Raupp avisa: "PMDB pode lançar candidato contra Tarso, mas deve fechar aliança com Dilma"

O recado é para o PMDB do RS, que lançará candidato contra Tarso Genro:

O PMDB dá liberdade para alianças e lançar candidatos. Mas, nos estados onde seremos adversários do PT, há compromisso de aprovar a aliança nacional na convenção.

Valdir Raupp, Presidente do PMDB e senador.

CEEE vai cobrar aumento de 13,45%. Distribuidoras privadas já cobram tarifas 30% menores no Estado.

Empreendedora de um dos piores serviços de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica do País, a CEEE aumentou suas tarifas em 13,45%. A CEEE está com transformadores, conversores e linhas de distribuição sucateados, o que potencializa apagões como o de segunda-feira. Regiões inteiras de Porto Alegre ficaram sem luz o dia inteiro. 

. Trata-se de um aumento abusivo, porque supera o dobro da inflação dos últimos 12 meses.

. A estatal controlada pelo governo estadual - um paquiderme cada vez mais ineficiente -  não explicou nada, mas especialistas analisam que isto se deve a necessidade de recomposição do caixa da distribuidora, que no início do ano teve de pagar caro para comprar energia de termelétricas, tenha levado a Aneel a autorizar o reajuste.

. A diferença de tarifas da CEEE para outras distribuidoras de Energia que atuam no Estado, como RGE e AES Sul, está cada vez menor (em média, o preço da energia da empresa era 30% inferior ao das demais nos anos anteriores). O cálculo é da Fiergs. O aumento afetará 1,5 milhão de unidades consumidoras em 72 municípios do Rio Grande do Sul, quase cinco milhões de gaúchos, ou quase metade da população do Rio Grande do Sul. Para os clientes de alta tensão, como as indústrias, o reajuste será ainda maior, de 16,61%.

PSDB diz que governo do PT endividou o Estado em mais R$ 10,1 bilhões em apenas três anos

A dívida contratual do Rio Grande do Sul cresceu R$ 10,1 bilhões em três anos e oito meses. De acordo com levantamento feito pelos deputados da bancada do PSDB na Assembleia Legislativa, o governo Tarso Genro interrompeu a trajetória de redução do endividamento do Estado. O processo de redução da dívida iniciou em 2004, na administração de Germano Rigotto (PMDB), e foi intensificado entre 2007 e 2010, com o equilíbrio orçamentário estabelecido pela gestão de Yeda Crusius (PSDB).

Dívida em 1997, ano da renegociação
R$ 10 bilhões
Dívida em 2010
R$ 43 bilhões. 
Dívida em agosto de 2013
R$ 53,1 bilhões. 
- Do total, R$ 46 bilhões fazem parte do montante devido à União. O restante, R$ 7,1 bilhões, se refere a financiamentos externos e precatórios. 

. Os parlamentares do PSDB questionam o crescimento de 25% da dívida num curto espaço de tempo, especialmente quando analisado o quadro evolutivo dos últimos 16 anos. Quando a dívida foi renegociada, em 1997, o Estado devia cerca de R$ 10 bilhões. 

. A líder da bancada tucana, deputada Zilá Breitenbach, aponta que o governo Tarso Genro intensificou muito a tomada de empréstimos, além de desorganizar as finanças públicas. “Com o pretexto de promover investimentos, o governo obteve licença para buscar R$ 5 bilhões em financiamentos externos. Em razão do desequilíbrio das contas do Estado, esses recursos estão sendo destinados para manutenção da máquina estatal. Em outras palavras, o Rio Grande está se individando cada vez mais e os gaúchos não estão vendo investimentos”, concluiu.

João Luiz Vargas quer que CNJ mande TJE explicar-se sobre arquivamento da sua ação popular contra Tarso

O ex-deputado João Luiz Vargas não se intimidou e recorreu da decisão do conselheiro Fabiano Silveira, que mandou arquivar sua reclamação contra a decisão do Tribunal de Justiça do RS que mandou arquivar sua ação popular contra os saques continuados do governador Tarso Genro sobre os depósitos judiciais no Estado do RS.

. Ele quer que o Conselho Nacional de Justiça reveja sua posição e mande o TJE se explicar, porque tramita normalmente outra ação popular de gênero igual. O advogado gaúcho também quer que o CNJ abra espaço para que defenda oralmente sua posição em Brasília. 

Bier Markt e Spirito Santo abrem esta noite sua aliança shop-in-shop em Porto Alegre

A rede de lojas Spirito Santo e o grupo Bier Markt, ambos de Porto Alegre, abrirão nesta terça-feira a noite a aliança que fizeram para instalar uma shop-in-chop na badalada rua 24 de Outubro. É a primeira do gênero no RS.

. O sistema de minifranquia dentro da loja da dupla marcará uma espécie de cervejaria de chopes e cervejas artesanais de marcas globais na loja conceito da rede lojista gaúcha. A idéia é que os clientes que frequentam a loja possam provar a carta de bebidas especiais.

. Eis como um dos diretores do Bier Markt , criada há três anos e campeã de Veja nos três anos, Pedro Braga, enxerga a aliança:

- O momento é de e-commerce e além disto precisamos atrair o cliente para a loja. A idéia é que o espaço torne-se um ambiente de coworking também, com acesso à Internet.

Site: www.biermarkt.com.br

GVT deixa na mão seus assinantes de Internet de Porto Alegre

A GVT deixou seus clientes de Internet fora da rede mundial nesta terça-feira a tarde em Porto Alegre. O caso da GVT não parece único esta semana, porque desde segunda-feira serviços de teles e também de redes sociais funcionam com restrições e lentidões inaceitáveis. 

Líder da oposição mostra as provas de que Dilma mentiu quando jurou na campanha que não privatizaria o pré-sal

CLIQUE AQUI para examinar vídeo no qual Dilma Rousseff, na campanha eleitoral, atacando Serra, jurou que seria um crime privatizar o pré-sal, coisa que ela fez na venda desta segunda-feira a tarde.

Crítico do modelo de leilão adotado pelo governo para exploração do pré-sal no campo de Libra, o líder da minoria no Congresso, deputado Antônio Imbassahy, do PSDB, diz que o formato "revelou o amadorismo e a contradição" da gestão petista. A informação é do site www.brasil247.com.br, de quem é o texto a seguir:

"Durante o processo eleitoral, a então candidata Dilma Rousseff demonizou o programa de privatização. Agora, cerca de metade das reservas provadas de petróleo do país foram leiloadas sem que, sequer, houvesse concorrência". O tucano ilustra sua crítica com vídeo no qual a presidente Dilma, na campanha de 2010, negava qualquer tipo de privatização no setor. Imbassahy lembra que expectativa era de que pelo menos 40 empresas, entre as principais petrolíferas do mundo participassem. Mas apenas um consórcio se inscreveu, ainda assim a Petrobras precisou ampliar a sua participação para 40%, par a viabilizar o negócio, por falta de interessados.

. "Teremos que acompanhar todo esse processo de perto, pois a estatal já está bastante endividada. De 2007 até hoje a dívida subiu de R$ 49 bilhões para R$ 176 bilhões. Agora seus compromissos financeiros cresceram ainda mais".

DEM não quer aliança eleitoral imediata com Partidos de oposição a Tarso

Apesar da presença do deputado Paulo Borges na reunião das oposições  nesta segunda-feira  em Porto Alegre, o DEM não quer se alinhar com PP, PMDB, PPS e PSDB neste momento, porque abriu negociações com o PDT para apoiar o candidato Vieira da Cunha.

. Como se sabe, o PDT ainda é da base aliada do governador Tarso Genro e não pretende fazer campanha de oposição na disputa pelo Piratini. 

Sala limpa da fábrica de chips no Tecnosinos será entregue quarta para a HT Micron

A diretora da Tecnosinos confirmou esta tarde ao editor que a Unisinos entregará nesta quarta-feira  o prédio onde a HT Micron instalará os equipamentos da sala limpa de 7,5 mil metros quadrados, na qual ocorrerão as operações de produção e encapsulamento de chips. O prédio será alugado á HT pelo período de 10 anos, com opção de compra.  A produção propriamente dita começará em março. As 16h, haverá tour pelo local, que fica no município de São Leopoldo. Será a maior fábrica latino-americana de chips para computador, smarthphone, tablet, ultrabook e pen drive, produzindo 50 milhões de unidades de chips no primeiro ano. No auge, serão 30 milhões de peças por mês. O Brasil é o quarto mercado mundial em eletroeletrônicos, mas precisa importar componentes, especialmente da Ásia.

. No dia 22 de setembro, a Unisinos revelou que a sua parte no empreendimento (prédio e sala limpa) exigiu investimentos de R$ 55 milhões. 

. Como parte dos preparativos para a grande fábrica, a HT Micron já faz o encapsulamento (processo no qual a micropeça recebe as conexões e passa pelos testes que permitirão a montagem em equipamentos eletrônicos) dentro do Parque Tecnológico de São Leopoldo A Unisinos alugará o prédio à HT Micron por 10 anos, com opção de compra

. A HT Micron é resultado de uma joint entre a coreana Hana Micron e a gaúcha Parit, controladora da Altus e Teikon. O investimento total do empreendimento é de R$ 300 milhões.

.  Nesta quarta, 20h, Unisnos e HT Micron realizarão o III Fórum Brasil-Coréia, na Unitec.


- Com a HT Micron, o RS terá duas fábricas de chips. A outra é a empresa federal Ceitec, Porto Alegre. Nenhum outro Estado possui dois empreendimentos do gênero.

CLIQUE AQUI para ver o video produzido pelo jornal Zero Hora sobre a fábrica. 

Greve no Banrisul entra no seu 34° dia

O Banrisul entrou no seu 34º dia de greve. É o único banco do País paralisado. Ele pertence ao governo estadual, que não demite e nem pune quem não trabalha. 

Pólo Naval de Rio Grande demitirá 10 mil trabalhadores dentro de 70 dias

Com a conclusão das plataformas de petróleo P-55 e P-58 em Rio Grande, RS, 10 mil trabalhadores serão demitidos nos próximos 70 dias. 

Defensoria Pública explica por que defende delinquentes políticos que vandalizaram o consultado dos EUA em Porto Alegre

A nota a seguir é da Defensoria Pública Geral do Estado do RS. Ela rebate comentário do editor, que se insurgiu contra a decisão dos defensores de representar delinquentes políticos que invadiram o consultado dos EUA em Porto Alegre.

Ao ter conhecimento de postagem de sua autoria no sítio polibiobraga.blogspot.com.br, a Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul vem esclarecer a atuação institucional precipitadamente atacada.
A Defensoria Pública é Instituição que tem como função primordial promover a transformação social,garantir a mais ampla cidadania e principalmente buscar de forma incansável a garantia irrestrita aos direitos humanos.Através de leitura da carta constitucional, observa-se que o texto assegura ser direito de todos o contraditório e a ampla defesa, com os meios e recursos a ela inerentes (art. 5º, LV).Nesse contexto, a Defensoria Pública é a Instituição a qual compete o importante dever de servir à defesa de qualquer cidadão. Presumindo-se a inocência, a Defensoria Pública atua no sentido de assegurar a minuciosa análise dos fatos e do direito para que essa presunção não seja afastada sem imperioso motivo.
 Saliente-se que a Defensoria Pública exerce a função constitucional de defender todo e qualquer ser humano, independentemente do rosto, do nome ou da opinião com relação à política interna ou externa. Esclareça-se, outrossim, que ao exercer a defesa criminal, a Defensoria Pública não apoia o fato supostamente praticado, mas assegura um processo justo, reto e sem prejulgamentos ou discriminações.
 Sendo assim, no caso em comento, como em qualquer outro, a presença da Defensoria será marcada por firme e combativo desempenho, no exercício dos direitos constitucionais do cidadão, a fim de bravamente evitar a condenação e a privação da liberdade de um inocente.
Nilton Leonel Arnecke Maria, Defensor Público Geral do Estado do RS

Nota do editor
As opiniões dos leitores, a seguir, foram mediadas pelo editor. Só não foram aprovadas as notas claramente ofensivas e com palavras de baixo calão - a maioria. O número editado bateu o recorde de opiniões do dia, o que é sintomático para um assunto aparentemente árido e restrito ao mundo jurídico.

Nova onda de apartamentos e casas para alugar diárias assusta hoteleiros de Gramado

Ao lado, Lago Negro, Gramado.


Na sua edição desta terça-feira, o blog Front Desk, Porto Alegre, informou que ao iniciarem dura batalha para impedir novas obras de hotéis na cidade, os hoteleiros acabaram por descobrir um novo concorrente que não tem como ser combatido com as armas convencionais e estão "dando voltas sobre a duna". Denuncia o blog:

- As vendedoras de hotelaria on-line cairam na gandaia: Decolar e Booking estão disponibilizando mais de duas centenas de quartos, casas e apartamentos em Gramado para venda de diárias. Um boa parte dos corretores de imóveis são também donos de hotéis na cidade, estão de cabelo em pé: o imóvel que era para ser a terceira moradia (depois da cidade grande e da praia), tornou-se um meio de hospedagem que faz concorrência predatória sem pagar impostos.

João Luiz acha que Tarso já não tem maioria para impedir exame de impeachment protocolado na Assembléia

Só depende do presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia do RS, deputado Heitor Schuch, PSB, o exame do recurso apresentado pelo ex-deputado João Luiz Vargas, que quer que os deputados revisem a decisão monocrática do presidente da Casa, Pedro Westphalen, que impediu o livre curso do pedido de impeachment apresentado contra o governador Tarso Genro.

. João Luiz disse ao editor que o governo perdeu a maioria na Assembléia, já que aos 23 deputados da oposição, somam-se dois deputados do PTB e três do PSB, podendo este número (28) subir para 35 dos 55 deputados, já que o PDT está com um pé fora da base aliada.  

João Luiz recorre à Comissão de Constituição e Justiça para que caminhe seu pedido de impeachment contra Tarso Genro

O ex-deputado João Luiz Vargas, ex-presidente da Assembleia e do TCE do RS, disse esta tarde ao editor que a Comissão de Constituição e Justiça e o plenário da Assembléia terão que examinar o pedido de impeachment protocolado contra o governador Tarso Genro.

. A CCJ engaveta o requerimento há dois meses. O pedido de reexame da decisão monocrática do presidente, que repeliu o prosseguimento do processo, foi apresentado no dia 16 de setembro. João Luiz invocou em seu favor o artigo 167 do Regimento Interno da Assembléia. Ele quer fazer a sustentação oral do seu pedido.

. O impeachment tem relação com os sucessivos saques que o governador faz em cima dos depósitos judiciais.

- Como o ato do presidente da Assembléia demorou a sair do gabinete do deputado Pedro Westphalen, o ex-deputado João Luiz Vargas foi até ele para se dar por citado e apresentar o recurso. 

Tribunal libera uso dos depósitos judiciais, mas OAB já prepara outra ação contra Tarso

- Embora com as mãos livres para sacar quanto quiser e sem prestar contas a ninguém, Tarso Genro enfrentará nos próximos dias uma ação judicial muito mais consistente, no caso uma ADI que será impetrada pela OAB. A ADI será protocolada no STF. Se perder, o governo terá um problemão, porque será obrigada a devolver tudo o que sacou e não poderá sacar mais nada.

O governador Tarso Genro poderá continuar metendo a mão em tanto dinheiro quanto quiser dos depósitos judiciais que pertencem a terceiros que não estão litigando com o Estado, conforme decisão da desembargadora Marilene Bonzanine, da 23ª. Câmara Cível do Tribunal de Justiça. Só este ano, o governo já sacou R$ 4,2 bilhões, sem dizer onde vai colocar o dinheiro e nem quando ou se irá devolver.

. A desembargadora cassou liminar concedida pelo juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública, Martin Schuleze, que proibiu novos saques. Apesar disto,  a ação popular segue o caminho perseguido até agora pelo contribuinte Antonio Augusto D’Ávila, que no dia 9 de agosto conseguiu liminar para bloquear novos saques. A liminar derrubada agora foi conseguida pela advogada Ana Clara da Rosa Alves, do escritório Alves, Prisco & Advogados Associados.

. Outra ação popular, esta do ex-deputado João Luiz Vargas, não foi reconhecida já no primeiro grau. João Luiz reclamou ao Conselho Nacional de Justiça, mas o conselheiro Fabiano Silveira arquivou tudo.

Dilma afronta STF, TCU e PGR ao dispensar de licitação atendimento de plano de saúde aos servidores federais. A Geap Saúde, ligada ao PT, está até sob intervenção da ANS.

O site da revista Veja (www.veja.com.br) informa esta manhã que decreto assinado pela presidente Dilma Rousseff em 7 de outubro atropela o Supremo Tribunal Federal (STF), a Procuradoria-Geral da República (PGR) e o Tribunal de Contas da União (TCU) ao beneficiar uma entidade sob intervenção da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e que está na órbita de influência política do PT.

O ato presidencial dispensa a Geap Autogestão em Saúde, uma fundação de direito privado, de participar de licitação para vender planos de saúde para servidores da União. Com isso, a entidade não precisará concorrer com operadoras do setor privado para participar de um mercado potencial de 3 milhões de usuários e que movimenta cerca de 10 bilhões de reais por ano, de acordo com integrantes do setor.

CLIQUE AQUI para examinar toda a denúncia.

Até pesquisas de Partidos revelam liderança de Garotinho no Rio

As pesquisas feitas pelos principais Partidos do Rio, indicam vitória folgada de Garotinho, PR. A pesquisa do PMDB revela em pate técnico com Crivella. 

PR
Garotinho, 29%
Crivella, 20%
Lindbergh, 14%
Cesar Maia, 8%
Pezão, 6%)

PT
Garotinho e Crivella, 23%
Lindbergh, 18%
Cesar Maia, 9%
Pezão, 5%

PMDB
Crivella, 19%
Garotinho, 18%
Lindbergh Farias, 15%
Pezão, 10%
Cesar Maia, 8%

Diogo Mainardi ataca novamente. Ele diz que diretores da PetroChina estão na cadeia, julgados por subordno.

Ex-colunista de Veja, Diogo Mainardi reapareceu cáustico como sempre, desta vez no Twitter, logo após o leilão do pré-sal:

- Os diretores da PetroChina (CNPC) estão na cadeia, acusados de suborno. Para comprar o pré-sal, terão de usar o método do Marcola.

. O ex-colunsita de Veja e um dos apresentadores do Manhattan Connection, também insiste na tese de que o pré-sal é um engodo completo. 

Rigotto abre voto para Eduardo Campos, PSB.

A exemplo do que já defende abertamente o senador Pedro Simon, também o ex-governador Germano Rigotto abriu o voto ao governador Eduardo Campos, PSB. O PMDB faz uma discussão interna sobre o assunto. Importantes líderes do Partido, como os deputados Mendes Filho e Eliseu Padilha, defendem apoio incondicional ao candidato do PT, Dilma ou Lula.

. Rigotto não quer dividir com o PT o palanque de Dilma no RS.

. Em caso de coligação com o PSB, a posição de vice iria para os socialistas. 

Maria Isabel Hammes, Zero Hora, dá o tom da mídia do RS sobre Libra: "Não tenham medo, brasileiros"

Esta charge de Diogo circula forte nas redes sociais.

CLIQUE AQUI para ler, também, artigo de O Globo, dizendo que o leilão foi bom, mas poderia ter sido bem melhor. 



O tom do noticiário e dos comentários da mídia gaúcha sobre a privatização do campo petrolífero de Libra, a Privataria Petista, pode ser resumido na análise a seguir da principal colunista de economia do jornal Zero Hora, RBS. Leia tudo:

Resultado do leilão da área de Libra confirma predominância da Petrobras e temor de domínio dos chineses não aconteceu
Um consórcio e apenas o valor mínimo. Não foi muito diferente do esperado o resultado do primeiro leilão no pré-sal sob as novas regras definidas pela União. Com potencial estimado de até 12 bilhões de barris de petróleo, a área na Bacia de Santos foi vendida ao consórcio formado por Petrobras, as chinesas CNOOC e CNPC, a francesa Total e a anglo-holandesa Shell com proposta de pagamento de 41,65% do lucro em óleo, o índice mínimo exigido no edital da Agência Nacional de Petróleo (ANP).
Se não teve lá grande concorrência, o que era já previsto nos últimos dias, houve a participação de grandes empresas internacionais no resultado final. E alguns medos que os brasileiros tinham antes do leilão, devem agora cair por terra. A Petrobras continua predominante: 10% no consórcio e mais 30% obrigatórios a que já tinha direito anteriormente. Só não toca sozinha o projeto, pois, sabe-se, tem dificuldades de caixa para financiar as altas somas exigidas. E o temor do domínio dos chineses não ocorreu. As companhias de petróleo daquele país terão, ao todo, 20% de participação no consórcio para explorar as gigantescas jazidas em águas ultraprofundas descobertas a partir de 2007.
Agora, as empresas integrantes do consórcio que vai explorar Libra pagarão um bônus de R$ 15 bilhões e se comprometerão a um conteúdo local mínimo de bens e serviços.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Tarso Genro volta a atacar Lasier, quer que PDT saia logo do governo e "leve todo mundo junto"

Tarso vestiu sua farda de xerife para fustigar o PDT, seu aliado dentro e fora do governo. Ele quer que o Partido saia logo do governo, leve todos consigo. De lambuja, atacou pesadamente o candidato trabalhista ao Senado. 



Foi duro e hostil o governador Tarso Genro na entrevista que concedeu ontem aos jornalistas Taline Oppitz e Juremir Machado no programa Esfera Pública da Rádio Guaíba, porque mandou dois recados que não precisava ao PDT, ainda membro da base aliada:

1) Se decidirem sair, saiam de uma vez, antes do final de dezembro, porque “quero começar janeiro com o governo estabilizado”.
2) Quando saírem, não façam como o PSB, mas saiam de todos os cargos, “inclusive cargos que  não são ligados à estrutura de administração direta”

. O governador deixou claro que ficou embretado por essa mudança de rumo do PDT, mas também ficou sem saída quando o Partido anunciou Lasier Martins para o Senado:

- Não há a mínima identidade desse cidadão conosco. Se o PDT o tivesse indicado para nossa coligação, teríamos dificuldade para completar a chapa.

. A hostilidade de Tarso Genro cria dificuldades para acertos entre o PT e PDT para o segundo turno e parece indicar que o governador não disputará a reeleição. Seus últimos ataques nem são dirigidos a possíveis adversários ao governo, mas a Lasier Martins.

. O PDT agendou para 7 de dezembro a convenção estadual que decidirá se o Partido terá ou não candidatura própria. Em 25 das 28 reuniões de coordenadorias regionais, a opção foi por candidatura própria.

Chico Pereira e Momento Regional terão homenagem da Assembléia do RS no dia 24

Será no dia 24, 14h,  o Grande Expediente da Assembléia do RS agendado para homenagear os 30 anos de colunismo do jornalista Chico Pereira e 23 anos do seu jornal, Momento Regional, de Gravataí.

. O jornal e o jornalista são de Gravataí, Grande Porto Alegre, sede da GM.

. A homenagem foi proposta pelo deputado Miki Breier, PSB.

Deputado, ex-ministro da Saúde de Lula, diz que aluga seu mandato para a indústria farmacêutica

A revista Veja desta semana publica instigante reportagem sobre o deputado e ex-ministro da Saúde de Lula, Saraiva Felipe, PMDB de Minas, que resolveu alugar o seu mandato para defender os interesses da indústria farmacêutica que opera no Brasil. O que diz a revista:
- Ele transformou seu quinto mandato num dos mais chocantes balcões de negócios que se tem notícia.

. Uma gravação em que o deputado abre o jogo a um interlocutor interessado em ajuda para seu laboratório, que queria fornecer medicamentos para o Programa Farmácia Popular, revela como ele trabalha:
- Eu trabalho para a Interfarma e a Hypermarcas.

. Ele revela “amizade”! com a Anvisa.

. Intermarma, Hypermarcas e Anvisa negam qualquer acerto.

CLIQUE AQUI para ler tudo.