Saiba o que já mudou na campanha de Aécio. Nesta fala, ele vai direto ao fígado de Marina Silva.

Foi visível a mudança de tom e a própria roupagem do programa eleitoral do senador Aécio Neves, que resolveu ir direto ao fígado de Marina Silva, mas sem abrir mão de corrosiva análise dos fracassos do governo Dilma.
. É um discurso racional, sem o messianismo de Marina e sem as mentiras de Dilma.
. Vale a pena v er.
. O que disse Aécio no seu programa, dirigindo-se diretamente ao eleitor, olho no olho:

Que tipo de mudanças você quer e quem pode fazer.
Mudar como, mudar o quê, mudar com quem ?
Hoje, você que quer mudanças, tem dois caminhos: a Marina e eu.
Equipe sólida, equipe já testada e força política para mudar de verdade. Sem isto, o sistema engole e tudo que tem que mudar, não muda.
Eu já enfrentei situações como esta muitas vezes na Câmara e no govderno de Minas.
Sem força políica, a mudança que você quer não acontece.
Quem está mais preparado para fazer o que a Dilma não fez ? Você compara as propostas e o histórico dos candidatos – o que cada candidato já fez para mudar a vida das pessoas.
Eu não prometo sonhos, mas transformar sonhos em realidade.

CLIQUE AQUI para ver e ouvir. 


"Tentar influenciar o governo é obrigação", diz Marcelo Odebrecht

Nesta reportagem da Folha de São Paulo deste domingo, o jornalista David Friedlander cnta que um dos homens de negócios mais poderosos do país, Marcelo Odebrecht diz que é obrigação dos empresários tentar influenciar as decisões do governo –posição que seus pares não gostam de discutir abertamente.

. Leia a reportagem e a entrevista:

"Sendo legítimo e transparente, não vejo nada de mais em defender pontos que muitas vezes a gente conhece melhor do que qualquer um."

. Odebrecht acredita que o próximo governo deve melhorar a comunicação com o setor privado e corrigir de uma vez as distorções da economia para destravar os investimentos. Ele também defende que as reformas estruturais da economia sejam feitas já no primeiro ano.

. Sócio e presidente do grupo Odebrecht, que tem vários negócios com o setor público, o empresário é contra o fim das doações para políticos por empresas.

CLIQUE AQUI para ler. 

Ana Amélia interrompe campanha para dois dias de esforço concentrado do Senado

A senadora Ana Amélia paralisará suas andanças eleitorais pelo RS nestas terça e quarta-feiras. Ela irá ao Senadlo para dois dias de esforço concentrado. 

Fortunati irá segunda a Brasília para encontro com candidatos a presidente

O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, também presidente da Frente Nacional de Prefeitos, irá nesta segunda a Brasília para entregar cartas de reivindicações aos candidatos a presidente.
. O ponto central do documento são as demandas por mobilidade urbana.

Chefe do MPF diz que jatinho doado sem recibo é crime

Escreve hoje o jornalista Fernando Brito, usando seu blog Tijolaço, que o PSB e Marina usam argumentos falsos sobre o uso do jatinho sujo na campanha da candidata.

Leia:

Refiro-me às desculpas que vem sendo usadas pelo PSB para explicar o avião que empresários teriam "doado" para que ela e Eduardo Campos fizessem campanha.

Embora a fundamentação do Procurador Geral da República esteja calcada nos termos da lei com os quais este blog explicou as ilegalidades da operação, há algo que me passou e que o procurador levanta logo ao início das conclusões de seu parecer, e é de fundamental importância.

É o artigo 10 da Resolução 23.406, do Tribunal Superior Eleitoral:

Art. 10. Deverá ser emitido recibo eleitoral de toda e qualquer arrecadação de recursos para a campanha eleitoral, financeiros ou estimáveis em dinheiro, inclusive quando se tratar de recursos próprios.

Parágrafo único. Os recibos eleitorais deverão ser emitidos concomitantemente ao recebimento da doação, ainda que estimável em dinheiro.

Concomitantemente, isto é, no mesmo momento.


É um golpe fatal nas explicações do PSB de que pretendia fazer o recibo "ao final da campanha".

Merval propõe voto em Aécio para impedir messianismo de Marina

O jornalsita Merv al Pereira diz hoje na sua coluna de O Globo que o voto útil em Marina, para garanti-la no segundo turno ou forçar uma derrota do PT já no primeiro, pode ser um tiro no pé nos eleitores que temem Marina presidente mas não querem Dilma reeleita. Nesse caso, escreve ele,  fortalecer a votação do terceiro colocado é impor uma negociação política que demarcará um provável governo Marina.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Recessão "técnica" ? O que há no Brasil é recessão de verdade. Saiba por que.

Menor PIB significa menor produção, geração de riqueza e renda. Ao lado, infográfico mostra queda da renda. 



Já existem economistas falando em PIB zero para este ano. 
CLIQUE AQUI para ler material sobre isto.

De maneira um tanto simplista, costuma-se considerar que uma economia entra em recessão após dois trimestres consecutivos de queda no PIB.

. É o que acontece neste momento no Brasil.

. Algns jornais, revistas, rádios, TVs e mídias de Web, preferiram usar a expressão "recessão técnica", minimizando o impacto do que acontece na vida real do País, tentando assim demonstrar que o caso atual é apenas "passageiro", já que é uma recessão técnica.

. O economista André Azevedo, com quem o editor conversou neste final de semana, disse ao editor que em muitos Países, como EUA, a recessão precisa vir caracterizada por recuos em inúmeros indicadores, inclusive emprego, o que não aconteceu ainda no Brasil.

. O conceito usado aqui, no entanto, é a expressão mais simples de dois recuos trimestrais seguidos do PIB.

CLIQUE AQUI para examinar um pequeno debate sobre o conceito de recessão.


Estadão avisa que recessão decorre da incompetência do governo Dilma

Entre os Países do Brics, Brasil 
é o único em recessão.

Neste editorial da edição de sábado, o jornal "O Estado de S. Paulo" escreve que está confirmado oficialmente: a presidente Dilma Rousseff conseguiu levar o Brasil a uma recessão, com dois trimestres consecutivos de produção em queda. Depois de encolher 0,2% no primeiro trimestre, o Produto Interno Bruto (PIB) diminuiu mais 0,6% no período de abril a junho. 

. Leia tudo:

Mas o governo, além de trapalhão, foi criativo na incompetência. Enfiou a economia brasileira no atoleiro enquanto os países desenvolvidos, com Estados Unidos, Alemanha e Reino Unido à frente, começavam a vencer a crise.Mas quem, na cúpula federal, se dispõe a reconhecer o desastre e sua causa, o rosário de erros agravados a partir de 2011? A presidente Dilma Rousseff e seus ministros continuam culpando o mundo pelo desempenho brasileiro abaixo de pífio. Esse mundo malvado só existe como desculpa chinfrim para um fiasco indisfarçável. O comércio internacional voltou a crescer, a China continua comprando um volume enorme de matérias-primas e até os países mais afetados pela crise global, como Espanha, Portugal e Grécia, saíram da UTI e estão em movimento. Mesmo em desaceleração, outros emergentes estão mais saudáveis que o Brasil.

No segundo trimestre, o PIB dos Estados Unidos cresceu em ritmo equivalente a 4,2% ao ano. A rápida melhora da maior e mais desenvolvida economia é boa notícia para todo o mundo, mas desmente a lengalenga da presidente Rousseff e de sua equipe. O crescimento americano foi puxado, principalmente, pelo investimento produtivo, base para novos avanços.


No Brasil ocorreu o contrário.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Bolsa liderou ranking dos melhores investimentos de agosto, subindo 9,78%

O cenário eleitoral levou a Bolsa a frequentar o topo da lista pelo terceiro mês consecutivo, com valorização de 22,55% em 12 meses.

. Acompanhe o desempenho do mês de agosto:

Bolsa, 9,78%
Fundos de ações livres, 3,53%
Fundo de renda fixa, 0,72%
Fundo DI, 0,62%
Poupança, 0,56%
Fundo cambial, menos 0,10%
Ouro, menos 0,54%

Dólar, 1,41%

Ex-motorista do presidente do BB: "Ele descia com malas de dinheiro"

O jornal Folha de S. Paulo de hoje ouviu o  ex-motorista do Banco do Brasil Sebastião Ferreira da Silva, 69, que disse em depoimento ao Ministério Público Federal que fez diversos pagamentos em dinheiro vivo a mando do presidente da instituição, Aldemir Bendine. A reportagem foi muito além da conversa com o ex-motorista.

. Leia tudo:

Ferreirinha, como é conhecido, disse que em certa ocasião Bendine, após subir de mãos vazias num prédio na região dos Jardins, em São Paulo, saiu com uma sacola repleta de maços de notas de R$ 100. Segundo ele, a sacola foi entregue depois ao empresário Marcos Fernandes Garms, amigo de Bendine.
A Folha telefonou para a casa do empresário e deixou recado na sexta-feira (29), mas ele não ligou de volta.

O depoimento do motorista, ao qual a Folha teve acesso, gerou a abertura de um procedimento de investigação contra Bendine, em junho, por suspeita de lavagem de dinheiro. É uma etapa preliminar do trabalho do Ministério Público, quando os procuradores buscam provas para embasar um eventual processo.

CLIQUE AQUI para ler a ampla reportagem da Folha de S. Paulo deste domingo. 

Saiba como um ministro do TCU se pôs a serviço de Dilma para emplacar a mulher em um cargo

Mensagens da Casa Civil da Presidência da República revelam como funciona a troca de favores entre autoridades e seus padrinhos políticos. Ministro do TCU conseguiu indicar a esposa para o Superior Tribunal de Justiça e o irmão para o Tribunal Superior do Trabalho com a ajuda de Dilma Roussef.

. A revelação está em reportagem de hoje, domingo, da revista Veja.

CLIQUE AQUI para ler. 

Dilma desvenda "incoerência crônica' de Marina Silva

Neste sábado a noite os candidatos Dilma Roussef e Aécio Neves centraram críticas em Marina Silva, que apresentou seu melhor programa até o momento. Aécio fez um discurso racionalíssimo, demonstrando que é melhor ficar com a receita original do que com o remédio genérico. CLIQUE AQUI para ler o que ele disse no interior de SP neste sábado. A presidente Dilma Roussef preferiu ir no fígado. O artigo abaixo, postado na página candidata do PT, é expressão do que ela está dizendo agora:

INCOERÊNCIA CRÔNICA
A candidata à Presidência da República pelo PSB, Marina Silva, é um grande ponto de interrogação na política.
Ontem (29), Marina Silva divulgou seu plano de governo. Não demorou muito para que as controvérsias das propostas da candidata viessem à tona.
Tanto que, hoje (30), voltou atrás e substituiu o trecho sobre os direitos LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transsexuais) que integrava o documento.
O texto, que antes dizia que Marina iria defender a que o casamento gay virasse lei, agora cita apenas a garantia dos "direitos oriundos da união civil entre pessoas do mesmo sexo".
Evangélica fervorosa, Marina já teve várias opiniões sobre o tema. Em 2010, era contrária e, em 2013, chegou a defender as ações de Marco Feliciano (PSC-SP), famoso pelas críticas homofóbicas.
Outro assunto que a candidata sempre evita comentar é a questão do aborto. Antes condenava com veemência a legalização. Hoje, segundo ela, a decisão deve ser tomada após um plebiscito.
Além disso, Marina se utiliza do discurso de fazer uma "nova política" para justificar as velhas práticas usadas por ela e seu partido PSB.

O uso do avião que vitimou Eduardo Campos e a desculpa de que "não teve interesse em questionar a procedência do avião", adquirido por meio de empresas fantasmas, deixa claro o vazio deste discurso.

Repulsivo deputado do PSOL ataca Marina por seu recuo no apoio à causa gay: "Você mentiu para nós"

Ser repulsivo e ridículo, o deputado psólico usou o Twitter para espinafrar Marina.



O deputado Jean Wyllys (Psol-RJ), que além de não ser do mesmo Partido de Marina e nem a apoiar, e que além disso é um psólico de posições políticas e ideológicas reducionistas e repulsivas, reagiu, indignado, ao recuo de Marina Silva, que cedeu em seu programa de governo depois que ela recebeu um ultimato do pastor Silas Malafi.

. O que disse o representante bastardo do PSOL, que com suas declarações melhorou o volume de votos da candidatas:


- Bastaram quatro tuites do pastor Malafaia para que, em apenas 24 horas, a candidata se esquecesse dos compromissos de ontem, anunciados em um ato público transmitido por televisão, e desmentisse seu próprio programa de governo, impresso em cores e divulgado pelas redes. É com essa autoridade, de quem agiu de boa fé, que agora digo: Marina, você não merece a confiança do povo brasileiro! Você mentiu a todos nós e brincou com a esperança de milhões de pessoas".

Marina volta atrás na defesa da causa gay. "Não é bem assim", recuou a candidata do PSB.

"Não é bem assim!", recua Marina, depois de ter apoiado o casamento gay no seu programa de governo.


Menos de 24 horas depois de divulgar seu programa de governo, que contemplava a defesa dos direitos do público LGBT (leia nota abaixo), Marina Silva voltou atrás e soltou nota para explicar que não era bem assim

.  O motivo para o recuo foi a reação irada de Silas Malafaia, evangélico como Marina, que disse que o programa da candidata do PSB conseguia ser "pior do que o de PT e PSDB".

Simon estréia na TV com "vigor de jovem" e batendo forte no Mensalão

O jornalista Marcos Martinelli, que faz a campanha de TV de José Ivo Sartori na coligação PMDB-PSB-PSD no RS, ficou impressionado com o vigor "jovem" demonstrado pelo candidato ao Senado, Pedro Simon.

. O editor também ficou surpreso com o primeiro programete do senador.

. Aos 85 anos, Pedro Simon faz uma valente defesa das posições recheadas de ética na política que ele desenvolveu ao longo da sua vida pública, concluindo por candente prestação de contas sobre a posição que tomou contra os mensaleiros do PT, cujos líderes foram todos parar na cadeia, apesar da descrença geral.

. Ele faz um apelo para que os jovens não se desmobilizem. 

. Vale a pena ver de novo.

. O editor foi procurar Marcos Martinelli para conseguir cópia do programete.

CLIQUE AQUI para ver e ouvir. Vale a pena.

Começa corte de pessoal na campanha de José Ivo Sartori

Começam a ocorrer cortes na equipe de profissionais que fazem a campanha de José Ivo Sartori, PMDB. A falta de recursos financeiros conduz as ações a um tipo de atividade totalmente espartana.

Tarso na TV veio sem Lula, Dilma e PT

Os últimos programas de TV do governador Tarso Genro parecem ter esquecido Dilma, Lula e o PT.

Ana Amélia concentra campanha na Grande Porto Alegre para vencer no primeiro turno

A apenas 2 pontos de vitória no primeiro turno (ela está com 41,9%, segundo Methodus de hoje), a senadora Ana Amélia resolveu centrar sua campanha eleitoral na Grande Porto Alegre.

. É o que fará nestes sábado e domingo.

. Os números das pesquisas internas feitas pela coligação indica que Ana Amélia já dobrou o cabo da boa esperanças no interior, o que ainda não ocorreu na Grande Porto Alegre.


. O sábado da candidata começou por campanha na Restinga. 

Leia, aqui, o texto de 247 páginas do Programa de Governo de Marina

CLIQUE AQUI para ler a íntegra do programa
de 247 páginas. 

• Programa de governo do PSB acena ao mercado financeiro ao prever em lei a autonomia do BC e tenta afastar críticas sobre influência de sua religiosidade na gestão ao defender causas gays


O programa da candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, divulgado nesta sexta-feira, combina promessas de uma política econômica como a independência do Banco Central garantida em lei e a redução da presença do Estado em atividades econômicas, com uma série de medidas de caráter progressista na área de comportamento, como a defesa clara das causas homossexuais.Em relação ao aborto, a ex-ministra promete a regulamentação de sua prática em hospitais da rede, nos casos já legalmente autorizados.

Os acenos da candidata ao mercado financeiro aparecem em quase todo o programa de 242 páginas. Um dos mais visíveis é a independência do Banco Central, promessa que não foi assumida nem pelo candidato Aécio Neves, cujo partido, o PSDB, é o mais identificado com o mercado financeiro.
Ao enfatizar a “recuperação do tripé econômico”, indica uma política mais ortodoxa do que a do atual governo em relação às metas de inflação, câmbio flutuante e superávit primário - a reserva que o governo faz em caixa para pagamentos de juros da dívida. Ela se compromete a conter a inflação “sem recorrer a controle de preços que possam gerar resultados artificiais”. É uma crítica a Dilma, que teria contido aumentos, como o de combustíveis, para evitar estouros na meta de inflação. Ao falar de reforma tributária, Marina promete não elevar a atual carga de tributos, prometendo até “redução dos impostos sobre faturamento de empresas”.

. Menos Estado. Marina também sinaliza a possibilidade de encolhimento das atividades dos bancos estatais, como a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil, além do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Isso abriria mais espaço para os bancos privados nos mercados imobiliário e agrícola, entre outros. Ao mesmo tempo que fala em reduzir a presença do setor estatal, meta que afina com a cartilha econômica liberal e tende a desvinculá-la de seu passado petista e estatizante, Marina também se preocupa em se distanciar da sombra de fundamentalismo evangélico que a acompanha desde a campanha de 2010.

. A candidata evitou polêmica ao recuar de trechos de seu plano preliminar referentes à participação popular. No texto prévio havia a promessa de criação de “mecanismos de controle social sobre os políticos eleitos”. Em sua empreitada para garantir que respeitará as instituições, Marina suprimiu o trecho. Manteve, porém, a defesa da Política Nacional de Participação Social de Dilma, que recomenda a criação de conselhos populares para acompanhar os trabalhos do governo.

Vá neste final de semana. Grande Porto Alegre.

- 37ª. Exponter. Maior feira brasileira do agro. Esteio.
http://www.expointer.rs.gov.br/inicial


- Casa Cor. Rua Carlos Trein Filho 930. Porto Alegre.

No segundo turno, Marina venceria Dilma facilmente no RS

A pesquisa foi feita entre 18 e 23 de agosto, portanto há uma semana, mas só foi publicada hoje. É encomenda da ADI, Associação dos Diários do Interior do RS. A pesquisa é do Instituto Methodus:

1o Turno 
Dilma Roussef, PT - 31,2%
Marina, PSB - 25,8%
Aécio, PSDFB - 20,4%
Os outros sete candidatos não alcançaram 1'%.

2o Turno
Marina - 47,9%
Dilma - 37%

ADI/Methodus: Ana, 40,9%; Tarso, 31,2%; Sartori, 5,8%; Vieira, 4,7%

A pesquisa foi encomendada pela ADI, Associação dos Diários do Interior. A pesquisa é do Instituto Methodus. 

1o Turno
Ana Amélia Lemos, PP =- 40,9%
Tarso Genro, PT – 31,2%
José Ivo Sartori, PMDB – 5,8%
Vieira da Cunha, PDT – 4,7%
Roberto Robaina, PSOL – 2%
Demais candidatos não alcançaram 1% cada um.

2º Turno
Ana Amélia – 52,6%
Tarso Genro – 36,9%

- O Instituto Methodus entrevistou 1,5 mil eleitores no período de 18 de agosto até o dia 23. A pesquisa registrada no Tribunal Eleitoral sob o número RS-00011/24 foi às ruas, nove dias após a morte do candidato Eduardo Campos. A margem de erro é de 2,5 pontos para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%.

Dilma resolve atacar Marina: "Ela é obscurantista"

Aécio e o PSDB praticamente não reagiram ao programa de governo anunciado ontem por Marina em São Paulo, mas Dilma e o PT já se fardaram para a guerra. 

. Na Bahia, Dilma atacou a ênfase de Marina ao etanol, em detrimento do pré-sal, dizendo que o programa de Marina é obscurantista.Mais moderado, o ministro Gilberto Carvalho disse que o programa é quase todo do PSDB, mas avisou que o combate a Marina deve ser dado por Aécio. 

. Publicações alinhadas com o PT, como o site www.brasil247.com.br, reclamam que "ou o PT desconstrói Marina ou entrega a rapadura que está com Dilma".

Merval avisa aos navegantes: "Marina não é só uma onda passageira"

Neste artigo, intitulado "A onda se forma", o jornalista Merval Pereira escreve que ontem deve ter sido o dia mais difícil da presidente Dilma nos últimos tempos porque ela só teve notícia ruim. Pela manhã, o anúncio oficial de uma recessão econômica, à noite a pesquisa Datafolha no "Jornal Nacional" anunciando o que a maioria já previa: Marina Silva alcançou-a no primeiro turno, preparando a ultrapassagem previsível nas próximas sondagens, e tem vitória confirmada no segundo turno por dez pontos de vantagem.

. Leia Merval:

Para o tucano Aécio Neves, sobra a constatação de estar no lugar certo no momento errado, pois antes do acidente trágico que matou o ex-governador Eduardo Campos tinha condições de chegar ao segundo turno, e até mesmo ganhar a eleição.

Preparado para uma disputa que tinha como mote o fim da era PT, de repente o candidato do PSDB foi atirado em meio a uma nova eleição, que abriu outra perspectiva eleitoral, com o mesmo sentido mas com outros ingredientes: a emoção superando a razão, os símbolos ganhando dimensões de realidade, trocada pelos sonhos.

CLIQUE AQUI para ler tudo.
CLIQUE AQUI para ver e ouvir Marco Antonio Villa no comentário "Marina é furacão sem precedentes". 

Tucanos já desconfiam do apoio do PP no RS

Já não são surdas as queixas tucanas de que o PP do RS, seus candidatos e a própria candidata Ana Amélia, fazem pouco para ajudar Aécio Neves. Na semana que vem, dia 5, Aécio visitará Porto Alegre, irá até a Expointer e visitará Caxias do Sul, quando poderá medir o pulso dos seus aliados no Estado.

. PP e Ana Amélia negam ruídos na campanha.

. O presidente do Partido, Celso Bernardi, no entanto, admite que no caso de confronto Marina-Dilma no segundo turno, sem Aécio, a escolha de lado já está feita.

Tarso defende governo bolivariano para o RS

No novo programa de governo que lançou ontem, o governador Tarso Genro voltou a defender censura à imprensa e limites dos poderes atuais das instituições da república.

. É o que acontecerá caso emplaquem seus Conselho de Comunicação e Sistema Estadual de Participação Cidadã.

. Trata-se do equivalente aos mecanismos de controle social implementados nos governos bolivarianos.

. Menos mal é que Tarso Genro não conseguirá emplacar suas propostas por razões que se tornam cada dia mais evidente.

Ministros do STF transformam-se em Marajás da República

É desarrazoado e inaceitável o aumento que os ministros do STF concederam-se a si mesmos, porque ninguém neste País consegue avanço de 22% e nem  o presidente da República percebe os R$ 35.919,00 que ganhará cada ministro, sem contar mordomias de todo gênero.

Temer faz passagem meteórica e melancólica pelo RS

Foi melancólica a passagem do vice-presidente Michel Temer pelo RS nesta sexta-feira. Ele foi recebido por dever de ofício por José Ivo Sartori, mas foi só. Simon nem compareceu.

. O vice ficou poucas horas no RS. 

. Na inauguração do vistoso comitê Dilma-Temer, que foi proibido de expor imagens de Sartori, governador, e Simon, senador, o único líder de expressão do PMDB do RS foi o deputado Eliseu Padilha, que organizou a viagem e coordena a campanha.

. Os jornalistas foram informados durante o ato público que ali estavam presentes 107 prefeitos e 71 vices. Foram os números que disponibilizaram repórteres como a editora de Zero Hora, Rosane Oliveira. Quem esteve no local não contou mais do que 150 pessoas.

. Caso o PMDB tivesse realmente colocado no apoio a Dilma algo como 107 prefeitos, apenas 29 não teriam comparecido, o que parece impossível.

Procurador Geral da República investiga jatinho sujo de Marina

O PSB terá que explicar à Procuradoria Geral Eleitoral todas as circunstâncias do uso do avião fantasma Cessna Citation PR-AFA, que caiu matando  Eduardo Campos e outros seis tripulantes. O procurador-geral eleitoral, Rodrigo Janot, instaurou nesta sexta-feira, procedimento para investigar a prestação de contas do PSB. 

. O partido da candidata Marina Silva terá de apresentar toda movimentação financeira realizada para a utilização da aeronave durante a campanha.  Janot quer saber qual preço médio que o PSB teria pago pelo aluguel ao avião, que não tem dono declarado. O  uso da aeronave não foi declarado ao TSE.

Datafolha diz que Marina já vence no 1o e 2o turnos. Aécio despenca para 15%.

1º Turno
Marina Silva, PSB – 34%
Dilma Roussef, PSDB – 34%
Aécio Neves, PSDB – 15%

2º Turno
Marina – 50%
Dilma – 40%

Eleitores que julgam a administração boa ou ótima são 35% ante 38% na pesquisa anterior. A avaliação negativa (ruim ou péssimo) subiu de 23% para 26%. A taxa de regular oscilou de 38% para 39%.

Tarso evita fechamento do frigorífico do Alegrete. Marfrig garante empregos enquanto negocia.



O Governo do Estado recebeu nesta sexta-feira a direção do frigorífico Marfrig, no Palácio Piratini, com a intenção de evitar o encerramento das atividades na unidade de Alegrete e, consequentemente, as demissões em massa de funcionários. Na reunião, foi acordada a abertura de uma mesa de negociação para encaminhamento de medidas que viabilizem a continuidade das operações, além da melhora da eficiência da cadeia produtiva da carne no Rio Grande do Sul. 

Braskem consegue acordo sobre nafta com a Petrobrás. Pólo de Triunfo está a salvo.

Em nota que o editor recebeu esta noite, a Braskem informa que assinou com a Petrobras um aditivo ao contrato de nafta petroquímica com vigência até o fim de fevereiro de 2015. As condições atuais foram mantidas e o preço será ajustado retroativamente a 1º de setembro de 2014, na assinatura do novo contrato.

. O acordo venceria hoje. Caso não encontrasse modo de evitar reajustes exigidos pela Petrobrás, a Braskem ameaçava fechar um dos três pólos petroquímicos, SP, Bahia e RS. No Estado, governo e Fiergs mobilizaram-se para evitar o pior, tentando um acordo provisório, capaz de evitar marolas antes das eleições.

Foi o que acabou acontecendo.

. Disse a Braskem ao editor:

Este aditivo evitou a paralisação iminente da produção de centrais petroquímicas, o que traria graves consequências ao setor químico e petroquímico brasileiro.A Braskem segue empenhada na identificação de uma solução estrutural que permita a assinatura de um contrato de longo prazo com a Petrobras que assegure a competitividade da indústria química e petroquímica brasileira.

Dólar recuou 1,82% no mês

O dólar comercial fechou estável nesta sexta-feira, com leve queda de 0,01%, a R$ 2,239 na venda. Com isso, a moeda norte-americana se mantém no menor nível desde 29 de julho, quando encerrou a R$ 2,231.


. O dólar encerra a semana com perdas de 1,82% e o mês, com desvalorização de 1,36%. No ano, a moeda acumula queda de 5,03%.

Bolsa sobe 10% no mês. No ano, alta já chega a 18,99%

O Ibovespa, índice da Bolsa brasileira, fechou em alta de 1,65% nesta sexta-feira, a 61.288,15 pontos. É o maior valor de fechamento desde 23 de janeiro de 2013, quando a Bolsa encerrou a 61.966,26 pontos. 

. A Bovespa encerra a semana com alta de 4,93%. Em agosto, acumulou valorização de 9,78%, e emendou o terceiro mês de avanço. É o melhor desempenho para o mês desde 2003. No ano, a Bolsa acumula ganhos de 18,99%

Candidato a governador pelo PRTB resolve apoiar Simone Leite para o Senado

Edison Estivalet Bilhalva, candidato a governador pelo PRTB, anunciou esta tarde que apoiará a candidata a senadora  pela coligação PP-PSDB-SDD, Simone Leite. 

Duas casas em Porto Alegre.
O melhor por 5 anos seguidos, segundo Veja
Só chopes e cervejas artesanais. Mais de 100 rótulos.
Chopes, cervejas, cardápio, serviço:
www.biermarkt.com.br

Fiesp quer saber que medidas impedirão recessão também em 2015

O editor recebeu há poucos minutos da Fiesp

Economia brasileira entra em recessão
A divulgação do PIB do segundo trimestre de 2014, apontando contração de 0,6% em relação ao trimestre imediatamente anterior, mais a revisão do resultado do primeiro trimestre, de ligeira alta de 0,2% para recuo de igual magnitude, confirma o quadro de recessão da economia brasileira. 
O caso da indústria de transformação é ainda pior, já que a queda de 2,4% no segundo trimestre foi a quarta consecutiva, acumulando perdas de 5,5% nesses quatro trimestres. “Infelizmente, acreditamos que não há perspectiva de reversão desse quadro recessivo do setor num horizonte de curto prazo”, afirma Paulo Francini, diretor do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos (Depecon), da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp).
Adicionalmente a esse cenário, também ocorreu forte queda dos investimentos Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) entre abril e junho, na ordem de 5,3%, em relação ao primeiro trimestre deste ano. Com isso, os investimentos sofreram o quarto recuo consecutivo. De acordo com Francini, esses resultados, combinados com a contínua deterioração dos fundamentos econômicos, não permitem vislumbrar recuperação expressiva da economia brasileira nos próximos trimestres.

Que o ano em curso será um desastre para a nossa economia, já sabemos. Queremos ter visão sobre urgência de medidas capazes de, a partir do próximo ano, alterar este cenário de queda”, conclui Francini.

CLIQUE AQUI para ler reportagem de Valor sobre a turbulência provável dos emergentes.

Duas casas em Porto Alegre.
O melhor por 5 anos seguidos, segundo Veja
Só chopes e cervejas artesanais. Mais de 100 rótulos.
Chopes, cervejas, cardápio, serviço:
www.biermarkt.com.br

Economistas da Fiergs dizem que governo faz nova trama fiscal para mascarar despesas com a previdência

O gráfico ao lado é de análise da Fiergs ("Pedalada fiscal": a nova trama das contas públicas. 



Ao examinar os "indícios de uma nova manobra fiscal" praticada pelo secretário do Tesouro Nacional, o gaúcho Arno Augustin, que trabalha em plena parceria com o ministro guido Mantega e a presidente Dilma Roussef, os economistas da poderosa Federação das Indústrias do RS explicam que a jogada "diz respeito a um tipo de financiamento forçado dos bancos para o Tesouro Nacional,envolvem benefícios sociais e também despesas mascaras com a previdência social".

. Já se desconfiava de algo semelhante.

. A oposição, economistas e jornalistas atentos, já tinham feito a denúncia.

. O que diz estudo que a Fiergs acaba de divulgar para círculo restrito de leitores:

- O Tesouro Nacional resolveu inovar mais uma vez. Os dados das despesas com previdência, sugerem que algo está sendo feito para mascará-los. No primeiro semestre deste ano, o crescimento real registrado foi de apenas 0,8%, enquanto que nos últimos anos havia sido de 7,0% e 7,2%, respectivamente.

. É bem verdade que o reajuste do salário mínimo de 2014, de 1,2% em termos reais, é inferior ao registrado naqueles anos (7,5% e 2,6%) mas a forte rigidez desse tipo de despeesanão explica tamanha queda nos desembolsos.

. Como se explicaria a discrepância ?

. Os economistas da Fiergs já descobriram a resposta:

- É uma nova trama fiscal. 

CLIQUE AQUI para ler reportagem do Valor dehoje sobre o terceiro déficit consecutivo. 

Fiergs insinua que "pedalada fiscal" põe em risco até o programa Bolsa Família

Na análise devastadora que faz a Unidade de Estudos Econômicos da Fiergs neste final de agosto, intitulada  “Pedalada fiscal: a nova trama das contas públicas”, fica mais do que claro que a contabilidade criativa do dr. Arno Augustin faz o diabo no governo Dilma Roussef.

. O trabalho vai causar tremores políticos.

. Ele é pouco conhecido.

. Augustin e Dilma aprenderam a pedalar no incompetente e patético governo Olívio Dutra, que implementou uma desordem fiscal sem precedentes no Estado, modelo que Tarso Genro segue à risca.

. O que há de mais grave na denúncia da Fiergs é a revelação de que o Tesouro Nacional “atrasa os repasses para os bancos públicos e privados, refentes ao pagamento de benefícios do INSS, Seguro Desemprego, Abono Salarial (PIS), Bolsa Família e Crédito Agrícola”.

. Empresas de todos os portes informam há bastante tempo ao editor que reclamam que dinheiro do PIS não têm garantido o pagamento em dia do benefício aos seus trabalhadores. Interpelada, a Caixa Federal confessa que não recebeu o repasse. Por enquanto são atrasos de dez dias. 

. O que há ?

. Eis o que diz a análise da Fiergs:

- Os valores ficam retidos na entidade (Tesouro Nacional) para compor o superávit primário e só depois são repassados. É como se o Tesouro utilizasse um tipo de “cheque especial” nesses bancos.

. Há ameaça séria sobre atrasos e até calotes no pagamento de benefícios sociais como o Bolsa Família.

. O governo está sem dinheiro e pode quebrar.

. A prática é ilegal.

. A própria Fiergs desconfia que há ilegalidade.

. O problema é que os bancos estatais não podem fazer empréstimos para o governo.

. Estimativas apontam que, entre julho de 2013 e junho deste ano, R$ 19,5 bilhões não foram repassados para a Caixa Econômica Federal para pagamento de gastos sociais, essencialmente do Bolsa Família, e R$ 3,8 bilhões não chegaram ao CVaixa do BBG para fins de pagamento dos créditos da safra agrícola.

Duas casas em Porto Alegre.
O melhor por 5 anos seguidos, segundo Veja
Só chopes e cervejas artesanais. Mais de 100 rótulos.
Chopes, cervejas, cardápio, serviço:
www.biermarkt.com.br

A economia, estúpido, vai derrotar Dilma Roussef.

O marqueteiro preferido do presidente Bill Clinton costumava cunhar esta frase para explicar as vitórias do seu candidato:

- É a economia, estúpido.

. Ele queria dizer que um bom desempenho econômico costuma garantir a vitória de candidatos presidenciais.

. É um mantra seguido em todo o mundo.

. O contrário é verdadeiro.

. É sobre isto que o editor constrói seu comentário de hoje, intitulado A economia, estúpido, vai derrotar Dilma Roussef.

Aécio fala sobre o anúncio de recessão e decreta: "O governo Dilma acabou"

O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, responsabilizou nesta sexta-feira o governo da presidente Dilma Rousseff (PT), que busca a reeleição, pela fraco desempenho da economia brasileira, que entrou em recessão técnica no segundo trimestre.

. O material é da Reuters.

. "Hoje é um dia triste para o Brasil, o país entrou em recessão técnica", disse Aécio a jornalistas em São Paulo. "Na verdade, o governo do PT terminou antes da hora e o legado será crescimento baixo, investimento baixo, com inflação alta, juros altos e uma perda crescente da confiança na nossa economia, o que impacta nos investimentos e no emprego." O Produto Interno Bruto do Brasil caiu 0,6 por cento no segundo trimestre sobre os primeiros três meses do ano, com forte retração nos investimentos e na indústria, segundo dados divulgados pelo IBGE nesta sexta-feira.. Como o resultado do primeiro trimestre sobre os últimos meses de 2103 foi revisado para contração de 0,2 por cento, o país entrou no que os economistas chamam de recessão técnica, que é quando a atividade econômica cai por dois trimestres seguidos. "Mais do que nunca fica claro que este modelo que está aí fracassou", disse Aécio, acrescentando que é preciso mudar e que ele representa a mudança consistente.

. "Na verdade o atual governo fracassou, e fracassou principalmente na condução da economia brasileira."

Yeda abre comitê central em Porto Alegre

Com a cuia numa das mãos. 


Pelo menos 120 pessoas participaram ontem a noite do ato público que emplacou a abertura do comitê central da ex-governadora Yeda Crusius, que é candidata a deputada Federal.

. O local, Benjamin Constant, três ambientes, também sedia centro de propaganda da campanha de Aécio.


. Yeda Crusius falou no auditório para 80 convidados, numa noite que também contou com apresentações técnicas sobre sua campanha e o sentido das eleições para presidente, governador, senador e deputados. 

. A ex-governador continua perocorrendo o Estado para sessões de autógrafos da sua autobiografia.

Duas casas em Porto Alegre.
O melhor por 5 anos seguidos, segundo Veja
Só chopes e cervejas artesanais. Mais de 100 rótulos.
Chopes, cervejas, cardápio, serviço:
www.biermarkt.com.br

Dica de livro - Nunca antes na diplomacia

Paulo  Roberto de Almeida é diplomata desde 1977. É doutor em Ciências Sociais e Mestre em Planejamento Econmico. ^

Sobre o livro, escreveu Rodrigo Constantino, Veja:

Estou lendo o livro Nunca antes na diplomacia…, de Paulo Roberto de Almeida, que cai como uma luva para atender a minha demanda. O livro é uma coletânea de artigos e ensaios do diplomata, tudo muito bem organizado. Começa explicando o que seria uma postura diplomática ideal, quais suas funções, e define conceitos importantes. Em seguida, traça uma historiografia de nossa diplomacia, dividida em fases marcantes. Por fim, mergulha mais a fundo nas decisões dos últimos anos, mostrando que houve uma quebra de paradigma.

Diplomatas costumam assumir uma forma bastante cautelosa de crítica. Não Paulo Roberto. Ele adota postura totalmente independente, e pode se dar ao luxo de realmente dizer o que pensa.

Nunca antes na diplomacia.
Editora Appris
288 páginas
R$ 61,00
- O editor comprou, lê e recomenda. A Livraria Cultura entrega em casa. 

Duas casas em Porto Alegre.
O melhor por 5 anos seguidos, segundo Veja
Só chopes e cervejas artesanais. Mais de 100 rótulos.
Chopes, cervejas, cardápio, serviço:
www.biermarkt.com.br

Data Cempro, RS, alcança tecnologia de software para sistemas contábeis da Unopar, Paraná.

A Data Cempro, de Cachoeirinha, fechou parceria com a Unopar (Universidade do Norte do Paraná) para fornecimento da Tecnologia do Pen Drive Educacional ContabMilenium. Pelo contrato firmado entre as entidades, os alunos de Ciências Contábeis (presencial e EaD – Educação a Distância) da entidade podem aplicar na prática o conhecimento adquirido em sala de aula utilizando a tecnologia de software da empresa de sistemas contábeis.

. O sistema contábel da Data Cempro está disponiveis para os estudantes da Unopar em todas as suas mais de cinco unidades espalhadas pelo estado do Paraná. Alunos por ensino à distância utilizam a tecnologia em abrangência nacional.

Procon fechou dois supermercados Nacional, grupo Walmart, em Porto Alegre

Dois supermercados Nacional foram  fechados esta manhã pelo Procon de Porto Alegre. Um fica na Rua Carazinho, próximo da Avenida Nilo Peçanha. A outra loja é na Avenida Aureliano de Figueiredo Pinto. A bandeira pertence à empresa Walmart.

. Os problemas são a venda de produtos vencidos e a diferença de preços apontados nas gôndolas e aqueles cobrados no momento do pagamento no caixa.

. A suspensão das atividades é por sete dias e se baseia na reincidência da empresa

. O Procon procedeu fiscalização em 14 supermercados Nacional em Porto Alegre agora em agosto.

Entrevista, José Cairolli - Vou ouvir o que Marina tem a dizer para o agro do Brasil

ENTREVISTA
José Cairolli, candidato a vice-governador, na chapa José Ivo Sartori, PMDB-PSD

O senhor irá ao encontro, hoje, de Marina Silva ?
Estou embarcando (13mh30min) para São Paulo.A candidata a presidência da república, Marina Silva e sua equipe tem um difícil trabalho de reaproximação com o agronegócio, mas o que ela quer, hoje, é desfazer equívocos, segundo me disseram.

Qual é o problema ?
Ela busca do diálogo. Foio o que me disseram. Vamos ver. A  candidata pretende  se encontrar com empresários do setor sucroenergético em um jantar, na casa do empresário Plínio Nastari, que é consultor da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar). Recebi o convite dele.

Por que este setor sucronergético ?
A equipe de Marina tenta uma aproximação do agronegócio por meio do setor que se mostra insatisfeito com o atual governo.

E vocês, os demais ?
Não existe uma posição consolidada do agronegócio em relação a Marina. O que existe é uma insegurança, e a equipe de campanha de Marina deve esclarecer que isso não tem fundamento.

Isto significa que o senhor apoiará Marina ?

O encontro não tratará do apoio à candidatura de Marina mas sim da apresentação das demandas do setor, como já aconteceu em outras oportunidades com os demais candidatos. Precisamos passar para a candidata as informações sobre o funcionamento do agronegócio e orientá-la sobre o potencial do setor para o futuro do país”. 

Alckmin trai Aécio de novo. Ele é esnobado como ficha suja por Marina, que manda vice ajudá-lo em SP.

Depois de trair Aécio com Campos, Alckmin rebaixa-se de novo, aceita veto de Marina, que o abomina como representante da velha política, e aparece com um vice que não significa nada em SP. 

A exibição de um depoimento do vice de Marina Silva (PSB) na propaganda eleitoral do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), desagradou a aliados do candidato dos tucanos ao Planalto, Aécio Neves.

. Marina rejeita Alckmin, que segundo ela é raposa da velha política. Ela não quer saber de chegar perto do tucano e escalou Beto Albuquerque para o trabalho sujo de aparecer ao lado do governador. Alckmin tem como vice um deputado do PSB e já traía Aécio com propaganda com Eduardo.

. Nome do PSDB no maior colégio eleitoral do país, Alckmin levou ao ar uma peça em que o deputado Beto Albuquerque (PSB-RS) cita Marina e o ex-governador Eduardo Campos, morto há duas semanas. Ele diz que Campos via no paulista "o exemplo de homem público que todos desejamos".

. Embora já tenha gravado para a propaganda de Alckmin, Aécio nunca apareceu no horário do governador, que trata de salvar a pele. 

CLIQUE AQUI para ler "As regras do jogo", Fernando Gabeira.

Zé Dirceu apóia Dilma e Marina. Sobre Marina: "Ela é o Lula de saias !".

Ou Lula é uma Marina de saias ?



O subchefe dos mensaleiros,  que cumpre pena de prisão pelos crimes que cometeu em regime semiaberto em Brasília, avalia o cenário eleitoral como bastante consolidado, com a presidente Dilma e Marina Silva no segundo turno. Depois, vitória para a candidata do PSB.

. Para o criminoso petista, a ex-senadora tem força semelhante à do ex-presidente Lula em 2002;. Por isso, sua frase mais recorrente nos últimos dias é: 

- Marina é o Lula de saias

Análise, Ricardo Bergamini - Entenda melhor como é a recessão no Brasil

CLIQUE AQUI para ler, também, Rodrigo Constantino:
"Ué, não era a tal da crise externa ?"

Na análise que você poderá examinar na íntegra no
link a seguir, Ricardo Bergamini informa que na comparação com o primeiro trimestre de 2014, o PIB (Produto Interno Bruto) a preços de mercado do segundo trimestre apresentou queda de 0,6% na série com ajuste sazonal. A agropecuária teve variação positiva de 0,2%, enquanto a indústria (-1,5%) e os serviços (-0,5%) recuaram. Na comparação com o segundo trimestre de 2013, o PIB teve queda de 0,9%, sendo que a agropecuária permaneceu estável (0,0%), a indústria teve recuo (-3,4%) e os serviços variaram 0,2%.

. O editor publica o material de análise em primeira mão.

. Diz Ricardo Bergamini:

No acumulado nos quatro trimestres terminados no segundo trimestre de 2014 (12 meses), houve crescimento de 1,4% em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores. No primeiro semestre o PIB apresentou uma expansão de 0,5% em relação a igual período de 2012. O PIB em valores correntes alcançou R$ 1,27 trilhão no segundo trimestre, sendo R$ 1,1 trilhão referentes ao Valor Adicionado a preços básicos e R$ 183,7 bilhões aos Impostos sobre Produtos líquidos de Subsídios.

CLIQUE AQUI para examinar tudo. 

Procon multa Vivo por cobrança indevida de seguro

O Procon estadual de São Paulo multou as empresas Vivo e Mapfre Vera Cruz Seguradora por cobrança mensal de dois tipos de seguro (Seguro Conta Protegida e Seguro Residencial) na fatura de telefone do consumidor, sem sua prévia autorização.

. A conduta de ambas as empresas configura prática abusiva infringindo o artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor, de entregar ao consumidor, sem solicitação prévia, qualquer serviço, no caso da Mapfre. Já a Vivo praticou a cobrança sem a manifestação do usuário na própria fatura de serviço, o que obriga o consumidor a efetuar o pagamento.

. O valor da penalidade de cada empresa é, respectivamente, R$ 7,5 milhões e R$ 3,5 milhões, totalizando R$ 11 milhões.

IBGE anuncia que o País está em recessão. PIB cai 0,6% no segundo trimestre.

A economia brasileira teve recessão de 0,6% no segundo trimestre de 2014, em relação aos três primeiros meses do ano, na série com ajuste sazonal. A Indústria apresentou queda de 1,5% entre abril e junho enquanto os Serviços declinaram 0,5%. Em sentido contrário, a Agropecuário avançou 0,2%.

. No primeiro trimestre, a economia registrou retração de 0,2%, após revisão. Originalmente, foi reportado crescimento de 0,2% nos três meses até março. No trimestre final de 2013, houve expansão de 0,5%, em vez de 0,4%.

. Com a revisão, o país enfrenta uma "recessão técnica", quando há dois trimestres consecutivos de queda da atividade econômica.

- Na comparação com o segundo trimestre de 2013, o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro encolheu 0,90%. Nos 12 meses encerrados em junho, houve, contudo, crescimento, de 1,4%.
Fonte: IBGE

Período
Variação do PIB (%)

2º trimestre 2014 / 1º trimestre 2014
-0,60
2º trimestre 2014 / 2º trimestre 2013
-0,90
Acumulado em 4 trimestres
1,40
1º semestre 2014 / 1º semestre 2013
0,50

Eis a lista dos 30 maiores bilionários do Brasil

A lista foi organizada pela revista Época Negócios

1º Jorge Paulo Lemann R$ 49,85 bilhões
2º Joseph Safra R$ 35,98 bilhões
3º Marcel Herrmann Telles R$ 25,58 bilhões
4o Carlos Alberto Sicupira R$ 22,30 bilhões
5º Roberto Irineu Marinho R$ 15,93 bilhões
6º José Roberto Marinho R$ 15,86 bilhões
7º João Roberto Marinho R$ 15,86 bilhões
8º Marcelo Bahia Odebrecht & família R$ 14 bilhões
9º José Batista Sobrinho & família R$ 11,92 bilhões
10º Francisco Ivens de Sá Dias Branco R$ 10,99 bilhões
11º Walter Faria R$ 9,80 bilhões
12º André Esteves R$ 9,55 bilhões
13º Eduardo Saverin R$ 9,52 bilhões
14º Ermírio Pereira de Moraes R$ 9,15 bilhões
15º Abilio dos Santos Diniz R$ 8,90 bilhões
16º Aloysio de Andrade Faria R$ 7,52 bilhões
17º Maria Helena Moraes Scripilliti R$ 7,33 bilhões
18º Pedro Moreira Salles R$ 7,17 bilhões
19ºJoão Moreira Salles R$ 7,17 bilhões
20º Fernando Roberto Moreira Salles R$ 7,17 bilhões
21º Walter Moreira Salles Júnior R$ 7,17 bilhões
22º David Feffer & família R$ 6,93 bilhões
23º Miguel Krigsner R$ 6,45 bilhões
24º Regina de Camargo Pires Oliveira Dias R$ 6,27 bilhões
25º Rosana Camargo de Arruda Botelho R$ 6,27 bilhões
26º Renata de Camargo Pires Oliveira Dias R$ 6,27 bilhões
27º Edson de Godoy Bueno R$ 5,79 bilhões
28º Cesar Beltrão de Almeida & família R$ 5,58 bilhões
29º Nevaldo Rocha & família R$ 5,36 bilhões
30º Antonio Luiz Seabra R$ 5,05 bilhões

Saiba o que fará Michel Temer em Porto Alegre nesta sexta-feira

Michel Temer tenta ampliar a vantagem de Dilma no RS, ameaçada por Marina Silva. Na charge ao lado, Alpino demonstra como a cadeia alimentar mudou. 


A primeira agenda será em Porto Alegre. O presidente nacional do PMDB desembarcou no Aeroporto Salgado Filho às 9h, onde foi recepcionado pelo deputado Eliseu Padilha, coordenador nacional da campanha presidencial e organizador da agenda no Estado, e lideranças do PMDB. De lá, seguiram para uma visita a OAB-RS. Logo depois (10h20), o vice-presidente fará uma caminhada pelo Mercado Público e falará com a imprensa. Em seguida, continuará a pé pelas ruas de Porto Alegre em direção ao Comitê do PMDB para inauguração oficial (11h20).

. Após a inauguração, às 12h, o presidente Michel Temer terá um encontro com as Lideranças do PMDB, no Ritter Hotel (Largo Vespasiano Júlio Veppo, 55). Às 12h30 fará uma palestra sobre o “Governo Federal no Rio Grande e no Brasil, hoje e amanhã”. E, às 13h15 tirará fotos com os candidatos e correligionários peemedebistas, no próprio hotel.

. Depois disso irá para SC.

Celso Ming faz crítica ao Programa de Governo de Marina. Ele será lançado hoje em SP.

CLIQUE AQUI para conhecer o projeto de Marina.

Com o título "Projeto Marina", o jornalista Celso Ming, Estadão, faz crítica antecipada ao programa de governo de Marina Silva, que ainda nem é conhecido. Leia tudo:

O lançamento do programa do governo do PSB-Rede, coordenado por uma das controladoras do Grupo Itaú, Maria Alice Setúbal, a Neca, está agendado para sexta-feira; Mas não é preciso esperar para conhecer algumas de suas linhas mestras


. Está na hora de começar a avaliar o que seria a política econômica de um agora mais provável governo Marina Silva.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Colombo venceria no primeiro turno em SC, mas tucano Paulo Bauer cresce 100%.

Entre parênteses, os números anteriores. A pesquisa é do Ibope. 

Raimundo Colombo, PSD - 43% (40%)
Paulo Bauer, PSDB - 19% (10%)
Claudio Vignatti, PT - 6%


Afrânio Boppré (PSOL), Gilmar Salgado (PSTU) e Janaína Deitos (PPL) apresentaram 1% cada. Os votos brancos e nulos somaram 10%, e os indecisos, 17%.

Expointer, maior feira do agro do Brasil, abrirá amanhã em Esteio

Abrirá ao público, amanhã, sábado, a 37ª. Expointer, Esteio,RS.  Trata-se da maior e mais importante feira do agro no Brasil, inclusive máquinas. Você pode encontrar toda a programação do evento em http://www.expointer.rs.gov.br/inicial.

CLIQUE AQUI para obter uma visão 360 graus da Expointer, capturada por drone da Skydrones.

Temer, hoje, em Porto Alegre. Ele vai inaugurar comitê do PMDB de apoio a Dilma.

O vice-presidente Michel Temer passará a manhã em Porto Alegre. Ele vem inaugurar comitê de líderes locais da base aliada, sobretudo PMDB. Será as 11h. Temer viajará em seguida para SC.

. José Sartori, candidato ao governo, não vai comparecer porque apóia Marina.

-  Lula, que viria hoje ao Estado, cancelou pela segunda vez sua viagem a Porto Alegre. Ele também iria a Pelotas. 

Mujica virá a Porto Alegre para apoiar Tarso Genro

No dia 10 de setembro o presidente do Uruguai, José Mujica, virá a Porto Alegre para fazer campanha pela reeleição do governador Tarso Genro.

. A viagem será patrocinada pela Ufrgs, a pretexto de ouvir o presidente sobre a liberação da maconha no Uruguai.

. A direção da Ufrgs, como se sabe, é dominada por falanges do PT.

No debate da Band TV, Vieira da Cunha rebate Tarso: "Não tem conquista nenhuma da dívida. O projeto está empacado no Congresso".

Viera desmascara Tarso: "Que conquista, Tarso ? O projeto está empacado no Senado !".



A dívida pública de R$ 50,4 bilhões do Rio Grande do Sul com a União, dominou o debate da Rede Bandeirantes entre os candidatos ao governo do Estado na noite desta quinta-feira. Foi o primeiro debate em TV aberta. O governador Tarso Genro foi o principal alvo das críticas, o que sempre acontece com governante dispostos a buscar a reeleição.

. Críticas à tentativa de renegociação da dívida com a União pelo governo de Tarso Genro (PT) e soluções para as finanças gaúchas predominaram entre os discursos de Ana Amélia Lemos (PP), João Carlos Rodrigues (PMN), José Ivo Sartori (PMDB), Roberto Robaina (PSOL), e Vieira da Cunha (PDT).

O momento mais esclarecedor do debate foi quando Tarso direcionou sua pergunta a João Carlos Rodrigues para rebater as críticas. 

. O governador apontou o que classificou como "conquista histórica do Estado de rebaixar a dívida em R$ 15 bilhões" contratada por outros governos. 

. Vieira, na sequência, desmascarou por completo a conversa do governador:


— Não tem conquista nenhuma na dívida. O projeto está empacado no Senado por determinação do ministro da Fazenda do governo Tarso Genro. Que conquista é essa?

. Tarso Genro admitiu o puxão de orelha e pediu que os parlamentares do PDT ajudem a aprovar a proposta de renegociação que se encontra na Câmara.

Greve geral parou a Argentina. Vôos são cancelados para Buenos Aires.

Os ônibus pararam em Buenos Aires


Em Porto Alegre, centenas de brasileiros que queriam viajar ontem para a Argentina não conseguiram embarcar. As agências gaúchas de viagens não sabem o que fazer com os pacotes que já tinham vendido para Buenos Aires. O mesmo ocorre em todo o País. O cenário não mudará durante todo este final de semana.

A greve geral de 24 horas na Argentina convocada pelas três centrais operárias opositoras à presidente Cristina Kirchner começou nesta quinta-feira com bloqueios em estradas e cancelamento de vôos, inclusive no Brasil. A paralisação, a segunda em quatro meses, exige melhorias salariais no momento em que a economia está em declínio. Houve confronto entre policiais e manifestantes em uma das estradas de acesso a Buenos Aires. Maquinistas de trens, bancários, portuários, trabalhadores aeronáuticos, funcionários de hospitais públicos e caminhoneiros são alguns dos setores atingidos pela greve. Outros sindicatos, como o de funcionários públicos, já realizavam paralisação desde a última quarta.

. Os sindicatos denunciam que a inflação anual superior a 30% castiga sem piedade os bolsos dos trabalhadores, no momento em que a taxa de desemprego cresceu de 7,1% a 7,5%.

CLIQUE AQUI para examinara reportagem do jornal Clarin, explicando as causas da greve. 

PT vai à Justiça Eleitoral contra video falso no qual Lula apóia Marina

No sentido do relógio: Rui Falcão, Lula, Marina do PSB e Marina do PT.

O presidente do PT, Rui Falcão anunciou que partido entrará com representação na Justiça Eleitoral e no Ministério Público contra o vídeo fraudado em que o ex-presidente Lula pede votos para a presidenciável Marina Silva (PSB).

. O PT acha que é obra de marineiros.

. Na mensagem eletrônica original o petista apoia a candidata ao Senado por Goiás Marina Sant'Anna, do PT e não Marina, do PSB.

. "O vídeo de hoje, que tem Lula apoiando Marina do PSB, é uma fraude", disse Falcão. A legenda também pediu ao Google para retirar peça do ar. A empresa tem 24 horas para identificar responsável pela publicação.

. Diz Lula na propaganda:

 - Eu conheço a Marina há trinta anos, ela é a mais preparada para levar adiante os programas sociais do governo.

CLIQUE AQUI para examinar o vídeo original. 

Neste video, a madrasta ameaça matar Bernardo. O pai, presente, tenta aplacar filho e madrasta.

Vazou a íntegra — áudio e imagem — da gravação, que no total tem 28 minutos, de uma briga familiar em que Bernardo Uglione Boldrini, 11 anos, recebe veladas ameaças da madrasta Graciele Ugulini, em casa, emTrês Passos. O julgamento das assassinas já começou.

. As imagens mostram que, quando o menino começou a gritar por socorro, o casal — Graciele e Leandro Boldrini — estava no quarto, com a meia-irmã de Bernardo.

. São imagens e sons recuperados pela perícia técnica.

. É tudo muito forte.

. O pai não ameaça o menino, tenta aplacar os ânimos entre o filho e a madrasta, mas esta faz ameaças seguidas de morte. Ela acabou matando Bernardo.

. O vídeo do link saiu no Jornal Hoje, Globonews. CLIQUE AQUI para ver e ouvir.

Mantega mente ao dizer que não há falhas no calendário de repasses de recursos dos programas sociais à Caixa.

Arno ajudou a pedalar no governo Olívio, quando ajudou-o a quebrar o Estado. 

Nesta reportagem de Leandra Peres e Edna Simão, jornal Valor, fica claro que mentem o ministro da Fazenda Guido Mantega, e o secretário do Tesouro, Arno Augustin, que defenderam as operações de repasses de recursos para o pagamento de benefícios sociais pela Caixa Econômica Federal. O editor possui informações juradas de que a Caixa atrasou 10 dias o depósito do dinheiro do PIS para que as empresas gaúchas fizessem o repasse aos seus trabalhadores.

. Leia as explicações do governo:

Na visão do chefe do Tesouro, as análises por órgãos de controle são normais e aprofundadas. Mostrando irritação, Augustin disse que certamente não serão investigações genéricas, mas objetivas, concretas e  baseadas em procedimentos e "não com o termo jocoso como o que a jornalista usou". A pergunta foi feita ao secretário do Tesouro referindo-se a "pedaladas fiscais".

© 2000 – 2014. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico. 

CLIQUE AQUI para ler mais.