Sessão da tarde na Assembleia ficou sem quorum. Governo e PT foram obrigados a pedir publicamente a "compreensão" dos deputados da oposição.

Não foi nada fácil para o PT a obtenção de acordo para suspender a sessão plenária da tarde desta terça-feira na Assembleia, visando transferir para a semana que vem a discussão e votação do projeto que aumenta em 23,5% os salários dos professores. O governo e o Partido querem esperar pela reunião que terão na sexta-feira com o Cpers. O PT tentou negociar consenso na reunião de líderes do início da tarde, mas o deputado Frederico Antunes avisou que o PP iria para o plenário defender a emenda que obriga o governo a pagar a totalidade do piso nacional do magistério em 60 dias.

. "Não queríamos acordo intramuros, mas publicamente, no plenário", disse aos seus colegas o deputado do PP. Foi o que acabou acontecendo, porque o líder governista Valdeci Oliveira teve que subir à tribuna e apelar publicamente para que as bancadas retirassesm seus Deputados, negando quorum.

Por que esta insistência, Deputado?
Não aprovaremos um aumento de 23,5% sem exigir data curta para o pagamento integral do piso, porque isto seria uma ilegalidade e nós juramos cumprir a lei.

O senhor negou cordo na reunião de líderes?
Queremos que o PT e o governo assumam publicamente suas contradições e tenham a humildade de pedir acordo. O problema é que eles estão sem saída. 

Anvisa adota resolução que proibe produção e venda de cigarros com aditivos num prazo de dois anos

Dentro de 18 meses a indústria brasileira terá que parar totalmente de produzir e seis meses depois o comércio será obrigado a paralisar a venda de cigarros. Somente no RS, 400 mil famílias envolvidas na cadeia produtiva do fumo irão para o olho da rua, sem emprego e sem atividade alguma na sua propriedade.

. Na prática a decisão acaba de ser tomada pela Anvisa, porque a indústria perderá totalmente escala, portanto competitividade diante de concorrentes no exterior e, internamente, diasnte do contrabando (31% das vendas são de cigarros mentolados e com cravo). A resolução já saiu e entra imediatamente em vigor.

. A proibição de mistura de qualquer aditivo, exceto açúcar e ainda assim na quantidade exata do que for perdido das folhas durante a secagem inviabiliza completamente a produção.

. O editor conversou com o Deputado Jerônimo Gorgen, Deputado do PP, que acompanhou a reunião.

E agora, Deputado?
Politicamente, fizemos o que era possível, mas agora não é mais conosco, embora eu mesmo vá forçar a aprovação do meu projeto que autoriza a mistura de cravo e mentol.

A quem caberá intervir?
O próprio governo do RS, por exemplo, porque o Estado é o maior produtor de tabacos e de cigarros do Brasil. A cadeia produtiva local envolve 400 mil famílias. É muita gente. Todos ficarão sem emprego e sem atividade alguma, mergulhados de uma hora para outra na maior miséria. As empresas da cadeia produtiva também poderão tentar medidas judiciais. Esta decisão foi intempestiva e prejudica a sociedade e a economia do Brasil. 


APROVEITE SEU CHOPE ARTESANAL
Bier Markt, Castro Alves 452, Porto Alegre -  1º lugar de Veja em 2010 e 2011 
- Tudo harmonizado com petiscos inspirados na gastronomia alemã. Ar condicionado forte, segurança, estacionamento fácil. WWW.biermarkt.com.br 

Produção de biodiesel ainda derrapa

*Clipping Valor Econômico - 13/03/2012
Autor(es): Por Marta Nogueira | Do Rio
A ausência de uma política melhor definida pelo governo federal para o biodiesel frustrou a expectativa dos fabricantes do biocombustível de fazer do país o maior produtor mundial em 2011. O prêmio de consolação é a possibilidade de o Brasil ter se tornado o maior consumidor no ano passado. Empresas e especialistas pedem um novo marco regulatório para o segmento e reforçam as críticas sobre a falta de competitividade do biodiesel em relação ao diesel comum, cujos preços não seguem o humor do mercado externo.

Apesar de o mercado ter previsto produção de 2,8 bilhões de litros de biodiesel no ano passado, o volume ficou em 2,554 bilhões, 5,3% mais que em 2010, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Com a crise internacional na Europa, a conquista do primeiro lugar, antes ocupado pela Alemanha, parecia fácil. No entanto, o país caiu para a terceira colocação, segundo estimativas da Associação dos Produtores de Biodiesel do Brasil (Aprobio). A "derrota" foi para a Argentina, com 3,2 bilhões de litros, e Estados Unidos, com 3 bilhões. A Alemanha deverá ficar em quarto. As informações oficiais de cada país deverão sair neste mês.

Os produtores atribuem a derrota ao fato de o Brasil não ser exportador. "A Argentina exporta mais de 50% da produção para a Europa", lembra o presidente da Aprobio, Erasmo Battistella. Para ele, a indústria - que tem 55% de capacidade ociosa, segundo o Ministério de Minas e Energia (MME) - carece de incentivos à exportação, além de objetivos mais claros para o desenvolvimento do ramo.

A Aprobio pleiteia junto ao ministério a oficialização de metas para dez anos, como aumento do percentual da mistura no diesel comum para 20% - hoje a taxa está em 5% -, redução da carga tributária, avanços no sistema de leilões para a comercialização e estímulos à participação da agricultura familiar no fornecimento de matérias-primas e a própria diversificação das fontes para a produção do biocombustível.

"Está faltando um marco regulatório", avalia o diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura, Adriano Pires.

CLIQUE AQUI para ler o retsnte da matéria.

Weinmann pede nomeação de perito para fazer devassa nas contas do 26º Natal Luz.

Os advogados Amadeu Weinmann e Claudio Candiota Filho acabam de requerer devassa completa na administração do 26º Natal Luz, pedindo ao juiz Cyro Púperi que nomeie perito judicial para avaliar as contas. Os advogados querem nomear assistente técnico para o perito.

. “O administrador judicial, Ruben Francisco de Oliveira cometeu deslizes, produziu prejuízo no Natal Luz e é responsável civil, adminsitrativa e criminalmente pelos delitos cometidos”, denunciaram Weinmann e Candiota Filho. Eles também avisaram que o administrador judicial pediu amparo do MPE e da Justiça para aplicar calotes nos fornecedores que ainda não receberam seu dinheiro, visando transformar em lucro aquilo que já é prejuízo certo.

- No requerimento que vai como link a seguir, os dois advogados informaram que os resultados da perícia instruam as reclamações que farão junto ao chefe do MPE e do Poder Judiciário.

CLIQUE AQUI para ler a peça protocolada na Justiça de Gramado. O texto é devastador, porque denuncia desmandos e pressões que não chegam ao conhecimento da opinião pública.

Bourbon Wallig já locou 93% das 237 lojas

Já foram locadas 93% das 237 lojas previstas para o novíssimo Bourbon Shopping Wallig, que abrirá seus quatro andares (163 mil m²)  em maio em Porto Alegre.

. Os empreendedores vão anunciar pelo menos duas novidades para o mercado gaúcho:
Chugo – uma cafeteria e sorveteria argentina especializada em cafés gelados com base de sorvete Premium.
Memove – Moda. É a primeira fashion retail do Brasil.
 
CLIQUE AQUI para conhecer melhor a obra.

Schin começou a vender sua nova Glacial em latão de 473 mil?

Fabricada em Igrejinha, já começou a circular no mercado a Glacial, cerveja da Schincariol em latão de 473 mil.

. Trata-se de uma Pilsen, também vendida desde o ano passado em garrafa e latinha.

Dilma só anunciará Brizola Neto depois de reunião desta quarta com centrais sindicais

Só depois da reunião que terá nesta quarta-feira com os dirigentes das centrais é que a Presidente Dilma Rousseff anunciará seu novo Ministro do Trabalho. Consultados informalmente, os dirigentes aprovaram o nome de Brizola Neto.

. Dilma preferia o Deputado Vieira da Cunha, mas ele não se viabilizou dentro e fora do Partido. No RS, até mesmo a forte Força Sindical, alinhada com o PDT, tirou nota vetando Vieira da Cunha e aprovando Brizola Neto. O Presidente da Força no RS, Claudio Janta, mantém relações azedas com Vieira da Cunha e com o Prefeito José Fortunatti, desde que se colocou ao lado da Deputada Juliana Brizola, irmã do novo Ministro.

Cybersul lança sistema de franquias na festa do seu 10º aniversário

O grupo gaúcho de TI Cybersul Software de Gestão, além de lançar no dia 15 o livro “100 histórias 10 anos”, comemorando seus dez anos, resolveu criar escritório próprio em Santa Catarina, pólo nacional de ERP, e adotou o sistema de franquias para crescer mais velozmente.

. A empresa já tem unidades no RS e São Paulo.

. Além da especialização ERP (sistema de gestão), a Cybersul também reúne expertises da Midia Pontocom (marketing digital) e Mumbai  (desenvolvimento de sites corporativos e lojas virtuais).

WWW.grupocybersul.com.br

Gramado atemoriza-se com ações dos promotores sobre o caso do Natal Luz

O silêncio sobre o fracasso da administração judicial pedida pelos promotores Antonio Kèpez e Max Guazzeli para o 26º Natal Luz é ensurdecedor.

APROVEITE SEU CHOPE ARTESANAL
Bier Markt, Castro Alves 452, Porto Alegre -  1º lugar de Veja em 2010 e 2011 
- Tudo harmonizado com petiscos inspirados na gastronomia alemã. Ar condicionado forte, segurança, estacionamento fácil. WWW.biermarkt.com.br

Governo submete-se às pressões do Cpers e evita votação do projeto de aumento para os professores

Submetido a pressões dos dirigentes do Cpers, que na noite desta segunda-feira invadiram e ocuparam o Palácio Piratini, o Governador Tarso Genro mandou adiar a votação do projeto que prevê 23,5% de aumento para os professores.

. A oposição tentou levar o projeto para o voto nesta terça-feira, mas não conseguiu quorum.

. Cpers e governo deram-se uma semana para rediscutir o projeto de aumento, mas o Piratini prometeu manter a proposta.

Dilma expurga líder no Senado e afronta PMDB

Como foi amplamente noticiado na noite de segunda-feira e manhã desta terça-feira, o Senador do PMDB do Amazonas, Eduardo Braga, foi nomeado líder do governo no Senado,  Ele substitui Romero Jucá. A escolha de Dilma foi surpreendente e inesperada.

. Ao tirar Jucá e nomear Braga, a Presidente pretendeu dar uma resposta aos líderes mais representativos do PMDB, entre os quais o próprio Romero Jucá, os senadores Renan Calheiros e José Sarney, além de deputados como Henrique Eduardo Alves. A decisão não apenas nada contribuirá para melhorar as relações de Dilma Rousseff com Câmara e Senado, como adiciona um componente novo à instabilidade política, porque Eduardo Braga não lidera ninguém dentro do PMDB e é um líder inexpressivo. O resultado deste confronto é que o governo terá novos problemas na Câmara e no Senado, num momento em que a economia dá mostras de mau desempenho e na hora em que os industriais reclamam da crescente desindustrialização.

Líder na Câmara também é expurgado. É a lei das compensações

Rápida no gatilho, a Presidente Dilma Rousseff também expurgou seu líder na Câmara, o Deputado Cândido Vacarezza, do PT.

. Foi compensação ao expurgo de Romero Jucá, PMDB, no Senado.

. O novo líder na Câmara é o deputado Arlindo Chinaglia, PT de SP.

Dilma compensa PMDB e decepa a cabeça do seu líder na Câmara, o petista Cândido Vacarezza

Rápida no gatilho, a presidente Dilma Rousseff também expurgou seu líder na Cãmara, o Deputado Cândido Vacarezza, do PT. 

. Foi compensação ao expurgo de Romero Jucá, PMDB, no Senado.

. O novo líder na Cãmara poderá ser o Deputado Paulo Teixeira, SP.

Procuradora da PGE apresenta 11 interpelações à direção da Corag

Até esta terça-feira, dia 12 de março, o presidente da Corag, estatal que imprime o Diário Oficial do RS, Homero Alves Paim, não tinha respondido a interpelação que lhe fez no dia 20 de janeiro a Procuradoria Geral do Estado, cujo teor tem relação direta com denúncias sobre possível improbidade administrativa. O ofício foi assinado pela procuradora Carolina Oliveira de Lima.

. São 11 quesitos no total.

. A Procuradoria Disciplinar e de Probidade Administrativa, quer saber os termos dos serviços que prestam para a estatal as empresas LM2 Consulting Informática e Martins Assessoria e Auditoria Fiscal.

- A PGE também quer saber como é que a Corag escolhe os patrocínios que concede. É que existem denúncias de que um dos patrocinados da estatal é a Escola Imperadores do Samba, que este ano homenageou o senador Paulo Paim, PT, irmão do presidente da Corag, Homero Alves Paim.

Governo estadual não toca infra no Distrito Industrial de Guaíba. Empresas ameaçam ir embora.

Com apenas uma empresa operando nos seus domínios, a Andrita Supply, o Distrito Industrial de Guaíba, RS, corre sério risco de sumir do mapa por culpa exclusiva do novo governo estadual do PT.

1) As obras de duplicação da avendia Ney Brito e da Estrada do Conde, inclusive acesso desta ao Distrito, jamais saíram da estaca zero.
2) O governo estadual sequer conseguiu emitir escrituras públicas para os empresários que já manifestaram decisão de se instalar no Distrito Industrial.

. O problema é tão grave que empreendimentos anunciados com fogos e fanfarras, no caso da Fate, Terex e CG Global, revisaram seus cronogramas. Fat e Terex já manifestaram claramente a intenção de não se instalar, caso a infraestrutura e as escrituras não saiam.
 
- O problema das escrituras é simples: sem eles, as empresas não terão garantias para oferecer ao BNDES.

Desaceleração também desmotiva novos investimentos em Guaíba

O problema do Distrito Industrial de Guaíba, na Grande Porto Alegre, não é apenas a inação do governo estadual.

. É que a desaceleração da economia instalou grosso pessimismo no setor industrial.

APROVEITE SEU CHOPE ARTESANAL
Bier Markt, Castro Alves 452, Porto Alegre -  1º lugar de Veja em 2010 e 2011 
- Tudo harmonizado com petiscos inspirados na gastronomia alemã. Ar condicionado forte, segurança, estacionamento fácil. WWW.biermarkt.com.br

Afinal, o que um homem da lei pode discutir numa ditadura como a de Cuba?

A nota a seguir foi disponibilizada pelo serviço de imprensa do Ministério Público do Trabalho do RS. Ela é replicada como veio. Isto significa que os procuradores, juristas e sindicalistas (os empresários nem são considerados parte no debate, porque certamente não existem) não debaterão estes seguintes pontos sobre a falta de liberdade em Cuba:
1) Proibição de livre organização sindical.
2) Proibição de viagens ao exterior – sem autorização do governo – para qualquer trabalhador cubano.
3) Proibição para troca de emprego.
4) Proibição de funcionamento de qualquer gênero de Justiça do Trabalho e Ministério Público do Trabalho, tal como os conhecemos no Brasil.

. Caso não denunciem este tipo de ditadura cruel e despótica que existe em Cuba, o que farão os procuradores do MPT do RS em Cuba?

. Eis a nota distribuída nesta terça-feira:
O Ministério Público do Trabalho do RS participará do VII Encontro Interamericano de Direito do Trabalho e Previdência Social e do VI Encontro Internacional de Advogados Trabalhistas e do Movimento Sindical em Defesa do Direito do Trabalho e da Previdência Social. Os eventos serão realizados simultaneamente no Hotel Nacional, em Havana (Cuba), de 21 a 23 de março de 2012. O convite e organização é da União Nacional de Juristas de Cuba (UNJC) e da Asssociação Latinoamericana de Advogados Trabalhistas (ALAL).

. O MPT será representado pelo procurador do Trabalho Ricardo Garcia, de Caxias do Sul (RS). Haverá a apresentação do documentário "Carne & Osso", marcada para o dia 21, às 9h30min, seguida do debate sobre os riscos profissionais na indústria da carne no Brasil.

- CLIQUE AQUI para examinar a parte 1 do documentário “Carne & Osso”, que apresenta as condições indignas de trabalho em alguns frigoríficos brasileiros. Aproveite para CLICAR ACIMA e examinar a libreta cubana, no caso a caderneta que registra os produtos que as famílias podem comprar para comer e fazer higiene, único caso de racionamento existente no mundo, o que revela as condições indignas de vida depois de 50 anos de ditadura comunista.

Cartazes com Paim, PT, continuam em exibição nas ruas. E se fosse Yeda ?

Os cartazes e tabuletas com propaganda do Senador Paulo Paim, PT, continuam enfeitando as fachadas dos prédios da Escola Imperadores do Samba.


. A escola recebe dinheiro público para desfilar.

. O editor produziu a montagem do segundo cartaz, substituindo a imagem do senador do PT pela foto da ex-governadora Yeda Crusius, do PSDB, porque quis materializar o que existe entre um caso e outro.


. É evidente que já teriam se mobilizado a RBS, os MPE e o MPF, a Polícia Federal, o PT, o Cpers, a CUT e a ex-deputada Luciana Genro com seus lugares-tenentes Pedro Ruas e Roberto Robaina, mais o ex-vice-Governador Paulo Feijó e seu ex-parceiro, o lobista Lair Ferst, todos eles reclamando a imediata crucifixação de Yeda.

ENTREVISTA - A Anvisa pode acabar com o fumo brasileiro na sua reunião desta tarde

Jerônimo Gorgen, Deputado Federal do PP do RS

Ao proibir aditivos ao fumo, a Anvisa inviabilizará o cultivo de tabaco e a produção de cigarros no RS e no Brasil.
É o que quer a agência, legislando como se fosse o Congresso. Esta não é apenas uma questão de saúde pública, mas é sobretudo uma questão sócio-econômica, o que quer dizer que é tema de Câmara e Senado.

E?
Olha, meu caro: além disto, a Convenção Quadro, da ONU, assinada também pelo Brasil, ordena que ao extinguir a cadeia produtiva do fumo, os Países façam isto gradativamente e propiciando alternativas. Nada disto está sendo feito no Brasil.

O problema, agora, com a Anvisa, é de curtíssimo prazo.

E que estamos com projeto autorizando a adição de cravo e mentol, pelo menos, o que já resolve o impasse.

Quem perde?
O Brasil. Pelo menos 2,5 milhões de brasileiros trabalham na cadeia produtiva do fumo. Além disto, o setor injeta anualmente R$ 148 bilhões na economia. Só de impostos, são recolhidos anualmente a quantia de R$ 75 bilhões. Não dá para jogar tudo isto fora de uma hora para outra.

CLIQUE AQUI para ouvir o comentário do editor sobre o assunto.

PMDB vai trabalhar para circunscrever ao Partido as disputas internas sobre as eleições em Porto Alegre

As principais lideranças do PMDB de Porto Alegre começaram a trabalhar para que a disputa interna no Partido não se transforme em disputa externa.

. A guerra aberta beneficia apenas o PT e o PCdoB, mas por tabela também engorda as pretensões do PTB, que vai mais unido para reivindicar a vice na chapa do Prefeito José Fortunatti.

Sem Lula, Dilma e PT desmancham-se no ar

Sem Lula, o governo Dilma Rousseff e o PT comprovam que não são sólidos e se desmancham no ar.

PT já pensa mandar Haddad para casa e relançar Marta Suplicy em São Paulo

Já passa pela cabeça de empedernidos lulistas a ideia de Marta Suplicy (PT) voltar a ser candidata a prefeita de São Paulo. Há conversas discretas no partido sobre essa possibilidade. O tema, no entanto, é tabu, dada a resistência do próprio Lula em relação à senadora.  "Eu penso nisso todos os dias, mas não falo para ninguém", disse à coluna um dos principais interlocutores do ex-presidente e um dos poucos que mantêm com ele contato permanente no período de tratamento contra o câncer de laringe.  Quando ainda era pré-candidata, Marta Suplicy tinha 29% na pesquisa do Datafolha contra 18% de José Serra. A rejeição dela, de 30%, era menor que a dele, de 32%. Já contra Fernando Haddad o tucano vai a 30%, contra 3% do petista. 

* Clipping, Mônica Bérgamo, Folha, terça-feira.

Bancada ruralista quer votar, hoje, o novo Código Florestal

A bancada ruralista acertou uma reunião nesta segunda-feira para tentar fechar uma estratégia e iniciar a votação da reforma do Código Florestal ainda na terça-feira, o que representa uma ofensiva contra os propósitos do governo. O Planalto pretende acalmar a tensão na base aliada e ainda costurar um acordo antes de o texto ser avaliado pelo plenário.

O governo teme que o descontentamento que tomou conta da base aliada nas últimas semanas transforme a votação do Código Florestal em um novo jogo de forças dos deputados com o Planalto, impondo uma derrota à presidente Dilma Rousseff. Por isso, trabalha para adiar a discussão da matéria por pelo menos uma semana.

O Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, Deputado Moreira Mendes (PSD-RO), reconheceu que não há acordo sobre a parte do texto conhecida como emenda 164, que trata da consolidação de ocupações em Áreas de Proteção Permanente (APPs).

Para ele, a solução é votar o parecer do relator, Paulo Piau (PMDB-MG), e resolver as diferenças por meio de emendas a serem apresentadas.

"O pior dos mundos é não votar. É pior para o governo. Aí sim, o debate pode se radicalizar", disse o presidente da frente à Reuters antes da reunião, marcada para o início da noite em Brasília. "Temos que tirar essa ideia de que o governo vai perder", explicou.

* Clipping, Estadão de hoje.


APROVEITE SEU CHOPE ARTESANAL
Bier Markt, Castro Alves 452, Porto Alegre -  1º lugar de Veja em 2010 e 2011
- Tudo harmonizado com petiscos inspirados na gastronomia alemã. Ar condicionado forte, segurança, estacionamento fácil. WWW.biermarkt.com.br

Cpers invade Palácio, governo do PT recua e adia votação de aumento dos salários dos professores do RS

O Governador Tarso Genro decidiu suspender a votação do projeto que eleva em 23% os salários dos professores estaduais e que seria decidido hoje pela Assembleia.

. É que o Palácio foi invadido pelos professores ontem a tarde. Os professores só saíram do Piratini depois da promessa de adiamento da votação e reexame da proposta.

- O Cpers informou nesta segunda-feira que os professores estaduais entrarão em greve a partir de hoje em todo o Estado.

PMDB de Porto Alegre intima para explicações o secretário que desafiou o Partido

Será esta noite a reunião da Executiva (o comando) do PMDB de Porto Alegre, que quer interpelar o secretário da Smic, Valter Nagelstein, para que confirme ou desminta as acusações de aparelhamento pessoal que o Presidente do Partido, Sebastião Melo, estaria promovendo nas secretarias e outros órgãos da prefeitura da Capital. O Secretário da Smic não respondeu à intimação, mas mesmo que não compareça à reunião, o caso irá a deliberação. 

. Valter Nagelstein também lançou sua pré-candidatura a vice na chapa do Prefeito José Fortunati.

. As declarações de Valter Nagelstein azedaram o ambiente na Executiva do PMDB e foram mal recebidas também dentro da Prefeitura. O PMDB comanda secretarias importantes como Meio Ambiente e Governança, mas seus titulares nem de longe consideram que haja qualquer tipo de interferência indevida por parte de Melo.

-Além das disputas internas no município, o PMDB de Porto Alegre também enfrenta fortíssima pressão dos comandos estadual e federal do Partido para que tenha candidato próprio, que seria o ex-Deputado Ibsen Pinheiro. Na Capital, o PMDB está unido em torno da aliança com o PDT.

Opinião do leitor - Chegou a hora de cancelar ou reduzir os prazos do seguro desemprego

OPINIÃO DO LEITOR

Chegou a hora de cancelar ou reduzir os prazos do seguro desemprego.
Se é que está faltando mão-de-obra nas empresas, porque o governo não cancela ou reduz os prazos do seguro desemprego? 

Paulo D'Arrigo, Porto Alegre, RS.