Ana Amélia, Tarso, Sartori e Vieira debatem em Santa Cruz. Acompanhe tudo, aqui.

Começou as 20h, o mais novo debate entre os candidatos ao governo do RS. O editor falou com o pessoal do diário A Gazeta, no anfiteatro da Unisc, Santa Cruz do Sul.

. O evento é promoção da Associação dos Diários do Interior, ADI.

. É mediador o jornalista Leonardo Siqueira.

. Os leitores podem acompanhar tudo pelo portal WWW.gaz.com.br, porque não haverá transmissão por TV. 

Na CPMI da Petrobrás, oposição denuncia que o Petrolão é o Mensalão de Dilma

Neste momento, (17h40min) a CPMI da Petrobrás encerrou a sessão de hoje. Embora o delator do Petrolão, Paulo Roberto Costa, nada tivesse declarado, a oposição fustigou o governo Dilma e o PT, vinculando o novo escândalo na estatal ao mar de lama do Mensalão. Deputados e senadores também convocaram novos depoimentos, desta vez de personalidades que falarão de verdade.

. Os ataques ao governo Dilma e ao PT foram ferozes e reveladores.

"O que eu quero dizer publicamente é que o governo de Lula, Dilma e do PT não aprendeu com o mensalão. O esquema é o mesmo. Lamento que não tenhamos conseguido levar para uma sessão o uso das informações que temos aqui. Estamos diante da continuidade do braço indicado por Roberto Jefferson no mensalão", afirmou o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), em referência ao delator do mensalão. Para o parlamentar, Costa é "bandido". Segundo o deputado, todas as testemunhas convocadas por CPIs no Congresso que se recusaram a falar são bandidos. "Não é minha primeira CPI e sempre que bandido veio usou do expediente de não falar. Eu quero dizer que estamos diante de um bandido", completou. O líder do Solidariedade na Câmara, deputado Fernando Francischini (PR), também associou o ex-diretor da Petrobras ao mensalão.

. "Não tenho dúvida que é o mesmo mensalão. Agora mais longe, pagando ministros e senadores. Antes o operador era Marcos Valério e agora é Paulo Roberto Costa. Acho que ele poderia contribuir muito com nosso país corrigindo erros do passado. É o maior escândalo de corrupção em nosso país", disse Francischini.

. O líder do PPS, deputado Rubens Bueno (PR) também tentou associar os escândalos envolvendo a Petrobras a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o PT.  "Estamos vendo que nestes doze anos aqueles que foram nomeados e que se tornaram uma verdadeira quadrilha tiveram o aval da presidente Dilma e do ex-presidente Lula. Nada mais grave que um presidente da República nomear um diretor da Petrobras e depois dizer que não sabia de nada. Eles não aprenderam e continuam com o mesmo sistema", disse Bueno.

. Mesmo após as acusações dos deputados, Costa permaneceu calado e não respondeu a nenhum questionamento.

CLIQUE AQUI para ver a fala de Onyx.

Tarso expulsa prefeitos do assento que tinham no Conselho Estadual da Cultura

O governador Tarso Genro resolveu expulsar do Conselho Estadual da Cultura a representação dos prefeitos gaúchos. A Famurs, que representa os 497 prefeitos do Estado, informou esta tarde que apesar de todas as reclamações que tem protocolado no Palácio Piratini, nada foi feito.

. O assento foi uma conquista histórica da Famurs.

. Os prefeitos aguardam há quase um ano a retomada de um assento no Conselho Estadual de Cultura (CEC). A reivindicação chegou a ser entregue pessoalmente ao governador Tarso Genro na 3ª Marcha Gaúcha, realizada no dia 31 de outubro do ano passado. Como resposta, Tarso disse que encaminharia o pedido ao secretário de Cultura. Mas o CEC já teve a renovação dos seus integrantes, eleição da nova diretoria e os municípios ficaram de fora.

. Nada aconteceu. 

Justiça ouve técnicos que colocam sob suspeita as boas funções da plataforma P55

Antes de ler a cobertura abaixo, CLIQUE AQUI para conhecer o problema, que é grave, porque coloca sob dúvida séria as boas condições de operação da plataforma P55.

Especial

Há cerca de dois anos, três técnicos de radiologia industrial que prestavam serviço para a empresa WDR Engenharia, Tecnologia e Ensaios realizaram denúncias referentes a liberação da plataforma P55, que foi construída na cidade de Rio Grande. No dia 21 de setembro de 2012, os técnicos entraram com uma ação trabalhista que tramita na 2ª Vara do Trabalho do Rio Grande, através do advogado Newton Ferreira dos Santos. Nas denúncias, os trabalhadores alegam que diversas irregularidades ocorreram durante a liberação da plataforma, entre elas uma possível falsificação de assinaturas. Na época, a responsável pela construção da P55 era o consórcio Quip, formado pelas empresas Queiroz Galvão, UTC, Iesa e Petrobrás.

. No começo deste ano o consórcio foi desfeito, dando lugar a QGI Brasil, ou seja um novo consórcio, mas desta vez formado apenas por Queiroz Galvão e Iesa.

. Na tarde desta segunda-feira foi realizada uma audiência, onde os representantes de ambas as partes e os técnicos de radiologia estiveram presentes. Na audiência, o advogado Newton Ferreira dos Santos solicitou a juíza Rachel de Souza Carneiro, que seja realizada uma perícia para averiguar as assinaturas que constam nos Relatórios Diários de Obra (RDO's), pois segundo os técnicos de radiologia industrial a assinatura que consta em alguns relatórios não é reconhecida por nenhum deles. A juíza deferiu o pedido, dando um prazo de 30 dias para os advogados de ambas as partes entrarem com os quesitos.

. Na oportunidade, o advogado dos técnicos informou quais os RDO's que estão sendo questionados, assim como argumentou que não teria como os trabalhadores estarem ao mesmo tempo prestando serviço em dois locais diferentes, visto que, de acordo com os técnicos, em alguns dos relatórios assinados, eles estariam prestando serviço em outro espaço. Em razão disso, Santos solicitou a averiguação, por meio de perícia, das assinaturas em alguns dos documentos.

. Por outro lado, a defesa da Quip, afirmou que é possível que os técnicos tenham assinado os relatórios. A partir do deferimento do pedido, os advogados tem até o dia 17 de outubro para que sejam apresentados os quesitos.

Vá esta noite com seus colegas, amigos, conhecidos, namoradas ou namorados.
Os melhores do gênero segundo Veja.
Local único em Porto Alegre.
Cardápios, cartas de cervejas e chopes, serviços:
www.biermarkt.com.br

Veja, aqui, ao vivo, o depoimento do delator do Petrolão, Paulo Costa

Ao vivo, agora, TV Senado, a sessão que ouve o depoimento do delator do Mensalão, Paulo Roberto Costa.

. O ex-diretor começou a ser ouvido por deputados e senadores.

. Paulo Costa tem se negado a falar.

. Alguns deputados da oposição tentam transformar a sessão em secreta, desde que o depoente concorde em falar, mas o requerimento foi rejeitado por 10 x 8. O resultado da votação demonstrou a força da oposição neste momento.

. CLIQUE AQUI para ver. Clique em cima da programação, Canal 2.

Vá esta noite com seus colegas, amigos, conhecidos, namoradas ou namorados.
Os melhores do gênero segundo Veja.
Local único em Porto Alegre.
Cardápios, cartas de cervejas e chopes, serviços:
www.biermarkt.com.br

Enio Bacci já está na sala onde será ouvido pela CPMI da Petrobrás o delator do Petrolão, Paulo Costa

O deputado gaúcho Enio Bacci, PDT, que nestas eleições é candidato a deputado estadual, disse há pouco ao editor que já assinou o requerimento que propõe que o delator do Petrolão, Paulo Roberto Costa fale em sessão secreta, caso não queira falar em público na sessão das 14h30min da CPMI da Petrobrás.

. "Subscrevi o requerimento, que é da oposição, porque quero que ele fale em sessão aberta ou sessão fechada, mas que fale", disse o deputado ao editor.

. O presidente da CPMI, que é governista, tem poderes para tornar secreta a sessão, mesmo que Paulo Costa não queira falar, evitando com isto as manifestações dos deputados que aproveitarão a presença da imprensa e as transmissões da TV para escancarar o maior escândalo jamais vivido antes pela Petrobrás.

. Em Porto Alegre, o senador Pedro Simon pediu esta tarde a imediata demissão da presidente da estatal, Graça Foster. 

O relator da CPMI, o gaúcho Marco Maia, defende sessão fechada, porque quer evitar desgaste dos seus companheiros da base aliada e do governo. 

Durante todo o dia, quinta, tudo sobre Marco Civil na Internet para Corporações", na Fiergs

Será amanhã, dia 18, o dia todo, na Fiergs, o encontro que discutirá “Marco Civil na Internet e suas Repercussões no Ambiente Corporativo”. É promoção do Instituto de Estudos em Gestão Empresarial, Iege.

. Falarão o diretor de Políticas Públicas e Relações governamentais do Google no Brasil, Marcel Leonardi, além dos desembargadores Eugênio Facchini Neto e Ricardo Torres Hermann. Outras duas palestras serão feitas pela procuradora de Justiça Têmis Limberger e pela advogada Virginia Matte Chaves.

Inscrições e informações:www.iege.org.br

Entrevista, Osmar Terra - Olívio Dutra é a favor da liberação das drogas porque não tem drogado na família

Nestas eleições, fardado de ciclista, em plena Bonifácio, reduto de maconheiros e drogados em geral.

ENTREVISTA: Osmar Terra, deputado Federal, PMDB do RS.

O candidato ao senado Olívio Dutra (PT) em entrevista aos veículos da RBS disse ser favorável à liberação das drogas no Brasil e que a repressão e a proibição não resolveram a questão das drogas. 

Trata-se de um péssimo exemplo. Ao defender a liberação das drogas, 

Por que razão ?

Olívio Dutra ignora multiplicação de uma doença cerebral incurável e tragédia familiar que causam.

Esta posição de Olívio é preponderante entre congressistas e entre os políticos ?

Evidente que não. Em 2012, liderei um manifesto contra a liberação das drogas no País, que ganhou o apoio da maioria dos parlamentares gaúchos no Câmara e no Senado:

Por que razão ele adotou essa posição ?

Um dos políticos que assinaram me disse que só quem não tem um dependente químico na família pode ser a favor da liberação. Ele sabe do que fala, pois tem um parente com este problema. O candidato petista ignora danos, tragédias familiares e sinaliza aos jovens que não tem problema usá-las. Foi uma atitude lamentável.

- O deputado OsmarTerra é autor do projeto de lei 7663/2010, aprovado na Câmara e em análise no Senado. Se Olívio for eleito, terá que falar sobre ele. O texto prevê penas mais duras ao traficantes, determina o apoio oficial às comunidades terapêuticas e cria a internação involuntária.

Simon exige que Dilme afaste imediatamente a presidente da Petrobrás

Em comunicado que mandou ainda há pouco ao editor, o senador Pedro Simon, PMDB, defendeu esta tarde o imediato afastamento da presidente da Petrobrás, Graça Foster. O que ele dixsse:

- O escândalo que envolve a Petrobras, com denuncias quase diárias sobre superfaturamentos e desvios recomendam o afastamento da presidente da empresa mais tradicional do país. Graça Foster esteve ameaçada de ter os bens bloqueados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e transferiu imóveis para familiares.

Decisão de juros mais altos nos EUA produzirá dólar mais alto e fuga de capitais do Brasil

Em decisão a ser anunciada hoje, o FED, o Banco Central dos EUA, deverá reduzir novamente o valor do programa de compra de títulos. De acordo com o que passou esta manhã ao editor, o professor de economia da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Pedro Raffy Vartanian, a decisão do FED é previsível, mas o que se espera de fato é uma sinalização sobre quando terá início o processo de elevação da taxa de juros nos EUA. 

. Eis o que ele disse:

- O início do processo de elevação da taxa de juros nos EUA, previsto para 2015, terá efeitos no sistema monetário e financeiro internacional. Há uma tendência de valorização do dólar e de consequente desvalorização das outras moedas, com destaque para o real, diante de uma fuga de capitais do Brasil para os EUA. A desvalorização cambial impactará a inflação e provavelmente resultará em uma necessidade de aumento da taxa de juros. Prevejo dificuldades no processo de ajuste das condições macroeconômicas  para os países emergentes que vêm apresentando déficits crescentes em transações correntes nos últimos anos.


. Pedro Raffy Vartanian é economista, professor da Universidade.

Ana Amélia, Tarso, Sartori e Vieira irão a debate esta noite em Santa Cruz do Sul

Será esta noite, 20h, o mais novo debate entre os candidatos ao governo do RS. O editor falou com o pessoal do diário A Gazeta, que informou que está tudo pronto no anfiteatro da Unisc, Santa Cruz do Sul.

. O evento é promoção da Associação dos Diários do Interior, ADI.

. Será mediador o jornalista Leonardo Siqueira.


. Os leitores poderão acompanhar tudo pelo portal WWW.gaz.com.br, porque não haverá transmissão por TV. 

Cotrijuí poderá ser liquidada na semana que vem

A Cotrijuí está às vésperas da liquidação. Assembléia geral decidirá isto na semana que vem em Chiapetta.

O PT esteve por trás do caos de ontem em São Paulo

Ao lado, um dos líderes do quebra-quebra, Raimndo Bonfim, advogado e funcionário da liderança do PT na Assembléia de SP.


O jornalista Reinaldo Azevedo, Veja, denuncia hoje que uma franja ligada ao PT resolveu promover o quebra-quebra na esperança de criar um fato eleitoral. Leia tudo:

Essa gente ainda não se deu conta de que a baderna tira, não dá, votos. O confronto com a Polícia Militar foi promovido pela Frente de Luta por Moradia (FLM), um movimento ligado ao partido, que pertence a um “coletivo”, como eles dizem, intitulado “Central de Movimentos Populares” (CMP), que é também mero esbirro do petismo. Gosto de demonstrar o que afirmo.

Na reportagem do Jornal Nacional, por exemplo, eis que dou de cara com o senhor Raimundo Bonfim, apresentado como coordenador da CMP.

Raimundo Bonfim - JN

Sim, eu me lembrava dele. Escrevi sobre este bravo no dia 14 de agosto de 2013. Ele pretendia liderar, então, um protesto contra o governo Geraldo Alckmin, que estava sendo convocado pela página do PT na Assembleia Legislativa. Só isso? Não!


Além de coordenador da tal central, o homem é advogado e, atenção!, funcionário da Liderança do PT na Assembleia, com salário, no ano passado, de R$ 11.380. É isso mesmo o que você entendeu, leitor amigo: é você quem paga a boa vida do sr. Bonfim para que ele ajude a promover o caos.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Indicador Serasa Experian demonstra que atividade econômica (PIB mensal) recuou 0,6% em junho sobre maio

O Indicador Serasa Experian de Atividade Econômica (PIB Mensal) recuou 0,6% em junho de 2014 em relação a maio/14, já efetuados os devidos ajustes sazonais. Com este resultado, o segundo trimestre de 2014 encerrou com queda de 0,9% frente ao primeiro trimestre do ano, também, já descontados os efeitos sazonais. 

.Em relação ao mesmo mês do ano passado (junho/13), o recuo da atividade econômica foi de 1,0%. No acumulado do ano, a atividade econômica encerrou o primeiro semestre com avanço de 0,7% frente ao primeiro semestre do ano passado.

Justiça Eleitoral do RS diz que Ana Amélia pode fazer propaganda casada com Aécio Neves

A Justiça Eleitoral do RS decidiu ontem que a senadora Ana Amélia poderá usar livremente o nome e a imagem do senador Aécio Neves na sua propaganda. O PT teve rejeitada sua reclamação.


. O PP nacional decidiu por apoio a Dilma, o que não é o caso do PP do RS.  

O delator vai falar na CPI tudo o que sabe sobre a participação de Dilma no Petrolão ?

Da esquerda para a direita: Paulinho, Gabrielli (presidente da Petrobrás na época), Dilma e Lula. E a presidente diz que mal conhecia Paulinho. Aliás, Paulo Costa foi um dos convidados ao casamento de Paula, filha de Dilma.



O delator do Petrolão, Paulo Roberto Costa, viaja esta manhã de Curitiba para Brasília. À tarde, ele falará na CPMI da Petrobrás. A presidente Dilma Roussef disse que não teme a fala de Paulinho, como ele é chamado por seu amigo Lula.

. É provável que o depoente nada fale, como é possível que a base aliada peça sessão secreta.

. Se Paulo Costa falar, Dilma terá problemas sérios, porque ela ajudou a nomear e a manter Paulo Costa no cargo de diretor, que ocupou durante 7 anos, 5 dos quais no governo Lula, quando Dilma foi presidente do conselho da Petrobrás, ministra de Minas e Energia e chefe da Casa Civil. 

Depois de atacar o Santander, o PT tenta demonizar o Itaú, mas continua recebendo doações milionárias dos bancos

Depois de ter enriquecido os banqueiros como nenhum governo tinha feito antes, o PT resolveu faturar política e eleitoralmente em cima dos bancos, passando a usar e abusar de ataques públicos de duvidosa eficácia, já que são carnais suas ligações na área, inclusive através da irrigação de doações milionárias para as campanhas dos seus candidatos, sobretudo para Dilma Roussef.

. O primeiro ataque foi contra o Banco Santander, admoestado publicamente pelo governo, por Dilma, por Lula e pelo PT, tudo em função de análise feita pela área econômica do banco, na qual advertia seus clientes sobre o mau estado do PIB e da inflação. O presidente do banco foi obrigado a vir ao Brasil para demitir o analista e pedir desculpas ao governo. Alguns dias depois morreu.

. Os novos ataques são disparados contra o Banco Itaú.

. Acontece que Dilma e o PT não perdoam a participação de uma das herdeiras dos acionistas do Itaú, Neca Setúbal, que apoia Marina. Neca não trabalha no banco e é apenas acionista e uma das herdeiras.

. O banco já informou que não tem candidato e não faz política e nem campanha eleitoral.

. Apesar disto, os ataques ao Itaú são cada dia mais ferozes.

. Ao lado, você pode examinar um dos adesivos distribuídos em todas as capitais. O tema é assunto central do comentário de hoje do jornalista Ricardo Kotscho, homem do PT, ex-secretário de Comunicação de Lula. CLIQUE AQUI para ler o artigo de Kotscho.

Aécio ataca Dilma, Mariane Luciana no debate da CNBB. Numa troca de acusações com La Genro, disparou: "Você é linha auxiliar do PT".

CLIQUE AQUI para examinar os videos e comentários com a íntegra do debate. O material é do UOL.


Só durante alguns momentos, no final do quarto bloco, o debate lembrou um debate, no encontro dos candidatos a presidente, ontem a noite, na Rede Viva, que pertence à Igreja Católica.

. Foi quando Aécio Neves resolveu atacar Dilma Roussef pela sua participação no escândalo do Petrolão e no mesmo bloco de pergunta-resposta-tréplica, sua interlocutora, Luciana Genro, na última fala, portanto sem possibilidade de contraditório, disparou uma rajada de impropérios contra Aécio.

.É que naquele momento, Dilma e Aécio pediram direito de resposta e cada um levou um minuto.

. Aliás, Dilma e Aécio monopolizaram o debate, porque Marina não quis polemizar.

. Aécio estava embalado pelos quatro pontos de avanço registrados ontem pelo Ibope.
. Dilma defendeu-se das aqcusações de participação no Petrolão, alegando que o escândalo foi descoberto por sua Polícia.

. No caso de Aécio, o tucano desconsiderou as diatribes histéricas de Luciana Genro e numa frase fez uma acusação que é recorrente no RS:

- Saúdo seu retorno à condição de linha auxiliar do PT.

. Luciana Genro, pouco antes, tinha perdido as estribeiras com ironias feitas por Aécio, reclamando fora do script:

- Linha auxiliar uma ova, senador.

. Luciana Genro é filha do governador petista do RS, Tarso Genro.

. O formato de todo o encontro, exceção do quarto bloco, foi de entrevista. As perguntas feitas pelos bispos e pelos jornalistas católicos foi de excelente nível, mas elas só admitiram uma única resposta, portanto não permitiram que os temas fossem melhor esclarecidos.

. O mediador foi inflexível em demasia no controle do tempo, prejudicando as falas de todos os candidatos. 

- A análise acima é do editor, mas se o leitor quiser saber mais, inclusive fofocas de bastidores, deve ler estas notas dos repórteres que Veja enviou ao debate. CLIQUE AQUI. 

Comício do PT com Lula será amanhã em Caxias

Será no All Need Master Hall, Caxias do Sul, o comício que o governador Tarso Genro programou para amanhã com a presença de Lula. Lula tem falhado aos atos públicos anteriores no RS, mas avisou que virá amanhã ao Estado.


. A ideia do PT era fazer um comício em praça pública, mas a previsão do tempo é de chuva e por isto o Partido resolveu programar tudo para recinto fechado.

Sartori falará ao meio dia na Federasul. PMDB quer carreata nos 487 municípios gaúchos neste domingo.

Hoje ao meio dia o candidato do PMDB ao Pirastini, José Ivo Sartori, falará no “Tá na Mesa” da Federasul. O PMDB faz um esforço tremendo neste final de semana para que seu candidato deslanche. Neste sentido, programou carreata, neste domingo, para os 487 municípios gaúchos. Todos os carros sairão no mesmo horário.

. O prefeito de Gravataí, Marco Alba, um dos coordenadores da campanha, avisou que “chegou a hora de ir para as ruas”.]

Corrida ao Piratini tem um candidato a menos, o PMN

Desde ontem o PMN deixou de ter candidato ao governo do RS. O registro do candidato João Rodrigues foi negado pelo TSE. O Partido poderia ter recorrido, já que a decisão foi monocrática (apenas de um ministro).  João Rodrigues não tinha apresentado prestação de contas da sua campanha anterior de 2010.

. Os 51 segundos de TV do PMN serão redistribuídos entre os demais concorrentes.

Polibio Braga falará sobre as eleições amanhã ao meio dia na ADCE

O editor falará amanhã ao meio dia sobre as eleições de outubro. Será ao meio dia, na ADCE.