p_cod_mate=118860

O melhor do gênero, segundo Veja
Vá hoje com seus amigos, colegas, conhecidos, namorada ou esposa.
100 rótulos diferentes de cervejas e chopes artesanais de várias partes do globo. Também comidinhas.
www.biermarkt.com.br

Tarso resolve doar em regime de urgência imóveis no valor de R$ 10 milhões

Logo que o atual governo petista assumiu, a equipe de Tarso Genro apontava a venda de patrimônio físico (imóveis espalhados pelo interior e Porto Alegre sem uso pelo Estado) como uma boa fonte de receita para as já combalidas finanças públicas.

. Pois bem, criou-se então no âmbito da Secretaria da Administração (leia-se Stela Farias) o projeto Otimizar (Programa de Gestão do Patrimônio) com a finalidade de levantar este patrimônio e proceder nos respectivos leilões. O projeto buscou R$ 18 milhões de financiamento do Banco Mundial.

. De prático, para as finanças públicas, o projeto está fechando com receita de R$ 3,7 milhões com o leilão de 31 imóveis (20% do valor do financiamento), sem falar que o governo seguiu pagando aluguéis caros em alguns casos, como a nova sede da EGR e do Detran (paga desde o inicio do governo pela locação de um prédio de sete andares e não utiliza as salas - custo de R$ 1,5 milhão).

. Acontece que gora no final do governo, Tarso abre a sua caixinha de bondades e encaminhou projeto para doação de imóveis localizados na Rua Botafogo, Porto Alegre, em favor da Associação dos  Funcionários da Secretaria da Agricultura (AFUSA).

. Estes imóveis estão avaliados no mercado em algo perto de R$ 10 milhões.

. Ninguém consegue entender o que quer a Afusa com imóveis tão caros e nem por que razão o governador conseguiu conceder tão inédito benefício. 

. O PL 256/2014 tramita em regime de urgência e será votado nos primeiros dias de dezembro.

O melhor do gênero, segundo Veja
Vá hoje com seus amigos, colegas, conhecidos, namorada ou esposa.
100 rótulos diferentes de cervejas e chopes artesanais de várias partes do globo. Também comidinhas.
www.biermarkt.com.br

Rádios de Santa Cruz emitirão boletins sobre audiência pública do Escândalo do Pronaf

As emissoras de rádio e a TV Câmara não farão transmissão em tempo real da audiência pública sobre o Escândalo do Pronaf, 14h,Santa Cruz do Sul, RS, mas as rádios Gazeta e Santa Cruz emitirão boletins a todo momento, conforme informações apuradas pelo editor.

.  Clique num dos dois endereços e acompanhe:

RÁDIO GAZETA AM
http://www.grupogaz.com.br/popup_radio.php?id=5
Rádio Santa Cruz AM

http://www.grupogaz.com.br/popup_radio.php?id=5

Apesar da trinca de ases de Dilma, mercado abre o dia mau humorado



A Bolsa reagiu mal ao anúncio sobre o "espetacular" crescimento do PIB, mais 0,1%,, tirando o País da recessão técnica, e também preferiu não comnemorar a oficialização pelo Planalto da equipe econômica, quando foram confirmados os nomes de Joaquim Levy e Nelson Barbosa para os ministérios da Fazenda e do Planejamento e de Alexandre Tombini, mantido no Banco Central.

. O mercado não se convenceu com discurso de Levy e índice fechou em queda; hoje, ações da Petrobras caem com desvalorização do petróleo; às 12h30, Ibovespa subia 1%

Sem condições políticas e morais, deputados aprovarão reajuste de 16% do piso estadual na terça-feira

A Assembléia do RS votará na terça-feira o projeto do governo que aumenta em 16% o piso salarial estadual.

. Depois que criou aposentadoria especial para os próprios deputados, nenhum deles terá coragem de votar contra o aumento despropositado. Estão sem condições políticas e morais para se opor ao Piratini.

. Tarso Genro sairá do governo como herói dos trabalhadores privados, já que os que governa não serão objeto do benefício. Aliás, Tarso não conseguiu sequer pagar o piso salarial nacional do magistério, lei que ele ajudou a assinar e não cumpriu.

Pressão sobre colonos antecede audiência pública do Senado e Câmara em Santa Cruz

Há enorme pressão sobre os colonos de Santa Cruz do Sul e Sinimbu para que não falem esta tarde, 14h, quando abrir a audiência pública que Senado, Câmara dos Deputados e Cãmara de Vereadores realizarão em Santa Cruz.

. 6.300 pequenos agricultores que passaram procurações a entidades da área, lideradas por quadros do PT, foram fraudados em empréstimos tomados do Pronaf junto ao Banco do Brasil. Pelo menos 10 colonos se suicidaram. A Polícia Federal abriu investigações via Operação Colono, mas foi impedida de cumprir mandatos de busca e apreensão no dia 2 de outubro. O STF não queria que a PF investigasse o deputado Bohn Gass, PT, porque ele tem foro privilegiado. O PT do Vale do Rio Pardo está todo envolvido no escândalo.

Nova rede da corrupção surge nas contas suiças de Paulo Costa

Os procuradores do MPF que foram à Suiça para repatriar US$ 23 milhões depositados em contas do ex-diretor da Petrobrás, Paulo Costa, ficaram surpresos com a identidade dos depositantes.

. Eles estão voltando ao Brasil.

. As autoridades suíças disseram que os procuradores terão farta munição para encerrar as investigações com êxito.

. Ainda no âmbito da Lava Jato, o jornal Folha de S. Paulo de hoje informou que uma das maiores empresas de obras do mundo, a Shanska, que está no Brasil desde 1990 e possui contratos de US$ 4 bilhões com a Petrobrás, resolveu ir embora do País por causa do escândalo.

. O caso não é único.

. Também a holandesa SBM, envolvida na corrupção da Petrobrás, pensa deixar o Brasil.

CLIQUE AQUI para ler tudo sobre as contas da corrupção na Suiça.
CLIQUE AQUI para examinar a notícia sobre a Shanska.

Ministério do Trabalho estoura terceirizados que faziam trabalho-escravo para Lojas Renner

O Ministério do Trabalho continuará investigando para verificar se outras terceirizadas também praticam trabalho-escravo para atender as necessidades das Lojas Renner.

. Ontem foi estourada uma oficina de São Paulo e libertados os escravos.

. Hoje os procuradores fornecerão detalhes em SP.

. Mais oficinas podem ter sido flagradas.

.A direção das Lojas Renner disse que sabia do caso, descredenciou o violador e avisou que não admite este tipo de crime.

Schirmer fica em Santa Maria

Não existe a menor chance de que o prefeito de Santa Maria, Cesar Schirmer, seja o secretário da Fazenda de Sartori.

. Ele quer completar seu mandato.

. Schirmer já deixou claro que seu compromisso não é apenas político com a cidade, mas também pessoal.

FHC usa floreio para dizer que Justiça pode cobrar o mandato ilegítimo de Dilma

O ex-presidente FHC afirmou hoje que o sistema político pode vir a ser afetado por decisões judiciais.

. A declaração foi o fecho de uma entrevista na qual o líder tucano deixou claro que o novo governo petista bordeia a ilegitimidade.

. Ela acha que isto poderá custar o mandato de dilma.

. Leia:

- Estamos assistindo neste momento processos complicados de corrupção, a justiça atuando, e isso afeta os partidos e os governos. Não é de estranhar-se que no Brasil a solução para esse imbróglio político não venha a partir do sistema político mas sim de decisões judiciais. Dada a situação política e o constrangimento que há para mudar essa situação, de repente pode ser que haja uma judicialização de decisões que venha afetar o próprio sistema político.

Autoridades venezuelanas assinam ordens de prisão contra políticos da oposição

As autoridades da Venezuela assinaram mandados de detenção contra dois políticos da oposição e mais seis cidadãos, pela participação em um "plano" contra o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

. Segundo comunicado divulgado nesta sexta-feira pelo Ministério Público venezuelano, a ordem de detenção inclui o ex-candidato presidencial Henrique Salas Römer e o líder opositor e diplomata Diego Arria Salicetti. O advogado Gustavo Tarre Briceño e os cidadãos Robert Alonso Bustillos, Ricardo Emilio Koesling Nava e Pedro Mario Burelli Briceño também estão incluídos.

. A ex-deputada da oposição María Corina Machado Parisca, de 47 anos, foi notificada para apresentar-se ao Ministério Público na próxima quarta-feira, para responder sobre um processo em que é acusada de envolvimento em conspiração para assassinar o presidente. Em 31 de março, o Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela determinou que "ao aceitar uma representação de outro país" sem autorização do Parlamento, a ex-deputada "perdeu de pleno direito o seu lugar parlamentar". Em 28 de maio, o "alto comando político" da revolução bolivariana acusou vários dirigentes da oposição de, com o apoio de um banqueiro, promover um golpe de Estado e um atentado contra o presidente Nicolás Maduro.

Artigo, Percival Puggina - O que eu diria, agora, a Aécio Neves

Na terça-feira, dia 25 deste mês, ocorreu uma reunião conjunta da Câmara e do Senado para apreciar vetos presidenciais. Trinta e oito dessas interdições trancavam a pauta e atrasavam a votação do que mais interessava ao governo: o projeto que desobriga a presidente da República de cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal. Incrível, mas verdadeiro! Em ano eleitoral, o governo gastou nosso dinheiro além da conta em busca de votos, e quer uma lei que retroaja efeitos para inocentá-lo do crime de responsabilidade cometido. Tudo ao modo carinhoso e benevolente do PT quando as matérias envolvem suas conveniências. Os trabalhos da tumultuada sessão eram presididos pelo notório senador Renan Calheiros. Também ele, seguindo a cartilha da mistificação, assegurava, com serenidade franciscana, que não estava fazendo aquilo que fazia diante de todos: rasgar acordos e o Regimento Interno para atender ordens do Palácio do Planalto. Como consequência, o Plenário rugia. Senadores e deputados batiam boca no microfone de apartes. E por toda parte. Resultava quase impossível falar e ser ouvido. Ademais, todos os argumentos da oposição eram rejeitados liminarmente por Renan Calheiros. O Plenário fremia em sucessivas questões de ordem, razões, irrazões e desordens.


De súbito, o senador Aécio Neves pediu a palavra e anunciou que iria à tribuna. Foi surpreendente o que aconteceu. Sobre a agitação do Plenário, lotado por membros das duas Casas, fez-se inesperada quietude e silêncio. Quem estava sentado levantou-se para ver melhor e todos se voltaram para o orador como se fossem cantar-lhe o hino à Bandeira. Calou-se a oposição, claro. E se calou, também, a ainda mais numerosa e barulhenta base do governo. Do começo ao fim do discurso.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

"Maquiagem de preço" é a principal reclamação sobre a Black Friday

A quinta edição da Black Friday - evento que promete descontos nas compras pela internet – começou oficialmente meia-noite desta sexta-feira, mas como muitos sites já antecipavam o dia de promoções, as ofertas vieram acompanhadas de muitas queixas.

. Segundo o diretor de operações do Reclame AQUI, Diego Campos, a principal reclamação no site é sobre empresas que aumentaram os preços dos produtos repentinamente e agora voltam ao preço original por ser Black Friday.

. Um cliente de Salvador, por exemplo, relatou no site que verificou o preço de um computador com TV Digital por R$ 2.552 e que agora, poucos dias antes do anúncio da Black Friday, já aumentou em R$ 200.

Deputados querem aumentar salário para R$ 35,9 mil

Na tentativa de aumentar os próprios salários, deputados incluíram na pauta de votações da Câmara da semana que vem a proposta de emenda à Constituição (PEC) 5/11, que atrela os subsídios deles, dos senadores, da presidente e do vice-presidente da República e dos ministros de Estado à remuneração dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

. Além disso, a Casa trabalha na criação de um decreto que reajusta o salário direto em pelo menos R$ 33,7 mil. Se aprovadas as propostas, os parlamentares brasileiros terão remuneração entre as mais altas do mundo.

. Deputados recebem hoje R$ 26,7 mil, conforme lei aprovada em 2010, quando recebiam R$ 16,5 mil – o incremento foi de 61% para se igualar à remuneração dos ministros do STF. Se a PEC 5/11 for aprovada, esse tipo de lei não será mais necessária. E a remuneração deles poderá subir 34%, chegando a R$ 35.919,05, porque foi aprovado na quarta-feira, pela Comissão de Finanças, o projeto do STF que altera o salário deles a partir de 1° de janeiro próximo – o texto ainda precisa passar pelo plenário da Câmara e pelo Senado.

Oi TV: 100 mil clientes no Rio Grande do Sul

A Oi investiu nos nove primeiros meses de 2014, mais de R$ 200 milhões no estado do Rio Grande do Sul (R$ 1,2 bilhão nos últimos cinco anos). Neste mês de novembro, a Oi alcançou 104 mil clientes do seu serviço de TV por assinatura no estado.

. A empresa vem apresentando ofertas com a melhor relação custo x benefício, com uma grande variedade na programação, com a inclusão de diversos canais em HD com canais HBO/MAX e Telecine e de canais locais em alta definição que atualmente são apenas oferecidos pela Oi TV na tecnologia DTH, a partir de R$ 49,90/mês.

. Recentemente Oi TV anunciou também o lançamento de dois novos serviços: o Oi Filmes e o DVR (gravador digital). A Oi TV conta hoje com mais de um milhão de clientes em sua área de atuação: todo o Brasil, menos o estado de São Paulo.

PIB cresce ridículos 0,1% no trimestre e escapa por um triz da recessão

Expansão dse 0,1% no trimestre correspondeu a R$ 1,29 trilhão, segundo dados do IBGE divulgados nesta sexta-feira 28. No segundo trimestre, a economia brasileira havia caído 0,6%;

, Na comparação com o mesmo trimestre do ano passado, a economia brasileira recuou 0,2%.

. O PIB acumula alta de 0,2% no ano e de 0,7% no período de 12 meses.

. No gráfico ao lado, o cenário do Brasil é um dos piores do mundo. 

Entrevista, Vilson Noer, AGV - O Black Friday veio para ficar

ENTREVISTA
Vilson Noer, presidente da Associação Gaúcha do Varejo
 
O Black Friday veio com tudo, este ano, no RS?
Demorou um pouco para pegar. A promoção do varejo começou há 5 anos em São Paulo. No RS começou a se encorpar há três anos, mas este ano demarrou de verdade. Ele veio para ficar.

Vem em boa hora ?
O varejo vive de eventos. Este é mais um evento e chega em momento de turbulência na economia, o que quer dizer que ajuda muito.

Como é que isto avançou tão rapidamente no Brasil ?
Começou com as redes sociais, mas agora as grandes marcas do varejo assumiram.

Locadora Thrifty Car abre operações no RS

A empresária Mara Peixoto Santos e o advogado Arlei Dias abriram as portas da Thrifty Car Rental no Estado do Rio Grande do Sul para as regiões de Porto Alegre e Grande Porto Alegre, com um planejamento de abertura de futuras instalações no interior do Estado (Caxias do Sul e Pelotas).“Entramos no mercado com esta marca bastante forte mundialmente além de, contribuir com o desenvolvimento e expansão do mercado de locação de veículos, hoje contamos com 70 carros na frota, mas estimamos iniciar 2015 com a marca de 100 veículos para locação, inclusive micro-ônibus” e no final de 2015 disponibilizar 150 veículos só em Porto Alegre, comenta Arlei Dias, sócio da empresa e também sócio principal da Arlei Dias Advogados e Consultores

 . A marca está presente em 20 cidades brasileiras, em 77 Países e com mais de mil e trezentas lojas. O diferencial da Thrifty é oferecer serviços personalizados. A Thrifty foi fundada em 1958, em Tulsa, EUA, e é uma subsidiária da Dollar Thrifty Automotive Group, que foi adquirido em 2012 pela Hertz Global Holdings Inc. Thrifty Car 

Greve de ônibus é mantida em Pelogtas. Juiz manda 60% da frota rodar nos horários de pico.

Em assembleia realizada na noite desta quinta, convocada para analisar a nova proposta das empresas, os motoristas e cobradores – mobilizados – resolveram rejeitar a oferta e continuar com a greve dos ônibus em Pelotas.

. Os trabalhadores não discutiram o projeto da prefeitura de licitar os serviços de transporte coletivo da cidade.


. A assembleia deliberou também por acatar integralmente a decisão do TRT/RS que obriga até 60% da frota permanecer em circulação, nos horários de pico

MPF pega irmão petista do presidente do TSE em São Paulo

O Ministério Público Federal denunciou Mário Bulgareli (PDT) e José Ticiano Dias Toffoli (PT), irmão do presidente do Tribunal Superior Eleitoral e ministro do Supremo Tribunal Federal, por desvio de R$ 57 milhões do Fundo Municipal de Saúde e de atividades escolares para custear a folha de pagamento e outros gastos da Prefeitura de Marília, interior de São Paulo, entre 2009 e 2012. As verbas eram repassadas pela União para saúde e educação.

. O material é do Estadão. Leia:

Três ex-secretários da Fazenda do município também foram denunciados por participação no desvio do dinheiro. Mário Bulgareli administrou a cidade de janeiro de 2005 a março de 2012, quando renunciou após denúncias de irregularidades em sua gestão. Durante o segundo mandato, o então prefeito foi responsável pelo desvio de R$ 28,2 milhões destinados à saúde e à educação. O vice José Ticiano Dias Toffoli, que assumiu o governo após a renúncia de Bulgareli, teria movimentado irregularmente outros R$ 28,8 milhões nos dez meses que ficou à frente da Prefeitura.
 
Segundo a Procuradoria, os ex-secretários da Fazenda fizeram as transferências por determinação dos ex-prefeitos. Em depoimento, Dias Toffoli admitiu o uso irregular do dinheiro. Ele teria afirmado que, quando tomou posse do cargo, havia um déficit de aproximadamente R$ 8 milhões no caixa da Prefeitura, o que o teria obrigado a dar sequência aos delitos já praticados pelo antecessor.
O Ministério Público quer a condenação dos denunciados por crime de responsabilidade. A pena é de três meses a três anos para gestores que aplicarem indevidamente verbas públicas. 

CLIQUE AQUI para saber mais. 

Advogado gaúcho continua recolhendo assinaturas para pedido de impeachmenbt de Dilma

O advogado gaúcho Pedro Lagomarcino (OAB/RS nº 63.784) é o primeiro signatário de uma extensa petição de ´impeachment´contra a presidenta Dilma Rousseff que está coletando assinaturas na Internet. O requerimento será, em seguida, enviado à Câmara dos Deputados, a quem caberá decidir se é o caso de aceitá-lo, ou não. Ex-secretário do desembargador do TJRS (ora aposentado) Claudio Augusto da Rosa Lopes Nunes e ex-advogado concursado da FAPERGS - Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do RS, Pedro Lagomarcino exerce as atividades em seu próprio escritório, que atua nas áreas de propriedade intelectual e gestão estratégica da inovação tecnológica.

"Já foram colhidas qualificadas 158 assinaturas, pois enviei meu texto a pessoas e contatos profissionais selecionados, meticulosamente, a dedo. Mas, agora a petição irá decolar do ponto de vista quantitativo também, para que possa ganhar as proporções que a causa exige" - disse o advogado ao Espaço Vital, editado pelo também advogado, mas igualmente Jornalista, Marco Antonio Birnfield. A frase ao lado, acima, foi recapturada por Birnfield para seu blog. 

CLIQUE AQUI para conhecer as razões do advogado gaúcho e também assinar o pedido.


Entrevista,Edmar Hermany - O Escândalo do Pronaf no RS não tem precedentes na história do Estado

ENTREVISTA
Edmar Hermany, ex-prefeito, vereador em Santa Cruz do Sul, RS

Está tudo pronto para a audiência desta tarde sobre o Escândalo do Pronaf ?
Sim, será as 14h. Senado e Câmara já confirmaram presença. Temos 250 lugares, que serão poucos para a enorme quantidade de pessoas que querem saber o que aconteceu com os nossos colonos lesados nos empréstimos fraudulentos do Pronaf.

MDA,Banco do Brasil, PF, MPF, sindicatos e ONGs controladas pelo PT, colonos prejudicados, todos confirmaram testemunhos ?
Nem todos. Os colonos estarão aqui. É uma comunidade de 6.300 famílias prejudicadas. Houve muitos suicídios. A questão não está resolvida. Recebo todo dia muita gente prejudicada que não sabe o que fazer, que está  indevidamente com o nome sujo na praça.

A TV  da Câmara de Vereadores fará transmnissão ao vivo ?
Não vai dar. Teríamos que investir dinheiro para fazer isto, mas vamos gravar e transmitir no nosso horário da NET.

O senhor já viu algo igual noi município ?

Nem na região ou no Estado. É um escândalo de corrupção sem precedentes. 

Senado e Câmara vão esta tarde a Santa Cruz para audiência pública sobre o escândalo do Pronaf

Santa Cruz do Sul e o todo o Vale do Rio Pardo estão em polvorosa com a reunião desta tarde.  A mobilização é enorme. Esperam-se fortes emoções. 6.300 pequenos agricultores foram lesados. O golpe já é estimado em r$ 80 milhões. Pelo menos 10 colonos já se suicidaram diante da vergonha de não poder pagar empréstimos que não tomaram. A mídia estadual parece ignorar as dimensões do drama político, econômico e humano. A Câmara de Vereadores local faz toda a organização do encontro e participa ativamente de tudo. O escândalo do Pronaf envolve lideranças estaduais e locais do PT, que já respondem a investigações do MPF e da Polícia Federal. 

A audiência pública em Santa Cruz do Sul, com o objetivo de tratar da denúncia de desvio de dinheiro do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) no Rio Grande do Sul, será nesta sexta-feira . O encontro terá início às 14h, no auditório da Faculdade Dom Alberto, e será realizado em conjunto pelo Senado, por iniciativa da senadora Ana Amélia (PP-RS), e pela Câmara dos Deputados, por solicitação do deputado Luis Carlos Heinze (PP-RS).
O objetivo é seguir cobrando explicações sobre as denúncias e exigindo investigação rigorosa nesse caso grave, além de garantir transparência ao importante programa de fortalecimento da agricultura familiar no País. Mais de 6,3 mil pequenos produtores teriam sido vítimas da fraude, com suspeita de movimentar cerca de R$ 80 milhões. A parlamentar será representada no encontro pelo chefe de gabinete, Marco Aurélio Ferreira.
Além dos produtores supostamente lesados na região, foram convidados a participar da audiência o ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, os vereadores de Santa Cruz do Sul, Wilson Rabuske, coordenador do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), e Maikel Ismael, o ex-presidente da Associação Santa-Cruzense dos Pequenos Agricultores Camponeses (Aspac), Perci Shuster, o presidente do Sindicato Rural de Santa Cruz do Sul, Marco Antonio dos Santos, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santa Cruz do Sul, Renato Goerck, o presidente da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), Benício Albano Werner, o presidente da Cooperativa Mista dos Fumicultores do Brasil (Cooperfumos), José Gilberto de Oliveira Tuhtenhagem, e representantes da Polícia Federal e do Banco do Brasil.
O Senado já realizou no último dia 13, na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária

ENTENDA: desde 2012, a Polícia Federal (PF) investiga denúncias levada à Delegacia da Polícia Federal de Santa Cruz do Sul que apontam suspeitas de desvio de recursos destinados ao Pronaf. A PF quebrou o sigilo de 107 contas bancárias e apontou que 26 mil depósitos foram responsáveis pelo repasse de R$ 104 milhões no período de 2006 a 2012. Pelo menos R$ 79 milhões eram do Pronaf. A Operação Colono, como ficou conhecida a investigação, produziu um inquérito enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) por suspeita de envolvimento de um deputado federal com foro privilegiado, Elvino Bohn Gass (PT), reeleito neste ano.